SlideShare uma empresa Scribd logo
FACULDADE INTEGRADAS IPIRANGA
CURSO: LICENCIATURA EM BIOLOGIA
TURMA: LBN 04
DISCIPLINA: CIÊNCIAS, TECNOLOGIA,
MEIO AMBIENTE E QUALIDADE

EQUIPE A:
ALINE LIMA
JERUZA FELIZ
JOAQUIM CARNEIRO
JUCICLEIDE BRITO
SIMONE COSTA
WAGNER RAMOS
WELLINGTON BORGES
INTRODUÇÃO
 O Brasil vive atualmente com
questões
de
grande
importância não só para
nosso país como também
para o planeta Terra e o meio
ambiente existente nele;
 Questões
que
estão
causando
grandes
preocupações, incluíndo a
energia;
 Quais os tipos de energia se
pode recorrer e quais são as
mais favoráveis a nós e ao
meio ambiente;
DEFINIÇÃO
A energia elétrica é uma das
formas de energia mais utilizadas
no mundo. Ela é gerada,
principalmente, nas usinas
hidrelétricas, usando o potencial
energético dos rios. Porém ela
pode ser produzida também em
usinas eólicas, termoelétricas,
solares, nucleares entre outras.

IMPORTÂNCIA
A energia elétrica é de
fundamental importância para o
desenvolvimento
das
sociedades atuais.
PRODUÇÃO DA ENERGIA
EM HIDRELÉTRICAS
PRODUÇÃO DA ENERGIA EM
HIDRELÉTRICAS

 SIGNIFICADO DE UMA USINA
HIDRELÉTRICA;
 FONTE;
 ORIGEM;
 FUNCIONAMENTO DA
HIDRELÉTRICA;

 PRÓS E CONTRAS;
 CUSTO ECONÔMICO;
 IMPACTOS E PROBLEMAS;
PRINCIPAIS HIDRELÉTRICAS
 Os Estados Unidos, maior
produtor mundial com
mais de 300 TWh;
 Seguida o Canadá com
mais de 250 TWh
PRODUÇÃO DA ENERGIA
HIDRELÉTRICA NO BRASIL
 No Brasil, a
eletricidade é de
origem
predominantemente
hidráulica;
 A geração hidrelétrica
está associada à
vazão do rio;
CONCLUSÃO
A energia elétrica é fundamental para vida
moderna das grandes cidades do mundo. As
hidrelétricas geram energia renovável apesar de
alguns problemas que são causados em suas
construções, porém continua sendo a mais utilizada
em todo o mundo.
Energia eletrica
Energia eletrica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os Recursos Naturais
Os Recursos NaturaisOs Recursos Naturais
Os Recursos Naturais
Diogo Mateus
 
O desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentávelO desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentável
cattonia
 
8 ano energia
8 ano energia8 ano energia
8 ano energia
AglisDelgadoCincias
 
Energia
EnergiaEnergia
Aula 3 - Transformação de energia
Aula 3 - Transformação de energiaAula 3 - Transformação de energia
Aula 3 - Transformação de energia
João Paulo Luna
 
Energia Renovável
Energia RenovávelEnergia Renovável
Energia Renovável
Kaique Dadalto
 
Formas de energia e transformação de energia
Formas de energia e transformação de energiaFormas de energia e transformação de energia
Formas de energia e transformação de energia
Raquel Alves
 
Energia limpa uma questão de necessidade
Energia limpa   uma questão de necessidadeEnergia limpa   uma questão de necessidade
Energia limpa uma questão de necessidade
Nataliana Cabral
 
Semana 1 - Luz e Tecnologia.pptx
Semana 1 - Luz e Tecnologia.pptxSemana 1 - Luz e Tecnologia.pptx
Semana 1 - Luz e Tecnologia.pptx
PriTangerino
 
Metabolismo
MetabolismoMetabolismo
Metabolismo
Gisele A. Barbosa
 
Metabolismo Energetico
Metabolismo EnergeticoMetabolismo Energetico
Metabolismo Energetico
Filipe Almeida
 
Educação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidadeEducação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidade
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Apresentação energia elétrica
Apresentação energia elétricaApresentação energia elétrica
Apresentação energia elétrica
Edno Silva Fernandes de Souza
 
Metabolismo energetico
Metabolismo energeticoMetabolismo energetico
Metabolismo energetico
elciotx
 
Máquinas térmicas
Máquinas térmicasMáquinas térmicas
Máquinas térmicas
Edinei Chagas
 
