SlideShare uma empresa Scribd logo
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
                                     http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.




     FICHA TEMÁTICA DA PROFª.SÍLVIA MENDONÇA
HISTÓRIA – 9º ANO - Mutações na Estrutura Social e nos Costumes

     Belle Époque                                Anos 20


A Industrialização e a   As transformações económicas e sociais
Urbanização trouxeram    decorrentes da 1ª Grande Guerra provocaram
transformações na        mudanças nos valores sociais e morais nos
Sociedade.               países industrializados do mundo ocidental.

Clima de Paz Armada.     A destruição e morte causadas pela grande
                         guerra, puseram em causa muitos dos valores
Domínio da Burguesia     existentes na sociedade.
(nos planos socais,
económicos e políticos). A sociedade tenta arranjar meios para esquecer
                         toda a tragédia da 1ª grande guerra.
Reflexo na vida do dia a
dia e na moral vigente.  Prosperidade da década de 20 possibilitou a
                         procura de uma nova forma de vida – a procura
Concepção de vida ,de    intensa do prazer e do divertimento.
valores, e de diversão.
                         Novos hábitos de lazer.
Os valores burgueses
giravam à volta da       Uma intensa vida nocturna.
riqueza e do bem –
estar.                   Estes novos costumes eram reprovados pelos
                         sectores da burguesia mais conservadores.
Tempo Livre:
   • Posse de luxuosas A Emancipação Feminina -
       habitações.       As mulheres passaram a assumir novos papéis e
   • Festas e            funções no trabalho e na família, que
       Espectáculos.     anteriormente pertenciam aos homens.
   • Praias e Termas.
                         Este novo papel contribuiu para o aparecimento
Dimensão Social dos      do Feminismo – um movimento de defesa da
Valores                  liberdade.
Burgueses:
   • Submissão à         Feminismo:
       ordem              Reivindica o direito de voto, a igualdade na
       estabelecida.     educação, no trabalho e no salário e no direito
   • Sentimento de       ao divórcio.
       família.

                         Profª Sílvia Mendonça                                    1
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
                                         http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.




   • Submissão da            Modificações no mundo da moda: saias pelo
     mulher ao lar.          joelho, uso de soutien e corte de cabelo “à la
                             garçonne”.
Dimensão dos Valores
do Operariado:               A Emergência da Cultura de Massas
   • Fracas condições
     de vida.                A cultura deixa de ser acessível só à elite
   • Desenvolvimento         burguesa da Belle Époque.
     do sindicalismo
   • Melhores                Estende – se a um número crescente de pessoas.
     condições de
     trabalho e de           Surge o fenómeno de cultura de massas.
     vida.
                             Os factores que deram origem a este fenómeno
Dimensão dos Valores         cultural:
da Classe Média:                • Desenvolvimento das tecnologias ligadas
   • Um novo papel                  aos meios de comunicação social (mass
      na Sociedade.                 media).
   • Desenvolvimento            • Os Mass Media tornaram – se os
      dos sectores                  principais veículos da cultura de massas.
      secundário e              • Alargamento da Escolaridade a um
      terciário.                    número cada vez maior de pessoas.
   • Aumento da                 • Havia mais pessoas que tinham acesso à
      administração                 imprensa, à rádio, ao cinema e à música.
      pública.                  • Aumento dos tempos livres
   • Crescimento das         proporcionados pela redução do horário de
      cidades.               trabalho.
   • Papel importante
      nas mudanças           Universalização da Cultura de Massas.
      políticas, sociais e
      culturais.             Imprensa Periódica multiplica – se
   • Influência na           (nas tiragens, número de títulos, com jornais,
      sociedade e na         revistas, romances e banda desenhada).
      formação da
      opinião pública e      O Cinema passa a ser divertimento, indústria,
      peso eleitoral.        desenvolvem –se grandes empresas, que se
                             dedicam exclusivamente à produção de filmes.

                             Hollywood – capital do cinema.

                             Actores do cinema mudo: Rudolfo Valentino e
                             Buster Keaton.


                             Profª Sílvia Mendonça                                    2
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
                                     http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.




Consequências:           Na transição para o Cinema sonoro: Charles
                         Chaplin.
Diminuição das
desigualdades sociais.    A partir de 1927, o cinema sonoro traz novos
                          géneros:
Aproximação dos níveis       • Comédias Musicais – Fred Astaire e
de vida entre as diversas      Ginger Rogers.
classes sociais.             • Desenhos Animados: Walt Disney.

