SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 40
A Igreja de Filadélfia, um modelo para os
nossos dias
A relevância de
conhecermos sua origem,
propósito, fundamento,
história e missão.
Igreja, povo escolhido
e nomeado por Deus
2º Trimestre
Ano 2019
Lição 1 – A Igreja e o Plano Divino
Lição 2 – O Fundamento e a Edificação da
Igreja
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos
Títulos e Símbolos Bíblicos
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma
Protestante
Lição 5 – Avivamento e Missões na história da
Igreja
Lição 6 – A Igreja Atual e alguns desafios
Lição 7 – O desafio das novas Teologias e
Modismos
Lição 8 – A Igreja e sua Influência na sociedade
Lição 9 – A Igreja e sua Organização
Lição 10 – O Culto Racional
Lição 11 – A Igreja no poder do Espírito Santo
Lição 12 – A Igreja de Filadélfia, um Modelo
para os nossos dias
Lição 13 – A Igreja e as Últimas Coisas
ENALTECER e incentivar as
qualidades desta igreja.
DESCREVER os aspectos
históricos, culturais e políticos da
cidade e da igreja de Filadélfia;
MOSTRAR como Cristo se
apresenta a esta igreja;
(Apocalipse 3.7)
"E ao anjo da igreja que está
em Filadélfia, escreve: Isto diz
o que é santo, o que é
verdadeiro, o que tem a chave
de Davi, o que abre, e
ninguém fecha, e fecha, e
ninguém abre."
As qualidades da igreja
de Filadélfia servem de
modelo para nós,
membros da Igreja de
hoje: compromisso,
fidelidade e
perseverança.
8 - Eu sei as tuas obras; eis que diante de ti pus uma
porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca
força, guardaste a minha palavra e não negaste o meu
nome.
11 - Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para
que ninguém tome a tua coroa.
12 - A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu
Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome
do meu Deus e o nome da cidade do meu Deus, a nova
Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o
meu novo nome.
13 - Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às
igrejas.
Apocalipse 3.8,11-13
Ore pelas missões mundiais e pelos
países menos evangelizados do mundo.
Em meios às tribulações, provações e perseguições,
devemos nos manter firmes, fiéis à Palavra e
perseverantes, só assim poderemos vencer.
1 – Aspectos Históricos e Geográficos
A Igreja de Filadélfia é uma das sete igrejas que
receberam cartas, conforme livro de apocalipse.
Somente
duas igrejas
não
receberam
reprovação
do Senhor:
Filadélfia e
Esmirna.
1.1 – A Cidade de Filadélfia
Nos tempos do Novo Testamento, a cidade de
Filadélfia era uma província romana da Ásia e a
segunda cidade mais importante da Lídia.
A população da
cidade era
pequena em
razão de
terremotos
freqüentes.
1.1 – A Cidade de Filadélfia
A cidade de Filadélfia estava imersa na idolatria e,
mais tarde, mergulhou no “culto ao imperador”.
Uma cidade famosa
pela grandiosidade de
seus templos e de
suas festividades
religiosas.
A Igreja Cristã de
Filadélfia era
relativamente
pequena
1.2 – Uma Igreja Perseguida
No final do século I e início do II, houve uma grande
perseguição aos cristãos.
Sendo assim, muitos
cristãos foram
perseguidos e
mortos por se
recusar a oferecer
culto aos deuses do
império e ao
imperador romano.
Importante
A fidelidade de uma igreja ou de um cristão
fica evidente na maneira como se relaciona
com o mundo.
Como exemplo
temos a Igreja
de Filadélfia que
negou prestar
culto ao
imperador e foi
perseguida.
É fato que quanto mais rejeitamos ao mundo e suas
paixões, mais seremos perseguidos.
O
verdadeiro
cristão só
adora a
Jesus.
1.3 – Uma Igreja que Ama
A palavra Filadélfia significa "amor fraternal". Deus
é aquele que se dirige à humanidade em amor, por
