SlideShare uma empresa Scribd logo
DISCENTES : MARIANA SILVA / RUI PESSOADISCENTES : MARIANA SILVA / RUI PESSOA
ORIENTADOR: PROFº INOCÊNCIOORIENTADOR: PROFº INOCÊNCIO
RESPONSABILIDADE CIVIL DA OFICINA DE
AUTOMÓVEL
O QUE É RESPONSABILIDADE
CIVIL?
Obrigação que uma pessoa tem de assumir,
por determinação legal, as conseqüências
jurídicas advindas dos seus atos. Pode ser
oriunda de negócio jurídico, de ato ilícito ou
de lei. Na responsabilidade civil o direito
lesado tem natureza patrimonial e deve ser
indenizado
RESPONSABILIDADE CIVIL
Surge em função do descumprimento obrigacional, pela
desobediência de regra contratual – ou por deixar alguém de
observar um preceito normativo que regula a vida.
RESPONSABILIDADE CIVIL OBJETIVA
TEORIA DO RISCO
RESPONSABILIDADE CIVIL DA
OFICINA
ART. 927 do CC
Da Obrigação de indenizar
“ Aquele que, por ato ilícito ( arts. 186 e 187), causar dano a
outrem, fica obrigado a repará-lo
● Art. 186 “ Aquele que, por ação ou omissão voluntária,
negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a
outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito”;
● Art. 187 “ Também comete ato ilícito o titular de um direito
que, ao exercê-lo, excede manifestamente os limites impostos
pelos bons costumes”;
●§ Único do art. 927 “ Haverá obrigação de reparar o dano,
independentemente de culpa, nos casos especificados em lei, ou
quando a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano
implicar, por sua natureza, risco para os direitos de outrem”.
DE QUEM SERÁ A PROVA DO ELEMENTO
CULPA?
Desse modo, para que o agente indenize o
prejudicado será necessária a prova do elemento culpa,
ou seja, ônus que cabe, regra geral, ao autor da
demanda, pelo que prevê o artigo 333, inciso I, do
Código de Processo Civil.
● Art. 333 CPC ► O ônus da prova incube: I - ao autor, quanto
ao fato constitutivo do seu direito
Portanto o art.927, “caput”, traz primeiro a
responsabilidade com culpa, estando a
responsabilização objetiva prevista em seu parágrafo
único.
RESPONSABILIDADE DE QUEM TEM A GUARDA
● Esta modalidade civil mantém uma conexão com
o instituto da guarda, pois a mesma traduz a idéia
de poder de vigilância, direção e controle, daí
nascendo o dever de obstar a que o bem, sob
custódia, produza danos em relação a estranhos
● Enfatiza-se o art. 932, III e o 933 do CC, que
expõe a responsabilidade indireta que é objetiva,
isto é quem responde não é necessariamente
aquele que produziu o ato, mas sim um terceiro,
dependendo da relação jurídica que se tenha.
RESPONSABILIDADE CONTRATUAL
 O proprietário que entrega o veículo a uma oficina
mecânica, para reparos, transfere ao dono desta a
guarda e a obrigação de por ele zelar, e de
restituí-lo quando solicitado.
Dessa relação origina-se um CONTRATO de
depósito, do qual decorre a responsabilidade do
estabelecimento por danos sofridos pelo veículo,
especialmente os decorrentes de sua
movimentação pelos mecânicos e prepostos.
RESPONDEM OS DONOS DE OFICINA:
 Pelos danos causados, por eles ou por seus
prepostos, a terceiros;
 Pelo desaparecimento dos veículos, se não
provarem a “ culpa exclusiva do consumidor ou
terceiro.” ( art. 14, 3º, do CDC).
 JURISPRUDÊNCIA STJ - Veículo que, entregue à
oficina para pintura, vem a trafegar, causando
acidente de trânsito.
 Responsabilidade do proprietário da oficina
pelos danos decorrentes, e não do dono do
veículo". (REsp n° 94.222/SP. Terceira Turma.
Relator: Ministro Ari Pargendler. Decisão em
09/12/1999. DJ: 07/02/2000, pág.: 151).
CASO QUE AFASTA O DEVER DO PROPRIETÁRIO
DA OFICINA:
 “ Entrega de veículo a oficina mecânica para
simples confecção de orçamento--- Roubo, á
mão armada, do automóvel. Evento
equiparado á força maior.”
TJSP - Apelação Com Revisão: CR 925438005
SP
Responsabilidade Civil. Acidente de Trânsito.
Falta de comprovação dos elementos
caracterizadores da responsabilidade civil.
Indenização afastada. Se o autor não comprova os
fatos constitutivos de seu direito, os quais, na
indenização por responsabilidade civil, consistem
na conduta ilícita, dano e nexo de causalidade
entre a conduta e o dano, o pedido deve ser
julgado improcedente. Apelo improvido.
JURISPRUDÊNCIA TJ MG
EMENTA: AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS.
LEGITIMIDADE ATIVA. SEGURADORA. VEÍCULO DEIXADO
EM OFICINA MECÂNICA. SINISTRO. RESPONSABILIDADE
DO PROPRIETÁRIO AFASTADA. Nas ações de ressarcimento
de danos materiais, detém legitimidade ativa aquele que
efetivamente arcou com os prejuízos advindos do sinistro
automobilístico causado por outrem, e que busca o
restabelecimento de seu equilíbrio patrimonial, em face do
verdadeiro causador do dano.
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Responsabilidade civil elementos
Responsabilidade civil elementos  Responsabilidade civil elementos
Responsabilidade civil elementos
direitocivil3unicap
 
