SlideShare uma empresa Scribd logo
EVOLUÇÂO A VIDA SE MODIFICA 
Répteis 
Ciências 
Biológicas 
Prof. MSc. Paula Spada 
EQUIPE 
Aline Miranda 
Wellington Borges 
Izanete Melo 
Luís Sergio 
Katiane Guedes 
Simone Costa
 São os mais antigos grupos de animais 
terrestres do mundo. Os primeiros répteis, 
evoluíram dos anfíbios há 250 ou 300 
milhões de anos proliferaram com rapidez até 
se transformarem em criatura terrestre. 
Provavelmente, os primeiros répteis eram 
fisicamente parecidos com os que existem 
hoje em dia.
ERA GEOLOGICA
CLADOGRAMA GENEALÓGICO
FILOGENIA 
Reino: Animalia 
Filo: Chordata 
Classe: Reptilia 
Ordem: Crocodilia, Chelonia, Sphenodontia 
(Tuatara) Squamata 
Ofídios Lacertídios
 Esses animais possuem pele impermeável; 
 São animais pecilotérmicos; 
 Os répteis possuem corpo dividido em cabeça, 
pescoço, tronco, membros e cauda; 
 A boca possui dentes grandes e afiados; 

REVESTIMENTO DOS RÉPTEIS 
Placas córneas 
Escamas 
epidérmicas 
Placas ósseas
 O esqueleto é completamente ossificado; 
 Os pulmões são bem desenvolvidos e, por 
vezes, providos de sacos aéreos; 
 O coração tem três cavidades, com uma divisão 
parcial no ventrículo, exceto nos crocodilos, em 
que há quatro cavidades separadas; 
 Os ovos geralmente são grandes e têm casca 
calcária ou coriácea.
QUELÓNIOS 
São as tartarugas, 
os jabutis e os cágados. 
CROCODILIANOS 
São os crocodilos e os 
jacarés.
Squamata 
São os lagartos e as serpentes (estas mais 
comumente chamadas de cobras). 
Os escamas e dividem-se em dois grupos menores: 
LACERTÍLIOS e OFÍDEOS.
OFÍDEOS 
Compreendem as 
serpentes ou cobras. 
LACERTÍLIOS 
Compreendem os lagartos, 
os camaleões e as 
lagartixas.
 Fósseis encontrados , em 1861, e estudos 
paleontológicos demonstraram que os pássaros 
também evoluíram destes primeiros reptilianos
 Os répteis são animais carnívoros; algumas 
espécies são herbívoras e outras são onívoras. 
Eles possuem sistema digestório completo. O 
intestino grosso termina na cloaca.
 O coração da maioria dos répteis apresenta dois átrios e 
dois ventrículos parcialmente divididos.
EVOLUÇÃO REPRODUTIVA 
OVO 
AMNIÓTICO
REPRODUÇÃO 
 Dioíca: Sexuada 
Ovíparos: embrião se desenvolve dentro de 
um ovo em ambiente externo sem ligação 
com o corpo da mãe
REPRODUÇÃO 
Ovovivíparos: embrião se desenvolve 
dentro de um ovo alojado dentro do corpo 
da mãe
REPRODUÇÃO 
 Vivíparos: embrião se desenvolve dentro 
do corpo da mãe
Obrigada pela atenção 
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Répteis
RépteisRépteis
Répteis
Diego Santos
 
Repteis
RepteisRepteis
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
Killer Max
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
Leonardo Ribeiro
 
IV.3 Répteis
IV.3 RépteisIV.3 Répteis
IV.3 Répteis
Rebeca Vale
 
Capítulo 08 - vertebrados I
Capítulo 08 - vertebrados ICapítulo 08 - vertebrados I
Capítulo 08 - vertebrados I
Igor Brant
 
Aula de Biologia: Répteis, Aves e Mamíferos
Aula de Biologia: Répteis, Aves e MamíferosAula de Biologia: Répteis, Aves e Mamíferos
Aula de Biologia: Répteis, Aves e Mamíferos
Ronaldo Santana
 
