SlideShare uma empresa Scribd logo
SISTEMA
RESPIRATÓRIO

Professor Leandro
SISTEMA RESPIRATÓRIO
 As  células do corpo necessitam de um
  suprimento constante de oxigênio e uma
  maneira eficiente de remover o dióxido de
  carbono.
 A troca de oxigênio e o dióxido de carbono
  (hematose) entre o ar e o sangue ocorre
  nos pulmões.
 A partir da utilização de oxigênio é possível
  oxidar substâncias orgânicas e produzir
  energia na forma de ATP.
Sistema Respiratório Humano
SISTEMA RESPIRATÓRIO
 O ar entra pelo nariz ou pela boca e passa
  pela faringe e converge para os pulmões
  pela traquéia, que forma uma ramo – um
  brônquio – para cada pulmão.

  Nopulmão, cada brônquio se divide várias
  vezes em túbulos menores chamados
  bronquíolos que, finalmente, terminam em
  pequenos sacos aéreos chamados
  alvéolos (onde ocorre a troca gasosa).
NARIZ E CAVIDADES NASAIS
O ar entra através das narinas, que
 conduzem ao vestíbulo do nariz.
    Contém pêlos: servem para reter as maiores
     partículas que poderiam entrar durante a
     inspiração.
O   septo do nariz
divide a cavidade do
nariz em câmaras
direita e esquerda.
NARIZ E CAVIDADES NASAIS
 O nariz, a sua cavidade e os seios paranasais são
  revestidos por uma mucosa contínua de epitélio
  pseudo-estratificado ciliado, que contém numerosas
  glândulas mucosas.
 A mucosa tem um extensivo suprimento sangüíneo
  que aquece o ar inalado. Por outro lado, essa
  mucosa satura o ar de água durante a sua
  passagem.
   Uma camada de muco que cobre as mucosas
    protege o sistema respiratório por reter pequenas
    partículas que conseguem ultrapassar os pêlos
    das narinas.
FARINGE
A   faringe é um tubo que serve tanto ao
  sistema respiratório como ao sistema
  digestório.
 Comunica-se com a cavidade do nariz, com a
  cavidade da boca, com o ouvido médio
  (através das tubas auditivas), com a laringe
  (através da glote) e com o esôfago.
 A faringe pode ser dividida descritivamente
  em três partes: parte nasal da faringe
  (nasofaringe), parte bucal da faringe
  (bucofaringe) e parte laríngea da faringe
  (laringofaringe).
LARINGE
A  laringe conecta a laringofaringe com a
 traquéia. O ar que vai ou volta dos pulmões
 passa através da laringe.

 Qualquer  substância sólida que entra na
 laringe, como alimento, é geralmente
 expelido por uma tosse violenta. A laringe
 forma a proeminência laríngea (“pomo de
 Adão”) na face anterior do pescoço.
LARINGE
PREGAS (CORDAS) VOCAIS
LARINGE
   Epiglote: terceira cartilagem ímpar. Fixada por sua
    extremidade mais estreita na face interna da região
    anterior da cartilagem tireóide (sua porção superior
    projeta-se como uma aba atrás da base da língua.

   Durante a deglutição, a laringe é puxada para cima,
    encostando-se na epiglote que tende a desviar
    sólidos e fluídos para longe da abertura da laringe
    em direção ao esôfago.
TRAQUÉIA
É  um tubo de 2,5 cm de diâmetro e 11 cm de
  comprimento.
 Estende-se desde a laringe até o nível da
  sexta vértebra torácica, onde ela se divide
  em brônquios principais direito e esquerdo.
 O caminho do ar da traquéia está rodeado
  por uma série de anéis de cartilagem em
  forma de “C” que têm por finalidade impedir
  que as paredes do tubo se colapsem.
TRAQUÉIA
   Músculo lisos e densas fibras de tecido conjuntivo
    mantêm os anéis unidos posteriormente.
   É revestida por uma membrana mucosa de epitélio
    pseudo-estratificado colunar ciliado que contêm
    numerosas glândulas mucosas.
   Os cílios se movimentam para cima carregando
    partículas estranhas e a excessiva secreção
    mucosa para fora, desde os pulmões até a faringe,
    onde são deglutidos.
SISTEMA RESPIRATÓRIO INFERIOR

