SlideShare uma empresa Scribd logo
Report Diário: impactos do Covid-19 no
agronegócio brasileiro
Impactos nos segmentos de proteínas animais
Overview 14/04/2020
Consolidado: 20h39
PÁGINA 2
➢ O dólar à vista fechou em leve alta de 0,13%, cotado a R$ 5,1911, após bater em R$
5,21 pela manhã, mas acabou terminando a terça-feira perto da estabilidade.
➢ Com agenda local esvaziada, o mercado de câmbio acabou seguindo o exterior,
onde o dólar teve dia de enfraquecimento.
➢ O dólar começou a terça-feira em queda, com a divulgação de dados melhores que
o esperado do comércio exterior da China, mas passou a subir acompanhando o
petróleo, que operava em alta no mercado futuro.
➢ Porém, o petróleo começou a despencar no final da manhã em meio a crescentes
preocupações sobre o descompasso entre a oferta e a demanda do óleo,
estressando também os mercados de moedas emergentes.
ÍNDICE
OVERVIEW 14/04/2020: INDICADORES
PÁGINA 3
➢ Petróleo Brent sofreu forte queda de 6,74%, para US$ 29,60 o barril, com a fraqueza
da demanda, que provoca desequilíbrio nesse mercado.
➢ O corte anunciado há alguns dias pela Organização dos Países Exportadores de
Petróleo e aliados (Opep+) não será suficiente para reverter a situação.
➢ Nesta terça-feira, o Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu sua projeção para
o PIB global, projetando agora retração de 3,0% em 2020, diante dos impactos da
pandemia de coronavírus, que resultam em menor demanda pelo óleo.
➢ O corte na oferta compensa apenas em parte o colapso na demanda devido à crise
da Covid-19, o que deve manter os preços deprimidos por enquanto e levar à
paralisação de algumas unidades de produção de fora da Opep, inclusive nos EUA.
ÍNDICE
OVERVIEW 14/04/2020: INDICADORES
PÁGINA 4
➢ Ibovespa fechou em alta de 1,37%, para 79.918 pontos, o maior patamar desde 13
de março, quando atingiu 82.677 pontos, mesmo com a forte queda nos preços do
petróleo, que pressionou as ações da Petrobras, o principal índice da B3.
➢ O Ibovespa se afastou das máximas do dia e não conseguiu se sustentar, ainda
que levemente, acima dos 80 mil pontos no fechamento desta terça-feira, em dia no
qual contou com o suporte de Nova York, ante a percepção de que os EUA, assim
como a Europa, começam a deixar para trás o pior momento da pandemia.
➢ O desempenho acima do esperado para a balança comercial da China em março
também contribuiu para dar alento ao apetite por ativos de risco, aqui como no
exterior, apesar do desempenho negativo do petróleo.
ÍNDICE
OVERVIEW 14/04/2020: INDICADORES
5
PÁGINA 5
➢ A cadeia de proteína animal na China sofreu impactos de curto prazo com as
medidas de contenção da Covid-19.
➢ O consumo de carne suína pode ser compensado pelo consumo nos domicílios,
mas o consumo de carne bovina foi afetado porque ocorria principalmente no setor
de food service.
➢ O setor de frango também foi prejudicado por problemas de coordenação entre
fornecimento de ração e processamento de carne.
➢ São boas as perspectivas de importação de carnes pela China, já que a indústria
local de suínos deverá demorar mais três a quatro anos para se recuperar
totalmente da Peste Suína Africana.
ÍNDICE
COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
6
PÁGINA 6
ÍNDICE
ABRIL 2020
0
20
40
60
80
100
120
140
160
180
200
1990
1991
1992
1993
1994
1995
1996
1997
1998
1999
2000
2001
2002
2003
2004
2005
2006
2007
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
2017
2018
2019
2020-1
2020-2
2020-3
FAO: ÍNDICE DE PREÇOS REAIS DE ALIMENTOS
2002-2004=100 - VALORES DEFLACIONADOS
ÍNDICE FAO CARNES LEITE CEREAIS OLEAGINOSAS MÉDIA 2002-2004 = 100
maio | 2018
PÁGINA 7
COMMODITY
EXPORTAÇÕES AGRÍCOLAS EM MARÇO/2020 E NO 1º TRIMESTRE/2020
MARÇO/2020* 1º TRIMESTRE/2020*
SOJA +37,7% +15,3%
MILHO -40,1% -53,3%
ALGODÃO +35,1% +33,5%
CAFÉ -5,1% -8,1%
AÇÚCAR +44,1% +32,2%
ARROZ -47,5% -38,1%
CARNE BOVINA +6,2% +5,1%
CARNE DE FRANGO +2,6% +8,8%
CARNE SUÍNA +31,5% +32,1%
SUCO DE LARANJA -5,7% -11,7%
ABRIL 2020
* Comparativos em volumes ante o mesmo período do ano anterior
8
PÁGINA 8
➢ A cadeia de processamento de carnes chinesa sofreu interrupções nos primeiros
meses deste ano por causa da Covid-19.
➢ No nordeste da China, apenas 11 frigoríficos estavam em operação entre janeiro e
fevereiro e as fábricas não conseguiram operar por falta de mão de obra.
➢ Isso levou a uma série de medidas que o governo chinês adotou para facilitar a
importação de produtos de origem animal e a distribuição no interior do país
mesmo em meio ao auge da pandemia.
➢ A alta das exportações do Brasil nos primeiros meses do ano está relacionada à
situação da Covid-19, mas permanece a tendência de crescimento das importações
chinesas de proteínas animais.
ÍNDICE
COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
9
PÁGINA 9
➢ 104 estabelecimentos brasileiros de proteína animal foram habilitados a exportar
para a China e há espaços para habilitar mais estabelecimentos no futuro.
➢ A pandemia atrapalhou o processo de certificação de unidades brasileiras pela
China, que vinha ocorrendo com inspeções por videoconferência.
➢ No entanto, o governo brasileiro continua em negociação para habilitação de novas
plantas de carnes para exportação à China.
➢ No processo de revisão das práticas sanitárias da China, o governo tem mostrado
interesse em estimular investimentos no exterior nas cadeias de proteína animal.
➢ O governo brasileiro quer inserir o País nesse movimento, como receptor desses
fluxos de investimento.
ÍNDICE
COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
10
PÁGINA 10
➢ A crise do novo coronavírus pegou a pecuária bovina brasileira em uma situação
relativamente confortável, pois chegou em momento de baixa no ciclo da pecuária.
➢ Se estivéssemos em outra fase do ciclo pecuário, o setor iria sofrer mais.
➢ Além disso, apesar de a pandemia afetar a demanda de forma global, a alta do
dólar em relação ao Real deixou a carne brasileira num patamar relativamente
baixo de preços no mercado internacional.
➢ Atualmente, nenhum país tem condições de produzir carne bovina de qualidade
com a mesma competitividade que o Brasil.