Peixes e anfíbios(1)
Peixes e anfíbios(1)Peixes e anfíbios(1)
Peixes e anfíbios(1)
SESI 422 - Americana
 
reptios escamados
reptios escamadosreptios escamados
reptios escamados
Fabio Santos Nery
 
Sistema sensorial dos vertebrados - UFPA
Sistema sensorial dos vertebrados  - UFPASistema sensorial dos vertebrados  - UFPA
Sistema sensorial dos vertebrados - UFPA
Guellity Marcel
 
Anfíbios - Biologia
Anfíbios - BiologiaAnfíbios - Biologia
Anfíbios - Biologia
Killer Max
 
Peixes
PeixesPeixes
Peixes
profatatiana
 
BIOLOGIA: Os peixes (COMPLETO)
BIOLOGIA: Os peixes (COMPLETO)BIOLOGIA: Os peixes (COMPLETO)
BIOLOGIA: Os peixes (COMPLETO)
Ana Maciel
 
III.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e MoluscosIII.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e Moluscos
Rebeca Vale
 
Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)
Bio
 
A Origem da Aves
A Origem da AvesA Origem da Aves
A Origem da Aves
Fábio Ianomami
 
Classe das Aves
Classe das AvesClasse das Aves
Classe das Aves
Giulia Soares
 
IV.4 aves
IV.4 avesIV.4 aves
IV.4 aves
Rebeca Vale
 
Aula cordados
Aula cordadosAula cordados
Aula cordados
denilsonbio
 
OS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOSOS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOS
Nayana Maia
 

Mais procurados (20)

Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
Repteis
RepteisRepteis
Repteis
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
 
IV.3 Répteis
IV.3 RépteisIV.3 Répteis
IV.3 Répteis
 
Capítulo 08 - vertebrados I
Capítulo 08 - vertebrados ICapítulo 08 - vertebrados I
Capítulo 08 - vertebrados I
 
Aula de Biologia: Répteis, Aves e Mamíferos
Aula de Biologia: Répteis, Aves e MamíferosAula de Biologia: Répteis, Aves e Mamíferos
Aula de Biologia: Répteis, Aves e Mamíferos
 
Peixes e anfíbios(1)
Peixes e anfíbios(1)Peixes e anfíbios(1)
Peixes e anfíbios(1)
 
reptios escamados
reptios escamadosreptios escamados
reptios escamados
 
Sistema sensorial dos vertebrados - UFPA
Sistema sensorial dos vertebrados  - UFPASistema sensorial dos vertebrados  - UFPA
Sistema sensorial dos vertebrados - UFPA
 
Anfíbios - Biologia
Anfíbios - BiologiaAnfíbios - Biologia
Anfíbios - Biologia
 
Peixes
PeixesPeixes
Peixes
 
BIOLOGIA: Os peixes (COMPLETO)
BIOLOGIA: Os peixes (COMPLETO)BIOLOGIA: Os peixes (COMPLETO)
BIOLOGIA: Os peixes (COMPLETO)
 
III.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e MoluscosIII.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e Moluscos
 
Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)
 
A Origem da Aves
A Origem da AvesA Origem da Aves
A Origem da Aves
 
Classe das Aves
Classe das AvesClasse das Aves
Classe das Aves
 
IV.4 aves
IV.4 avesIV.4 aves
IV.4 aves
 
Aula cordados
Aula cordadosAula cordados
Aula cordados
 
OS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOSOS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOS
 

Destaque

Biologia
BiologiaBiologia
Biologia
Edpositivo
 
Força Eletromagnética
Força EletromagnéticaForça Eletromagnética
Força Eletromagnética
Killer Max
 