                         Rádio transmite as notícias, os discursos
O operariado e os        políticos, a publicidade e os novos ritmos
trabalhadores passaram   musicais.
a ter mais acesso aos
bens de consumo.         Novos Ritmos Musicais:
                           • Jazz: Louis Armstrong, Duke Ellington e
Os novos bens de              Maurice Chevalier.
consumo passaram a
transformar o ambiente   Novas Danças :
doméstico – aspirador,     • Charleston.
telefone, fogão,           • Foxtrot
frigorífico.               • Tango.

                         Desporto – modalidades que permitiam
                         espectáculos de massas.

                         Desportos de Massas:
                           • Futebol.
                           • Ciclismo.
                           • Boxe.
                           • Automobilismo.




                         Profª Sílvia Mendonça                                    3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho Da Historia
Trabalho Da HistoriaTrabalho Da Historia
Trabalho Da Historia
Sílvia Mendonça
 
Anos 20
Anos 20Anos 20
Anos 20
Maria Gomes
 
A cultura de massas
A cultura de massas   A cultura de massas
A cultura de massas
BrunaDinis
 
Caderno diário os loucos anos 20
Caderno diário os loucos anos 20Caderno diário os loucos anos 20
Caderno diário os loucos anos 20
Laboratório de História
 
Cultura de massas .
Cultura de massas .Cultura de massas .
Cultura de massas .
TavaresJoana
 
Os loucos anos20
Os loucos anos20Os loucos anos20
Os loucos anos20
Domingos Costa
 
Loucos Anos 20
Loucos Anos 20Loucos Anos 20
Loucos Anos 20
Jorge Almeida
 
Cultura de Massas
Cultura de MassasCultura de Massas
Cultura de Massas
Margarida Moreira
 
Os Loucos anos 20
Os Loucos anos 20Os Loucos anos 20
Os Loucos anos 20
Sérgio Bernardo
 
Os loucos anos 20
Os loucos anos 20Os loucos anos 20
Os loucos anos 20
franciscaf
 
Loucos anos 20 - moda
Loucos anos 20 - modaLoucos anos 20 - moda
Loucos anos 20 - moda
tottamafas
 
Os loucos anos 20
Os loucos anos 20Os loucos anos 20
Os loucos anos 20
Carolina Pardal
 
Os loucos anos 20
Os loucos anos 20Os loucos anos 20
Os loucos anos 20
João Santos
 
Powerpoint Os Loucos Anos 20
Powerpoint Os Loucos Anos 20Powerpoint Os Loucos Anos 20
Powerpoint Os Loucos Anos 20
isabel mgm
 
Mudanças Na Estrutura Social e Costumes
Mudanças Na Estrutura Social e CostumesMudanças Na Estrutura Social e Costumes
Mudanças Na Estrutura Social e Costumes
tatianaalves13
 
A mulher nos anos 20
A mulher  nos anos 20A mulher  nos anos 20
A mulher nos anos 20
Carla Teixeira
 
Os loucos anos 20
Os loucos anos 20Os loucos anos 20
Os loucos anos 20
ceufaias
 
Sociedade e Cultura
Sociedade e CulturaSociedade e Cultura
Sociedade e Cultura
cattonia
 
Apresentação mutações nos comportamentos e na cultura
Apresentação mutações nos comportamentos e na culturaApresentação mutações nos comportamentos e na cultura
Apresentação mutações nos comportamentos e na cultura
Laboratório de História
 
Década de 30
Década de 30Década de 30
Década de 30
Victor Bruna Chaene
 

Mais procurados (20)

Trabalho Da Historia
Trabalho Da HistoriaTrabalho Da Historia
Trabalho Da Historia
 
Anos 20
Anos 20Anos 20
Anos 20
 
A cultura de massas
A cultura de massas   A cultura de massas
A cultura de massas
 
Caderno diário os loucos anos 20
Caderno diário os loucos anos 20Caderno diário os loucos anos 20
Caderno diário os loucos anos 20
 
Cultura de massas .
Cultura de massas .Cultura de massas .
Cultura de massas .
 
