SlideShare uma empresa Scribd logo
Colégio Municipal Manoel Fernandes dos Santos
Aluno(a): ___________________________________ 7º Ano B
Data: _____/_____/ 2015
Disciplina: Religião Professora: Luciana Carvalho Nota: _________
RECUPERAÇÃO PARALELA DA I UNIDADE
A LIÇÃO DA BORBOLETA
Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo.
Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se
esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco.
Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela
tinha ido o mais longe que podia, e não conseguiria ir mais.
O homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do
casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho e era
pequeno e tinha as asas amassadas. O homem continuou a observar a borboleta
porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem
para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar com o tempo. Nada
aconteceu!
Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho
e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar.
O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia era que o
casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena
abertura era o modo com que Deus fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse
para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse
livre do casulo.
Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossas vidas. Se Deus
nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ficaríamos
enfraquecidos. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido. Nós nunca
poderíamos voar...
1-Por que o homem ajudou a borboleta a sair do casulo?_______________________________________
____________________________________________________________________________________
2-O que aconteceu com a borboleta que foi ajudada? Por quê?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
3-Por que a borboleta tinha que se esforçar para sair do casulo?
____________________________________________________________________________________
4- O que você achou da atitude do homem? Comente.
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
5- Leia a frase
“Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ficaríamos
enfraquecidos. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido.”
Comente a frase acima.
_______________________________________________________________________________
__________________________________________________________________
6- Encontre no diagrama as palavras que estão em negrito no texto.
C Q E B R T Y U E A S D Z L L A S D
E A A S O A S D F S A S E Z I I X Q
S A S A S R Q E P T F Y U U O V A A
D S E U A S B Q E R R O T T S E R Z
A E S A L S Z O X A O V R T P R A E
S A D R A O I E L R E G Y Ç O A S O
A D J C S S J R E E R R R R A S D B
R A A U E D C T R C T E U E L V D S
A A S V D E N A T V Z A I F S A A T
S X S T Q A X U P F E T O D Z S F A
G V E T R A R Z X A C S P S X A O C
E E R Y E A S D F G Z I F A C S A U
A B N A S J A S D Q E E A O V D S L
V N T T A S A A S V D A Z S R Q D O
A I Y U I Z X N A S O Z X C B Ç Q S
X M D U I E A S D X C A A S A S O S
C A S A A A Z A S O F G R H J A A Z
A A S D S A X A A S D Q E Q E R Q E
7- Diante do contexto da imagem acima pode-se concluir que:
(a) A mulher despreza os pobres
(b) O homem era folgado por isso a mulher o pôs para fora
(c) A mulher queria ficar livre de todo mau pensamento
(d) A mulher é sem educação
9- Observe afigura ao lado, e responda as questões propostas:
8- Qual é a ironia apresentada no texto ao
lado?
(a) A criança é muito nova para falar.
(b) A mãe traz muitas coisas para o filho, mas
nenhuma foi o que ele pediu.
(c) O menino não sabe pelo que deve ser grato,
mesmo diante de todas as coisas boas que a
vida oferece.
(d) É difícil saber quando devemos agradecer.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
Giselda Rodrigues
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° anoAtividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Luciano Mendes
 
Caça palavras - Bullying
Caça palavras - BullyingCaça palavras - Bullying
Caça palavras - Bullying
Mary Alvarenga
 
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA - 5º ANO - PROCESSO DE REAVALIAÇAO 2017
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA - 5º ANO - PROCESSO DE REAVALIAÇAO  2017AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA - 5º ANO - PROCESSO DE REAVALIAÇAO  2017
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA - 5º ANO - PROCESSO DE REAVALIAÇAO 2017
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Pena religião 5 ano
Pena religião 5 anoPena religião 5 ano
Pena religião 5 ano
Zenaide Miranda da Rocha
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Angela Maria
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Adriana Mello
 
Prova folclore
Prova folcloreProva folclore
Prova folclore
Stella Santana
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
Isa ...
 
As fases da Lua
As fases da LuaAs fases da Lua
As fases da Lua
Mary Alvarenga
 
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Angela Maria
 

Mais procurados (20)

5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
5º ano edu. para a cidadania ativ. compl
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
 
Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 9ano ensino religioso 2b pet 2
 
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° anoAtividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
 
Caça palavras - Bullying
Caça palavras - BullyingCaça palavras - Bullying
Caça palavras - Bullying
 
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
 
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
 
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA - 5º ANO - PROCESSO DE REAVALIAÇAO 2017
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA - 5º ANO - PROCESSO DE REAVALIAÇAO  2017AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA - 5º ANO - PROCESSO DE REAVALIAÇAO  2017
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA - 5º ANO - PROCESSO DE REAVALIAÇAO 2017
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
 
