SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
Monteiro Lobato

 Vida e obra
Sitio do Pica Pau Amarelo
VIDA
 Literato e jornalista, José Bento Monteiro
  Lobato nasceu em Taubaté, São Paulo, a 18
  de abril de 1882. Descendente de antigos
  fazendeiros     de    café    do     vale   do
  Paraíba,      cresceu     junto     à     zona
  rural, interessando-se pelos problemas do
  campo. Essa vivência marcou a obra literária
  de Monteiro Lobato, que se afirmou como
  autor regionalista. Foi um dos escritores
  brasileiros    de    maior     prestigio    em
  conseqüência de sua atuação como
  intelectual    polêmico e autor de histórias
  infantis.
 Criado em um sítio,    foi alfabetizado pela
 mãe Olímpia Augusta Lobato e depois por
 um      professor   particular.   Aos    sete
 anos, entrou em um colégio. Nessa idade
 descobrira os livros de seu avô materno, o
 Visconde de Tremembé, dono de uma
 biblioteca imensa no interior da casa. Leu
 tudo o que havia para crianças em língua
 portuguesa. Nos primeiros anos de
 estudante já escrevia pequenos contos para
 os jornalzinhos das escolas que frequentou.
 Seu sonho era a Escola de Belas-
 Artes, mas, por imposição do avô, que o
 tinha como um sucessor na administração
 de seus negócios, acabou ingressando na
 Faculdade do Largo de São Francisco para
 cursar Direito.
Sitio que Lobato foi criado.
O escândalo do petróleo
 Ele criou a Monteiro Lobato & Cia
  ,a primeira editora nacional,e
  mais tarde a Companhia Editora
  Nacional e a Editora Nacional.
 Nacionalista,envolveu-se       na
  década de 1930 com a luta pela
  defesa das reservas naturais
  brasileiras,que vinham sendo
  exploradas por grandes empresas
  multinacionais.Com a publicação
  de       o      escândalo      do
  petróleo(1936),denunciou o jogo
  de interesses com a extração do
  petróleo e a ligação das
  autoridades     com    interesses
  internacionais.em 1941 foi preso
  por ataques ao governo.
A obra
         Ele situa-se entre os autores
         regionalistas do Pré-
         Modernismo e destaca-se no
         gênero conto. Ficou famoso o
         seu polêmico artigo intitulado
         “Paranóia ou
         mistificação”,
         publicado no jornal O ESTADO
         De S.PAULO em 1917.Nele
         Lobato criticava violentamente
         a exposição de pinturas
         expressionistas de ANITA
         MALFATTI,pintora paulista
         recém chegada da
         Europa,considerando seu
         trabalho resultado de uma
         deformação mental.
Anita Malfatti
Foi também um dos primeiros autores
de literatura infantil em nosso país e
em toda a America Latina.Personagens
como:
                      Visconde




  Emilia
                                            Narizinho



                                 Pedrinho
           Rabicó
 Essas personagens entre outras ficaram conhecidas
 por inúmeras gerações de crianças de vários
 países.Na década de 1970,as histórias da turma
 foram adaptadas para a TV e levadas ao ar no
 programa seriado
Personagens do sitio
 Outras obras -
 Literatura Infantil                       temática adulta
 1920 - A menina do narizinho arrebitado
 1921 - Fábulas de Narizinho                O Saci Pererê: resultado de um
 1921 - Narizinho arrebitado                inquérito (1918)
 1921 - O Saci                              Urupês (1918)
 1922 - O marquês de Rabicó                 Problema vital (1918)
 1922 - Fábulas                             Cidades mortas (1919)
 1924 - A caçada da onça                    Idéias de Jeca Tatu (1919)
 1924 - Jeca Tatuzinho
 1924 - O noivado de Narizinho              Negrinha (1920)
 1927 - As aventuras de Hans Staden         A onda verde (1921)
 1928 - Aventuras do príncipe               O macaco que se fez homem
 1928 - O Gato Félix                        (1923)
 1928 - A cara de coruja                    Mundo da lua (1923)
 1929 - O irmão de Pinóquio                 Contos escolhidos (1923)
 1929 - O circo de escavalinho              O garimpeiro do Rio das Garças
 1930 - Peter Pan
 1930 - A pena de papagaio                  (1924)
 1936 - Memórias da Emília                  O choque (1926)
 1937 - Serões de Dona Benta                Mr. Slang e o Brasil (1927)
 1937 - O poço do Visconde
 1937 - Histórias de Tia Nastácia
 1938 - O museu da Emília
 1939 - O Picapau Amarelo
 1939 - O minotauro
 1941 - A reforma da natureza
 1942 - A chave do tamanho
 1944 - Os doze trabalhos de Hércules
 1947 - Histórias diversas
 Tal qual no conjunto de suas obras,também
 na produção infantil Lobato aproveitou para
 transmitir    ás    crianças         valores
 morais,conhecimentos       sobre      nosso
 país,nossas tradições,nossa línguas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Monteiro Lobato
Monteiro LobatoMonteiro Lobato
Monteiro Lobato
 
