SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Pb. JÚNIOR CESAR SANTIAGO.
Quando eu era menino, falava como menino,
pensava como menino e raciocinava como
menino. Quando me tornei homem, deixei para
trás as coisas de menino. I Coríntios 13:11
O QUE É MATURIDADE?
O FRUTO DA MATURIDADE:
RESILIÊNCIA.
 O3 GRAUS DO AMADURECIMENTO CRISTÃO:
 CONVERSÃO ( METANOIA) - Mudança de Pensamento.
 REGENERAÇÃO – Mudança de Comportamento.
 SANTIFICAÇÃO – Mudança de Valor.
 EXEMPLOS: Pedro, Paulo, Tiago.
 PEDRO: Ao conhecer Jesus deixou de ser pescador
para ser um discípulo (Conversão), depois de negar a
Cristo e ser restaurado por Ele, tornou-se ousado na
palavra (Regeneração), pregou que Cristo é quem
nos santifica e exortou o crente a ser santo como
Deus é santo ( Santificação).
 PAULO: Deixou de ser perseguidor para ser o 13º
apóstolo (Conversão). Enfrentou muitas
perseguições pelo nome de Cristo e espalhou o
evangelho pelo mundo gentil (Regeneração), Morreu
pregando que o homem deve oferecer a Deus um
culto Racional ( Santificação)
 TIAGO: NOSSO MAIOR EXEMPLO DE MATURIDADE ESPIRITUAL
Tiago era irmão do Senhor. (Marcos 6:3) –
“ Não é este o carpinteiro, filho de Maria, e irmão de Tiago, e de José, e de
Judas e de Simão? ...”
Mesmo assim, não usa isso a seu favor : “ Tiago, Servo de Deus , e do
Senhor Jesus Cristo...” Tiago 1: 1.
ELE NÃO CREU EM JESUS LOGO NO INÍCIO, MAIS QUE ISSO: DUVIDAVA
DELE. - (João 7: 3 – 5)
Só tornou-se crente após a morte de Cristo ( I Cor 15: 1- 3) - Conversão
Tornou-se rapidamente uma das 3 colunas da primeira igreja , julgando
assuntos importantes e sendo um dos responsáveis por ouvir o relato de
Paulo sobre sua conversão e ajudá-lo dentro da comunidade –
Regeneração
Pregou sobre a importância de demonstrar a fé com atitudes
práticas. Santificação
 TIAGO: CARACTERÍSTICAS DE UM CRENTE MADURO
• Tiago pastoreava a igreja de Jerusalém. Era a sede da primeira igreja.
• Ocorre 15x em sua carta as expressões “ meus irmãos” “ amados
irmãos”
• O CRENTE MADURO TEM AMOR PELAS ALMAS.
• Era entendido na Lei, pois fora criado nos mesmos moldes que Jesus na
infância, sendo, portanto, capaz de julgar ( Atos 12:17)
• O CRENTE MADURO TEM CONHECIMENTO DA PALAVRA SENDO APTO
A ACONSELHAR, REDARGUIR E ENSINAR.
• Ele teve a difícil missão de falar às tribos dispersas pelo mundo, onde
judeus sofriam dia e noite, sem lar, sem cuidados e sem pátria. Eles
receberam consolo e conselhos da mensagem de Tiago.
• O CRENTE MADURO COMPADECE –SE COM O SOFRIMENTO HUMANO
E O USA PARA O CRESCER, AJUDANDO OUTROS A ENFRENTÁ-LO.
 TIAGO: CARACTERÍSTICAS DE UM CRENTE MADURO
