SlideShare uma empresa Scribd logo
Madalena Fernandes
ESPAN, Queluz – 2013/14
É um texto em que se narram
acontecimentos/ações (histórias) reais ou
imaginários/as, desencadeados/as por
personagens, situadas num determinado
tempo e espaço. Estes acontecimentos ou
estas ações são narrados/as por um
narrador.
Relevo:
Principal:
Secundária:
Estrutura:
Introdução:
Desenvolvimento:
Desenlace ou conclusão:
Delimitação:
Aberta: não conhecemos a conclusão.
Fechada: conhecemos a conclusão.
Organização das sequências narrativas:
Encadeamento: as sequências sucedem-se segundo a ordem
cronológica dos acontecimentos.
Alternância: Duas ou mais acções vão sendo narradas
alternadamente.
Encaixe: uma acção é introduzida no meio de outra.
Ex. de
encadeamento
Ex. de alternância
Ex. de encaixe
Relevo/papel:
Principal/protagonista/herói;
Secundária;
Figurante.
Conceção:
Plana/modelada: É dinâmica/É estática.
Individual/coletiva: age em nome próprio/Representa
um conjunto de indivíduos.
Personagem-tipo: representa um determinado grupo
social ou profissional.
Personagem
plana
Personagem
modelada
Processos de caracterização:
Direta: Os traços físicos e/ou psicológicos da
personagem são fornecidos explicitamente, quer
pela própria personagem
(autocaracterização), quer pelo narrador ou por
outras personagens (heterocaracterização).
Aparece escrito no texto.
Indireta: Os traços característicos da personagem
são deduzidos a partir das suas atitudes e
comportamentos. O leitor, a partir da sua
leitura, deduz como é que é determinada
personagem. Não aparece escrito no texto.
Caracterização:
Física: traços fisionómicos, vestuário.
Psicológica: traços psicológicos, de
carácter, de comportamento.
Social: grupo social a que pertence.
É onde se realizam o(s) acontecimento(s).
O espaço físico: É o espaço real, exterior ou
interior, onde as personagens se movem.
O espaço psicológico: É o espaço interior da
personagem, o conjunto das suas vivências, emoções e
pensamentos.
O espaço social: Designa o ambiente social em que as
personagens se integram. A caracterização deste espaço
é feita principalmente pelo recurso aos figurantes.
Espaço
social
Espaço
psicológico
Espaço
físico
É o momento em que se desenrolam os acontecimentos.
O tempo cronológico: Marcas da passagem do tempo – dia,
mês, ano, etc.
O tempo histórico: Enquadramento histórico das acções.
O tempo psicológico: designa o modo como a personagem
sente o fluir do tempo.
Tempo cronológico
Tempo psicológico Tempo histórico
É um ser imaginário, criado pelo autor a quem cabe contar a
história.
Classificação quanto à sua presença:
Narrador participante: participa na história como personagem.
o A narração é feita na 1ª pessoa.
Narrador não participante: não participa na história como
personagem.
o A narração é feita na 3ª pessoa.
Classificação quanto à sua posição /ao seu ponto de vista:
Narrador subjetivo: narra os acontecimentos, declarando ou
sugerindo a sua posição, é parcial.
Narrador objetivo: não toma posição face aos acontecimentos, é
imparcial.
É o destinatário da mensagem do narrador.
Narração: relato de ações e de acontecimentos. Representa um momento de
avanço na ação. O pretérito perfeito e os verbos predominam na narração.
Descrição: momento da narrativa destinado à apresentação, com alguns
pormenores, das personagens, dos objetos e do espaço. Representa um momento
de pausa na ação. O pretérito imperfeito, os adjetivos e os recursos expressivos
predominam na descrição.
Diálogo: conversa entre duas ou mais personagens. Contribui para o dinamismo
da narrativa – ficamos a saber o que aconteceu, o que está a acontecer ou o que
irá acontecer.
Monólogo: reprodução do pensamento de uma personagem, eventualmente da
sua fala consigo própria.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo Categorias
Elsa Maximiano
 
ppt categorias Narrativa
ppt categorias Narrativappt categorias Narrativa
ppt categorias Narrativa
Teresa Pombo
 
Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo Categorias
José Ferreira
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
Teresa Pombo
 
Categorias da narrativa 8.º ano
Categorias da narrativa   8.º anoCategorias da narrativa   8.º ano
Categorias da narrativa 8.º ano
Célia Gonçalves
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
Vanda Sousa
 
