SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
1CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
2014
PAUTA DE REIVINDICAÇÕES
Cam
p
anha Salarial Educ
acional2014
NÃO
ACEITAMOS
JOGO SUJO!
EXIGIMOSRESPEITO.
POR QUE LUTAMOS
E PARA QUEM LUTAMOS
FILIADO À
RuaIpiranga,nº80-Floresta-BH/MG-Tel.:(31)3481-2020
e-mail:sindute@sindutemg.org.br
www.sindutemg.org.br
Sindicato Único dosTrabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG )
Coordenação-Geral: Beatriz Cerqueira - Diretor de Comunicação: Paulo Henrique S. Fonseca
Editoração:EficazComunicação|Fotoseimagens:Eficaz/ArquivoSind-UTE/MG/TaísFerreira
Cam
p
anha Salarial Educ
acional2014
NÃO
ACEITAMOS
JOGO SUJO!
EXIGIMOSRESPEITO.
EDUCAÇÃO DE QUALIDADE
Elaboração de política pública que combata a violência
no ambiente escolar e garanta a segurança e a integridade
física do/a trabalhador/a em educação em seu local de
trabalho e da comunidade escolar.
Investimento na melhoria da rede física das unidades
escolares em todas as regiões do Estado.
Reduçãodonúmerodealunosporsalaparaosseguintes
limites:anosiniciaisdoensinofundamentalcomnomáximo
20 alunos; anos finais do Ensino Fundamental com no
máximo25alunos;ensinomédiocomnomáximo30alunos.
Elaboração de uma política de formação continuada
e adicional para os profissionais que atendem alunos
portadores de necessidades especiais.
ImplantaçãodasLeisFederaisns°.10.639/03e11.645/08,
que tornam obrigatório o ensino de história e cultura afro-
brasileira e indígena.
Regulamentação do atendimento em todas as escolas
estaduais de profissionais de assistência educacional
(fonoaudiólogo, assistente social, fisioterapeuta,
psicólogo).
POR QUE LUTAMOS E PARA QUEM LUTAMOS
CAMPANHA SALARIAL EDUCACIONAL 2014
PAUTA DE REIVINDICAÇÕES
3CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
4 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
Mudança na estrutura de oferta do Ensino Médio com
atendimentoemtodasasregiõesdoEstadosemanucleação
de vagas, com uma proposta curricular construída com os
professores e a comunidade escolar, além da oferta de todas
asdisciplinasemtodososanos.
Manutenção e ampliação dos laboratórios nas unidades
escolares.
Elaboração de uma política de formação continuada para
todososprofissionaisdaeducaçãodentrodajornadadetrabalho
comreconhecimentodaformaçãoofertadapeloSind-UTE/MG.
Estabelecimento de uma política de aproveitamento dos
servidores/as excedentes nas escolas por Prefeituras e por
outrosórgãosdoEstado.
Fim da política de integração de escolas como forma de
municipalização.
Distribuiçãodeturmaseaulasrespeitandoahabilitaçãodo
professor.
Ampliação e democratização da oferta e do acesso aos
cursos de capacitação em libra para professores em exercício
nasescolasdaredeestadual.
Regulamentação da Educação de Jovens e Adultos no
SistemaPrisional.
Elaboraçãodeumapolíticaquecombataobullyingpraticado
noambienteescolarcontraalunoseprofissionaisdaeducação.
Nãoutilizaçãodaprovadereclassificaçãocomoinstrumento
deaprovaçãoautomática,independentedodesempenhodo
estudante.
5CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
SALÁRIO E CARREIRA
Políticaderemuneração
Pagamento do Piso Salarial Profissional Nacional como
vencimento básico para jornada de 24 horas, com a garan-
tia do reajuste das tabelas salariais de acordo com o custo
aluno.
Pagamento retroativo do Piso Salarial conforme decisão
doSupremoTribunalFederalnaAçãoDiretadeInconstitu-
cionalidade n° 4.167.
Direitosevantagenspessoais
Manutenção do direito a biênios, quinquênios e demais
vantagens de cada servidor/a.
Revisão do posicionamento dos servidores com o espe-
lhamentonacarreira,deacordocomoseutempodeefeti-
vo exercício e escolaridade.
Garantia aos servidores em ajustamento funcional ou
licença médica, para que sejam posicionados nas tabelas
salariais, levando-se em consideração a gratificação de re-
gência.
Respeito ao direito de gozo das férias-prêmio do servi-
dor, deferindo todos os pedidos já feitos e rediscussão do
percentual limite de 20%.
Pagamento imediato das vantagens já adquiridas quan-
do do afastamento preliminar à aposentadoria.
6 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
Pagamento de adicional de periculosidade para os pro-
fissionais que trabalham em escolas prisionais e próximas
às Unidades Prisionais.
Pagamento do adicional noturno a todos os profissio-
nais da educação de acordo com a legislação em vigor.
Carreira
Restabelecimento dos percentuais da progressão
na carreira para 3% e da promoção para 22%.
Imediata atualização da escolaridade dos
servidores efetivos, efetivados e aposentados.
Definição de critérios para o exercício de função
gratificada.
Modificação do interstício para promoção por
escolaridade para anualmente.
Que o estágio probatório faça parte do interstício
para concessão da promoção por escolaridade
adicional.
Imediata revogação do Artigo 19, da Lei Estadual
19.837/11, que congelou até dezembro de 2015 a
carreira dos profissionais da educação.
Que o profissional da educação que atua na APAE
tenha os mesmos direitos relativos à progressão,
promoção e prêmio por produtividade e quaisquer