Tiago 1: 2 “ Meus irmãos , tende por motivo de toda alegria o passardes
por várias provações “
ALEGREM-SE NA ADVERSIDADE!!!
“mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a
tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e
a experiência a esperança.” Romanos 5: 3-4;
PERSEVERE E TENHA PACIÊNCIA
A Perfeição se atinge com isso ( Tiago 1:4)
Jesus também disse isso ( Mt 5:48)
SOMOS UMA GERAÇÃO IMPACIENTE. Uma tradição diz que Tiago tinha os
joelhos grossos como os de um camelo de tanto orar. Tiago encontrou em
jesus a fonte da maturidade espiritual.
 TIAGO: CARACTERÍSTICAS DE UM CRENTE MADURO
O CRENTE MADURO OUVE E PRATICA A PALAVRA
(Romanos 10:17) - De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de
Deus.
EXISTEM 386 REFERÊNCIAS ONDE DEUS MOSTRA A IMPORTÂNCIA DO
OUVIR A SUA PALAVRA.
Ouvir a palavra também deve ser associada à prática.
(Tiago 1:22) (Tiago 1:23)(Tiago 1:24)
Você nasceu da palavra! Entenda isso e serás sábio e Maduro: (Tiago 1:18)
• LOGOS X RHEMA
O PODER DA PALAVRA - Consagre sua língua à Deus. (Tiago 3:7 (Tiago
3:8)
SUA LINGUA PODE DESTRUIR- PV 18.21 / MT 12: 34 E 35
SUA LINGUA PODE AGRADAR- PV 13.14/10.11/12.22
Diga coisa boas , profetize bençãos, caminhe na graça- TIAGO 4 : 8 -
10
O Poder da Vida e da Morte estão na Língua ( Pv 18:21).
 TIAGO: CARACTERÍSTICAS DE UM CRENTE MADURO
O CRENTE MADURO NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS NEM JULGA PELA
APARÊNCIA:
Quem obedece toda a bíblia mas julga pela aparência é transgressor de
tudo que antes obedecia.
(Tiago 2:8-10) - Todavia, se cumprirdes, conforme a Escritura, a lei real: Amarás
a teu próximo como a ti mesmo, bem fazeis. Mas, se fazeis acepção de
pessoas, cometeis pecado, e sois redargüidos pela lei como transgressores.
Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se
culpado de todos.
 TEM FÉ? PROVE!
O CRENTE MADURO NÃO FICA SÓ NAS PALAVRAS, ELE AGE!
ORAÇÃO = ORAR + AÇÃO.
Tiago 2: 14 a 19
Os demônios crêem : fé intelectual
E tremem : fé emocional.
Porém essa fé não os salva ( FÉ SALVÍFICA). A fé que salva é madura,
perfeita e frutífera. A fé salvífica se baseia no ATO de Cristo e não somente
em sua palavra. O que nos salva é o Sacrifício que Ele fez...seus
ensinamentos nos guiam à Deus, mas só a Fé Salvífica é a chave que abre
a porta da Sala do trono.
AS OBRAS DEVEM ACOMPANHAR A FÉ, E A FÉ DEVE SER CONFIRMADA
PELAS OBRAS. ESTA É A VERDADEIRA RELIGIÃO ( LER TIAGO 1:27)
A IMPORTÂNCIA DA CARIDADE – UMA IGREJA COM PROPÓSITOS.
PRESBÍTERO JUNIOR CESAR SANTIAGO
E-MAIL: juniorcsantiago@gmail.com
Linkedin : https://br.linkedin.com/pub/junior-cesar-santiago
Facebook : facebook.com/caminhodosabio

