SlideShare uma empresa Scribd logo
PERÍODO COMPOSTO
orações subordinadas substantivas
Manoel Neves
SUBJETIVAS
período composto: orações subordinadas substantivas
o	
  verbo	
  da	
  OP	
  está	
  na	
  3ª.	
  do	
  singular	
  sem	
  sujeito	
  aparente	
  
Parece	
  que	
  vai	
  chover.	
  
É	
  preciso	
  que	
  chova.	
  
Convém	
  que	
  chova.	
  
OBJETIVAS DIRETAS
período composto: orações subordinadas substantivas
completam	
  o	
  VTD	
  [objeto	
  direto	
  oracional]	
  
Espero	
  que	
  você	
  aprenda	
  português.	
  
Hortênsia	
  julga	
  que	
  tem	
  o	
  rei	
  na	
  barriga.	
  
Isso	
  demonstra	
  que	
  a	
  boa	
  vontade	
  é	
  necessária.	
  
OBJETIVAS INDIRETAS
período composto: orações subordinadas substantivas
completam	
  o	
  VTI	
  [objeto	
  indireto	
  oracional]	
  
Avisei-­‐o	
  de	
  que	
  o	
  eclipse	
  acontecerá	
  amanhã.	
  
Necessito	
  de	
  que	
  faça	
  os	
  exercícios.	
  
Não	
  gosto	
  que	
  você	
  saia	
  à	
  noite.	
  

Recomendado para você

7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito
7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito
7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito

O documento discute os conceitos de período, sujeito e predicado na gramática. Define período como conjunto de orações com sentido autônomo, podendo ser simples ou composto. Explica que o período composto pode ser de coordenação ou subordinação. Por fim, descreve os tipos de sujeito: determinado, indeterminado e inexistente.

Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações CoordenadasGramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas

O documento discute três tópicos gramaticais: 1) Complemento nominal, que completa o sentido de substantivos, adjetivos ou advérbios através de preposições; 2) Adjunto adnominal, que modifica substantivos com artigos, adjetivos ou numerais; 3) Orações coordenadas assindéticas e sindéticas, onde as últimas são ligadas por conjunções e classificadas em aditivas, adversativas, alternativas, conclusivas e explicativas.

Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas

Este documento discute as diferentes funções que as orações subordinadas substantivas podem desempenhar em relação à oração principal. Ele explica que as orações subordinadas substantivas podem funcionar como sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo do sujeito, complemento nominal ou aposto. Para cada função, o documento fornece exemplos e detalha como a oração subordinada se liga à principal.

COMPLETIVAS NOMINAIS
período composto: orações subordinadas substantivas
completam	
  o	
  um	
  nome	
  de	
  valor	
  relaHvo	
  [complemento	
  nominal	
  oracional]	
  
Tenho	
  necessidade	
  de	
  que	
  me	
  devolva	
  o	
  lápis.	
  
O	
  sorriso	
  era	
  sinal	
  de	
  que	
  aprendera	
  a	
  lição.	
  
Adriana	
  teve	
  vontade	
  de	
  ir	
  embora.	
  
PREDICATIVAS
período composto: orações subordinadas substantivas
aparecem	
  depois	
  de	
  verbo	
  de	
  sujeito	
  +	
  ligação	
  [sujeito	
  +	
  VL	
  +	
  oração	
  predicaJva]	
  
Minha	
  vontade	
  é	
  que	
  você	
  aprenda	
  português.	
  
O	
  fato	
  foi	
  que	
  o	
  preço	
  dos	
  automóveis	
  aumentou.	
  
O	
  melhor	
  remédio	
  era	
  esperar	
  o	
  médico.	
  
APOSITIVAS
período composto: orações subordinadas substantivas
aparecem	
  depois	
  de	
  dois	
  pontos	
  e	
  se	
  referem	
  a	
  termo	
  substanHvo	
  anteposto	
  
Quero	
  somente	
  isto:	
  aprenda	
  português.	
  
Só	
  sabemos	
  uma	
  coisa:	
  que	
  nada	
  sabemos.	
  
Quero	
  somente	
  isto:	
  que	
  você	
  aprenda	
  português.	
  
EXERCÍCIOS
período composto: orações subordinadas substantivas
É	
  necessário	
  que	
  venhas	
  urgentemente.	
  
Tinha	
  um	
  desejo:	
  conhecer	
  o	
  topo	
  da	
  Ibituruna.	
  
O	
  silvícola	
  desejava	
  conhecer	
  o	
  topo	
  da	
  Ibituruna.	
  
O	
  bom	
  era	
  que	
  iria	
  explicar	
  o	
  período	
  composto.	
  
