SlideShare uma empresa Scribd logo
Moluscos - Biologia
O nome molusco vem do latim mollis, que significa “mole”. Todos os 
moluscos possuem corpo mole. Esses animais surgiram há cercas de 
500 milhões de anos. Existem cerca de 7 classes no filo dos moluscos. 
Eles são classificados pelo tipo de concha e pela divisão do corpo. Os 
principais são: gastrópodes, bivalves e cefalópodes.
Características gerais: 
 São viscosos, com simetria bilateral, podendo existir representantes 
assimétricos, alguns possuem uma concha, podendo ela ser interna 
ou externa. 
 O corpo é dividido em cabeça, pé e massa visceral. 
 A maioria dos representantes é marinha. 
 Possuem grande importância econômica, pois podem ser utilizadas na 
alimentação, fabricação de adorno, como pérolas e objetos de 
colecionadores.
Gastrópodes: 
Nome que significa “estômago nos pés”. É a classe com a maior diversidade de espécies 
(40 mil vivos e 15 mil fósseis). São representados pelas lesmas e caracóis. 
A estrutura do corpo é formada pelas seguintes partes: 
• CABEÇA: Onde ficam dois tentáculos curtos (olfato) e dois tentáculos longos (visão). Na 
cabeça também fica a boca. 
• MASSA VISCERAL: Local onde ficam os órgãos respiratórios, circulatórios e parte dos 
digestórios. No caracol está envolvida por uma concha (lesmas não possuem conchas ou 
possuem uma reduzida concha interna). 
• PÉ: Do tipo rastejados auxiliado pelo muco produzido por sua pele. Esta diretamente 
ligado à massa visceral, comportando parte do sistema digestório.
Moluscos - Biologia
Sistemas 
• DIGESTÃO: são herbívoros (muitos são pragas em hortas). Na 
boca existe uma estrutura chamada rádula, que funciona como um 
dente raspador. Próximo ao papo, fica a glândula salivar seguida 
pelo estômago. O intestino apresenta uma torção em “8”. O ânus 
localiza-se na parte dorsal do corpo. 
Muitos moluscos aquáticos se alimentam de pequenas algas que 
ficam presas às rochas ou outros pequenos organismos. 
• RESPIRAÇÃO: os aquáticos marinhos respiram por brânquias e 
os terrestres e aquáticos de água doce são pulmonados. Na região 
dorsal, logo abaixo do manto visceral, próximo ao ânus, fica uma 
abertura chamada pneumóstoma, por onde o ar entra.
Moluscos - Biologia
REPODRUÇÃO: 
Os moluscos podem ser hermafroditas ou apresentar sexos separados. A fecundação 
pode ser externa, com liberação dos gametas na água, ou interna. O desenvolvimento 
pode ser indireto, ou seja, apresentar uma fase larval, ou direto, quando do ovo já 
eclode forma jovem. 
Fecundação cruzada de 
dois Gastrópodes.
Bivalves: 
São representados pelas ostras, mexilhões, mariscos e entre outros. São 
moluscos na sua maioria marinhos, embora existem espécies de água doce. 
São de grande importância econômica, pois servem de alimento e também 
as ostras são produtoras de pérolas. 
A estrutura do corpo é formada pelas seguintes partes: 
• CABEÇA: bem reduzida, sem tentáculos. 
• MASSA VISCERAL: envolvida por duas conchas. Na parte posterior do 
corpo, apresentam dois sifões (estruturas exaladoras ou inaladoras de 
água). 
• PÉ: em forma de machado, próprio para escavar.
Moluscos - Biologia
Moluscos - Biologia
Sistemas: 
• DIGESTÃO: são animais filtradores, alimentando-se de pequenas 