Os loucos anos20
Os loucos anos20Os loucos anos20
Os loucos anos20
 
Loucos Anos 20
Loucos Anos 20Loucos Anos 20
Loucos Anos 20
 
Cultura de Massas
Cultura de MassasCultura de Massas
Cultura de Massas
 
Os Loucos anos 20
Os Loucos anos 20Os Loucos anos 20
Os Loucos anos 20
 
Os loucos anos 20
Os loucos anos 20Os loucos anos 20
Os loucos anos 20
 
Loucos anos 20 - moda
Loucos anos 20 - modaLoucos anos 20 - moda
Loucos anos 20 - moda
 
Os loucos anos 20
Os loucos anos 20Os loucos anos 20
Os loucos anos 20
 
Os loucos anos 20
Os loucos anos 20Os loucos anos 20
Os loucos anos 20
 
Powerpoint Os Loucos Anos 20
Powerpoint Os Loucos Anos 20Powerpoint Os Loucos Anos 20
Powerpoint Os Loucos Anos 20
 
Mudanças Na Estrutura Social e Costumes
Mudanças Na Estrutura Social e CostumesMudanças Na Estrutura Social e Costumes
Mudanças Na Estrutura Social e Costumes
 
A mulher nos anos 20
A mulher  nos anos 20A mulher  nos anos 20
A mulher nos anos 20
 
Os loucos anos 20
Os loucos anos 20Os loucos anos 20
Os loucos anos 20
 
Sociedade e Cultura
Sociedade e CulturaSociedade e Cultura
Sociedade e Cultura
 
Apresentação mutações nos comportamentos e na cultura
Apresentação mutações nos comportamentos e na culturaApresentação mutações nos comportamentos e na cultura
Apresentação mutações nos comportamentos e na cultura
 
Década de 30
Década de 30Década de 30
Década de 30
 

Destaque

Portugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militarPortugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militar
Joao Bernardo Santos
 
Portugal Da 1ªRepublica à Ditadura
Portugal Da 1ªRepublica à DitaduraPortugal Da 1ªRepublica à Ditadura
Portugal Da 1ªRepublica à Ditadura
Sílvia Mendonça
 
41 as transformações económicas do pós-guerra
41   as transformações económicas do pós-guerra41   as transformações económicas do pós-guerra
41 as transformações económicas do pós-guerra
Carla Freitas
 
5º O fim da 1ª República e a Ditadura Militar
5º O fim da 1ª República e a Ditadura Militar5º O fim da 1ª República e a Ditadura Militar
5º O fim da 1ª República e a Ditadura Militar
Básicas ou Secundárias
 
Alterações nas estruturas sociais
Alterações nas estruturas sociaisAlterações nas estruturas sociais
Alterações nas estruturas sociais
maria40
 
Mundo industrializado no século xix
Mundo industrializado no século xixMundo industrializado no século xix
Mundo industrializado no século xix
maria40
 
Modelos culturais do sec.XIX
Modelos culturais do sec.XIXModelos culturais do sec.XIX
Modelos culturais do sec.XIX
tomasribeiro08
 
37 o mundo industrializado no século xix
37   o mundo industrializado no século xix37   o mundo industrializado no século xix
37 o mundo industrializado no século xix
Carla Freitas
 
Novos modelos culturais no seculo xix
Novos modelos culturais no seculo xixNovos modelos culturais no seculo xix
Novos modelos culturais no seculo xix
maria40
 
O mundo industrializado no século xix
O mundo industrializado no século xixO mundo industrializado no século xix
O mundo industrializado no século xix
maria40
 
Regras de Conduta na Internet
Regras de Conduta na InternetRegras de Conduta na Internet
Regras de Conduta na Internet
Deia
 
Ruptura Inovação nas Artes e na Literatura
Ruptura Inovação nas Artes e na LiteraturaRuptura Inovação nas Artes e na Literatura
Ruptura Inovação nas Artes e na Literatura
Margarida Moreira
 
A sociedade industrial e urbana parte 1
A sociedade industrial e urbana   parte 1A sociedade industrial e urbana   parte 1
A sociedade industrial e urbana parte 1
cattonia
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974
Jorge Almeida
 
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
Vítor Santos
 
O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974
diuguitofelgas
 
9 ano 9_3_portugal da primeira república à ditadura militar
9 ano 9_3_portugal da primeira república à ditadura militar9 ano 9_3_portugal da primeira república à ditadura militar
9 ano 9_3_portugal da primeira república à ditadura militar
Vítor Santos
 