Responsabilidade civil do Estado
Responsabilidade civil do EstadoResponsabilidade civil do Estado
Responsabilidade civil do Estado
Gesiel Oliveira
 
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
Dimensson Costa Santos
 
Responsabilidade Civil Extracontratual
Responsabilidade Civil ExtracontratualResponsabilidade Civil Extracontratual
Responsabilidade Civil Extracontratual
Junior Ozono
 
Responsabilidade Civil x Responsabilidade Penal
Responsabilidade Civil x Responsabilidade PenalResponsabilidade Civil x Responsabilidade Penal
Responsabilidade Civil x Responsabilidade Penal
meuadvogado
 
Faculdade de filosofia e ciências humanas de goiatuba
Faculdade de filosofia e ciências humanas de goiatubaFaculdade de filosofia e ciências humanas de goiatuba
Faculdade de filosofia e ciências humanas de goiatuba
Mireile Clarinda
 
Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,
Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,
Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,
Dimensson Costa Santos
 
Oab seminario principais acoes civeis - 110129 - palestra 3
Oab   seminario principais acoes civeis - 110129 - palestra 3Oab   seminario principais acoes civeis - 110129 - palestra 3
Oab seminario principais acoes civeis - 110129 - palestra 3
Pedro Kurbhi
 
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade CivilRosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
Jordano Santos Cerqueira
 
Engenharia pericia
Engenharia periciaEngenharia pericia
Engenharia pericia
Wallace Stanford
 
Conceito de responsabilidade e responsabilidade civil subjetiva na atividade ...
Conceito de responsabilidade e responsabilidade civil subjetiva na atividade ...Conceito de responsabilidade e responsabilidade civil subjetiva na atividade ...
Conceito de responsabilidade e responsabilidade civil subjetiva na atividade ...
Tuani Ayres Paulo
 
Noções Introdutórias de Responsabilidade Civil
Noções Introdutórias de Responsabilidade CivilNoções Introdutórias de Responsabilidade Civil
Noções Introdutórias de Responsabilidade Civil
Junior Ozono
 
Crimes funcionais
Crimes funcionaisCrimes funcionais
Crimes funcionais
Yara Souto Maior
 