Não	
  sei	
  se	
  o	
  padre	
  Bernardo	
  concordará	
  comigo.	
  
Ele	
  tem	
  a	
  mania	
  de	
  que	
  alho	
  faz	
  bem	
  à	
  saúde.	
  
Sabemos	
  uma	
  coisa:	
  que	
  a	
  moral	
  é	
  necessária.	
  
Quem	
  fez	
  a	
  prova	
  a	
  lápis	
  Jrou	
  zero.	
  
Andréia	
  não	
  sabia	
  no	
  que	
  acreditar.	
  
Não	
  me	
  esqueço	
  de	
  que	
  Fabrício	
  estudou	
  muito.	
  
É	
  inegável	
  que	
  Valsivaldo	
  chegou	
  cedo.	
  
Teu	
  oUcio	
  é	
  alegrar	
  as	
  crianças.	
  
Anunciaram	
  isto:	
  que	
  parHrias.	
  

Recomendado para você

Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal

1) O documento discute o complemento nominal, que completa o sentido de um nome como um substantivo, adjetivo ou advérbio. 2) Exemplos mostram complementos nominais de substantivos, adjetivos e advérbios. 3) O complemento nominal representa o recebedor ou alvo expresso por um nome e é regido pelas mesmas preposições do objeto indireto.

Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo

O documento discute termos gramaticais como: 1) Termos ligados ao verbo, como verbos transitivos diretos e indiretos; 2) Termos ligados ao nome, como complemento nominal e adjunto adnominal; 3) Outros termos como aposto, vocativo e adjunto adverbial.

sintaxe; aposto; vocativo
Período composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - IntroduçãoPeríodo composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - Introdução

Este documento discute os tipos de períodos e orações. Apresenta períodos simples e compostos, com estas últimas podendo ser compostas por coordenação ou subordinação. As orações subordinadas são classificadas em substantivas, adjetivas e adverbiais. Finalmente, discute orações reduzidas de gerúndio, particípio e infinitivo.

EXERCÍCIOS
período composto: orações subordinadas substantivas
É	
  necessário	
  que	
  venhas	
  urgentemente.	
  
Tinha	
  um	
  desejo:	
  conhecer	
  o	
  topo	
  da	
  Ibituruna.	
  
O	
  silvícola	
  desejava	
  conhecer	
  o	
  topo	
  da	
  Ibituruna.	
  
O	
  bom	
  era	
  que	
  iria	
  explicar	
  o	
  período	
  composto.	
  
Não	
  sei	
  se	
  o	
  padre	
  Bernardo	
  concordará	
  comigo.	
  
Ele	
  tem	
  a	
  mania	
  de	
  que	
  alho	
  faz	
  bem	
  à	
  saúde.	
  
Sabemos	
  uma	
  coisa:	
  que	
  a	
  moral	
  é	
  necessária.	
  
Quem	
  fez	
  a	
  prova	
  a	
  lápis	
  Jrou	
  zero.	
  
Andréia	
  não	
  sabia	
  no	
  que	
  acreditar.	
  
Não	
  me	
  esqueço	
  de	
  que	
  Fabrício	
  estudou	
  muito.	
  
É	
  inegável	
  que	
  Valsivaldo	
  chegou	
  cedo.	
  
Teu	
  oUcio	
  é	
  alegrar	
  as	
  crianças.	
  
Anunciaram	
  isto:	
  que	
  parHrias.	
  
subjetiva
apositiva
objetiva direta
predicativa
objetiva direta
completiva nominal
apositiva
subjetiva
objetiva direta
objetiva indireta
subjetiva
predicativa
apositiva

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pronomes relativos
Pronomes relativosPronomes relativos
Pronomes relativos
ma.no.el.ne.ves
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
Vivian gusm?
 
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
Angélica Manenti
 
7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito
7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito
7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito
Angélica Manenti
 
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações CoordenadasGramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Faell Vasconcelos
 
Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas
Carolina Loçasso Pereira
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
Stephany Brandão
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
Luciane
 
Período composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - IntroduçãoPeríodo composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - Introdução
NAPNE
 
Transitividade verbal objet direto e objeto indireto
Transitividade verbal objet direto e objeto indiretoTransitividade verbal objet direto e objeto indireto
Transitividade verbal objet direto e objeto indireto
mfmpafatima
 
Períodos simples e composto
Períodos simples e compostoPeríodos simples e composto
Períodos simples e composto
Christiane Queiroz
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
Márcia De Bianci
 
Orações subordinadas Substantivas e Adjetivas
Orações subordinadas Substantivas e AdjetivasOrações subordinadas Substantivas e Adjetivas
Orações subordinadas Substantivas e Adjetivas
DealdyPony
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Elaine Teixeira
 