meio do sacrifício de Jesus.
Como Igreja de Cristo, devemos viver esse amor,
amando-se uns aos outros (Jo 13.34-35).
1.3 – Uma Igreja que Ama
A ética do Reino se resume no amor
Como base de toda ação da Igreja.
Igrejas que
Amam Crescem
2 – A Apresentação de Jesus
O Santo
O que tem
a chave de
Davi
O Verdadeiro
Jesus se apresenta como :
2.1 – O Santo
Profeta Amós
A palavra “o Santo” é uma das afirmações da
missão messiânica de Jesus (Jo 6.69).
O Filho é Santo na qualidade de
Verbo Eterno de Deus
(Jo 1.1).
2.2 – Verdadeiro
Ele é a própria Verdade, conforme João 14.6. Ele
é a verdade personificada, portanto, Ele é fiel,
sem mácula, totalmente digno de confiança.
Quem serve a
Jesus, assim
como Ele, tem
compromisso
com a
verdade.
2.3 – O que tem a chave de Davi
pois somente Ele reuniu as condições necessárias
para exercer o tríplice ministério messiânico:
Jesus é o representante mais autorizado
da casa de Davi,
2.3 – O que tem a chave de Davi
Dessa forma, ficou ao seu encargo a chave da
Casa de Davi que, no Antigo Testamento, fora
confiada a Eliaquim (Is 22.22-25).
2.3 – O que tem a chave de Davi
Ele deixa bem claro que, na expansão do Reino de
Deus, nenhuma porta haverá de prevalecer contra a
Igreja, porque Ele as abrirá (Mt 16.13-19).
3 – Qualidades da Igreja de Filadélfia
A igreja de Filadélfia não foi advertida, ela possuía
um testemunho exemplar para os nossos dias
uma igreja que fez a diferença em seu tempo.
3.1 – Compromisso com a Palavra
“Guardaste a minha palavra...” (Ap 3.8)
A vida de
obediência leva a
uma vida de
santidade.
É relevante que após o Senhor dizer que tinham
“pouca força” (poucos membros ? Pouca
influência?) estavam guardando a Sua Palavra.
3.2 – Fidelidade
Apocalipse foi escrito numa situação em que a
maior virtude do cristão é a lealdade inflexível a
Jesus Cristo.
Fidelidade (do grego "pistis") era uma característica
da igreja de Filadélfia: "não negastes o meu nome"
(Ap 3.8).
3.2 – Fidelidade
“Jesus sempre foi fiel
(1Co 1.9, Ap 19.11)
e espera de nós
fidelidade (Sl 101.6).”
Pastor Eurico Bergstén
3.2 – Fidelidade
“Em 60 anos Jesus
sempre me foi fiel,
Como poderei eu
negá-lo ?”
Policarpo foi
queimado vivo, mas
permaneceu fiel até
o fim.
Policarpo - Bispo de Esmirna
por 60 anos
3.3 – Perseverança
A terceira qualidade é a perseverança
"Como guardaste a palavra da minha paciência ..."
(Ap 3.10)
Grego
hupomone
Normalmente traduzida por
"paciência" ou "perseverança"
3.3 – Perseverança
A Tribulação produz Perseverança
3.3 – Perseverança
É a perseverança que espera radiantemente a aurora.
Ser perseverante como os cristãos de Filadélfia é ter
espírito que suporta as coisas não somente com
resignação, mas com a esperança fulgurante ...
que possamos ter estas qualidades diante das
aflições e perseguições, guardando aquilo que
temos de mais precioso, a nossa salvação.
Assim como a igreja de Filadélfia era irrepreensível,
fiel e perseverante,
Em qual parábola o amor a Deus e ao próximo
(fraternal) é reafirmado no Novo Testamento
como resumo de toda Lei ?
A parábola do bom samaritano (Lc 10.25-37).
Quem é a própria Verdade ?
Jesus (Jo 14,6).
O que o texto de Isaías 22.22 ressalta ?
A soberania que Cristo exerce sobre a esfera "da
morte e do Hades/Inferno”.
O que Paulo nos exorta em Tito 2.10 ?
Que os servos nunca devem furtar, mas
demonstrar boa fidelidade (Tt 2.10).
O que produz perseverança ?
A tribulação (Rm 5.3).
Lição 13 – A Igreja e as Últimas Coisas
Deus Abençoe !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Carta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesCarta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossenses
UEPB
 