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obrasA fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obrasMoisés Sampaio
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaMoisés Sampaio
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualÉder Tomé
 
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeDiscipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeChristian Lepelletier
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãJoanilson França Garcia
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneMárcio Martins
 
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoLição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoÉder Tomé
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.RODRIGO FERREIRA
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da FéWander Sousa
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoRODRIGO FERREIRA
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaÉder Tomé
 
Conhecendo a salvação
Conhecendo a salvaçãoConhecendo a salvação
Conhecendo a salvaçãoJosue Lima
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,Felicio Araujo
 
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01Anderson Favaro
 
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisMoisés Sampaio
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoRodrigo Bomfim
 

Mais procurados (20)

Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
A fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obrasA fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obras
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibrada
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
 
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeDiscipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
 
Evangelismo pessoal
Evangelismo pessoalEvangelismo pessoal
Evangelismo pessoal
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Apocalipse
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoLição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
 
Conhecendo a salvação
Conhecendo a salvaçãoConhecendo a salvação
Conhecendo a salvação
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
 
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01Estudo sobre a FÉ - Parte 01
Estudo sobre a FÉ - Parte 01
 
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
 
Treinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliaresTreinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliares
 

Destaque

Maturidade Espiritual com DMZeca
Maturidade Espiritual com DMZecaMaturidade Espiritual com DMZeca
Maturidade Espiritual com DMZecaDM Zeca
 
Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Daniel Junior
 
Degraus da maturidade espiritual
Degraus da maturidade espiritualDegraus da maturidade espiritual
Degraus da maturidade espiritualEduardo Maciel
 
Manual do lider na visão do MDA
Manual do lider na visão do MDAManual do lider na visão do MDA
Manual do lider na visão do MDAvagner costa
 
Nosso Deus André Valadão
Nosso Deus André ValadãoNosso Deus André Valadão
Nosso Deus André Valadãovagner costa
 
Fases do crescimento espiritual
Fases do crescimento espiritualFases do crescimento espiritual
Fases do crescimento espiritualMarcelo Lieuthier
 
A Igreja que queremos ser
A Igreja que queremos serA Igreja que queremos ser
A Igreja que queremos serHugo Machado
 

Destaque (9)

Maturidade Espiritual com DMZeca
Maturidade Espiritual com DMZecaMaturidade Espiritual com DMZeca
Maturidade Espiritual com DMZeca
 
Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)
 
Degraus da maturidade espiritual
Degraus da maturidade espiritualDegraus da maturidade espiritual
Degraus da maturidade espiritual
 
Manual do lider na visão do MDA
Manual do lider na visão do MDAManual do lider na visão do MDA
Manual do lider na visão do MDA
 
Nosso Deus André Valadão
Nosso Deus André ValadãoNosso Deus André Valadão
Nosso Deus André Valadão
 
Manual de Maturidade Cristã
Manual de Maturidade CristãManual de Maturidade Cristã
Manual de Maturidade Cristã
 
Lição 1 a maturidade do cristão
Lição 1   a maturidade do cristãoLição 1   a maturidade do cristão
Lição 1 a maturidade do cristão
 
Fases do crescimento espiritual
Fases do crescimento espiritualFases do crescimento espiritual
Fases do crescimento espiritual
 
A Igreja que queremos ser
A Igreja que queremos serA Igreja que queremos ser
A Igreja que queremos ser
 

Semelhante a Palestra maturidade cristã

Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos diasLição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos diasÉder Tomé
 
Slides apologética o que é e qual suas funções
Slides   apologética o que é e qual suas funçõesSlides   apologética o que é e qual suas funções
Slides apologética o que é e qual suas funçõesAbdias Barreto
 
EBD Palavra e Vida 1T2015: Aula 4: O escudo da fé
EBD Palavra e Vida 1T2015: Aula 4: O escudo da féEBD Palavra e Vida 1T2015: Aula 4: O escudo da fé
EBD Palavra e Vida 1T2015: Aula 4: O escudo da féAndre Nascimento
 
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?Jonas Martins Olímpio
 
Fe fundamental
Fe fundamentalFe fundamental
Fe fundamentalAlexSteeve
 
EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1
EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1
EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1Andre Nascimento
 
A Epistola de Tiago
A Epistola de TiagoA Epistola de Tiago
A Epistola de TiagoUEPB
 
Lição 11 Mormonismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidad...
Lição 11   Mormonismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidad...Lição 11   Mormonismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidad...
Lição 11 Mormonismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidad...Sergio Silva
 
