SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 83
Baixar para ler offline
Processamento de Imagem


        8º Semestre



Prof. Fábio Campinho
Dinâmica da Aula

 Aula prática em laboratório na terça-feira
 Aula teórica em sala de aula na sexta-feira
Ementa

 Imagens e o processamento digital.
 Digitalização e visualização de imagens.
 Transferência e Armazenamento de
 imagens.
 Processamento de Imagens.
 Análise espectral, filtragem digital e técnicas
 de restauração de imagens.
Bibliográfia

 Bibliografia Básica:
 GONZALEZ, Rafael C., WINTZ, Paul. Digital
 Image Processing . EUA, 1997.

 Bibliografia Complementar:
 CUNHA, Gilberto José et al. Computação e
 suas aplicações em CAD. São Paulo: Atlas,
 1987.
Ferramentas

 Mathlab
 Visual Studio C#
Avaliações

 Prova teórica (1ª. Unidade)
 Apresentação de Trabalho digital de imagem
 Prova teórica (2ª. Unidade)
Mini Curriculum
 Analista de Sistemas com 13 anos de
 experiência
 Bacharel em Desenho com Ênfase em
 Computação Gráfica
 Pós Graduado em Sistemas Distribuídos e
 WEB
 Colaborador da Revista Codificando.NET
 Diretor de TI da INSIX Soluções Inteligentes
 Professor de Computação Gráfica e
 Processamento de imagens da Dom Pedro II
Processamento de Imagem

 Processamento de imagem é qualquer forma de
 processamento de dados no qual a entrada e saída são
 imagens tais como fotografias ou quadros de vídeo. Ao
 contrário do tratamento de imagens, que preocupa-se
 somente na manipulação de figuras para sua
 representação final, o processamento de imagens é um
 estágio para novos processamentos de dados tais como
 aprendizagem de máquina ou reconhecimento de
 padrões. A maioria das técnicas envolve o tratamento da
 imagem como um sinal bi-dimensional, no qual são
 aplicados padrões de processamento de sinal.
Dia a Dia

 Fotografia e Impressão
 Satélite
 Meteorologia
 Medicina
 Transito
 Reconhecimento biométrico
História

 “Uma imagem vale mais que 1000 palavras”
 (Autor Desconhecido)
 Áreas de Aplicabilidade
   Aperfeiçoamento da percepção humana
   Processamento dos dados das imagem para
   transmissão, armazenamento e representação
   para máquinas autonomas.
 Cabo Bartlane: Londre a Nova York
   5 niveis de cinza: 1922
   15 níveis de cinza: 1929
Fatos Importantes

 1948: Transistor
 1950-1960: Circuito Integrado
 1960: S.O.
 1970: Micropocessador
 1979: Tomografia (Nobel de Medicina)
 1980: PC Personal Computer
 1984: S.O. Gráfico (MAC)
Espectro Eletromagnético
Spectro Eletromagnetico

 Gama - 5 nm a 1 fm/1 am – Ficção – Hulk
 Raio X – 1nm a 5 pm – 1895
 Ultravioleta – UV Próximo 380 nm 200nm –
 UV Distante 200 nm 10 nm – UV Extremo – 1
 nm 31 nm
  Luz Negra – 380 nm a 420 nm – Atrair insetos,
  dinheiro falso, decorações boates.
Infravermelho

 Infravermelho – 1800 – Utilizado para troca de
 informações entre computadores, celulares e outros
 eletronicos.
 Microscópios Fluorescente (Meado do Século XX)
 Imagens Biológicas
 Observações Astronômicas
Radar

 Radar – 1904 – oscilador, trasmissor e
 modulador.
 Nuvens
 Vegetação
 Gelo
 Areia Molhada
 Utiliza Antena e Processamento em
 computador
Spectro Eletromagnetico

 FM – Modulador de Frequencia
 TV – 1924 – Londres
 Ondas curtas - 3000kHz a 30.000 kHz (3-30
 MHz)
Spectro Eletromagnetico

