SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
biologia
Molucos
Introdução
 São Animais de corpo mole, envolvido por uma concha calcária. Corpo dividido
em cabeça, pé e massa visceral. São exemplos: ostras, mariscos, caracóis, polvo e
lula.
Habitat e modo de vida
 A maioria dos moluscos habita o mar, estando fixos sobre as rochas (ostras e
mariscos), nadando ativamente (polvos e lulas) ou enterrados na areia
(escafópodes). Mas existem também espécies dulcícolas (caramujos) e terrestres
(caramujos e lesmas).
Embriologia
 São triblásticos, celomados, protostômios, bilatérios e não segmentados.
Digestão
 Possuem um sistema digestório completo, com boca, esôfago, estômago,
hepatopâncreas, intestino e ânus. Na boca, existe uma estrutura chamada rádula,
que é formada por vários dentes de quitina, que raspam o substrato para
obtenção dealimentos. Os bivalves não possuem rádula, possuem um estilete
cristalino, estrutura localizada entre o estômago e o intestino, em uma cavidade
chamada ceco gástrico que facilita a digestão liberando enzimas.
Respiração
 A respiração nos moluscos é do tipo branquial (ex.: mariscos) ou pulmonar (ex.:
caracóis), ou cutânea (ex.: lesmas), dependendo do habitat. Asbrânquias dos
moluscos aquáticosficam na cavidade do manto e possuem cílios que participam
na movimentação da água promovendo as trocas gasosas. Já nos moluscos
terrestres a cavidade do manto abriga os pulmões.
Excreção
 A excreção é feita por nefrídios. Cada nefrídio possui um ducto com duas
aberturas: uma para a cavidade pericárdica, chamada nefróstoma, de onde retira
as excretas, e um poro excretor, chamado nefridióporo, por onde saem as
excretas.
Circulação
 A circulação nos moluscos é do tipo aberta. O coração ocupa a posição dorsal e
fica em uma cavidade chamada pericárdica. Possui um ou dois átrios, e um
ventrículo. O sangue passa das células ao coração pelas lacunas. Nos
cefalópodes, como o polvo e a lula, a circulação é do tipo fechada e há vasos. Os
moluscos possuem pigmentos respiratórios chamados hemocianina e,
principalmente os cefalópodes possuem hemoglobina.
Muscular
 O pé é a estrutura muscular mais desenvolvida dos moluscos, com ele, podem se
deslocar, cavar, nadar ou capturar suas presas. Em consequência do
desenvolvimento de um maciço e musculoso parênquima, o celoma dos
moluscos geralmente se restringe a um espaço que encerra as gônadas e o
coração. Os moluscos marinhos que são rápidos se locomovem pela expulsão de
jatos de água que saem por um sifão. Os bivalves apresentam musculatura
diferenciada que controla a abertura e fechamento das conchas.
Nervoso
 Osistema nervoso dos moluscos é ganglionar, com três partes de gânglios
nervosos de onde partem nervos para as diversas partes do corpo. Os
cefalópodes possuem um grande gânglio cerebroide, semelhante ao encéfalo dos
vertebrados, o que permite a execução de atividades altamente elaboradas.
Reprodução
 A reprodução dos moluscos ésexuadae, na maioria dos representantes do grupo, afecundação é
interna e cruzada. O caramujo-de-jardim, por exemplo, é monoico com desenvolvimento direto. Na
cópula, dois indivíduos se aproximam e encostam seus poros genitais, pelos quais se fecundam
reciprocamente. Os ovos se desenvolvem e eclodem liberando novos indivíduos sem a passagem por
fase larval.Nos cefalópodes, o macho carrega um pacote de espermatozoides que é introduzido na
cavidade do manto da fêmea para as fecundações. Após as fecundações, são liberados milhares de
ovos, com casca gelatinosa. As fêmeas de muitas espécies depositam os ovos em lugares protegidos.
Certas fêmeas de polvos até cuidam dos ovos, expelindo jatos de água pelo sifão. O desenvolvimento
é direto, sem larva. A maioria dos filhotes que nasce servirá de alimento para diversos predadores.
Poucos polvos e lulas chegam à vida adulta, pois a mãe morre logo que os filhotes nascem.
Classificação
 Classe Polyplacophora ou Amphineura: Um representante é o quíton. Exclusivamente marinhos. A superfície dorsal desses
moluscos apresenta uma concha calcária composta por placas parcialmente sobrepostas e articuladas. Rastejam-se no fundo do
mar, se alimentando de algas que conseguem raspar com a rádula na superfície das rochas e possuem respiração branquial.
 Classe Scaphopoda: Conhecidos, em geral, por dentálios ou escafópodos. Pequenos animais com pés em forma de cone e
dotados de uma concha cônica e alongada. São marinhos, e vivem parcialmente enterrados na areia.
 Classe Gastropoda: São representantes o caramujo, o caracol e a lesma. Os caracóis são hermafroditas. Podem possuir uma
concha calcaria com formato helicoidal que é secretada pelo manto, todas sendo univalvas. São os únicos moluscos com
representantes terrestres. Seu corpo é dividido em cabeça, pé e massa visceral. Na cabeça há tentáculos e olhos, nos pés há uma
glândula produtora de muco.
 Classe Bivalvia: São representantes desta classe as ostras, mexilhões e mariscos. Sua concha é dotada de duas valvas. Possuem
uma cabeça atrofiada e um pé em forma de martelo. Não possuem rádula. Os pés secretam filamentos para fixação, chamado
bisso. A respiração é branquial. São exclusivamente aquáticos, com representantes de água doce e marinhos. Possuem grande
importância econômica. Podem ser utilizados na alimentação e algumas espécies produzem pérolas.
 Classe Cephalopoda: São representantes desta classe as lulas, os polvos, nautilos e argonauta. São animais marinhos. As lulas
possuem uma concha interna. Esses animais possuem uma intensa cefalização e os pés foram transformados em tentáculos. As
lulas possuem 10 tentáculos e o polvo, 8. Apresentam rádula. Os olhos são grandes e a circulação é do tipo fechada. Possuem
estruturas de defesa como cromatóforos. Quando se sentem ameaçados, soltam esses pigmentos que turvam a água e
confundem os predadores.
Bibliografia
 Site :http://blogdoenem.com.br/anelideos-e-moluscos-biologia-enem/
GRUPO 3 serie C
 Matheus lopes n° 19
 Gregory nunes n° 06
 Gabriel eduardo n° 04
 Lucas monteiro n° 16