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 3010 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
Vítor Santos
 
How to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & TricksHow to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
SlideShare
 
Getting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShareGetting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShare
SlideShare
 

Destaque (20)

Portugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militarPortugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militar
 
Portugal Da 1ªRepublica à Ditadura
Portugal Da 1ªRepublica à DitaduraPortugal Da 1ªRepublica à Ditadura
Portugal Da 1ªRepublica à Ditadura
 
41 as transformações económicas do pós-guerra
41   as transformações económicas do pós-guerra41   as transformações económicas do pós-guerra
41 as transformações económicas do pós-guerra
 
5º O fim da 1ª República e a Ditadura Militar
5º O fim da 1ª República e a Ditadura Militar5º O fim da 1ª República e a Ditadura Militar
5º O fim da 1ª República e a Ditadura Militar
 
Alterações nas estruturas sociais
Alterações nas estruturas sociaisAlterações nas estruturas sociais
Alterações nas estruturas sociais
 
Mundo industrializado no século xix
Mundo industrializado no século xixMundo industrializado no século xix
Mundo industrializado no século xix
 
Modelos culturais do sec.XIX
Modelos culturais do sec.XIXModelos culturais do sec.XIX
Modelos culturais do sec.XIX
 
37 o mundo industrializado no século xix
37   o mundo industrializado no século xix37   o mundo industrializado no século xix
37 o mundo industrializado no século xix
 
Novos modelos culturais no seculo xix
Novos modelos culturais no seculo xixNovos modelos culturais no seculo xix
Novos modelos culturais no seculo xix
 
O mundo industrializado no século xix
O mundo industrializado no século xixO mundo industrializado no século xix
O mundo industrializado no século xix
 
Regras de Conduta na Internet
Regras de Conduta na InternetRegras de Conduta na Internet
Regras de Conduta na Internet
 
Ruptura Inovação nas Artes e na Literatura
Ruptura Inovação nas Artes e na LiteraturaRuptura Inovação nas Artes e na Literatura
Ruptura Inovação nas Artes e na Literatura
 
A sociedade industrial e urbana parte 1
A sociedade industrial e urbana   parte 1A sociedade industrial e urbana   parte 1
A sociedade industrial e urbana parte 1
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974
 
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
9 ano 9_2_as transformações do após-guerra
 
O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974O Dia 25 de Abril de 1974
O Dia 25 de Abril de 1974
 
9 ano 9_3_portugal da primeira república à ditadura militar
9 ano 9_3_portugal da primeira república à ditadura militar9 ano 9_3_portugal da primeira república à ditadura militar
9 ano 9_3_portugal da primeira república à ditadura militar
 
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 3010 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
 
How to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & TricksHow to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
 
Getting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShareGetting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShare
 

Semelhante a MutaçõEs Na Estrutura Social E Nos Costumes

Trabalho De Historia
Trabalho De HistoriaTrabalho De Historia
Trabalho De Historia
Rui Oliveira
 
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na CulturaMutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
gofontoura
 
Sociedade e Cultura
Sociedade e CulturaSociedade e Cultura
Sociedade e Cultura
Luis Mello Reis
 
Indústria cultural transparências
Indústria cultural transparênciasIndústria cultural transparências
Indústria cultural transparências
Funvic - Fundação de Ensino de Mococa
 
As sociedades europeia e dos EUA no após-guerra. A cultura de massas.pptx
As sociedades europeia e dos EUA no após-guerra. A cultura de massas.pptxAs sociedades europeia e dos EUA no após-guerra. A cultura de massas.pptx
As sociedades europeia e dos EUA no após-guerra. A cultura de massas.pptx
CarlosAraujo428034
 
Noção de massa e cultura de massa 3
Noção de massa e cultura de massa 3Noção de massa e cultura de massa 3
Noção de massa e cultura de massa 3
Emerson Ribeiro
 
A Sociedade De Massa
A Sociedade De MassaA Sociedade De Massa
A Sociedade De Massa
UNIP
 
Sociedade do espetáculo
Sociedade do espetáculoSociedade do espetáculo
Sociedade do espetáculo
Laércio Góes
 
Industria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptxIndustria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptx
orlando343934
 