6. sinais da volta de jesus
6. sinais da volta de jesus6. sinais da volta de jesus
6. sinais da volta de jesus
Moisés Sampaio
 

Mais procurados (20)

Lição 13 - A atualidade dos dons espirituaisl
Lição 13 - A atualidade dos dons espirituaislLição 13 - A atualidade dos dons espirituaisl
Lição 13 - A atualidade dos dons espirituaisl
 
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraPentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Apocalipse
 
Panorama do NT - Judas
Panorama do NT - JudasPanorama do NT - Judas
Panorama do NT - Judas
 
A Epistola de Tiago
A Epistola de TiagoA Epistola de Tiago
A Epistola de Tiago
 
Carta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesCarta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossenses
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
 
7 selos do apocalipse
7 selos do apocalipse7 selos do apocalipse
7 selos do apocalipse
 
Atos
AtosAtos
Atos
 
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.
 
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptxTribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
 
6. sinais da volta de jesus
6. sinais da volta de jesus6. sinais da volta de jesus
6. sinais da volta de jesus
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
Lição 6 - Perseverança e Fé em Tempo de Apostasia
Lição 6 - Perseverança e Fé em Tempo de ApostasiaLição 6 - Perseverança e Fé em Tempo de Apostasia
Lição 6 - Perseverança e Fé em Tempo de Apostasia
 
Panorama do NT - Tito
Panorama do NT - TitoPanorama do NT - Tito
Panorama do NT - Tito
 
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
Estudo biblico 24  dons espirituais - part2Estudo biblico 24  dons espirituais - part2
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
 
A armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completaA armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completa
 
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoLição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
 

Semelhante a Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias

A igreja que deus deseja pedro júnior
A igreja que deus deseja   pedro júniorA igreja que deus deseja   pedro júnior
A igreja que deus deseja pedro júnior
Pedro Júnior
 
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Jonas Martins Olímpio
 
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Sergio Silva
 

Semelhante a Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias (20)

Lição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano DivinoLição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano Divino
 
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicosLição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
 
Aulas 01 04-cristao_frutifero2013
Aulas 01 04-cristao_frutifero2013Aulas 01 04-cristao_frutifero2013
Aulas 01 04-cristao_frutifero2013
 
EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1
EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1
EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1
 
Palestra maturidade cristã
Palestra   maturidade cristãPalestra   maturidade cristã
Palestra maturidade cristã
 
Lição 2 – O Fundamento e a Edificação da Igreja
Lição 2 – O Fundamento e a Edificação da IgrejaLição 2 – O Fundamento e a Edificação da Igreja
Lição 2 – O Fundamento e a Edificação da Igreja
 
Vinte respostas aos católicos
Vinte respostas aos católicosVinte respostas aos católicos
Vinte respostas aos católicos
 
Vinte respostas aos católicos
Vinte respostas aos católicosVinte respostas aos católicos
Vinte respostas aos católicos
 
A igreja que deus deseja pedro júnior
A igreja que deus deseja   pedro júniorA igreja que deus deseja   pedro júnior
A igreja que deus deseja pedro júnior
 
Dons de elocução lição 5
Dons de elocução  lição 5Dons de elocução  lição 5
Dons de elocução lição 5
 
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
 
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
Lição 6 - A verdadeira igreja - 2º quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Reli...
 
Slide Licao 3 - 2T - 2022 - BETEL.pptx
Slide Licao 3 - 2T - 2022 - BETEL.pptxSlide Licao 3 - 2T - 2022 - BETEL.pptx
Slide Licao 3 - 2T - 2022 - BETEL.pptx
 
Lição 12 – Sendo Igreja do Deus Vivo.pptx
Lição 12 – Sendo Igreja do Deus Vivo.pptxLição 12 – Sendo Igreja do Deus Vivo.pptx
Lição 12 – Sendo Igreja do Deus Vivo.pptx
 
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6   O consolo de Deus em meio à afliçãoLição 6   O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
 
O Discípulo e a Igreja.
O Discípulo e a Igreja.O Discípulo e a Igreja.
O Discípulo e a Igreja.
 