Lista de exercícios de Inglês (Simple Present)
Lista de exercícios de Inglês (Simple Present)Lista de exercícios de Inglês (Simple Present)
Lista de exercícios de Inglês (Simple Present)
Paula Meyer Piagentini
 
Predicados e-termos-da-oracao1
Predicados e-termos-da-oracao1Predicados e-termos-da-oracao1
Predicados e-termos-da-oracao1
Flávio Ferreira
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
ma.no.el.ne.ves
 
Oração subordinada adverbial
Oração subordinada adverbialOração subordinada adverbial
Oração subordinada adverbial
Gabi Dirceu
 
Predicados e predicativos
Predicados e predicativosPredicados e predicativos
Predicados e predicativos
Edson Alves
 
Preposição 6ºano
Preposição 6ºanoPreposição 6ºano
Preposição 6ºano
Flavia Barretto Corrêa Catita
 

Mais procurados (20)

Pronomes relativos
Pronomes relativosPronomes relativos
Pronomes relativos
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
 
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal8º ano E. F. II - Transitividade verbal
8º ano E. F. II - Transitividade verbal
 
7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito
7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito
7º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Tipos de Sujeito
 
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações CoordenadasGramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
 
Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 
Período composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - IntroduçãoPeríodo composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - Introdução
 
Transitividade verbal objet direto e objeto indireto
Transitividade verbal objet direto e objeto indiretoTransitividade verbal objet direto e objeto indireto
Transitividade verbal objet direto e objeto indireto
 
Períodos simples e composto
Períodos simples e compostoPeríodos simples e composto
Períodos simples e composto
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
 
Orações subordinadas Substantivas e Adjetivas
Orações subordinadas Substantivas e AdjetivasOrações subordinadas Substantivas e Adjetivas
Orações subordinadas Substantivas e Adjetivas
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Lista de exercícios de Inglês (Simple Present)
Lista de exercícios de Inglês (Simple Present)Lista de exercícios de Inglês (Simple Present)
Lista de exercícios de Inglês (Simple Present)
 
Predicados e-termos-da-oracao1
Predicados e-termos-da-oracao1Predicados e-termos-da-oracao1
Predicados e-termos-da-oracao1
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Oração subordinada adverbial
Oração subordinada adverbialOração subordinada adverbial
Oração subordinada adverbial
 
Predicados e predicativos
Predicados e predicativosPredicados e predicativos
Predicados e predicativos
 
Preposição 6ºano
Preposição 6ºanoPreposição 6ºano
Preposição 6ºano
 

Destaque

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVASORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
Angela Santos
 
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
guest93d9a1
 
Auto_Barca_Inferno_Alcoviteira
Auto_Barca_Inferno_AlcoviteiraAuto_Barca_Inferno_Alcoviteira
Auto_Barca_Inferno_Alcoviteira
sin3stesia
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
Blog Estudo
 
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil VicenteAuto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Lurdes Augusto
 
Slides orações subordinadas substantivas
Slides orações subordinadas substantivasSlides orações subordinadas substantivas
Slides orações subordinadas substantivas
Pedro Henrique
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
Delfina Vernuccio
 

Destaque (7)

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVASORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
 
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
 
Auto_Barca_Inferno_Alcoviteira
Auto_Barca_Inferno_AlcoviteiraAuto_Barca_Inferno_Alcoviteira
Auto_Barca_Inferno_Alcoviteira
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
 
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil VicenteAuto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
 
Slides orações subordinadas substantivas
Slides orações subordinadas substantivasSlides orações subordinadas substantivas
Slides orações subordinadas substantivas
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
 

Mais de ma.no.el.ne.ves

Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: LiteraturaSegunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasSegunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasSegunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação FísicaSegunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualSegunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisSegunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: ArtesSegunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: LiteraturaENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: Literatura
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e TecnologiasENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos GramaticaisENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação FísicaENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação Física
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão TextualENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão Textual
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Artes
ENEM-2019: ArtesENEM-2019: Artes
ENEM-2019: Artes
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e InternetTerceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: LiteraturaTerceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação FísicaTerceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão TextualTerceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: ArtesTerceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
ma.no.el.ne.ves
 
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
ma.no.el.ne.ves
 

Mais de ma.no.el.ne.ves (20)

Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: LiteraturaSegunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasSegunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasSegunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação FísicaSegunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualSegunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisSegunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: ArtesSegunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
 
ENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: LiteraturaENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: Literatura
 
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e TecnologiasENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
 
