SlideShare uma empresa Scribd logo
PROPOSTA PEDAGÓGICA DA UNIDADE ESCOLAR

A PROPOSTA PEDAGÓGICA DE NOSSA UNIDADE ESCOLAR PAUTA-SE NA CONCEPÇÃO
SOCIO- INTERACIONISTA, BASE EDUCACIONAL DE TODA REDE ESTADUAL DE ENSINO
QUE COMPREENDE QUE É NA INTERAÇÃO SOCIAL QUE O SUJEITO APRENDE E SE
DESENVOLVE E QUE A MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM ESTÁ NA RELAÇÃO SOCIAL.




                               MISSÃO DA UNIDADE ESCOLAR




PROPORCIONAR UMA EDUCAÇÃO DE EXCELÊNCIA PAUTADA NO RESPEITO AO SER
HUMANO DENTRO DOS VALORES ÉTICOS E MORAIS NUMA CONCEPÇÃO DE
SUSTENTABILIDADE PELA VIDA.


      HISTÓRICO DA E.E.B. PROFª ANGELICA CABRAL
          A primeira forma de escola na comunidade de São Bernardo, foi instalada no Centro
Catequético pertencente à Mitra Diocesana de Tubarão, no próprio bairro no ano de 1962, com
60 alunos e 02 professoras.

          Posteriormente foi legalizada pelo decreto nº 1420/CEE aos 21/05/1962 como Escola
Isolada de São Bernardo, transferindo seu funcionamento para uma casa domiciliar de madeira,
locada pelo governo estadual para o desenvolvimento de aulas em regime multiseriado, com 80
alunos de 1ª a 4ª série e 02 professoras.

          Em 1978 foi construída pelo governo estadual a Escola Reunida Professora Angélica
Cabral, seu bloco A com:

         - 02 salas de aula,

         - 01 cozinha,

         - 02 sanitários,

         - 01 quadra de esportes.

         No entanto, continua-se ampliando a rede física da unidade escolar desta vez
construindo o bloco B comportando:

         - 02 salas de aula,

         - 01 secretaria,

         - 01 cozinha mais apropriada.
Em 1987 torna-se Escola Básica, com a criação do ensino das series de 5ª a 8ª,
complementando o Ensino Fundamental.

          Prosseguindo sua ampliação Geográfica em 1988 é criada a pré-escola com uma sala
de aula e espaços complementares apropriados.

          Dando continuidade a evolução Geográfica da Escola de Educação Básica Professora
Angélica Cabral, em 1997 é construído o bloco C acrescentando as seguintes dependências:

         - Piso Térreo: pátio coberto e 08 sanitários;

         - Piso Superior: 04 salas de aula.

          Em 2003/2004, a rede física escolar agregou outros espaços como : uma( 01)
biblioteca , uma sala de Educação Física e uma sala para a Informática com equipamentos
pertinentes.

          Assim sendo, percebe-se que paralelamente a evolução geográfica da unidade escolar
fatos históricos marcaram estas décadas.

         Toda esta evolução traz em seu bojo a luta de muitas pessoas comprometidas com a
Educação de qualidade para uma comunidade tão especial, que é São Bernardo.

         Dentre tantas pessoas que marcaram com suas lutas e bandeiras podemos destacar:

      Equipe de Gestores;
      Professores;
      Pais;
      Funcionários;
      Lideranças Comunitárias;
      Alunos;
      Autoridades Políticas municipais, estaduais e federais.

         Entretanto os desafios continuam.

         Em 27 de março de 2006, a Unidade Escolar agrega no seu potencial técnico-
pedagógico um Laboratório de Informática, com as tecnologias específicas para seu pleno
funcionamento .

          No ano de 2008, inaugura-se a reforma geral , com a ampliação de mais 2 salas de
aulas; totalizando 08 salas de aulas no geral.