outras políticas remuneratórias.
7CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
Modificação da legislação estadual para que
o afastamento do servidor em função de licença
médica não acarrete prejuízo em seu direito à
promoção por escolaridade adicional.
Jornada do Professor
Que a exigência curricular seja opcional.
Que o módulo de hora-atividade do módulo II seja
de 50 minutos.
Imediato retorno das disciplinas de Educação
Física e Ensino Religioso nos anos iniciais do
Ensino Fundamental ministrados por professores
habilitados.
Que a extensão de jornada seja opcional em todas
as situações.
Respeito ao Estatuto do Magistério, que permite
o cumprimento de hora-atividade no intervalo de
aulas e recreio.
Fim imediato do aumento da jornada de trabalho
das especialistas em educação.
8 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
IPSEMG E PREVIDÊNCIA
Atualização da publicação de todos os pedidos de
aposentadoria e estabelecimento de uma política de
agilidade e eficiência para os novos pedidos.
Imediata realização de concurso público para servidores
do IPSEMG.
Elaboração de uma política de prevenção à saúde do
trabalhador.
Reabertura dos postos ou agências do IPSEMG,
retornando o atendimento do IPSEMG/Família.
Regularização da dívida do Estado com o IPSEMG,
tornando-a pública.
Manutenção da gestão do IPSEMG integralmente pelo
setor público, sem qualquer transferência para a iniciativa
privada.
Realização de eleição direta para os cargos de gestão do
IPSEMG.
Ampliação e melhoramento dos atendimentos médico,
odontológico, convênios laboratoriais e perícia local em
todas as regiões do Estado, aumentando o número de
Regionais de atendimento.
9CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
Ampliação da representação dos/as trabalhadores/as
nos Conselhos do IPSEMG.
Redução do tempo de espera para todos os
procedimentos realizados pelo IPSEMG.
Possibilitar que os filhos/as desempregados/as dos/
as servidores/as públicos/as sejam incluídos como
dependentes.
Criação de Conselhos Municipais do IPSEMG.
Tornar pública a prestação de conta dos fundos de
Previdência do Estado.
Revogação do desconto dos dependentes do servidor.
Não implementação da co-participação no IPSEMG.
Descentralização da perícia médica com atendimento
em todas as regiões do Estado.
Criação de Câmaras do IPSEMG em todas as regiões do
Estado.
Disponibilização de consultas eletivas em todos os
hospitais, clínicas e Santas Casas no interior do Estado.
10 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
GESTÃO DEMOCRÁTICA DA ESCOLA
E DO SISTEMA
Posse de todos os diretores e vices escolhidos
pela comunidade escolar em processo de consulta à
comunidade escolar em 2011.
Garantia de autonomia administrativa, pedagógica e
financeira para a unidade escolar.
Elaboração de uma política para combater e acabar
com o assédio moral no ambiente escolar e nas
Superintendências Regionais de Ensino.
Possibilitar que qualquer membro do colegiado escolar
possa exercer a função de Presidente.
Eleição direta para Superintendente Regional de Ensino.
VÍNCULO FUNCIONAL
Estabelecimento da promoção por escolaridade
adicional aos servidores efetivados e designados.
Elaboraçãodeumapolíticaderespeitoevalorizaçãopara
os/asservidores/asemajustamentofuncional,respeitando
a sua restrição laboral, a jornada do cargo e a manutenção
dos direitos e vantagens.
Revisão da situação do Assistente Técnico da Educação
Básica“ATB financeiro”
11CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
Organização do quadro da escola com o aumento
do número de Auxiliar de Serviços da Educação Básica e
Especialista em Educação Básica por turno independente
donúmerodeturmaseretiradadocômputodosservidores
em ajustamento funcional.
Que os contratos dos Assistentes Técnicos de Educação
Básica tenham vigência até janeiro do ano seguinte ao
início da vigência do contrato.
Garantia aos servidores efetivados, que prestaram
concurso, a possibilidade da posse no mesmo cargo que
ocupa como efetivado.
Posse dos concursados para todos os cargos vagos
existentes na Rede Estadual.
Realização de concurso para professor de libras e
professor de apoio.
DEMANDAS ESPECÍFICAS DOS SERVIDORES DAS
SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS DE ENSINO
Revisão das tabelas salariais de modo a diminuir a
diferença salarial entre os cargos de Assistente Técnico
Educacional (ATE) e Analista Educacional (ANE).
Reajustedovalordocartão-alimentaçãoestendendo
este benefício para todos os servidores, inclusive
aqueles que cumprem 6 horas.
12 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
Recebimento de vale-transporte.
Equiparação salarial do salário do Analista em
EducaçãoBásicacomosaláriodoAnalistaemEducação
com função de Inspetor Escolar.
Instituir banco de horas: a marcação do ponto atra-
vés do Forponto não é compatível com a natureza do
trabalho realizado, já que são realizados serviços de
campo que demandam atividades extraturno em esco-
las de outros municípios, trabalhos que são prestados,
inclusive, em finais de semana.
Adoção de medidas preventivas para situações de