Conhecendo monteiro lobato
Conhecendo monteiro lobatoConhecendo monteiro lobato
Conhecendo monteiro lobato
 
Aquilino ribeiro
Aquilino ribeiroAquilino ribeiro
Aquilino ribeiro
 
Aquilino Ribeiro
Aquilino RibeiroAquilino Ribeiro
Aquilino Ribeiro
 
Sitio do pica pau amarelo
Sitio do pica pau amareloSitio do pica pau amarelo
Sitio do pica pau amarelo
 
Biografias
BiografiasBiografias
Biografias
 
Aquilino ribeiro liliana e nélia 9ºc
Aquilino ribeiro liliana e nélia 9ºcAquilino ribeiro liliana e nélia 9ºc
Aquilino ribeiro liliana e nélia 9ºc
 
Slide sobre o escritor Monteiro Lobato
Slide sobre o escritor Monteiro LobatoSlide sobre o escritor Monteiro Lobato
Slide sobre o escritor Monteiro Lobato
 
Aquilino Ribeiro
Aquilino RibeiroAquilino Ribeiro
Aquilino Ribeiro
 
Alves redol
Alves redolAlves redol
Alves redol
 
Alves redol
Alves redolAlves redol
Alves redol
 
Alves Redol
Alves RedolAlves Redol
Alves Redol
 
Trabalho de história g.p.
Trabalho de história g.p.Trabalho de história g.p.
Trabalho de história g.p.
 
Biografia
BiografiaBiografia
Biografia
 
Escritores do século xix
Escritores do século xixEscritores do século xix
Escritores do século xix
 
Monteiro Lobato
Monteiro LobatoMonteiro Lobato
Monteiro Lobato
 
Em torno de alves redol
Em torno de alves redolEm torno de alves redol
Em torno de alves redol
 
URUPÊS - MONTEIRO LOBATO
URUPÊS - MONTEIRO LOBATOURUPÊS - MONTEIRO LOBATO
URUPÊS - MONTEIRO LOBATO
 
Artistas modernistas
Artistas modernistasArtistas modernistas
Artistas modernistas
 
O Enigmático Significado do Abapuru
O Enigmático Significado do AbapuruO Enigmático Significado do Abapuru
O Enigmático Significado do Abapuru
 

Destaque

DESMATAMENTO DA AMAZONIA: DINAMICA, IMPACTOS E CONTROLE
DESMATAMENTO DA AMAZONIA: DINAMICA, IMPACTOS E CONTROLEDESMATAMENTO DA AMAZONIA: DINAMICA, IMPACTOS E CONTROLE
DESMATAMENTO DA AMAZONIA: DINAMICA, IMPACTOS E CONTROLE Rafael
 
Desmatamento Amazonia
Desmatamento AmazoniaDesmatamento Amazonia
Desmatamento Amazoniacleusamoreira
 
Desmatamento E Queimada
Desmatamento E QueimadaDesmatamento E Queimada
Desmatamento E Queimadaguest11c19
 
O desmatamento
O desmatamentoO desmatamento
O desmatamentopoieeliane
 
Desmatamentos e queimadas
Desmatamentos e queimadasDesmatamentos e queimadas
Desmatamentos e queimadasJean Carvalho
 
Queimadas e desmatamentos
Queimadas e desmatamentosQueimadas e desmatamentos
Queimadas e desmatamentosThiago Souza
 
Projeto Meio Ambiente
Projeto Meio AmbienteProjeto Meio Ambiente
Projeto Meio Ambienteangelavbecker
 