         Contudo, as ações pedagógicas que permeiam a relação da aprendizagem estão em
constantes inovações intencionalizando a concretização de um Projeto Político Pedagógico
pautado em uma concepção de educação histórico-cultural ,num trabalho interdisciplinar e na
interação social, buscando a totalidade do conhecimento e o desenvolvimento da cidadania
responsável, autônoma e participativa na formação da sociedade , tanto nos aspectos que se
referem a seus problemas e também em seus avanços.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Educação do Campo: diferenças mudando paradigmas
Educação do Campo: diferenças mudando paradigmasEducação do Campo: diferenças mudando paradigmas
Educação do Campo: diferenças mudando paradigmas
Dudetistt
 
A educação no campo (2)
A educação no campo (2)A educação no campo (2)
A educação no campo (2)
Pri Pri
 
Educação no Campo
Educação no Campo Educação no Campo
Educação no Campo
Simone Lucas
 
EEB Francisco Mazzola
EEB Francisco MazzolaEEB Francisco Mazzola
EEB Francisco Mazzola
Edio Mazera
 
Fichamento educação no campo pibid - quezia
Fichamento educação no campo   pibid - queziaFichamento educação no campo   pibid - quezia
Fichamento educação no campo pibid - quezia
pibidsociais
 
Fichamento educação no campo 2
Fichamento educação no campo 2Fichamento educação no campo 2
Fichamento educação no campo 2
pibidsociais
 
Historico da instituicao
Historico da instituicaoHistorico da instituicao
Historico da instituicao
Aliançados Vg
 
Diretrizes operacionais legislações do campo
Diretrizes operacionais   legislações do campoDiretrizes operacionais   legislações do campo
Diretrizes operacionais legislações do campo
arlete buchardt
 
1 educao do campo e desenvolvimento territorial santos e neves
1   educao do campo e desenvolvimento territorial santos e neves1   educao do campo e desenvolvimento territorial santos e neves
1 educao do campo e desenvolvimento territorial santos e neves
Jezana Severiano
 
Educação Básica do Campo
Educação Básica do CampoEducação Básica do Campo
Educação Básica do Campo
pibidsociais
 
III Colóquio de Pesquisa NEAT/LAGEA
III Colóquio de Pesquisa NEAT/LAGEAIII Colóquio de Pesquisa NEAT/LAGEA
III Colóquio de Pesquisa NEAT/LAGEA
Virna Salgado Barra
 
Marcos normativos ea[1]
Marcos normativos ea[1]Marcos normativos ea[1]
Marcos normativos ea[1]
Ketheley Freire
 
Arquivo slide racismo
Arquivo slide racismoArquivo slide racismo
Arquivo slide racismo
Eustaquio Silva
 
Fichamento sobre educação no campo pibid
Fichamento sobre educação no campo   pibidFichamento sobre educação no campo   pibid
Fichamento sobre educação no campo pibid
pibidsociais
 
MP ENSINO MÉDIO, IMPACTOS - #SaveIF
MP ENSINO MÉDIO, IMPACTOS - #SaveIFMP ENSINO MÉDIO, IMPACTOS - #SaveIF
MP ENSINO MÉDIO, IMPACTOS - #SaveIF
Matheus Pataro
 
Sladi EducaçãO
Sladi   EducaçãOSladi   EducaçãO
Sladi EducaçãO
guestd2e6b04
 
Diretrizes Educação Básica
Diretrizes Educação BásicaDiretrizes Educação Básica
Diretrizes Educação Básica
srentesupor
 
TRILHAS CAMPESINAS: Integrando vidas e saberes 2014
TRILHAS CAMPESINAS: Integrando vidas e saberes 2014TRILHAS CAMPESINAS: Integrando vidas e saberes 2014
TRILHAS CAMPESINAS: Integrando vidas e saberes 2014
arlete buchardt
 
Politicas Públicas Educação do Campo MEC-SECADI_13
Politicas Públicas Educação do Campo  MEC-SECADI_13Politicas Públicas Educação do Campo  MEC-SECADI_13
Politicas Públicas Educação do Campo MEC-SECADI_13
elaine azevedo
 

Mais procurados (19)

Educação do Campo: diferenças mudando paradigmas
Educação do Campo: diferenças mudando paradigmasEducação do Campo: diferenças mudando paradigmas
Educação do Campo: diferenças mudando paradigmas
 
A educação no campo (2)
A educação no campo (2)A educação no campo (2)
A educação no campo (2)
 
Educação no Campo
Educação no Campo Educação no Campo
Educação no Campo
 
EEB Francisco Mazzola
EEB Francisco MazzolaEEB Francisco Mazzola
EEB Francisco Mazzola
 
Fichamento educação no campo pibid - quezia
Fichamento educação no campo   pibid - queziaFichamento educação no campo   pibid - quezia
Fichamento educação no campo pibid - quezia
 