O texto narrativo ppt
O texto narrativo pptO texto narrativo ppt
O texto narrativo ppt
Salomé Raposo
 
O texto narrativo
O texto narrativoO texto narrativo
O texto narrativo
Goretti Campos
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
Isabejaime21
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
mariaanliaf
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
Luís Sérgio
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
Sofia Carreira
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
A. Simoes
 
Descrição aa
Descrição aaDescrição aa
Descrição aa
armindaalmeida
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativa Categorias da narrativa
Categorias da narrativa
Lurdes Augusto
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
Luis Martins
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
António Fernandes
 
6º ano E. F. II - Elementos da Narrativa, Substantivos
6º ano E. F. II - Elementos da Narrativa, Substantivos6º ano E. F. II - Elementos da Narrativa, Substantivos
6º ano E. F. II - Elementos da Narrativa, Substantivos
Angélica Manenti
 
Lp 9º ano
Lp 9º anoLp 9º ano
Lp 9º ano
Manuel Oliveira
 
Categorias narrativa
Categorias narrativaCategorias narrativa
Categorias narrativa
pauloprofport
 

Mais procurados (20)

Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo Categorias
 
ppt categorias Narrativa
ppt categorias Narrativappt categorias Narrativa
ppt categorias Narrativa
 
Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo Categorias
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
 
Categorias da narrativa 8.º ano
Categorias da narrativa   8.º anoCategorias da narrativa   8.º ano
Categorias da narrativa 8.º ano
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
 
O texto narrativo ppt
O texto narrativo pptO texto narrativo ppt
O texto narrativo ppt
 
O texto narrativo
O texto narrativoO texto narrativo
O texto narrativo
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Descrição aa
Descrição aaDescrição aa
Descrição aa
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativa Categorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
6º ano E. F. II - Elementos da Narrativa, Substantivos
6º ano E. F. II - Elementos da Narrativa, Substantivos6º ano E. F. II - Elementos da Narrativa, Substantivos
6º ano E. F. II - Elementos da Narrativa, Substantivos
 
Lp 9º ano
Lp 9º anoLp 9º ano
Lp 9º ano
 
Categorias narrativa
Categorias narrativaCategorias narrativa
Categorias narrativa
 

Destaque

Introdução à História
Introdução à HistóriaIntrodução à História
Introdução à História
Lú Carvalho
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
Isabel Aguiar
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
Isabel Aguiar
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
Isabel Aguiar
 
O REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO IO REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO I
Isabel Aguiar
 
Rebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blogRebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blog
Isabel Aguiar
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
Isabel Aguiar
 
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIOQUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
Isabel Aguiar
 
Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro
Isabel Aguiar
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
Isabel Aguiar
 
SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889
Isabel Aguiar
 
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
Isabel Aguiar
 

Destaque (12)

Introdução à História
Introdução à HistóriaIntrodução à História
Introdução à História
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
 
O REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO IO REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO I
 
Rebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blogRebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blog
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
 
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIOQUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
 
Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
 
SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889
 
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
 

Semelhante a Narrativa 0002

Categoriasdanarrativa
CategoriasdanarrativaCategoriasdanarrativa
Categoriasdanarrativa
Heliadora
 
Categorias da narrativa 7º Ano
Categorias da narrativa 7º AnoCategorias da narrativa 7º Ano
Categorias da narrativa 7º Ano
Heliadora
 
Categorias narrativa
Categorias narrativaCategorias narrativa
Categorias narrativa
Carlos Lima
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativa Categorias da narrativa
Categorias da narrativa
Isabel Martins
 
Categorias da narativa
Categorias da narativaCategorias da narativa
Categorias da narativa
Zita Costa
 
Categorias Da Narrativa
Categorias Da  NarrativaCategorias Da  Narrativa
Categorias Da Narrativa
zelas
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
sasaesss
 
Categoriasda narrativa
Categoriasda narrativa Categoriasda narrativa
Categoriasda narrativa
Teresa Vasconcelos
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativa Categorias da narrativa
Categorias da narrativa
Ana Paula Loureiro
 
Narrativa 0003
Narrativa 0003Narrativa 0003
Narrativa 0003
Bruno G.
 