Responsabilidade Diversas E As Leis Da FíSica
Responsabilidade Diversas E As Leis Da FíSicaResponsabilidade Diversas E As Leis Da FíSica
Responsabilidade Diversas E As Leis Da FíSica
Cristiane Conti
 
Contrato de Prestação de Serviços - DIREITO CIVIL
Contrato de Prestação de Serviços - DIREITO CIVILContrato de Prestação de Serviços - DIREITO CIVIL
Contrato de Prestação de Serviços - DIREITO CIVIL
brigidoh
 
Responsabilidade Civil
Responsabilidade CivilResponsabilidade Civil
Responsabilidade Civil
João Paulo Costa Melo
 
TST - Contrato administrativo entre ente público e servidor temporário - Inco...
TST - Contrato administrativo entre ente público e servidor temporário - Inco...TST - Contrato administrativo entre ente público e servidor temporário - Inco...
TST - Contrato administrativo entre ente público e servidor temporário - Inco...
Luiz F T Siqueira
 
Advogado 1
Advogado 1Advogado 1
Advogado 1
bola33
 
Contrato - Segurança do trabalho
Contrato - Segurança do trabalhoContrato - Segurança do trabalho
Contrato - Segurança do trabalho
Anabel Aguiar
 

Mais procurados (19)

Responsabilidade civil elementos
Responsabilidade civil elementos  Responsabilidade civil elementos
Responsabilidade civil elementos
 
Responsabilidade civil do Estado
Responsabilidade civil do EstadoResponsabilidade civil do Estado
Responsabilidade civil do Estado
 
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
 
Responsabilidade Civil Extracontratual
Responsabilidade Civil ExtracontratualResponsabilidade Civil Extracontratual
Responsabilidade Civil Extracontratual
 
Responsabilidade Civil x Responsabilidade Penal
Responsabilidade Civil x Responsabilidade PenalResponsabilidade Civil x Responsabilidade Penal
Responsabilidade Civil x Responsabilidade Penal
 
Faculdade de filosofia e ciências humanas de goiatuba
Faculdade de filosofia e ciências humanas de goiatubaFaculdade de filosofia e ciências humanas de goiatuba
Faculdade de filosofia e ciências humanas de goiatuba
 
Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,
Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,
Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,
 
Oab seminario principais acoes civeis - 110129 - palestra 3
Oab   seminario principais acoes civeis - 110129 - palestra 3Oab   seminario principais acoes civeis - 110129 - palestra 3
Oab seminario principais acoes civeis - 110129 - palestra 3
 
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade CivilRosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
 
Engenharia pericia
Engenharia periciaEngenharia pericia
Engenharia pericia
 
Conceito de responsabilidade e responsabilidade civil subjetiva na atividade ...
Conceito de responsabilidade e responsabilidade civil subjetiva na atividade ...Conceito de responsabilidade e responsabilidade civil subjetiva na atividade ...
Conceito de responsabilidade e responsabilidade civil subjetiva na atividade ...
 
Noções Introdutórias de Responsabilidade Civil
Noções Introdutórias de Responsabilidade CivilNoções Introdutórias de Responsabilidade Civil
Noções Introdutórias de Responsabilidade Civil
 
Crimes funcionais
Crimes funcionaisCrimes funcionais
Crimes funcionais
 
Responsabilidade Diversas E As Leis Da FíSica
Responsabilidade Diversas E As Leis Da FíSicaResponsabilidade Diversas E As Leis Da FíSica
Responsabilidade Diversas E As Leis Da FíSica
 
Contrato de Prestação de Serviços - DIREITO CIVIL
Contrato de Prestação de Serviços - DIREITO CIVILContrato de Prestação de Serviços - DIREITO CIVIL
Contrato de Prestação de Serviços - DIREITO CIVIL
 
Responsabilidade Civil
Responsabilidade CivilResponsabilidade Civil
Responsabilidade Civil
 
TST - Contrato administrativo entre ente público e servidor temporário - Inco...
TST - Contrato administrativo entre ente público e servidor temporário - Inco...TST - Contrato administrativo entre ente público e servidor temporário - Inco...
TST - Contrato administrativo entre ente público e servidor temporário - Inco...
 
