Alves redol

2.693 visualizações

Publicada em

1º CENTENÁRIO

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.693
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alves redol

  1. 1. CENTENÁRIOS 2011
  2. 2. ALVES REDOL 1911-1969
  3. 3. ANTÓNIO ALVES REDOLnasceu no dia 29 de dezembro de1911, em Vila Franca de Xira e faleceu a29 de novembro de 1969, na cidade deLisboa.Em 1927 concluí o Curso Comerciale, no ano seguinte, vai paraAngola, onde permanece cerca de trêsanos.
  4. 4. Em 1936 torna-secolaborador do jornal "ODiabo", onde escreve contose crónicas e participandotambém numa conferênciasobre arte, proferida em Vila Franca.
  5. 5. A sua obra marca econsolida o movimento Neo-Realista em Portugaldemonstrando a preocupaçãoque Alves Redol tinha da suaobra literária não se limitarsomente ao campo da ficção.
  6. 6. A partir da experiência vividae documentada, trouxe para aliteratura uma nova forma deintervenção política /cultural quesó seria possível através dadenúncia das injustiças sociais.
  7. 7. Cedo começou a trabalhardada a natureza modesta dasua família.Parte para Angola, aos 16anos, procurando melhorescondições de vida.Lá, conheceu a pobreza e o desemprego.
  8. 8. Regressou a Portugal trêsanos depois e desenvolveuem Lisboa várias atividadesprofissionais. Junta-se aoMovimento de UnidadeDemocrática (MUD), que seopunha ao regime do EstadoNovo, e filia-se no Partido
  9. 9. A obra de Alves Redol destaca-se:RomancesGaibéus (1940);Marés (1941);Avieiros (1942);Fanga (1943);Anúncio (1945);Porto Manso (1945);Horizonte Cerrado (1949);Os Homens e as Sombras (1951);Vindima de Sangue (1953);Olhos de Água (1954);A Barca dos Sete Lemes (1958);Uma Fenda na Muralha (1959);Barranco de Cegos (1962);O Muro Branco (1966).
  10. 10. TeatroMaria Emília - 1945;Forja - 1948;O Destino Morreu de Repente - 1967ContosNasci com passaporte de turista - 1940;Espólio - 1943;Histórias Afluentes - 1963
  11. 11. GAIBÉUSPrimeiro livro de Alves Redol.Muito interessante abordagem às gentes ecostumes da região, descrevendo a sua Etnografia
  12. 12. modestas condições de vida doscamponeses da região ribatejana. Para escrever esta obrarealizou trabalho de pesquisa,ouvindo histórias dostrabalhadores e documentando-se até sobre as técnicas docultivo do arroz.
  13. 13. Barranco de CegosBarranco de Cegos acaba por ser a biografia de uma personagem real, mas fundamentalmente simbólica de um potentadoribatejano, cuja história Redol nos relata a partir de 1891, ano da revolta republicana no Porto.
  14. 14. é, fundamentalmente, a luta interiore exterior de Diogo Relvas - quesimboliza tanto a ideologiaconservadora de uma classedominante como a ideologiareacionária de uma classedecadente-contra a ideologiarevolucionária das classesascendentes.Redol dá-nos, dentro do romanceportuguês, o primeiro retratomagistral de um tal tipo de
  15. 15. Barranco de CegosÉ um dos maiores romances sobre Portugal, que nos dá aconhecer a região do Ribatejo. É ainda um valioso documentode como os portugueses viveram outros momentos decrise, de revoltas sociais.Uma obra que devia ser lida por todos incluindo os nossos

×