SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 124
Baixar para ler offline
Associação Brasileira de Odontologia seção SP regional Osasco




                 Procedimentos de moldagem de
                         transferência



     Especialização em Implantodontia, 2012

                                             Mathias MA
MOLDAGEM
• MOMENTO DE TRANSFERIR O RESULTADO
DO PLANEJAMENTO CIRÚRGICO PARA A REALIDADE

•TRANSFERE A POSIÇÃO DO(S) IMPLANTE(S) E
OU SEU(S) COMPONENTE(S) PARA O MODELO
DE ESTUDO OU DE TRABALHO
Moldagem ou Transferência
•Transferência das características e posicionamento dos
implantes
•Dispositivos pré-fabricados:
- Análogos ou réplicas
-“transfers” ou transferentes
•Preparos protéticos e demais contornos de interesse
protético
MODELO DE ESTUDO Articulado
•OCLUSÃO DO PACIENTE
•DIMENÇÃO VERTICAL
•ESPAÇO INTER ARTICULAR
•PRESENÇA OU NÃO DE BRIDAS E FREIOS
•HÁBITOS PARAFUNCIONAIS
•GIROVERÇÕES DENTAIS
•INCLINAÇÃO M / D - V / L
•MUCOSA EM RELAÇÃO AO DENTE ADJACENTE
•NECESSIDADE DE APOIO LABIAL
•PRESENÇA OU NÃO DE GENGIVA INSERIDA
•FORMATO DO ARCO DENTAL
•AVALIAÇÃO DA “ SAÚDE” DENTAL REMANESCENTE
Modelos articulados com gengiva artificial
Análise do modelo de estudo para seleção de pilares
Enceramento Diagnóstico
Rebordos com características diversas
REQUISITOS BÁSICOS

•USO DE MOLDEIRAS ADEQUADAS RÍGIDAS OU SEMI RÍGIDAS
COM RETENÇÃO ADEQUADA
•ENVOLVIMENTO TOTAL DO ARCO DENTAL
•COPIAR BRIDAS E FREIOS
•AUSÊNCIA DE BOLHAS E FALTA DE MATERIAL
•COPIAR COM FIDELIDADE ÁREA DE INTERESSE E ADJACÊNCIAS
•NÃO APRESENTAR DISTORÇÕES
•Moldeiras metálicas e plásticas
•Materiais para impressão:
Siliconas de adição e condensação, mercapitanas
e poliéters, pasta zinco-eugenólica, godivas,
alginato...
Materiais para retirada de registro articular
moldeiras
Selamento periférico




Preparo corretivo
MATERIAIS PARA IMPRESSÃO

•POLIVINIL SILOXANO (PVS) OU SILICONA DE REAÇÃO POR
ADIÇÃO.
        Express (3M); Extrude (Kerr); Aquasil (L.D. Caulk),
Stern Vantage (Sterngold Implamed).

•POLIÉTER.
        Impregum e Permadyne (ESPE), Polygel (L.D.
Caulk)

•HIDROCOLÓIDE IRREVERSÍVEL.
            Jeltrate (Dentsply), Hidrogum (Zermack)
MATERIAIS PARA IMPRESSÃO


SEGUNDO CHRISTENSEN (1992), EXISTEM ALGUMAS
COMPARAÇÕES ENTRE AS CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS:

• FIDELIDADE
               OS TRÊS MATERIAIS SÃO EXCELENTES

• ESTABILIDADE DIMENSIONAL

               PVS PERÍODO INDEFINIDO;
                POLIÉTER DIMINUI EM 2 SEMANAS;
                HIDROCOLÓIDE POBRE
•CARACTERÍSTICAS DE USO

       EXCELENTE ( SEM ODOR NEM GOSTO) PARA O PVS,
        SATISFATÓRIO A BOM PARA O POLIÉTER
        RAZOÁVEL PARA HIDROCOLÓIDE

• ELASTICIDADE

       EXCELENTE PARA PVS,
        BOA PARA O POLIÉTER,
        BOA PARA HIDROCOLÓIDE

• RESISTÊNCIA AO RASGAMENTO

       BOA PARA EXCELENTE PARA PVS E PARA POLIÉTER
        BOA PARA HIDROCOLÓIDE
•HIDROFILIBILIDADE
              EXCELENTE PARA PVS,
               BOA / EXCELETE PARA POLIÉTER,
               EXCELENTE PARA HIDROCOLÓIDE

