SlideShare uma empresa Scribd logo
Metacriatividade:
criatividade sobre criatividade
Frederick van Amstel @usabilidoido
www.usabilidoido.com.br
DADIN - UTFPR
O novo surge de corpos
ordinários, empenhados em
uma atividade constante, que
se desenrola sobre um espaço
compartilhado.
Cria-atividade
Cria-corpos
Cria-espaço
Para fazer o novo de novo, é
preciso fazer diferente, refazer o
modo de fazer.
Meta-cria-atividade
Meta-cria-corpos
Meta-cria-espaço
Muitas pessoas julgam não
terem talento para a
criatividade.
O bloqueio criativo é a
situação-limite que reitera esse
julgamento.
A pessoa bloqueada se julga
assim devido ao julgamento das
outras pessoas.
Família, amigos, escola,
trabalho, governo e mídia
julgam cria-corpos de mulheres,
negros, indígenas e pessoas com
deficiência como corpos menos
criativos.
Conscientizar-se da
metacriatividade é uma forma
de libertar o corpo oprimido e
treiná-lo para recriar a cria-
atividade.
Meta-cria-atividade não é
ser criativo, mas saber
como se fazer criativo
quando se precisa ser.
Toda cria-atividade produz
um cria-espaço. Este possui
tanto a dimensão física quanto
a dimensão mental, ambos com
seus próprios limites.
Limitações no cria-espaço que,
a princípio, inibem a cria-
atividade podem se tornar pivô
para ideias questionadoras.
Liberdade meta-criativa é a
capacidade de impor seus
próprios limites para a
cria-atividade.
O cria-espaço é um espaço de
possibilidades. Toda ideia
nesse espaço é apenas uma
possibilidade e também uma
dentre várias.
As possibilidades que o mundo
oferece sempre são maiores do que
as consideradas pelo pensamento.
A primeira ideia colocada no
cria-espaço é sempre a pior ideia,
mas é absolutamente necessária
para dar origem a ideias
melhores.
Uma maneira simples de romper
o bloqueio criativo é colocar algo
aleatório no cria-espaço.
A inspiração pode vir de
qualquer lugar, porém, certos
lugares são mais inspiradores
do que outros.
Na cria-atividade, lembrar é
tão importante quanto
imaginar, pois as ideias
precisam ser confrontadas
constantemente.
Uma ideia materializada tem
mais chance de ser lembrada e
confrontada do que uma ideia
guardada na cabeça.
Um cria-espaço bagunçado propicia
o confronto de ideias melhor do que
um cria-espaço organizado.
Ideias malucas servem como
condutoras para ideias sérias.
O autor de uma ideia se ofende
quando criticado pois se
identifica com sua ideia.
Ideias sem dono se
desenvolvem mais rapidamente.
O novo surge do indivíduo mas
precisa do coletivo para se
tornar inovação.
O cria-espaço torna visível o
caráter coletivo da cria-atividade.
Fazer concessões é inevitável
em qualquer cria-atividade.
Quando uma ideia é rejeitada, é
melhor que ela seja guardada no
cria-espaço do que jogada no lixo.
Uma ideia rejeitada que volta
das cinzas é mais forte do que
uma ideia que nunca morreu.
Ideias em gestação no
inconsciente emergem para o
consciente em momentos de
relaxamento e
contemplação.
O impossível se torna
possível quando o cria-espaço
mental se expande.
Para expandir a caixa, é
importante considerar
problemas alternativos tanto
quanto soluções alternativas.
A contradição é a origem dos
problemas, mas também das
soluções.
O cria-corpo é sempre contraditório,
mas também é capaz de
transformar as contradições.
Meta-cria-tividade não é pensar
fora da caixa. É refazer a caixa
a partir de suas próprias
contradições.
Meta-cria-atividade
Meta-cria-corpos
Meta-cria-espaço
Obrigado!
Frederick van Amstel @usabilidoido
www.usabilidoido.com.br
DADIN - UTFPR

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Metacriatividade: criatividade sobre criatividade

LC 03 Movimento Perceptivo
LC 03 Movimento PerceptivoLC 03 Movimento Perceptivo
LC 03 Movimento Perceptivo
Odair Tuono
 