A igreja de cristo
A igreja de cristoA igreja de cristo
A igreja de cristo
 
CURRICULO DA EBD 2012 - Completo
CURRICULO DA EBD 2012 - CompletoCURRICULO DA EBD 2012 - Completo
CURRICULO DA EBD 2012 - Completo
 
EBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completo
EBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completoEBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completo
EBP 2012 - Currículo da Escola Dominical completo
 
As cartas paulinas
As cartas paulinasAs cartas paulinas
As cartas paulinas
 

Mais de Éder Tomé

Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Éder Tomé
 

Mais de Éder Tomé (20)

Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
Lição 4 - Dons de Poder (Windscreen)
 
Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder Lição 4 - Dons de Poder
Lição 4 - Dons de Poder
 
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
Lição 3 - O Deus Criador (Windscreen)
 
Lição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus CriadorLição 3 - O Deus Criador
Lição 3 - O Deus Criador
 
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
 

Último

Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 

Último (14)

Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 

Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias

  • 1. A Igreja de Filadélfia, um modelo para os nossos dias
  • 2. A relevância de conhecermos sua origem, propósito, fundamento, história e missão. Igreja, povo escolhido e nomeado por Deus 2º Trimestre Ano 2019
  • 3. Lição 1 – A Igreja e o Plano Divino Lição 2 – O Fundamento e a Edificação da Igreja Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos Títulos e Símbolos Bíblicos Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante Lição 5 – Avivamento e Missões na história da Igreja Lição 6 – A Igreja Atual e alguns desafios Lição 7 – O desafio das novas Teologias e Modismos Lição 8 – A Igreja e sua Influência na sociedade Lição 9 – A Igreja e sua Organização Lição 10 – O Culto Racional Lição 11 – A Igreja no poder do Espírito Santo Lição 12 – A Igreja de Filadélfia, um Modelo para os nossos dias Lição 13 – A Igreja e as Últimas Coisas
  • 4. ENALTECER e incentivar as qualidades desta igreja. DESCREVER os aspectos históricos, culturais e políticos da cidade e da igreja de Filadélfia; MOSTRAR como Cristo se apresenta a esta igreja;
  • 5. (Apocalipse 3.7) "E ao anjo da igreja que está em Filadélfia, escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi, o que abre, e ninguém fecha, e fecha, e ninguém abre."
  • 6. As qualidades da igreja de Filadélfia servem de modelo para nós, membros da Igreja de hoje: compromisso, fidelidade e perseverança.
  • 7. 8 - Eu sei as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome. 11 - Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. 12 - A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome. 13 - Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Apocalipse 3.8,11-13
  • 8. Ore pelas missões mundiais e pelos países menos evangelizados do mundo.
  • 9. Em meios às tribulações, provações e perseguições, devemos nos manter firmes, fiéis à Palavra e perseverantes, só assim poderemos vencer.
  • 10. 1 – Aspectos Históricos e Geográficos A Igreja de Filadélfia é uma das sete igrejas que receberam cartas, conforme livro de apocalipse. Somente duas igrejas não receberam reprovação do Senhor: Filadélfia e Esmirna.
  • 11.
  • 12. 1.1 – A Cidade de Filadélfia Nos tempos do Novo Testamento, a cidade de Filadélfia era uma província romana da Ásia e a segunda cidade mais importante da Lídia. A população da cidade era pequena em razão de terremotos freqüentes.
  • 13. 1.1 – A Cidade de Filadélfia A cidade de Filadélfia estava imersa na idolatria e, mais tarde, mergulhou no “culto ao imperador”. Uma cidade famosa pela grandiosidade de seus templos e de suas festividades religiosas. A Igreja Cristã de Filadélfia era relativamente pequena
  • 14. 1.2 – Uma Igreja Perseguida No final do século I e início do II, houve uma grande perseguição aos cristãos. Sendo assim, muitos cristãos foram perseguidos e mortos por se recusar a oferecer culto aos deuses do império e ao imperador romano.