• UNIÃO À MOLDEIRA
            SATISFATÓRIA PARA PVS,
              EXCELENTE E RÁPIDA PARA POLIÉTER
              NENHUMA PARA HIDROCOLÓIDE

• CUSTO
            SATISFATÓRIO PARA PVS,
             ALTO PARA POLIÉTER,
             BAIXO PARA HIDROCOLÓIDE.
DONOVAN (2004) DESCREVE AS PRINCIPAIS
CARACTERÍSTICAS QUE UM MATERIAL DE MOLDAGEM DEVE
APRESENTAR:

           FIDELIDADE
           MEMÓRIA ELÁSTICA
           ESTABILIDADE DIMENSIONAL
           ESCOAMENTO E FLEXIBILIDADE
           FACILIDADE DE MANIPULAÇÃO
           HIDROFILIBILIDADE
           TEMPO DE VIDA
           CONFORTO AO PACIENTE
           FATORES ECONÔMICOS
DONOVAN (2004) E OS PRINCÍPIOS PARA CORRETA
MANIPULAÇÃO DOS MATERIAIS


•VOLUME UNIFORME
•ADESÃO À MOLDEIRA
•TEMPO PARA MODELAGEM HIDROCOLÓIDE 10 MIN,
                             POLIÉTER DE 1 HORA,
                              PVS INDETERMINADO

•CONTROLE DA VISCOSIDADE
•MISTURA ADEQUADA
•DESINFECÇÃO ( HIPOCLORITO DE SÓDIO)
DONOVAN (2004) classifica o Polivinil siloxano (PVS) como melhor
material de impressão devido às características apresentadas:

•Melhor detalhe final e memória elástica
•Não há subproduto de reação de polimerização
•Sem odor nem sabor
•Estabilidade dimensional
•Viscosidade, rigidez e tempo de trabalho satisfatórios
•Sistema Automix

       DESVANTAGEM: não pode ser manipulado com luvas de látex
Não fique enrolado, há muito mais ainda...
COMO LEVAR O IMPLANTE DA BOCA PARA O MODELO MANTENDO COM
PRECISÃO O ANTI ROTACIONAL E AS ESPIRAS INTERNAS ?
Análogos ou réplicas
•Pré-fabricados e possuem as características dos
implantes quanto tipo de encaixe e plataforma de
emergência para os implantes e componentes
protéticos selecionados
Mathias MA
Mathias MA
GENGIVA ARTIFICIAL
Seqüência de Transferência
•Identificação do implante
•Seleção do tipo de moldagem
•Instalar os componentes de transferência, através de
parafusamento do “transfer” ao implante
•Conferência da adaptação com RX
Seleção de moldeira
•Moldagem pesada ou anatômica
•Alívio de contornos
•Moldagem leve ou funcional
•Remoção
•Adaptação do “transfer” ao análogo
•Isolamento para gengiva artificial
•Vazamento do gesso
•Modelo para seleção de componente
Transferente aberto ou quadrado
•Maior precisão,
•Moldagem de arrasto
•Moldagem de múltiplos implantes
•Remoção da moldagem por desparafusamento
•Ferolização dos transfers entre si e na moldeira
TRANSFERENTES QUADRADOS

                 PARAFUSO DE FIXAÇÃO




                 CORPO DO TRANSFER



                 ANÁLOGO
Mathias MA
Caso clínico




APÓS A INSTALAÇÃO DO
TRANSFER FAZER RX DE
AVALIAÇÃO DA ADAPTAÇÃO
PROMOVER ALÍVIO DO
                                  TRANSFER




PREPARO DA MOLDEIRA PARA
PASSAGEM DO PARAFUSO DE FIXAÇÃO
DO TRANSFER
VERIFICAR ACESSO AO
PARAFUSO DO TRANSFER
PROMOVER AlíVIO INTERNO NA
                                PRIMEIRA MOLDAGEM