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Moluscos e Anelídios
Moluscos e Anelídios Moluscos e Anelídios
Moluscos e Anelídios
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Filo Mollusca - Moluscos
Filo Mollusca - MoluscosFilo Mollusca - Moluscos
Filo Mollusca - Moluscos
 
slide sobre os anelídeos
slide sobre os anelídeos slide sobre os anelídeos
slide sobre os anelídeos
 
Filo mollusca texto
Filo mollusca textoFilo mollusca texto
Filo mollusca texto
 
Trabalho de biologia
Trabalho de biologiaTrabalho de biologia
Trabalho de biologia
 
Apresentação1 molusco
Apresentação1 moluscoApresentação1 molusco
Apresentação1 molusco
 
Equinodermos e Cordados - Biologia e Zoologia
Equinodermos e Cordados - Biologia e ZoologiaEquinodermos e Cordados - Biologia e Zoologia
Equinodermos e Cordados - Biologia e Zoologia
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
Biologia molucos
Biologia   molucosBiologia   molucos
Biologia molucos
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Moluscos - Reino Animalia
Moluscos - Reino AnimaliaMoluscos - Reino Animalia
Moluscos - Reino Animalia
 
Os moluscos - animais de corpo mole
Os moluscos - animais de corpo moleOs moluscos - animais de corpo mole
Os moluscos - animais de corpo mole
 
Moluscos e equinodermos
Moluscos e equinodermosMoluscos e equinodermos
Moluscos e equinodermos
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Crustáceos slide
Crustáceos slideCrustáceos slide
Crustáceos slide
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Crustaceos
CrustaceosCrustaceos
Crustaceos
 
7º ano cap 16 moluscos
7º ano cap 16   moluscos7º ano cap 16   moluscos
7º ano cap 16 moluscos
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 

Semelhante a Moluscos 3 C 2015

Semelhante a Moluscos 3 C 2015 (20)

Artópodes e Equinodermos
Artópodes e EquinodermosArtópodes e Equinodermos
Artópodes e Equinodermos
 
Vertebrados
VertebradosVertebrados
Vertebrados
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Moluscos novo
Moluscos novoMoluscos novo
Moluscos novo
 
Reino animal: filo equinodermo e chordata
Reino animal: filo equinodermo e chordataReino animal: filo equinodermo e chordata
Reino animal: filo equinodermo e chordata
 
MOLUSCOS.pdf
MOLUSCOS.pdfMOLUSCOS.pdf
MOLUSCOS.pdf
 
000728502.pdf
000728502.pdf000728502.pdf
000728502.pdf
 
Moluscos caracteristicas gerais
Moluscos   caracteristicas geraisMoluscos   caracteristicas gerais
Moluscos caracteristicas gerais
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
 