Advogado 1
Advogado 1Advogado 1
Advogado 1
 
Contrato - Segurança do trabalho
Contrato - Segurança do trabalhoContrato - Segurança do trabalho
Contrato - Segurança do trabalho
 

Destaque

Oficinas mecanicas
Oficinas mecanicasOficinas mecanicas
Oficinas mecanicas
Luis Araujo
 
Plano de Segurança do Trabalho em Oficinas Mecânicas de Veículos Pesados
Plano de Segurança do Trabalho em Oficinas Mecânicas de Veículos PesadosPlano de Segurança do Trabalho em Oficinas Mecânicas de Veículos Pesados
Plano de Segurança do Trabalho em Oficinas Mecânicas de Veículos Pesados
Jonas Abilio Sestrem Jr
 
Oficina mecânica - Ferramentas de bancada e manuais
Oficina mecânica - Ferramentas de bancada e manuaisOficina mecânica - Ferramentas de bancada e manuais
Oficina mecânica - Ferramentas de bancada e manuais
Lacerda Lacerda
 
2 prevenção oficina mecanica - riscos
2   prevenção oficina mecanica - riscos2   prevenção oficina mecanica - riscos
2 prevenção oficina mecanica - riscos
Automotivoliberato
 
Ferramentas Manuais
Ferramentas ManuaisFerramentas Manuais
Ferramentas Manuais
Anderson Pontes
 
Apresentação0 ferramentas manuais
Apresentação0 ferramentas manuaisApresentação0 ferramentas manuais
Apresentação0 ferramentas manuais
Wellen Bastos
 
Higiene e limpeza na mecânica automotiva
Higiene e limpeza na mecânica automotivaHigiene e limpeza na mecânica automotiva
Higiene e limpeza na mecânica automotiva
Jaime Alves
 
Ferramentas Manuais
Ferramentas ManuaisFerramentas Manuais
Ferramentas Manuais
Paula Barroca
 
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Erick Luiz Coutinho dos Santos
 
1 prevenção oficina mecânica - epi
1   prevenção oficina mecânica - epi1   prevenção oficina mecânica - epi
1 prevenção oficina mecânica - epi
Automotivoliberato
 
Aula 6 riscos mecânicos-acidentes 13.05.2011
Aula 6 riscos mecânicos-acidentes 13.05.2011Aula 6 riscos mecânicos-acidentes 13.05.2011
Aula 6 riscos mecânicos-acidentes 13.05.2011
danielserpa
 
ferramentas3
ferramentas3ferramentas3
Treinamento proteções de maquinas
Treinamento proteções de maquinasTreinamento proteções de maquinas
Treinamento proteções de maquinas
Flaviano Rodrigues
 
Retribuição emocional, pessoas e Sustentabilidade
Retribuição emocional, pessoas e SustentabilidadeRetribuição emocional, pessoas e Sustentabilidade
Retribuição emocional, pessoas e Sustentabilidade
TheBridgeGlobal
 
Pares craneales
Pares craneales Pares craneales
Pares craneales
luis gerardo
 
Oficina de BMG
Oficina de BMGOficina de BMG
Oficina de BMG
Thomas Buck
 
Icar Assistência - Plano de Marketing
Icar Assistência - Plano de MarketingIcar Assistência - Plano de Marketing
Icar Assistência - Plano de Marketing
Nathalia Diniz
 
Centro técnico automotivo checar2
Centro técnico automotivo checar2Centro técnico automotivo checar2
Centro técnico automotivo checar2
Ederson Simionato
 
Sysmech
SysmechSysmech
MegaDealer - Portfólio de soluções para o segmento automotivo
MegaDealer - Portfólio de soluções para o segmento automotivoMegaDealer - Portfólio de soluções para o segmento automotivo
MegaDealer - Portfólio de soluções para o segmento automotivo
Nilson Caldeira
 