                                VEDAR COM CERA O ACESSO AO PARAFUSO
                                DO TRANSFER




INICIAR COM SERINGA A SEGUNDA
FASE DA MOLDAGEM
TRANSFERÊNCIA DE VÁRIOS
IMPLANTES SIMULTANEAMENTE
Transferente fechado ou redondo


•Moldagem unitária
•Menor precisão no reposicionamento do análogo
Mathias MA
TRANSFER INSTALADO
         RADIOGRAFIA DE PROVA




PRIMEIRA MOLDAGEM - DENSO
INICIAR A SEGUNDA MOLDAGEM COM SERINGA
REMOÇÃO DO TRANSFER




REPOSIÇÃO DO CICATRIZADOR
REPOSIÇÃO DO TRANSFER E ANÁLOGO NA MOLDAGEM
VAMOS PARA O CAFÉ ?
Transferência de componente
Emergência protética
locking-taper, Select Nobel
Morse, Ankylos Degussa
Pick-up, twist lock, 3i
Transferência de Pilares
POR TÉCNICA OU POR SOFISTICAÇÃO DE TÉCNICA
A TRANSFERÊNCIA DE PILARES PROTÉTICOS FAZ-SE NECESSÁRIA

É REALIZADA DA MESMA MANEIRA DOS IMPLANTES,
MAS COM USO DE TRANSFERENTES ESPECÍFICOS
PARA O PILAR PROTÉTICO UTILIZADO
1. Casquete de moldagem
2. Réplica
3. Abutment cicatrização
4. Parafuso de ouro
5. Abutment
6. Implante
7. Coifa Cerâmica
8. Padrão de plástico calcinável
MOLDAGEM DE TRANSFERÊNCIA DE
CONDICIONAMENTO GENGIVALar
Caso Clínico
MOLDAGEM DE ESTUDO
CICATRIZADORES RETIRADOS
TRANSFERENTES CÔNICOS
      INSTALADOS
CONFECÇÃO DA MOLDEIRA PARA TRANSFER QUADRADO
MOLDAGEM DE TRABALHO
UNIÃO DOS TRANSFERENTES
PROVA DA MOLDEIRA E MOLDAGEM
INSTALAÇÃO DOS ANÁLOGOS
CONFECÇÃO DA GENGIVA ARTIFICIAL
MODELO PRONTO PARA SER TRABALHADO
MODELO PRONTO PARA SER TRABALHADO
NOVO CASO DE MOLDAGEM COM TRANSFER QUADRADO
Risco de movimentação do transfer




MOLDAGEM COM DEFEITOS
Moldagem
•Posicionamento tridimensional do implante
•Relação com tecidos circundantes
•Relação com antagonista
•Modelo de estudo e trabalho
•Essencial para desenvolvimento protético




                     Mathias MA
O que começa errado...




                         Mathias MA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Enceramento progressivo em pré- molar
Enceramento progressivo em pré- molarEnceramento progressivo em pré- molar
Enceramento progressivo em pré- molarBruna Chucre
 
Planejamento em Prótese Parcila Removível
Planejamento em Prótese Parcila RemovívelPlanejamento em Prótese Parcila Removível
Planejamento em Prótese Parcila RemovívelJôice Dias Corrêa
 
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringelProteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringelCamilla Bringel
 
Classificacão da protese parcial removível
Classificacão da protese parcial removívelClassificacão da protese parcial removível
Classificacão da protese parcial removívelRhuan
 
Cimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NF
Cimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NFCimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NF
Cimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NFFabio Robles
 
Grampos protese 1 pdf
Grampos protese 1 pdfGrampos protese 1 pdf
Grampos protese 1 pdfThiago Dant
 
Prótese Parcial Removível Odontológico
Prótese Parcial Removível OdontológicoPrótese Parcial Removível Odontológico
Prótese Parcial Removível OdontológicoGracieleSonobe1
 
Biomateriais em implantodontia
Biomateriais em implantodontiaBiomateriais em implantodontia
Biomateriais em implantodontiaCamilla Bringel
 
Materiais para implantes dentários
Materiais para implantes dentáriosMateriais para implantes dentários
Materiais para implantes dentáriosJuliana Blenda
 
Aula fosfato de zinco
Aula fosfato de zincoAula fosfato de zinco
Aula fosfato de zincoOdonto ufrj
 