Aula Biodiversidade
Aula BiodiversidadeAula Biodiversidade
Aula Biodiversidade
Plínio Gonçalves
 
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
Luiz Lázaro Leal de Albuquerque
 
USINA NUCLEAR
USINA NUCLEARUSINA NUCLEAR
Curriculo no Ensino de Ciências e Biologia
Curriculo no Ensino de Ciências e BiologiaCurriculo no Ensino de Ciências e Biologia
Curriculo no Ensino de Ciências e Biologia
Universidade Federal de Pernambuco
 
Energia Eólica - Cenário no Brasil
Energia Eólica  - Cenário no BrasilEnergia Eólica  - Cenário no Brasil
Energia Eólica - Cenário no Brasil
monica silva
 

Mais procurados (20)

Os Recursos Naturais
Os Recursos NaturaisOs Recursos Naturais
Os Recursos Naturais
 
O desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentávelO desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentável
 
8 ano energia
8 ano energia8 ano energia
8 ano energia
 
Energia
EnergiaEnergia
Energia
 
Aula 3 - Transformação de energia
Aula 3 - Transformação de energiaAula 3 - Transformação de energia
Aula 3 - Transformação de energia
 
Energia Renovável
Energia RenovávelEnergia Renovável
Energia Renovável
 
Formas de energia e transformação de energia
Formas de energia e transformação de energiaFormas de energia e transformação de energia
Formas de energia e transformação de energia
 
Energia limpa uma questão de necessidade
Energia limpa   uma questão de necessidadeEnergia limpa   uma questão de necessidade
Energia limpa uma questão de necessidade
 
Semana 1 - Luz e Tecnologia.pptx
Semana 1 - Luz e Tecnologia.pptxSemana 1 - Luz e Tecnologia.pptx
Semana 1 - Luz e Tecnologia.pptx
 
Metabolismo
MetabolismoMetabolismo
Metabolismo
 
Metabolismo Energetico
Metabolismo EnergeticoMetabolismo Energetico
Metabolismo Energetico
 
Educação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidadeEducação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidade
 
Apresentação energia elétrica
Apresentação energia elétricaApresentação energia elétrica
Apresentação energia elétrica
 
Metabolismo energetico
Metabolismo energeticoMetabolismo energetico
Metabolismo energetico
 
Máquinas térmicas
Máquinas térmicasMáquinas térmicas
Máquinas térmicas
 
Aula Biodiversidade
Aula BiodiversidadeAula Biodiversidade
Aula Biodiversidade
 
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
 
USINA NUCLEAR
USINA NUCLEARUSINA NUCLEAR
USINA NUCLEAR
 
Curriculo no Ensino de Ciências e Biologia
Curriculo no Ensino de Ciências e BiologiaCurriculo no Ensino de Ciências e Biologia
Curriculo no Ensino de Ciências e Biologia
 
Energia Eólica - Cenário no Brasil
Energia Eólica  - Cenário no BrasilEnergia Eólica  - Cenário no Brasil
Energia Eólica - Cenário no Brasil
 

Semelhante a Energia eletrica

Ciencias e tecnologia
Ciencias e tecnologiaCiencias e tecnologia
Ciencias e tecnologia
carolperuquetti
 
Ciências e tecnologia grupo 5 completo
Ciências e tecnologia   grupo 5 completoCiências e tecnologia   grupo 5 completo
Ciências e tecnologia grupo 5 completo
carolperuquetti
 
Energia Mecânica nas Usinas Geradoras de Eletricidade
Energia Mecânica nas Usinas Geradoras de EletricidadeEnergia Mecânica nas Usinas Geradoras de Eletricidade
Energia Mecânica nas Usinas Geradoras de Eletricidade
VailtonSantanaLoula1
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
Artur Lara
 
Atividade geografia
Atividade geografiaAtividade geografia
Atividade geografia
Núbia Maciel
 
gestão sustentável de recursos
gestão sustentável de recursosgestão sustentável de recursos
gestão sustentável de recursos
Maria João Silva
 
fontesalternativasdeenergia-150415091846-conversion-gate01.pdf
fontesalternativasdeenergia-150415091846-conversion-gate01.pdffontesalternativasdeenergia-150415091846-conversion-gate01.pdf
fontesalternativasdeenergia-150415091846-conversion-gate01.pdf
FoxHunter8
 
Fontes Alternativas de Energia
Fontes Alternativas de EnergiaFontes Alternativas de Energia
Fontes Alternativas de Energia
Sinara Lustosa
 
