SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 48
O ESPAÇO URBANO E O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO
CONCEITOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Human development report 2003. Nova York: PNUD/Oxford University Press, 2003 Taxas de urbanização (%) Países Industrializados Países recentemente industrializados País 1975 2001 2015 País 1975 2001 2015 Bélgica 94,9 97,4 98,0 Cingapura 100,0 100,0 100,0 Austrália 85,9 91,1 94,8 Argentina 80,7 88,3 90,2 Reino Unido 88,7 89,5 90,8 Coréia do Sul 48,0 82,4 88,2 Alemanha 81,2 87,7 89,9 Brasil 61,8 81,7 87,7 Japão 75,7 78,9 81,5 México 62,8 74,6 77,9 Estados Unidos 73,7 77,4 81,0 África do Sul 48,0 57,6 67,2 Itália 65,6 67,1 70,6 China 17,4 36,7 49,5 Portugal 27,7 65,6 77,5 Índia  21,3 27,9 32,2
Human development report 2003. Nova York: PNUD/Oxford University Press, 2003 Taxas de urbanização (%) – Países Não industrializados Pouco urbanizados Muito urbanizados País 1975 2001 2015 País 1975 2001 2015 Nigéria 23,4 44,8 55,5 Kuwait 83,8 96,1 96,9 Serra Leoa 21,4 37,3 46,7 Uruguai 83,1 92,1 94,4 Haiti 21,7 36,3 45,6 Líbano 67,0 90,0 92,6 Moçambique 8,7 33,2 48,2 Bahamas 73,4 88,8 91,5 Bangladesh 9,9 25,5 34,4 Líbia 60,9 87,9 90,3 Vietnã 18,8 24,5 31,6 Venezuela 75,8 87,2 90,0 Etiópia 9,5 15,9 22,0 Arábia Saudita 58,4 86,6 91,0 Nepal 5,0 12,2 17,9 Gabão 40,0 82,1 88,9 Ruanda 4,0 6,3 8,9 Peru 61,5 73,1 77,9
 
O “Novo Rural” brasileiro produz mudanças no modo de vida e uma nova organização sócio-espacial do homem do campo. Processo este chamado de “Rurbanização”.
CONURBAÇÃO ENCONTRO FÍSICO DE DUAS OU MAIS CIDADES
MACROCEFALISMO URBANO CRESCIMENTO DESORDENADO DA CIDADE
MACROCEFALIA URBANA United Nations. Department of Economic and Social Affairs. Urban Aglomerations 2003 Maior aglomeração urbana em países selecionados - 2003 Urbanização macrocéfala Urbanização descentralizada Cidade % sobre a população total % sobre a população urbana Cidade % sobre a população total % sobre a população urbana San Juan (Porto Rico) 60,1 32,2 Londres (Reino Unido) 12,9 14,4 Beirute (Líbano) 49,1 56,1 Madri (Espanha) 12,4 16,2 Cidade do Kuwait 48,5 50,4 São Paulo (Brasil) 10,0 12,0 Montevidéu (Uruguai) 39,3 42,4 Moscou (Rússia) 7,3 10,0 Santiago (Chile) 34,7 39,8 Amsterdã (Holanda) 7,1 10,8 Buenos Aires (Argentina) 34,0 37,7 Milão (Itália) 7,1 10,5 Arenas (Grécia) 29,3 48,2 Nova York (EUA) 6,2 7,7 Brazzaville (Congo) 29,0 54,2 Mumbai (Índia) 1,6 5,8
 
Nos barracos da cidade A população nos maiores centros urbanos do mundo - em milhões de habitantes 1980 Tóquio 21,9 Nova York 15,6 Cidade do México 13,9 São Paulo 12,5 Xangai 11,7 Osaka 10 Buenos Aires 9,9 Los Angeles 9,5 Calcutá 9 Pequim 9 1990 Tóquio 25,1 Nova York 16,1 Cidade do México 15,1 Xangai 13,3 São Paulo 12,5 Mumbai 12,2 Los Angeles 11,5 Buenos Aires 11,2 Osaka 11 Calcutá 10,9
2000 Tóquio 26,4 Cidade do México 18,1 Mumbai 18,1 São Paulo 17,8 Nova York 16,6 Lagos 13,4 Los Angeles 13,1 Calcutá 12,9 Xangai 12,9 Buenos Aires 12,6 2010* Tóquio 26,4 Mumbai 23,6 Lagos 20,2 São Paulo 19,7 Cidade do México 18,8 Daka 18,4 Nova York 17,2 Karachi 16,6 Calcutá 15,6 Jacarta 15,3
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Região Metropolitana CONJUNTO DE MUNICÍPIOS, INTEGRADOS ENTRE SI, QUE BUSCAM SOLUÇÕES PARA PROBLEMAS (TRANSPORTES,SEGURAN-ÇA, SANEAMENTO BÁSICO, SAÚDE, ETC.) EM COMUM. Localização das Regiões Metropolitanas no Brasil Fonte: EMPLASA (2002)
 