ESTRUTURAS HISTOLÓGICA E
   CELULAR - TRAQUÉIA
Pulmões

   Pulmões: Os pulmões humanos são órgãos
    esponjosos, com aproximadamente 25 cm de
    comprimento, sendo envolvidos por uma
    membrana serosa denominada pleura. Nos
    pulmões      os     brônquios      ramificam-se
    profusamente, dando origem a tubos cada vez
    mais finos, os bronquíolos. O conjunto
    altamente ramificado de bronquíolos é a árvore
    brônquica ou árvore respiratória.
Pulmões
BRÔNQUIOS, BRONQUÍOLOS
E ALVÉOLOS
 Osbronquíolos dividem-se muitas vezes
 formando os bronquíolos terminais, cada um
 dos quais dá origem a diversos bronquíolos
 respiratórios.

 Os bronquíolos respiratórios dividem-se em
 vários ductos alveolares que terminam em
 diminutos sacos de paredes finas, os
 alvéolos pulmonares. Freqüentemente os
 alvéolos abrem-se numa câmara comum
 chamada saco alveolar.
CAVIDADE TORÁCICA
 Formada  por 12 vértebras torácicas , 12
 pares de costelas e suas cartilagens costais
 e o esterno .
Inspiração e Expiração
 Inspiração:  os músculos da caixa torácica
  puxam as costelas para cima e para fora, o
  diafragma se contrai e se achata,
  promovendo um aumento da caixa torácica,
  com conseqüente redução da pressão
  interna, forçando a entrada do ar.

 Expiração:  todos os músculos relaxam,
  voltando à posição inicial, a pressão interna
  da caixa torácica aumenta e o ar é expelido.
MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS
Trocas gasosas
 Difusãodo O2 e CO2 entre os alvéolos
 pulmonares e capilares sangüíneos, que se dá
 graças as diferenças de pressões parciais
 desses gases no sangue e nos alvéolos.

O  ar que entra no pulmão no processo de
 inspiração contém 0,04% de CO2, 20,94% de
 O2 e 79,02% de N2. Ao sair do pulmão contém
 16,5% de O2, 4,48% e CO2, e 79,02% de N2.
Transporte de gases respiratórios

 Transporte de O2 : maior parte transportada
  junto com a hemoglobina (parte é dissolvida
  no plasma), formando a oxiemoglobina.

A  pressão parcial de O2 é maior no sangue
  do que nos tecidos, ocorrendo a difusão
  daquele para esses.
  O sangue rico em O2 denomina-se arterial.
   Transporte de CO2 : a pressão arterial de
CO2 é maior nos tecidos do que no sangue,
dessa forma o gás sai dos tecidos e vai para
o sangue. O Transporte de CO2 ocorre de 3
maneiras:
 5% fica absorvido no plasma;

 25% se associam à hemoglobina formando a
  carboemoglobina.
 A maior parte (cerca de 70%), reage com a
água e segue na forma de íon bicarbonato.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
Leandro A. Machado de Moura
 
Organização celular 2
Organização celular 2Organização celular 2
Organização celular 2
Silvana Sanches
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
Carolina Suisso
 
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTEMEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MARCIAMP
 
Sistema Excretor Humano
Sistema Excretor HumanoSistema Excretor Humano
Sistema Excretor Humano
Ajuda Escolar
 
Aula citologia
Aula citologiaAula citologia
Aula citologia
Adrianne Mendonça
 
Aula sobre células
Aula sobre célulasAula sobre células
Aula sobre células
cienciasdinamica
 
A célula - unidade básica da vida
A célula - unidade básica da vidaA célula - unidade básica da vida
A célula - unidade básica da vida
Leonardo Alves
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
Juliana Mendes
 
Células
CélulasCélulas
Células
Cláudia Moura
 
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º anoNíveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
Marcia Bantim
 
Sistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpointSistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpoint
isabelalexandrapinto
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
profatatiana
 
Celula procarionte
Celula procarionte Celula procarionte
Celula procarionte
Karoline Sena
 
5. A descoberta da célula
5. A descoberta da célula5. A descoberta da célula
5. A descoberta da célula
Rebeca Vale
 
Aula 8º ano - Sistema respiratório
Aula 8º ano - Sistema respiratórioAula 8º ano - Sistema respiratório
Aula 8º ano - Sistema respiratório
Leonardo Kaplan
 
Organização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célulaOrganização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célula
Roberta Almeida
 
