SlideShare uma empresa Scribd logo
TEXTO NARRATIVO
 Pode ser escrito em prosa ou em verso.
 O seu objetivo é narrar um acontecimento, uma recordação, um episódio, um caso
humano interessante, uma história, uma experiência vivida…
Categorias da Narrativa
 Ação
 Espaço
 Tempo
 Personagem
 Narrador
AÇÃO
 A ação é constituída por sequências narrativas (acontecimentos) provocadas ou
experimentadas pelas personagens, que se situam num espaço e decorrem num tempo,
mais ou menos extenso.
 A ação é fechada quando se conhece o desenlace da história, ou seja, o final é revelado;
e é aberta sempre que se verifica o contrário, normalmente, incitando à reflexão sobre a
mesma.
 Ação principal – consiste nas sequências narrativas com maior relevância dentro da
história e que, por isso, detêm um tratamento privilegiado no universo narrativo.
 Ação secundária – a sua importância depende da ação principal, em relação à qual
possui menor relevância.
ESPAÇO
O espaço não se resume apenas ao lugar onde o(s) evento(s) se realiza(m), possuindo também
uma dimensão social e psicológica importante para a interpretação do texto.
 Espaço físico – consiste no espaço real (geográfico; interior e exterior) onde os
acontecimentos ocorrem. As referências ao espaço físico conferem verosimilhança à
história narrada.
 Espaço social – consiste no ambiente social vivido pelas personagens (cf. personagens-
tipo) e cujos traços ilustram a atmosfera social (características culturais, económicas,
políticas…) em que se movimentam.
 Espaço psicológico – corresponde às vivências íntimas, pensamentos, sonhos, estados
de espírito, memórias, reflexões… das personagens e que caracterizam o ambiente a elas
associado.
TEMPO
 Tempo da diegese – consiste no tempo durante o qual a ação se desenrola, segundo uma
ordenação cronológica, e em que surgem marcas objetivas da passagem das horas, dias,
meses, anos, etc.
 Tempo histórico – consiste na época ou período da História em que se desenrolam
as sequências narrativas.
PERSONAGEM
 A personagem é uma entidade ficcional, dotada de um retrato físico (características
físicas observáveis) e psicológico (maneira de ser/pensar) e à qual é, normalmente,
atribuído um nome.
Classificação quanto ao relevo
 Personagem principal/protagonista/herói – o seu desempenho é fundamental para o
desenvolvimento da ação, na qual possui um papel central.
 Personagem secundária – desempenha um papel menos importante do que o do herói
no desenvolvimento dos acontecimentos.
 Figurante – cabe-lhe a função de ilustrar um espaço social, uma profissão, uma
ideologia… (ver personagem-tipo).
Processos de caracterização
 Caracterização direta – as características da personagem são proferidas diretamente:
autocaracterização – é a própria personagem que refere explicitamente os seus traços
característicos.
heterocaracterização – os traços distintivos da personagem são apresentados explicitamente pelo
narrador e/ou outra(s) personagem(ens).
 Caracterização indireta – é o resultado de deduções feitas a partir de atitudes,
comportamentos, reações, atos de fala, etc., da personagem ao longo da ação.
NARRADOR
 O narrador, à semelhança de qualquer outra personagem, é uma entidade fictícia que tem
a função de contar a história.
Classificação quanto à presença
 Participante:
- Autodiegético – o narrador participa na ação como personagem principal
(discurso na 1.ª pessoa).
- Homodiegético – o narrador participa na ação como personagem secundária
(discurso na 1.ª pessoa).
 Não participante
- Heterodiegético – o narrador não participa na ação como personagem, sendo,
portanto, exterior à história (discurso na 3.ª pessoa).
Classificação quanto à posição
 Objetiva – o narrador é imparcial relativamente ao que conta, não proferindo juízos de
valor.
 Subjetiva – o narrador defende uma posição/opinião face ao que conta, proferindo,
explícita ou implicitamente, juízos de valor, comentários, orientações ideológicas, etc.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo Categorias
Elsa Maximiano
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
Cristina Fontes
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
Teresa Pombo
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
Isabejaime21
 
Categorias narrativa
Categorias narrativaCategorias narrativa
Categorias narrativa
pauloprofport
 
Categorias da narrativa 9º ano
Categorias da narrativa   9º anoCategorias da narrativa   9º ano
Categorias da narrativa 9º ano
ElisabeteMarques
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
Sofia Carreira
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
Helena Coutinho
 
Categorias narrativa
Categorias narrativaCategorias narrativa
Categorias narrativa
Carlos Lima
 
Categorias Narrativa
Categorias NarrativaCategorias Narrativa
Categorias Narrativa
nelsonalves70
 
Narrativa 0002
Narrativa 0002Narrativa 0002
Narrativa 0002
Bruno G.
 