assédio moral dentro da SRE´s.
Fim da intervenção de deputados estaduais para que
haja concessão de aposentadoria para servidores que
entraram com pedido recentemente (aposentadoria
fura fila).
Processo seletivo para diretores da SRE: cargos de
diretor geral/pedagógico/de pessoal/de finanças,
de supervisor, e de funções gratificadas devem ser
ocupados por aqueles que forem aprovados em
processos seletivos realizados por universidade
federais.
Regulamentação da certificação para todos os
servidores das SRE´s.
13CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
Os cargos comissionados deverão passar por
certificação.
Nomeaçãoimediataparatodasasvagasdoconcurso,
inclusive, para vagas do Programa de Intervenção
Pedagógica.
Direito de certificação para todo servidor com nível
superior para cargo de superintendente.
Isonomia de carga horária - 7 horas diárias para todos os
servidores das Superintendências Regionais de Ensino.
Elevar a porcentagem para o gozo de férias-prêmio
para 40% para os servidores da SRE, alterando a resolução
22/2003 e desvinculação das férias prêmio da função
gratificada.
Melhoria das condições de trabalho dentro das SRE´s:
adequarasinstalaçõesdaSREnoquetangeamanutenção
da rede elétrica; rotas de fuga e existência de extintores
para casos de incêndio ou outras emergências.
Igualar os valores de diárias entre ATE e ANE, pagas
para os servidores que se deslocam a serviço para
outros municípios, onde têm que arcar com despesas de
hospedagem e alimentação.
Incorporação dos ganhos com FGD para aposentadoria.
14 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
OUTRAS DEMANDAS
Concessão de vale-transporte e vale-alimentação a
todos/as os/as trabalhadores/as em educação.
Criação de uma linha de crédito de financiamento para
aquisição ou reforma da casa própria para os servidores da
educação.
Instituição do dia 15 de outubro como dia do educador
e feriado estadual.
Cumprimento do Termo de Acordo de 2011 com a
anistia do período de greve.
Imediata substituição dos Auxiliares de Serviço da
Educação Básica e AssistentesTécnicos em licença médica
e férias-prêmio.
Liberação para participação em atividades promovidas
pelo Sind-UTE/MG.
Cam
p
anha Salarial Educ
acional2014
NÃO
ACEITAMOS
JOGO SUJO!
EXIGIMOSRESPEITO.
15CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
Coordenação-geral
Beatriz da Silva Cerqueira (Betim)
Departamento Administrativo e Financeiro
Marilda de Abreu Araújo – coordenadora
(Divinópolis)
Departamento de Organização
Denise de Paula Romano – coordenadora
(Betim)
Adriano José de Paula (Belo Horizonte)
Deilde Ferreira de Brito Vieira (Sabará)
Geraldo Ronaldo de Souza (Nova Lima)
Joílton Beltrão de Matos (Belo Horizonte)
Secretaria de Redes Municipais
Maria do Carmo Cristeli de Oliveira (Sete Lagoas)
Maria Nazaré dos Santos – Fufa (São João
del-Rei)
Luiz Fernando de Souza Oliveira (Betim)
Secretaria de Aposentados
Ana Lúcia Moreira (Belo Horizonte)
Maria Helena Gabriel (Uberaba)
Nivalda Maria Perobelli (Juiz de Fora)
Secretaria de Servidores das
Superintendências Regionais de Ensino
Abdon Geraldo Guimarães (Varginha)
Luiz Carlos Silva da Cunha (Pouso Alegre)
Marilde Rodrigues Campos (Almenara)
Sidilúcio Ribeiro Senra (Leopoldina)
Departamento de Formação Pedagógica e
Sindical
Feliciana Alves do Vale Saldanha
coordenadora (Ipatinga)
José Luiz Rodrigues (Betim)
Mônica Maria de Souza (Belo Horizonte)
Departamento de Políticas Sociais
Geraldo Miguel de Souza - coordenador
(Belo Horizonte - licenciado)
Florismundo de Mello (SEDESE)
Jonas William Pereira da Costa (Belo Horizonte)
Departamento Jurídico
Lecioni Pereira Pinto – coordenadora
(Capinópolis)
Idalina Franco de Oliveira (Belo Horizonte)
Departamento de Comunicação e Cultura
Paulo Henrique Santos Fonseca – coordenador
(Contagem)
Ronaldo Geraldo de Morais (Ribeirão das
Neves)
Diretores Regionais
Alexandre Flausino da Silva (Alfenas)
Cássio Hideo Diniz Hiro (Caxambu)
Célia de Lima Carvalho (Conselheiro Lafaiete)
Elaine Cristina Ribeiro (Uberlândia)
Ellida Roberta Silva (Frutal)
Elsir Prado da Silva (Itabira)
José Antônio de Paiva Marcos (Jaíba)
José Antônio Martins Vieira (Itaobim)
Manoel Rosalvo Pereira (Nanuque)
Maria Alice Pereira Rocha (Buritizeiro)
Maria Aparecida Nascimento (Diamantina)
Maria da Conceição Monteiro de Castro
(Coronel Fabriciano)
Maria da Conceição Silva (Itacarambi)
Maria Mirtes de Paula (Unaí)
Mary Suely Santos Pinheiro Damasceno
(Jordânia)
Múcio Alberto Cordeiro Alves (Turmalina)
Paulo Gustavo Grossi da Silva (Viçosa)
Rafael Junior Toledo de Lima (Governador
Valadares)
Raquel de Queiroz Cardoso (Monte Carmelo)
Rita de Cássia Silva de Figuiredo (João
Monlevade)
Ronaldo Amélio Ferreira (Uberlândia)
Sandra Lúcia Couto Bittencourt (Muriaé)
Sidnei Marquesi (Ituiutaba)
Valdir Tiago Dias (Espinosa)
Vauvenargues Lopes (Perdões)
Welshman Gustavo Pinheiro (Itaúna -
licenciado)
Zaílde Figueiredo Santos (Teófilo Otoni)
Expediente
Direção Estadual do Sind-UTE/MG Gestão 2012/2015
16 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
2014PAUTA DE REIVINDICAÇÕES
Fev./2014
FILIADO À