Narrativa
NarrativaNarrativa
Narrativa
tiagofl
 
2 portugues novo superior
2 portugues novo superior2 portugues novo superior
2 portugues novo superior
Janice Porto
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
mariaanliaf
 
Narração
NarraçãoNarração
Narração
Gracy Viana Viana
 
Redação
RedaçãoRedação
Redação
Elvis Vinícius
 
categoriasnarrativa.PDF
categoriasnarrativa.PDFcategoriasnarrativa.PDF
categoriasnarrativa.PDF
ssuser7869761
 
Roteiro de análise de livro
Roteiro de análise de livroRoteiro de análise de livro
Roteiro de análise de livro
Escola Estadual Joaquim Abarca -
 
Narração
NarraçãoNarração
Narração
Joseline Pippi
 
Narrativa 0006
Narrativa 0006Narrativa 0006
Narrativa 0006
Bruno G.
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
Rejane Adriano
 

Semelhante a Narrativa 0002 (20)

Categoriasdanarrativa
CategoriasdanarrativaCategoriasdanarrativa
Categoriasdanarrativa
 
Categorias da narrativa 7º Ano
Categorias da narrativa 7º AnoCategorias da narrativa 7º Ano
Categorias da narrativa 7º Ano
 
Categorias narrativa
Categorias narrativaCategorias narrativa
Categorias narrativa
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativa Categorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Categorias da narativa
Categorias da narativaCategorias da narativa
Categorias da narativa
 
Categorias Da Narrativa
Categorias Da  NarrativaCategorias Da  Narrativa
Categorias Da Narrativa
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Categoriasda narrativa
Categoriasda narrativa Categoriasda narrativa
Categoriasda narrativa
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativa Categorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Narrativa 0003
Narrativa 0003Narrativa 0003
Narrativa 0003
 
Narrativa
NarrativaNarrativa
Narrativa
 
2 portugues novo superior
2 portugues novo superior2 portugues novo superior
2 portugues novo superior
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Narração
NarraçãoNarração
Narração
 
Redação
RedaçãoRedação
Redação
 
categoriasnarrativa.PDF
categoriasnarrativa.PDFcategoriasnarrativa.PDF
categoriasnarrativa.PDF
 
Roteiro de análise de livro
Roteiro de análise de livroRoteiro de análise de livro
Roteiro de análise de livro
 
Narração
NarraçãoNarração
Narração
 
Narrativa 0006
Narrativa 0006Narrativa 0006
Narrativa 0006
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 

Mais de Bruno G.

Roteiro 0008
Roteiro 0008Roteiro 0008
Roteiro 0008
Bruno G.
 
Roteiro 0007
Roteiro 0007Roteiro 0007
Roteiro 0007
Bruno G.
 
Roteiro 0006
Roteiro 0006Roteiro 0006
Roteiro 0006
Bruno G.
 
Roteiro 0005
Roteiro 0005Roteiro 0005
Roteiro 0005
Bruno G.
 
Roteiro 0004
Roteiro 0004Roteiro 0004
Roteiro 0004
Bruno G.
 
Roteiro 0003
Roteiro 0003Roteiro 0003
Roteiro 0003
Bruno G.
 
Roteiro 0002
Roteiro 0002Roteiro 0002
Roteiro 0002
Bruno G.
 
Roteiro 0001
Roteiro 0001Roteiro 0001
Roteiro 0001
Bruno G.
 
Curta Metragem - Como fazer o seu !
Curta Metragem - Como fazer o seu !Curta Metragem - Como fazer o seu !
Curta Metragem - Como fazer o seu !
Bruno G.
 
Narrativa 0008
Narrativa 0008Narrativa 0008
Narrativa 0008
Bruno G.
 
Narrativa 0007
Narrativa 0007Narrativa 0007
Narrativa 0007
Bruno G.
 
Narrativa 0005
Narrativa 0005Narrativa 0005
Narrativa 0005
Bruno G.
 
Narrativa 0004
Narrativa 0004Narrativa 0004
Narrativa 0004
Bruno G.
 
Narrativa 0001
Narrativa 0001Narrativa 0001
Narrativa 0001
Bruno G.
 