EBD Revista Palavra e Vida Aula 13 1T2015.Uma batalha intensa e sem tréguas
EBD Revista Palavra e Vida Aula 13 1T2015.Uma batalha intensa e sem tréguasEBD Revista Palavra e Vida Aula 13 1T2015.Uma batalha intensa e sem tréguas
EBD Revista Palavra e Vida Aula 13 1T2015.Uma batalha intensa e sem tréguasAndre Nascimento
 
Conservando a igreja fiel (2Ts 2:13-3:18)_Lição da Escola Sabatina_original_c...
Conservando a igreja fiel (2Ts 2:13-3:18)_Lição da Escola Sabatina_original_c...Conservando a igreja fiel (2Ts 2:13-3:18)_Lição da Escola Sabatina_original_c...
Conservando a igreja fiel (2Ts 2:13-3:18)_Lição da Escola Sabatina_original_c...Gerson G. Ramos
 

Semelhante a Palestra maturidade cristã (20)

Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos diasLição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
Lição 12 - A Igreja de Filadélfia um modelo para os nossos dias
 
Slides apologética o que é e qual suas funções
Slides   apologética o que é e qual suas funçõesSlides   apologética o que é e qual suas funções
Slides apologética o que é e qual suas funções
 
EBD Palavra e Vida 1T2015: Aula 4: O escudo da fé
EBD Palavra e Vida 1T2015: Aula 4: O escudo da féEBD Palavra e Vida 1T2015: Aula 4: O escudo da fé
EBD Palavra e Vida 1T2015: Aula 4: O escudo da fé
 
O Credo Apostólico
O Credo ApostólicoO Credo Apostólico
O Credo Apostólico
 
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
Sou Crente... E Agora, o Que Eu Faço?
 
Vinte respostas aos católicos
Vinte respostas aos católicosVinte respostas aos católicos
Vinte respostas aos católicos
 
Vinte respostas aos católicos
Vinte respostas aos católicosVinte respostas aos católicos
Vinte respostas aos católicos
 
Fe fundamental
Fe fundamentalFe fundamental
Fe fundamental
 
Eles venceram pela fé
Eles venceram pela féEles venceram pela fé
Eles venceram pela fé
 
41 tiago
41 tiago41 tiago
41 tiago
 
EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1
EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1
EBD Revista Palavra e Vida (CB Fluminense) - Aula 1
 
Escola Sabatica 13
Escola Sabatica  13Escola Sabatica  13
Escola Sabatica 13
 
A Epistola de Tiago
A Epistola de TiagoA Epistola de Tiago
A Epistola de Tiago
 
Escola sabatina Licao 4
Escola sabatina Licao 4Escola sabatina Licao 4
Escola sabatina Licao 4
 
Edição novembro - 2020
Edição novembro - 2020Edição novembro - 2020
Edição novembro - 2020
 
Livro de tiago 1.1 5.20
Livro de tiago 1.1 5.20Livro de tiago 1.1 5.20
Livro de tiago 1.1 5.20
 
Lição 11 Mormonismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidad...
Lição 11   Mormonismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidad...Lição 11   Mormonismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidad...
Lição 11 Mormonismo - 2º Quadrimestre 2012 - EBD - Religiões e Religiosidad...
 
EBD Revista Palavra e Vida Aula 13 1T2015.Uma batalha intensa e sem tréguas
EBD Revista Palavra e Vida Aula 13 1T2015.Uma batalha intensa e sem tréguasEBD Revista Palavra e Vida Aula 13 1T2015.Uma batalha intensa e sem tréguas
EBD Revista Palavra e Vida Aula 13 1T2015.Uma batalha intensa e sem tréguas
 
Conservando a igreja fiel (2Ts 2:13-3:18)_Lição da Escola Sabatina_original_c...
Conservando a igreja fiel (2Ts 2:13-3:18)_Lição da Escola Sabatina_original_c...Conservando a igreja fiel (2Ts 2:13-3:18)_Lição da Escola Sabatina_original_c...
Conservando a igreja fiel (2Ts 2:13-3:18)_Lição da Escola Sabatina_original_c...
 