➢ No Brasil, a arroba do boi equivale hoje a US$ 37, enquanto, na Argentina, está em
US$ 35, na Austrália a US$ 58 e nos EUA a US$ 59.
ÍNDICE
COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
11
PÁGINA 11
ÍNDICE
PERÍODO FRANGO BOI SUÍNO
ÚLTIMOS 30 DIAS -10,8% -0,7% -29,4%
ACUMULADO 2020 -8,8% 3,0% -30,2%
ÚLTIMOS 12 MESES -18,3% 26,4% 0,0%
CARNES: EVOLUÇÃO DOS PREÇOS PAGOS AOS CRIADORES
12
PÁGINA 12
ÍNDICE
0,00
1,00
2,00
3,00
4,00
5,00
6,00
7,00
8,00
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
2017
2018
2019
2020
CARNES: PREÇOS AO PRODUTOR - R$/KG CARCAÇA (PESO VIVO)
VALORES DEFLACIONADOS PELO IGP-DI MARÇO/2020
BOI GORDO SUÍNO VIVO FRANGO VIVO
13
PÁGINA 13
ÍNDICE
0,00
20,00
40,00
60,00
80,00
100,00
120,00
140,00
160,00
180,00
200,00
220,00
240,00
BOI GORDO: PREÇOS DA ARROBA AO PRODUTOR
INTERIOR SÃO PAULO - PRAZO 30 DIAS
REAIS DÓLARES
14
PÁGINA 14
➢ Embora a Europa, um importante comprador de cortes nobres do Brasil, esteja
praticamente paralisada, a China e o Oriente Médio seguem demandando.
➢ A demanda de China é sólida e o Brasil tem a melhor condição para atender o país.
➢ Além de a China necessitar importar em razão da Peste Suína Africana – que
dizimou praticamente 50% do rebanho suíno daquele país – o crescimento da
renda na China também sustenta o avanço da demanda de carne bovina.
➢ O maior concorrente para a carne bovina brasileira na região é a Austrália, que
enfrentou problemas graves na produção em decorrência de incêndios e secas.
➢ Existe demanda consistente para a carne bovina tanto na Ásia como nos países do
Oriente Médio.
ÍNDICE
COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
15
PÁGINA 15
➢ Desde 2018, o bezerro para reposição tem alcançado preços recordes, o que
desestimulou o abate de vacas e reduziu a oferta.
➢ Dessa forma, o enxugamento da demanda por causa da Covid-19 ocorre em um
momento em que a oferta de boi também está enxuta.
➢ Com isso, deve haver poucas variações nos preços da arroba ao longo de 2020.
➢ Os frigoríficos enfrentarão maiores dificuldades no mercado de carne premium, que
é consumido em churrascos, bares, restaurantes e hotéis.
➢ O desempenho do setor deve ser acelerado após o fim da crise, mas essa ainda
está longe de ter sido resolvida e a demanda está afetada pelo fechamento do food
service e o consumo nos lares está enfraquecido.
ÍNDICE
COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
16
PÁGINA 16
➢ Quando a pandemia da Covid-19 arrefecer globalmente, os fundamentos de
mercado para o setor de proteína animal voltarão a se fortalecer e o Brasil deve ser
o país que obterá mais vantagens disso.
➢ Deve se ressaltar que, além do problema conjuntural da Covid-19, há um outro
relevante que continua influenciando o mercado global de proteína animal: a Peste
Suína Africana (PSA), que dizimou os plantéis chineses desde o ano passado.
➢ Ainda há pelo menos mais três a quatro anos para a recomposição do rebanho
suíno na China e o país seguirá mantendo volumes elevados de importações de
carne de frango, suína e bovina: quando a pandemia cessar, o mercado chinês
retomará o crescimento do consumo de proteínas animais.
ÍNDICE
COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
17
PÁGINA 17
➢ No mercado de carne de frango, as exportações sofreram abalos entre março e
abril, quando a Covid-19 já havia se espalhado pelo mundo.
➢ O cenário no mercado externo é bastante semelhante ao do mercado interno.
➢ O setor de food servisse reduziu bastante suas compras, principalmente na Europa.
➢ No Japão, houve vários cancelamentos de encomendas, por causa do adiamento
da Olimpíada de 2020, que seria realizada no país asiático.
➢ Os mercados da UE e Japão frearam as compras de forma mais intensa.
➢ No Canadá, que adquire muito frango do Brasil para produção de snacks, como asa
e meio da asa, servidos em bares e restaurantes, o consumo desabou, com
inúmeros problemas de postergação de entregas e até cancelamentos.
ÍNDICE
COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
18
PÁGINA 18
ÍNDICE
0,00
0,50
1,00
1,50
2,00
2,50
3,00
3,50
4,00
FRANGO VIVO: PREÇO AO PRODUTOR X CUSTO DE
PRODUÇÃO NA REGIÃO SUL EM R$/KG VIVO
PREÇO AO PRODUTOR CUSTO DE PRODUÇÃO
19
PÁGINA 19
ÍNDICE
0,00
0,50
1,00
1,50
2,00
2,50
3,00
3,50
4,00
4,50
5,00
5,50
6,00
SUÍNO VIVO: PREÇO AO PRODUTOR X CUSTO DE
PRODUÇÃO NA REGIÃO SUL EM R$/KG VIVO
PREÇO AO PRODUTOR CUSTO DE PRODUÇÃO
20
PÁGINA 20
➢ Em relação a outros mercados, alguns estão elevando suas compras, como é o
caso da própria China.
➢ Mesmo com os Estados Unidos aumentando a oferta para a China ainda não houve
mudança no cenário de preços nem redução da demanda em março e abril.
➢ Outros países da Ásia também mantêm os patamares de demanda, como a Coreia
do Sul e Cingapura.
➢ No Oriente Médio, outro grande consumidor de carne de frango brasileira, as
vendas também não têm tido grandes dificuldades de colocação.
➢ Porém, os estoques para o Ramadã devem se reduzir, pois, com a pandemia, a
peregrinação para Meca deve ser menor e afetar o consumo de frango.
ÍNDICE
COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
PÁGINA 21
Fontes de Consultas
ÍNDICE
Agências: Broadcast Agro, Reuters, Agência Brasil, Valor Econômico e Bloomberg
Cepea – Centro de Pesquisas Econômicas da Esalq/USP
MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis
CNA – Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária
ANEC – Associação Nacional dos Exportadores de Cereais
IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
USDA – Departamento de Agricultura dos Estados Unidos
OMS – Organização Mundial da Saúde
ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis
Elaboração: COGO INTELIGÊNCIA EM AGRONEGÓCIO
+55 51 32481117
+55 51 999867666
consultoria@carloscogo.com.br
www.carloscogo.com.br
@carloscogo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Veja como o coronavírus mexeu com o agro nesta segunda-feira, 30
Veja como o coronavírus mexeu com o agro nesta segunda-feira, 30Veja como o coronavírus mexeu com o agro nesta segunda-feira, 30
Veja como o coronavírus mexeu com o agro nesta segunda-feira, 30
José Florentino
 