Fichamento educação no campo 2
Fichamento educação no campo 2Fichamento educação no campo 2
Fichamento educação no campo 2
 
Historico da instituicao
Historico da instituicaoHistorico da instituicao
Historico da instituicao
 
Diretrizes operacionais legislações do campo
Diretrizes operacionais   legislações do campoDiretrizes operacionais   legislações do campo
Diretrizes operacionais legislações do campo
 
1 educao do campo e desenvolvimento territorial santos e neves
1   educao do campo e desenvolvimento territorial santos e neves1   educao do campo e desenvolvimento territorial santos e neves
1 educao do campo e desenvolvimento territorial santos e neves
 
Educação Básica do Campo
Educação Básica do CampoEducação Básica do Campo
Educação Básica do Campo
 
III Colóquio de Pesquisa NEAT/LAGEA
III Colóquio de Pesquisa NEAT/LAGEAIII Colóquio de Pesquisa NEAT/LAGEA
III Colóquio de Pesquisa NEAT/LAGEA
 
Marcos normativos ea[1]
Marcos normativos ea[1]Marcos normativos ea[1]
Marcos normativos ea[1]
 
Arquivo slide racismo
Arquivo slide racismoArquivo slide racismo
Arquivo slide racismo
 
Fichamento sobre educação no campo pibid
Fichamento sobre educação no campo   pibidFichamento sobre educação no campo   pibid
Fichamento sobre educação no campo pibid
 
MP ENSINO MÉDIO, IMPACTOS - #SaveIF
MP ENSINO MÉDIO, IMPACTOS - #SaveIFMP ENSINO MÉDIO, IMPACTOS - #SaveIF
MP ENSINO MÉDIO, IMPACTOS - #SaveIF
 
Sladi EducaçãO
Sladi   EducaçãOSladi   EducaçãO
Sladi EducaçãO
 
Diretrizes Educação Básica
Diretrizes Educação BásicaDiretrizes Educação Básica
Diretrizes Educação Básica
 
TRILHAS CAMPESINAS: Integrando vidas e saberes 2014
TRILHAS CAMPESINAS: Integrando vidas e saberes 2014TRILHAS CAMPESINAS: Integrando vidas e saberes 2014
TRILHAS CAMPESINAS: Integrando vidas e saberes 2014
 
Politicas Públicas Educação do Campo MEC-SECADI_13
Politicas Públicas Educação do Campo  MEC-SECADI_13Politicas Públicas Educação do Campo  MEC-SECADI_13
Politicas Públicas Educação do Campo MEC-SECADI_13
 

Destaque

Resultados convocatoria interna no1
Resultados convocatoria interna no1Resultados convocatoria interna no1
Resultados convocatoria interna no1
Guillefuturo
 
Bartoli.ficha crítica
Bartoli.ficha críticaBartoli.ficha crítica
Bartoli.ficha crítica
Lsuarezmera
 
Amizade
AmizadeAmizade
Go Google - Wie Google Apps zu Ihrem Geschäftserfolg beiträgt
Go Google - Wie Google Apps zu Ihrem Geschäftserfolg beiträgtGo Google - Wie Google Apps zu Ihrem Geschäftserfolg beiträgt
Go Google - Wie Google Apps zu Ihrem Geschäftserfolg beiträgt
Michael Gisiger
 
Defesa de Dissertação - Maíra Grossi de Sá
Defesa de Dissertação - Maíra Grossi de SáDefesa de Dissertação - Maíra Grossi de Sá
Defesa de Dissertação - Maíra Grossi de Sá
Ciências Genômicas
 
Collaboration Software Solutions für die Automobilindustrie
Collaboration Software Solutions für die Automobilindustrie Collaboration Software Solutions für die Automobilindustrie
Collaboration Software Solutions für die Automobilindustrie
Intland Software GmbH
 
Receb de vantagens indevidas 4
Receb de vantagens indevidas 4Receb de vantagens indevidas 4
Receb de vantagens indevidas 4
Sindute Diamantina
 
Test
TestTest
Testhostb
 
Eqipo 8
Eqipo 8Eqipo 8
Ação do ipsemg 4
Ação do ipsemg 4Ação do ipsemg 4
Ação do ipsemg 4
Sindute Diamantina
 