  • 15. Importante A fidelidade de uma igreja ou de um cristão fica evidente na maneira como se relaciona com o mundo. Como exemplo temos a Igreja de Filadélfia que negou prestar culto ao imperador e foi perseguida. É fato que quanto mais rejeitamos ao mundo e suas paixões, mais seremos perseguidos. O verdadeiro cristão só adora a Jesus.
  • 16. 1.3 – Uma Igreja que Ama A palavra Filadélfia significa "amor fraternal". Deus é aquele que se dirige à humanidade em amor, por meio do sacrifício de Jesus. Como Igreja de Cristo, devemos viver esse amor, amando-se uns aos outros (Jo 13.34-35).
  • 17. 1.3 – Uma Igreja que Ama A ética do Reino se resume no amor Como base de toda ação da Igreja. Igrejas que Amam Crescem
  • 18. 2 – A Apresentação de Jesus O Santo O que tem a chave de Davi O Verdadeiro Jesus se apresenta como :
  • 19. 2.1 – O Santo Profeta Amós A palavra “o Santo” é uma das afirmações da missão messiânica de Jesus (Jo 6.69). O Filho é Santo na qualidade de Verbo Eterno de Deus (Jo 1.1).
  • 20. 2.2 – Verdadeiro Ele é a própria Verdade, conforme João 14.6. Ele é a verdade personificada, portanto, Ele é fiel, sem mácula, totalmente digno de confiança. Quem serve a Jesus, assim como Ele, tem compromisso com a verdade.
  • 21. 2.3 – O que tem a chave de Davi pois somente Ele reuniu as condições necessárias para exercer o tríplice ministério messiânico: Jesus é o representante mais autorizado da casa de Davi,
  • 22. 2.3 – O que tem a chave de Davi Dessa forma, ficou ao seu encargo a chave da Casa de Davi que, no Antigo Testamento, fora confiada a Eliaquim (Is 22.22-25).
  • 23. 2.3 – O que tem a chave de Davi Ele deixa bem claro que, na expansão do Reino de Deus, nenhuma porta haverá de prevalecer contra a Igreja, porque Ele as abrirá (Mt 16.13-19).
  • 24. 3 – Qualidades da Igreja de Filadélfia A igreja de Filadélfia não foi advertida, ela possuía um testemunho exemplar para os nossos dias uma igreja que fez a diferença em seu tempo.
  • 25. 3.1 – Compromisso com a Palavra “Guardaste a minha palavra...” (Ap 3.8) A vida de obediência leva a uma vida de santidade. É relevante que após o Senhor dizer que tinham “pouca força” (poucos membros ? Pouca influência?) estavam guardando a Sua Palavra.
  • 26. 3.2 – Fidelidade Apocalipse foi escrito numa situação em que a maior virtude do cristão é a lealdade inflexível a Jesus Cristo. Fidelidade (do grego "pistis") era uma característica da igreja de Filadélfia: "não negastes o meu nome" (Ap 3.8).
  • 27. 3.2 – Fidelidade “Jesus sempre foi fiel (1Co 1.9, Ap 19.11) e espera de nós fidelidade (Sl 101.6).” Pastor Eurico Bergstén
  • 28. 3.2 – Fidelidade “Em 60 anos Jesus sempre me foi fiel, Como poderei eu negá-lo ?” Policarpo foi queimado vivo, mas permaneceu fiel até o fim. Policarpo - Bispo de Esmirna por 60 anos
  • 29. 3.3 – Perseverança A terceira qualidade é a perseverança "Como guardaste a palavra da minha paciência ..." (Ap 3.10) Grego hupomone Normalmente traduzida por "paciência" ou "perseverança"
  • 30. 3.3 – Perseverança A Tribulação produz Perseverança
  • 31. 3.3 – Perseverança É a perseverança que espera radiantemente a aurora. Ser perseverante como os cristãos de Filadélfia é ter espírito que suporta as coisas não somente com resignação, mas com a esperança fulgurante ...
  • 32. que possamos ter estas qualidades diante das aflições e perseguições, guardando aquilo que temos de mais precioso, a nossa salvação. Assim como a igreja de Filadélfia era irrepreensível, fiel e perseverante,
  • 33. Em qual parábola o amor a Deus e ao próximo (fraternal) é reafirmado no Novo Testamento como resumo de toda Lei ? A parábola do bom samaritano (Lc 10.25-37).
  • 34. Quem é a própria Verdade ? Jesus (Jo 14,6).
  • 35. O que o texto de Isaías 22.22 ressalta ? A soberania que Cristo exerce sobre a esfera "da morte e do Hades/Inferno”.
  • 36. O que Paulo nos exorta em Tito 2.10 ? Que os servos nunca devem furtar, mas demonstrar boa fidelidade (Tt 2.10).
  • 37. O que produz perseverança ? A tribulação (Rm 5.3).
  • 38. Lição 13 – A Igreja e as Últimas Coisas
  • 39.