Covid1deabril
Covid1deabrilCovid1deabril
Covid1deabril
Fábio Santos
 
Relatório Coronavírus - 19 de maio
Relatório Coronavírus - 19 de maioRelatório Coronavírus - 19 de maio
Relatório Coronavírus - 19 de maio
José Florentino
 
Relatório Coronavírus - 13 de maio
Relatório Coronavírus - 13 de maioRelatório Coronavírus - 13 de maio
Relatório Coronavírus - 13 de maio
José Florentino
 
Relatório Coronavírus - 23 de junho
Relatório Coronavírus - 23 de junhoRelatório Coronavírus - 23 de junho
Relatório Coronavírus - 23 de junho
José Florentino
 
Relatório Coronavírus - 19 de junho
Relatório Coronavírus - 19 de junhoRelatório Coronavírus - 19 de junho
Relatório Coronavírus - 19 de junho
José Florentino
 
Relatório Coronavírus - 4 de maio
Relatório Coronavírus - 4 de maioRelatório Coronavírus - 4 de maio
Relatório Coronavírus - 4 de maio
José Florentino
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 10-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 10-2020
VivianeZukurov
 
Clipping cnc 17052016 versão de impressão
Clipping cnc 17052016   versão de impressãoClipping cnc 17052016   versão de impressão
Clipping cnc 17052016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Relatório Cogo 27 04-2020
Relatório Cogo 27 04-2020Relatório Cogo 27 04-2020
Relatório Cogo 27 04-2020
LuisRobertoToledo
 
Relatório Coronavírus - 12 de maio
Relatório Coronavírus - 12 de maioRelatório Coronavírus - 12 de maio
Relatório Coronavírus - 12 de maio
José Florentino
 
Relatório da Cogo Consultoria 21 de maio de 2020
Relatório da Cogo Consultoria  21 de maio de 2020Relatório da Cogo Consultoria  21 de maio de 2020
Relatório da Cogo Consultoria 21 de maio de 2020
LuisRobertoToledo
 
Relatório Coronavírus - 20 de abril
Relatório Coronavírus - 20 de abrilRelatório Coronavírus - 20 de abril
Relatório Coronavírus - 20 de abril
José Florentino
 
Relatório Coronavírus - 17 de abril
Relatório Coronavírus - 17 de abrilRelatório Coronavírus - 17 de abril
Relatório Coronavírus - 17 de abril
José Florentino
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 11-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 11-2020 Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 11-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 11-2020
VivianeZukurov
 
Anuário 2010 visão preliminar do segmento avícola internacional em 2010
Anuário 2010 visão preliminar do segmento avícola internacional em 2010Anuário 2010 visão preliminar do segmento avícola internacional em 2010
Anuário 2010 visão preliminar do segmento avícola internacional em 2010
Osler Desouzart
 
Relatório Coronavírus - 4 de junho
Relatório Coronavírus - 4 de junhoRelatório Coronavírus - 4 de junho
Relatório Coronavírus - 4 de junho
José Florentino
 
Relatório Coronavírus - 7 de maio
Relatório Coronavírus - 7 de maioRelatório Coronavírus - 7 de maio
Relatório Coronavírus - 7 de maio
José Florentino
 
Relatório Covid-19 x Agronegócio
Relatório Covid-19 x Agronegócio Relatório Covid-19 x Agronegócio
Relatório Covid-19 x Agronegócio
LuisRobertoToledo
 
Relatório Coronavírus - 5 de maio
Relatório Coronavírus - 5 de maioRelatório Coronavírus - 5 de maio
Relatório Coronavírus - 5 de maio
José Florentino
 

Mais procurados (20)

Veja como o coronavírus mexeu com o agro nesta segunda-feira, 30
Veja como o coronavírus mexeu com o agro nesta segunda-feira, 30Veja como o coronavírus mexeu com o agro nesta segunda-feira, 30
Veja como o coronavírus mexeu com o agro nesta segunda-feira, 30
 
Covid1deabril
Covid1deabrilCovid1deabril
Covid1deabril
 
Relatório Coronavírus - 19 de maio
Relatório Coronavírus - 19 de maioRelatório Coronavírus - 19 de maio
Relatório Coronavírus - 19 de maio
 
Relatório Coronavírus - 13 de maio
Relatório Coronavírus - 13 de maioRelatório Coronavírus - 13 de maio
Relatório Coronavírus - 13 de maio
 
Relatório Coronavírus - 23 de junho
Relatório Coronavírus - 23 de junhoRelatório Coronavírus - 23 de junho
Relatório Coronavírus - 23 de junho
 
Relatório Coronavírus - 19 de junho
Relatório Coronavírus - 19 de junhoRelatório Coronavírus - 19 de junho
Relatório Coronavírus - 19 de junho
 
Relatório Coronavírus - 4 de maio
Relatório Coronavírus - 4 de maioRelatório Coronavírus - 4 de maio
Relatório Coronavírus - 4 de maio
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 10-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 10-2020
 
Clipping cnc 17052016 versão de impressão
Clipping cnc 17052016   versão de impressãoClipping cnc 17052016   versão de impressão
Clipping cnc 17052016 versão de impressão
 
