SlideShare uma empresa Scribd logo
GOVERNO DO FARAÓ

                     Inicialmente:

                         • O Egipto estava dividido em reinos.
       Iniciou-se o processo de unificação que acabou em 3000 a.C., que
   •
       acabou com a formação de um só reino controlado pelo faraó.
       Teria sido Narmer, um rei do Alto Egipto, quem unificou as duas
   •
       regiões.
        Uma placa de xisto, conhecida como a Paleta de Narmer,
   •
       comemora este evento.
       Um dos lados desta placa mostra Narmer usando a coroa do Alto
   •
       Egipto (a coroa branca).
       Enquanto que o outro lado mostra-o com a coroa do Baixo
   •
       Egipto (a coroa vermelha) num cortejo triunfal.
       Narmer é identificado por alguns egiptólogos com
       Menés, nome pelo qual é designado o primeiro rei
       do Egipto.



Posteriormente o Faraó:

   • Usa a coroa dupla
   • É auxiliado pelo Vizir (Espécie de 1º Ministro, é seu assistente e
     secretário) e um Corpo de funcionários (Nobres e Altos
     Funcionários).
   • Exercia o poder absoluto, controlando todas as áreas do Egipto
     (Administração, religião, justiça, exército e obras públicas).
   • Poderes eram considerados provenientes dos deuses.
   • O Egipto foi governado por uma monarquia teocrática.



                               O Vizir era os olhos e as orelhas do soberano
                                                  – Faraó

                                            Vizir de Ramsés II

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Roma
RomaRoma
Roma
Laguat
 
02 egito antigo
02   egito antigo02   egito antigo
EGITO ANTIGO
EGITO ANTIGOEGITO ANTIGO
EGITO ANTIGO
Érica Alegre
 
Apresentaçãohistdir5
Apresentaçãohistdir5Apresentaçãohistdir5
7 africa egipcios-e_cuxitas
7 africa egipcios-e_cuxitas7 africa egipcios-e_cuxitas
7 africa egipcios-e_cuxitas
Lucas Cechinel
 
Direito romano
Direito romanoDireito romano
Direito romano
Alessandro Ramos
 
A grécia antiga período pré-homérico
A grécia antiga   período pré-homéricoA grécia antiga   período pré-homérico
A grécia antiga período pré-homérico
historiando
 
Antiguidade oriental e clássica
Antiguidade oriental e clássicaAntiguidade oriental e clássica
Antiguidade oriental e clássica
Tatiana Peixoto
 
História Geral - Grécia Antiga (até o Período Arcaico)
História Geral - Grécia Antiga (até o Período Arcaico)História Geral - Grécia Antiga (até o Período Arcaico)
História Geral - Grécia Antiga (até o Período Arcaico)
Amanda Daamiani
 
Egito e Kush
Egito e KushEgito e Kush
Egito e Kush
Paulo Alexandre
 
Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
Rai Li
 
Trabalho de artes - Grupo 2.odp22
Trabalho de artes - Grupo 2.odp22Trabalho de artes - Grupo 2.odp22
Trabalho de artes - Grupo 2.odp22
ctadi1m
 
Egitoantigo
EgitoantigoEgitoantigo
Egitoantigo
maida marciano
 
Apresentaçãohistdir3
Apresentaçãohistdir3Apresentaçãohistdir3
Apresentaçãohistdir3
Julio Rocha
 
Reino de Kush (Cuxe)
Reino de Kush (Cuxe)Reino de Kush (Cuxe)
Reino de Kush (Cuxe)
Helloísa Clara
 
7.a.egito.2014
7.a.egito.20147.a.egito.2014
7.a.egito.2014
Jose Ribamar Santos
 
Egitoantigo
EgitoantigoEgitoantigo
Egitoantigo
Washington Heleno
 
Apresentaçãohistdir9
Apresentaçãohistdir9Apresentaçãohistdir9

Mais procurados (18)

Roma
RomaRoma
Roma
 
02 egito antigo
02   egito antigo02   egito antigo
02 egito antigo
 
EGITO ANTIGO
EGITO ANTIGOEGITO ANTIGO
EGITO ANTIGO
 
Apresentaçãohistdir5
Apresentaçãohistdir5Apresentaçãohistdir5
Apresentaçãohistdir5
 