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Pauta de reivindicações 2014 - Sind-UTE MG

Resolucao Partido dos Trabalhadores
Resolucao Partido dos TrabalhadoresResolucao Partido dos Trabalhadores
Resolucao Partido dos Trabalhadores
Blog Costa
 
Respostas para a folha dirigida
Respostas para a folha dirigidaRespostas para a folha dirigida
Respostas para a folha dirigida
Jamildo Melo
 
Eixos Aprovados Conae Municipio De Ariquemes Rondonia
Eixos Aprovados Conae  Municipio De Ariquemes RondoniaEixos Aprovados Conae  Municipio De Ariquemes Rondonia
Eixos Aprovados Conae Municipio De Ariquemes Rondonia
Maria Bethania Borges Costa
 

Semelhante a Pauta de reivindicações 2014 - Sind-UTE MG (20)

Experiências - Escola de Saúde da BA 2
Experiências -  Escola de Saúde da BA 2Experiências -  Escola de Saúde da BA 2
Experiências - Escola de Saúde da BA 2
 
12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx
12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx
12_06_18 _ CIEE _ Monica Batista Vargas de Castro.pptx
 
Resolucao Partido dos Trabalhadores
Resolucao Partido dos TrabalhadoresResolucao Partido dos Trabalhadores
Resolucao Partido dos Trabalhadores
 
estagio curricular obrigatorio nao remunerado
 estagio curricular obrigatorio nao remunerado estagio curricular obrigatorio nao remunerado
estagio curricular obrigatorio nao remunerado
 
Respostas para a folha dirigida
Respostas para a folha dirigidaRespostas para a folha dirigida
Respostas para a folha dirigida
 
Diretrizes operacionais-para-o-funcionamento-das-escolas-da-rede-estadual-de-...
Diretrizes operacionais-para-o-funcionamento-das-escolas-da-rede-estadual-de-...Diretrizes operacionais-para-o-funcionamento-das-escolas-da-rede-estadual-de-...
Diretrizes operacionais-para-o-funcionamento-das-escolas-da-rede-estadual-de-...
 
Apresentacao videoconferencia adesao_pse
Apresentacao videoconferencia adesao_pseApresentacao videoconferencia adesao_pse
Apresentacao videoconferencia adesao_pse
 
CONAE 2024 - COLÓQUIO.pptx
CONAE 2024 - COLÓQUIO.pptxCONAE 2024 - COLÓQUIO.pptx
CONAE 2024 - COLÓQUIO.pptx
 
Apresentação TESTE
Apresentação TESTEApresentação TESTE
Apresentação TESTE
 
Os profissionais do magistério e os movimentos associativos.pptx
Os profissionais do magistério e os movimentos associativos.pptxOs profissionais do magistério e os movimentos associativos.pptx
Os profissionais do magistério e os movimentos associativos.pptx
 
CONAE 2024 - COLÓQUIO.pdf
CONAE 2024 - COLÓQUIO.pdfCONAE 2024 - COLÓQUIO.pdf
CONAE 2024 - COLÓQUIO.pdf
 
Cartilha
CartilhaCartilha
Cartilha
 
Edital 01-2014 - Monitoria
Edital 01-2014 - MonitoriaEdital 01-2014 - Monitoria
Edital 01-2014 - Monitoria
 
Eixos Aprovados Conae Municipio De Ariquemes Rondonia
Eixos Aprovados Conae  Municipio De Ariquemes RondoniaEixos Aprovados Conae  Municipio De Ariquemes Rondonia
Eixos Aprovados Conae Municipio De Ariquemes Rondonia
 
SAUDE DIREITO DE TODOS.pdf
SAUDE DIREITO DE TODOS.pdfSAUDE DIREITO DE TODOS.pdf
SAUDE DIREITO DE TODOS.pdf
 
FATOR IDOSO – Política Estadual de Incentivo à Qualificação da Atenção Básica
FATOR IDOSO – Política Estadual de Incentivo à Qualificação da Atenção BásicaFATOR IDOSO – Política Estadual de Incentivo à Qualificação da Atenção Básica
FATOR IDOSO – Política Estadual de Incentivo à Qualificação da Atenção Básica
 
Remuneracao do magisterio
Remuneracao do magisterioRemuneracao do magisterio
Remuneracao do magisterio
 
Boletim sindrede
Boletim sindredeBoletim sindrede
Boletim sindrede
 
Dossiê 2015 2014 pdf
Dossiê 2015   2014 pdfDossiê 2015   2014 pdf
Dossiê 2015 2014 pdf
 
Permanência e êxito na educação profissional e tecnológica: A experiência do ...
Permanência e êxito na educação profissional e tecnológica: A experiência do ...Permanência e êxito na educação profissional e tecnológica: A experiência do ...
Permanência e êxito na educação profissional e tecnológica: A experiência do ...
 

