SlideShare uma empresa Scribd logo
Universidade Federal de Goiás 
Graduando: Polyana Costa Brandão 
Luis Carlos P. do Prado 
Disciplina: Zoologia dos invertebrados
Filo Nematoda
Introdução 
• Os nematodos , chamados vermes redondos formam o maior 
filo de asquelmintos ( 12.000 espécies descritas). 
• Os nematodos de vida livre são encontrados no mar, na água 
doce e no solo, e existem muitas espécies parasitas. 
• Não possui sistema circulatório, nem sistema respiratório. 
• Seu é corpo cilíndrico, alongado e 
não segmentado exibe simetria bilateral.
Estrutura Externa 
• Uma cutícula envolve o corpo e reveste a faringe, o intestino 
posterior e outras aberturas corporais. 
• A boca localiza-se na extremidade anterior um pouco 
arredondada e é circundada por lábios e órgãos sensoriais de 
vários tipos.
• Uma glândula caudal, também chamada de fiandeira, é 
típica de muitos nematodos de vida livre. 
• A glândulas abre-se na ponta posterior do corpo, que é 
algumas vezes delineada de forma a lembrar uma cauda 
tubular
Parede Corporal 
• Contém três camadas principais. 
• O crescimento dos nematodos é acompanhado por quatro 
mudas cuticulares (ecdise) .
• A camada muscular da 
parede corporal e composta 
completamente de fibras 
longitudinais, que se 
localizam em quatro 
quadrantes entre os cordões 
longitudinais.
Locomoção 
• A maioria dos nematodos move-se para frente e para trás 
utilizando ondulações do corpo. 
• Contração alternada dos músculos longitudinais dorsal e ventral
Sistema circulatório 
• Assim como os platelmintos, os nematelmintos são 
avasculares . 
• A cavidade corporal (o pseudoceloma) contém um líquido, e a 
contínua movimentação desse líquido, propiciada pela 
contração da musculatura longitudinal do corpo, permite uma 
relativa distribuição de materiais entre algumas partes do 
corpo.
Sistema respiratório 
Trocas gasosas 
• Eles não possuem órgãos respiratórios. 
• As trocas gasosas acontecem na superfície corporal, 
por difusão. 
• Os parasitas são geralmente anaeróbicos e 
fazem fermentação.
Nutrição 
• Sistema digestório completo. 
• Muitos nematodos de vida livre são carnívoros e 
alimentam-se de pequenos animais . 
• Espécies marinhas e de água doce e terrestre 
alimentam-se de algas, fungos e bactérias.
• A boca dos nematodos abre-se em uma cavidade bucal, ou 
estoma que é um pouco tubular e é revestida por uma 
cutícula. 
• A superfície cuticular é frequentemente reforçada com cristas , 
bastões ou placas, ou pode portar dentes.
• A cavidade bucal leva 
ao interior de uma 
faringe tubular. 
• A parede é composta 
de células mioepiteliais 
e glandulares.
• A partir da faringe, um longo 
intestino tubular, estende-se por 
todo o comprimento do corpo. 
• Um reto curto revestido por cutícula 
conecta o intestino ao anus. 
• As enzimas digestivas são 
produzidas pelas glândulas 
faringianas e pelo epitélio 
intestinal. 
• A digestão começa 
extracelularmente dentro da luz 
intestinal, mas é completada 
intracelularmente.
Excreção e Osmorregulação 
• Possuem uma célula especializada, com um formato que 
lembra a letra H. Possuem dois canais longitudinais, que 
percorrem a lateral do corpo do verme, unidas por um canal 