Pena religião 5 ano
Pena religião 5 anoPena religião 5 ano
Pena religião 5 ano
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: TRÂNSITO E MEIOS DE TRANSPORTE - 3º ANO DO E.F. 1
 
Avaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena AndradeAvaliação de Ciência Helena Andrade
Avaliação de Ciência Helena Andrade
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
 
Prova folclore
Prova folcloreProva folclore
Prova folclore
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
 
As fases da Lua
As fases da LuaAs fases da Lua
As fases da Lua
 
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
Avaliação de Ciências Escola Edite Porto 2013
 
Cultura negra3
Cultura negra3Cultura negra3
Cultura negra3
 

Destaque

Religião e reigosidade 6º ano
Religião e reigosidade 6º anoReligião e reigosidade 6º ano
Religião e reigosidade 6º ano
Kamila Silvestre
 
6º-ano-avaliação ensino religioso
 6º-ano-avaliação ensino religioso 6º-ano-avaliação ensino religioso
6º-ano-avaliação ensino religioso
Dora Módolo
 
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova diagnostica ensino religioso 1
Prova diagnostica ensino religioso 1Prova diagnostica ensino religioso 1
Prova diagnostica ensino religioso 1
Atividades Diversas Cláudia
 
Ensino religioso vinculo amizade, familia escola
Ensino religioso vinculo amizade, familia escolaEnsino religioso vinculo amizade, familia escola
Ensino religioso vinculo amizade, familia escola
Atividades Diversas Cláudia
 
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação ReligiosaApostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
elias pereira
 
Compreender valores
Compreender valoresCompreender valores
Compreender valores
Atividades Diversas Cláudia
 
Mensagem a lição da borboleta
Mensagem a lição da borboletaMensagem a lição da borboleta
Mensagem a lição da borboleta
Atividades Diversas Cláudia
 
Ensino religioso ética
Ensino religioso  éticaEnsino religioso  ética
Ensino religioso ética
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova diagnostica ensino religioso sirlene
Prova diagnostica ensino religioso sirleneProva diagnostica ensino religioso sirlene
Prova diagnostica ensino religioso sirlene
Atividades Diversas Cláudia
 
Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9
Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9
Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9
Atividades Diversas Cláudia
 
Religião (apenas imagens)
Religião (apenas imagens) Religião (apenas imagens)
Religião (apenas imagens)
krodriguescon
 
Interpretação de imagens religiao
Interpretação de imagens religiaoInterpretação de imagens religiao
Interpretação de imagens religiao
Atividades Diversas Cláudia
 
A lição da borboleta 2
A lição da borboleta 2A lição da borboleta 2
A lição da borboleta 2
Nice Santos
 
Mensagem porque gritamos
Mensagem porque gritamosMensagem porque gritamos
Mensagem porque gritamos
Atividades Diversas Cláudia
 
Religião e Religiosidade
Religião e ReligiosidadeReligião e Religiosidade
Religião e Religiosidade
Edilson Borges
 
A diferença entre religião e religiosidade
A diferença entre religião e religiosidadeA diferença entre religião e religiosidade
A diferença entre religião e religiosidade
Tarcillo Armindo Schmaedecke
 
Amor ao próximo
Amor ao próximoAmor ao próximo
Amor ao próximo
suelibiondo
 
O caráter conta 2
O caráter conta 2O caráter conta 2
O caráter conta 2
Sueli Biondo Biondo
 
Arte 3º ano 12 zelo
Arte 3º ano 12   zeloArte 3º ano 12   zelo
Arte 3º ano 12 zelo
suelibiondo
 

Destaque (20)

Religião e reigosidade 6º ano
Religião e reigosidade 6º anoReligião e reigosidade 6º ano
Religião e reigosidade 6º ano
 
6º-ano-avaliação ensino religioso
 6º-ano-avaliação ensino religioso 6º-ano-avaliação ensino religioso
6º-ano-avaliação ensino religioso
 
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
 
Prova diagnostica ensino religioso 1
Prova diagnostica ensino religioso 1Prova diagnostica ensino religioso 1
Prova diagnostica ensino religioso 1
 
Ensino religioso vinculo amizade, familia escola
Ensino religioso vinculo amizade, familia escolaEnsino religioso vinculo amizade, familia escola
Ensino religioso vinculo amizade, familia escola
 
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação ReligiosaApostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
 
Compreender valores
Compreender valoresCompreender valores
Compreender valores
 
Mensagem a lição da borboleta
Mensagem a lição da borboletaMensagem a lição da borboleta
Mensagem a lição da borboleta
 
Ensino religioso ética
Ensino religioso  éticaEnsino religioso  ética
Ensino religioso ética
 
