O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

O papel da teoria na pesquisa de experiências

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 18 Anúncio

O papel da teoria na pesquisa de experiências

Baixar para ler offline

Tanto designers quanto usuários produzem teorias sobre suas experiências. O problema é que nem sempre essas teorias são reconhecidas como teorias. A pesquisa de experiências coleta teorias dos usuários, triangula com teorias científicas, tentando formar novas teorias da experiência. Projetos de design desenvolvidos a partir de teorias da experiência fortes podem gerar práticas de experiência únicas e memoráveis.

Tanto designers quanto usuários produzem teorias sobre suas experiências. O problema é que nem sempre essas teorias são reconhecidas como teorias. A pesquisa de experiências coleta teorias dos usuários, triangula com teorias científicas, tentando formar novas teorias da experiência. Projetos de design desenvolvidos a partir de teorias da experiência fortes podem gerar práticas de experiência únicas e memoráveis.

Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais de UTFPR (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

O papel da teoria na pesquisa de experiências

  1. 1. O papel da teoria na pesquisa de experiências Frederick van Amstel @usabilidoido DADIN - UTFPR www.usabilidoido.com.br
  2. 2. trabalho de projetar trabalho intelectual trabalho científico ciência pura ciência desenvolvida teoria trabalho de usar trabalho manual trabalho técnico ciência aplicada ciência subdesenvolvida prática
  3. 3. Design é visto como uma área que não produz teoria por si própria, sendo obrigada a importar teorias científicas de outras áreas.
  4. 4. O currículo da Escola de Ulm já buscava teorias em outras disciplinas (Scholl and Aicher, 1951).
  5. 5. Tanto designers quanto usuários produzem teorias sobre suas experiências. O problema é que nem sempre essas teorias são reconhecidas como teorias.
  6. 6. O MESMO Pessoas de grupo social similar (designers, diretores, clientes, brancos, ricos, etc) O OUTRO Pessoas de grupo social diferente (usuários, pobres, negros, indígenas, etc) Teorias do designer Teorias do usuário
  7. 7. Designers teorizam como seus objetos serão utilizados pelo Outro, assim como usuários teorizam como os objetos foram projetados pelo Mesmo.
  8. 8. Exemplo: o Instagram se baseia em uma teoria de que jovens comparam seus corpos com os corpos dos pares (Meta, 2021).
  9. 9. A pesquisa de experiências coleta teorias dos usuários, triangula com teorias científicas e forma novas teorias da experiência.
  10. 10. A teoria da experiência explica porquê a experiência ocorre da maneira que ocorre.
  11. 11. Quanto melhor suportada por evidências trianguladas em fontes diversas, mais forte é uma teoria.
  12. 12. Teorias Evidências Fontes Teoria fraca Teoria forte Teoria fraca
  13. 13. Quadro de evidências trianguladas por tipos de fontes.
  14. 14. Pensando com as mãos uma teoria que explique a experiência.
  15. 15. Aumentando o poder explicativo da teoria através do diálogo. A experiência de situação de rua é ruim porque a coberta fica curta para todos os lados em que se puxa. A experiência de situação de rua é ruim porque os brancos puxam a coberta dos negros de todos os lados de sua vida. Quem puxa a coberta das pessoas em situação de rua?
  16. 16. Teoria Fundamentada é um método completo para desenvolver teorias da experiência do usuário, mas também do designer. Lego Serious Play Estudo da experiência do devigner (developer + designer) na Apple Developer Academy PUCPR (Harmuch Neto et al., 2020).
  17. 17. Projetos de design desenvolvidos a partir de teorias da experiência fortes geram práticas de experiência únicas e memoráveis.
  18. 18. Obrigado! Frederick van Amstel @usabilidoido DADIN - UTFPR www.usabilidoido.com.br

×