Relatório Cogo 27 04-2020
Relatório Cogo 27 04-2020Relatório Cogo 27 04-2020
Relatório Cogo 27 04-2020
 
Relatório Coronavírus - 12 de maio
Relatório Coronavírus - 12 de maioRelatório Coronavírus - 12 de maio
Relatório Coronavírus - 12 de maio
 
Relatório da Cogo Consultoria 21 de maio de 2020
Relatório da Cogo Consultoria  21 de maio de 2020Relatório da Cogo Consultoria  21 de maio de 2020
Relatório da Cogo Consultoria 21 de maio de 2020
 
Relatório Coronavírus - 20 de abril
Relatório Coronavírus - 20 de abrilRelatório Coronavírus - 20 de abril
Relatório Coronavírus - 20 de abril
 
Relatório Coronavírus - 17 de abril
Relatório Coronavírus - 17 de abrilRelatório Coronavírus - 17 de abril
Relatório Coronavírus - 17 de abril
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 11-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 11-2020 Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 11-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 05 11-2020
 
Anuário 2010 visão preliminar do segmento avícola internacional em 2010
Anuário 2010 visão preliminar do segmento avícola internacional em 2010Anuário 2010 visão preliminar do segmento avícola internacional em 2010
Anuário 2010 visão preliminar do segmento avícola internacional em 2010
 
Relatório Coronavírus - 4 de junho
Relatório Coronavírus - 4 de junhoRelatório Coronavírus - 4 de junho
Relatório Coronavírus - 4 de junho
 
Relatório Coronavírus - 7 de maio
Relatório Coronavírus - 7 de maioRelatório Coronavírus - 7 de maio
Relatório Coronavírus - 7 de maio
 
Relatório Covid-19 x Agronegócio
Relatório Covid-19 x Agronegócio Relatório Covid-19 x Agronegócio
Relatório Covid-19 x Agronegócio
 
Relatório Coronavírus - 5 de maio
Relatório Coronavírus - 5 de maioRelatório Coronavírus - 5 de maio
Relatório Coronavírus - 5 de maio
 

Semelhante a Relatório Covid-19

Cogo15
Cogo15Cogo15
Relatório Coronavírus - 30 de abril
Relatório Coronavírus - 30 de abrilRelatório Coronavírus - 30 de abril
Relatório Coronavírus - 30 de abril
José Florentino
 
Academica 2569
Academica 2569Academica 2569
Academica 2569
WallaceZOO
 
Relatório Coronavírus - 6 de maio
Relatório Coronavírus - 6 de maioRelatório Coronavírus - 6 de maio
Relatório Coronavírus - 6 de maio
José Florentino
 
Relatório Carlos Cogo - 6 de agosto
Relatório Carlos Cogo - 6 de agostoRelatório Carlos Cogo - 6 de agosto
Relatório Carlos Cogo - 6 de agosto
José Florentino
 
O Mercado de Carne Suína – Prognósticos de 2009 e Previsões para 2010
O Mercado de Carne Suína – Prognósticos de 2009 e Previsões para 2010O Mercado de Carne Suína – Prognósticos de 2009 e Previsões para 2010
O Mercado de Carne Suína – Prognósticos de 2009 e Previsões para 2010
Osler Desouzart
 
Relatório Coronavírus - 10 de junho
Relatório Coronavírus - 10 de junhoRelatório Coronavírus - 10 de junho
Relatório Coronavírus - 10 de junho
José Florentino
 
Covidcogo
CovidcogoCovidcogo
CFM Informa fevereiro 2014
CFM Informa fevereiro 2014CFM Informa fevereiro 2014
CFM Informa fevereiro 2014
agrocfm
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 08 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 08 10-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 08 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 08 10-2020
VivianeZukurov
 
Covid-19: veja o que será das commodities agrícolas após fim da pandemia
Covid-19: veja o que será das commodities agrícolas após fim da pandemiaCovid-19: veja o que será das commodities agrícolas após fim da pandemia
Covid-19: veja o que será das commodities agrícolas após fim da pandemia
José Florentino
 
Relatório Cogo - Inteligência em Agronegócio - 5 de junho
Relatório Cogo - Inteligência em Agronegócio - 5 de junhoRelatório Cogo - Inteligência em Agronegócio - 5 de junho
Relatório Cogo - Inteligência em Agronegócio - 5 de junho
LuisRobertoToledo
 
Relatório Coronavírus - 2 de julho
Relatório Coronavírus - 2 de julhoRelatório Coronavírus - 2 de julho
Relatório Coronavírus - 2 de julho
José Florentino
 
aula-1-evolucao-situacao-e-perspectivas-da-avicultura-no-brasill--11-03-2019.pdf
aula-1-evolucao-situacao-e-perspectivas-da-avicultura-no-brasill--11-03-2019.pdfaula-1-evolucao-situacao-e-perspectivas-da-avicultura-no-brasill--11-03-2019.pdf
aula-1-evolucao-situacao-e-perspectivas-da-avicultura-no-brasill--11-03-2019.pdf
DeniseGuerreiro4
 
Relatório Carlos Cogo - 7 de julho
Relatório Carlos Cogo - 7 de julhoRelatório Carlos Cogo - 7 de julho
Relatório Carlos Cogo - 7 de julho
José Florentino
 
Relatório Coronavírus - 24 de abril
Relatório Coronavírus - 24 de abrilRelatório Coronavírus - 24 de abril
Relatório Coronavírus - 24 de abril
José Florentino
 
Uma breve visão sobre o ano de 2013 e algumas perspectivas para o ano de 2014
Uma breve visão sobre o ano de 2013 e algumas perspectivas para o ano de 2014Uma breve visão sobre o ano de 2013 e algumas perspectivas para o ano de 2014
Uma breve visão sobre o ano de 2013 e algumas perspectivas para o ano de 2014
Osler Desouzart
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 03 12-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 03 12-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 03 12-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 03 12-2020
VivianeZukurov
 
Relatório trimestral sobre o mercado de carne bovina do Rabobank 4T13
Relatório trimestral sobre o mercado de carne bovina do Rabobank 4T13Relatório trimestral sobre o mercado de carne bovina do Rabobank 4T13
Relatório trimestral sobre o mercado de carne bovina do Rabobank 4T13
AgroTalento
 
impactos do Covid-19 no agronegócio brasileiro
impactos do Covid-19 no agronegócio brasileiroimpactos do Covid-19 no agronegócio brasileiro
impactos do Covid-19 no agronegócio brasileiro
LuisRobertoToledo
 

