SlideShare uma empresa Scribd logo
Sumário
É uma denominação genérica para
instrumentos ou utensílios usados em
trabalhos que ampliam e diversificam a
eficácia das mãos; proporcionando maior
força e precisão na atividade realizada.
Principais Causas :
• Utilização inadequada das ferramentas.
• Utilização de ferramentas defeituosas ou
inadequadas.
• Utilização de ferramentas de baixa qualidade.
• Não utilização de equipamentos de protecção
individual
• Posturas forçadas.
USE SEMPRE FERRAMENTAS ADEQUADAS E
APROPRIADAS PARA ATIVIDADE
• NUNCA UTILIZE FERRAMENTAS GASTAS OU
DEFEITUOSAS.
• SOLICITE REPARO OU TROCA QUANDO
DANIFICADAS
NÃO IMPROVISE E NUNCA FORCE
FERRAMENTAS MANUAIS EM DIREÇÃO A
PARTES CORTANTES. QUANDO NÃO FOR
POSSÍVEL, PROTEJA O MATERIAL CORTANTE
• CONSCIENTIZE-SE
DE QUE TRABALHAR
COM SEGURANÇA E
CONCENTRAÇÃO É
UMA NECESSIDADE
SUA. A MÁQUINA NÃO
PENSA; VOCÊ SIM.
INSPECIONAR FERRAMENTAS,PARAFUSOS E
PORCAS,CERTIFICANDO SUASCONDIÇÕES
DE QUALIDADE.
APÓS O TÉRMINO DA ATIVIDADE, MANTENHA AS
FERRAMENTAS LIMPAS E GUARDADAS
ORGANIZADAMENTE
• TENHA-SE EM CONTA QUE AS FERRAMENTAS BEM
ORGANIZADAS!
• São fácies de achar.
• São mais seguras.
• Duram mais tempo.
EM TODA
ATIVIDADE A SER
REALIZADA, AS
FERRAMENTAS
MANUAIS
DEVERÃO FAZER
PARCERIA AO USO
DE EPI’s
TENHA CERTEZA
ANTECIPADAMEN
TE DE COMO
REALIZAR UM
TRABALHO
CORRETAMENTE,
SEM A MÍNIMA
POSSIBILIDADE DE
VOCÊ SE
MACHUCAR.
PLANEJE O SEU
TRABALHO.
Antes do uso de qualquer ferramenta, recomendamos traçar um plano de
execução para saber quais ferramentas serão necessárias nas várias etapas a
serem executadas.
As ferramentas manuais devem ser
apropriadas ao uso a que se destinam, e
devem ser mantidas em perfeito estado de
conservação, sendo proibida a utilização das
que não atendam a essas exigências.
PRATIQUE
PREVENÇÃO !!!
Politica de segurança
Apresentação0 ferramentas manuais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

EPI - Equipamento de Proteção Coletiva
EPI - Equipamento de Proteção ColetivaEPI - Equipamento de Proteção Coletiva
EPI - Equipamento de Proteção Coletiva
HugoDalevedove
 
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptxTreinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Antonio Bezerra
 
Treinamento sobre epi
Treinamento sobre epiTreinamento sobre epi
Treinamento sobre epi
Nathanael Rodrigues
 
EPI's
EPI'sEPI's
Integração de Segurança
Integração de SegurançaIntegração de Segurança
Integração de Segurança
Sergio Roberto Silva
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
breno90
 
NR 12 - Máquinas e Equipamentos
NR 12 - Máquinas e EquipamentosNR 12 - Máquinas e Equipamentos
NR 12 - Máquinas e Equipamentos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Treinamento NR 18 .pptx
Treinamento NR 18  .pptxTreinamento NR 18  .pptx
Treinamento NR 18 .pptx
MarceloRodriguesdaLu2
 