Pedagogia da virtude
Pedagogia da virtudePedagogia da virtude
Pedagogia da virtude
Daniane Bornea Friedl
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
Gerisval Pessoa
 
Grande Magia
Grande MagiaGrande Magia
Grande Magia
Mayra Luna
 
Inovação & tecnologia aula criatividade
Inovação & tecnologia   aula criatividadeInovação & tecnologia   aula criatividade
Inovação & tecnologia aula criatividade
Dra. Camila Hamdan
 
404 an 07_novembro_2012.ok
404 an 07_novembro_2012.ok404 an 07_novembro_2012.ok
404 an 07_novembro_2012.ok
Roberto Rabat Chame
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
Nubia Carbonari
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Liviamandelli
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Liviamandelli
 
Infância de um pensar (23.maio.2011)
Infância de um pensar (23.maio.2011)Infância de um pensar (23.maio.2011)
Infância de um pensar (23.maio.2011)
Fábio Nogueira, PhD
 
Mudancas de Atitude na Educacao
Mudancas de Atitude na EducacaoMudancas de Atitude na Educacao
Mudancas de Atitude na Educacao
joao jose saraiva da fonseca
 
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptx
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptxESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptx
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptx
ssuser9b8021
 
Op mni 2
Op mni 2Op mni 2
Op mni 2
João Lima
 
Aula 3 administrando com criatividade 2021.1
Aula 3   administrando com criatividade 2021.1Aula 3   administrando com criatividade 2021.1
Aula 3 administrando com criatividade 2021.1
Niloar Bissani
 
Criat0
Criat0Criat0
Criat0
renatotf
 
Exemplo 4 escrita criativa - Mu(dar)
Exemplo 4 escrita criativa - Mu(dar)Exemplo 4 escrita criativa - Mu(dar)
Exemplo 4 escrita criativa - Mu(dar)
EDUCATE
 
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Candice Gunther
 
Qual é a tua obra.pptx
Qual é a tua obra.pptxQual é a tua obra.pptx
Qual é a tua obra.pptx
MIGUELAFONSOSOARES
 
CIMAVE_secpro_CriatInov_ApresProcessoWD.pdf
CIMAVE_secpro_CriatInov_ApresProcessoWD.pdfCIMAVE_secpro_CriatInov_ApresProcessoWD.pdf
CIMAVE_secpro_CriatInov_ApresProcessoWD.pdf
JoseAssis9
 
Psicologia Final2
Psicologia Final2Psicologia Final2
Psicologia Final2
Raquel Miranda
 

Semelhante a Metacriatividade: criatividade sobre criatividade (20)

LC 03 Movimento Perceptivo
LC 03 Movimento PerceptivoLC 03 Movimento Perceptivo
LC 03 Movimento Perceptivo
 
Pedagogia da virtude
Pedagogia da virtudePedagogia da virtude
Pedagogia da virtude
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
 
Grande Magia
Grande MagiaGrande Magia
Grande Magia
 
Inovação & tecnologia aula criatividade
Inovação & tecnologia   aula criatividadeInovação & tecnologia   aula criatividade
Inovação & tecnologia aula criatividade
 
404 an 07_novembro_2012.ok
404 an 07_novembro_2012.ok404 an 07_novembro_2012.ok
404 an 07_novembro_2012.ok
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
 
Infância de um pensar (23.maio.2011)
Infância de um pensar (23.maio.2011)Infância de um pensar (23.maio.2011)
Infância de um pensar (23.maio.2011)
 
Mudancas de Atitude na Educacao
Mudancas de Atitude na EducacaoMudancas de Atitude na Educacao
Mudancas de Atitude na Educacao
 
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptx
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptxESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptx
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA.pptx
 
Op mni 2
Op mni 2Op mni 2
Op mni 2
 
Aula 3 administrando com criatividade 2021.1
Aula 3   administrando com criatividade 2021.1Aula 3   administrando com criatividade 2021.1
Aula 3 administrando com criatividade 2021.1
 
Criat0
Criat0Criat0
Criat0
 
Exemplo 4 escrita criativa - Mu(dar)
Exemplo 4 escrita criativa - Mu(dar)Exemplo 4 escrita criativa - Mu(dar)
Exemplo 4 escrita criativa - Mu(dar)
 
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
Estudo do livro Roteiro liçãoo 37
 