Mais de SinduteTO

Cartilha hora-atividade Sind-UTE MG
Cartilha hora-atividade Sind-UTE MGCartilha hora-atividade Sind-UTE MG
Cartilha hora-atividade Sind-UTE MG
SinduteTO
 
Cartilha Kit Justiça - Sind-UTE MG
Cartilha Kit Justiça - Sind-UTE MGCartilha Kit Justiça - Sind-UTE MG
Cartilha Kit Justiça - Sind-UTE MG
SinduteTO
 

Mais de SinduteTO (18)

Resolução 2.795 SEE e Edital SEE nº 3
Resolução 2.795 SEE e Edital SEE nº 3Resolução 2.795 SEE e Edital SEE nº 3
Resolução 2.795 SEE e Edital SEE nº 3
 
Edital 05 - EEB, ATB - Atendimento educacional especializado
Edital 05 - EEB, ATB - Atendimento educacional especializadoEdital 05 - EEB, ATB - Atendimento educacional especializado
Edital 05 - EEB, ATB - Atendimento educacional especializado
 
Edital 04 - ATB, EEB, PEB
Edital 04 - ATB, EEB, PEBEdital 04 - ATB, EEB, PEB
Edital 04 - ATB, EEB, PEB
 
Edital 03 - Ensino Religioso
Edital 03 - Ensino ReligiosoEdital 03 - Ensino Religioso
Edital 03 - Ensino Religioso
 
Edital: PEB - Conservatórios de Música
Edital: PEB - Conservatórios de MúsicaEdital: PEB - Conservatórios de Música
Edital: PEB - Conservatórios de Música
 
Edital see 3 2014 - certificação ocupacional diretor de escola estadual
Edital see 3 2014 - certificação ocupacional diretor de escola estadualEdital see 3 2014 - certificação ocupacional diretor de escola estadual
Edital see 3 2014 - certificação ocupacional diretor de escola estadual
 
Designação 2015 - Resolução SEE-MG nº 2680
Designação 2015 - Resolução SEE-MG nº 2680Designação 2015 - Resolução SEE-MG nº 2680
Designação 2015 - Resolução SEE-MG nº 2680
 
Acidente de trabalho
Acidente de trabalhoAcidente de trabalho
Acidente de trabalho
 
Resolução SEE nº 2.554 - Colegiado
Resolução SEE nº 2.554 - ColegiadoResolução SEE nº 2.554 - Colegiado
Resolução SEE nº 2.554 - Colegiado
 
27 01-2014-cartilha-kit-justica
27 01-2014-cartilha-kit-justica27 01-2014-cartilha-kit-justica
27 01-2014-cartilha-kit-justica
 
Resolução 2486 - Reinventando o Ensino Médio 2014
Resolução 2486 - Reinventando o Ensino Médio 2014Resolução 2486 - Reinventando o Ensino Médio 2014
Resolução 2486 - Reinventando o Ensino Médio 2014
 
Resolucao SEE nº 2442
Resolucao SEE nº 2442Resolucao SEE nº 2442
Resolucao SEE nº 2442
 
Projeto de lei - Reajuste 2013 - Governo MG
Projeto de lei - Reajuste 2013 - Governo MGProjeto de lei - Reajuste 2013 - Governo MG
Projeto de lei - Reajuste 2013 - Governo MG
 
Acórdão STF - ADIN 4.167 - Piso Salarial Profissional Nacional
Acórdão STF - ADIN 4.167 - Piso Salarial Profissional NacionalAcórdão STF - ADIN 4.167 - Piso Salarial Profissional Nacional
Acórdão STF - ADIN 4.167 - Piso Salarial Profissional Nacional
 
Regulamentação de 1/3 de Hora-Atividade na Rede Estadual de Minas Gerais - 2013
Regulamentação de 1/3 de Hora-Atividade na Rede Estadual de Minas Gerais - 2013Regulamentação de 1/3 de Hora-Atividade na Rede Estadual de Minas Gerais - 2013
Regulamentação de 1/3 de Hora-Atividade na Rede Estadual de Minas Gerais - 2013
 
Cartilha hora-atividade Sind-UTE MG
Cartilha hora-atividade Sind-UTE MGCartilha hora-atividade Sind-UTE MG
Cartilha hora-atividade Sind-UTE MG
 
Cartilha Kit Justiça - Sind-UTE MG
Cartilha Kit Justiça - Sind-UTE MGCartilha Kit Justiça - Sind-UTE MG
Cartilha Kit Justiça - Sind-UTE MG
 
Tutorial Sind-UTE MG Teófilo Otoni: Acompanhamento online de processos - TJMG
Tutorial Sind-UTE MG Teófilo Otoni: Acompanhamento online de processos - TJMGTutorial Sind-UTE MG Teófilo Otoni: Acompanhamento online de processos - TJMG
Tutorial Sind-UTE MG Teófilo Otoni: Acompanhamento online de processos - TJMG
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 