Aula 5,6 E 7
Aula 5,6 E 7Aula 5,6 E 7
Aula 5,6 E 7
josepedrosilva
 
12º A Cultura De Massas Ii
12º   A Cultura De Massas   Ii12º   A Cultura De Massas   Ii
12º A Cultura De Massas Ii
Professores História
 
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL CAPITALISMO
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL CAPITALISMOTRABALHO COLABORATIVO AUTORAL CAPITALISMO
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL CAPITALISMO
Carla Fernandes
 
Entretenimento, aula 1 - aspectos sociais, midiáticos e tecnológicos
Entretenimento, aula 1 - aspectos sociais, midiáticos e tecnológicosEntretenimento, aula 1 - aspectos sociais, midiáticos e tecnológicos
Entretenimento, aula 1 - aspectos sociais, midiáticos e tecnológicos
Gustavo Fischer
 
Alta cultura, cultura popular, cultura de massa
Alta cultura, cultura popular, cultura de massaAlta cultura, cultura popular, cultura de massa
Alta cultura, cultura popular, cultura de massa
Aline Corso
 
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
As transformações socioculturais das 1ªs Décadas do Século XX - Resumo - 9ºano
As transformações socioculturais das 1ªs Décadas do Século XX - Resumo - 9ºanoAs transformações socioculturais das 1ªs Décadas do Século XX - Resumo - 9ºano
As transformações socioculturais das 1ªs Décadas do Século XX - Resumo - 9ºano
HizqeelMajoka
 
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hojeJornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
calbsilva
 
Globalização cultural
Globalização culturalGlobalização cultural
Globalização cultural
Jessie1r98
 
Ativ 1 cultura seculo xx
Ativ 1 cultura seculo xxAtiv 1 cultura seculo xx
Ativ 1 cultura seculo xx
Carlos Eduardo
 
A Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura PopularA Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura Popular
Marco Santos
 

Semelhante a MutaçõEs Na Estrutura Social E Nos Costumes (20)

Trabalho De Historia
Trabalho De HistoriaTrabalho De Historia
Trabalho De Historia
 
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na CulturaMutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
 
Sociedade e Cultura
Sociedade e CulturaSociedade e Cultura
Sociedade e Cultura
 
Indústria cultural transparências
Indústria cultural transparênciasIndústria cultural transparências
Indústria cultural transparências
 
As sociedades europeia e dos EUA no após-guerra. A cultura de massas.pptx
As sociedades europeia e dos EUA no após-guerra. A cultura de massas.pptxAs sociedades europeia e dos EUA no após-guerra. A cultura de massas.pptx
As sociedades europeia e dos EUA no após-guerra. A cultura de massas.pptx
 
Noção de massa e cultura de massa 3
Noção de massa e cultura de massa 3Noção de massa e cultura de massa 3
Noção de massa e cultura de massa 3
 
A Sociedade De Massa
A Sociedade De MassaA Sociedade De Massa
A Sociedade De Massa
 
Sociedade do espetáculo
Sociedade do espetáculoSociedade do espetáculo
Sociedade do espetáculo
 
Industria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptxIndustria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptx
 
Aula 5,6 E 7
Aula 5,6 E 7Aula 5,6 E 7
Aula 5,6 E 7
 
12º A Cultura De Massas Ii
12º   A Cultura De Massas   Ii12º   A Cultura De Massas   Ii
12º A Cultura De Massas Ii
 
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL CAPITALISMO
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL CAPITALISMOTRABALHO COLABORATIVO AUTORAL CAPITALISMO
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL CAPITALISMO
 
Entretenimento, aula 1 - aspectos sociais, midiáticos e tecnológicos
Entretenimento, aula 1 - aspectos sociais, midiáticos e tecnológicosEntretenimento, aula 1 - aspectos sociais, midiáticos e tecnológicos
Entretenimento, aula 1 - aspectos sociais, midiáticos e tecnológicos
 
Alta cultura, cultura popular, cultura de massa
Alta cultura, cultura popular, cultura de massaAlta cultura, cultura popular, cultura de massa
Alta cultura, cultura popular, cultura de massa
 
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
 
As transformações socioculturais das 1ªs Décadas do Século XX - Resumo - 9ºano
As transformações socioculturais das 1ªs Décadas do Século XX - Resumo - 9ºanoAs transformações socioculturais das 1ªs Décadas do Século XX - Resumo - 9ºano
As transformações socioculturais das 1ªs Décadas do Século XX - Resumo - 9ºano
 
