Zoologia aula 05

2.295 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Zoologia aula 05

  1. 1. ZOOLOGIA• James Pinho Ladislau
  2. 2. EVOLUÇÃO DOS PROTISTAS• Tal evolução – reflete a história da célula eucariótica;•Primeiros protistas – amebóides fagocitários;•Maioria do protistas – presença de mitocôndrias;• Aquisição de flagelos – tanto antes quanto depois dasmitocôndrias, pois essas não estão presentes em flageladosvivos;•Alguns flagelados – cloroplastos – simbiose com procariontes•Outros flagelados – autotrofismo+ heterotrofismo;•Flagelados heterotróficos secundários;•Agrupamento: amebas, flagelados, heterótrofos e autótrofos•Algumas amebas tem mais relação com flagelados do queoutros grupos amebóides
  3. 3. • Provavelmente, somente os ciliados formam um grupo natural;
  4. 4. Protozoários Flagelados• Mastigóforos -mastix=chicote+phoros=portador;• 6.900 spp. Descritas;• Fitoflagelados (cloroplastos=autótrofos);• Maioria de vida livre: Euglena, Clamydomonas, Volvox e Paranema.• Zooflagelados (sem cloroplastos=heterótrofos);• Modos de vida: livre, maioria é comensal, simbiótica ou parasita de outros animais
  5. 5. Locomoção• Maioria – dois flagelos.• Comprimento igual ou não.• Movimento - ondulações que tanto empurram como puxam o corpo do animal (movimento de chicote).
  6. 6. Nutrição• Fitoflagelados - realizam fotossíntese, são autótrofos• Zooflagelados - heterotróficos - muitas espécies parasitas que se alimentam no interior de outros organismos.
  7. 7. Forma e estrutura• Grande variação no grupo – impossível decrição generalizada; Coanoflagelados• Zooflagelado presente em água doce e marinha;• Apresentam colar cilíndrico na base do flagelo único• Modo de vida: livres, presos, solitários ou coloniais;• Spp. sésseis – presos por uma haste;• Spp. coloniais planctônicas – unidos por matriz gelatinosa;• Zoólogos – maior relação entre coanoflagelados e animais;
  8. 8. ColonialSéssil
  9. 9. Cinetoplastídeos• Filo Kinetoplastida - cinetoplasto – massa de DNA no interior de uma mitocôndria alongada, grande e única;• Flagelos - podem sair um ou dois flagelos do corpo basal que está na ou próximo a mitocôndria do cinetoplasto;• Vida livre: água salobra ou doce e solo úmido;• Parasitas: intestino de insetos e sangue de vertebrados (Tripanossomas);• Leishmania e Trypanosoma spp.: doenças em humanos e animais domésticos
  10. 10. Ciclo de vida• Parte no interior das ou presos nas células intestinais de insetos hematófagos;• Outra parte do ciclo no sangue ou nos leucócitos e células linfóides do hospedeiro vertebrado, embora possam invadir outros tecidos;• Estágios intracelulares aflagelados;• Durante o ciclo de vida - estágios flagelados extracelulares móveis na corrente sangüínea ou no hospedeiro invertebrado.
  11. 11. • A Leishmania causa lesões cutâneas e interferência nas respostas imunes, entre outros efeitos;• O mosquito pólvora é o hospedeiro sugador de sangue desse protista (hospedeiro intermediário).• A doença de chagas é causada pelo Trypanosoma cruzi;• Transmissão - percevejos sugadores de sangue;• Danos extensos ao humano quando o parasita deixa o sistema circulatório e invade o fígado, o baço e o músculo cardíaco.• O Trypanosoma brucei rhodesiense e o T. b. gambiense - causadores da doença do sono africana e são transmitidos pela mosca tsé-tsé.
  12. 12. Zooflagelados multiflagelados• Quatro ou muitos flagelos;• Maioria anaerobicamente (intestinos de vertebrados e insetos;• Giardia intestinalis ocorre no intestino de humanos e geralmente não produz nenhum sintoma, mas infecções fortes podem causar diarréia;• Trichomonas vaginalis habita o trato urogenital dos humanos e causa uma doença venérea muito disseminada, mulheres seriamente infectadas produz um corrimento amarelo-esverdeado.
  13. 13. Giardiaintestinalis Trichomonas vaginalis
  14. 14. Protozoários Amebóides• Possuem extensões fluídas do corpo - pseudópodos.;• Utilizados para captura de presas e para locomoção;• Amebóides são assimétricos ou possuem uma simetria radial;• Poucas organelas - protozoários mais simples;• Quatro grupos de protozoários amebóides: amebas, foraminíferos, radiolários e heliozoários.