 
SANSAN CHIPITTS BOSWAS AS MEGALÓPOLES DOS ESTADOS UNIDOS
 
 
 
 
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Classificação das cidades 4- Quanto à HIERARQUIA URBANA
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],CIDADES GLOBAIS
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
 
 
 
 
GENTRIFICAÇÃO Operação Limpa no bairro da Luz, Rua Amaral Gurgel: moradores de rua buscam outro lugar para dormir | 2005
A CIDADE DUAL Favela de Paraisópolis, em São Paulo. Esta é uma das conseqüências da rápida urbanização em países subdesenvolvidos.
A cidade dual: os dois lados da cidade
 
PROBLEMAS AMBIENTAIS URBANOS
QUESTÕES OBJETIVAS DO ENEM ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
(Enem) Encontram-se descritas a seguir algumas das características das águas que servem três diferentes regiões. Região I – Qualidade da água pouco comprometida por cargas poluidoras, casos isolados de mananciais comprometidos por lançamento de esgotos; assoreamento de alguns mananciais. Região II – Qualidade comprometida por cargas poluidoras urbanas e industriais; área sujeita a inundações; exportação de carga poluidora para outras unidades hidrográficas. Região III – Qualidade comprometida por cargas poluidoras domésticas e industriais e por lançamento de esgotos; problemas isolados de inundação; uso da água para irrigação. De acordo com essas características, pode-se concluir que: a) a região I é de alta densidade populacional, com pouca ou nenhuma estação de tratamento de esgoto. b) na região I ocorrem tanto atividades agrícolas como industriais, com práticas agrícolas que estão evitando a erosão do solo. c) a região II tem predominância de atividade agrícola, muitas pastagens e parque industrial inexpressivo. d) na região III ocorrem tanto atividades agrícolas como industriais, com pouca ou nenhuma estação de tratamento de esgotos. e) a região III é de intensa concentração industrial e urbana, com solo impermeabilizado e com amplo tratamento de esgotos.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Vestibulares  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A recente urbanização brasileira tem características parcialmente representadas nas situações I e II dos esquemas acima. Considerando essas situações, é correto afirmar que, entre outros processos, a) I representa a involução urbana de uma metrópole regional. b) I representa a perda demográfica relativa da cidade central de uma Região Metropolitana. c) II representa o desmembramento territorial e criação de novos municípios. d) II representa a formação de uma região metropolitana, a partir do fenômeno da conurbação. e) II representa a fusão político-administrativa de municípios vizinhos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O espaço geográfico rural
O espaço geográfico ruralO espaço geográfico rural
O espaço geográfico rural
Professor
 
Cap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileiraCap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileira
profacacio
 
01 geopolítica
01 geopolítica01 geopolítica
01 geopolítica
edsonluz
 
As revoluções industriais
As revoluções industriaisAs revoluções industriais
As revoluções industriais
vdailce
 
A regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundialA regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundial
Uilson Pereira da Silva
 
A indústria no brasil
A indústria no brasilA indústria no brasil
A indústria no brasil
Professor
 

Mais procurados (20)

O espaço geográfico rural
O espaço geográfico ruralO espaço geográfico rural
O espaço geográfico rural
 
Urbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraUrbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e Brasileira
 
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRAINDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
 
Cap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileiraCap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileira
 
Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
 
A geopolítica mundial 8º
A geopolítica mundial   8ºA geopolítica mundial   8º
A geopolítica mundial 8º
 
Aula 3 - fluxos migratórios
Aula 3 -  fluxos migratóriosAula 3 -  fluxos migratórios
Aula 3 - fluxos migratórios
 
01 geopolítica
01 geopolítica01 geopolítica
01 geopolítica
 
Desenvolvimento e subdesenvolvimento
Desenvolvimento e subdesenvolvimentoDesenvolvimento e subdesenvolvimento
Desenvolvimento e subdesenvolvimento
 
As revoluções industriais
As revoluções industriaisAs revoluções industriais
As revoluções industriais
 
A regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundialA regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundial
 