Articulo kestler}
Articulo kestler}Articulo kestler}
Articulo kestler}
dns93
 
Ficha entrenaments
Ficha entrenamentsFicha entrenaments
Ficha entrenaments
ESPINOSA08
 
Base de centros 2009
Base de centros  2009Base de centros  2009
Base de centros 2009
Adalberto
 
.
..
Kitchens Baths
Kitchens BathsKitchens Baths
Kitchens Bathssnaglepss
 
Análisis de fútbol
Análisis de fútbolAnálisis de fútbol
Análisis de fútbol
juanjaviercruz
 

Destaque (18)

Resultados convocatoria interna no1
Resultados convocatoria interna no1Resultados convocatoria interna no1
Resultados convocatoria interna no1
 
Bartoli.ficha crítica
Bartoli.ficha críticaBartoli.ficha crítica
Bartoli.ficha crítica
 
Amizade
AmizadeAmizade
Amizade
 
Go Google - Wie Google Apps zu Ihrem Geschäftserfolg beiträgt
Go Google - Wie Google Apps zu Ihrem Geschäftserfolg beiträgtGo Google - Wie Google Apps zu Ihrem Geschäftserfolg beiträgt
Go Google - Wie Google Apps zu Ihrem Geschäftserfolg beiträgt
 
Defesa de Dissertação - Maíra Grossi de Sá
Defesa de Dissertação - Maíra Grossi de SáDefesa de Dissertação - Maíra Grossi de Sá
Defesa de Dissertação - Maíra Grossi de Sá
 
Collaboration Software Solutions für die Automobilindustrie
Collaboration Software Solutions für die Automobilindustrie Collaboration Software Solutions für die Automobilindustrie
Collaboration Software Solutions für die Automobilindustrie
 
Receb de vantagens indevidas 4
Receb de vantagens indevidas 4Receb de vantagens indevidas 4
Receb de vantagens indevidas 4
 
Test
TestTest
Test
 
Eqipo 8
Eqipo 8Eqipo 8
Eqipo 8
 
Humanas enem
Humanas enemHumanas enem
Humanas enem
 
Ação do ipsemg 4
Ação do ipsemg 4Ação do ipsemg 4
Ação do ipsemg 4
 
Articulo kestler}
Articulo kestler}Articulo kestler}
Articulo kestler}
 
Ficha entrenaments
Ficha entrenamentsFicha entrenaments
Ficha entrenaments
 
13 setembro - 2011
13   setembro - 201113   setembro - 2011
13 setembro - 2011
 
Base de centros 2009
Base de centros  2009Base de centros  2009
Base de centros 2009
 
.
..
.
 
Kitchens Baths
Kitchens BathsKitchens Baths
Kitchens Baths
 
Análisis de fútbol
Análisis de fútbolAnálisis de fútbol
Análisis de fútbol
 

Semelhante a Proposta pedagógica da unidade escolar

Histórico escola
Histórico escolaHistórico escola
Histórico escola
SECRET. DA EDUC.ACARAÚ CE
 
Historico da escola municipal de ensino fundamental martinho lutero
Historico da escola municipal de ensino fundamental martinho luteroHistorico da escola municipal de ensino fundamental martinho lutero
Historico da escola municipal de ensino fundamental martinho lutero
midiasvidal
 
Projeto Político Pedagógico
Projeto Político PedagógicoProjeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógico
revistaleire
 
Iced estágio supervisionado i prof. JOão Paulo. (2)
Iced estágio supervisionado i   prof. JOão Paulo. (2)Iced estágio supervisionado i   prof. JOão Paulo. (2)
Iced estágio supervisionado i prof. JOão Paulo. (2)
marcos carlos
 
Ppp 2014 cee
Ppp 2014 ceePpp 2014 cee
Ppp 2014 cee
heder oliveira silva
 
PPP - E.B.M. Henrique Alfarth 2014
PPP - E.B.M. Henrique Alfarth 2014PPP - E.B.M. Henrique Alfarth 2014
PPP - E.B.M. Henrique Alfarth 2014
Fernando Heringer
 
Modelo de-projeto-politico-pedagogico
Modelo de-projeto-politico-pedagogicoModelo de-projeto-politico-pedagogico
Modelo de-projeto-politico-pedagogico
gioguima
 