transversal que emite um ducto que elimina excretas pelo 
poro excretor. A principal excreta desse animais é a amônia.
Sistema nervoso 
• Localizado dentro da faringe e do intestino posterior. 
• Cérebro anel nervoso circunfarigiano; 
• Possuem dois cordões nervosos: Dorsal e ventral. 
• Dorsal: Responsável pela função motora. 
• Ventral: sensorial e motora, sendo considerada a mais 
importante.
Órgão sensoriais 
• Principais: Papilas, as cerdas, os anfidios e os fasmideos. 
• Todos portando detritos ciliares. 
• Papilas labiais e cefálicas são projeções baixas da cutícula 
nos lábios e na cabeça. 
• As Cerdas: Receptores que quando estimulados fazem com 
que os animais se afastem do estímulo.
Órgão sensoriais 
• Anfidios: 2- cefálico (quimiorreceptores),são invaginações 
cuticulares cegas, em formas de bolças ou tubulares. Em 
nematodos aquáticos. 
• Fasmidios: 2 – Calda (quimiorreceptores), Unicelulares, 
abrem em cada lado da cauda. Em nematodos parasitas. 
• Ocelos simples: localiza-se em cada lado da faringe. Função 
incerta.
Filo Nematoda
Reprodução 
• Reprodução dioica; 
• Reprodução cruzada; 
• Partenogênese; 
• Hermafroditismo; espermatozoides desenvolvem antes dos 
óvulos no interior da mesma gônada (ovotesticulo) e são 
armazenados. 
• Macho menor que a fêmea;
Órgãos reprodutores 
• São longos tubos, fechados na 
extremidade interna, que se alargam 
á medida que se aproximam do poro 
genital. As gónadas e os canais 
sexuais são contínuos. 
• O tubo masculino é formado por um 
ou dois testículo ducto espermático, 
vesícula seminal, espículas peniais. 
• O tubo feminino tem geralmente 
forma de Y , sendo formado por um 
ou mais ovários, dois oviductos, 
útero, que se unem em uma vagina, 
que abre na vulva.
Reprodução 
• Algumas fêmeas são 
conhecidas por produzirem 
um feromônio que atrai os 
machos. 
• Na copula, a parte posterior 
curva do nematodo macho 
geralmente enrola ao redor 
do corpo da fêmea na região 
dos poros genitais. 
• Espermatozoides: Sem 
flagelo, alguns movem-se de 
uma forma ameboide.
Desenvolvimento 
• Clivagem inicial não é espiral ou radial mas segue um 
padrão simétrico fixo que logo se torna bilateral em forma.
Parasitismo 
1. Vida completamente livre; 
2. Ectoparasita de plantas; 
3. Endoparasitas de plantas; 
4. Tipo saprófago de zooparasitarios; 
5. Somente estágios juvenis zooparasitarios; 
6. Juvenis fitoparasitas e adultos fêmeas zooparazitarios; 
7. Juvenis zooparasitarios e adultos fitopasitarios; 
8. Zoopatasitismo somente nas fêmeas adultas;
9. Zooparasitas adultos com um hospedeiro; Ascaróide 
humano ( Ascaris Lumbricoides)-Pode atingir 49 cm de 
comprimento. 
10. Zooparasitas com um hospedeiro intermediario; 
Wuchereira Bancrofti, Loa Loa(verme ocular). 
Fêmea
Filo Nematoda
Conclusão 
• Possuem sistema digestivo completo 
• Sistemas circulatório e respiratório ausentes 
• Sistema excretor composto por dois canais longitudinais 
(renetes-formato de H) 
• Sistema nervoso parcialmente centralizado, com anel 
nervoso ao redor da faringe.
Bibliografia 
• Zoologia dos invertebrados, RUPPERT , sétima 
edição 2005. 
• http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Rei 
nos2/bionematelmintos.php