7 africa egipcios-e_cuxitas
7 africa egipcios-e_cuxitas7 africa egipcios-e_cuxitas
7 africa egipcios-e_cuxitas
 
Direito romano
Direito romanoDireito romano
Direito romano
 
A grécia antiga período pré-homérico
A grécia antiga   período pré-homéricoA grécia antiga   período pré-homérico
A grécia antiga período pré-homérico
 
Antiguidade oriental e clássica
Antiguidade oriental e clássicaAntiguidade oriental e clássica
Antiguidade oriental e clássica
 
História Geral - Grécia Antiga (até o Período Arcaico)
História Geral - Grécia Antiga (até o Período Arcaico)História Geral - Grécia Antiga (até o Período Arcaico)
História Geral - Grécia Antiga (até o Período Arcaico)
 
Egito e Kush
Egito e KushEgito e Kush
Egito e Kush
 
Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
 
Trabalho de artes - Grupo 2.odp22
Trabalho de artes - Grupo 2.odp22Trabalho de artes - Grupo 2.odp22
Trabalho de artes - Grupo 2.odp22
 
Egitoantigo
EgitoantigoEgitoantigo
Egitoantigo
 
Apresentaçãohistdir3
Apresentaçãohistdir3Apresentaçãohistdir3
Apresentaçãohistdir3
 
Reino de Kush (Cuxe)
Reino de Kush (Cuxe)Reino de Kush (Cuxe)
Reino de Kush (Cuxe)
 
7.a.egito.2014
7.a.egito.20147.a.egito.2014
7.a.egito.2014
 
Egitoantigo
EgitoantigoEgitoantigo
Egitoantigo
 
Apresentaçãohistdir9
Apresentaçãohistdir9Apresentaçãohistdir9
Apresentaçãohistdir9
 

Destaque

NotíCia Da Amigosd Avenida
NotíCia Da Amigosd AvenidaNotíCia Da Amigosd Avenida
NotíCia Da Amigosd Avenida
Jose Carlos Mota
 
Certificado Congresso 30 Anos Sns
Certificado Congresso 30 Anos SnsCertificado Congresso 30 Anos Sns
Certificado Congresso 30 Anos Sns
Maria Maló
 
HistóRia De Minha Vida
HistóRia De Minha VidaHistóRia De Minha Vida
HistóRia De Minha Vida
guest788a528
 
14 InspiraçãO 396 17 Set04
14 InspiraçãO 396 17 Set0414 InspiraçãO 396 17 Set04
14 InspiraçãO 396 17 Set04
Marco Aurelio V
 
Adobe Flex
Adobe FlexAdobe Flex
Adobe Flex
Rodrigo Virgilio
 
Dc042604 1
Dc042604 1Dc042604 1
Dc042604 1
adeilzabezerra
 
Docencia 2 Formato Practica No 1
Docencia 2  Formato Practica No 1Docencia 2  Formato Practica No 1
Docencia 2 Formato Practica No 1
Adalberto
 
Cartaz Cultural Maio
Cartaz Cultural MaioCartaz Cultural Maio
Cartaz Cultural Maio
nuno.jose.duarte
 
Pública22Abr2007
Pública22Abr2007Pública22Abr2007
Pública22Abr2007
mrvpimenta
 
BernardJeunet5
BernardJeunet5BernardJeunet5
BernardJeunet5
mrvpimenta
 
Lotomática 7
Lotomática 7Lotomática 7
Lotomática 7
Prof. Materaldo
 
Informativo Mais Cultura - 16 de Março de 2009
Informativo Mais Cultura - 16 de Março de 2009Informativo Mais Cultura - 16 de Março de 2009
Informativo Mais Cultura - 16 de Março de 2009
Esplanada dos Ministérios, Brasil
 
Sensores
SensoresSensores
Sensores
guest2edc4
 
63 Quase Morte Novembro2005
63 Quase Morte Novembro200563 Quase Morte Novembro2005
63 Quase Morte Novembro2005
Marco Aurelio V
 
Reciclagem Lhara e Sara
Reciclagem Lhara e SaraReciclagem Lhara e Sara
Reciclagem Lhara e Sara
Haiashi
 
68 Ondas Eletromagneticas Fev 2006
68 Ondas Eletromagneticas Fev 200668 Ondas Eletromagneticas Fev 2006
68 Ondas Eletromagneticas Fev 2006
Marco Aurelio V
 