Aula Fisiologia_Sistema Digestório
Aula Fisiologia_Sistema DigestórioAula Fisiologia_Sistema Digestório
Aula Fisiologia_Sistema Digestório
edu.biologia
 
Sistema cardiovascular - 8º ano
Sistema cardiovascular - 8º anoSistema cardiovascular - 8º ano
Sistema cardiovascular - 8º ano
Governo do Estado do Rio Grande do Sul
 
II - SISTEMA CIRCULATÓRIO
II - SISTEMA CIRCULATÓRIOII - SISTEMA CIRCULATÓRIO
II - SISTEMA CIRCULATÓRIO
sandranascimento
 

Mais procurados (20)

Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
 
Organização celular 2
Organização celular 2Organização celular 2
Organização celular 2
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
 
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTEMEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTE
 
Sistema Excretor Humano
Sistema Excretor HumanoSistema Excretor Humano
Sistema Excretor Humano
 
Aula citologia
Aula citologiaAula citologia
Aula citologia
 
Aula sobre células
Aula sobre célulasAula sobre células
Aula sobre células
 
A célula - unidade básica da vida
A célula - unidade básica da vidaA célula - unidade básica da vida
A célula - unidade básica da vida
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
 
Células
CélulasCélulas
Células
 
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º anoNíveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
 
Sistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpointSistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpoint
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Celula procarionte
Celula procarionte Celula procarionte
Celula procarionte
 
5. A descoberta da célula
5. A descoberta da célula5. A descoberta da célula
5. A descoberta da célula
 
Aula 8º ano - Sistema respiratório
Aula 8º ano - Sistema respiratórioAula 8º ano - Sistema respiratório
Aula 8º ano - Sistema respiratório
 
Organização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célulaOrganização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célula
 
Aula Fisiologia_Sistema Digestório
Aula Fisiologia_Sistema DigestórioAula Fisiologia_Sistema Digestório
Aula Fisiologia_Sistema Digestório
 
Sistema cardiovascular - 8º ano
Sistema cardiovascular - 8º anoSistema cardiovascular - 8º ano
Sistema cardiovascular - 8º ano
 
II - SISTEMA CIRCULATÓRIO
II - SISTEMA CIRCULATÓRIOII - SISTEMA CIRCULATÓRIO
II - SISTEMA CIRCULATÓRIO
 

Destaque

Poriferos-Cnidarios
Poriferos-CnidariosPoriferos-Cnidarios
Poriferos-Cnidarios
Colégios particulares
 
Esqueleto
EsqueletoEsqueleto
Cordados
CordadosCordados
Artropodes e equinodermos
Artropodes e equinodermosArtropodes e equinodermos
Artropodes e equinodermos
Colégios particulares
 
Anelideos e moluscos
Anelideos e moluscosAnelideos e moluscos
Anelideos e moluscos
Colégios particulares
 
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
Colégios particulares
 
Gametogenese
GametogeneseGametogenese
Reproducao plantas
Reproducao   plantasReproducao   plantas
Reproducao plantas
Colégios particulares
 
Evolucao
EvolucaoEvolucao
Fisiologia comparada
Fisiologia comparadaFisiologia comparada
Fisiologia comparada
Colégios particulares
 
Organologia vegetal
Organologia vegetalOrganologia vegetal
Organologia vegetal
Colégios particulares
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Colégios particulares
 
Sistema urinario
Sistema urinarioSistema urinario
Sistema urinario
Colégios particulares
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
Colégios particulares
 
algumas propriedades da água e sais minerais
algumas propriedades da água e sais mineraisalgumas propriedades da água e sais minerais
algumas propriedades da água e sais minerais
Sara Cinthia
 
Bioquímica água e sais minerais
Bioquímica   água e sais mineraisBioquímica   água e sais minerais
Bioquímica água e sais minerais
Marcos Lopes
 

Destaque (17)

Poriferos-Cnidarios
Poriferos-CnidariosPoriferos-Cnidarios
Poriferos-Cnidarios
 
Esqueleto
EsqueletoEsqueleto
Esqueleto
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
Artropodes e equinodermos
Artropodes e equinodermosArtropodes e equinodermos
Artropodes e equinodermos
 
Anelideos e moluscos
Anelideos e moluscosAnelideos e moluscos
Anelideos e moluscos
 