Projeto de intervenção
Projeto de intervenção Projeto de intervenção
Projeto de intervenção
fabiola Monteiro Moreira
 
Projeto de intervenção
Projeto de intervenção Projeto de intervenção
Projeto de intervenção
fabiola Monteiro Moreira
 
Organização Escolar
Organização EscolarOrganização Escolar
Organização Escolar
Alexandra Porcellis
 
Ee. paulo coelho plano quadrienal
Ee. paulo coelho   plano quadrienalEe. paulo coelho   plano quadrienal
Ee. paulo coelho plano quadrienal
brgsto
 
Projeto Político Pedagógico - E.B.M. Henrique Alfarth
Projeto Político Pedagógico - E.B.M. Henrique AlfarthProjeto Político Pedagógico - E.B.M. Henrique Alfarth
Projeto Político Pedagógico - E.B.M. Henrique Alfarth
Fernando Heringer
 
modelo-de-projeto-politico-pedagogico
modelo-de-projeto-politico-pedagogicomodelo-de-projeto-politico-pedagogico
modelo-de-projeto-politico-pedagogico
José Antonio Ferreira da Silva
 
IIdentificação da Instituição
IIdentificação da InstituiçãoIIdentificação da Instituição
IIdentificação da Instituição
morgana83
 
Trilhas campesinas integrando vidas e saberes final
Trilhas campesinas   integrando vidas e saberes finalTrilhas campesinas   integrando vidas e saberes final
Trilhas campesinas integrando vidas e saberes final
Ketheley Freire
 
Formando O Futuro
Formando O FuturoFormando O Futuro
Formando O Futuro
Ireno Jacobsen
 
Projeto Político Pedagógico 2014
Projeto Político Pedagógico 2014Projeto Político Pedagógico 2014
Projeto Político Pedagógico 2014
bilac02
 
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
Cejar Ribeiro
 
Pratica De Ensino
Pratica De EnsinoPratica De Ensino
Pratica De Ensino
Eliane Almeida
 
Historico EHC
Historico EHCHistorico EHC

Semelhante a Proposta pedagógica da unidade escolar (20)

Histórico escola
Histórico escolaHistórico escola
Histórico escola
 
Historico da escola municipal de ensino fundamental martinho lutero
Historico da escola municipal de ensino fundamental martinho luteroHistorico da escola municipal de ensino fundamental martinho lutero
Historico da escola municipal de ensino fundamental martinho lutero
 
Projeto Político Pedagógico
Projeto Político PedagógicoProjeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógico
 
Iced estágio supervisionado i prof. JOão Paulo. (2)
Iced estágio supervisionado i   prof. JOão Paulo. (2)Iced estágio supervisionado i   prof. JOão Paulo. (2)
Iced estágio supervisionado i prof. JOão Paulo. (2)
 
Ppp 2014 cee
Ppp 2014 ceePpp 2014 cee
Ppp 2014 cee
 
PPP - E.B.M. Henrique Alfarth 2014
PPP - E.B.M. Henrique Alfarth 2014PPP - E.B.M. Henrique Alfarth 2014
PPP - E.B.M. Henrique Alfarth 2014
 
Modelo de-projeto-politico-pedagogico
Modelo de-projeto-politico-pedagogicoModelo de-projeto-politico-pedagogico
Modelo de-projeto-politico-pedagogico
 
Projeto de intervenção
Projeto de intervenção Projeto de intervenção
Projeto de intervenção
 
Projeto de intervenção
Projeto de intervenção Projeto de intervenção
Projeto de intervenção
 
Organização Escolar
Organização EscolarOrganização Escolar
Organização Escolar
 
Ee. paulo coelho plano quadrienal
Ee. paulo coelho   plano quadrienalEe. paulo coelho   plano quadrienal
Ee. paulo coelho plano quadrienal
 
Projeto Político Pedagógico - E.B.M. Henrique Alfarth
Projeto Político Pedagógico - E.B.M. Henrique AlfarthProjeto Político Pedagógico - E.B.M. Henrique Alfarth
Projeto Político Pedagógico - E.B.M. Henrique Alfarth
 
modelo-de-projeto-politico-pedagogico
modelo-de-projeto-politico-pedagogicomodelo-de-projeto-politico-pedagogico
modelo-de-projeto-politico-pedagogico
 