partículas que selecionam do meio por intermédio de cílios das brânquias. 
Não possuem rádula. O ânus abre-se no sifão exalante. 
• RESPIRAÇÃO: é branquial. Através das brânquias também se faz a 
filtração do alimento.
REPRODUÇÃO: 
• São dióicos, a fecundação é externa e o desenvolvimento é indireto. 
• Existem espécies de bivalves em que os sexos são separados e existem as 
que são hermafroditas. 
• Não apresentam cópula.
Ostra aberta:
Cefalópodes: 
Nome que significa “pés na cabeça”. Designa um grupo de moluscos do 
qual fazem parte o polvo, náutilo e a lula. A concha pode não existir (como 
no polvo), ser interna e reduzida (como na lula) ou ser externa (como no 
náutilo). Todos os cefalópodes são marinhos. 
Os cefalópodes apresentam cabeça grande, olhos bem desenvolvidos e 
rádula dentro da boca. 
Possuem oito, dez ou mais tentáculos, que são "braços" alongados.
Moluscos - Biologia
Sistemas: 
DIGESTÃO: sistema digestório completo (com Rádula). São predadores. 
Sistema nervoso. 
RESPIRAÇÃO: é branquial. A respiração é branquial. Eles têm um sistema 
nervoso bastante desenvolvido se comparado ao de outros invertebrados. 
Além da visão, o olfato é bem apurado. 
REPRODUÇÃO: os sexos são separados, a fecundação é interna e o 
desenvolvimento é direto.
Moluscos - Biologia
Lula: 
Geralmente pequenas , mas existem lulas gigantes que atingem até 12 metros de 
comprimento. 
Estrutura do corpo: corpo alongado com oito braços sem ventosas e mais dois 
tentáculo com ventosas. Possuem concha interna e nadadeiras. 
Locomoção: além das nadadeiras possuem um sifão.
Náutilo: 
Hoje existem poucos. 
Estrutura do corpo: Apresenta uma concha externa e cerca de 90 
tentáculos. É o único animal dessa classe que possui concha externa.
Polvo: 
considerado o invertebrado mais inteligentes. 
Estrutura do corpo: corpo com oito braços com ventosas. Não possuem concha 
nem nadadeiras. 
Locomoção: locomovem-se por um jato de água produzido por um sifão exalante 
. Vivem em águas profundas.
Moluscos - Biologia
Moluscos - Biologia
Experimentos demonstram que substância química encontrada na tinta 
do polvo é capaz de curar câncer. 
Alguns pesquisadores japoneses, descobriram que existe uma substância 
química na tinta do polvo que é capaz de curar alguns tipos de câncer. Trata-se 
de um polissacarídeo (uma molécula grande de carboidrato como o amido do 
arroz).
LESMAS 
Por que as lesmas derretem quando jogamos sal sobre elas? 
As lesmas possuem uma pele muito fina. Vivem em lugares úmidos e 
sombrios e, assim, não ocorrem grandes taxas de transpiração através 
da pele, fato que poderia provocar a desidratação desses animais.
FORMAÇÃO DA PÉROLA: 
Ocorre em razão da penetração de substâncias, partículas 
(areia) ou microrganismos (vermes) entre a concha e o 
manto de algumas espécies de ostras.
Em resposta ao corpo estranho, o manto secreta uma série 
de camadas de nácar ou madrepérola, substância composta 
por pectatos de carbonato de cálcio na forma de cristais de 
aragonita, desempenhando um mecanismo de defesa do 
organismo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)
Bio
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Leonardo Kaplan
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
Fabiano Reis
 