Seminario histórico dos articuladores
Seminario histórico dos articuladoresSeminario histórico dos articuladores
Seminario histórico dos articuladoresRhuan
 
1 aula - Moldagem, Molde e Modelo
1 aula - Moldagem, Molde e Modelo1 aula - Moldagem, Molde e Modelo
1 aula - Moldagem, Molde e ModeloValdemir Junior
 
Pasta Zinco-Enólica- Materiais de Moldagem
Pasta Zinco-Enólica- Materiais de MoldagemPasta Zinco-Enólica- Materiais de Moldagem
Pasta Zinco-Enólica- Materiais de MoldagemMarcos Paulo Hutchison
 
Considerações gerais sobre Prótese Total
Considerações gerais sobre Prótese TotalConsiderações gerais sobre Prótese Total
Considerações gerais sobre Prótese TotalItalo Gabriel
 
Resumo de Endodontia - Medicação Intracanal - Hidróxido de Cálcio, Otosporin,...
Resumo de Endodontia - Medicação Intracanal - Hidróxido de Cálcio, Otosporin,...Resumo de Endodontia - Medicação Intracanal - Hidróxido de Cálcio, Otosporin,...
Resumo de Endodontia - Medicação Intracanal - Hidróxido de Cálcio, Otosporin,...André Milioli Martins
 

Mais procurados (20)

Enceramento progressivo em pré- molar
Enceramento progressivo em pré- molarEnceramento progressivo em pré- molar
Enceramento progressivo em pré- molar
 
Planejamento em Prótese Parcila Removível
Planejamento em Prótese Parcila RemovívelPlanejamento em Prótese Parcila Removível
Planejamento em Prótese Parcila Removível
 
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringelProteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
 
Classificacão da protese parcial removível
Classificacão da protese parcial removívelClassificacão da protese parcial removível
Classificacão da protese parcial removível
 
Materiais Dentários
Materiais DentáriosMateriais Dentários
Materiais Dentários
 
Pinos anatômicos
Pinos anatômicos Pinos anatômicos
Pinos anatômicos
 
Cimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NF
Cimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NFCimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NF
Cimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NF
 
Grampos protese 1 pdf
Grampos protese 1 pdfGrampos protese 1 pdf
Grampos protese 1 pdf
 
Prótese Parcial Removível Odontológico
Prótese Parcial Removível OdontológicoPrótese Parcial Removível Odontológico
Prótese Parcial Removível Odontológico
 
Dentística
DentísticaDentística
Dentística
 
Registro intermaxilar
Registro intermaxilarRegistro intermaxilar
Registro intermaxilar
 
Biomateriais em implantodontia
Biomateriais em implantodontiaBiomateriais em implantodontia
Biomateriais em implantodontia
 
Materiais para implantes dentários
Materiais para implantes dentáriosMateriais para implantes dentários
Materiais para implantes dentários
 
oclusao-e-enceramento
oclusao-e-enceramentooclusao-e-enceramento
oclusao-e-enceramento
 
Aula fosfato de zinco
Aula fosfato de zincoAula fosfato de zinco
Aula fosfato de zinco
 
Seminario histórico dos articuladores
Seminario histórico dos articuladoresSeminario histórico dos articuladores
Seminario histórico dos articuladores
 
1 aula - Moldagem, Molde e Modelo
1 aula - Moldagem, Molde e Modelo1 aula - Moldagem, Molde e Modelo
1 aula - Moldagem, Molde e Modelo
 
Pasta Zinco-Enólica- Materiais de Moldagem
Pasta Zinco-Enólica- Materiais de MoldagemPasta Zinco-Enólica- Materiais de Moldagem
Pasta Zinco-Enólica- Materiais de Moldagem
 
Considerações gerais sobre Prótese Total
Considerações gerais sobre Prótese TotalConsiderações gerais sobre Prótese Total
Considerações gerais sobre Prótese Total
 
Resumo de Endodontia - Medicação Intracanal - Hidróxido de Cálcio, Otosporin,...
Resumo de Endodontia - Medicação Intracanal - Hidróxido de Cálcio, Otosporin,...Resumo de Endodontia - Medicação Intracanal - Hidróxido de Cálcio, Otosporin,...
Resumo de Endodontia - Medicação Intracanal - Hidróxido de Cálcio, Otosporin,...
 