IIdentificação da Instituição
IIdentificação da InstituiçãoIIdentificação da Instituição
IIdentificação da Instituição
 
Trilhas campesinas integrando vidas e saberes final
Trilhas campesinas   integrando vidas e saberes finalTrilhas campesinas   integrando vidas e saberes final
Trilhas campesinas integrando vidas e saberes final
 
Formando O Futuro
Formando O FuturoFormando O Futuro
Formando O Futuro
 
Projeto Político Pedagógico 2014
Projeto Político Pedagógico 2014Projeto Político Pedagógico 2014
Projeto Político Pedagógico 2014
 
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
Projeto Político Pedagógico da Escola Estadual Cel. José Alves Ribeiro de Aqu...
 
Pratica De Ensino
Pratica De EnsinoPratica De Ensino
Pratica De Ensino
 
Historico EHC
Historico EHCHistorico EHC
Historico EHC
 

Mais de Faida Denise Rodrigues

Informativo_1 Ano de PIBID
Informativo_1 Ano de PIBIDInformativo_1 Ano de PIBID
Informativo_1 Ano de PIBID
Faida Denise Rodrigues
 
Jornal da Escola_5ª Edição
Jornal da Escola_5ª EdiçãoJornal da Escola_5ª Edição
Jornal da Escola_5ª Edição
Faida Denise Rodrigues
 
4ª edição
4ª edição4ª edição
Publicação1
Publicação1Publicação1
Publicação1
Faida Denise Rodrigues
 
Projeto tosco em ação escola e editora alvorada
Projeto tosco em ação escola e editora alvoradaProjeto tosco em ação escola e editora alvorada
Projeto tosco em ação escola e editora alvorada
Faida Denise Rodrigues
 
2ª edição
2ª edição2ª edição
Lira
LiraLira
Estatuto escaneado no word
Estatuto escaneado no wordEstatuto escaneado no word
Estatuto escaneado no word
Faida Denise Rodrigues
 
Lira
LiraLira
Lira
LiraLira
Lira
LiraLira
Lira
LiraLira
Regras 2011
Regras 2011Regras 2011
Regras 2011
Regras 2011Regras 2011
Proposta pedagógica da unidade escolar
Proposta pedagógica da unidade escolarProposta pedagógica da unidade escolar
Proposta pedagógica da unidade escolar
Faida Denise Rodrigues
 
Calendário escolar 2011
Calendário escolar 2011Calendário escolar 2011
Calendário escolar 2011
Faida Denise Rodrigues
 
Calendário escolar 2011
Calendário escolar 2011Calendário escolar 2011
Calendário escolar 2011
Faida Denise Rodrigues
 
Calendário
 Calendário Calendário
Calendário
 Calendário Calendário

Mais de Faida Denise Rodrigues (20)

Informativo_1 Ano de PIBID
Informativo_1 Ano de PIBIDInformativo_1 Ano de PIBID
Informativo_1 Ano de PIBID
 
Jornal da Escola_5ª Edição
Jornal da Escola_5ª EdiçãoJornal da Escola_5ª Edição
Jornal da Escola_5ª Edição
 
4ª edição
4ª edição4ª edição
4ª edição
 
Publicação1
Publicação1Publicação1
Publicação1
 
Projeto tosco em ação escola e editora alvorada
Projeto tosco em ação escola e editora alvoradaProjeto tosco em ação escola e editora alvorada
Projeto tosco em ação escola e editora alvorada
 
2ª edição
2ª edição2ª edição
2ª edição
 
Lira
LiraLira
Lira
 
Estatuto escaneado no word
Estatuto escaneado no wordEstatuto escaneado no word
Estatuto escaneado no word
 
Lira
LiraLira
Lira
 
Lira
LiraLira
Lira
 
Lira
LiraLira
Lira
 
Lira
LiraLira
Lira
 
Regras 2011
Regras 2011Regras 2011
Regras 2011
 
Regras 2011
Regras 2011Regras 2011
Regras 2011
 
Proposta pedagógica da unidade escolar
Proposta pedagógica da unidade escolarProposta pedagógica da unidade escolar
Proposta pedagógica da unidade escolar
 
Calendário escolar 2011
Calendário escolar 2011Calendário escolar 2011
Calendário escolar 2011
 