Destaque (20)

Oficinas mecanicas
Oficinas mecanicasOficinas mecanicas
Oficinas mecanicas
 
Plano de Segurança do Trabalho em Oficinas Mecânicas de Veículos Pesados
Plano de Segurança do Trabalho em Oficinas Mecânicas de Veículos PesadosPlano de Segurança do Trabalho em Oficinas Mecânicas de Veículos Pesados
Plano de Segurança do Trabalho em Oficinas Mecânicas de Veículos Pesados
 
Oficina mecânica - Ferramentas de bancada e manuais
Oficina mecânica - Ferramentas de bancada e manuaisOficina mecânica - Ferramentas de bancada e manuais
Oficina mecânica - Ferramentas de bancada e manuais
 
2 prevenção oficina mecanica - riscos
2   prevenção oficina mecanica - riscos2   prevenção oficina mecanica - riscos
2 prevenção oficina mecanica - riscos
 
Ferramentas Manuais
Ferramentas ManuaisFerramentas Manuais
Ferramentas Manuais
 
Apresentação0 ferramentas manuais
Apresentação0 ferramentas manuaisApresentação0 ferramentas manuais
Apresentação0 ferramentas manuais
 
Higiene e limpeza na mecânica automotiva
Higiene e limpeza na mecânica automotivaHigiene e limpeza na mecânica automotiva
Higiene e limpeza na mecânica automotiva
 
Ferramentas Manuais
Ferramentas ManuaisFerramentas Manuais
Ferramentas Manuais
 
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
 
1 prevenção oficina mecânica - epi
1   prevenção oficina mecânica - epi1   prevenção oficina mecânica - epi
1 prevenção oficina mecânica - epi
 
Aula 6 riscos mecânicos-acidentes 13.05.2011
Aula 6 riscos mecânicos-acidentes 13.05.2011Aula 6 riscos mecânicos-acidentes 13.05.2011
Aula 6 riscos mecânicos-acidentes 13.05.2011
 
ferramentas3
ferramentas3ferramentas3
ferramentas3
 
Treinamento proteções de maquinas
Treinamento proteções de maquinasTreinamento proteções de maquinas
Treinamento proteções de maquinas
 
Retribuição emocional, pessoas e Sustentabilidade
Retribuição emocional, pessoas e SustentabilidadeRetribuição emocional, pessoas e Sustentabilidade
Retribuição emocional, pessoas e Sustentabilidade
 
Pares craneales
Pares craneales Pares craneales
Pares craneales
 
Oficina de BMG
Oficina de BMGOficina de BMG
Oficina de BMG
 
Icar Assistência - Plano de Marketing
Icar Assistência - Plano de MarketingIcar Assistência - Plano de Marketing
Icar Assistência - Plano de Marketing
 
Centro técnico automotivo checar2
Centro técnico automotivo checar2Centro técnico automotivo checar2
Centro técnico automotivo checar2
 
Sysmech
SysmechSysmech
Sysmech
 
MegaDealer - Portfólio de soluções para o segmento automotivo
MegaDealer - Portfólio de soluções para o segmento automotivoMegaDealer - Portfólio de soluções para o segmento automotivo
MegaDealer - Portfólio de soluções para o segmento automotivo
 

Semelhante a Oficina mecanica

oficinamecanica-101108153633-phpapp01.ppt
oficinamecanica-101108153633-phpapp01.pptoficinamecanica-101108153633-phpapp01.ppt
oficinamecanica-101108153633-phpapp01.ppt
TerezinhaAmorim7
 
Responsabilidade Civil Extracontratual
Responsabilidade Civil ExtracontratualResponsabilidade Civil Extracontratual
Responsabilidade Civil Extracontratual
Junior Ozono
 