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
 
Gametogenese
GametogeneseGametogenese
Gametogenese
 
Reproducao plantas
Reproducao   plantasReproducao   plantas
Reproducao plantas
 
Evolucao
EvolucaoEvolucao
Evolucao
 
Fisiologia comparada
Fisiologia comparadaFisiologia comparada
Fisiologia comparada
 
Organologia vegetal
Organologia vegetalOrganologia vegetal
Organologia vegetal
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema urinario
Sistema urinarioSistema urinario
Sistema urinario
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
algumas propriedades da água e sais minerais
algumas propriedades da água e sais mineraisalgumas propriedades da água e sais minerais
algumas propriedades da água e sais minerais
 
Bioquímica água e sais minerais
Bioquímica   água e sais mineraisBioquímica   água e sais minerais
Bioquímica água e sais minerais
 

Semelhante a Sistema respiratorio

Sistema respiratorio
Sistema respiratorioSistema respiratorio
Sistema respiratorio
AlanWillianLeonioSil
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Sistema respiratório humano.docx
Sistema respiratório humano.docxSistema respiratório humano.docx
Sistema respiratório humano.docx
Universidade Pedagogica
 
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptxSISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
Matheus Sousa
 
Aula sistema respiratório
Aula sistema respiratórioAula sistema respiratório
Aula sistema respiratório
carlotabuchi
 
1202257809 sistema respiratorio
1202257809 sistema respiratorio1202257809 sistema respiratorio
1202257809 sistema respiratorio
Pelo Siro
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Andrea Barreto
 
Sistema RespiratóRio ApresentaçãO 3 Ano
Sistema RespiratóRio   ApresentaçãO 3 AnoSistema RespiratóRio   ApresentaçãO 3 Ano
Sistema RespiratóRio ApresentaçãO 3 Ano
guestdb5b7a
 
Sistema Respiratório
Sistema RespiratórioSistema Respiratório
Sistema Respiratório
guest46e0e6
 
Sist resp(2)
Sist resp(2)Sist resp(2)
Sist resp(2)
zaquel
 
Sistema Respiratorio
Sistema RespiratorioSistema Respiratorio
Sistema Respiratorio
Eunice Palma
 
Sistema Respiratório
Sistema Respiratório Sistema Respiratório
Sistema Respiratório
Ana Carolina
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Mariana Sofia
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Marianna Teixeira
 
Sistema Respiratório
Sistema RespiratórioSistema Respiratório
Sistema Respiratório
RAPHAELREISDEOLIVEIR1
 
Viajando Com O Ar
Viajando Com O ArViajando Com O Ar
Viajando Com O Ar
guestdb5b7a
 
Trabalho202 110816190049-phpapp02
Trabalho202 110816190049-phpapp02Trabalho202 110816190049-phpapp02
Trabalho202 110816190049-phpapp02
Simone Alvarenga
 
Sistemarespiratorio
SistemarespiratorioSistemarespiratorio
Sistemarespiratorio
danny sousa
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Margarida Catarro
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Margarida Catarro
 

Semelhante a Sistema respiratorio (20)

Sistema respiratorio
Sistema respiratorioSistema respiratorio
Sistema respiratorio
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratório humano.docx
Sistema respiratório humano.docxSistema respiratório humano.docx
Sistema respiratório humano.docx
 
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptxSISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
 
Aula sistema respiratório
Aula sistema respiratórioAula sistema respiratório
Aula sistema respiratório
 
1202257809 sistema respiratorio
1202257809 sistema respiratorio1202257809 sistema respiratorio
1202257809 sistema respiratorio
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema RespiratóRio ApresentaçãO 3 Ano
Sistema RespiratóRio   ApresentaçãO 3 AnoSistema RespiratóRio   ApresentaçãO 3 Ano
Sistema RespiratóRio ApresentaçãO 3 Ano
 
Sistema Respiratório
Sistema RespiratórioSistema Respiratório
Sistema Respiratório
 
Sist resp(2)
Sist resp(2)Sist resp(2)
Sist resp(2)
 
Sistema Respiratorio
Sistema RespiratorioSistema Respiratorio
Sistema Respiratorio
 
Sistema Respiratório
Sistema Respiratório Sistema Respiratório
Sistema Respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema Respiratório
Sistema RespiratórioSistema Respiratório
Sistema Respiratório
 