Pauta de reivindicações 2014 - Sind-UTE MG

  • 1. 1CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações 2014 PAUTA DE REIVINDICAÇÕES Cam p anha Salarial Educ acional2014 NÃO ACEITAMOS JOGO SUJO! EXIGIMOSRESPEITO. POR QUE LUTAMOS E PARA QUEM LUTAMOS FILIADO À
  • 2. RuaIpiranga,nº80-Floresta-BH/MG-Tel.:(31)3481-2020 e-mail:sindute@sindutemg.org.br www.sindutemg.org.br Sindicato Único dosTrabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG ) Coordenação-Geral: Beatriz Cerqueira - Diretor de Comunicação: Paulo Henrique S. Fonseca Editoração:EficazComunicação|Fotoseimagens:Eficaz/ArquivoSind-UTE/MG/TaísFerreira Cam p anha Salarial Educ acional2014 NÃO ACEITAMOS JOGO SUJO! EXIGIMOSRESPEITO.
  • 3. EDUCAÇÃO DE QUALIDADE Elaboração de política pública que combata a violência no ambiente escolar e garanta a segurança e a integridade física do/a trabalhador/a em educação em seu local de trabalho e da comunidade escolar. Investimento na melhoria da rede física das unidades escolares em todas as regiões do Estado. Reduçãodonúmerodealunosporsalaparaosseguintes limites:anosiniciaisdoensinofundamentalcomnomáximo 20 alunos; anos finais do Ensino Fundamental com no máximo25alunos;ensinomédiocomnomáximo30alunos. Elaboração de uma política de formação continuada e adicional para os profissionais que atendem alunos portadores de necessidades especiais. ImplantaçãodasLeisFederaisns°.10.639/03e11.645/08, que tornam obrigatório o ensino de história e cultura afro- brasileira e indígena. Regulamentação do atendimento em todas as escolas estaduais de profissionais de assistência educacional (fonoaudiólogo, assistente social, fisioterapeuta, psicólogo). POR QUE LUTAMOS E PARA QUEM LUTAMOS CAMPANHA SALARIAL EDUCACIONAL 2014 PAUTA DE REIVINDICAÇÕES 3CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações
  • 4. 4 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações Mudança na estrutura de oferta do Ensino Médio com atendimentoemtodasasregiõesdoEstadosemanucleação de vagas, com uma proposta curricular construída com os professores e a comunidade escolar, além da oferta de todas asdisciplinasemtodososanos. Manutenção e ampliação dos laboratórios nas unidades escolares. Elaboração de uma política de formação continuada para todososprofissionaisdaeducaçãodentrodajornadadetrabalho comreconhecimentodaformaçãoofertadapeloSind-UTE/MG. Estabelecimento de uma política de aproveitamento dos servidores/as excedentes nas escolas por Prefeituras e por outrosórgãosdoEstado. Fim da política de integração de escolas como forma de municipalização. Distribuiçãodeturmaseaulasrespeitandoahabilitaçãodo professor. Ampliação e democratização da oferta e do acesso aos cursos de capacitação em libra para professores em exercício nasescolasdaredeestadual. Regulamentação da Educação de Jovens e Adultos no SistemaPrisional. Elaboraçãodeumapolíticaquecombataobullyingpraticado noambienteescolarcontraalunoseprofissionaisdaeducação. Nãoutilizaçãodaprovadereclassificaçãocomoinstrumento deaprovaçãoautomática,independentedodesempenhodo estudante.
  • 5. 5CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações SALÁRIO E CARREIRA Políticaderemuneração Pagamento do Piso Salarial Profissional Nacional como vencimento básico para jornada de 24 horas, com a garan- tia do reajuste das tabelas salariais de acordo com o custo aluno. Pagamento retroativo do Piso Salarial conforme decisão doSupremoTribunalFederalnaAçãoDiretadeInconstitu- cionalidade n° 4.167. Direitosevantagenspessoais Manutenção do direito a biênios, quinquênios e demais vantagens de cada servidor/a. Revisão do posicionamento dos servidores com o espe- lhamentonacarreira,deacordocomoseutempodeefeti- vo exercício e escolaridade. Garantia aos servidores em ajustamento funcional ou licença médica, para que sejam posicionados nas tabelas salariais, levando-se em consideração a gratificação de re- gência. Respeito ao direito de gozo das férias-prêmio do servi- dor, deferindo todos os pedidos já feitos e rediscussão do percentual limite de 20%. Pagamento imediato das vantagens já adquiridas quan- do do afastamento preliminar à aposentadoria.
  • 6. 6 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações Pagamento de adicional de periculosidade para os pro- fissionais que trabalham em escolas prisionais e próximas às Unidades Prisionais. Pagamento do adicional noturno a todos os profissio- nais da educação de acordo com a legislação em vigor. Carreira Restabelecimento dos percentuais da progressão na carreira para 3% e da promoção para 22%. Imediata atualização da escolaridade dos servidores efetivos, efetivados e aposentados. Definição de critérios para o exercício de função gratificada. Modificação do interstício para promoção por escolaridade para anualmente. Que o estágio probatório faça parte do interstício para concessão da promoção por escolaridade adicional. Imediata revogação do Artigo 19, da Lei Estadual 19.837/11, que congelou até dezembro de 2015 a carreira dos profissionais da educação. Que o profissional da educação que atua na APAE tenha os mesmos direitos relativos à progressão, promoção e prêmio por produtividade e quaisquer outras políticas remuneratórias.