Abuso de Direito
Abuso de DireitoAbuso de Direito
Abuso de Direito
Junior Ozono
 
Oab coordenadoria de processo civil - responsabilidade civil 101009
Oab   coordenadoria de processo civil - responsabilidade civil 101009Oab   coordenadoria de processo civil - responsabilidade civil 101009
Oab coordenadoria de processo civil - responsabilidade civil 101009
Pedro Kurbhi
 
Civil civil
Civil civilCivil civil
nr18_trein_responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18.ppt
nr18_trein_responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18.pptnr18_trein_responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18.ppt
nr18_trein_responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18.ppt
carlos silva Rotersan
 
Nr18 trein responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18
Nr18 trein responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18Nr18 trein responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18
Nr18 trein responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18
VeronicaFranaAlves
 
Mlr ma 11833
Mlr ma 11833Mlr ma 11833
Mlr ma 11833
Lurdes IPG monteiro
 
Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.
Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.
Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.
Dimensson Costa Santos
 
RESPONSABILIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS
RESPONSABILIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOSRESPONSABILIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS
RESPONSABILIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS
gestaopublicaonline
 
Revisao de direito_administrativo_2_para AV1
Revisao de direito_administrativo_2_para AV1 Revisao de direito_administrativo_2_para AV1
Revisao de direito_administrativo_2_para AV1
Esdras Arthur Lopes Pessoa
 
Pimwnta bueno
Pimwnta buenoPimwnta bueno
Pimwnta bueno
Esion Geber Almeida
 
Poder judiciário da união ruth
Poder judiciário da união ruthPoder judiciário da união ruth
Poder judiciário da união ruth
Esion Geber Almeida
 
Questões civil-resp civil
Questões civil-resp civilQuestões civil-resp civil
Questões civil-resp civil
luciana_salgueiro
 
Direito consumidor
Direito consumidorDireito consumidor
Direito consumidor
Evani Vieira Carneiro
 
Poder judiciário daniel
Poder judiciário danielPoder judiciário daniel
Poder judiciário daniel
Sintect RO
 
Direito Constitucional - Responsabilidade Civil
Direito Constitucional - Responsabilidade CivilDireito Constitucional - Responsabilidade Civil
Direito Constitucional - Responsabilidade Civil
Mentor Concursos
 
apresentaçao Prof luciane.pptx
apresentaçao Prof luciane.pptxapresentaçao Prof luciane.pptx
apresentaçao Prof luciane.pptx
EricaPatriciaRischtt1
 
Dir civil uni_2011_responsab_1
Dir civil uni_2011_responsab_1Dir civil uni_2011_responsab_1
Dir civil uni_2011_responsab_1
Deivid canto
 
Poder judiciário da união pimenta
Poder judiciário da união pimentaPoder judiciário da união pimenta
Poder judiciário da união pimenta
Esion Geber Almeida
 

Semelhante a Oficina mecanica (20)

oficinamecanica-101108153633-phpapp01.ppt
oficinamecanica-101108153633-phpapp01.pptoficinamecanica-101108153633-phpapp01.ppt
oficinamecanica-101108153633-phpapp01.ppt
 
Responsabilidade Civil Extracontratual
Responsabilidade Civil ExtracontratualResponsabilidade Civil Extracontratual
Responsabilidade Civil Extracontratual
 
Abuso de Direito
Abuso de DireitoAbuso de Direito
Abuso de Direito
 
Oab coordenadoria de processo civil - responsabilidade civil 101009
Oab   coordenadoria de processo civil - responsabilidade civil 101009Oab   coordenadoria de processo civil - responsabilidade civil 101009
Oab coordenadoria de processo civil - responsabilidade civil 101009
 
Civil civil
Civil civilCivil civil
Civil civil
 
nr18_trein_responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18.ppt
nr18_trein_responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18.pptnr18_trein_responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18.ppt
nr18_trein_responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18.ppt
 
Nr18 trein responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18
Nr18 trein responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18Nr18 trein responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18
Nr18 trein responsabilidade-civil-e-criminal-nr-18
 
Mlr ma 11833
Mlr ma 11833Mlr ma 11833
Mlr ma 11833
 
Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.
Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.
Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.
 
RESPONSABILIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS
RESPONSABILIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOSRESPONSABILIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS
RESPONSABILIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS
 
Revisao de direito_administrativo_2_para AV1
Revisao de direito_administrativo_2_para AV1 Revisao de direito_administrativo_2_para AV1
Revisao de direito_administrativo_2_para AV1
 
Pimwnta bueno
Pimwnta buenoPimwnta bueno
Pimwnta bueno
 
Poder judiciário da união ruth
Poder judiciário da união ruthPoder judiciário da união ruth
Poder judiciário da união ruth
 
Questões civil-resp civil
Questões civil-resp civilQuestões civil-resp civil
Questões civil-resp civil
 
Direito consumidor
Direito consumidorDireito consumidor
Direito consumidor
 
Poder judiciário daniel
Poder judiciário danielPoder judiciário daniel
Poder judiciário daniel
 
Direito Constitucional - Responsabilidade Civil
Direito Constitucional - Responsabilidade CivilDireito Constitucional - Responsabilidade Civil
Direito Constitucional - Responsabilidade Civil
 
apresentaçao Prof luciane.pptx
apresentaçao Prof luciane.pptxapresentaçao Prof luciane.pptx
apresentaçao Prof luciane.pptx
 
Dir civil uni_2011_responsab_1
Dir civil uni_2011_responsab_1Dir civil uni_2011_responsab_1
Dir civil uni_2011_responsab_1
 
Poder judiciário da união pimenta
Poder judiciário da união pimentaPoder judiciário da união pimenta
Poder judiciário da união pimenta
 

Mais de bola33

Advogado 1
Advogado 1Advogado 1
Advogado 1
bola33
 
Tabeliões
TabeliõesTabeliões
Tabeliões
bola33
 
Shopping center
Shopping centerShopping center
Shopping center
bola33
 
Imprensa 2
Imprensa 2Imprensa 2
Imprensa 2
bola33
 
Dano por animais
Dano por animaisDano por animais
Dano por animais
bola33
 
Bancaria
BancariaBancaria
Bancaria
bola33
 

Mais de bola33 (6)