Lição 9 paulo
Lição 9 pauloLição 9 paulo
Lição 9 paulo
 

Mais de Junior Cesar Santiago

Mais de Junior Cesar Santiago (13)

Concursos públicos e carreira pública
Concursos públicos e carreira públicaConcursos públicos e carreira pública
Concursos públicos e carreira pública
 
Resiliencia
ResilienciaResiliencia
Resiliencia
 
Santiago j.c apresentação pós - unoeste
Santiago j.c   apresentação pós - unoesteSantiago j.c   apresentação pós - unoeste
Santiago j.c apresentação pós - unoeste
 
Palestra seminario de casais 2015
Palestra seminario de casais 2015Palestra seminario de casais 2015
Palestra seminario de casais 2015
 
Apocalipse escatologia
Apocalipse   escatologiaApocalipse   escatologia
Apocalipse escatologia
 
Santiago, j.c banca pública tcc pós
Santiago, j.c   banca pública tcc pósSantiago, j.c   banca pública tcc pós
Santiago, j.c banca pública tcc pós
 
Liderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentaçãoLiderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentação
 
Apresentação artigo agronegocio e bx carbono
Apresentação artigo agronegocio e bx carbonoApresentação artigo agronegocio e bx carbono
Apresentação artigo agronegocio e bx carbono
 
1 Comando e controle x Instrumentos de incentivo econômico: o que é mais ef...
1   Comando e controle x Instrumentos de incentivo econômico: o que é mais ef...1   Comando e controle x Instrumentos de incentivo econômico: o que é mais ef...
1 Comando e controle x Instrumentos de incentivo econômico: o que é mais ef...
 
Palestra sobrevivência urbana
Palestra sobrevivência urbanaPalestra sobrevivência urbana
Palestra sobrevivência urbana
 
Mercado de carbono palestra
Mercado de carbono   palestraMercado de carbono   palestra
Mercado de carbono palestra
 
Dê o governo aos pequenos
Dê o governo aos pequenosDê o governo aos pequenos
Dê o governo aos pequenos
 