 AM – 1905 – Modulação em Amplitude
  Ondas Curtas - 2.3 MHz–26.1 MHz, divididas em quinze
  bandas, apresentam longo alcance, porém baixa qualidade de
  sinal.
  Ondas Médias - 520 kHz–1,610 kHz, utilizada nas Américas,
  esta banda possui médio alcance.
  Ondas Longas - 153 kHz–279 kHz, não disponível no hemisfério
  oeste, é usado para transmissões na Europa, África, Oceania e
  parte da Ásia.
  Ondas Tropicais - 2300 kHz-5060 KHz de 120-90-75-60 metros,
  utilizada entre os Trópicos, esta banda possui longo alcance,
  razoável qualidade de sinal.
Ilusão de Ótica
Ilusão de Ótica
Ilusão de Ótica
Ilusão de Ótica
Ilusão de ótica
Ilusão de Ótica
Ilusão de Ótica
Ilusão de Ótica
Ilusão de Ótica
Globo Ocular
Imagem

 Imagem = f (x,y);
  0 < f(x,y) < ∞
 Luminosidade (Illumination) + Reflexo
 (Reflectance)
  f(x,y) = i(x,y)r(x,y)
  0 < i(x,y) < ∞
  0 < r(x,y) < 1
Luminosidade
 lm = Luminosidade
 Dia claro
   90.000 lm/m2
 Dia Nublado
   10.000 lm/m2
 Escritório
   1000 lm/m2
 Lua Cheia
   0.1 lm/m2
Reflexo

 0 a 100%
Exemplo e Quantificação
Representação da imagem
Espaço por Bits
Resolução de Imagem
Resolução de Imagem
Resolução de Cores
Aumento de tamanho
Adjacência, Conexão, Regiões e
Fronteiras
Operações Lógicas
Spatial Operation

 Operações em um único pixel
   s = T(z)



 Neighborhood
Geometric Spatial Transformation

 (x,y) = T{(v,w)}
Vetor de Cores
Image Negative
Image Negative
Correção de Gama

 Monitores CRT com Intensidade variando
 entre 1.8v e 2.5v
Contraste
Contraste
Bit-plane slicing
Bit-plane slicing
Histograma
 Na estatística, um histograma é uma representação gráfica da distribuição
 de frequências de uma massa de medições, normalmente um gráfico de
 barras verticais. É uma das Sete Ferramentas da Qualidade.
 O histograma é um gráfico composto por retângulos justapostos em que a
 base de cada um deles corresponde ao intervalo de classe e a sua altura à
 respectiva freqüência. Quando o número de dados aumenta
 indefinidamente e o intervalo de classe tende a zero, a distribuição de
 freqüência passa para uma distribuição de densidade de probabilidades. A
 construção de histogramas tem caráter preliminar em qualquer estudo e é
 um importante indicador da distribuição de dados. Podem indicar se uma
 distribuição aproxima-se de uma função normal, como pode indicar mistura
 de populações quando se apresentam bimodais.

 h(rk) = nk
Histograma
Histograma
Equalização pelo Histograma
Equalização de Histograma
Equalização de Histograma
Spatial Filter
Spatial Filter
Jean Baptiste Joseph Fourier

 1822
 The analytic theory of heat
 Trabalho para 04/03/2010
   2 pontos
   3 por equipe
   1 página escrita + apresentação
Cores
Cores
Cores
RGB
RGB
RGB
Conversão RGB - CMYK

 C=1-R, M=1-G, Y=1-B, K
Transferência de Imagens

 Padrões
   Analógicos
     TV
     Radar
   Digital
     TV
     Internet / IP
     Bluetooth
Armazenamento de Imagens

 Analógico
   Fita Cassete
 Digital
   DVD
   Video CD
   TV – HD
   Computador, ...
Armazenamento de Imagens

 Protocolos
  MPEG 1 – 1.5 Mbps
  MPEG 2 – 10 Mbps
  MPEG 3 – 60 Mbps – Cancelado
  MPEG 4 – 40 Mbps - Atual
  MPEG (Moving Picture Expert Group)
    AVI
    DIVX
    XVID
    RMVB
    WMV
Sensibilidade e Captura de Imagem
Captura Linear
Compressão de imagens
Compressão de imagens
Compressão de imagem

 Escalabilidade
  Qualidade Progressiva
  Resolução Progressiva
 Região de Interesse
 Meta Information
 Poder de processamento
Compressão de imagens
Compressão de imagens
Compressão de Imagens
Compressão de imagens
Compressão de imagens
Compressão de imagens
Compressão de imagens
Compressão de imagem

 Run-length Encoding (BMP)
 Adaptive Dicitionary (GIF)
 Deflation (PNG)
 Tranform Coding (JPEG)
 Chroma subsampling (JPEG)
Convolution
Convolution