Do mundo bipolar ao multipolar
Do mundo bipolar ao multipolarDo mundo bipolar ao multipolar
Do mundo bipolar ao multipolar
 
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
 
Industrialização brasileira
Industrialização brasileiraIndustrialização brasileira
Industrialização brasileira
 
Pirâmide etária
Pirâmide etáriaPirâmide etária
Pirâmide etária
 
Tigres asiáticos
Tigres asiáticosTigres asiáticos
Tigres asiáticos
 
Relevo Brasileiro
 Relevo Brasileiro Relevo Brasileiro
Relevo Brasileiro
 
A indústria no brasil
A indústria no brasilA indústria no brasil
A indústria no brasil
 
O Território Brasileiro
O Território BrasileiroO Território Brasileiro
O Território Brasileiro
 
IECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileira
IECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileiraIECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileira
IECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileira
 

Semelhante a O EspaçO Urbano E O Processo De UrbanizaçãO

Urbanizacao
UrbanizacaoUrbanizacao
Urbanizacao
Almir
 
Reginaldo enem geo 2013 (2)
Reginaldo   enem geo 2013 (2)Reginaldo   enem geo 2013 (2)
Reginaldo enem geo 2013 (2)
Ligia Amaral
 
O Processo de Urbanização e a Hierarquia urbana
O Processo de Urbanização e a Hierarquia urbanaO Processo de Urbanização e a Hierarquia urbana
O Processo de Urbanização e a Hierarquia urbana
dela28
 

Semelhante a O EspaçO Urbano E O Processo De UrbanizaçãO (20)

645
645645
645
 
Tópico 1. espaço urbano
Tópico 1. espaço urbanoTópico 1. espaço urbano
Tópico 1. espaço urbano
 
Tópico 1. espaço urbano
Tópico 1. espaço urbanoTópico 1. espaço urbano
Tópico 1. espaço urbano
 
Tópico 1. espaço urbano
Tópico 1. espaço urbanoTópico 1. espaço urbano
Tópico 1. espaço urbano
 
COLAPSO URBANO
COLAPSO URBANOCOLAPSO URBANO
COLAPSO URBANO
 
Matéria lec 1º ano geografia tudo respostas
Matéria lec 1º ano geografia tudo respostasMatéria lec 1º ano geografia tudo respostas
Matéria lec 1º ano geografia tudo respostas
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Prova de geografia urbanizaçao, metropole
Prova de geografia urbanizaçao, metropoleProva de geografia urbanizaçao, metropole
Prova de geografia urbanizaçao, metropole
 
Tipos de Aglomeração Urbana (Urbanização - Aula 3)
Tipos de Aglomeração Urbana (Urbanização - Aula 3)Tipos de Aglomeração Urbana (Urbanização - Aula 3)
Tipos de Aglomeração Urbana (Urbanização - Aula 3)
 
Geografia – meio urbano 01 – 2013
Geografia – meio urbano 01 – 2013 Geografia – meio urbano 01 – 2013
Geografia – meio urbano 01 – 2013
 
Mudancas climaticas
Mudancas climaticasMudancas climaticas
Mudancas climaticas
 
Apresentação3 revisão provão 2 ano
Apresentação3 revisão provão 2 anoApresentação3 revisão provão 2 ano
Apresentação3 revisão provão 2 ano
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Urbanizacao
UrbanizacaoUrbanizacao
Urbanizacao
 
Mariana Falcone: Movilidad sostenible y diseño urbano
Mariana Falcone: Movilidad sostenible y diseño urbanoMariana Falcone: Movilidad sostenible y diseño urbano
Mariana Falcone: Movilidad sostenible y diseño urbano
 
9º ano_Aula nº3
9º ano_Aula nº39º ano_Aula nº3
9º ano_Aula nº3
 
Reginaldo enem geo 2013 (2)
Reginaldo   enem geo 2013 (2)Reginaldo   enem geo 2013 (2)
Reginaldo enem geo 2013 (2)
 
Geografia urbanizacao
Geografia urbanizacaoGeografia urbanizacao
Geografia urbanizacao
 
O Processo de Urbanização e a Hierarquia urbana
O Processo de Urbanização e a Hierarquia urbanaO Processo de Urbanização e a Hierarquia urbana
O Processo de Urbanização e a Hierarquia urbana
 

Mais de Maria Olandina Machado

Mais de Maria Olandina Machado (20)

Coletânea questões de geografia
Coletânea questões de geografiaColetânea questões de geografia
Coletânea questões de geografia
 
Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea
 
Pantanal
Pantanal Pantanal
Pantanal
 
Floresta de Araucárias
Floresta de Araucárias Floresta de Araucárias
Floresta de Araucárias
 
Campos
Campos Campos
Campos
 
Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea
 
Pantanal
Pantanal Pantanal
Pantanal
 
Mata dos cocais
Mata dos cocais Mata dos cocais
Mata dos cocais
 
Cerrado
Cerrado Cerrado
Cerrado
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
Floresta Amazônica
Floresta AmazônicaFloresta Amazônica
Floresta Amazônica
 
Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea Vegetação Litorânea
Vegetação Litorânea
 
Pantanal
Pantanal Pantanal
Pantanal
 
Mata dos Cocais
Mata dos CocaisMata dos Cocais
Mata dos Cocais
 
Floresta de araucárias
Floresta de araucárias Floresta de araucárias
Floresta de araucárias
 
Floresta Atlântica
Floresta Atlântica Floresta Atlântica
Floresta Atlântica
 
Cerrado
Cerrado Cerrado
Cerrado
 
Campos
Campos Campos
Campos
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
Biomas terrestres
Biomas terrestresBiomas terrestres
Biomas terrestres
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 

Último (20)

Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 

O EspaçO Urbano E O Processo De UrbanizaçãO

  • 1. O ESPAÇO URBANO E O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO
  • 2.
  • 3.  
  • 4. Human development report 2003. Nova York: PNUD/Oxford University Press, 2003 Taxas de urbanização (%) Países Industrializados Países recentemente industrializados País 1975 2001 2015 País 1975 2001 2015 Bélgica 94,9 97,4 98,0 Cingapura 100,0 100,0 100,0 Austrália 85,9 91,1 94,8 Argentina 80,7 88,3 90,2 Reino Unido 88,7 89,5 90,8 Coréia do Sul 48,0 82,4 88,2 Alemanha 81,2 87,7 89,9 Brasil 61,8 81,7 87,7 Japão 75,7 78,9 81,5 México 62,8 74,6 77,9 Estados Unidos 73,7 77,4 81,0 África do Sul 48,0 57,6 67,2 Itália 65,6 67,1 70,6 China 17,4 36,7 49,5 Portugal 27,7 65,6 77,5 Índia 21,3 27,9 32,2
  • 5. Human development report 2003. Nova York: PNUD/Oxford University Press, 2003 Taxas de urbanização (%) – Países Não industrializados Pouco urbanizados Muito urbanizados País 1975 2001 2015 País 1975 2001 2015 Nigéria 23,4 44,8 55,5 Kuwait 83,8 96,1 96,9 Serra Leoa 21,4 37,3 46,7 Uruguai 83,1 92,1 94,4 Haiti 21,7 36,3 45,6 Líbano 67,0 90,0 92,6 Moçambique 8,7 33,2 48,2 Bahamas 73,4 88,8 91,5 Bangladesh 9,9 25,5 34,4 Líbia 60,9 87,9 90,3 Vietnã 18,8 24,5 31,6 Venezuela 75,8 87,2 90,0 Etiópia 9,5 15,9 22,0 Arábia Saudita 58,4 86,6 91,0 Nepal 5,0 12,2 17,9 Gabão 40,0 82,1 88,9 Ruanda 4,0 6,3 8,9 Peru 61,5 73,1 77,9
  • 6.  
  • 7. O “Novo Rural” brasileiro produz mudanças no modo de vida e uma nova organização sócio-espacial do homem do campo. Processo este chamado de “Rurbanização”.
  • 8. CONURBAÇÃO ENCONTRO FÍSICO DE DUAS OU MAIS CIDADES
  • 9. MACROCEFALISMO URBANO CRESCIMENTO DESORDENADO DA CIDADE
  • 10. MACROCEFALIA URBANA United Nations. Department of Economic and Social Affairs. Urban Aglomerations 2003 Maior aglomeração urbana em países selecionados - 2003 Urbanização macrocéfala Urbanização descentralizada Cidade % sobre a população total % sobre a população urbana Cidade % sobre a população total % sobre a população urbana San Juan (Porto Rico) 60,1 32,2 Londres (Reino Unido) 12,9 14,4 Beirute (Líbano) 49,1 56,1 Madri (Espanha) 12,4 16,2 Cidade do Kuwait 48,5 50,4 São Paulo (Brasil) 10,0 12,0 Montevidéu (Uruguai) 39,3 42,4 Moscou (Rússia) 7,3 10,0 Santiago (Chile) 34,7 39,8 Amsterdã (Holanda) 7,1 10,8 Buenos Aires (Argentina) 34,0 37,7 Milão (Itália) 7,1 10,5 Arenas (Grécia) 29,3 48,2 Nova York (EUA) 6,2 7,7 Brazzaville (Congo) 29,0 54,2 Mumbai (Índia) 1,6 5,8