Poríferos e Cnidários
Poríferos e CnidáriosPoríferos e Cnidários
Poríferos e Cnidários
Rhayana
 
OS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOSOS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOS
Nayana Maia
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
Lidia Medeiros
 
Cnidários
CnidáriosCnidários
Cnidários
Jocimar Araujo
 
Reino Monera
Reino MoneraReino Monera
Reino Monera
profatatiana
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Anelídeos
AnelídeosAnelídeos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
Rebeca Vale
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
Killer Max
 
Platelmintos e nematódeos 2
Platelmintos e nematódeos 2Platelmintos e nematódeos 2
Platelmintos e nematódeos 2
Rita Cunha
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Os moluscos
Os moluscosOs moluscos
Os moluscos
Anderson Lima
 
Poríferos - Power Point
Poríferos - Power PointPoríferos - Power Point
Poríferos - Power Point
Bio
 
7 ano invertebrados
7 ano invertebrados7 ano invertebrados
7 ano invertebrados
crisbassanimedeiros
 
Biologia - Platelmintos
Biologia - PlatelmintosBiologia - Platelmintos
Biologia - Platelmintos
Carson Souza
 
Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1
Henrique Zini
 
Filo Nematoda (Power Point)
Filo Nematoda (Power Point)Filo Nematoda (Power Point)
Filo Nematoda (Power Point)
Bio
 

Mais procurados (20)

Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Poríferos e Cnidários
Poríferos e CnidáriosPoríferos e Cnidários
Poríferos e Cnidários
 
OS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOSOS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOS
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Cnidários
CnidáriosCnidários
Cnidários
 
Reino Monera
Reino MoneraReino Monera
Reino Monera
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Reino Animal
 
Anelídeos
AnelídeosAnelídeos
Anelídeos
 
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
Platelmintos e nematódeos 2
Platelmintos e nematódeos 2Platelmintos e nematódeos 2
Platelmintos e nematódeos 2
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
Os moluscos
Os moluscosOs moluscos
Os moluscos
 
Poríferos - Power Point
Poríferos - Power PointPoríferos - Power Point
Poríferos - Power Point
 
7 ano invertebrados
7 ano invertebrados7 ano invertebrados
7 ano invertebrados
 
Biologia - Platelmintos
Biologia - PlatelmintosBiologia - Platelmintos
Biologia - Platelmintos
 
Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1
 
Filo Nematoda (Power Point)
Filo Nematoda (Power Point)Filo Nematoda (Power Point)
Filo Nematoda (Power Point)
 

Destaque

Molusco
MoluscoMolusco
Molusco
Vitor Maciel
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
letyap
 
Os moluscos - animais de corpo mole
Os moluscos - animais de corpo moleOs moluscos - animais de corpo mole
Os moluscos - animais de corpo mole
Roxana Alhadas
 
Filo Mollusca
Filo MolluscaFilo Mollusca
Filo Mollusca
Diego Yamazaki Bolano
 
filo molusca
filo moluscafilo molusca
filo molusca
Fabio Santos Nery
 
Moluscos caracteristicas gerais
Moluscos   caracteristicas geraisMoluscos   caracteristicas gerais
Moluscos caracteristicas gerais
Ronalld Sabino
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
Teresa Cristina
 
Moluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeosMoluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeos
segundoanoc
 
III.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e MoluscosIII.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e Moluscos
Rebeca Vale
 

Destaque (9)

Molusco
MoluscoMolusco
Molusco
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Os moluscos - animais de corpo mole
Os moluscos - animais de corpo moleOs moluscos - animais de corpo mole
Os moluscos - animais de corpo mole
 
Filo Mollusca
Filo MolluscaFilo Mollusca
Filo Mollusca
 
filo molusca
filo moluscafilo molusca
filo molusca
 
Moluscos caracteristicas gerais
Moluscos   caracteristicas geraisMoluscos   caracteristicas gerais
Moluscos caracteristicas gerais
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Moluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeosMoluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeos
 
III.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e MoluscosIII.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e Moluscos
 

Semelhante a Moluscos - Biologia

moluscos1-140830152153-phpapp01.pdf
moluscos1-140830152153-phpapp01.pdfmoluscos1-140830152153-phpapp01.pdf
moluscos1-140830152153-phpapp01.pdf
Abnerff
 
Slide sobre moluscos da disciplina de ciências
Slide sobre moluscos da disciplina de ciênciasSlide sobre moluscos da disciplina de ciências
Slide sobre moluscos da disciplina de ciências
Abnerff
 
moluscos .pptx
moluscos .pptxmoluscos .pptx
moluscos .pptx
Maira
 
Moluscos novo
Moluscos novoMoluscos novo
Moluscos novo
letyap
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
letyap
 
Moluscos1
Moluscos1Moluscos1
Moluscos1
Gaspar Neto
 
Poliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptxPoliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptx
RonaldoAlves313237
 
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORALFILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
LaianaLessaTeixeiraP
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
Altair Hoepers
 
AULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptxAULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptx
GabrielGomes556466
 
Poliferos e Cnidários
Poliferos e CnidáriosPoliferos e Cnidários
Poliferos e Cnidários
Sirleide Silva
 