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nematódeos
NematódeosNematódeos
Nematódeos
Roberta Almeida
 
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
Rebeca Vale
 
Biologia - Platelmintos
Biologia - PlatelmintosBiologia - Platelmintos
Biologia - Platelmintos
Carson Souza
 
Filo nematoda
Filo nematodaFilo nematoda
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Leonardo Kaplan
 
Os moluscos
Os moluscosOs moluscos
Os moluscos
Anderson Lima
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
Lidia Medeiros
 
Anelídeos (Power Point)
Anelídeos (Power Point)Anelídeos (Power Point)
Anelídeos (Power Point)
Bio
 
Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1
Bio
 
Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)
Bio
 
Biologia - Equinodermos
Biologia - EquinodermosBiologia - Equinodermos
Biologia - Equinodermos
Killer Max
 
Moluscos - Biologia
Moluscos - BiologiaMoluscos - Biologia
Moluscos - Biologia
Bruna M
 
Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)
Melissa Neiva
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
André Oliver
 
Vertebrados II - Aves e Mamíferos
Vertebrados II - Aves e MamíferosVertebrados II - Aves e Mamíferos
Vertebrados II - Aves e Mamíferos
Andre Luiz Nascimento
 
Aula Anelídeos 2º Ensino Médio Prof. Rosalia
Aula Anelídeos 2º Ensino Médio Prof. RosaliaAula Anelídeos 2º Ensino Médio Prof. Rosalia
Aula Anelídeos 2º Ensino Médio Prof. Rosalia
Rosalia Azambuja
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
emanuel
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
GabrielaMansur
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
profatatiana
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes

Mais procurados (20)

Nematódeos
NematódeosNematódeos
Nematódeos
 
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
 
Biologia - Platelmintos
Biologia - PlatelmintosBiologia - Platelmintos
Biologia - Platelmintos
 
Filo nematoda
Filo nematodaFilo nematoda
Filo nematoda
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
 
Os moluscos
Os moluscosOs moluscos
Os moluscos
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Anelídeos (Power Point)
Anelídeos (Power Point)Anelídeos (Power Point)
Anelídeos (Power Point)
 
Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1
 
Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)
 
Biologia - Equinodermos
Biologia - EquinodermosBiologia - Equinodermos
Biologia - Equinodermos
 
Moluscos - Biologia
Moluscos - BiologiaMoluscos - Biologia
Moluscos - Biologia
 
Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Vertebrados II - Aves e Mamíferos
Vertebrados II - Aves e MamíferosVertebrados II - Aves e Mamíferos
Vertebrados II - Aves e Mamíferos
 
Aula Anelídeos 2º Ensino Médio Prof. Rosalia
Aula Anelídeos 2º Ensino Médio Prof. RosaliaAula Anelídeos 2º Ensino Médio Prof. Rosalia
Aula Anelídeos 2º Ensino Médio Prof. Rosalia
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 

Destaque

FILO NEMATODA
FILO NEMATODAFILO NEMATODA
FILO NEMATODA
Alexandre Pusaudse
 
Zoologia: Nematelmintos
Zoologia: NematelmintosZoologia: Nematelmintos
Zoologia: Nematelmintos
Guilherme Orlandi Goulart
 
Microbiologia
MicrobiologiaMicrobiologia
Microbiologia
João Pedro Rodrigues
 
7 Nematodeos
7 Nematodeos7 Nematodeos
Platelmintos & Nematódeos
Platelmintos & NematódeosPlatelmintos & Nematódeos
Platelmintos & Nematódeos
Leandro Mota
 
Pr+ütica filo nematoda
Pr+ütica filo nematodaPr+ütica filo nematoda
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
Teresa Cristina
 
Zoologia invertebrados
Zoologia invertebradosZoologia invertebrados
Zoologia invertebrados
Jamille Nunez
 
Filo annelida
Filo annelidaFilo annelida
O reino protoctista
O reino protoctistaO reino protoctista
O reino protoctista
Glayson Sombra
 
Filo Nemathelminthes, 3º trimestre.
Filo Nemathelminthes, 3º trimestre.Filo Nemathelminthes, 3º trimestre.
Filo Nemathelminthes, 3º trimestre.
Brenda Daniel
 
Filo nematoda
Filo nematodaFilo nematoda
Filo nematoda
paulogrillo
 
Filo mollusca
Filo molluscaFilo mollusca
Filo mollusca
Nati2011Ferrazza
 
Aula platelmintos e nematelmintos
Aula  platelmintos e nematelmintosAula  platelmintos e nematelmintos
Aula platelmintos e nematelmintos
Adrianne Mendonça
 
Invertebrados
InvertebradosInvertebrados
Invertebrados
Leandro Guss
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
Altair Hoepers
 
Zoologia dos Invertebrados
Zoologia dos InvertebradosZoologia dos Invertebrados
Zoologia dos Invertebrados
Carlos Priante
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Plat Nemat Anelidae
Plat Nemat AnelidaePlat Nemat Anelidae
Plat Nemat Anelidae
profroberio
 