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hojeJornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
 
Globalização cultural
Globalização culturalGlobalização cultural
Globalização cultural
 
Ativ 1 cultura seculo xx
Ativ 1 cultura seculo xxAtiv 1 cultura seculo xx
Ativ 1 cultura seculo xx
 
A Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura PopularA Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura Popular
 

Mais de Sílvia Mendonça

Pirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalistaPirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalista
Sílvia Mendonça
 
Primeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª repúblicaPrimeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª república
Sílvia Mendonça
 
O Culto Dos Mortos
O Culto Dos MortosO Culto Dos Mortos
O Culto Dos Mortos
Sílvia Mendonça
 
Governo Do Farao
Governo Do FaraoGoverno Do Farao
Governo Do Farao
Sílvia Mendonça
 
Estratificacao Egipto
Estratificacao EgiptoEstratificacao Egipto
Estratificacao Egipto
Sílvia Mendonça
 
As Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No EgiptoAs Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No Egipto
Sílvia Mendonça
 
A Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No EgiptoA Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No Egipto
Sílvia Mendonça
 
A Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia GeografiaA Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia Geografia
Sílvia Mendonça
 
Religiao Egipcia
Religiao EgipciaReligiao Egipcia
Religiao Egipcia
Sílvia Mendonça
 
Barcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos DescobrimentosBarcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos Descobrimentos
Sílvia Mendonça
 
Instrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticosInstrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticos
Sílvia Mendonça
 
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
Sílvia Mendonça
 
CondiçõEs Da ExpansãO
CondiçõEs Da ExpansãOCondiçõEs Da ExpansãO
CondiçõEs Da ExpansãO
Sílvia Mendonça
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
Sílvia Mendonça
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
Sílvia Mendonça
 
O Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêSO Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêS
Sílvia Mendonça
 
Urbanismo Pombalino
Urbanismo PombalinoUrbanismo Pombalino
Urbanismo Pombalino
Sílvia Mendonça
 
ReforçO Do Estado Absolutismo
ReforçO Do Estado   AbsolutismoReforçO Do Estado   Absolutismo
ReforçO Do Estado Absolutismo
Sílvia Mendonça
 
O Mercantilismo
O MercantilismoO Mercantilismo
O Mercantilismo
Sílvia Mendonça
 
O Ouro Brasileiro
O Ouro BrasileiroO Ouro Brasileiro
O Ouro Brasileiro
Sílvia Mendonça
 

Mais de Sílvia Mendonça (20)

Pirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalistaPirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalista
 
Primeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª repúblicaPrimeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª república
 
O Culto Dos Mortos
O Culto Dos MortosO Culto Dos Mortos
O Culto Dos Mortos
 
Governo Do Farao
Governo Do FaraoGoverno Do Farao
Governo Do Farao
 
Estratificacao Egipto
Estratificacao EgiptoEstratificacao Egipto
Estratificacao Egipto
 
As Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No EgiptoAs Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No Egipto
 
A Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No EgiptoA Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No Egipto
 
A Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia GeografiaA Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia Geografia
 
Religiao Egipcia
Religiao EgipciaReligiao Egipcia
Religiao Egipcia
 
Barcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos DescobrimentosBarcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos Descobrimentos
 
Instrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticosInstrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticos
 
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
 
CondiçõEs Da ExpansãO
CondiçõEs Da ExpansãOCondiçõEs Da ExpansãO
CondiçõEs Da ExpansãO
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
 
O Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêSO Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêS
 
Urbanismo Pombalino
Urbanismo PombalinoUrbanismo Pombalino
Urbanismo Pombalino
 
ReforçO Do Estado Absolutismo
ReforçO Do Estado   AbsolutismoReforçO Do Estado   Absolutismo
ReforçO Do Estado Absolutismo
 