G R U P O 03
G R U P O 03G R U P O 03
G R U P O 03
ProfMario De Mori
 
Trabalho sobre tipos de energia - Gustavo 7ª série C
Trabalho sobre tipos de energia - Gustavo 7ª série CTrabalho sobre tipos de energia - Gustavo 7ª série C
Trabalho sobre tipos de energia - Gustavo 7ª série C
luisfernandobevilacqua
 
Desenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentávelDesenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentável
norivalfp
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
tavarok86
 
G9 energia nuclear e biomassa
G9   energia nuclear e biomassaG9   energia nuclear e biomassa
G9 energia nuclear e biomassa
cristbarb
 
Fontes de energia.
Fontes de energia.Fontes de energia.
Fontes de energia.
Robs
 
Aula 1 energia tipos importancia
Aula 1 energia tipos importanciaAula 1 energia tipos importancia
Aula 1 energia tipos importancia
Luciano Speed
 
Revisão para prova 0312
Revisão para prova 0312Revisão para prova 0312
Revisão para prova 0312
Priscila Martins
 
Energia jovem
Energia jovemEnergia jovem
Energia jovem
Luís Filipe Pato
 
Livro u1
Livro u1Livro u1
Livro u1
Carolina Teles
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
crisrinata
 
Energias.docx
Energias.docxEnergias.docx
Energias.docx
Juliana Abreu
 

Semelhante a Energia eletrica (20)

Ciencias e tecnologia
Ciencias e tecnologiaCiencias e tecnologia
Ciencias e tecnologia
 
Ciências e tecnologia grupo 5 completo
Ciências e tecnologia   grupo 5 completoCiências e tecnologia   grupo 5 completo
Ciências e tecnologia grupo 5 completo
 
Energia Mecânica nas Usinas Geradoras de Eletricidade
Energia Mecânica nas Usinas Geradoras de EletricidadeEnergia Mecânica nas Usinas Geradoras de Eletricidade
Energia Mecânica nas Usinas Geradoras de Eletricidade
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
 
Atividade geografia
Atividade geografiaAtividade geografia
Atividade geografia
 
gestão sustentável de recursos
gestão sustentável de recursosgestão sustentável de recursos
gestão sustentável de recursos
 
fontesalternativasdeenergia-150415091846-conversion-gate01.pdf
fontesalternativasdeenergia-150415091846-conversion-gate01.pdffontesalternativasdeenergia-150415091846-conversion-gate01.pdf
fontesalternativasdeenergia-150415091846-conversion-gate01.pdf
 
Fontes Alternativas de Energia
Fontes Alternativas de EnergiaFontes Alternativas de Energia
Fontes Alternativas de Energia
 
G R U P O 03
G R U P O 03G R U P O 03
G R U P O 03
 
Trabalho sobre tipos de energia - Gustavo 7ª série C
Trabalho sobre tipos de energia - Gustavo 7ª série CTrabalho sobre tipos de energia - Gustavo 7ª série C
Trabalho sobre tipos de energia - Gustavo 7ª série C
 
Desenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentávelDesenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentável
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
G9 energia nuclear e biomassa
G9   energia nuclear e biomassaG9   energia nuclear e biomassa
G9 energia nuclear e biomassa
 
Fontes de energia.
Fontes de energia.Fontes de energia.
Fontes de energia.
 
Aula 1 energia tipos importancia
Aula 1 energia tipos importanciaAula 1 energia tipos importancia
Aula 1 energia tipos importancia
 
Revisão para prova 0312
Revisão para prova 0312Revisão para prova 0312
Revisão para prova 0312
 
Energia jovem
Energia jovemEnergia jovem
Energia jovem
 
Livro u1
Livro u1Livro u1
Livro u1
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
 
Energias.docx
Energias.docxEnergias.docx
Energias.docx
 

Mais de Simone Costa

Seminário sobre Répteis
Seminário sobre RépteisSeminário sobre Répteis
Seminário sobre Répteis
Simone Costa
 
Seminário sobre Os Anelídeos
Seminário sobre Os Anelídeos Seminário sobre Os Anelídeos
Seminário sobre Os Anelídeos
Simone Costa
 
A5 introdução citológica.célula
A5 introdução citológica.célulaA5 introdução citológica.célula
A5 introdução citológica.célula
Simone Costa
 
A4 bioquímica celular.citoquimica
A4 bioquímica celular.citoquimicaA4 bioquímica celular.citoquimica
A4 bioquímica celular.citoquimica
Simone Costa
 