Semelhante a Relatório Covid-19 (20)

Cogo15
Cogo15Cogo15
Cogo15
 
Relatório Coronavírus - 30 de abril
Relatório Coronavírus - 30 de abrilRelatório Coronavírus - 30 de abril
Relatório Coronavírus - 30 de abril
 
Academica 2569
Academica 2569Academica 2569
Academica 2569
 
Relatório Coronavírus - 6 de maio
Relatório Coronavírus - 6 de maioRelatório Coronavírus - 6 de maio
Relatório Coronavírus - 6 de maio
 
Relatório Carlos Cogo - 6 de agosto
Relatório Carlos Cogo - 6 de agostoRelatório Carlos Cogo - 6 de agosto
Relatório Carlos Cogo - 6 de agosto
 
O Mercado de Carne Suína – Prognósticos de 2009 e Previsões para 2010
O Mercado de Carne Suína – Prognósticos de 2009 e Previsões para 2010O Mercado de Carne Suína – Prognósticos de 2009 e Previsões para 2010
O Mercado de Carne Suína – Prognósticos de 2009 e Previsões para 2010
 
Relatório Coronavírus - 10 de junho
Relatório Coronavírus - 10 de junhoRelatório Coronavírus - 10 de junho
Relatório Coronavírus - 10 de junho
 
Covidcogo
CovidcogoCovidcogo
Covidcogo
 
CFM Informa fevereiro 2014
CFM Informa fevereiro 2014CFM Informa fevereiro 2014
CFM Informa fevereiro 2014
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 08 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 08 10-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 08 10-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 08 10-2020
 
Covid-19: veja o que será das commodities agrícolas após fim da pandemia
Covid-19: veja o que será das commodities agrícolas após fim da pandemiaCovid-19: veja o que será das commodities agrícolas após fim da pandemia
Covid-19: veja o que será das commodities agrícolas após fim da pandemia
 
Relatório Cogo - Inteligência em Agronegócio - 5 de junho
Relatório Cogo - Inteligência em Agronegócio - 5 de junhoRelatório Cogo - Inteligência em Agronegócio - 5 de junho
Relatório Cogo - Inteligência em Agronegócio - 5 de junho
 
Relatório Coronavírus - 2 de julho
Relatório Coronavírus - 2 de julhoRelatório Coronavírus - 2 de julho
Relatório Coronavírus - 2 de julho
 
aula-1-evolucao-situacao-e-perspectivas-da-avicultura-no-brasill--11-03-2019.pdf
aula-1-evolucao-situacao-e-perspectivas-da-avicultura-no-brasill--11-03-2019.pdfaula-1-evolucao-situacao-e-perspectivas-da-avicultura-no-brasill--11-03-2019.pdf
aula-1-evolucao-situacao-e-perspectivas-da-avicultura-no-brasill--11-03-2019.pdf
 
Relatório Carlos Cogo - 7 de julho
Relatório Carlos Cogo - 7 de julhoRelatório Carlos Cogo - 7 de julho
Relatório Carlos Cogo - 7 de julho
 
Relatório Coronavírus - 24 de abril
Relatório Coronavírus - 24 de abrilRelatório Coronavírus - 24 de abril
Relatório Coronavírus - 24 de abril
 
Uma breve visão sobre o ano de 2013 e algumas perspectivas para o ano de 2014
Uma breve visão sobre o ano de 2013 e algumas perspectivas para o ano de 2014Uma breve visão sobre o ano de 2013 e algumas perspectivas para o ano de 2014
Uma breve visão sobre o ano de 2013 e algumas perspectivas para o ano de 2014
 
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 03 12-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 03 12-2020Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 03 12-2020
Relatorio diario cogo inteligencia em agronegocio 03 12-2020
 
Relatório trimestral sobre o mercado de carne bovina do Rabobank 4T13
Relatório trimestral sobre o mercado de carne bovina do Rabobank 4T13Relatório trimestral sobre o mercado de carne bovina do Rabobank 4T13
Relatório trimestral sobre o mercado de carne bovina do Rabobank 4T13
 
impactos do Covid-19 no agronegócio brasileiro
impactos do Covid-19 no agronegócio brasileiroimpactos do Covid-19 no agronegócio brasileiro
impactos do Covid-19 no agronegócio brasileiro
 

Mais de José Florentino

Bolsonaro sanciona projeto que recompõe subvenção do Plano Safra
Bolsonaro sanciona projeto que recompõe subvenção do Plano SafraBolsonaro sanciona projeto que recompõe subvenção do Plano Safra
Bolsonaro sanciona projeto que recompõe subvenção do Plano Safra
José Florentino
 
STF: Exigências do Código Florestal não se aplicam a desmate feito antes da lei
STF: Exigências do Código Florestal não se aplicam a desmate feito antes da leiSTF: Exigências do Código Florestal não se aplicam a desmate feito antes da lei
STF: Exigências do Código Florestal não se aplicam a desmate feito antes da lei
José Florentino
 
Decisão do STJ Lei da Mata Atlântica Paraná
Decisão do STJ Lei da Mata Atlântica ParanáDecisão do STJ Lei da Mata Atlântica Paraná
Decisão do STJ Lei da Mata Atlântica Paraná
José Florentino
 
Petição Famato - Lei da Mata Atlântica
Petição Famato - Lei da Mata AtlânticaPetição Famato - Lei da Mata Atlântica
Petição Famato - Lei da Mata Atlântica
José Florentino
 
Rejeitado recurso de prefeito de Acrelândia
Rejeitado recurso de prefeito de AcrelândiaRejeitado recurso de prefeito de Acrelândia
Rejeitado recurso de prefeito de Acrelândia
José Florentino
 
Decreto agricultura familiar
Decreto agricultura familiarDecreto agricultura familiar
Decreto agricultura familiar
José Florentino
 
Programacao
ProgramacaoProgramacao
Programacao
José Florentino
 
Carta de Bolsonaro a Biden
Carta de Bolsonaro a BidenCarta de Bolsonaro a Biden
Carta de Bolsonaro a Biden
José Florentino
 
Plano safra 2021 2022 - proposta da Contag
Plano safra 2021 2022 - proposta da ContagPlano safra 2021 2022 - proposta da Contag
Plano safra 2021 2022 - proposta da Contag
José Florentino
 