O cérebro
O cérebroO cérebro
O cérebro
Silvilene Oliveira
 
A carta de judas
A carta de judasA carta de judas
A carta de judas
ivanenko7
 
Boletim n18
Boletim n18 Boletim n18
Boletim n18
largodapaz
 
Curiosidades da astronomia
Curiosidades da astronomiaCuriosidades da astronomia
Curiosidades da astronomia
Debora Barros
 
Os gigantes da bíblia e a arqueologia
Os gigantes da bíblia e a arqueologiaOs gigantes da bíblia e a arqueologia
Os gigantes da bíblia e a arqueologia
Anny Petros e Osmar Valente
 
701
701701
701
Escola
 
Suméria, anunnaki, nefilins, planeta x, nibiru o que realmente é
Suméria, anunnaki, nefilins, planeta x, nibiru   o que realmente éSuméria, anunnaki, nefilins, planeta x, nibiru   o que realmente é
Suméria, anunnaki, nefilins, planeta x, nibiru o que realmente é
REPRESENTANTE COMERCIAL NA AREA DE IMOBILIARIA
 
Pedro Lins: Os Nefilins, Um Pequeno Panorama
Pedro Lins: Os Nefilins, Um Pequeno PanoramaPedro Lins: Os Nefilins, Um Pequeno Panorama
Pedro Lins: Os Nefilins, Um Pequeno Panorama
pedrolins
 
Cemiterios de dragoes primeiro capitulo
Cemiterios de dragoes primeiro capituloCemiterios de dragoes primeiro capitulo
Cemiterios de dragoes primeiro capitulo
victorbrunosilva
 
Anjos caídos
Anjos caídosAnjos caídos
Cauda e cabeça do dragão 2012
Cauda e cabeça do dragão 2012Cauda e cabeça do dragão 2012
Cauda e cabeça do dragão 2012
Paulo Viana
 
Eixo carmico 2013
Eixo carmico 2013Eixo carmico 2013
Eixo carmico 2013
Paulo Viana
 
Desenvolvimento embrionário dos animais 2
Desenvolvimento embrionário dos animais 2Desenvolvimento embrionário dos animais 2
Desenvolvimento embrionário dos animais 2
letyap
 
52333178 anjos-e-os-72-significados
52333178 anjos-e-os-72-significados52333178 anjos-e-os-72-significados
52333178 anjos-e-os-72-significados
Okutagawa
 
Nefilins -- Adventistas.Com
Nefilins -- Adventistas.ComNefilins -- Adventistas.Com
Nefilins -- Adventistas.Com
Hermano de Jesus
 
Nefilins-Anjos Caídos Extraterrenos
Nefilins-Anjos Caídos ExtraterrenosNefilins-Anjos Caídos Extraterrenos
Nefilins-Anjos Caídos Extraterrenos
Elaine Tomáz Nogueira
 
Evolução das espécies.
Evolução das espécies.Evolução das espécies.
Evolução das espécies.
Brenno Miranda
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
César Milani
 

Destaque (20)

Biologia
BiologiaBiologia
Biologia
 
Força Eletromagnética
Força EletromagnéticaForça Eletromagnética
Força Eletromagnética
 
O cérebro
O cérebroO cérebro
O cérebro
 
A carta de judas
A carta de judasA carta de judas
A carta de judas
 
Boletim n18
Boletim n18 Boletim n18
Boletim n18
 
Curiosidades da astronomia
Curiosidades da astronomiaCuriosidades da astronomia
Curiosidades da astronomia
 
Os gigantes da bíblia e a arqueologia
Os gigantes da bíblia e a arqueologiaOs gigantes da bíblia e a arqueologia
Os gigantes da bíblia e a arqueologia
 
701
701701
701
 
Suméria, anunnaki, nefilins, planeta x, nibiru o que realmente é
Suméria, anunnaki, nefilins, planeta x, nibiru   o que realmente éSuméria, anunnaki, nefilins, planeta x, nibiru   o que realmente é
Suméria, anunnaki, nefilins, planeta x, nibiru o que realmente é
 