Trabalho De CiêNcias Naturais
Trabalho De CiêNcias NaturaisTrabalho De CiêNcias Naturais
Trabalho De CiêNcias Naturais
zucolandia
 
Programas 09 Desenvolvimento Activo
Programas 09 Desenvolvimento ActivoProgramas 09 Desenvolvimento Activo
Programas 09 Desenvolvimento Activo
Helena Goncalves
 

Destaque (20)

NotíCia Da Amigosd Avenida
NotíCia Da Amigosd AvenidaNotíCia Da Amigosd Avenida
NotíCia Da Amigosd Avenida
 
Certificado Congresso 30 Anos Sns
Certificado Congresso 30 Anos SnsCertificado Congresso 30 Anos Sns
Certificado Congresso 30 Anos Sns
 
HistóRia De Minha Vida
HistóRia De Minha VidaHistóRia De Minha Vida
HistóRia De Minha Vida
 
14 InspiraçãO 396 17 Set04
14 InspiraçãO 396 17 Set0414 InspiraçãO 396 17 Set04
14 InspiraçãO 396 17 Set04
 
Adobe Flex
Adobe FlexAdobe Flex
Adobe Flex
 
Futuros empleados
Futuros empleadosFuturos empleados
Futuros empleados
 
Dc042604 1
Dc042604 1Dc042604 1
Dc042604 1
 
Arvore Genalogica
Arvore GenalogicaArvore Genalogica
Arvore Genalogica
 
Docencia 2 Formato Practica No 1
Docencia 2  Formato Practica No 1Docencia 2  Formato Practica No 1
Docencia 2 Formato Practica No 1
 
Cartaz Cultural Maio
Cartaz Cultural MaioCartaz Cultural Maio
Cartaz Cultural Maio
 
Pública22Abr2007
Pública22Abr2007Pública22Abr2007
Pública22Abr2007
 
BernardJeunet5
BernardJeunet5BernardJeunet5
BernardJeunet5
 
Lotomática 7
Lotomática 7Lotomática 7
Lotomática 7
 
Informativo Mais Cultura - 16 de Março de 2009
Informativo Mais Cultura - 16 de Março de 2009Informativo Mais Cultura - 16 de Março de 2009
Informativo Mais Cultura - 16 de Março de 2009
 
Sensores
SensoresSensores
Sensores
 
63 Quase Morte Novembro2005
63 Quase Morte Novembro200563 Quase Morte Novembro2005
63 Quase Morte Novembro2005
 
Reciclagem Lhara e Sara
Reciclagem Lhara e SaraReciclagem Lhara e Sara
Reciclagem Lhara e Sara
 
68 Ondas Eletromagneticas Fev 2006
68 Ondas Eletromagneticas Fev 200668 Ondas Eletromagneticas Fev 2006
68 Ondas Eletromagneticas Fev 2006
 
Trabalho De CiêNcias Naturais
Trabalho De CiêNcias NaturaisTrabalho De CiêNcias Naturais
Trabalho De CiêNcias Naturais
 
Programas 09 Desenvolvimento Activo
Programas 09 Desenvolvimento ActivoProgramas 09 Desenvolvimento Activo
Programas 09 Desenvolvimento Activo
 

Semelhante a Governo Do Farao

Egito
EgitoEgito
Egito Antigo
Egito AntigoEgito Antigo
Egito Antigo
harlissoncarvalho
 
Aula Egito Babil Heb
Aula Egito Babil HebAula Egito Babil Heb
Aula Egito Babil Heb
Lucas Nunes de Souza
 
Egito
EgitoEgito
egito
 egito egito
Antigüidade oriental
Antigüidade orientalAntigüidade oriental
Antigüidade oriental
paolo disilva
 
Egito antigo
Egito antigoEgito antigo
Visita de Estudo ao Antigo Egipto
Visita de Estudo ao Antigo EgiptoVisita de Estudo ao Antigo Egipto
Visita de Estudo ao Antigo Egipto
HelderCG
 
Egito antigo
Egito antigoEgito antigo
Egito antigo
Carlos Zaranza
 
O Egito Antigo_2015
O Egito Antigo_2015O Egito Antigo_2015
O Egito Antigo_2015
João Medeiros
 