  • 7. 7CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações Modificação da legislação estadual para que o afastamento do servidor em função de licença médica não acarrete prejuízo em seu direito à promoção por escolaridade adicional. Jornada do Professor Que a exigência curricular seja opcional. Que o módulo de hora-atividade do módulo II seja de 50 minutos. Imediato retorno das disciplinas de Educação Física e Ensino Religioso nos anos iniciais do Ensino Fundamental ministrados por professores habilitados. Que a extensão de jornada seja opcional em todas as situações. Respeito ao Estatuto do Magistério, que permite o cumprimento de hora-atividade no intervalo de aulas e recreio. Fim imediato do aumento da jornada de trabalho das especialistas em educação.
  • 8. 8 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações IPSEMG E PREVIDÊNCIA Atualização da publicação de todos os pedidos de aposentadoria e estabelecimento de uma política de agilidade e eficiência para os novos pedidos. Imediata realização de concurso público para servidores do IPSEMG. Elaboração de uma política de prevenção à saúde do trabalhador. Reabertura dos postos ou agências do IPSEMG, retornando o atendimento do IPSEMG/Família. Regularização da dívida do Estado com o IPSEMG, tornando-a pública. Manutenção da gestão do IPSEMG integralmente pelo setor público, sem qualquer transferência para a iniciativa privada. Realização de eleição direta para os cargos de gestão do IPSEMG. Ampliação e melhoramento dos atendimentos médico, odontológico, convênios laboratoriais e perícia local em todas as regiões do Estado, aumentando o número de Regionais de atendimento.
  • 9. 9CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações Ampliação da representação dos/as trabalhadores/as nos Conselhos do IPSEMG. Redução do tempo de espera para todos os procedimentos realizados pelo IPSEMG. Possibilitar que os filhos/as desempregados/as dos/ as servidores/as públicos/as sejam incluídos como dependentes. Criação de Conselhos Municipais do IPSEMG. Tornar pública a prestação de conta dos fundos de Previdência do Estado. Revogação do desconto dos dependentes do servidor. Não implementação da co-participação no IPSEMG. Descentralização da perícia médica com atendimento em todas as regiões do Estado. Criação de Câmaras do IPSEMG em todas as regiões do Estado. Disponibilização de consultas eletivas em todos os hospitais, clínicas e Santas Casas no interior do Estado.
  • 10. 10 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações GESTÃO DEMOCRÁTICA DA ESCOLA E DO SISTEMA Posse de todos os diretores e vices escolhidos pela comunidade escolar em processo de consulta à comunidade escolar em 2011. Garantia de autonomia administrativa, pedagógica e financeira para a unidade escolar. Elaboração de uma política para combater e acabar com o assédio moral no ambiente escolar e nas Superintendências Regionais de Ensino. Possibilitar que qualquer membro do colegiado escolar possa exercer a função de Presidente. Eleição direta para Superintendente Regional de Ensino. VÍNCULO FUNCIONAL Estabelecimento da promoção por escolaridade adicional aos servidores efetivados e designados. Elaboraçãodeumapolíticaderespeitoevalorizaçãopara os/asservidores/asemajustamentofuncional,respeitando a sua restrição laboral, a jornada do cargo e a manutenção dos direitos e vantagens. Revisão da situação do Assistente Técnico da Educação Básica“ATB financeiro”
  • 11. 11CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações Organização do quadro da escola com o aumento do número de Auxiliar de Serviços da Educação Básica e Especialista em Educação Básica por turno independente donúmerodeturmaseretiradadocômputodosservidores em ajustamento funcional. Que os contratos dos Assistentes Técnicos de Educação Básica tenham vigência até janeiro do ano seguinte ao início da vigência do contrato. Garantia aos servidores efetivados, que prestaram concurso, a possibilidade da posse no mesmo cargo que ocupa como efetivado. Posse dos concursados para todos os cargos vagos existentes na Rede Estadual. Realização de concurso para professor de libras e professor de apoio. DEMANDAS ESPECÍFICAS DOS SERVIDORES DAS SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS DE ENSINO Revisão das tabelas salariais de modo a diminuir a diferença salarial entre os cargos de Assistente Técnico Educacional (ATE) e Analista Educacional (ANE). Reajustedovalordocartão-alimentaçãoestendendo este benefício para todos os servidores, inclusive aqueles que cumprem 6 horas.
  • 12. 12 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações Recebimento de vale-transporte. Equiparação salarial do salário do Analista em EducaçãoBásicacomosaláriodoAnalistaemEducação com função de Inspetor Escolar. Instituir banco de horas: a marcação do ponto atra- vés do Forponto não é compatível com a natureza do trabalho realizado, já que são realizados serviços de campo que demandam atividades extraturno em esco- las de outros municípios, trabalhos que são prestados, inclusive, em finais de semana. Adoção de medidas preventivas para situações de assédio moral dentro da SRE´s. Fim da intervenção de deputados estaduais para que haja concessão de aposentadoria para servidores que entraram com pedido recentemente (aposentadoria fura fila). Processo seletivo para diretores da SRE: cargos de diretor geral/pedagógico/de pessoal/de finanças, de supervisor, e de funções gratificadas devem ser ocupados por aqueles que forem aprovados em processos seletivos realizados por universidade federais. Regulamentação da certificação para todos os servidores das SRE´s.