Destaque

Técnica Mista: Moldeira Fechada & Aberta
Técnica Mista: Moldeira Fechada & AbertaTécnica Mista: Moldeira Fechada & Aberta
Técnica Mista: Moldeira Fechada & AbertaN. David Harari
 
Apostila de protese parcial fixa
Apostila de protese parcial fixaApostila de protese parcial fixa
Apostila de protese parcial fixaVivianecv
 
4 - materiais de moldagem
 4 - materiais de moldagem 4 - materiais de moldagem
4 - materiais de moldagemEuber E Silmara
 
Moldagem de precisão em protese fixa
Moldagem de precisão em protese fixaMoldagem de precisão em protese fixa
Moldagem de precisão em protese fixaCristiane Santos
 
APOSTILA DE IMPLANTODONTIA
APOSTILA DE IMPLANTODONTIAAPOSTILA DE IMPLANTODONTIA
APOSTILA DE IMPLANTODONTIARayssa Mendonça
 
Modelo de trabalho - técnica do alfinete Prótese
Modelo de trabalho - técnica do alfinete Prótese Modelo de trabalho - técnica do alfinete Prótese
Modelo de trabalho - técnica do alfinete Prótese Camila Portes
 
Silicone de condensação- Materiais de Moldagem
Silicone de condensação- Materiais de MoldagemSilicone de condensação- Materiais de Moldagem
Silicone de condensação- Materiais de MoldagemMarcos Paulo Hutchison
 
Slides sobre implantes Dentário - Pacientes
Slides sobre implantes Dentário - PacientesSlides sobre implantes Dentário - Pacientes
Slides sobre implantes Dentário - Pacientessandro valente
 
Generalidades em pt_1
Generalidades em pt_1Generalidades em pt_1
Generalidades em pt_1Rhuan
 
Relações intermaxilares em Prótese Total
Relações intermaxilares em Prótese TotalRelações intermaxilares em Prótese Total
Relações intermaxilares em Prótese TotalItalo Gabriel
 
Preparo dental de Coroas Metalo Cerâmicas
Preparo dental de Coroas Metalo CerâmicasPreparo dental de Coroas Metalo Cerâmicas
Preparo dental de Coroas Metalo CerâmicasClinica Odonto Espaço
 

Destaque (20)

Técnica Mista: Moldeira Fechada & Aberta
Técnica Mista: Moldeira Fechada & AbertaTécnica Mista: Moldeira Fechada & Aberta
Técnica Mista: Moldeira Fechada & Aberta
 
Apostila de protese parcial fixa
Apostila de protese parcial fixaApostila de protese parcial fixa
Apostila de protese parcial fixa
 
4 - materiais de moldagem
 4 - materiais de moldagem 4 - materiais de moldagem
4 - materiais de moldagem
 
Moldagem de precisão em protese fixa
Moldagem de precisão em protese fixaMoldagem de precisão em protese fixa
Moldagem de precisão em protese fixa
 
APOSTILA DE IMPLANTODONTIA
APOSTILA DE IMPLANTODONTIAAPOSTILA DE IMPLANTODONTIA
APOSTILA DE IMPLANTODONTIA
 
APOSTILA DE PRÓTESE FIXA
APOSTILA DE PRÓTESE FIXAAPOSTILA DE PRÓTESE FIXA
APOSTILA DE PRÓTESE FIXA
 
Moldagem inicial
Moldagem inicialMoldagem inicial
Moldagem inicial
 
Modelo de trabalho - técnica do alfinete Prótese
Modelo de trabalho - técnica do alfinete Prótese Modelo de trabalho - técnica do alfinete Prótese
Modelo de trabalho - técnica do alfinete Prótese
 
3 aula hidrocolóides
3 aula   hidrocolóides3 aula   hidrocolóides
3 aula hidrocolóides
 
Godivas- Materiais de Moldagem
Godivas- Materiais de MoldagemGodivas- Materiais de Moldagem
Godivas- Materiais de Moldagem
 