Educação Ambiental Infantil
Educação Ambiental InfantilEducação Ambiental Infantil
Educação Ambiental Infantilmpaffetti
 

Destaque (13)

Desmatamento
DesmatamentoDesmatamento
Desmatamento
 
Desmatamento
DesmatamentoDesmatamento
Desmatamento
 
DESMATAMENTO DA AMAZONIA: DINAMICA, IMPACTOS E CONTROLE
DESMATAMENTO DA AMAZONIA: DINAMICA, IMPACTOS E CONTROLEDESMATAMENTO DA AMAZONIA: DINAMICA, IMPACTOS E CONTROLE
DESMATAMENTO DA AMAZONIA: DINAMICA, IMPACTOS E CONTROLE
 
Desmatamento Amazonia
Desmatamento AmazoniaDesmatamento Amazonia
Desmatamento Amazonia
 
Plano de aula unidade III
Plano de aula unidade IIIPlano de aula unidade III
Plano de aula unidade III
 
Biologia desmatamento
Biologia desmatamentoBiologia desmatamento
Biologia desmatamento
 
Desmatamento E Queimada
Desmatamento E QueimadaDesmatamento E Queimada
Desmatamento E Queimada
 
O desmatamento
O desmatamentoO desmatamento
O desmatamento
 
Desmatamentos e queimadas
Desmatamentos e queimadasDesmatamentos e queimadas
Desmatamentos e queimadas
 
Queimadas e desmatamentos
Queimadas e desmatamentosQueimadas e desmatamentos
Queimadas e desmatamentos
 
Projeto Meio Ambiente
Projeto Meio AmbienteProjeto Meio Ambiente
Projeto Meio Ambiente
 
Desmatamento
DesmatamentoDesmatamento
Desmatamento
 
Educação Ambiental Infantil
Educação Ambiental InfantilEducação Ambiental Infantil
Educação Ambiental Infantil
 

Semelhante a Monteiro lobato

Vida e obra de Monteiro Lobato
Vida e obra de Monteiro LobatoVida e obra de Monteiro Lobato
Vida e obra de Monteiro LobatoCida Fernandes
 
Pre modernismo.lobato.augusto&aranha
Pre modernismo.lobato.augusto&aranhaPre modernismo.lobato.augusto&aranha
Pre modernismo.lobato.augusto&aranhasandrahelenalmeida
 
Pre modernismo.lobato.augusto&aranha
Pre modernismo.lobato.augusto&aranhaPre modernismo.lobato.augusto&aranha
Pre modernismo.lobato.augusto&aranhasandrahelenalmeida
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Semana de leituratura 6º ano
Semana de leituratura 6º anoSemana de leituratura 6º ano
Semana de leituratura 6º anojunior santiago
 
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro AbertoBiografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro AbertovaldeniDinamizador
 
Euclides da cunha, monteiro lobato, augusto dos anjos e lima barreto
Euclides da cunha, monteiro lobato, augusto dos anjos e lima barretoEuclides da cunha, monteiro lobato, augusto dos anjos e lima barreto
Euclides da cunha, monteiro lobato, augusto dos anjos e lima barretoMarcílio Marinho
 
Histórico das produções clássicas
Histórico das produções clássicasHistórico das produções clássicas
Histórico das produções clássicasgepoteriko
 
Poetas portugueses
Poetas portuguesesPoetas portugueses
Poetas portuguesesLuis Martins
 
Poetas portugueses
Poetas portuguesesPoetas portugueses
Poetas portuguesesLuis Martins
 
Poetas portugueses
Poetas portuguesesPoetas portugueses
Poetas portuguesesLuis Martins
 
Érico Veríssimo Vida e Obra
Érico Veríssimo Vida e ObraÉrico Veríssimo Vida e Obra
Érico Veríssimo Vida e ObraJuSiilvah
 
Pre Modernismo by trabalho da hora
Pre Modernismo by trabalho da horaPre Modernismo by trabalho da hora
Pre Modernismo by trabalho da horaDouglas Maga
 
Miguel Torga
Miguel TorgaMiguel Torga
Miguel TorgaGabriela
 

Semelhante a Monteiro lobato (20)

Vida e obra de Monteiro Lobato
Vida e obra de Monteiro LobatoVida e obra de Monteiro Lobato
Vida e obra de Monteiro Lobato
 