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Palestra Audiovisual do Presente - o novo profissional e a tecnologia na cria...
Palestra Audiovisual do Presente - o novo profissional e a tecnologia na cria...Palestra Audiovisual do Presente - o novo profissional e a tecnologia na cria...
Palestra Audiovisual do Presente - o novo profissional e a tecnologia na cria...Daniel Freire Lopes
 
Palestra Internet Produtiva
Palestra Internet ProdutivaPalestra Internet Produtiva
Palestra Internet ProdutivaPaulo Milreu
 
Jair Viegas A Internet Como Ferramenta De Marketing E NegóCios
Jair Viegas   A Internet Como Ferramenta De Marketing E NegóCiosJair Viegas   A Internet Como Ferramenta De Marketing E NegóCios
Jair Viegas A Internet Como Ferramenta De Marketing E NegóCiosjairviegas
 
Apresentação Guilherme Velho (Incubadoras Rio Criativo) - Curta Criativo 2013.
Apresentação Guilherme Velho (Incubadoras Rio Criativo) - Curta Criativo 2013.Apresentação Guilherme Velho (Incubadoras Rio Criativo) - Curta Criativo 2013.
Apresentação Guilherme Velho (Incubadoras Rio Criativo) - Curta Criativo 2013.Nuvem Criativa
 
O uso de redes sociais no desenvolvimento de pesquisas
O uso de redes sociais no desenvolvimento de pesquisasO uso de redes sociais no desenvolvimento de pesquisas
O uso de redes sociais no desenvolvimento de pesquisasMauricio Serafim
 
Analisando e Produzindo o Audiovisual
Analisando e Produzindo o AudiovisualAnalisando e Produzindo o Audiovisual
Analisando e Produzindo o Audiovisualsimpala
 
TCC - Infográficos e organização da informação: aproximações e possibilidades
TCC - Infográficos e organização da informação: aproximações e possibilidadesTCC - Infográficos e organização da informação: aproximações e possibilidades
TCC - Infográficos e organização da informação: aproximações e possibilidadesBeatriz Teixeira
 
Trabalho de codecs_referencias_
Trabalho de codecs_referencias_Trabalho de codecs_referencias_
Trabalho de codecs_referencias_Jéssica Azevedo
 
CAPITULO 3 - tecnologia audiovisuais tv e video na escola
CAPITULO 3 - tecnologia audiovisuais tv e video na escolaCAPITULO 3 - tecnologia audiovisuais tv e video na escola
CAPITULO 3 - tecnologia audiovisuais tv e video na escolaJOAO AURELIANO
 
A história e evolução das placas de video
A história e evolução das placas de videoA história e evolução das placas de video
A história e evolução das placas de videoElaine Cecília Gatto
 
Apresentando conceitos de digitalização multimídia
Apresentando conceitos de digitalização multimídiaApresentando conceitos de digitalização multimídia
Apresentando conceitos de digitalização multimídiaArlindo Pereira
 
After Effects Tutorial - Cameras, parenting, precomposing, null objects, mask...
After Effects Tutorial - Cameras, parenting, precomposing, null objects, mask...After Effects Tutorial - Cameras, parenting, precomposing, null objects, mask...
After Effects Tutorial - Cameras, parenting, precomposing, null objects, mask...Leonardo Pereira
 
Redes e mídias sociais na internet como ferramenta de comunicação para anunci...
Redes e mídias sociais na internet como ferramenta de comunicação para anunci...Redes e mídias sociais na internet como ferramenta de comunicação para anunci...
Redes e mídias sociais na internet como ferramenta de comunicação para anunci...Jenifer Mendes
 
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...guest0161e9
 
Workshop iesb com haroldo brito: photoshop, indesign, illustrator, coreldraw ...
Workshop iesb com haroldo brito: photoshop, indesign, illustrator, coreldraw ...Workshop iesb com haroldo brito: photoshop, indesign, illustrator, coreldraw ...
Workshop iesb com haroldo brito: photoshop, indesign, illustrator, coreldraw ...haroldo Brito
 

Destaque (20)

Palestra Audiovisual do Presente - o novo profissional e a tecnologia na cria...
Palestra Audiovisual do Presente - o novo profissional e a tecnologia na cria...Palestra Audiovisual do Presente - o novo profissional e a tecnologia na cria...
Palestra Audiovisual do Presente - o novo profissional e a tecnologia na cria...
 