Silicone de condensação- Materiais de Moldagem
Silicone de condensação- Materiais de MoldagemSilicone de condensação- Materiais de Moldagem
Silicone de condensação- Materiais de Moldagem
 
Livro Prótese fixa: odontostation
Livro Prótese fixa:  odontostationLivro Prótese fixa:  odontostation
Livro Prótese fixa: odontostation
 
Prótese Dental Parcial Fixa Metalocerâmica
Prótese Dental Parcial Fixa  MetalocerâmicaPrótese Dental Parcial Fixa  Metalocerâmica
Prótese Dental Parcial Fixa Metalocerâmica
 
Slides sobre implantes Dentário - Pacientes
Slides sobre implantes Dentário - PacientesSlides sobre implantes Dentário - Pacientes
Slides sobre implantes Dentário - Pacientes
 
Generalidades em pt_1
Generalidades em pt_1Generalidades em pt_1
Generalidades em pt_1
 
Moldagem
MoldagemMoldagem
Moldagem
 
Implantes dentarios
Implantes dentariosImplantes dentarios
Implantes dentarios
 
Gessos odontológicos- Tipo I
Gessos odontológicos- Tipo IGessos odontológicos- Tipo I
Gessos odontológicos- Tipo I
 
Relações intermaxilares em Prótese Total
Relações intermaxilares em Prótese TotalRelações intermaxilares em Prótese Total
Relações intermaxilares em Prótese Total
 
Preparo dental de Coroas Metalo Cerâmicas
Preparo dental de Coroas Metalo CerâmicasPreparo dental de Coroas Metalo Cerâmicas
Preparo dental de Coroas Metalo Cerâmicas
 

Semelhante a Moldagem 2012

VEDAÇÃO Loctite
VEDAÇÃO LoctiteVEDAÇÃO Loctite
VEDAÇÃO LoctiteCelso LS
 
Coroas provisórias.pptx
Coroas provisórias.pptxCoroas provisórias.pptx
Coroas provisórias.pptxDoanyMoura1
 
NBR 15495 Construção PM Águas Subterrânea.pdf
NBR 15495 Construção PM Águas Subterrânea.pdfNBR 15495 Construção PM Águas Subterrânea.pdf
NBR 15495 Construção PM Águas Subterrânea.pdfIngridValgas1
 
TRAVAMENTO Loctite
TRAVAMENTO LoctiteTRAVAMENTO Loctite
TRAVAMENTO LoctiteCelso LS
 
ADESÃO Loctite
ADESÃO LoctiteADESÃO Loctite
ADESÃO LoctiteCelso LS
 
4PIPE- Apresentação de produtos e serviços
4PIPE- Apresentação de produtos e serviços4PIPE- Apresentação de produtos e serviços
4PIPE- Apresentação de produtos e serviçosR2S Apresentações
 
Catalogo Fibratec Engenharia 2018
Catalogo Fibratec Engenharia 2018Catalogo Fibratec Engenharia 2018
Catalogo Fibratec Engenharia 2018Fibratec Engenharia
 
Ceramicas 141120210405-conversion-gate02
Ceramicas 141120210405-conversion-gate02Ceramicas 141120210405-conversion-gate02
Ceramicas 141120210405-conversion-gate02GAMA FILHO
 
Quadrant apresentação revestimento tivar 88 pt
Quadrant   apresentação revestimento tivar 88 ptQuadrant   apresentação revestimento tivar 88 pt
Quadrant apresentação revestimento tivar 88 ptMarcos Sasaki
 
aula3esp2864(1).pdf
aula3esp2864(1).pdfaula3esp2864(1).pdf
aula3esp2864(1).pdfRhaikaFialho
 
Aula dia 14 de agosto Materiais Dentarios
Aula dia 14 de agosto Materiais DentariosAula dia 14 de agosto Materiais Dentarios
Aula dia 14 de agosto Materiais Dentariosrafaelalourenco
 
Resistência mecânica de cantiléveres de protocolos mandibulares confeccionnad...
Resistência mecânica de cantiléveres de protocolos mandibulares confeccionnad...Resistência mecânica de cantiléveres de protocolos mandibulares confeccionnad...
Resistência mecânica de cantiléveres de protocolos mandibulares confeccionnad...Adalberto Caldeira Brant Filho
 