Prova diagnostica ensino religioso sirlene
Prova diagnostica ensino religioso sirleneProva diagnostica ensino religioso sirlene
Prova diagnostica ensino religioso sirlene
 
Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9
Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9
Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9
 
Religião (apenas imagens)
Religião (apenas imagens) Religião (apenas imagens)
Religião (apenas imagens)
 
Interpretação de imagens religiao
Interpretação de imagens religiaoInterpretação de imagens religiao
Interpretação de imagens religiao
 
A lição da borboleta 2
A lição da borboleta 2A lição da borboleta 2
A lição da borboleta 2
 
Mensagem porque gritamos
Mensagem porque gritamosMensagem porque gritamos
Mensagem porque gritamos
 
Religião e Religiosidade
Religião e ReligiosidadeReligião e Religiosidade
Religião e Religiosidade
 
A diferença entre religião e religiosidade
A diferença entre religião e religiosidadeA diferença entre religião e religiosidade
A diferença entre religião e religiosidade
 
Amor ao próximo
Amor ao próximoAmor ao próximo
Amor ao próximo
 
O caráter conta 2
O caráter conta 2O caráter conta 2
O caráter conta 2
 
Arte 3º ano 12 zelo
Arte 3º ano 12   zeloArte 3º ano 12   zelo
Arte 3º ano 12 zelo
 

Semelhante a Recuperação final de religião 6º ano

Atividade 8º e 9 ano
Atividade 8º e 9 anoAtividade 8º e 9 ano
Atividade 8º e 9 ano
MariaElaniaMonteirod
 
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdfPortugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
AdryasophiaRochapied
 
Apostila língua portuguesa
Apostila língua portuguesaApostila língua portuguesa
Apostila língua portuguesa
Patricia Rodrigues
 
Mensagem a licao da borboleta 1a aula
Mensagem a licao da borboleta 1a aulaMensagem a licao da borboleta 1a aula
Mensagem a licao da borboleta 1a aula
Atividades Diversas Cláudia
 
Acelerao_6_e_7_Ano___31_08_a_11_09.pdf
Acelerao_6_e_7_Ano___31_08_a_11_09.pdfAcelerao_6_e_7_Ano___31_08_a_11_09.pdf
Acelerao_6_e_7_Ano___31_08_a_11_09.pdf
LedaMaria21
 
Simulado português e matematica 3 em ok
Simulado português e matematica 3 em okSimulado português e matematica 3 em ok
Simulado português e matematica 3 em ok
Ederson Jacob Zanardo
 
Avaliação 1º Recomposição de Aprendizagem
Avaliação 1º Recomposição de AprendizagemAvaliação 1º Recomposição de Aprendizagem
Avaliação 1º Recomposição de Aprendizagem
JulianaMarcosRopelli
 
Simulado de português 2014 5ºANO
Simulado de português  2014 5ºANOSimulado de português  2014 5ºANO
Simulado de português 2014 5ºANO
CASA-FACEBOOK-INSTAGRAM
 
Atividades informatica 2º_bimestre
Atividades informatica 2º_bimestreAtividades informatica 2º_bimestre
Atividades informatica 2º_bimestre
Cristiane Lahdo
 
Atividades educativas 4 ano 17nov20 vixwas
Atividades educativas 4 ano 17nov20 vixwasAtividades educativas 4 ano 17nov20 vixwas
Atividades educativas 4 ano 17nov20 vixwas
Washington Rocha
 
Interpretação Textual (Sétimo Ano)
Interpretação Textual (Sétimo Ano)Interpretação Textual (Sétimo Ano)
Interpretação Textual (Sétimo Ano)
Paula Meyer Piagentini
 
Avaliação de Portugues
Avaliação de PortuguesAvaliação de Portugues
Avaliação de Portugues
Cristiana Lins
 
4º ano 3ª apostila
4º ano 3ª apostila4º ano 3ª apostila
4º ano 3ª apostila
analucia798837
 
FUNDAMNETAL QUESTÕES- questoes para a prova do saeb
FUNDAMNETAL QUESTÕES- questoes para a prova do saebFUNDAMNETAL QUESTÕES- questoes para a prova do saeb
FUNDAMNETAL QUESTÕES- questoes para a prova do saeb
JailsonAmarante
 

Semelhante a Recuperação final de religião 6º ano (14)

Atividade 8º e 9 ano
Atividade 8º e 9 anoAtividade 8º e 9 ano
Atividade 8º e 9 ano
 
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdfPortugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
 
Apostila língua portuguesa
Apostila língua portuguesaApostila língua portuguesa
Apostila língua portuguesa
 
Mensagem a licao da borboleta 1a aula
Mensagem a licao da borboleta 1a aulaMensagem a licao da borboleta 1a aula
Mensagem a licao da borboleta 1a aula
 