Treinamento de Ordem de Serviço
Treinamento de Ordem de ServiçoTreinamento de Ordem de Serviço
Treinamento de Ordem de Serviço
Tst_Thiago
 
Ferramentas Manuais
Ferramentas ManuaisFerramentas Manuais
Ferramentas Manuais
Anderson Pontes
 
NR - 18 Construção Civil (Oficial)
NR - 18 Construção Civil (Oficial)NR - 18 Construção Civil (Oficial)
NR - 18 Construção Civil (Oficial)
Claudio Cesar Pontes ن
 
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVOIntegração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
Sergio Silva
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
Leomir Borghardt
 
Treinamento lixadeira
Treinamento lixadeiraTreinamento lixadeira
Treinamento lixadeira
Andre Cruz
 
Ponte rolante-power-point
Ponte rolante-power-pointPonte rolante-power-point
Ponte rolante-power-point
Alex Gonzalez
 
Proteção das mãos
Proteção das mãosProteção das mãos
Proteção das mãos
matheushenriquePadil1
 
Nr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completaNr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completa
Daniel Lira
 
NR - 06 EPI (Oficial)
NR - 06 EPI (Oficial)NR - 06 EPI (Oficial)
NR - 06 EPI (Oficial)
Claudio Cesar Pontes ن
 
Movimentação e içamento de cargas
 Movimentação e içamento de cargas Movimentação e içamento de cargas
Movimentação e içamento de cargas
Karol Oliveira
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
Mauro Sergio Vales de Souza
 

Mais procurados (20)

EPI - Equipamento de Proteção Coletiva
EPI - Equipamento de Proteção ColetivaEPI - Equipamento de Proteção Coletiva
EPI - Equipamento de Proteção Coletiva
 
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptxTreinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptx
 
Treinamento sobre epi
Treinamento sobre epiTreinamento sobre epi
Treinamento sobre epi
 
EPI's
EPI'sEPI's
EPI's
 
Integração de Segurança
Integração de SegurançaIntegração de Segurança
Integração de Segurança
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
 
NR 12 - Máquinas e Equipamentos
NR 12 - Máquinas e EquipamentosNR 12 - Máquinas e Equipamentos
NR 12 - Máquinas e Equipamentos
 
Treinamento NR 18 .pptx
Treinamento NR 18  .pptxTreinamento NR 18  .pptx
Treinamento NR 18 .pptx
 
Treinamento de Ordem de Serviço
Treinamento de Ordem de ServiçoTreinamento de Ordem de Serviço
Treinamento de Ordem de Serviço
 
Ferramentas Manuais
Ferramentas ManuaisFerramentas Manuais
Ferramentas Manuais
 
NR - 18 Construção Civil (Oficial)
NR - 18 Construção Civil (Oficial)NR - 18 Construção Civil (Oficial)
NR - 18 Construção Civil (Oficial)
 
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVOIntegração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
 
Treinamento lixadeira
Treinamento lixadeiraTreinamento lixadeira
Treinamento lixadeira
 
Ponte rolante-power-point
Ponte rolante-power-pointPonte rolante-power-point
Ponte rolante-power-point
 
Proteção das mãos
Proteção das mãosProteção das mãos
Proteção das mãos
 
Nr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completaNr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completa
 
NR - 06 EPI (Oficial)
NR - 06 EPI (Oficial)NR - 06 EPI (Oficial)
NR - 06 EPI (Oficial)
 
Movimentação e içamento de cargas
 Movimentação e içamento de cargas Movimentação e içamento de cargas
Movimentação e içamento de cargas
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
 

Semelhante a Apresentação0 ferramentas manuais

Ferramentas Manuais.pptx
Ferramentas Manuais.pptxFerramentas Manuais.pptx
Ferramentas Manuais.pptx
ClaudineiMariano3
 