Calendário escolar 2011
Calendário escolar 2011Calendário escolar 2011
Calendário escolar 2011
 
Calendário
 Calendário Calendário
Calendário
 
Calendário
 Calendário Calendário
Calendário
 
Escola
EscolaEscola
Escola
 

Proposta pedagógica da unidade escolar

  • 1. PROPOSTA PEDAGÓGICA DA UNIDADE ESCOLAR A PROPOSTA PEDAGÓGICA DE NOSSA UNIDADE ESCOLAR PAUTA-SE NA CONCEPÇÃO SOCIO- INTERACIONISTA, BASE EDUCACIONAL DE TODA REDE ESTADUAL DE ENSINO QUE COMPREENDE QUE É NA INTERAÇÃO SOCIAL QUE O SUJEITO APRENDE E SE DESENVOLVE E QUE A MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM ESTÁ NA RELAÇÃO SOCIAL. MISSÃO DA UNIDADE ESCOLAR PROPORCIONAR UMA EDUCAÇÃO DE EXCELÊNCIA PAUTADA NO RESPEITO AO SER HUMANO DENTRO DOS VALORES ÉTICOS E MORAIS NUMA CONCEPÇÃO DE SUSTENTABILIDADE PELA VIDA. HISTÓRICO DA E.E.B. PROFª ANGELICA CABRAL A primeira forma de escola na comunidade de São Bernardo, foi instalada no Centro Catequético pertencente à Mitra Diocesana de Tubarão, no próprio bairro no ano de 1962, com 60 alunos e 02 professoras. Posteriormente foi legalizada pelo decreto nº 1420/CEE aos 21/05/1962 como Escola Isolada de São Bernardo, transferindo seu funcionamento para uma casa domiciliar de madeira, locada pelo governo estadual para o desenvolvimento de aulas em regime multiseriado, com 80 alunos de 1ª a 4ª série e 02 professoras. Em 1978 foi construída pelo governo estadual a Escola Reunida Professora Angélica Cabral, seu bloco A com: - 02 salas de aula, - 01 cozinha, - 02 sanitários, - 01 quadra de esportes. No entanto, continua-se ampliando a rede física da unidade escolar desta vez construindo o bloco B comportando: - 02 salas de aula, - 01 secretaria, - 01 cozinha mais apropriada.
  • 2. Em 1987 torna-se Escola Básica, com a criação do ensino das series de 5ª a 8ª, complementando o Ensino Fundamental. Prosseguindo sua ampliação Geográfica em 1988 é criada a pré-escola com uma sala de aula e espaços complementares apropriados. Dando continuidade a evolução Geográfica da Escola de Educação Básica Professora Angélica Cabral, em 1997 é construído o bloco C acrescentando as seguintes dependências: - Piso Térreo: pátio coberto e 08 sanitários; - Piso Superior: 04 salas de aula. Em 2003/2004, a rede física escolar agregou outros espaços como : uma( 01) biblioteca , uma sala de Educação Física e uma sala para a Informática com equipamentos pertinentes. Assim sendo, percebe-se que paralelamente a evolução geográfica da unidade escolar fatos históricos marcaram estas décadas. Toda esta evolução traz em seu bojo a luta de muitas pessoas comprometidas com a Educação de qualidade para uma comunidade tão especial, que é São Bernardo. Dentre tantas pessoas que marcaram com suas lutas e bandeiras podemos destacar: Equipe de Gestores; Professores; Pais; Funcionários; Lideranças Comunitárias; Alunos; Autoridades Políticas municipais, estaduais e federais. Entretanto os desafios continuam. Em 27 de março de 2006, a Unidade Escolar agrega no seu potencial técnico- pedagógico um Laboratório de Informática, com as tecnologias específicas para seu pleno funcionamento . No ano de 2008, inaugura-se a reforma geral , com a ampliação de mais 2 salas de aulas; totalizando 08 salas de aulas no geral. Contudo, as ações pedagógicas que permeiam a relação da aprendizagem estão em constantes inovações intencionalizando a concretização de um Projeto Político Pedagógico pautado em uma concepção de educação histórico-cultural ,num trabalho interdisciplinar e na interação social, buscando a totalidade do conhecimento e o desenvolvimento da cidadania responsável, autônoma e participativa na formação da sociedade , tanto nos aspectos que se referem a seus problemas e também em seus avanços.