Acelerao_6_e_7_Ano___31_08_a_11_09.pdf
Acelerao_6_e_7_Ano___31_08_a_11_09.pdfAcelerao_6_e_7_Ano___31_08_a_11_09.pdf
Acelerao_6_e_7_Ano___31_08_a_11_09.pdf
 
Simulado português e matematica 3 em ok
Simulado português e matematica 3 em okSimulado português e matematica 3 em ok
Simulado português e matematica 3 em ok
 
Avaliação 1º Recomposição de Aprendizagem
Avaliação 1º Recomposição de AprendizagemAvaliação 1º Recomposição de Aprendizagem
Avaliação 1º Recomposição de Aprendizagem
 
Simulado de português 2014 5ºANO
Simulado de português  2014 5ºANOSimulado de português  2014 5ºANO
Simulado de português 2014 5ºANO
 
Atividades informatica 2º_bimestre
Atividades informatica 2º_bimestreAtividades informatica 2º_bimestre
Atividades informatica 2º_bimestre
 
Atividades educativas 4 ano 17nov20 vixwas
Atividades educativas 4 ano 17nov20 vixwasAtividades educativas 4 ano 17nov20 vixwas
Atividades educativas 4 ano 17nov20 vixwas
 
Interpretação Textual (Sétimo Ano)
Interpretação Textual (Sétimo Ano)Interpretação Textual (Sétimo Ano)
Interpretação Textual (Sétimo Ano)
 
Avaliação de Portugues
Avaliação de PortuguesAvaliação de Portugues
Avaliação de Portugues
 
4º ano 3ª apostila
4º ano 3ª apostila4º ano 3ª apostila
4º ano 3ª apostila
 
FUNDAMNETAL QUESTÕES- questoes para a prova do saeb
FUNDAMNETAL QUESTÕES- questoes para a prova do saebFUNDAMNETAL QUESTÕES- questoes para a prova do saeb
FUNDAMNETAL QUESTÕES- questoes para a prova do saeb
 

Último

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 

Recuperação final de religião 6º ano

  • 1. Colégio Municipal Manoel Fernandes dos Santos Aluno(a): ___________________________________ 7º Ano B Data: _____/_____/ 2015 Disciplina: Religião Professora: Luciana Carvalho Nota: _________ RECUPERAÇÃO PARALELA DA I UNIDADE A LIÇÃO DA BORBOLETA Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo. Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco. Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguiria ir mais. O homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas. O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar com o tempo. Nada aconteceu! Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo com que Deus fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo. Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossas vidas. Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ficaríamos enfraquecidos. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido. Nós nunca poderíamos voar... 1-Por que o homem ajudou a borboleta a sair do casulo?_______________________________________ ____________________________________________________________________________________ 2-O que aconteceu com a borboleta que foi ajudada? Por quê? ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ 3-Por que a borboleta tinha que se esforçar para sair do casulo? ____________________________________________________________________________________ 4- O que você achou da atitude do homem? Comente. ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ 5- Leia a frase “Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ficaríamos enfraquecidos. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido.” Comente a frase acima. _______________________________________________________________________________ __________________________________________________________________
  • 2. 6- Encontre no diagrama as palavras que estão em negrito no texto. C Q E B R T Y U E A S D Z L L A S D E A A S O A S D F S A S E Z I I X Q S A S A S R Q E P T F Y U U O V A A D S E U A S B Q E R R O T T S E R Z A E S A L S Z O X A O V R T P R A E S A D R A O I E L R E G Y Ç O A S O A D J C S S J R E E R R R R A S D B R A A U E D C T R C T E U E L V D S A A S V D E N A T V Z A I F S A A T S X S T Q A X U P F E T O D Z S F A G V E T R A R Z X A C S P S X A O C E E R Y E A S D F G Z I F A C S A U A B N A S J A S D Q E E A O V D S L V N T T A S A A S V D A Z S R Q D O A I Y U I Z X N A S O Z X C B Ç Q S X M D U I E A S D X C A A S A S O S C A S A A A Z A S O F G R H J A A Z A A S D S A X A A S D Q E Q E R Q E 7- Diante do contexto da imagem acima pode-se concluir que: (a) A mulher despreza os pobres (b) O homem era folgado por isso a mulher o pôs para fora (c) A mulher queria ficar livre de todo mau pensamento (d) A mulher é sem educação 9- Observe afigura ao lado, e responda as questões propostas: 8- Qual é a ironia apresentada no texto ao lado? (a) A criança é muito nova para falar. (b) A mãe traz muitas coisas para o filho, mas nenhuma foi o que ele pediu. (c) O menino não sabe pelo que deve ser grato, mesmo diante de todas as coisas boas que a vida oferece. (d) É difícil saber quando devemos agradecer.