Guia prático para comercialização de agricultura familiar
Guia prático para comercialização de agricultura familiarGuia prático para comercialização de agricultura familiar
Guia prático para comercialização de agricultura familiar
José Florentino
 
Portos do parana primeiro bimestre
Portos do parana   primeiro bimestrePortos do parana   primeiro bimestre
Portos do parana primeiro bimestre
José Florentino
 
BNDES Cerealistas
BNDES CerealistasBNDES Cerealistas
BNDES Cerealistas
José Florentino
 
Cartilha Manejo Cigarrinha
Cartilha Manejo CigarrinhaCartilha Manejo Cigarrinha
Cartilha Manejo Cigarrinha
José Florentino
 
Projeção da Safra de Soja 2020/2021
Projeção da Safra de Soja 2020/2021Projeção da Safra de Soja 2020/2021
Projeção da Safra de Soja 2020/2021
José Florentino
 
Safra soja
Safra sojaSafra soja
Safra soja
José Florentino
 
O novo-mundo-rural-e-a-producao-de-alimentos-no-brasil
O novo-mundo-rural-e-a-producao-de-alimentos-no-brasilO novo-mundo-rural-e-a-producao-de-alimentos-no-brasil
O novo-mundo-rural-e-a-producao-de-alimentos-no-brasil
José Florentino
 
Diário Oficial SP 15/1
Diário Oficial SP 15/1Diário Oficial SP 15/1
Diário Oficial SP 15/1
José Florentino
 
Estudo reino unido cna
Estudo reino unido cnaEstudo reino unido cna
Estudo reino unido cna
José Florentino
 
Carta Aberta Aprosoja Brasil ICMS em SP
Carta Aberta Aprosoja Brasil ICMS em SPCarta Aberta Aprosoja Brasil ICMS em SP
Carta Aberta Aprosoja Brasil ICMS em SP
José Florentino
 
Bases para uma a Estratégia de Longo Prazo do Brasil para a China
Bases para uma a Estratégia de Longo Prazo do Brasil para a ChinaBases para uma a Estratégia de Longo Prazo do Brasil para a China
Bases para uma a Estratégia de Longo Prazo do Brasil para a China
José Florentino
 

Mais de José Florentino (20)

Bolsonaro sanciona projeto que recompõe subvenção do Plano Safra
Bolsonaro sanciona projeto que recompõe subvenção do Plano SafraBolsonaro sanciona projeto que recompõe subvenção do Plano Safra
Bolsonaro sanciona projeto que recompõe subvenção do Plano Safra
 
STF: Exigências do Código Florestal não se aplicam a desmate feito antes da lei
STF: Exigências do Código Florestal não se aplicam a desmate feito antes da leiSTF: Exigências do Código Florestal não se aplicam a desmate feito antes da lei
STF: Exigências do Código Florestal não se aplicam a desmate feito antes da lei
 
Decisão do STJ Lei da Mata Atlântica Paraná
Decisão do STJ Lei da Mata Atlântica ParanáDecisão do STJ Lei da Mata Atlântica Paraná
Decisão do STJ Lei da Mata Atlântica Paraná
 
Petição Famato - Lei da Mata Atlântica
Petição Famato - Lei da Mata AtlânticaPetição Famato - Lei da Mata Atlântica
Petição Famato - Lei da Mata Atlântica
 
Rejeitado recurso de prefeito de Acrelândia
Rejeitado recurso de prefeito de AcrelândiaRejeitado recurso de prefeito de Acrelândia
Rejeitado recurso de prefeito de Acrelândia
 
Decreto agricultura familiar
Decreto agricultura familiarDecreto agricultura familiar
Decreto agricultura familiar
 
Programacao
ProgramacaoProgramacao
Programacao
 
Carta de Bolsonaro a Biden
Carta de Bolsonaro a BidenCarta de Bolsonaro a Biden
Carta de Bolsonaro a Biden
 
Plano safra 2021 2022 - proposta da Contag
Plano safra 2021 2022 - proposta da ContagPlano safra 2021 2022 - proposta da Contag
Plano safra 2021 2022 - proposta da Contag
 
Guia prático para comercialização de agricultura familiar
Guia prático para comercialização de agricultura familiarGuia prático para comercialização de agricultura familiar
Guia prático para comercialização de agricultura familiar
 
Portos do parana primeiro bimestre
Portos do parana   primeiro bimestrePortos do parana   primeiro bimestre
Portos do parana primeiro bimestre
 
BNDES Cerealistas
BNDES CerealistasBNDES Cerealistas
BNDES Cerealistas
 
Cartilha Manejo Cigarrinha
Cartilha Manejo CigarrinhaCartilha Manejo Cigarrinha
Cartilha Manejo Cigarrinha
 
Projeção da Safra de Soja 2020/2021
Projeção da Safra de Soja 2020/2021Projeção da Safra de Soja 2020/2021
Projeção da Safra de Soja 2020/2021
 
Safra soja
Safra sojaSafra soja
Safra soja
 
O novo-mundo-rural-e-a-producao-de-alimentos-no-brasil
O novo-mundo-rural-e-a-producao-de-alimentos-no-brasilO novo-mundo-rural-e-a-producao-de-alimentos-no-brasil
O novo-mundo-rural-e-a-producao-de-alimentos-no-brasil
 
Diário Oficial SP 15/1
Diário Oficial SP 15/1Diário Oficial SP 15/1
Diário Oficial SP 15/1
 
Estudo reino unido cna
Estudo reino unido cnaEstudo reino unido cna
Estudo reino unido cna
 
Carta Aberta Aprosoja Brasil ICMS em SP
Carta Aberta Aprosoja Brasil ICMS em SPCarta Aberta Aprosoja Brasil ICMS em SP
Carta Aberta Aprosoja Brasil ICMS em SP
 
Bases para uma a Estratégia de Longo Prazo do Brasil para a China
Bases para uma a Estratégia de Longo Prazo do Brasil para a ChinaBases para uma a Estratégia de Longo Prazo do Brasil para a China
Bases para uma a Estratégia de Longo Prazo do Brasil para a China
 