O Mercantilismo
O MercantilismoO Mercantilismo
O Mercantilismo
 
O Ouro Brasileiro
O Ouro BrasileiroO Ouro Brasileiro
O Ouro Brasileiro
 

Último

Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 

MutaçõEs Na Estrutura Social E Nos Costumes

  • 1. Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. FICHA TEMÁTICA DA PROFª.SÍLVIA MENDONÇA HISTÓRIA – 9º ANO - Mutações na Estrutura Social e nos Costumes Belle Époque Anos 20 A Industrialização e a As transformações económicas e sociais Urbanização trouxeram decorrentes da 1ª Grande Guerra provocaram transformações na mudanças nos valores sociais e morais nos Sociedade. países industrializados do mundo ocidental. Clima de Paz Armada. A destruição e morte causadas pela grande guerra, puseram em causa muitos dos valores Domínio da Burguesia existentes na sociedade. (nos planos socais, económicos e políticos). A sociedade tenta arranjar meios para esquecer toda a tragédia da 1ª grande guerra. Reflexo na vida do dia a dia e na moral vigente. Prosperidade da década de 20 possibilitou a procura de uma nova forma de vida – a procura Concepção de vida ,de intensa do prazer e do divertimento. valores, e de diversão. Novos hábitos de lazer. Os valores burgueses giravam à volta da Uma intensa vida nocturna. riqueza e do bem – estar. Estes novos costumes eram reprovados pelos sectores da burguesia mais conservadores. Tempo Livre: • Posse de luxuosas A Emancipação Feminina - habitações. As mulheres passaram a assumir novos papéis e • Festas e funções no trabalho e na família, que Espectáculos. anteriormente pertenciam aos homens. • Praias e Termas. Este novo papel contribuiu para o aparecimento Dimensão Social dos do Feminismo – um movimento de defesa da Valores liberdade. Burgueses: • Submissão à Feminismo: ordem Reivindica o direito de voto, a igualdade na estabelecida. educação, no trabalho e no salário e no direito • Sentimento de ao divórcio. família. Profª Sílvia Mendonça 1
  • 2. Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. • Submissão da Modificações no mundo da moda: saias pelo mulher ao lar. joelho, uso de soutien e corte de cabelo “à la garçonne”. Dimensão dos Valores do Operariado: A Emergência da Cultura de Massas • Fracas condições de vida. A cultura deixa de ser acessível só à elite • Desenvolvimento burguesa da Belle Époque. do sindicalismo • Melhores Estende – se a um número crescente de pessoas. condições de trabalho e de Surge o fenómeno de cultura de massas. vida. Os factores que deram origem a este fenómeno Dimensão dos Valores cultural: da Classe Média: • Desenvolvimento das tecnologias ligadas • Um novo papel aos meios de comunicação social (mass na Sociedade. media). • Desenvolvimento • Os Mass Media tornaram – se os dos sectores principais veículos da cultura de massas. secundário e • Alargamento da Escolaridade a um terciário. número cada vez maior de pessoas. • Aumento da • Havia mais pessoas que tinham acesso à administração imprensa, à rádio, ao cinema e à música. pública. • Aumento dos tempos livres • Crescimento das proporcionados pela redução do horário de cidades. trabalho. • Papel importante nas mudanças Universalização da Cultura de Massas. políticas, sociais e culturais. Imprensa Periódica multiplica – se • Influência na (nas tiragens, número de títulos, com jornais, sociedade e na revistas, romances e banda desenhada). formação da opinião pública e O Cinema passa a ser divertimento, indústria, peso eleitoral. desenvolvem –se grandes empresas, que se dedicam exclusivamente à produção de filmes. Hollywood – capital do cinema. Actores do cinema mudo: Rudolfo Valentino e Buster Keaton. Profª Sílvia Mendonça 2
  • 3. Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Consequências: Na transição para o Cinema sonoro: Charles Chaplin. Diminuição das desigualdades sociais. A partir de 1927, o cinema sonoro traz novos géneros: Aproximação dos níveis • Comédias Musicais – Fred Astaire e de vida entre as diversas Ginger Rogers. classes sociais. • Desenhos Animados: Walt Disney. Rádio transmite as notícias, os discursos O operariado e os políticos, a publicidade e os novos ritmos trabalhadores passaram musicais. a ter mais acesso aos bens de consumo. Novos Ritmos Musicais: • Jazz: Louis Armstrong, Duke Ellington e Os novos bens de Maurice Chevalier. consumo passaram a transformar o ambiente Novas Danças : doméstico – aspirador, • Charleston. telefone, fogão, • Foxtrot frigorífico. • Tango. Desporto – modalidades que permitiam espectáculos de massas. Desportos de Massas: • Futebol. • Ciclismo. • Boxe. • Automobilismo. Profª Sílvia Mendonça 3