Apresentação pastilhas
Apresentação pastilhasApresentação pastilhas
Apresentação pastilhasKamillaarndt
 
Apresentação pastilhas
Apresentação pastilhasApresentação pastilhas
Apresentação pastilhasKamillaarndt
 
Apresentação On Conveyors - Institucional 1.3 (1).pdf
Apresentação On Conveyors - Institucional 1.3 (1).pdfApresentação On Conveyors - Institucional 1.3 (1).pdf
Apresentação On Conveyors - Institucional 1.3 (1).pdfesantana4
 

Semelhante a Moldagem 2012 (20)

VEDAÇÃO Loctite
VEDAÇÃO LoctiteVEDAÇÃO Loctite
VEDAÇÃO Loctite
 
Coroas provisórias.pptx
Coroas provisórias.pptxCoroas provisórias.pptx
Coroas provisórias.pptx
 
NBR 15495 Construção PM Águas Subterrânea.pdf
NBR 15495 Construção PM Águas Subterrânea.pdfNBR 15495 Construção PM Águas Subterrânea.pdf
NBR 15495 Construção PM Águas Subterrânea.pdf
 
[Fluxograma] Preparo Parcial.pdf
[Fluxograma] Preparo Parcial.pdf[Fluxograma] Preparo Parcial.pdf
[Fluxograma] Preparo Parcial.pdf
 
TRAVAMENTO Loctite
TRAVAMENTO LoctiteTRAVAMENTO Loctite
TRAVAMENTO Loctite
 
ADESÃO Loctite
ADESÃO LoctiteADESÃO Loctite
ADESÃO Loctite
 
4PIPE- Apresentação de produtos e serviços
4PIPE- Apresentação de produtos e serviços4PIPE- Apresentação de produtos e serviços
4PIPE- Apresentação de produtos e serviços
 
Bloqueios
BloqueiosBloqueios
Bloqueios
 
Impermeabilização_SENAI -01.pdf
Impermeabilização_SENAI -01.pdfImpermeabilização_SENAI -01.pdf
Impermeabilização_SENAI -01.pdf
 
Catalogo Fibratec Engenharia 2018
Catalogo Fibratec Engenharia 2018Catalogo Fibratec Engenharia 2018
Catalogo Fibratec Engenharia 2018
 
Ceramicas 141120210405-conversion-gate02
Ceramicas 141120210405-conversion-gate02Ceramicas 141120210405-conversion-gate02
Ceramicas 141120210405-conversion-gate02
 
Quadrant apresentação revestimento tivar 88 pt
Quadrant   apresentação revestimento tivar 88 ptQuadrant   apresentação revestimento tivar 88 pt
Quadrant apresentação revestimento tivar 88 pt
 
aula3esp2864(1).pdf
aula3esp2864(1).pdfaula3esp2864(1).pdf
aula3esp2864(1).pdf
 
Apresentação Water Miracle
Apresentação Water MiracleApresentação Water Miracle
Apresentação Water Miracle
 
Aula dia 14 de agosto Materiais Dentarios
Aula dia 14 de agosto Materiais DentariosAula dia 14 de agosto Materiais Dentarios
Aula dia 14 de agosto Materiais Dentarios
 
Resistência mecânica de cantiléveres de protocolos mandibulares confeccionnad...
Resistência mecânica de cantiléveres de protocolos mandibulares confeccionnad...Resistência mecânica de cantiléveres de protocolos mandibulares confeccionnad...
Resistência mecânica de cantiléveres de protocolos mandibulares confeccionnad...
 
Apresentação pastilhas
Apresentação pastilhasApresentação pastilhas
Apresentação pastilhas
 
Apresentação pastilhas
Apresentação pastilhasApresentação pastilhas
Apresentação pastilhas
 
Apresentação On Conveyors - Institucional 1.3 (1).pdf
Apresentação On Conveyors - Institucional 1.3 (1).pdfApresentação On Conveyors - Institucional 1.3 (1).pdf
Apresentação On Conveyors - Institucional 1.3 (1).pdf
 
Otimização de espessadores1.pdf
Otimização de espessadores1.pdfOtimização de espessadores1.pdf
Otimização de espessadores1.pdf
 

Moldagem 2012