Moluscos Equinodermos Artropodes
Moluscos Equinodermos ArtropodesMoluscos Equinodermos Artropodes
Moluscos Equinodermos Artropodes
 
Invertebrados marinhos 1o b
Invertebrados marinhos 1o bInvertebrados marinhos 1o b
Invertebrados marinhos 1o b
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
 
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivosTrabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
Moluscos - Biologia
Moluscos - BiologiaMoluscos - Biologia
Moluscos - Biologia
 
Resumo filo chordata
Resumo filo chordataResumo filo chordata
Resumo filo chordata
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 

Mais de Maria Teresa Iannaco Grego (20)

Abelha azul 2º A
Abelha azul 2º AAbelha azul 2º A
Abelha azul 2º A
 
Morsa 3ºB
Morsa 3ºBMorsa 3ºB
Morsa 3ºB
 
Desastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º ADesastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º A
 
Tubarão 2º c II
Tubarão 2º c IITubarão 2º c II
Tubarão 2º c II
 
Foca 1º C
Foca  1º CFoca  1º C
Foca 1º C
 
Aquecimento global 2º A
Aquecimento global 2º AAquecimento global 2º A
Aquecimento global 2º A
 
Baleias 3º A
Baleias 3º ABaleias 3º A
Baleias 3º A
 
Efeito da-poluição-nos-corais-1°B
Efeito da-poluição-nos-corais-1°BEfeito da-poluição-nos-corais-1°B
Efeito da-poluição-nos-corais-1°B
 
Pinguins-2º C
Pinguins-2º CPinguins-2º C
Pinguins-2º C
 
A vila socó 2º c
A vila socó 2º cA vila socó 2º c
A vila socó 2º c
 
Lixo nas grandes cidades 1º D
Lixo nas grandes cidades  1º DLixo nas grandes cidades  1º D
Lixo nas grandes cidades 1º D
 
Plantas carnívoras 3 C
Plantas carnívoras 3 CPlantas carnívoras 3 C
Plantas carnívoras 3 C
 
Desastres naturais 2º A
Desastres naturais 2º ADesastres naturais 2º A
Desastres naturais 2º A
 
Desastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 ADesastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 A
 
Pinguins2ºC
Pinguins2ºCPinguins2ºC
Pinguins2ºC
 
Leão 1 B
Leão 1 BLeão 1 B
Leão 1 B
 
Panda 1 C
Panda 1 CPanda 1 C
Panda 1 C
 
Girafas 1 C
Girafas  1 CGirafas  1 C
Girafas 1 C
 
ÁGuia 1 A
ÁGuia 1 AÁGuia 1 A
ÁGuia 1 A
 
Agrotoxico e meio ambiente -3ºA
Agrotoxico  e meio ambiente -3ºAAgrotoxico  e meio ambiente -3ºA
Agrotoxico e meio ambiente -3ºA
 

Último

Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfEversonFerreira20
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfLUCASAUGUSTONASCENTE
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalErikOliveira40
 

Último (20)

Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 

Moluscos 3 C 2015

  • 2. Introdução  São Animais de corpo mole, envolvido por uma concha calcária. Corpo dividido em cabeça, pé e massa visceral. São exemplos: ostras, mariscos, caracóis, polvo e lula.
  • 3. Habitat e modo de vida  A maioria dos moluscos habita o mar, estando fixos sobre as rochas (ostras e mariscos), nadando ativamente (polvos e lulas) ou enterrados na areia (escafópodes). Mas existem também espécies dulcícolas (caramujos) e terrestres (caramujos e lesmas).
  • 4. Embriologia  São triblásticos, celomados, protostômios, bilatérios e não segmentados.
  • 5. Digestão  Possuem um sistema digestório completo, com boca, esôfago, estômago, hepatopâncreas, intestino e ânus. Na boca, existe uma estrutura chamada rádula, que é formada por vários dentes de quitina, que raspam o substrato para obtenção dealimentos. Os bivalves não possuem rádula, possuem um estilete cristalino, estrutura localizada entre o estômago e o intestino, em uma cavidade chamada ceco gástrico que facilita a digestão liberando enzimas.
  • 6. Respiração  A respiração nos moluscos é do tipo branquial (ex.: mariscos) ou pulmonar (ex.: caracóis), ou cutânea (ex.: lesmas), dependendo do habitat. Asbrânquias dos moluscos aquáticosficam na cavidade do manto e possuem cílios que participam na movimentação da água promovendo as trocas gasosas. Já nos moluscos terrestres a cavidade do manto abriga os pulmões.
  • 7. Excreção  A excreção é feita por nefrídios. Cada nefrídio possui um ducto com duas aberturas: uma para a cavidade pericárdica, chamada nefróstoma, de onde retira as excretas, e um poro excretor, chamado nefridióporo, por onde saem as excretas.
  • 8. Circulação  A circulação nos moluscos é do tipo aberta. O coração ocupa a posição dorsal e fica em uma cavidade chamada pericárdica. Possui um ou dois átrios, e um ventrículo. O sangue passa das células ao coração pelas lacunas. Nos cefalópodes, como o polvo e a lula, a circulação é do tipo fechada e há vasos. Os moluscos possuem pigmentos respiratórios chamados hemocianina e, principalmente os cefalópodes possuem hemoglobina.
  • 9. Muscular  O pé é a estrutura muscular mais desenvolvida dos moluscos, com ele, podem se deslocar, cavar, nadar ou capturar suas presas. Em consequência do desenvolvimento de um maciço e musculoso parênquima, o celoma dos moluscos geralmente se restringe a um espaço que encerra as gônadas e o coração. Os moluscos marinhos que são rápidos se locomovem pela expulsão de jatos de água que saem por um sifão. Os bivalves apresentam musculatura diferenciada que controla a abertura e fechamento das conchas.
  • 10. Nervoso  Osistema nervoso dos moluscos é ganglionar, com três partes de gânglios nervosos de onde partem nervos para as diversas partes do corpo. Os cefalópodes possuem um grande gânglio cerebroide, semelhante ao encéfalo dos vertebrados, o que permite a execução de atividades altamente elaboradas.
  • 11. Reprodução  A reprodução dos moluscos ésexuadae, na maioria dos representantes do grupo, afecundação é interna e cruzada. O caramujo-de-jardim, por exemplo, é monoico com desenvolvimento direto. Na cópula, dois indivíduos se aproximam e encostam seus poros genitais, pelos quais se fecundam reciprocamente. Os ovos se desenvolvem e eclodem liberando novos indivíduos sem a passagem por fase larval.Nos cefalópodes, o macho carrega um pacote de espermatozoides que é introduzido na cavidade do manto da fêmea para as fecundações. Após as fecundações, são liberados milhares de ovos, com casca gelatinosa. As fêmeas de muitas espécies depositam os ovos em lugares protegidos. Certas fêmeas de polvos até cuidam dos ovos, expelindo jatos de água pelo sifão. O desenvolvimento é direto, sem larva. A maioria dos filhotes que nasce servirá de alimento para diversos predadores. Poucos polvos e lulas chegam à vida adulta, pois a mãe morre logo que os filhotes nascem.
  • 12. Classificação  Classe Polyplacophora ou Amphineura: Um representante é o quíton. Exclusivamente marinhos. A superfície dorsal desses moluscos apresenta uma concha calcária composta por placas parcialmente sobrepostas e articuladas. Rastejam-se no fundo do mar, se alimentando de algas que conseguem raspar com a rádula na superfície das rochas e possuem respiração branquial.  Classe Scaphopoda: Conhecidos, em geral, por dentálios ou escafópodos. Pequenos animais com pés em forma de cone e dotados de uma concha cônica e alongada. São marinhos, e vivem parcialmente enterrados na areia.  Classe Gastropoda: São representantes o caramujo, o caracol e a lesma. Os caracóis são hermafroditas. Podem possuir uma concha calcaria com formato helicoidal que é secretada pelo manto, todas sendo univalvas. São os únicos moluscos com representantes terrestres. Seu corpo é dividido em cabeça, pé e massa visceral. Na cabeça há tentáculos e olhos, nos pés há uma glândula produtora de muco.  Classe Bivalvia: São representantes desta classe as ostras, mexilhões e mariscos. Sua concha é dotada de duas valvas. Possuem uma cabeça atrofiada e um pé em forma de martelo. Não possuem rádula. Os pés secretam filamentos para fixação, chamado bisso. A respiração é branquial. São exclusivamente aquáticos, com representantes de água doce e marinhos. Possuem grande importância econômica. Podem ser utilizados na alimentação e algumas espécies produzem pérolas.  Classe Cephalopoda: São representantes desta classe as lulas, os polvos, nautilos e argonauta. São animais marinhos. As lulas possuem uma concha interna. Esses animais possuem uma intensa cefalização e os pés foram transformados em tentáculos. As lulas possuem 10 tentáculos e o polvo, 8. Apresentam rádula. Os olhos são grandes e a circulação é do tipo fechada. Possuem estruturas de defesa como cromatóforos. Quando se sentem ameaçados, soltam esses pigmentos que turvam a água e confundem os predadores.
  • 14. GRUPO 3 serie C  Matheus lopes n° 19  Gregory nunes n° 06  Gabriel eduardo n° 04  Lucas monteiro n° 16