Pre modernismo.lobato.augusto&aranha
Pre modernismo.lobato.augusto&aranhaPre modernismo.lobato.augusto&aranha
Pre modernismo.lobato.augusto&aranha
 
Pre modernismo.lobato.augusto&aranha
Pre modernismo.lobato.augusto&aranhaPre modernismo.lobato.augusto&aranha
Pre modernismo.lobato.augusto&aranha
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Semana de leituratura 6º ano
Semana de leituratura 6º anoSemana de leituratura 6º ano
Semana de leituratura 6º ano
 
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro AbertoBiografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
Biografias Monteiro Lobato e Machado De Assis - Projeto Livro Aberto
 
Biografia de Monteiro Lobato
Biografia de Monteiro LobatoBiografia de Monteiro Lobato
Biografia de Monteiro Lobato
 
Monteiro Lobato e Lima Barreto
Monteiro Lobato e Lima BarretoMonteiro Lobato e Lima Barreto
Monteiro Lobato e Lima Barreto
 
Euclides da cunha, monteiro lobato, augusto dos anjos e lima barreto
Euclides da cunha, monteiro lobato, augusto dos anjos e lima barretoEuclides da cunha, monteiro lobato, augusto dos anjos e lima barreto
Euclides da cunha, monteiro lobato, augusto dos anjos e lima barreto
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
 
Histórico das produções clássicas
Histórico das produções clássicasHistórico das produções clássicas
Histórico das produções clássicas
 
Poetas portugueses
Poetas portuguesesPoetas portugueses
Poetas portugueses
 
Poetas portugueses
Poetas portuguesesPoetas portugueses
Poetas portugueses
 
Poetas portugueses
Poetas portuguesesPoetas portugueses
Poetas portugueses
 
Bmag ilse losa
Bmag ilse losaBmag ilse losa
Bmag ilse losa
 
Érico Veríssimo Vida e Obra
Érico Veríssimo Vida e ObraÉrico Veríssimo Vida e Obra
Érico Veríssimo Vida e Obra
 
Reinações de narizinho
Reinações de narizinhoReinações de narizinho
Reinações de narizinho
 
Pre Modernismo by trabalho da hora
Pre Modernismo by trabalho da horaPre Modernismo by trabalho da hora
Pre Modernismo by trabalho da hora
 
Miguel Torga
Miguel TorgaMiguel Torga
Miguel Torga
 
Erico Veríssimo As aventuras de tibicuera (pdf) (rev)
Erico Veríssimo   As aventuras de tibicuera (pdf) (rev)Erico Veríssimo   As aventuras de tibicuera (pdf) (rev)
Erico Veríssimo As aventuras de tibicuera (pdf) (rev)
 

Mais de Milena Rebouças

Mais de Milena Rebouças (12)

Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
 
Sindromedown
SindromedownSindromedown
Sindromedown
 
Linguagem c
Linguagem cLinguagem c
Linguagem c
 
Juscelino Kubitschek plano de metas
Juscelino Kubitschek plano de metasJuscelino Kubitschek plano de metas
Juscelino Kubitschek plano de metas
 
Software livre
Software livre Software livre
Software livre
 
S2 b desenvolvimento de sistemas [reparado]
S2 b   desenvolvimento de sistemas [reparado]S2 b   desenvolvimento de sistemas [reparado]
S2 b desenvolvimento de sistemas [reparado]
 
ORGÃO QUE TRABALHAM COM DEFICIENTES
ORGÃO QUE TRABALHAM COM DEFICIENTESORGÃO QUE TRABALHAM COM DEFICIENTES
ORGÃO QUE TRABALHAM COM DEFICIENTES
 
dia das bruxas
dia das bruxasdia das bruxas
dia das bruxas
 
Triste fim policarpo
Triste fim policarpoTriste fim policarpo
Triste fim policarpo
 
Apresentaçaõ de redes atual
Apresentaçaõ de redes atualApresentaçaõ de redes atual
Apresentaçaõ de redes atual
 
Android
AndroidAndroid
Android
 
Capitalismo comercial
Capitalismo comercialCapitalismo comercial
Capitalismo comercial
 

Último

Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 

Último (20)

Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 

Monteiro lobato

  • 1. Monteiro Lobato Vida e obra Sitio do Pica Pau Amarelo
  • 2. VIDA  Literato e jornalista, José Bento Monteiro Lobato nasceu em Taubaté, São Paulo, a 18 de abril de 1882. Descendente de antigos fazendeiros de café do vale do Paraíba, cresceu junto à zona rural, interessando-se pelos problemas do campo. Essa vivência marcou a obra literária de Monteiro Lobato, que se afirmou como autor regionalista. Foi um dos escritores brasileiros de maior prestigio em conseqüência de sua atuação como intelectual polêmico e autor de histórias infantis.
  • 3.  Criado em um sítio, foi alfabetizado pela mãe Olímpia Augusta Lobato e depois por um professor particular. Aos sete anos, entrou em um colégio. Nessa idade descobrira os livros de seu avô materno, o Visconde de Tremembé, dono de uma biblioteca imensa no interior da casa. Leu tudo o que havia para crianças em língua portuguesa. Nos primeiros anos de estudante já escrevia pequenos contos para os jornalzinhos das escolas que frequentou. Seu sonho era a Escola de Belas- Artes, mas, por imposição do avô, que o tinha como um sucessor na administração de seus negócios, acabou ingressando na Faculdade do Largo de São Francisco para cursar Direito.
  • 4. Sitio que Lobato foi criado.
  • 5. O escândalo do petróleo  Ele criou a Monteiro Lobato & Cia ,a primeira editora nacional,e mais tarde a Companhia Editora Nacional e a Editora Nacional.  Nacionalista,envolveu-se na década de 1930 com a luta pela defesa das reservas naturais brasileiras,que vinham sendo exploradas por grandes empresas multinacionais.Com a publicação de o escândalo do petróleo(1936),denunciou o jogo de interesses com a extração do petróleo e a ligação das autoridades com interesses internacionais.em 1941 foi preso por ataques ao governo.
  • 6. A obra Ele situa-se entre os autores regionalistas do Pré- Modernismo e destaca-se no gênero conto. Ficou famoso o seu polêmico artigo intitulado “Paranóia ou mistificação”, publicado no jornal O ESTADO De S.PAULO em 1917.Nele Lobato criticava violentamente a exposição de pinturas expressionistas de ANITA MALFATTI,pintora paulista recém chegada da Europa,considerando seu trabalho resultado de uma deformação mental.
  • 8. Foi também um dos primeiros autores de literatura infantil em nosso país e em toda a America Latina.Personagens como: Visconde Emilia Narizinho Pedrinho Rabicó
  • 9.  Essas personagens entre outras ficaram conhecidas por inúmeras gerações de crianças de vários países.Na década de 1970,as histórias da turma foram adaptadas para a TV e levadas ao ar no programa seriado
  • 11.  Outras obras -  Literatura Infantil temática adulta 1920 - A menina do narizinho arrebitado 1921 - Fábulas de Narizinho O Saci Pererê: resultado de um 1921 - Narizinho arrebitado inquérito (1918) 1921 - O Saci Urupês (1918) 1922 - O marquês de Rabicó Problema vital (1918) 1922 - Fábulas Cidades mortas (1919) 1924 - A caçada da onça Idéias de Jeca Tatu (1919) 1924 - Jeca Tatuzinho 1924 - O noivado de Narizinho Negrinha (1920) 1927 - As aventuras de Hans Staden A onda verde (1921) 1928 - Aventuras do príncipe O macaco que se fez homem 1928 - O Gato Félix (1923) 1928 - A cara de coruja Mundo da lua (1923) 1929 - O irmão de Pinóquio Contos escolhidos (1923) 1929 - O circo de escavalinho O garimpeiro do Rio das Garças 1930 - Peter Pan 1930 - A pena de papagaio (1924) 1936 - Memórias da Emília O choque (1926) 1937 - Serões de Dona Benta Mr. Slang e o Brasil (1927) 1937 - O poço do Visconde 1937 - Histórias de Tia Nastácia 1938 - O museu da Emília 1939 - O Picapau Amarelo 1939 - O minotauro 1941 - A reforma da natureza 1942 - A chave do tamanho 1944 - Os doze trabalhos de Hércules 1947 - Histórias diversas
  • 12.  Tal qual no conjunto de suas obras,também na produção infantil Lobato aproveitou para transmitir ás crianças valores morais,conhecimentos sobre nosso país,nossas tradições,nossa línguas.