A4.1 comp.quimica da célula
A4.1 comp.quimica da célulaA4.1 comp.quimica da célula
A4.1 comp.quimica da célula
Simone Costa
 
A3 origem evolução celular
A3 origem evolução celularA3 origem evolução celular
A3 origem evolução celular
Simone Costa
 
A2 tecidos e niveis postar
A2 tecidos e niveis postarA2 tecidos e niveis postar
A2 tecidos e niveis postar
Simone Costa
 
A1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celularA1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celular
Simone Costa
 
Apresentação de Libras
Apresentação de LibrasApresentação de Libras
Apresentação de Libras
Simone Costa
 
Músculo do Dorso
Músculo do DorsoMúsculo do Dorso
Músculo do Dorso
Simone Costa
 

Mais de Simone Costa (10)

Seminário sobre Répteis
Seminário sobre RépteisSeminário sobre Répteis
Seminário sobre Répteis
 
Seminário sobre Os Anelídeos
Seminário sobre Os Anelídeos Seminário sobre Os Anelídeos
Seminário sobre Os Anelídeos
 
A5 introdução citológica.célula
A5 introdução citológica.célulaA5 introdução citológica.célula
A5 introdução citológica.célula
 
A4 bioquímica celular.citoquimica
A4 bioquímica celular.citoquimicaA4 bioquímica celular.citoquimica
A4 bioquímica celular.citoquimica
 
A4.1 comp.quimica da célula
A4.1 comp.quimica da célulaA4.1 comp.quimica da célula
A4.1 comp.quimica da célula
 
A3 origem evolução celular
A3 origem evolução celularA3 origem evolução celular
A3 origem evolução celular
 
A2 tecidos e niveis postar
A2 tecidos e niveis postarA2 tecidos e niveis postar
A2 tecidos e niveis postar
 
A1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celularA1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celular
 
Apresentação de Libras
Apresentação de LibrasApresentação de Libras
Apresentação de Libras
 
Músculo do Dorso
Músculo do DorsoMúsculo do Dorso
Músculo do Dorso
 

Último

Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 

Último (20)

Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 

Energia eletrica

  • 1. FACULDADE INTEGRADAS IPIRANGA CURSO: LICENCIATURA EM BIOLOGIA TURMA: LBN 04 DISCIPLINA: CIÊNCIAS, TECNOLOGIA, MEIO AMBIENTE E QUALIDADE EQUIPE A: ALINE LIMA JERUZA FELIZ JOAQUIM CARNEIRO JUCICLEIDE BRITO SIMONE COSTA WAGNER RAMOS WELLINGTON BORGES
  • 2. INTRODUÇÃO  O Brasil vive atualmente com questões de grande importância não só para nosso país como também para o planeta Terra e o meio ambiente existente nele;  Questões que estão causando grandes preocupações, incluíndo a energia;  Quais os tipos de energia se pode recorrer e quais são as mais favoráveis a nós e ao meio ambiente;
  • 3. DEFINIÇÃO A energia elétrica é uma das formas de energia mais utilizadas no mundo. Ela é gerada, principalmente, nas usinas hidrelétricas, usando o potencial energético dos rios. Porém ela pode ser produzida também em usinas eólicas, termoelétricas, solares, nucleares entre outras. IMPORTÂNCIA A energia elétrica é de fundamental importância para o desenvolvimento das sociedades atuais.
  • 4. PRODUÇÃO DA ENERGIA EM HIDRELÉTRICAS
  • 5. PRODUÇÃO DA ENERGIA EM HIDRELÉTRICAS  SIGNIFICADO DE UMA USINA HIDRELÉTRICA;  FONTE;  ORIGEM;  FUNCIONAMENTO DA HIDRELÉTRICA;  PRÓS E CONTRAS;  CUSTO ECONÔMICO;  IMPACTOS E PROBLEMAS;
  • 6. PRINCIPAIS HIDRELÉTRICAS  Os Estados Unidos, maior produtor mundial com mais de 300 TWh;  Seguida o Canadá com mais de 250 TWh
  • 7. PRODUÇÃO DA ENERGIA HIDRELÉTRICA NO BRASIL  No Brasil, a eletricidade é de origem predominantemente hidráulica;  A geração hidrelétrica está associada à vazão do rio;
  • 8. CONCLUSÃO A energia elétrica é fundamental para vida moderna das grandes cidades do mundo. As hidrelétricas geram energia renovável apesar de alguns problemas que são causados em suas construções, porém continua sendo a mais utilizada em todo o mundo.

Notas do Editor

  1. {}