Relatório Covid-19

  • 1. Report Diário: impactos do Covid-19 no agronegócio brasileiro Impactos nos segmentos de proteínas animais Overview 14/04/2020 Consolidado: 20h39
  • 2. PÁGINA 2 ➢ O dólar à vista fechou em leve alta de 0,13%, cotado a R$ 5,1911, após bater em R$ 5,21 pela manhã, mas acabou terminando a terça-feira perto da estabilidade. ➢ Com agenda local esvaziada, o mercado de câmbio acabou seguindo o exterior, onde o dólar teve dia de enfraquecimento. ➢ O dólar começou a terça-feira em queda, com a divulgação de dados melhores que o esperado do comércio exterior da China, mas passou a subir acompanhando o petróleo, que operava em alta no mercado futuro. ➢ Porém, o petróleo começou a despencar no final da manhã em meio a crescentes preocupações sobre o descompasso entre a oferta e a demanda do óleo, estressando também os mercados de moedas emergentes. ÍNDICE OVERVIEW 14/04/2020: INDICADORES
  • 3. PÁGINA 3 ➢ Petróleo Brent sofreu forte queda de 6,74%, para US$ 29,60 o barril, com a fraqueza da demanda, que provoca desequilíbrio nesse mercado. ➢ O corte anunciado há alguns dias pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) não será suficiente para reverter a situação. ➢ Nesta terça-feira, o Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu sua projeção para o PIB global, projetando agora retração de 3,0% em 2020, diante dos impactos da pandemia de coronavírus, que resultam em menor demanda pelo óleo. ➢ O corte na oferta compensa apenas em parte o colapso na demanda devido à crise da Covid-19, o que deve manter os preços deprimidos por enquanto e levar à paralisação de algumas unidades de produção de fora da Opep, inclusive nos EUA. ÍNDICE OVERVIEW 14/04/2020: INDICADORES
  • 4. PÁGINA 4 ➢ Ibovespa fechou em alta de 1,37%, para 79.918 pontos, o maior patamar desde 13 de março, quando atingiu 82.677 pontos, mesmo com a forte queda nos preços do petróleo, que pressionou as ações da Petrobras, o principal índice da B3. ➢ O Ibovespa se afastou das máximas do dia e não conseguiu se sustentar, ainda que levemente, acima dos 80 mil pontos no fechamento desta terça-feira, em dia no qual contou com o suporte de Nova York, ante a percepção de que os EUA, assim como a Europa, começam a deixar para trás o pior momento da pandemia. ➢ O desempenho acima do esperado para a balança comercial da China em março também contribuiu para dar alento ao apetite por ativos de risco, aqui como no exterior, apesar do desempenho negativo do petróleo. ÍNDICE OVERVIEW 14/04/2020: INDICADORES
  • 5. 5 PÁGINA 5 ➢ A cadeia de proteína animal na China sofreu impactos de curto prazo com as medidas de contenção da Covid-19. ➢ O consumo de carne suína pode ser compensado pelo consumo nos domicílios, mas o consumo de carne bovina foi afetado porque ocorria principalmente no setor de food service. ➢ O setor de frango também foi prejudicado por problemas de coordenação entre fornecimento de ração e processamento de carne. ➢ São boas as perspectivas de importação de carnes pela China, já que a indústria local de suínos deverá demorar mais três a quatro anos para se recuperar totalmente da Peste Suína Africana. ÍNDICE COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
  • 7. maio | 2018 PÁGINA 7 COMMODITY EXPORTAÇÕES AGRÍCOLAS EM MARÇO/2020 E NO 1º TRIMESTRE/2020 MARÇO/2020* 1º TRIMESTRE/2020* SOJA +37,7% +15,3% MILHO -40,1% -53,3% ALGODÃO +35,1% +33,5% CAFÉ -5,1% -8,1% AÇÚCAR +44,1% +32,2% ARROZ -47,5% -38,1% CARNE BOVINA +6,2% +5,1% CARNE DE FRANGO +2,6% +8,8% CARNE SUÍNA +31,5% +32,1% SUCO DE LARANJA -5,7% -11,7% ABRIL 2020 * Comparativos em volumes ante o mesmo período do ano anterior
  • 8. 8 PÁGINA 8 ➢ A cadeia de processamento de carnes chinesa sofreu interrupções nos primeiros meses deste ano por causa da Covid-19. ➢ No nordeste da China, apenas 11 frigoríficos estavam em operação entre janeiro e fevereiro e as fábricas não conseguiram operar por falta de mão de obra. ➢ Isso levou a uma série de medidas que o governo chinês adotou para facilitar a importação de produtos de origem animal e a distribuição no interior do país mesmo em meio ao auge da pandemia. ➢ A alta das exportações do Brasil nos primeiros meses do ano está relacionada à situação da Covid-19, mas permanece a tendência de crescimento das importações chinesas de proteínas animais. ÍNDICE COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
  • 9. 9 PÁGINA 9 ➢ 104 estabelecimentos brasileiros de proteína animal foram habilitados a exportar para a China e há espaços para habilitar mais estabelecimentos no futuro. ➢ A pandemia atrapalhou o processo de certificação de unidades brasileiras pela China, que vinha ocorrendo com inspeções por videoconferência. ➢ No entanto, o governo brasileiro continua em negociação para habilitação de novas plantas de carnes para exportação à China. ➢ No processo de revisão das práticas sanitárias da China, o governo tem mostrado interesse em estimular investimentos no exterior nas cadeias de proteína animal. ➢ O governo brasileiro quer inserir o País nesse movimento, como receptor desses fluxos de investimento. ÍNDICE COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
  • 10. 10 PÁGINA 10 ➢ A crise do novo coronavírus pegou a pecuária bovina brasileira em uma situação relativamente confortável, pois chegou em momento de baixa no ciclo da pecuária. ➢ Se estivéssemos em outra fase do ciclo pecuário, o setor iria sofrer mais. ➢ Além disso, apesar de a pandemia afetar a demanda de forma global, a alta do dólar em relação ao Real deixou a carne brasileira num patamar relativamente baixo de preços no mercado internacional. ➢ Atualmente, nenhum país tem condições de produzir carne bovina de qualidade com a mesma competitividade que o Brasil. ➢ No Brasil, a arroba do boi equivale hoje a US$ 37, enquanto, na Argentina, está em US$ 35, na Austrália a US$ 58 e nos EUA a US$ 59. ÍNDICE COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