Palestra Internet Produtiva
Palestra Internet ProdutivaPalestra Internet Produtiva
Palestra Internet Produtiva
 
Jair Viegas A Internet Como Ferramenta De Marketing E NegóCios
Jair Viegas   A Internet Como Ferramenta De Marketing E NegóCiosJair Viegas   A Internet Como Ferramenta De Marketing E NegóCios
Jair Viegas A Internet Como Ferramenta De Marketing E NegóCios
 
Apresentação Guilherme Velho (Incubadoras Rio Criativo) - Curta Criativo 2013.
Apresentação Guilherme Velho (Incubadoras Rio Criativo) - Curta Criativo 2013.Apresentação Guilherme Velho (Incubadoras Rio Criativo) - Curta Criativo 2013.
Apresentação Guilherme Velho (Incubadoras Rio Criativo) - Curta Criativo 2013.
 
O uso de redes sociais no desenvolvimento de pesquisas
O uso de redes sociais no desenvolvimento de pesquisasO uso de redes sociais no desenvolvimento de pesquisas
O uso de redes sociais no desenvolvimento de pesquisas
 
Multimídia
MultimídiaMultimídia
Multimídia
 
Analisando e Produzindo o Audiovisual
Analisando e Produzindo o AudiovisualAnalisando e Produzindo o Audiovisual
Analisando e Produzindo o Audiovisual
 
Aula 18
Aula   18Aula   18
Aula 18
 
TCC - Infográficos e organização da informação: aproximações e possibilidades
TCC - Infográficos e organização da informação: aproximações e possibilidadesTCC - Infográficos e organização da informação: aproximações e possibilidades
TCC - Infográficos e organização da informação: aproximações e possibilidades
 
Trabalho de codecs_referencias_
Trabalho de codecs_referencias_Trabalho de codecs_referencias_
Trabalho de codecs_referencias_
 
PDI - Notas De Aula
PDI - Notas De AulaPDI - Notas De Aula
PDI - Notas De Aula
 
CAPITULO 3 - tecnologia audiovisuais tv e video na escola
CAPITULO 3 - tecnologia audiovisuais tv e video na escolaCAPITULO 3 - tecnologia audiovisuais tv e video na escola
CAPITULO 3 - tecnologia audiovisuais tv e video na escola
 
CODECS
CODECSCODECS
CODECS
 
Processamento de Imagens
Processamento de ImagensProcessamento de Imagens
Processamento de Imagens
 
A história e evolução das placas de video
A história e evolução das placas de videoA história e evolução das placas de video
A história e evolução das placas de video
 
Apresentando conceitos de digitalização multimídia
Apresentando conceitos de digitalização multimídiaApresentando conceitos de digitalização multimídia
Apresentando conceitos de digitalização multimídia
 
After Effects Tutorial - Cameras, parenting, precomposing, null objects, mask...
After Effects Tutorial - Cameras, parenting, precomposing, null objects, mask...After Effects Tutorial - Cameras, parenting, precomposing, null objects, mask...
After Effects Tutorial - Cameras, parenting, precomposing, null objects, mask...
 
Redes e mídias sociais na internet como ferramenta de comunicação para anunci...
Redes e mídias sociais na internet como ferramenta de comunicação para anunci...Redes e mídias sociais na internet como ferramenta de comunicação para anunci...
Redes e mídias sociais na internet como ferramenta de comunicação para anunci...
 
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
 
Workshop iesb com haroldo brito: photoshop, indesign, illustrator, coreldraw ...
Workshop iesb com haroldo brito: photoshop, indesign, illustrator, coreldraw ...Workshop iesb com haroldo brito: photoshop, indesign, illustrator, coreldraw ...
Workshop iesb com haroldo brito: photoshop, indesign, illustrator, coreldraw ...
 