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos GramaticaisENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
 
ENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação FísicaENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação Física
 
ENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão TextualENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão Textual
 
ENEM-2019: Artes
ENEM-2019: ArtesENEM-2019: Artes
ENEM-2019: Artes
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e InternetTerceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: LiteraturaTerceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação FísicaTerceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão TextualTerceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: ArtesTerceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
 
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
 

Último

A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
Faga1939
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
Daniel273024
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 

Último (20)

A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
 

Orações subordinadas substantivas

  • 1. PERÍODO COMPOSTO orações subordinadas substantivas Manoel Neves
  • 2. SUBJETIVAS período composto: orações subordinadas substantivas o  verbo  da  OP  está  na  3ª.  do  singular  sem  sujeito  aparente   Parece  que  vai  chover.   É  preciso  que  chova.   Convém  que  chova.  
  • 3. OBJETIVAS DIRETAS período composto: orações subordinadas substantivas completam  o  VTD  [objeto  direto  oracional]   Espero  que  você  aprenda  português.   Hortênsia  julga  que  tem  o  rei  na  barriga.   Isso  demonstra  que  a  boa  vontade  é  necessária.  
  • 4. OBJETIVAS INDIRETAS período composto: orações subordinadas substantivas completam  o  VTI  [objeto  indireto  oracional]   Avisei-­‐o  de  que  o  eclipse  acontecerá  amanhã.   Necessito  de  que  faça  os  exercícios.   Não  gosto  que  você  saia  à  noite.  
  • 5. COMPLETIVAS NOMINAIS período composto: orações subordinadas substantivas completam  o  um  nome  de  valor  relaHvo  [complemento  nominal  oracional]   Tenho  necessidade  de  que  me  devolva  o  lápis.   O  sorriso  era  sinal  de  que  aprendera  a  lição.   Adriana  teve  vontade  de  ir  embora.  
  • 6. PREDICATIVAS período composto: orações subordinadas substantivas aparecem  depois  de  verbo  de  sujeito  +  ligação  [sujeito  +  VL  +  oração  predicaJva]   Minha  vontade  é  que  você  aprenda  português.   O  fato  foi  que  o  preço  dos  automóveis  aumentou.   O  melhor  remédio  era  esperar  o  médico.  
  • 7. APOSITIVAS período composto: orações subordinadas substantivas aparecem  depois  de  dois  pontos  e  se  referem  a  termo  substanHvo  anteposto   Quero  somente  isto:  aprenda  português.   Só  sabemos  uma  coisa:  que  nada  sabemos.   Quero  somente  isto:  que  você  aprenda  português.  
  • 8. EXERCÍCIOS período composto: orações subordinadas substantivas É  necessário  que  venhas  urgentemente.   Tinha  um  desejo:  conhecer  o  topo  da  Ibituruna.   O  silvícola  desejava  conhecer  o  topo  da  Ibituruna.   O  bom  era  que  iria  explicar  o  período  composto.   Não  sei  se  o  padre  Bernardo  concordará  comigo.   Ele  tem  a  mania  de  que  alho  faz  bem  à  saúde.   Sabemos  uma  coisa:  que  a  moral  é  necessária.   Quem  fez  a  prova  a  lápis  Jrou  zero.   Andréia  não  sabia  no  que  acreditar.   Não  me  esqueço  de  que  Fabrício  estudou  muito.   É  inegável  que  Valsivaldo  chegou  cedo.   Teu  oUcio  é  alegrar  as  crianças.   Anunciaram  isto:  que  parHrias.  
  • 9. EXERCÍCIOS período composto: orações subordinadas substantivas É  necessário  que  venhas  urgentemente.   Tinha  um  desejo:  conhecer  o  topo  da  Ibituruna.   O  silvícola  desejava  conhecer  o  topo  da  Ibituruna.   O  bom  era  que  iria  explicar  o  período  composto.   Não  sei  se  o  padre  Bernardo  concordará  comigo.   Ele  tem  a  mania  de  que  alho  faz  bem  à  saúde.   Sabemos  uma  coisa:  que  a  moral  é  necessária.   Quem  fez  a  prova  a  lápis  Jrou  zero.   Andréia  não  sabia  no  que  acreditar.   Não  me  esqueço  de  que  Fabrício  estudou  muito.   É  inegável  que  Valsivaldo  chegou  cedo.   Teu  oUcio  é  alegrar  as  crianças.   Anunciaram  isto:  que  parHrias.   subjetiva apositiva objetiva direta predicativa objetiva direta completiva nominal apositiva subjetiva objetiva direta objetiva indireta subjetiva predicativa apositiva