NR-12 Ferramentas.ppt
NR-12 Ferramentas.pptNR-12 Ferramentas.ppt
NR-12 Ferramentas.ppt
MatthausMaranhao
 
treinamento-sobre-ferramentas-manuais.ppt
treinamento-sobre-ferramentas-manuais.ppttreinamento-sobre-ferramentas-manuais.ppt
treinamento-sobre-ferramentas-manuais.ppt
FABIANOFREIREDASILVA
 
nr12_trein_ferramentas-manuais.ppt
nr12_trein_ferramentas-manuais.pptnr12_trein_ferramentas-manuais.ppt
nr12_trein_ferramentas-manuais.ppt
sesmtkapazi
 
Ferramentas Manuais
Ferramentas ManuaisFerramentas Manuais
Ferramentas Manuais
Paula Barroca
 
Ferramentas1
Ferramentas1Ferramentas1
Segurança no Manuseio de Ferramentas Portáteis.docx
Segurança no Manuseio de Ferramentas Portáteis.docxSegurança no Manuseio de Ferramentas Portáteis.docx
Segurança no Manuseio de Ferramentas Portáteis.docx
CarolWeberfernandes1
 
MANUAL DE INSTRUÇÕES MARTELETE PERFURADOR/ROMPEDOR MPR 826k SUPERTORK
MANUAL DE INSTRUÇÕES MARTELETE PERFURADOR/ROMPEDOR MPR 826k SUPERTORKMANUAL DE INSTRUÇÕES MARTELETE PERFURADOR/ROMPEDOR MPR 826k SUPERTORK
MANUAL DE INSTRUÇÕES MARTELETE PERFURADOR/ROMPEDOR MPR 826k SUPERTORK
Distribuidora Couto
 
Segurança sobre produtos qumicos- Manuseio Seguro do Ácido
Segurança sobre produtos qumicos- Manuseio Seguro do ÁcidoSegurança sobre produtos qumicos- Manuseio Seguro do Ácido
Segurança sobre produtos qumicos- Manuseio Seguro do Ácido
RobsonMoraes41
 
(Ferramentas manuais extensão das suas mãos)
(Ferramentas manuais   extensão das suas mãos)(Ferramentas manuais   extensão das suas mãos)
(Ferramentas manuais extensão das suas mãos)
Nilton Goulart
 
Ast s-it0056 - facas-tesouras-ganchos-pinças
Ast s-it0056 - facas-tesouras-ganchos-pinçasAst s-it0056 - facas-tesouras-ganchos-pinças
Ast s-it0056 - facas-tesouras-ganchos-pinças
Borsalin
 
ferramentas2
ferramentas2ferramentas2

Semelhante a Apresentação0 ferramentas manuais (12)

Ferramentas Manuais.pptx
Ferramentas Manuais.pptxFerramentas Manuais.pptx
Ferramentas Manuais.pptx
 
NR-12 Ferramentas.ppt
NR-12 Ferramentas.pptNR-12 Ferramentas.ppt
NR-12 Ferramentas.ppt
 
treinamento-sobre-ferramentas-manuais.ppt
treinamento-sobre-ferramentas-manuais.ppttreinamento-sobre-ferramentas-manuais.ppt
treinamento-sobre-ferramentas-manuais.ppt
 
nr12_trein_ferramentas-manuais.ppt
nr12_trein_ferramentas-manuais.pptnr12_trein_ferramentas-manuais.ppt
nr12_trein_ferramentas-manuais.ppt
 
Ferramentas Manuais
Ferramentas ManuaisFerramentas Manuais
Ferramentas Manuais
 
Ferramentas1
Ferramentas1Ferramentas1
Ferramentas1
 
Segurança no Manuseio de Ferramentas Portáteis.docx
Segurança no Manuseio de Ferramentas Portáteis.docxSegurança no Manuseio de Ferramentas Portáteis.docx
Segurança no Manuseio de Ferramentas Portáteis.docx
 