Categorias Da Narrativa
Categorias Da NarrativaCategorias Da Narrativa
Categorias Da Narrativa
Maria Fonseca
 
Categorias narrativa - síntese
Categorias narrativa - sínteseCategorias narrativa - síntese
Categorias narrativa - síntese
Nelma Patela
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
Luis Martins
 
Texto Narrativo
Texto NarrativoTexto Narrativo
Texto Narrativo
Iga Almeida
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
António Fernandes
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
Vanda Sousa
 
O texto narrativo
O texto narrativoO texto narrativo
O texto narrativo
Goretti Campos
 
O texto narrativo ppt
O texto narrativo pptO texto narrativo ppt
O texto narrativo ppt
Salomé Raposo
 

Mais procurados (19)

Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo Categorias
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
 
Categorias narrativa
Categorias narrativaCategorias narrativa
Categorias narrativa
 
Categorias da narrativa 9º ano
Categorias da narrativa   9º anoCategorias da narrativa   9º ano
Categorias da narrativa 9º ano
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Categorias narrativa
Categorias narrativaCategorias narrativa
Categorias narrativa
 
Categorias Narrativa
Categorias NarrativaCategorias Narrativa
Categorias Narrativa
 
Narrativa 0002
Narrativa 0002Narrativa 0002
Narrativa 0002
 
Categorias Da Narrativa
Categorias Da NarrativaCategorias Da Narrativa
Categorias Da Narrativa
 
Categorias narrativa - síntese
Categorias narrativa - sínteseCategorias narrativa - síntese
Categorias narrativa - síntese
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Texto Narrativo
Texto NarrativoTexto Narrativo
Texto Narrativo
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Categorias da Narrativa
Categorias da NarrativaCategorias da Narrativa
Categorias da Narrativa
 
O texto narrativo
O texto narrativoO texto narrativo
O texto narrativo
 
O texto narrativo ppt
O texto narrativo pptO texto narrativo ppt
O texto narrativo ppt
 

Semelhante a Categorias da narrativa

Categorias da narrativa 7º Ano
Categorias da narrativa 7º AnoCategorias da narrativa 7º Ano
Categorias da narrativa 7º Ano
Heliadora
 
Categoriasdanarrativa
CategoriasdanarrativaCategoriasdanarrativa
Categoriasdanarrativa
Heliadora
 
Categorias do texto narrativo
Categorias do texto narrativoCategorias do texto narrativo
Categorias do texto narrativo
janaosei
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
mariaanliaf
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
mariaanliaf
 
Narração
NarraçãoNarração
Narração
Gracy Viana Viana
 
Narrativa 0006
Narrativa 0006Narrativa 0006
Narrativa 0006
Bruno G.
 
Categorias da-narrativa1
Categorias da-narrativa1Categorias da-narrativa1
Categorias da-narrativa1
Marluce Brum
 
Narrativa 0003
Narrativa 0003Narrativa 0003
Narrativa 0003
Bruno G.
 
Narrativa 0008
Narrativa 0008Narrativa 0008
Narrativa 0008
Bruno G.
 
Lp 9º ano
Lp 9º anoLp 9º ano
Lp 9º ano
Manuel Oliveira
 
categoriasnarrativa.PDF
categoriasnarrativa.PDFcategoriasnarrativa.PDF
categoriasnarrativa.PDF
ssuser7869761
 
Categoriasda narrativa
Categoriasda narrativa Categoriasda narrativa
Categoriasda narrativa
Teresa Vasconcelos
 
Categorias da narativa
Categorias da narativaCategorias da narativa
Categorias da narativa
Zita Costa
 
Categorias Da Narrativa
Categorias Da  NarrativaCategorias Da  Narrativa
Categorias Da Narrativa
zelas
 
Texto narrativo - Apontamentos
Texto narrativo - Apontamentos   Texto narrativo - Apontamentos
Texto narrativo - Apontamentos
e- Arquivo
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
MARIDIDI
 
106670377 categorias-da-narrativa
106670377 categorias-da-narrativa106670377 categorias-da-narrativa
106670377 categorias-da-narrativa
Manuela Marques
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
sasaesss
 
Categorias Narrativa 2
Categorias Narrativa 2Categorias Narrativa 2
Categorias Narrativa 2
guestd825828
 

Semelhante a Categorias da narrativa (20)

Categorias da narrativa 7º Ano
Categorias da narrativa 7º AnoCategorias da narrativa 7º Ano
Categorias da narrativa 7º Ano
 
Categoriasdanarrativa
CategoriasdanarrativaCategoriasdanarrativa
Categoriasdanarrativa
 
Categorias do texto narrativo
Categorias do texto narrativoCategorias do texto narrativo
Categorias do texto narrativo
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Narração
NarraçãoNarração
Narração
 
Narrativa 0006
Narrativa 0006Narrativa 0006
Narrativa 0006
 
Categorias da-narrativa1
Categorias da-narrativa1Categorias da-narrativa1
Categorias da-narrativa1
 