Aves
AvesAves
Aves
letyap
 

Destaque (20)

FILO NEMATODA
FILO NEMATODAFILO NEMATODA
FILO NEMATODA
 
Zoologia: Nematelmintos
Zoologia: NematelmintosZoologia: Nematelmintos
Zoologia: Nematelmintos
 
Microbiologia
MicrobiologiaMicrobiologia
Microbiologia
 
7 Nematodeos
7 Nematodeos7 Nematodeos
7 Nematodeos
 
Platelmintos & Nematódeos
Platelmintos & NematódeosPlatelmintos & Nematódeos
Platelmintos & Nematódeos
 
Pr+ütica filo nematoda
Pr+ütica filo nematodaPr+ütica filo nematoda
Pr+ütica filo nematoda
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Zoologia invertebrados
Zoologia invertebradosZoologia invertebrados
Zoologia invertebrados
 
Filo annelida
Filo annelidaFilo annelida
Filo annelida
 
O reino protoctista
O reino protoctistaO reino protoctista
O reino protoctista
 
Filo Nemathelminthes, 3º trimestre.
Filo Nemathelminthes, 3º trimestre.Filo Nemathelminthes, 3º trimestre.
Filo Nemathelminthes, 3º trimestre.
 
Filo nematoda
Filo nematodaFilo nematoda
Filo nematoda
 
Filo mollusca
Filo molluscaFilo mollusca
Filo mollusca
 
Aula platelmintos e nematelmintos
Aula  platelmintos e nematelmintosAula  platelmintos e nematelmintos
Aula platelmintos e nematelmintos
 
Invertebrados
InvertebradosInvertebrados
Invertebrados
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Zoologia dos Invertebrados
Zoologia dos InvertebradosZoologia dos Invertebrados
Zoologia dos Invertebrados
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Plat Nemat Anelidae
Plat Nemat AnelidaePlat Nemat Anelidae
Plat Nemat Anelidae
 
Aves
AvesAves
Aves
 

Semelhante a Filo Nematoda

Intro_discip Embrio.pdf
Intro_discip Embrio.pdfIntro_discip Embrio.pdf
Intro_discip Embrio.pdf
IgorAlves153
 
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Bio
 
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.pptfdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
DanielMedina333918
 
Invertebrados prof. simone
Invertebrados   prof. simoneInvertebrados   prof. simone
Invertebrados prof. simone
Simone Diehl Maciel
 
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Animais primitivos
Animais primitivosAnimais primitivos
Animais primitivos
Fabio Santos Nery
 
2,0 eq.7 84,88,89,95,111,112
2,0 eq.7  84,88,89,95,111,1122,0 eq.7  84,88,89,95,111,112
2,0 eq.7 84,88,89,95,111,112
Ionara Urrutia Moura
 
moluscos .pptx
moluscos .pptxmoluscos .pptx
moluscos .pptx
Maira
 
Molusco
MoluscoMolusco
Molusco
Lua Veras
 
AULA-13.ppt
AULA-13.pptAULA-13.ppt
AULA-13.ppt
WesleyAlvesNunes
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos InvertebradosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Turma Olímpica
 
Biologia - Moluscos e Anelídeos
Biologia - Moluscos e AnelídeosBiologia - Moluscos e Anelídeos
Biologia - Moluscos e Anelídeos
karenfreitasRS21
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermos
barbara_carlini
 
Invertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia MelloInvertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia Mello
Thiago Vieira
 
Moluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeosMoluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeos
segundoanoc
 
Ap anelideos
Ap anelideosAp anelideos
Ap anelideos
henriqueneto
 
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptxReino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
naramentsu
 
Zoologia aula 05
Zoologia aula 05Zoologia aula 05
Zoologia aula 05
James Pinho Ladislau Pinho
 
Folhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesFolhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slides
Claudiapadao
 
Folhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesFolhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slides
Claudiapadao
 

Semelhante a Filo Nematoda (20)

Intro_discip Embrio.pdf
Intro_discip Embrio.pdfIntro_discip Embrio.pdf
Intro_discip Embrio.pdf
 
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
 
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.pptfdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
 