Pedro Lins: Os Nefilins, Um Pequeno Panorama
Pedro Lins: Os Nefilins, Um Pequeno PanoramaPedro Lins: Os Nefilins, Um Pequeno Panorama
Pedro Lins: Os Nefilins, Um Pequeno Panorama
 
Cemiterios de dragoes primeiro capitulo
Cemiterios de dragoes primeiro capituloCemiterios de dragoes primeiro capitulo
Cemiterios de dragoes primeiro capitulo
 
Anjos caídos
Anjos caídosAnjos caídos
Anjos caídos
 
Cauda e cabeça do dragão 2012
Cauda e cabeça do dragão 2012Cauda e cabeça do dragão 2012
Cauda e cabeça do dragão 2012
 
Eixo carmico 2013
Eixo carmico 2013Eixo carmico 2013
Eixo carmico 2013
 
Desenvolvimento embrionário dos animais 2
Desenvolvimento embrionário dos animais 2Desenvolvimento embrionário dos animais 2
Desenvolvimento embrionário dos animais 2
 
52333178 anjos-e-os-72-significados
52333178 anjos-e-os-72-significados52333178 anjos-e-os-72-significados
52333178 anjos-e-os-72-significados
 
Nefilins -- Adventistas.Com
Nefilins -- Adventistas.ComNefilins -- Adventistas.Com
Nefilins -- Adventistas.Com
 
Nefilins-Anjos Caídos Extraterrenos
Nefilins-Anjos Caídos ExtraterrenosNefilins-Anjos Caídos Extraterrenos
Nefilins-Anjos Caídos Extraterrenos
 
Evolução das espécies.
Evolução das espécies.Evolução das espécies.
Evolução das espécies.
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
 

Semelhante a Seminário sobre Répteis

Répteis
RépteisRépteis
Meu trabalho
Meu trabalhoMeu trabalho
Meu trabalho
karolina_santosak3
 
Classe dos animais por
Classe dos animais por Classe dos animais por
Classe dos animais por
profgaspar
 
Os vertebrados
Os vertebradosOs vertebrados
Os vertebrados
empaul_harris
 
Répteis 3B
Répteis 3BRépteis 3B
7º ano cap 16 moluscos
7º ano cap 16   moluscos7º ano cap 16   moluscos
7º ano cap 16 moluscos
ISJ
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidários Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
Natalia Mikaele Vasconcellos
 
1651
16511651
1651
Pelo Siro
 
MÓDULO-19-E-20-ZOO ARTRÓPODES-22.08.16.pptx
MÓDULO-19-E-20-ZOO ARTRÓPODES-22.08.16.pptxMÓDULO-19-E-20-ZOO ARTRÓPODES-22.08.16.pptx
MÓDULO-19-E-20-ZOO ARTRÓPODES-22.08.16.pptx
MarcianaClaudioClaud
 
Os reptéis 1o b
Os reptéis 1o bOs reptéis 1o b
Os reptéis 1o b
SESI 422 - Americana
 
MÓDULO-19-E-20-ARTRÓPODES-22.08.16.pdf
MÓDULO-19-E-20-ARTRÓPODES-22.08.16.pdfMÓDULO-19-E-20-ARTRÓPODES-22.08.16.pdf
MÓDULO-19-E-20-ARTRÓPODES-22.08.16.pdf
KotomiUzumaki
 
Os invertebrados
Os invertebrados Os invertebrados
Os invertebrados
unhadecorada
 
Animais.
Animais.Animais.
Animais.
Cheila Daneluz
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
Iuri Fretta Wiggers
 
3 repteis
3 repteis3 repteis
3 repteis
Ercio Novaes
 
Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02
Ferrari Ferrari
 
Evolução dos vertebrados - Conquista do ambiente terrestre - Biologia
Evolução dos vertebrados - Conquista do ambiente terrestre - BiologiaEvolução dos vertebrados - Conquista do ambiente terrestre - Biologia
Evolução dos vertebrados - Conquista do ambiente terrestre - Biologia
Leila Santana
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
wagneripo
 