Semelhante a Processamento de Imagem - Campinho

slides PDI 2007 leonardo
slides PDI 2007 leonardoslides PDI 2007 leonardo
slides PDI 2007 leonardoRaphael Marques
 
Processamento de imagens - Willian Mulia
Processamento de imagens - Willian MuliaProcessamento de imagens - Willian Mulia
Processamento de imagens - Willian MuliaAllef Anderson
 
Qualidade de imagens em radiografia industrial
Qualidade de imagens em radiografia industrialQualidade de imagens em radiografia industrial
Qualidade de imagens em radiografia industrialWalmor Godoi
 
Radiologia Digital.pdf APOSTILA RADIOLOGIA
Radiologia Digital.pdf APOSTILA RADIOLOGIARadiologia Digital.pdf APOSTILA RADIOLOGIA
Radiologia Digital.pdf APOSTILA RADIOLOGIAr2stecnologiaeclinic
 
Campus Party - Computer Vision
Campus Party - Computer VisionCampus Party - Computer Vision
Campus Party - Computer Visiondannyxyz22
 
Imagem digital-www-radiologiaeinovacao-com-br
Imagem digital-www-radiologiaeinovacao-com-brImagem digital-www-radiologiaeinovacao-com-br
Imagem digital-www-radiologiaeinovacao-com-brAna Paula Moura
 
Vectorização de PMOT´s através de processos automáticos e semiautomáticos com...
Vectorização de PMOT´s através de processos automáticos e semiautomáticos com...Vectorização de PMOT´s através de processos automáticos e semiautomáticos com...
Vectorização de PMOT´s através de processos automáticos e semiautomáticos com...mrmmsilva
 
INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS.pdf
INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS.pdfINSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS.pdf
INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS.pdfAlejandroAlvesVictor
 
Aula 07 08 - imagens
Aula 07   08 - imagensAula 07   08 - imagens
Aula 07 08 - imagensFábio Costa
 
Multimidia na educação
Multimidia na educaçãoMultimidia na educação
Multimidia na educaçãosergioborgato
 

Semelhante a Processamento de Imagem - Campinho (20)

Pré-processamento - Sensoriamento Remoto
Pré-processamento - Sensoriamento RemotoPré-processamento - Sensoriamento Remoto
Pré-processamento - Sensoriamento Remoto
 
RADIOLOGIA DIGITAL
RADIOLOGIA DIGITALRADIOLOGIA DIGITAL
RADIOLOGIA DIGITAL
 
Tv Digital
Tv DigitalTv Digital
Tv Digital
 
slides PDI 2007 leonardo
slides PDI 2007 leonardoslides PDI 2007 leonardo
slides PDI 2007 leonardo
 
15 c 084
15 c 08415 c 084
15 c 084
 
Radiologia digital
Radiologia digitalRadiologia digital
Radiologia digital
 
Antenas_aula1
Antenas_aula1Antenas_aula1
Antenas_aula1
 
PDI Slides
PDI SlidesPDI Slides
PDI Slides
 
Processamento de imagens - Willian Mulia
Processamento de imagens - Willian MuliaProcessamento de imagens - Willian Mulia
Processamento de imagens - Willian Mulia
 
aula 1.pdf
aula 1.pdfaula 1.pdf
aula 1.pdf
 
Qualidade de imagens em radiografia industrial
Qualidade de imagens em radiografia industrialQualidade de imagens em radiografia industrial
Qualidade de imagens em radiografia industrial
 
Radiologia Digital.pdf APOSTILA RADIOLOGIA
Radiologia Digital.pdf APOSTILA RADIOLOGIARadiologia Digital.pdf APOSTILA RADIOLOGIA
Radiologia Digital.pdf APOSTILA RADIOLOGIA
 
Pesquisa
PesquisaPesquisa
Pesquisa
 
Campus Party - Computer Vision
Campus Party - Computer VisionCampus Party - Computer Vision
Campus Party - Computer Vision
 
Imagem digital-www-radiologiaeinovacao-com-br
Imagem digital-www-radiologiaeinovacao-com-brImagem digital-www-radiologiaeinovacao-com-br
Imagem digital-www-radiologiaeinovacao-com-br
 
Vectorização de PMOT´s através de processos automáticos e semiautomáticos com...
Vectorização de PMOT´s através de processos automáticos e semiautomáticos com...Vectorização de PMOT´s através de processos automáticos e semiautomáticos com...
Vectorização de PMOT´s através de processos automáticos e semiautomáticos com...
 
INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS.pdf
INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS.pdfINSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS.pdf
INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS.pdf
 
Aula 07 08 - imagens
Aula 07   08 - imagensAula 07   08 - imagens
Aula 07 08 - imagens
 
Multimidia na educação
Multimidia na educaçãoMultimidia na educação
Multimidia na educação
 
Debate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasilDebate LiDAR GeoBrasil
Debate LiDAR GeoBrasil
 

Último

425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docxSílvia Carneiro
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...GisellySobral
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 

Último (20)

425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 

Processamento de Imagem - Campinho