Invertebrados prof. simone
Invertebrados   prof. simoneInvertebrados   prof. simone
Invertebrados prof. simone
 
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
 
Animais primitivos
Animais primitivosAnimais primitivos
Animais primitivos
 
2,0 eq.7 84,88,89,95,111,112
2,0 eq.7  84,88,89,95,111,1122,0 eq.7  84,88,89,95,111,112
2,0 eq.7 84,88,89,95,111,112
 
moluscos .pptx
moluscos .pptxmoluscos .pptx
moluscos .pptx
 
Molusco
MoluscoMolusco
Molusco
 
AULA-13.ppt
AULA-13.pptAULA-13.ppt
AULA-13.ppt
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos InvertebradosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
 
Biologia - Moluscos e Anelídeos
Biologia - Moluscos e AnelídeosBiologia - Moluscos e Anelídeos
Biologia - Moluscos e Anelídeos
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermos
 
Invertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia MelloInvertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia Mello
 
Moluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeosMoluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeos
 
Ap anelideos
Ap anelideosAp anelideos
Ap anelideos
 
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptxReino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
Reino Animalia Animais Invertebrados 1.pptx
 
Zoologia aula 05
Zoologia aula 05Zoologia aula 05
Zoologia aula 05
 
Folhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesFolhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slides
 
Folhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesFolhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slides
 

Último

FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 

Último (20)

FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 

Filo Nematoda

  • 1. Universidade Federal de Goiás Graduando: Polyana Costa Brandão Luis Carlos P. do Prado Disciplina: Zoologia dos invertebrados
  • 3. Introdução • Os nematodos , chamados vermes redondos formam o maior filo de asquelmintos ( 12.000 espécies descritas). • Os nematodos de vida livre são encontrados no mar, na água doce e no solo, e existem muitas espécies parasitas. • Não possui sistema circulatório, nem sistema respiratório. • Seu é corpo cilíndrico, alongado e não segmentado exibe simetria bilateral.
  • 4. Estrutura Externa • Uma cutícula envolve o corpo e reveste a faringe, o intestino posterior e outras aberturas corporais. • A boca localiza-se na extremidade anterior um pouco arredondada e é circundada por lábios e órgãos sensoriais de vários tipos.
  • 5. • Uma glândula caudal, também chamada de fiandeira, é típica de muitos nematodos de vida livre. • A glândulas abre-se na ponta posterior do corpo, que é algumas vezes delineada de forma a lembrar uma cauda tubular
  • 6. Parede Corporal • Contém três camadas principais. • O crescimento dos nematodos é acompanhado por quatro mudas cuticulares (ecdise) .
  • 7. • A camada muscular da parede corporal e composta completamente de fibras longitudinais, que se localizam em quatro quadrantes entre os cordões longitudinais.
  • 8. Locomoção • A maioria dos nematodos move-se para frente e para trás utilizando ondulações do corpo. • Contração alternada dos músculos longitudinais dorsal e ventral
  • 9. Sistema circulatório • Assim como os platelmintos, os nematelmintos são avasculares . • A cavidade corporal (o pseudoceloma) contém um líquido, e a contínua movimentação desse líquido, propiciada pela contração da musculatura longitudinal do corpo, permite uma relativa distribuição de materiais entre algumas partes do corpo.
  • 10. Sistema respiratório Trocas gasosas • Eles não possuem órgãos respiratórios. • As trocas gasosas acontecem na superfície corporal, por difusão. • Os parasitas são geralmente anaeróbicos e fazem fermentação.
  • 11. Nutrição • Sistema digestório completo. • Muitos nematodos de vida livre são carnívoros e alimentam-se de pequenos animais . • Espécies marinhas e de água doce e terrestre alimentam-se de algas, fungos e bactérias.
  • 12. • A boca dos nematodos abre-se em uma cavidade bucal, ou estoma que é um pouco tubular e é revestida por uma cutícula. • A superfície cuticular é frequentemente reforçada com cristas , bastões ou placas, ou pode portar dentes.
  • 13. • A cavidade bucal leva ao interior de uma faringe tubular. • A parede é composta de células mioepiteliais e glandulares.
  • 14. • A partir da faringe, um longo intestino tubular, estende-se por todo o comprimento do corpo. • Um reto curto revestido por cutícula conecta o intestino ao anus. • As enzimas digestivas são produzidas pelas glândulas faringianas e pelo epitélio intestinal. • A digestão começa extracelularmente dentro da luz intestinal, mas é completada intracelularmente.
  • 15. Excreção e Osmorregulação • Possuem uma célula especializada, com um formato que lembra a letra H. Possuem dois canais longitudinais, que percorrem a lateral do corpo do verme, unidas por um canal transversal que emite um ducto que elimina excretas pelo poro excretor. A principal excreta desse animais é a amônia.
  • 16. Sistema nervoso • Localizado dentro da faringe e do intestino posterior. • Cérebro anel nervoso circunfarigiano; • Possuem dois cordões nervosos: Dorsal e ventral. • Dorsal: Responsável pela função motora. • Ventral: sensorial e motora, sendo considerada a mais importante.
  • 17. Órgão sensoriais • Principais: Papilas, as cerdas, os anfidios e os fasmideos. • Todos portando detritos ciliares. • Papilas labiais e cefálicas são projeções baixas da cutícula nos lábios e na cabeça. • As Cerdas: Receptores que quando estimulados fazem com que os animais se afastem do estímulo.
  • 18. Órgão sensoriais • Anfidios: 2- cefálico (quimiorreceptores),são invaginações cuticulares cegas, em formas de bolças ou tubulares. Em nematodos aquáticos. • Fasmidios: 2 – Calda (quimiorreceptores), Unicelulares, abrem em cada lado da cauda. Em nematodos parasitas. • Ocelos simples: localiza-se em cada lado da faringe. Função incerta.
  • 20. Reprodução • Reprodução dioica; • Reprodução cruzada; • Partenogênese; • Hermafroditismo; espermatozoides desenvolvem antes dos óvulos no interior da mesma gônada (ovotesticulo) e são armazenados. • Macho menor que a fêmea;
  • 21. Órgãos reprodutores • São longos tubos, fechados na extremidade interna, que se alargam á medida que se aproximam do poro genital. As gónadas e os canais sexuais são contínuos. • O tubo masculino é formado por um ou dois testículo ducto espermático, vesícula seminal, espículas peniais. • O tubo feminino tem geralmente forma de Y , sendo formado por um ou mais ovários, dois oviductos, útero, que se unem em uma vagina, que abre na vulva.
  • 22. Reprodução • Algumas fêmeas são conhecidas por produzirem um feromônio que atrai os machos. • Na copula, a parte posterior curva do nematodo macho geralmente enrola ao redor do corpo da fêmea na região dos poros genitais. • Espermatozoides: Sem flagelo, alguns movem-se de uma forma ameboide.
  • 23. Desenvolvimento • Clivagem inicial não é espiral ou radial mas segue um padrão simétrico fixo que logo se torna bilateral em forma.
  • 24. Parasitismo 1. Vida completamente livre; 2. Ectoparasita de plantas; 3. Endoparasitas de plantas; 4. Tipo saprófago de zooparasitarios; 5. Somente estágios juvenis zooparasitarios; 6. Juvenis fitoparasitas e adultos fêmeas zooparazitarios; 7. Juvenis zooparasitarios e adultos fitopasitarios; 8. Zoopatasitismo somente nas fêmeas adultas;
  • 25. 9. Zooparasitas adultos com um hospedeiro; Ascaróide humano ( Ascaris Lumbricoides)-Pode atingir 49 cm de comprimento. 10. Zooparasitas com um hospedeiro intermediario; Wuchereira Bancrofti, Loa Loa(verme ocular). Fêmea
  • 27. Conclusão • Possuem sistema digestivo completo • Sistemas circulatório e respiratório ausentes • Sistema excretor composto por dois canais longitudinais (renetes-formato de H) • Sistema nervoso parcialmente centralizado, com anel nervoso ao redor da faringe.
  • 28. Bibliografia • Zoologia dos invertebrados, RUPPERT , sétima edição 2005. • http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Rei nos2/bionematelmintos.php