MANUAL DE INSTRUÇÕES MARTELETE PERFURADOR/ROMPEDOR MPR 826k SUPERTORK
MANUAL DE INSTRUÇÕES MARTELETE PERFURADOR/ROMPEDOR MPR 826k SUPERTORKMANUAL DE INSTRUÇÕES MARTELETE PERFURADOR/ROMPEDOR MPR 826k SUPERTORK
MANUAL DE INSTRUÇÕES MARTELETE PERFURADOR/ROMPEDOR MPR 826k SUPERTORK
 
Segurança sobre produtos qumicos- Manuseio Seguro do Ácido
Segurança sobre produtos qumicos- Manuseio Seguro do ÁcidoSegurança sobre produtos qumicos- Manuseio Seguro do Ácido
Segurança sobre produtos qumicos- Manuseio Seguro do Ácido
 
(Ferramentas manuais extensão das suas mãos)
(Ferramentas manuais   extensão das suas mãos)(Ferramentas manuais   extensão das suas mãos)
(Ferramentas manuais extensão das suas mãos)
 
Ast s-it0056 - facas-tesouras-ganchos-pinças
Ast s-it0056 - facas-tesouras-ganchos-pinçasAst s-it0056 - facas-tesouras-ganchos-pinças
Ast s-it0056 - facas-tesouras-ganchos-pinças
 
ferramentas2
ferramentas2ferramentas2
ferramentas2
 

Último

A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 

Apresentação0 ferramentas manuais

  • 1.
  • 3. É uma denominação genérica para instrumentos ou utensílios usados em trabalhos que ampliam e diversificam a eficácia das mãos; proporcionando maior força e precisão na atividade realizada.
  • 4.
  • 5. Principais Causas : • Utilização inadequada das ferramentas. • Utilização de ferramentas defeituosas ou inadequadas. • Utilização de ferramentas de baixa qualidade. • Não utilização de equipamentos de protecção individual • Posturas forçadas.
  • 6.
  • 7. USE SEMPRE FERRAMENTAS ADEQUADAS E APROPRIADAS PARA ATIVIDADE
  • 8. • NUNCA UTILIZE FERRAMENTAS GASTAS OU DEFEITUOSAS. • SOLICITE REPARO OU TROCA QUANDO DANIFICADAS
  • 9. NÃO IMPROVISE E NUNCA FORCE FERRAMENTAS MANUAIS EM DIREÇÃO A PARTES CORTANTES. QUANDO NÃO FOR POSSÍVEL, PROTEJA O MATERIAL CORTANTE
  • 10. • CONSCIENTIZE-SE DE QUE TRABALHAR COM SEGURANÇA E CONCENTRAÇÃO É UMA NECESSIDADE SUA. A MÁQUINA NÃO PENSA; VOCÊ SIM.
  • 12. APÓS O TÉRMINO DA ATIVIDADE, MANTENHA AS FERRAMENTAS LIMPAS E GUARDADAS ORGANIZADAMENTE • TENHA-SE EM CONTA QUE AS FERRAMENTAS BEM ORGANIZADAS! • São fácies de achar. • São mais seguras. • Duram mais tempo.
  • 13. EM TODA ATIVIDADE A SER REALIZADA, AS FERRAMENTAS MANUAIS DEVERÃO FAZER PARCERIA AO USO DE EPI’s
  • 14. TENHA CERTEZA ANTECIPADAMEN TE DE COMO REALIZAR UM TRABALHO CORRETAMENTE, SEM A MÍNIMA POSSIBILIDADE DE VOCÊ SE MACHUCAR. PLANEJE O SEU TRABALHO. Antes do uso de qualquer ferramenta, recomendamos traçar um plano de execução para saber quais ferramentas serão necessárias nas várias etapas a serem executadas.
  • 15. As ferramentas manuais devem ser apropriadas ao uso a que se destinam, e devem ser mantidas em perfeito estado de conservação, sendo proibida a utilização das que não atendam a essas exigências.