Advogado 1
Advogado 1Advogado 1
Advogado 1
 
Tabeliões
TabeliõesTabeliões
Tabeliões
 
Shopping center
Shopping centerShopping center
Shopping center
 
Imprensa 2
Imprensa 2Imprensa 2
Imprensa 2
 
Dano por animais
Dano por animaisDano por animais
Dano por animais
 
Bancaria
BancariaBancaria
Bancaria
 

Último

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 

Oficina mecanica

  • 1. DISCENTES : MARIANA SILVA / RUI PESSOADISCENTES : MARIANA SILVA / RUI PESSOA ORIENTADOR: PROFº INOCÊNCIOORIENTADOR: PROFº INOCÊNCIO RESPONSABILIDADE CIVIL DA OFICINA DE AUTOMÓVEL
  • 2. O QUE É RESPONSABILIDADE CIVIL? Obrigação que uma pessoa tem de assumir, por determinação legal, as conseqüências jurídicas advindas dos seus atos. Pode ser oriunda de negócio jurídico, de ato ilícito ou de lei. Na responsabilidade civil o direito lesado tem natureza patrimonial e deve ser indenizado
  • 3. RESPONSABILIDADE CIVIL Surge em função do descumprimento obrigacional, pela desobediência de regra contratual – ou por deixar alguém de observar um preceito normativo que regula a vida. RESPONSABILIDADE CIVIL OBJETIVA TEORIA DO RISCO RESPONSABILIDADE CIVIL DA OFICINA
  • 4. ART. 927 do CC Da Obrigação de indenizar “ Aquele que, por ato ilícito ( arts. 186 e 187), causar dano a outrem, fica obrigado a repará-lo ● Art. 186 “ Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito”; ● Art. 187 “ Também comete ato ilícito o titular de um direito que, ao exercê-lo, excede manifestamente os limites impostos pelos bons costumes”; ●§ Único do art. 927 “ Haverá obrigação de reparar o dano, independentemente de culpa, nos casos especificados em lei, ou quando a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano implicar, por sua natureza, risco para os direitos de outrem”.
  • 5. DE QUEM SERÁ A PROVA DO ELEMENTO CULPA? Desse modo, para que o agente indenize o prejudicado será necessária a prova do elemento culpa, ou seja, ônus que cabe, regra geral, ao autor da demanda, pelo que prevê o artigo 333, inciso I, do Código de Processo Civil. ● Art. 333 CPC ► O ônus da prova incube: I - ao autor, quanto ao fato constitutivo do seu direito Portanto o art.927, “caput”, traz primeiro a responsabilidade com culpa, estando a responsabilização objetiva prevista em seu parágrafo único.
  • 6. RESPONSABILIDADE DE QUEM TEM A GUARDA ● Esta modalidade civil mantém uma conexão com o instituto da guarda, pois a mesma traduz a idéia de poder de vigilância, direção e controle, daí nascendo o dever de obstar a que o bem, sob custódia, produza danos em relação a estranhos ● Enfatiza-se o art. 932, III e o 933 do CC, que expõe a responsabilidade indireta que é objetiva, isto é quem responde não é necessariamente aquele que produziu o ato, mas sim um terceiro, dependendo da relação jurídica que se tenha.
  • 7. RESPONSABILIDADE CONTRATUAL  O proprietário que entrega o veículo a uma oficina mecânica, para reparos, transfere ao dono desta a guarda e a obrigação de por ele zelar, e de restituí-lo quando solicitado. Dessa relação origina-se um CONTRATO de depósito, do qual decorre a responsabilidade do estabelecimento por danos sofridos pelo veículo, especialmente os decorrentes de sua movimentação pelos mecânicos e prepostos.
  • 8. RESPONDEM OS DONOS DE OFICINA:  Pelos danos causados, por eles ou por seus prepostos, a terceiros;  Pelo desaparecimento dos veículos, se não provarem a “ culpa exclusiva do consumidor ou terceiro.” ( art. 14, 3º, do CDC).  JURISPRUDÊNCIA STJ - Veículo que, entregue à oficina para pintura, vem a trafegar, causando acidente de trânsito.  Responsabilidade do proprietário da oficina pelos danos decorrentes, e não do dono do veículo". (REsp n° 94.222/SP. Terceira Turma. Relator: Ministro Ari Pargendler. Decisão em 09/12/1999. DJ: 07/02/2000, pág.: 151).
  • 9. CASO QUE AFASTA O DEVER DO PROPRIETÁRIO DA OFICINA:  “ Entrega de veículo a oficina mecânica para simples confecção de orçamento--- Roubo, á mão armada, do automóvel. Evento equiparado á força maior.”
  • 10. TJSP - Apelação Com Revisão: CR 925438005 SP Responsabilidade Civil. Acidente de Trânsito. Falta de comprovação dos elementos caracterizadores da responsabilidade civil. Indenização afastada. Se o autor não comprova os fatos constitutivos de seu direito, os quais, na indenização por responsabilidade civil, consistem na conduta ilícita, dano e nexo de causalidade entre a conduta e o dano, o pedido deve ser julgado improcedente. Apelo improvido.
  • 11. JURISPRUDÊNCIA TJ MG EMENTA: AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS. LEGITIMIDADE ATIVA. SEGURADORA. VEÍCULO DEIXADO EM OFICINA MECÂNICA. SINISTRO. RESPONSABILIDADE DO PROPRIETÁRIO AFASTADA. Nas ações de ressarcimento de danos materiais, detém legitimidade ativa aquele que efetivamente arcou com os prejuízos advindos do sinistro automobilístico causado por outrem, e que busca o restabelecimento de seu equilíbrio patrimonial, em face do verdadeiro causador do dano.
  • 12. FIM