Viajando Com O Ar
Viajando Com O ArViajando Com O Ar
Viajando Com O Ar
 
Trabalho202 110816190049-phpapp02
Trabalho202 110816190049-phpapp02Trabalho202 110816190049-phpapp02
Trabalho202 110816190049-phpapp02
 
Sistemarespiratorio
SistemarespiratorioSistemarespiratorio
Sistemarespiratorio
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 

Mais de Colégios particulares

Sistema imunologico
Sistema imunologicoSistema imunologico
Sistema imunologico
Colégios particulares
 
Histologia animal
Histologia animalHistologia animal
Histologia animal
Colégios particulares
 
Classificacao e nomenclatura
Classificacao e nomenclaturaClassificacao e nomenclatura
Classificacao e nomenclatura
Colégios particulares
 
Virus
VirusVirus
Monera
MoneraMonera
Fisiologia vegetal movimentos e hormonios
Fisiologia vegetal movimentos e hormoniosFisiologia vegetal movimentos e hormonios
Fisiologia vegetal movimentos e hormonios
Colégios particulares
 
Verminoses
VerminosesVerminoses
Classificação dos metazoa
Classificação dos metazoaClassificação dos metazoa
Classificação dos metazoa
Colégios particulares
 
Protoctista
ProtoctistaProtoctista
Fungos
FungosFungos

Mais de Colégios particulares (10)

Sistema imunologico
Sistema imunologicoSistema imunologico
Sistema imunologico
 
Histologia animal
Histologia animalHistologia animal
Histologia animal
 
Classificacao e nomenclatura
Classificacao e nomenclaturaClassificacao e nomenclatura
Classificacao e nomenclatura
 
Virus
VirusVirus
Virus
 
Monera
MoneraMonera
Monera
 
Fisiologia vegetal movimentos e hormonios
Fisiologia vegetal movimentos e hormoniosFisiologia vegetal movimentos e hormonios
Fisiologia vegetal movimentos e hormonios
 
Verminoses
VerminosesVerminoses
Verminoses
 
Classificação dos metazoa
Classificação dos metazoaClassificação dos metazoa
Classificação dos metazoa
 
Protoctista
ProtoctistaProtoctista
Protoctista
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 

Último

APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 

Último (20)

APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 

Sistema respiratorio

  • 2. SISTEMA RESPIRATÓRIO  As células do corpo necessitam de um suprimento constante de oxigênio e uma maneira eficiente de remover o dióxido de carbono.  A troca de oxigênio e o dióxido de carbono (hematose) entre o ar e o sangue ocorre nos pulmões.  A partir da utilização de oxigênio é possível oxidar substâncias orgânicas e produzir energia na forma de ATP.
  • 4. SISTEMA RESPIRATÓRIO O ar entra pelo nariz ou pela boca e passa pela faringe e converge para os pulmões pela traquéia, que forma uma ramo – um brônquio – para cada pulmão.  Nopulmão, cada brônquio se divide várias vezes em túbulos menores chamados bronquíolos que, finalmente, terminam em pequenos sacos aéreos chamados alvéolos (onde ocorre a troca gasosa).
  • 5. NARIZ E CAVIDADES NASAIS O ar entra através das narinas, que conduzem ao vestíbulo do nariz.  Contém pêlos: servem para reter as maiores partículas que poderiam entrar durante a inspiração. O septo do nariz divide a cavidade do nariz em câmaras direita e esquerda.
  • 6. NARIZ E CAVIDADES NASAIS  O nariz, a sua cavidade e os seios paranasais são revestidos por uma mucosa contínua de epitélio pseudo-estratificado ciliado, que contém numerosas glândulas mucosas.  A mucosa tem um extensivo suprimento sangüíneo que aquece o ar inalado. Por outro lado, essa mucosa satura o ar de água durante a sua passagem.  Uma camada de muco que cobre as mucosas protege o sistema respiratório por reter pequenas partículas que conseguem ultrapassar os pêlos das narinas.
  • 7. FARINGE A faringe é um tubo que serve tanto ao sistema respiratório como ao sistema digestório.  Comunica-se com a cavidade do nariz, com a cavidade da boca, com o ouvido médio (através das tubas auditivas), com a laringe (através da glote) e com o esôfago.  A faringe pode ser dividida descritivamente em três partes: parte nasal da faringe (nasofaringe), parte bucal da faringe (bucofaringe) e parte laríngea da faringe (laringofaringe).
  • 8. LARINGE A laringe conecta a laringofaringe com a traquéia. O ar que vai ou volta dos pulmões passa através da laringe.  Qualquer substância sólida que entra na laringe, como alimento, é geralmente expelido por uma tosse violenta. A laringe forma a proeminência laríngea (“pomo de Adão”) na face anterior do pescoço.
  • 10. LARINGE  Epiglote: terceira cartilagem ímpar. Fixada por sua extremidade mais estreita na face interna da região anterior da cartilagem tireóide (sua porção superior projeta-se como uma aba atrás da base da língua.  Durante a deglutição, a laringe é puxada para cima, encostando-se na epiglote que tende a desviar sólidos e fluídos para longe da abertura da laringe em direção ao esôfago.
  • 11. TRAQUÉIA É um tubo de 2,5 cm de diâmetro e 11 cm de comprimento.  Estende-se desde a laringe até o nível da sexta vértebra torácica, onde ela se divide em brônquios principais direito e esquerdo.  O caminho do ar da traquéia está rodeado por uma série de anéis de cartilagem em forma de “C” que têm por finalidade impedir que as paredes do tubo se colapsem.
  • 12. TRAQUÉIA  Músculo lisos e densas fibras de tecido conjuntivo mantêm os anéis unidos posteriormente.  É revestida por uma membrana mucosa de epitélio pseudo-estratificado colunar ciliado que contêm numerosas glândulas mucosas.  Os cílios se movimentam para cima carregando partículas estranhas e a excessiva secreção mucosa para fora, desde os pulmões até a faringe, onde são deglutidos.
  • 13. SISTEMA RESPIRATÓRIO INFERIOR ESTRUTURAS HISTOLÓGICA E CELULAR - TRAQUÉIA
  • 14. Pulmões  Pulmões: Os pulmões humanos são órgãos esponjosos, com aproximadamente 25 cm de comprimento, sendo envolvidos por uma membrana serosa denominada pleura. Nos pulmões os brônquios ramificam-se profusamente, dando origem a tubos cada vez mais finos, os bronquíolos. O conjunto altamente ramificado de bronquíolos é a árvore brônquica ou árvore respiratória.
  • 16. BRÔNQUIOS, BRONQUÍOLOS E ALVÉOLOS  Osbronquíolos dividem-se muitas vezes formando os bronquíolos terminais, cada um dos quais dá origem a diversos bronquíolos respiratórios.  Os bronquíolos respiratórios dividem-se em vários ductos alveolares que terminam em diminutos sacos de paredes finas, os alvéolos pulmonares. Freqüentemente os alvéolos abrem-se numa câmara comum chamada saco alveolar.
  • 17.
  • 18. CAVIDADE TORÁCICA  Formada por 12 vértebras torácicas , 12 pares de costelas e suas cartilagens costais e o esterno .
  • 19. Inspiração e Expiração  Inspiração: os músculos da caixa torácica puxam as costelas para cima e para fora, o diafragma se contrai e se achata, promovendo um aumento da caixa torácica, com conseqüente redução da pressão interna, forçando a entrada do ar.  Expiração: todos os músculos relaxam, voltando à posição inicial, a pressão interna da caixa torácica aumenta e o ar é expelido.
  • 21. Trocas gasosas  Difusãodo O2 e CO2 entre os alvéolos pulmonares e capilares sangüíneos, que se dá graças as diferenças de pressões parciais desses gases no sangue e nos alvéolos. O ar que entra no pulmão no processo de inspiração contém 0,04% de CO2, 20,94% de O2 e 79,02% de N2. Ao sair do pulmão contém 16,5% de O2, 4,48% e CO2, e 79,02% de N2.
  • 22. Transporte de gases respiratórios  Transporte de O2 : maior parte transportada junto com a hemoglobina (parte é dissolvida no plasma), formando a oxiemoglobina. A pressão parcial de O2 é maior no sangue do que nos tecidos, ocorrendo a difusão daquele para esses. O sangue rico em O2 denomina-se arterial.
  • 23. Transporte de CO2 : a pressão arterial de CO2 é maior nos tecidos do que no sangue, dessa forma o gás sai dos tecidos e vai para o sangue. O Transporte de CO2 ocorre de 3 maneiras:  5% fica absorvido no plasma;  25% se associam à hemoglobina formando a carboemoglobina.  A maior parte (cerca de 70%), reage com a água e segue na forma de íon bicarbonato.