Mais de Bruno G. (14)

Roteiro 0008
Roteiro 0008Roteiro 0008
Roteiro 0008
 
Roteiro 0007
Roteiro 0007Roteiro 0007
Roteiro 0007
 
Roteiro 0006
Roteiro 0006Roteiro 0006
Roteiro 0006
 
Roteiro 0005
Roteiro 0005Roteiro 0005
Roteiro 0005
 
Roteiro 0004
Roteiro 0004Roteiro 0004
Roteiro 0004
 
Roteiro 0003
Roteiro 0003Roteiro 0003
Roteiro 0003
 
Roteiro 0002
Roteiro 0002Roteiro 0002
Roteiro 0002
 
Roteiro 0001
Roteiro 0001Roteiro 0001
Roteiro 0001
 
Curta Metragem - Como fazer o seu !
Curta Metragem - Como fazer o seu !Curta Metragem - Como fazer o seu !
Curta Metragem - Como fazer o seu !
 
Narrativa 0008
Narrativa 0008Narrativa 0008
Narrativa 0008
 
Narrativa 0007
Narrativa 0007Narrativa 0007
Narrativa 0007
 
Narrativa 0005
Narrativa 0005Narrativa 0005
Narrativa 0005
 
Narrativa 0004
Narrativa 0004Narrativa 0004
Narrativa 0004
 
Narrativa 0001
Narrativa 0001Narrativa 0001
Narrativa 0001
 

Narrativa 0002

  • 2. É um texto em que se narram acontecimentos/ações (histórias) reais ou imaginários/as, desencadeados/as por personagens, situadas num determinado tempo e espaço. Estes acontecimentos ou estas ações são narrados/as por um narrador.
  • 4. Organização das sequências narrativas: Encadeamento: as sequências sucedem-se segundo a ordem cronológica dos acontecimentos. Alternância: Duas ou mais acções vão sendo narradas alternadamente. Encaixe: uma acção é introduzida no meio de outra.
  • 5. Ex. de encadeamento Ex. de alternância Ex. de encaixe
  • 6. Relevo/papel: Principal/protagonista/herói; Secundária; Figurante. Conceção: Plana/modelada: É dinâmica/É estática. Individual/coletiva: age em nome próprio/Representa um conjunto de indivíduos. Personagem-tipo: representa um determinado grupo social ou profissional.
  • 8. Processos de caracterização: Direta: Os traços físicos e/ou psicológicos da personagem são fornecidos explicitamente, quer pela própria personagem (autocaracterização), quer pelo narrador ou por outras personagens (heterocaracterização). Aparece escrito no texto. Indireta: Os traços característicos da personagem são deduzidos a partir das suas atitudes e comportamentos. O leitor, a partir da sua leitura, deduz como é que é determinada personagem. Não aparece escrito no texto.
  • 9. Caracterização: Física: traços fisionómicos, vestuário. Psicológica: traços psicológicos, de carácter, de comportamento. Social: grupo social a que pertence.
  • 10. É onde se realizam o(s) acontecimento(s). O espaço físico: É o espaço real, exterior ou interior, onde as personagens se movem. O espaço psicológico: É o espaço interior da personagem, o conjunto das suas vivências, emoções e pensamentos. O espaço social: Designa o ambiente social em que as personagens se integram. A caracterização deste espaço é feita principalmente pelo recurso aos figurantes.
  • 12. É o momento em que se desenrolam os acontecimentos. O tempo cronológico: Marcas da passagem do tempo – dia, mês, ano, etc. O tempo histórico: Enquadramento histórico das acções. O tempo psicológico: designa o modo como a personagem sente o fluir do tempo.
  • 14. É um ser imaginário, criado pelo autor a quem cabe contar a história. Classificação quanto à sua presença: Narrador participante: participa na história como personagem. o A narração é feita na 1ª pessoa. Narrador não participante: não participa na história como personagem. o A narração é feita na 3ª pessoa.
  • 15. Classificação quanto à sua posição /ao seu ponto de vista: Narrador subjetivo: narra os acontecimentos, declarando ou sugerindo a sua posição, é parcial. Narrador objetivo: não toma posição face aos acontecimentos, é imparcial.
  • 16. É o destinatário da mensagem do narrador.
  • 17. Narração: relato de ações e de acontecimentos. Representa um momento de avanço na ação. O pretérito perfeito e os verbos predominam na narração. Descrição: momento da narrativa destinado à apresentação, com alguns pormenores, das personagens, dos objetos e do espaço. Representa um momento de pausa na ação. O pretérito imperfeito, os adjetivos e os recursos expressivos predominam na descrição. Diálogo: conversa entre duas ou mais personagens. Contribui para o dinamismo da narrativa – ficamos a saber o que aconteceu, o que está a acontecer ou o que irá acontecer. Monólogo: reprodução do pensamento de uma personagem, eventualmente da sua fala consigo própria.