Narrativa 0003
Narrativa 0003Narrativa 0003
Narrativa 0003
 
Narrativa 0008
Narrativa 0008Narrativa 0008
Narrativa 0008
 
Lp 9º ano
Lp 9º anoLp 9º ano
Lp 9º ano
 
categoriasnarrativa.PDF
categoriasnarrativa.PDFcategoriasnarrativa.PDF
categoriasnarrativa.PDF
 
Categoriasda narrativa
Categoriasda narrativa Categoriasda narrativa
Categoriasda narrativa
 
Categorias da narativa
Categorias da narativaCategorias da narativa
Categorias da narativa
 
Categorias Da Narrativa
Categorias Da  NarrativaCategorias Da  Narrativa
Categorias Da Narrativa
 
Texto narrativo - Apontamentos
Texto narrativo - Apontamentos   Texto narrativo - Apontamentos
Texto narrativo - Apontamentos
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
106670377 categorias-da-narrativa
106670377 categorias-da-narrativa106670377 categorias-da-narrativa
106670377 categorias-da-narrativa
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Categorias Narrativa 2
Categorias Narrativa 2Categorias Narrativa 2
Categorias Narrativa 2
 

Último

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
maria-oliveira
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 

Último (20)

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 

Categorias da narrativa

  • 1. TEXTO NARRATIVO  Pode ser escrito em prosa ou em verso.  O seu objetivo é narrar um acontecimento, uma recordação, um episódio, um caso humano interessante, uma história, uma experiência vivida… Categorias da Narrativa  Ação  Espaço  Tempo  Personagem  Narrador AÇÃO  A ação é constituída por sequências narrativas (acontecimentos) provocadas ou experimentadas pelas personagens, que se situam num espaço e decorrem num tempo, mais ou menos extenso.  A ação é fechada quando se conhece o desenlace da história, ou seja, o final é revelado; e é aberta sempre que se verifica o contrário, normalmente, incitando à reflexão sobre a mesma.  Ação principal – consiste nas sequências narrativas com maior relevância dentro da história e que, por isso, detêm um tratamento privilegiado no universo narrativo.  Ação secundária – a sua importância depende da ação principal, em relação à qual possui menor relevância. ESPAÇO O espaço não se resume apenas ao lugar onde o(s) evento(s) se realiza(m), possuindo também uma dimensão social e psicológica importante para a interpretação do texto.  Espaço físico – consiste no espaço real (geográfico; interior e exterior) onde os acontecimentos ocorrem. As referências ao espaço físico conferem verosimilhança à história narrada.  Espaço social – consiste no ambiente social vivido pelas personagens (cf. personagens- tipo) e cujos traços ilustram a atmosfera social (características culturais, económicas, políticas…) em que se movimentam.  Espaço psicológico – corresponde às vivências íntimas, pensamentos, sonhos, estados de espírito, memórias, reflexões… das personagens e que caracterizam o ambiente a elas associado. TEMPO
  • 2.  Tempo da diegese – consiste no tempo durante o qual a ação se desenrola, segundo uma ordenação cronológica, e em que surgem marcas objetivas da passagem das horas, dias, meses, anos, etc.  Tempo histórico – consiste na época ou período da História em que se desenrolam as sequências narrativas. PERSONAGEM  A personagem é uma entidade ficcional, dotada de um retrato físico (características físicas observáveis) e psicológico (maneira de ser/pensar) e à qual é, normalmente, atribuído um nome. Classificação quanto ao relevo  Personagem principal/protagonista/herói – o seu desempenho é fundamental para o desenvolvimento da ação, na qual possui um papel central.  Personagem secundária – desempenha um papel menos importante do que o do herói no desenvolvimento dos acontecimentos.  Figurante – cabe-lhe a função de ilustrar um espaço social, uma profissão, uma ideologia… (ver personagem-tipo). Processos de caracterização  Caracterização direta – as características da personagem são proferidas diretamente: autocaracterização – é a própria personagem que refere explicitamente os seus traços característicos. heterocaracterização – os traços distintivos da personagem são apresentados explicitamente pelo narrador e/ou outra(s) personagem(ens).  Caracterização indireta – é o resultado de deduções feitas a partir de atitudes, comportamentos, reações, atos de fala, etc., da personagem ao longo da ação. NARRADOR  O narrador, à semelhança de qualquer outra personagem, é uma entidade fictícia que tem a função de contar a história. Classificação quanto à presença  Participante: - Autodiegético – o narrador participa na ação como personagem principal (discurso na 1.ª pessoa). - Homodiegético – o narrador participa na ação como personagem secundária (discurso na 1.ª pessoa).  Não participante
  • 3. - Heterodiegético – o narrador não participa na ação como personagem, sendo, portanto, exterior à história (discurso na 3.ª pessoa). Classificação quanto à posição  Objetiva – o narrador é imparcial relativamente ao que conta, não proferindo juízos de valor.  Subjetiva – o narrador defende uma posição/opinião face ao que conta, proferindo, explícita ou implicitamente, juízos de valor, comentários, orientações ideológicas, etc.