Moluscos 3 C 2015
Moluscos 3 C 2015Moluscos 3 C 2015
Moluscos 3 C 2015
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivosTrabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Alessandra Miranda
 
Invertebrados marinhos 1o b
Invertebrados marinhos 1o bInvertebrados marinhos 1o b
Invertebrados marinhos 1o b
SESI 422 - Americana
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
Alessandra Miranda
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
wagneripo
 
Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02
Ferrari Ferrari
 
Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011
ISJ
 
Moluscos Cefalópodes
Moluscos CefalópodesMoluscos Cefalópodes
Moluscos Cefalópodes
Vinicius Husein
 

Semelhante a Moluscos - Biologia (20)

moluscos1-140830152153-phpapp01.pdf
moluscos1-140830152153-phpapp01.pdfmoluscos1-140830152153-phpapp01.pdf
moluscos1-140830152153-phpapp01.pdf
 
Slide sobre moluscos da disciplina de ciências
Slide sobre moluscos da disciplina de ciênciasSlide sobre moluscos da disciplina de ciências
Slide sobre moluscos da disciplina de ciências
 
moluscos .pptx
moluscos .pptxmoluscos .pptx
moluscos .pptx
 
Moluscos novo
Moluscos novoMoluscos novo
Moluscos novo
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Moluscos1
Moluscos1Moluscos1
Moluscos1
 
Poliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptxPoliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptx
 
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORALFILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
FILOS PORIFERAS E CNIDÁRIO - ESTRUTURA CORPORAL
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
AULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptxAULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptx
 
Poliferos e Cnidários
Poliferos e CnidáriosPoliferos e Cnidários
Poliferos e Cnidários
 
Moluscos 3 C 2015
Moluscos 3 C 2015Moluscos 3 C 2015
Moluscos 3 C 2015
 
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivosTrabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
 
Invertebrados marinhos 1o b
Invertebrados marinhos 1o bInvertebrados marinhos 1o b
Invertebrados marinhos 1o b
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
 
Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02Animais 110913184501-phpapp02
Animais 110913184501-phpapp02
 
Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011
 
Moluscos Cefalópodes
Moluscos CefalópodesMoluscos Cefalópodes
Moluscos Cefalópodes
 

Mais de Bruna M

Netflix - O mercado consumidor
Netflix - O mercado consumidorNetflix - O mercado consumidor
Netflix - O mercado consumidor
Bruna M
 
A Bauducco e os 4 Ps do Marketing
A Bauducco e os 4 Ps do MarketingA Bauducco e os 4 Ps do Marketing
A Bauducco e os 4 Ps do Marketing
Bruna M
 
Brainstorming
BrainstormingBrainstorming
Brainstorming
Bruna M
 
As redes sociais e as marcas
As redes sociais e as marcasAs redes sociais e as marcas
As redes sociais e as marcas
Bruna M
 
Animais em Extinção - Biologia
Animais em Extinção - BiologiaAnimais em Extinção - Biologia
Animais em Extinção - Biologia
Bruna M
 
Agropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - GeografiaAgropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - Geografia
Bruna M
 
Modernismo (2ª fase) - Romance de 30
Modernismo (2ª fase) -  Romance de 30Modernismo (2ª fase) -  Romance de 30
Modernismo (2ª fase) - Romance de 30
Bruna M
 
Gás Natural - Fonte de Energia
Gás Natural - Fonte de EnergiaGás Natural - Fonte de Energia
Gás Natural - Fonte de Energia
Bruna M
 
Mal de alzheimer
Mal de alzheimerMal de alzheimer
Mal de alzheimer
Bruna M
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
Bruna M
 
Islamismo - Filosofia
Islamismo - FilosofiaIslamismo - Filosofia
Islamismo - Filosofia
Bruna M
 
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicaisOs grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Bruna M
 
Abelhas - Biologia
Abelhas - BiologiaAbelhas - Biologia
Abelhas - Biologia
Bruna M
 
Fontes de energia - Carvão Mineral
Fontes de energia - Carvão MineralFontes de energia - Carvão Mineral
Fontes de energia - Carvão Mineral
Bruna M
 

Mais de Bruna M (14)