Antiguidade Oriental _ Egito
Antiguidade Oriental _ EgitoAntiguidade Oriental _ Egito
Antiguidade Oriental _ Egito
Gerson Luis Lanzarini
 
Hisger3
Hisger3Hisger3
Hisger3
cosme11
 
Egito antigo
Egito antigoEgito antigo
Egito antigo
dmflores21
 
Egito antigo mui bom
Egito antigo mui bomEgito antigo mui bom
Egito antigo mui bom
Braulio Santos Pereira
 
Egito 1
Egito 1Egito 1
Egito apresntação dia 26 1º ano
Egito apresntação dia 26 1º anoEgito apresntação dia 26 1º ano
Egito apresntação dia 26 1º ano
hermes2974
 
Egitoantigo 1993
Egitoantigo 1993Egitoantigo 1993
Egitoantigo 1993
luzia Camilo lopes
 
Egito Antigo 2345
Egito Antigo 2345Egito Antigo 2345
Egito Antigo 2345
jssrs1313
 
Egito Faraônico Antigo Império
Egito Faraônico Antigo ImpérioEgito Faraônico Antigo Império
Egito Faraônico Antigo Império
Doug Caesar
 
Egito antigo
Egito antigo Egito antigo
Egito antigo
Loredana Ruffo
 

Semelhante a Governo Do Farao (20)

Egito
EgitoEgito
Egito
 
Egito Antigo
Egito AntigoEgito Antigo
Egito Antigo
 
Aula Egito Babil Heb
Aula Egito Babil HebAula Egito Babil Heb
Aula Egito Babil Heb
 
Egito
EgitoEgito
Egito
 
egito
 egito egito
egito
 
Antigüidade oriental
Antigüidade orientalAntigüidade oriental
Antigüidade oriental
 
Egito antigo
Egito antigoEgito antigo
Egito antigo
 
Visita de Estudo ao Antigo Egipto
Visita de Estudo ao Antigo EgiptoVisita de Estudo ao Antigo Egipto
Visita de Estudo ao Antigo Egipto
 
Egito antigo
Egito antigoEgito antigo
Egito antigo
 
O Egito Antigo_2015
O Egito Antigo_2015O Egito Antigo_2015
O Egito Antigo_2015
 
Antiguidade Oriental _ Egito
Antiguidade Oriental _ EgitoAntiguidade Oriental _ Egito
Antiguidade Oriental _ Egito
 
Hisger3
Hisger3Hisger3
Hisger3
 
Egito antigo
Egito antigoEgito antigo
Egito antigo
 
Egito antigo mui bom
Egito antigo mui bomEgito antigo mui bom
Egito antigo mui bom
 
Egito 1
Egito 1Egito 1
Egito 1
 
Egito apresntação dia 26 1º ano
Egito apresntação dia 26 1º anoEgito apresntação dia 26 1º ano
Egito apresntação dia 26 1º ano
 
Egitoantigo 1993
Egitoantigo 1993Egitoantigo 1993
Egitoantigo 1993
 
Egito Antigo 2345
Egito Antigo 2345Egito Antigo 2345
Egito Antigo 2345
 
Egito Faraônico Antigo Império
Egito Faraônico Antigo ImpérioEgito Faraônico Antigo Império
Egito Faraônico Antigo Império
 
Egito antigo
Egito antigo Egito antigo
Egito antigo
 

Mais de Sílvia Mendonça

Pirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalistaPirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalista
Sílvia Mendonça
 
Primeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª repúblicaPrimeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª república
Sílvia Mendonça
 
O Culto Dos Mortos
O Culto Dos MortosO Culto Dos Mortos
O Culto Dos Mortos
Sílvia Mendonça
 
Estratificacao Egipto
Estratificacao EgiptoEstratificacao Egipto
Estratificacao Egipto
Sílvia Mendonça
 
As Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No EgiptoAs Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No Egipto
Sílvia Mendonça
 
A Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No EgiptoA Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No Egipto
Sílvia Mendonça
 
A Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia GeografiaA Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia Geografia
Sílvia Mendonça
 
Religiao Egipcia
Religiao EgipciaReligiao Egipcia
Religiao Egipcia
Sílvia Mendonça
 
Barcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos DescobrimentosBarcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos Descobrimentos
Sílvia Mendonça
 
Instrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticosInstrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticos
Sílvia Mendonça
 
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
Sílvia Mendonça
 
CondiçõEs Da ExpansãO
CondiçõEs Da ExpansãOCondiçõEs Da ExpansãO
CondiçõEs Da ExpansãO
Sílvia Mendonça
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
Sílvia Mendonça
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
Sílvia Mendonça
 
O Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêSO Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêS
Sílvia Mendonça
 
Urbanismo Pombalino
Urbanismo PombalinoUrbanismo Pombalino
Urbanismo Pombalino
Sílvia Mendonça
 
ReforçO Do Estado Absolutismo
ReforçO Do Estado   AbsolutismoReforçO Do Estado   Absolutismo
ReforçO Do Estado Absolutismo
Sílvia Mendonça
 
O Mercantilismo
O MercantilismoO Mercantilismo
O Mercantilismo
Sílvia Mendonça
 
O Ouro Brasileiro
O Ouro BrasileiroO Ouro Brasileiro
O Ouro Brasileiro
Sílvia Mendonça
 
O Poder Absoluto Em Portugal
O Poder Absoluto Em PortugalO Poder Absoluto Em Portugal
O Poder Absoluto Em Portugal
Sílvia Mendonça
 

Mais de Sílvia Mendonça (20)

Pirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalistaPirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalista
 
Primeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª repúblicaPrimeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª república
 
O Culto Dos Mortos
O Culto Dos MortosO Culto Dos Mortos
O Culto Dos Mortos
 
Estratificacao Egipto
Estratificacao EgiptoEstratificacao Egipto
Estratificacao Egipto
 
As Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No EgiptoAs Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No Egipto
 
A Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No EgiptoA Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No Egipto
 
A Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia GeografiaA Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia Geografia
 
Religiao Egipcia
Religiao EgipciaReligiao Egipcia
Religiao Egipcia
 
Barcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos DescobrimentosBarcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos Descobrimentos
 
Instrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticosInstrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticos
 
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
 
CondiçõEs Da ExpansãO
CondiçõEs Da ExpansãOCondiçõEs Da ExpansãO
CondiçõEs Da ExpansãO
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
 
O Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêSO Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêS
 
Urbanismo Pombalino
Urbanismo PombalinoUrbanismo Pombalino
Urbanismo Pombalino
 
ReforçO Do Estado Absolutismo
ReforçO Do Estado   AbsolutismoReforçO Do Estado   Absolutismo
ReforçO Do Estado Absolutismo
 
O Mercantilismo
O MercantilismoO Mercantilismo
O Mercantilismo
 
O Ouro Brasileiro
O Ouro BrasileiroO Ouro Brasileiro
O Ouro Brasileiro
 
O Poder Absoluto Em Portugal
O Poder Absoluto Em PortugalO Poder Absoluto Em Portugal
O Poder Absoluto Em Portugal
 

Último

Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 

Último (20)

Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 

Governo Do Farao

  • 1. GOVERNO DO FARAÓ Inicialmente: • O Egipto estava dividido em reinos. Iniciou-se o processo de unificação que acabou em 3000 a.C., que • acabou com a formação de um só reino controlado pelo faraó. Teria sido Narmer, um rei do Alto Egipto, quem unificou as duas • regiões. Uma placa de xisto, conhecida como a Paleta de Narmer, • comemora este evento. Um dos lados desta placa mostra Narmer usando a coroa do Alto • Egipto (a coroa branca). Enquanto que o outro lado mostra-o com a coroa do Baixo • Egipto (a coroa vermelha) num cortejo triunfal. Narmer é identificado por alguns egiptólogos com Menés, nome pelo qual é designado o primeiro rei do Egipto. Posteriormente o Faraó: • Usa a coroa dupla • É auxiliado pelo Vizir (Espécie de 1º Ministro, é seu assistente e secretário) e um Corpo de funcionários (Nobres e Altos Funcionários). • Exercia o poder absoluto, controlando todas as áreas do Egipto (Administração, religião, justiça, exército e obras públicas). • Poderes eram considerados provenientes dos deuses. • O Egipto foi governado por uma monarquia teocrática. O Vizir era os olhos e as orelhas do soberano – Faraó Vizir de Ramsés II