  • 11.  
  • 12. Nos barracos da cidade A população nos maiores centros urbanos do mundo - em milhões de habitantes 1980 Tóquio 21,9 Nova York 15,6 Cidade do México 13,9 São Paulo 12,5 Xangai 11,7 Osaka 10 Buenos Aires 9,9 Los Angeles 9,5 Calcutá 9 Pequim 9 1990 Tóquio 25,1 Nova York 16,1 Cidade do México 15,1 Xangai 13,3 São Paulo 12,5 Mumbai 12,2 Los Angeles 11,5 Buenos Aires 11,2 Osaka 11 Calcutá 10,9
  • 13. 2000 Tóquio 26,4 Cidade do México 18,1 Mumbai 18,1 São Paulo 17,8 Nova York 16,6 Lagos 13,4 Los Angeles 13,1 Calcutá 12,9 Xangai 12,9 Buenos Aires 12,6 2010* Tóquio 26,4 Mumbai 23,6 Lagos 20,2 São Paulo 19,7 Cidade do México 18,8 Daka 18,4 Nova York 17,2 Karachi 16,6 Calcutá 15,6 Jacarta 15,3
  • 14.
  • 15. Região Metropolitana CONJUNTO DE MUNICÍPIOS, INTEGRADOS ENTRE SI, QUE BUSCAM SOLUÇÕES PARA PROBLEMAS (TRANSPORTES,SEGURAN-ÇA, SANEAMENTO BÁSICO, SAÚDE, ETC.) EM COMUM. Localização das Regiões Metropolitanas no Brasil Fonte: EMPLASA (2002)
  • 16.  
  • 17.  
  • 18. SANSAN CHIPITTS BOSWAS AS MEGALÓPOLES DOS ESTADOS UNIDOS
  • 19.  
  • 20.  
  • 21.  
  • 22.  
  • 23.  
  • 24.
  • 25.
  • 26. Classificação das cidades 4- Quanto à HIERARQUIA URBANA
  • 27.  
  • 28.
  • 29.
  • 30.  
  • 31.  
  • 32.  
  • 33.  
  • 34.  
  • 35. GENTRIFICAÇÃO Operação Limpa no bairro da Luz, Rua Amaral Gurgel: moradores de rua buscam outro lugar para dormir | 2005
  • 36. A CIDADE DUAL Favela de Paraisópolis, em São Paulo. Esta é uma das conseqüências da rápida urbanização em países subdesenvolvidos.
  • 37. A cidade dual: os dois lados da cidade
  • 38.  
  • 40.
  • 41. (Enem) Encontram-se descritas a seguir algumas das características das águas que servem três diferentes regiões. Região I – Qualidade da água pouco comprometida por cargas poluidoras, casos isolados de mananciais comprometidos por lançamento de esgotos; assoreamento de alguns mananciais. Região II – Qualidade comprometida por cargas poluidoras urbanas e industriais; área sujeita a inundações; exportação de carga poluidora para outras unidades hidrográficas. Região III – Qualidade comprometida por cargas poluidoras domésticas e industriais e por lançamento de esgotos; problemas isolados de inundação; uso da água para irrigação. De acordo com essas características, pode-se concluir que: a) a região I é de alta densidade populacional, com pouca ou nenhuma estação de tratamento de esgoto. b) na região I ocorrem tanto atividades agrícolas como industriais, com práticas agrícolas que estão evitando a erosão do solo. c) a região II tem predominância de atividade agrícola, muitas pastagens e parque industrial inexpressivo. d) na região III ocorrem tanto atividades agrícolas como industriais, com pouca ou nenhuma estação de tratamento de esgotos. e) a região III é de intensa concentração industrial e urbana, com solo impermeabilizado e com amplo tratamento de esgotos.
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46.
  • 47.
  • 48. A recente urbanização brasileira tem características parcialmente representadas nas situações I e II dos esquemas acima. Considerando essas situações, é correto afirmar que, entre outros processos, a) I representa a involução urbana de uma metrópole regional. b) I representa a perda demográfica relativa da cidade central de uma Região Metropolitana. c) II representa o desmembramento territorial e criação de novos municípios. d) II representa a formação de uma região metropolitana, a partir do fenômeno da conurbação. e) II representa a fusão político-administrativa de municípios vizinhos.