Qual é a tua obra.pptx
Qual é a tua obra.pptxQual é a tua obra.pptx
Qual é a tua obra.pptx
 
CIMAVE_secpro_CriatInov_ApresProcessoWD.pdf
CIMAVE_secpro_CriatInov_ApresProcessoWD.pdfCIMAVE_secpro_CriatInov_ApresProcessoWD.pdf
CIMAVE_secpro_CriatInov_ApresProcessoWD.pdf
 
Psicologia Final2
Psicologia Final2Psicologia Final2
Psicologia Final2
 

Mais de UTFPR

Cascading oppression in design
Cascading oppression in designCascading oppression in design
Cascading oppression in design
UTFPR
 
Inteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de designInteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de design
UTFPR
 
Expanding the design object
Expanding the design objectExpanding the design object
Expanding the design object
UTFPR
 
Creating possibilities for service design innovation
Creating possibilities for service design innovationCreating possibilities for service design innovation
Creating possibilities for service design innovation
UTFPR
 
Contradiction-driven design
Contradiction-driven designContradiction-driven design
Contradiction-driven design
UTFPR
 
Design expansivo: pensar o possível para fazer o impossível
Design expansivo: pensar o possível para fazer o impossívelDesign expansivo: pensar o possível para fazer o impossível
Design expansivo: pensar o possível para fazer o impossível
UTFPR
 
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiênciasGestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
UTFPR
 
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência ArtificialJogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
UTFPR
 
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libreEl hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
UTFPR
 
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpoExpressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
UTFPR
 
Pensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivoPensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivo
UTFPR
 
O segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no designO segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no design
UTFPR
 
Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?
UTFPR
 
Making work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service designMaking work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service design
UTFPR
 
Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?
UTFPR
 
Design contra opressão
Design contra opressãoDesign contra opressão
Design contra opressão
UTFPR
 
O papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiênciasO papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiências
UTFPR
 
Diseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacerDiseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacer
UTFPR
 
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
UTFPR
 
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
UTFPR
 

Mais de UTFPR (20)

Cascading oppression in design
Cascading oppression in designCascading oppression in design
Cascading oppression in design
 
Inteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de designInteligência artificial e o trabalho de design
Inteligência artificial e o trabalho de design
 
Expanding the design object
Expanding the design objectExpanding the design object
Expanding the design object
 
Creating possibilities for service design innovation
Creating possibilities for service design innovationCreating possibilities for service design innovation
Creating possibilities for service design innovation
 
Contradiction-driven design
Contradiction-driven designContradiction-driven design
Contradiction-driven design
 
Design expansivo: pensar o possível para fazer o impossível
Design expansivo: pensar o possível para fazer o impossívelDesign expansivo: pensar o possível para fazer o impossível
Design expansivo: pensar o possível para fazer o impossível
 
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiênciasGestão do conhecimento na pesquisa de experiências
Gestão do conhecimento na pesquisa de experiências
 
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência ArtificialJogos Surrealistas e Inteligência Artificial
Jogos Surrealistas e Inteligência Artificial
 
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libreEl hacer como quehacer: notas para un diseño libre
El hacer como quehacer: notas para un diseño libre
 
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpoExpressando a posicionalidade do cria-corpo
Expressando a posicionalidade do cria-corpo
 
Pensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivoPensamento visual expansivo
Pensamento visual expansivo
 
O segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no designO segredo da criatividade no design
O segredo da criatividade no design
 
Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?Por que pesquisar e não somente fazer design?
Por que pesquisar e não somente fazer design?
 
Making work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service designMaking work visible in the theater of service design
Making work visible in the theater of service design
 
Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?Can designers change systemic oppression?
Can designers change systemic oppression?
 
Design contra opressão
Design contra opressãoDesign contra opressão
Design contra opressão
 
O papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiênciasO papel da teoria na pesquisa de experiências
O papel da teoria na pesquisa de experiências
 
Diseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacerDiseño y la colonialidad del hacer
Diseño y la colonialidad del hacer
 
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)Problematizando a experiência do usuário (ExU)
Problematizando a experiência do usuário (ExU)
 
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
Pesquisa bibliográfica de experiências (desk research)
 

Metacriatividade: criatividade sobre criatividade