  • 11. 11 PÁGINA 11 ÍNDICE PERÍODO FRANGO BOI SUÍNO ÚLTIMOS 30 DIAS -10,8% -0,7% -29,4% ACUMULADO 2020 -8,8% 3,0% -30,2% ÚLTIMOS 12 MESES -18,3% 26,4% 0,0% CARNES: EVOLUÇÃO DOS PREÇOS PAGOS AOS CRIADORES
  • 12. 12 PÁGINA 12 ÍNDICE 0,00 1,00 2,00 3,00 4,00 5,00 6,00 7,00 8,00 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 CARNES: PREÇOS AO PRODUTOR - R$/KG CARCAÇA (PESO VIVO) VALORES DEFLACIONADOS PELO IGP-DI MARÇO/2020 BOI GORDO SUÍNO VIVO FRANGO VIVO
  • 13. 13 PÁGINA 13 ÍNDICE 0,00 20,00 40,00 60,00 80,00 100,00 120,00 140,00 160,00 180,00 200,00 220,00 240,00 BOI GORDO: PREÇOS DA ARROBA AO PRODUTOR INTERIOR SÃO PAULO - PRAZO 30 DIAS REAIS DÓLARES
  • 14. 14 PÁGINA 14 ➢ Embora a Europa, um importante comprador de cortes nobres do Brasil, esteja praticamente paralisada, a China e o Oriente Médio seguem demandando. ➢ A demanda de China é sólida e o Brasil tem a melhor condição para atender o país. ➢ Além de a China necessitar importar em razão da Peste Suína Africana – que dizimou praticamente 50% do rebanho suíno daquele país – o crescimento da renda na China também sustenta o avanço da demanda de carne bovina. ➢ O maior concorrente para a carne bovina brasileira na região é a Austrália, que enfrentou problemas graves na produção em decorrência de incêndios e secas. ➢ Existe demanda consistente para a carne bovina tanto na Ásia como nos países do Oriente Médio. ÍNDICE COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
  • 15. 15 PÁGINA 15 ➢ Desde 2018, o bezerro para reposição tem alcançado preços recordes, o que desestimulou o abate de vacas e reduziu a oferta. ➢ Dessa forma, o enxugamento da demanda por causa da Covid-19 ocorre em um momento em que a oferta de boi também está enxuta. ➢ Com isso, deve haver poucas variações nos preços da arroba ao longo de 2020. ➢ Os frigoríficos enfrentarão maiores dificuldades no mercado de carne premium, que é consumido em churrascos, bares, restaurantes e hotéis. ➢ O desempenho do setor deve ser acelerado após o fim da crise, mas essa ainda está longe de ter sido resolvida e a demanda está afetada pelo fechamento do food service e o consumo nos lares está enfraquecido. ÍNDICE COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
  • 16. 16 PÁGINA 16 ➢ Quando a pandemia da Covid-19 arrefecer globalmente, os fundamentos de mercado para o setor de proteína animal voltarão a se fortalecer e o Brasil deve ser o país que obterá mais vantagens disso. ➢ Deve se ressaltar que, além do problema conjuntural da Covid-19, há um outro relevante que continua influenciando o mercado global de proteína animal: a Peste Suína Africana (PSA), que dizimou os plantéis chineses desde o ano passado. ➢ Ainda há pelo menos mais três a quatro anos para a recomposição do rebanho suíno na China e o país seguirá mantendo volumes elevados de importações de carne de frango, suína e bovina: quando a pandemia cessar, o mercado chinês retomará o crescimento do consumo de proteínas animais. ÍNDICE COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
  • 17. 17 PÁGINA 17 ➢ No mercado de carne de frango, as exportações sofreram abalos entre março e abril, quando a Covid-19 já havia se espalhado pelo mundo. ➢ O cenário no mercado externo é bastante semelhante ao do mercado interno. ➢ O setor de food servisse reduziu bastante suas compras, principalmente na Europa. ➢ No Japão, houve vários cancelamentos de encomendas, por causa do adiamento da Olimpíada de 2020, que seria realizada no país asiático. ➢ Os mercados da UE e Japão frearam as compras de forma mais intensa. ➢ No Canadá, que adquire muito frango do Brasil para produção de snacks, como asa e meio da asa, servidos em bares e restaurantes, o consumo desabou, com inúmeros problemas de postergação de entregas e até cancelamentos. ÍNDICE COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
  • 18. 18 PÁGINA 18 ÍNDICE 0,00 0,50 1,00 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 FRANGO VIVO: PREÇO AO PRODUTOR X CUSTO DE PRODUÇÃO NA REGIÃO SUL EM R$/KG VIVO PREÇO AO PRODUTOR CUSTO DE PRODUÇÃO
  • 19. 19 PÁGINA 19 ÍNDICE 0,00 0,50 1,00 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 5,00 5,50 6,00 SUÍNO VIVO: PREÇO AO PRODUTOR X CUSTO DE PRODUÇÃO NA REGIÃO SUL EM R$/KG VIVO PREÇO AO PRODUTOR CUSTO DE PRODUÇÃO
  • 20. 20 PÁGINA 20 ➢ Em relação a outros mercados, alguns estão elevando suas compras, como é o caso da própria China. ➢ Mesmo com os Estados Unidos aumentando a oferta para a China ainda não houve mudança no cenário de preços nem redução da demanda em março e abril. ➢ Outros países da Ásia também mantêm os patamares de demanda, como a Coreia do Sul e Cingapura. ➢ No Oriente Médio, outro grande consumidor de carne de frango brasileira, as vendas também não têm tido grandes dificuldades de colocação. ➢ Porém, os estoques para o Ramadã devem se reduzir, pois, com a pandemia, a peregrinação para Meca deve ser menor e afetar o consumo de frango. ÍNDICE COVID-19 E OS IMPACTOS NOS SEGMENTOS DE CARNES DO BRASIL
  • 21. PÁGINA 21 Fontes de Consultas ÍNDICE Agências: Broadcast Agro, Reuters, Agência Brasil, Valor Econômico e Bloomberg Cepea – Centro de Pesquisas Econômicas da Esalq/USP MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis CNA – Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária ANEC – Associação Nacional dos Exportadores de Cereais IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística USDA – Departamento de Agricultura dos Estados Unidos OMS – Organização Mundial da Saúde ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis Elaboração: COGO INTELIGÊNCIA EM AGRONEGÓCIO
  • 22. +55 51 32481117 +55 51 999867666 consultoria@carloscogo.com.br www.carloscogo.com.br @carloscogo