Filo chordata
Filo chordataFilo chordata
Filo chordata
Igor Vasconcelos
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
wagneripo
 

Semelhante a Seminário sobre Répteis (20)

Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
Meu trabalho
Meu trabalhoMeu trabalho
Meu trabalho
 
Classe dos animais por
Classe dos animais por Classe dos animais por
Classe dos animais por
 
Os vertebrados
Os vertebradosOs vertebrados
Os vertebrados
 
Répteis 3B
Répteis 3BRépteis 3B
Répteis 3B
 
7º ano cap 16 moluscos
7º ano cap 16   moluscos7º ano cap 16   moluscos
7º ano cap 16 moluscos
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidários Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
1651
16511651
1651
 
MÓDULO-19-E-20-ZOO ARTRÓPODES-22.08.16.pptx
MÓDULO-19-E-20-ZOO ARTRÓPODES-22.08.16.pptxMÓDULO-19-E-20-ZOO ARTRÓPODES-22.08.16.pptx
MÓDULO-19-E-20-ZOO ARTRÓPODES-22.08.16.pptx
 
Os reptéis 1o b
Os reptéis 1o bOs reptéis 1o b
Os reptéis 1o b
 
MÓDULO-19-E-20-ARTRÓPODES-22.08.16.pdf
MÓDULO-19-E-20-ARTRÓPODES-22.08.16.pdfMÓDULO-19-E-20-ARTRÓPODES-22.08.16.pdf
MÓDULO-19-E-20-ARTRÓPODES-22.08.16.pdf
 
Os invertebrados
Os invertebrados Os invertebrados
Os invertebrados
 
Animais.
Animais.Animais.
Animais.
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
3 repteis
3 repteis3 repteis
3 repteis
 
Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02
 
Evolução dos vertebrados - Conquista do ambiente terrestre - Biologia
Evolução dos vertebrados - Conquista do ambiente terrestre - BiologiaEvolução dos vertebrados - Conquista do ambiente terrestre - Biologia
Evolução dos vertebrados - Conquista do ambiente terrestre - Biologia
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
 
Filo chordata
Filo chordataFilo chordata
Filo chordata
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
 

Mais de Simone Costa

Seminário sobre Os Anelídeos
Seminário sobre Os Anelídeos Seminário sobre Os Anelídeos
Seminário sobre Os Anelídeos
Simone Costa
 
A5 introdução citológica.célula
A5 introdução citológica.célulaA5 introdução citológica.célula
A5 introdução citológica.célula
Simone Costa
 
A4 bioquímica celular.citoquimica
A4 bioquímica celular.citoquimicaA4 bioquímica celular.citoquimica
A4 bioquímica celular.citoquimica
Simone Costa
 
A4.1 comp.quimica da célula
A4.1 comp.quimica da célulaA4.1 comp.quimica da célula
A4.1 comp.quimica da célula
Simone Costa
 
A3 origem evolução celular
A3 origem evolução celularA3 origem evolução celular
A3 origem evolução celular
Simone Costa
 
A2 tecidos e niveis postar
A2 tecidos e niveis postarA2 tecidos e niveis postar
A2 tecidos e niveis postar
Simone Costa
 
A1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celularA1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celular
Simone Costa
 
Apresentação de Libras
Apresentação de LibrasApresentação de Libras
Apresentação de Libras
Simone Costa
 
Músculo do Dorso
Músculo do DorsoMúsculo do Dorso
Músculo do Dorso
Simone Costa
 
Energia eletrica
Energia eletricaEnergia eletrica
Energia eletrica
Simone Costa
 

Mais de Simone Costa (10)

Seminário sobre Os Anelídeos
Seminário sobre Os Anelídeos Seminário sobre Os Anelídeos
Seminário sobre Os Anelídeos
 
A5 introdução citológica.célula
A5 introdução citológica.célulaA5 introdução citológica.célula
A5 introdução citológica.célula
 