  • 13. 13CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações Os cargos comissionados deverão passar por certificação. Nomeaçãoimediataparatodasasvagasdoconcurso, inclusive, para vagas do Programa de Intervenção Pedagógica. Direito de certificação para todo servidor com nível superior para cargo de superintendente. Isonomia de carga horária - 7 horas diárias para todos os servidores das Superintendências Regionais de Ensino. Elevar a porcentagem para o gozo de férias-prêmio para 40% para os servidores da SRE, alterando a resolução 22/2003 e desvinculação das férias prêmio da função gratificada. Melhoria das condições de trabalho dentro das SRE´s: adequarasinstalaçõesdaSREnoquetangeamanutenção da rede elétrica; rotas de fuga e existência de extintores para casos de incêndio ou outras emergências. Igualar os valores de diárias entre ATE e ANE, pagas para os servidores que se deslocam a serviço para outros municípios, onde têm que arcar com despesas de hospedagem e alimentação. Incorporação dos ganhos com FGD para aposentadoria.
  • 14. 14 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações OUTRAS DEMANDAS Concessão de vale-transporte e vale-alimentação a todos/as os/as trabalhadores/as em educação. Criação de uma linha de crédito de financiamento para aquisição ou reforma da casa própria para os servidores da educação. Instituição do dia 15 de outubro como dia do educador e feriado estadual. Cumprimento do Termo de Acordo de 2011 com a anistia do período de greve. Imediata substituição dos Auxiliares de Serviço da Educação Básica e AssistentesTécnicos em licença médica e férias-prêmio. Liberação para participação em atividades promovidas pelo Sind-UTE/MG. Cam p anha Salarial Educ acional2014 NÃO ACEITAMOS JOGO SUJO! EXIGIMOSRESPEITO.
  • 15. 15CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações Coordenação-geral Beatriz da Silva Cerqueira (Betim) Departamento Administrativo e Financeiro Marilda de Abreu Araújo – coordenadora (Divinópolis) Departamento de Organização Denise de Paula Romano – coordenadora (Betim) Adriano José de Paula (Belo Horizonte) Deilde Ferreira de Brito Vieira (Sabará) Geraldo Ronaldo de Souza (Nova Lima) Joílton Beltrão de Matos (Belo Horizonte) Secretaria de Redes Municipais Maria do Carmo Cristeli de Oliveira (Sete Lagoas) Maria Nazaré dos Santos – Fufa (São João del-Rei) Luiz Fernando de Souza Oliveira (Betim) Secretaria de Aposentados Ana Lúcia Moreira (Belo Horizonte) Maria Helena Gabriel (Uberaba) Nivalda Maria Perobelli (Juiz de Fora) Secretaria de Servidores das Superintendências Regionais de Ensino Abdon Geraldo Guimarães (Varginha) Luiz Carlos Silva da Cunha (Pouso Alegre) Marilde Rodrigues Campos (Almenara) Sidilúcio Ribeiro Senra (Leopoldina) Departamento de Formação Pedagógica e Sindical Feliciana Alves do Vale Saldanha coordenadora (Ipatinga) José Luiz Rodrigues (Betim) Mônica Maria de Souza (Belo Horizonte) Departamento de Políticas Sociais Geraldo Miguel de Souza - coordenador (Belo Horizonte - licenciado) Florismundo de Mello (SEDESE) Jonas William Pereira da Costa (Belo Horizonte) Departamento Jurídico Lecioni Pereira Pinto – coordenadora (Capinópolis) Idalina Franco de Oliveira (Belo Horizonte) Departamento de Comunicação e Cultura Paulo Henrique Santos Fonseca – coordenador (Contagem) Ronaldo Geraldo de Morais (Ribeirão das Neves) Diretores Regionais Alexandre Flausino da Silva (Alfenas) Cássio Hideo Diniz Hiro (Caxambu) Célia de Lima Carvalho (Conselheiro Lafaiete) Elaine Cristina Ribeiro (Uberlândia) Ellida Roberta Silva (Frutal) Elsir Prado da Silva (Itabira) José Antônio de Paiva Marcos (Jaíba) José Antônio Martins Vieira (Itaobim) Manoel Rosalvo Pereira (Nanuque) Maria Alice Pereira Rocha (Buritizeiro) Maria Aparecida Nascimento (Diamantina) Maria da Conceição Monteiro de Castro (Coronel Fabriciano) Maria da Conceição Silva (Itacarambi) Maria Mirtes de Paula (Unaí) Mary Suely Santos Pinheiro Damasceno (Jordânia) Múcio Alberto Cordeiro Alves (Turmalina) Paulo Gustavo Grossi da Silva (Viçosa) Rafael Junior Toledo de Lima (Governador Valadares) Raquel de Queiroz Cardoso (Monte Carmelo) Rita de Cássia Silva de Figuiredo (João Monlevade) Ronaldo Amélio Ferreira (Uberlândia) Sandra Lúcia Couto Bittencourt (Muriaé) Sidnei Marquesi (Ituiutaba) Valdir Tiago Dias (Espinosa) Vauvenargues Lopes (Perdões) Welshman Gustavo Pinheiro (Itaúna - licenciado) Zaílde Figueiredo Santos (Teófilo Otoni) Expediente Direção Estadual do Sind-UTE/MG Gestão 2012/2015
  • 16. 16 CampanhaSalarialEducacional2014 - Pauta de Reivindicações 2014PAUTA DE REIVINDICAÇÕES Fev./2014 FILIADO À