Netflix - O mercado consumidor
Netflix - O mercado consumidorNetflix - O mercado consumidor
Netflix - O mercado consumidor
 
A Bauducco e os 4 Ps do Marketing
A Bauducco e os 4 Ps do MarketingA Bauducco e os 4 Ps do Marketing
A Bauducco e os 4 Ps do Marketing
 
Brainstorming
BrainstormingBrainstorming
Brainstorming
 
As redes sociais e as marcas
As redes sociais e as marcasAs redes sociais e as marcas
As redes sociais e as marcas
 
Animais em Extinção - Biologia
Animais em Extinção - BiologiaAnimais em Extinção - Biologia
Animais em Extinção - Biologia
 
Agropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - GeografiaAgropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - Geografia
 
Modernismo (2ª fase) - Romance de 30
Modernismo (2ª fase) -  Romance de 30Modernismo (2ª fase) -  Romance de 30
Modernismo (2ª fase) - Romance de 30
 
Gás Natural - Fonte de Energia
Gás Natural - Fonte de EnergiaGás Natural - Fonte de Energia
Gás Natural - Fonte de Energia
 
Mal de alzheimer
Mal de alzheimerMal de alzheimer
Mal de alzheimer
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Islamismo - Filosofia
Islamismo - FilosofiaIslamismo - Filosofia
Islamismo - Filosofia
 
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicaisOs grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
Os grandes biomas terrestres – Biomas tropicais
 
Abelhas - Biologia
Abelhas - BiologiaAbelhas - Biologia
Abelhas - Biologia
 
Fontes de energia - Carvão Mineral
Fontes de energia - Carvão MineralFontes de energia - Carvão Mineral
Fontes de energia - Carvão Mineral
 

Último

Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 

Último (20)

TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 

Moluscos - Biologia

  • 2. O nome molusco vem do latim mollis, que significa “mole”. Todos os moluscos possuem corpo mole. Esses animais surgiram há cercas de 500 milhões de anos. Existem cerca de 7 classes no filo dos moluscos. Eles são classificados pelo tipo de concha e pela divisão do corpo. Os principais são: gastrópodes, bivalves e cefalópodes.
  • 3. Características gerais:  São viscosos, com simetria bilateral, podendo existir representantes assimétricos, alguns possuem uma concha, podendo ela ser interna ou externa.  O corpo é dividido em cabeça, pé e massa visceral.  A maioria dos representantes é marinha.  Possuem grande importância econômica, pois podem ser utilizadas na alimentação, fabricação de adorno, como pérolas e objetos de colecionadores.
  • 4. Gastrópodes: Nome que significa “estômago nos pés”. É a classe com a maior diversidade de espécies (40 mil vivos e 15 mil fósseis). São representados pelas lesmas e caracóis. A estrutura do corpo é formada pelas seguintes partes: • CABEÇA: Onde ficam dois tentáculos curtos (olfato) e dois tentáculos longos (visão). Na cabeça também fica a boca. • MASSA VISCERAL: Local onde ficam os órgãos respiratórios, circulatórios e parte dos digestórios. No caracol está envolvida por uma concha (lesmas não possuem conchas ou possuem uma reduzida concha interna). • PÉ: Do tipo rastejados auxiliado pelo muco produzido por sua pele. Esta diretamente ligado à massa visceral, comportando parte do sistema digestório.
  • 6. Sistemas • DIGESTÃO: são herbívoros (muitos são pragas em hortas). Na boca existe uma estrutura chamada rádula, que funciona como um dente raspador. Próximo ao papo, fica a glândula salivar seguida pelo estômago. O intestino apresenta uma torção em “8”. O ânus localiza-se na parte dorsal do corpo. Muitos moluscos aquáticos se alimentam de pequenas algas que ficam presas às rochas ou outros pequenos organismos. • RESPIRAÇÃO: os aquáticos marinhos respiram por brânquias e os terrestres e aquáticos de água doce são pulmonados. Na região dorsal, logo abaixo do manto visceral, próximo ao ânus, fica uma abertura chamada pneumóstoma, por onde o ar entra.
  • 8. REPODRUÇÃO: Os moluscos podem ser hermafroditas ou apresentar sexos separados. A fecundação pode ser externa, com liberação dos gametas na água, ou interna. O desenvolvimento pode ser indireto, ou seja, apresentar uma fase larval, ou direto, quando do ovo já eclode forma jovem. Fecundação cruzada de dois Gastrópodes.
  • 9. Bivalves: São representados pelas ostras, mexilhões, mariscos e entre outros. São moluscos na sua maioria marinhos, embora existem espécies de água doce. São de grande importância econômica, pois servem de alimento e também as ostras são produtoras de pérolas. A estrutura do corpo é formada pelas seguintes partes: • CABEÇA: bem reduzida, sem tentáculos. • MASSA VISCERAL: envolvida por duas conchas. Na parte posterior do corpo, apresentam dois sifões (estruturas exaladoras ou inaladoras de água). • PÉ: em forma de machado, próprio para escavar.
  • 12. Sistemas: • DIGESTÃO: são animais filtradores, alimentando-se de pequenas partículas que selecionam do meio por intermédio de cílios das brânquias. Não possuem rádula. O ânus abre-se no sifão exalante. • RESPIRAÇÃO: é branquial. Através das brânquias também se faz a filtração do alimento.
  • 13. REPRODUÇÃO: • São dióicos, a fecundação é externa e o desenvolvimento é indireto. • Existem espécies de bivalves em que os sexos são separados e existem as que são hermafroditas. • Não apresentam cópula.
  • 15. Cefalópodes: Nome que significa “pés na cabeça”. Designa um grupo de moluscos do qual fazem parte o polvo, náutilo e a lula. A concha pode não existir (como no polvo), ser interna e reduzida (como na lula) ou ser externa (como no náutilo). Todos os cefalópodes são marinhos. Os cefalópodes apresentam cabeça grande, olhos bem desenvolvidos e rádula dentro da boca. Possuem oito, dez ou mais tentáculos, que são "braços" alongados.
  • 17. Sistemas: DIGESTÃO: sistema digestório completo (com Rádula). São predadores. Sistema nervoso. RESPIRAÇÃO: é branquial. A respiração é branquial. Eles têm um sistema nervoso bastante desenvolvido se comparado ao de outros invertebrados. Além da visão, o olfato é bem apurado. REPRODUÇÃO: os sexos são separados, a fecundação é interna e o desenvolvimento é direto.
  • 19. Lula: Geralmente pequenas , mas existem lulas gigantes que atingem até 12 metros de comprimento. Estrutura do corpo: corpo alongado com oito braços sem ventosas e mais dois tentáculo com ventosas. Possuem concha interna e nadadeiras. Locomoção: além das nadadeiras possuem um sifão.
  • 20. Náutilo: Hoje existem poucos. Estrutura do corpo: Apresenta uma concha externa e cerca de 90 tentáculos. É o único animal dessa classe que possui concha externa.
  • 21. Polvo: considerado o invertebrado mais inteligentes. Estrutura do corpo: corpo com oito braços com ventosas. Não possuem concha nem nadadeiras. Locomoção: locomovem-se por um jato de água produzido por um sifão exalante . Vivem em águas profundas.
  • 24. Experimentos demonstram que substância química encontrada na tinta do polvo é capaz de curar câncer. Alguns pesquisadores japoneses, descobriram que existe uma substância química na tinta do polvo que é capaz de curar alguns tipos de câncer. Trata-se de um polissacarídeo (uma molécula grande de carboidrato como o amido do arroz).
  • 25. LESMAS Por que as lesmas derretem quando jogamos sal sobre elas? As lesmas possuem uma pele muito fina. Vivem em lugares úmidos e sombrios e, assim, não ocorrem grandes taxas de transpiração através da pele, fato que poderia provocar a desidratação desses animais.
  • 26. FORMAÇÃO DA PÉROLA: Ocorre em razão da penetração de substâncias, partículas (areia) ou microrganismos (vermes) entre a concha e o manto de algumas espécies de ostras.
  • 27. Em resposta ao corpo estranho, o manto secreta uma série de camadas de nácar ou madrepérola, substância composta por pectatos de carbonato de cálcio na forma de cristais de aragonita, desempenhando um mecanismo de defesa do organismo.