A4 bioquímica celular.citoquimica
A4 bioquímica celular.citoquimicaA4 bioquímica celular.citoquimica
A4 bioquímica celular.citoquimica
 
A4.1 comp.quimica da célula
A4.1 comp.quimica da célulaA4.1 comp.quimica da célula
A4.1 comp.quimica da célula
 
A3 origem evolução celular
A3 origem evolução celularA3 origem evolução celular
A3 origem evolução celular
 
A2 tecidos e niveis postar
A2 tecidos e niveis postarA2 tecidos e niveis postar
A2 tecidos e niveis postar
 
A1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celularA1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celular
 
Apresentação de Libras
Apresentação de LibrasApresentação de Libras
Apresentação de Libras
 
Músculo do Dorso
Músculo do DorsoMúsculo do Dorso
Músculo do Dorso
 
Energia eletrica
Energia eletricaEnergia eletrica
Energia eletrica
 

Último

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 

Último (20)

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 

Seminário sobre Répteis

  • 1. EVOLUÇÂO A VIDA SE MODIFICA Répteis Ciências Biológicas Prof. MSc. Paula Spada EQUIPE Aline Miranda Wellington Borges Izanete Melo Luís Sergio Katiane Guedes Simone Costa
  • 2.
  • 3.  São os mais antigos grupos de animais terrestres do mundo. Os primeiros répteis, evoluíram dos anfíbios há 250 ou 300 milhões de anos proliferaram com rapidez até se transformarem em criatura terrestre. Provavelmente, os primeiros répteis eram fisicamente parecidos com os que existem hoje em dia.
  • 6. FILOGENIA Reino: Animalia Filo: Chordata Classe: Reptilia Ordem: Crocodilia, Chelonia, Sphenodontia (Tuatara) Squamata Ofídios Lacertídios
  • 7.  Esses animais possuem pele impermeável;  São animais pecilotérmicos;  Os répteis possuem corpo dividido em cabeça, pescoço, tronco, membros e cauda;  A boca possui dentes grandes e afiados; 
  • 8. REVESTIMENTO DOS RÉPTEIS Placas córneas Escamas epidérmicas Placas ósseas
  • 9.  O esqueleto é completamente ossificado;  Os pulmões são bem desenvolvidos e, por vezes, providos de sacos aéreos;  O coração tem três cavidades, com uma divisão parcial no ventrículo, exceto nos crocodilos, em que há quatro cavidades separadas;  Os ovos geralmente são grandes e têm casca calcária ou coriácea.
  • 10. QUELÓNIOS São as tartarugas, os jabutis e os cágados. CROCODILIANOS São os crocodilos e os jacarés.
  • 11. Squamata São os lagartos e as serpentes (estas mais comumente chamadas de cobras). Os escamas e dividem-se em dois grupos menores: LACERTÍLIOS e OFÍDEOS.
  • 12. OFÍDEOS Compreendem as serpentes ou cobras. LACERTÍLIOS Compreendem os lagartos, os camaleões e as lagartixas.
  • 13.  Fósseis encontrados , em 1861, e estudos paleontológicos demonstraram que os pássaros também evoluíram destes primeiros reptilianos
  • 14.
  • 15.  Os répteis são animais carnívoros; algumas espécies são herbívoras e outras são onívoras. Eles possuem sistema digestório completo. O intestino grosso termina na cloaca.
  • 16.  O coração da maioria dos répteis apresenta dois átrios e dois ventrículos parcialmente divididos.
  • 18. REPRODUÇÃO  Dioíca: Sexuada Ovíparos: embrião se desenvolve dentro de um ovo em ambiente externo sem ligação com o corpo da mãe
  • 19. REPRODUÇÃO Ovovivíparos: embrião se desenvolve dentro de um ovo alojado dentro do corpo da mãe
  • 20. REPRODUÇÃO  Vivíparos: embrião se desenvolve dentro do corpo da mãe