  15. 15. AMEBAS• Spp. Marinhas - sem vacúolo contrátil• Spp. de água doce - de um a muitos vacúolo contrátil;• Nuas ou fecham-se uma teste ou concha;
  16. 16. Pseudópodos• Lobópodos (típicos)- são mais largos com pontas arredondadas ou cegas, são tubulares e preenchidos de ecto e endoplasma;• Filópodos (amebas pequenas) - são estreitos, claros e algumas vezes ramificados;• Lobópodos, filópodos e pseudópodos em forma de rede (foraminíferos) variações do mesmo tipo de pseudópodo;• Pseudópodos em forma de raiz são chamados de rizópodos (pé em forma de raiz).
  17. 17. Amebas nuas• Habitat - mar, água doce ou ao redor de partículas de terra em filmes d’água;• Citoplasma - ectoplasma externo, claro e rígido, e um endoplasma interno, mais fluído.
  18. 18. As amebas com concha ou teste• Maioria habitantes de água doce, terra úmida e líquens;• O citoplasma secreta concha extracelular;• Concha: orgânica, silicosa, ou ambas ou ainda, compostas de materiais estranhos incrustados em uma matriz cimenteira (cimento);• A ameba se prende na parede interna da concha, e há uma abertura pela qual pode protrair seus pseudópodos ou corpo;• Pseudópodos tanto filópodos como lobópodos.
  19. 19. Foraminíferos:• Primariamente marinhos• Reticulópodos - formam uma malha ramificada;• Concha de partículas minerais estranhas cimentadas ou de carbonato de cálcio secretado;• concha com câmara única ou conchas multicamarais.
  20. 20. Heliozoários RadioláriosMar e água doce MarinhosMaioria profundidade Maioria na superfíciePequenos Grandes (mm ou coloniais 20cm)Axópodos Cápsula central membranosa
  21. 21. Nutrição nos amebóides• Heterotróficos – se alimentam de bactérias, algas, protozoários e até pequenos animais;• Pseudópodos;• Amebas - pseudópodos estendem-se ao redor da presa envolvendo-a por completo.;• Vacúolo alimentar;• Foraminíferos, heliozoários e radiolários - pseudópodos são armadilha;• Alimento fica emuma substância adesiva com lisossomos que iniciam a digestão antes de fagocitar;• Restos alimentarem – exocitose;• Entamoeba histolytica.
  22. 22. • A reprodução nas amebas ocorre por fissão binária (assexuada), e a forma sexuada é observada em poucos casos.
  23. 23. Protozoários Formadores de Esporos• 4.000 spp. - com estágios semelhantes a esporos;• Ausência de estrutura locomotora;• Vivem entre ou dentro de células hospedeiras de vertebrados e invertebrados;• Os esporozoários são haplóides exceto com relação ao zigoto.
  24. 24. • Malária - protozoários formadores de esporos do gênero Plasmodium;• Entrada no organismo humano - mosquito Anopheles darlingi;• Mosquito - injeta esporozoítos com as secreções salivares;• Ciclo de vida - uma fase assexuada e uma sexuada.
  25. 25. CICLO DE VIDAFASE ASSEXUADA: HOMEM – HOSP. INTERMEDIÁRIO• Picada do mosquito infectado - esporozoítos infectantes nos capilares cutâneos do homem;• Esporozoíto - célula hepática – trofozoíto – várias divisões – merozoítos - multiplicam - células hepáticas.;• Após uma semana – Merozoítos – hemácias;• Alguns merozoítos - transformação em gametócitos (feminino e masculino) no interior das hemáceas;• Gametócitos - ingeridos pelo mosquito são no intestino do inseto.
  26. 26. FASE SEXUADA: MOSQUITO – HOSP. DEFINITIVO• Gametócitos – fundem-se – zigoto;• Zigoto – divisão – esporozoítos – glândulas salivares
  27. 27. Protozoários Ciliados• 7.200 ssp. Descritas;• Hábitat - água marinha e doce, filmes d’água no solo;• 1/3 - são ecto e endocomensais ou parasitas;• Cílios ou estruturas ciliares em toda superfície corporal;• Cílios - organelas locomotoras ou capturadoras de alimento.• Citóstoma ou boca ciliar;• Dois núcleos: Macronúcleo e Micronúcleo.
  28. 28. Forma e estrutura• Assimétricos, maioria solitária, livre-natante, sésseis,• Célula arrendondado anteriormente e afilado posteriormente;• Externamente – película, com cílios e o tufo caudal;• Ectoplasma e endoplasma;• Tricocistos;• Sulco oral, citóstoma (boca celular) e citofaringe com penículo
  29. 29. • Citoprocto (ânus celular);• Vacúolos digestivos ;• Vacúolo contrátil;• Micronúcleo e Macronúcleo
  30. 30. Alimentação• Alimento - bactérias, pequenos protozoários, algas e fermentos;• Batimento dos cílios corrente de água contendo alimento;
  31. 31. REPRODUÇÃO• Assexuada por fissão binária;• Sexuada por conjugação.

×