Ginástica laboral
Ginástica laboralGinástica laboral
Ginástica laboral
 

Palestra maturidade cristã

  • 1. Pb. JÚNIOR CESAR SANTIAGO.
  • 2. Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino. I Coríntios 13:11 O QUE É MATURIDADE? O FRUTO DA MATURIDADE: RESILIÊNCIA.
  • 3.  O3 GRAUS DO AMADURECIMENTO CRISTÃO:  CONVERSÃO ( METANOIA) - Mudança de Pensamento.  REGENERAÇÃO – Mudança de Comportamento.  SANTIFICAÇÃO – Mudança de Valor.  EXEMPLOS: Pedro, Paulo, Tiago.  PEDRO: Ao conhecer Jesus deixou de ser pescador para ser um discípulo (Conversão), depois de negar a Cristo e ser restaurado por Ele, tornou-se ousado na palavra (Regeneração), pregou que Cristo é quem nos santifica e exortou o crente a ser santo como Deus é santo ( Santificação).  PAULO: Deixou de ser perseguidor para ser o 13º apóstolo (Conversão). Enfrentou muitas perseguições pelo nome de Cristo e espalhou o evangelho pelo mundo gentil (Regeneração), Morreu pregando que o homem deve oferecer a Deus um culto Racional ( Santificação)
  • 4.  TIAGO: NOSSO MAIOR EXEMPLO DE MATURIDADE ESPIRITUAL Tiago era irmão do Senhor. (Marcos 6:3) – “ Não é este o carpinteiro, filho de Maria, e irmão de Tiago, e de José, e de Judas e de Simão? ...” Mesmo assim, não usa isso a seu favor : “ Tiago, Servo de Deus , e do Senhor Jesus Cristo...” Tiago 1: 1. ELE NÃO CREU EM JESUS LOGO NO INÍCIO, MAIS QUE ISSO: DUVIDAVA DELE. - (João 7: 3 – 5) Só tornou-se crente após a morte de Cristo ( I Cor 15: 1- 3) - Conversão Tornou-se rapidamente uma das 3 colunas da primeira igreja , julgando assuntos importantes e sendo um dos responsáveis por ouvir o relato de Paulo sobre sua conversão e ajudá-lo dentro da comunidade – Regeneração Pregou sobre a importância de demonstrar a fé com atitudes práticas. Santificação
  • 5.  TIAGO: CARACTERÍSTICAS DE UM CRENTE MADURO • Tiago pastoreava a igreja de Jerusalém. Era a sede da primeira igreja. • Ocorre 15x em sua carta as expressões “ meus irmãos” “ amados irmãos” • O CRENTE MADURO TEM AMOR PELAS ALMAS. • Era entendido na Lei, pois fora criado nos mesmos moldes que Jesus na infância, sendo, portanto, capaz de julgar ( Atos 12:17) • O CRENTE MADURO TEM CONHECIMENTO DA PALAVRA SENDO APTO A ACONSELHAR, REDARGUIR E ENSINAR. • Ele teve a difícil missão de falar às tribos dispersas pelo mundo, onde judeus sofriam dia e noite, sem lar, sem cuidados e sem pátria. Eles receberam consolo e conselhos da mensagem de Tiago. • O CRENTE MADURO COMPADECE –SE COM O SOFRIMENTO HUMANO E O USA PARA O CRESCER, AJUDANDO OUTROS A ENFRENTÁ-LO.
  • 6.  TIAGO: CARACTERÍSTICAS DE UM CRENTE MADURO Tiago 1: 2 “ Meus irmãos , tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações “ ALEGREM-SE NA ADVERSIDADE!!! “mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança.” Romanos 5: 3-4; PERSEVERE E TENHA PACIÊNCIA A Perfeição se atinge com isso ( Tiago 1:4) Jesus também disse isso ( Mt 5:48) SOMOS UMA GERAÇÃO IMPACIENTE. Uma tradição diz que Tiago tinha os joelhos grossos como os de um camelo de tanto orar. Tiago encontrou em jesus a fonte da maturidade espiritual.
  • 7.  TIAGO: CARACTERÍSTICAS DE UM CRENTE MADURO O CRENTE MADURO OUVE E PRATICA A PALAVRA (Romanos 10:17) - De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. EXISTEM 386 REFERÊNCIAS ONDE DEUS MOSTRA A IMPORTÂNCIA DO OUVIR A SUA PALAVRA. Ouvir a palavra também deve ser associada à prática. (Tiago 1:22) (Tiago 1:23)(Tiago 1:24) Você nasceu da palavra! Entenda isso e serás sábio e Maduro: (Tiago 1:18) • LOGOS X RHEMA O PODER DA PALAVRA - Consagre sua língua à Deus. (Tiago 3:7 (Tiago 3:8) SUA LINGUA PODE DESTRUIR- PV 18.21 / MT 12: 34 E 35 SUA LINGUA PODE AGRADAR- PV 13.14/10.11/12.22 Diga coisa boas , profetize bençãos, caminhe na graça- TIAGO 4 : 8 - 10 O Poder da Vida e da Morte estão na Língua ( Pv 18:21).
  • 8.  TIAGO: CARACTERÍSTICAS DE UM CRENTE MADURO O CRENTE MADURO NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS NEM JULGA PELA APARÊNCIA: Quem obedece toda a bíblia mas julga pela aparência é transgressor de tudo que antes obedecia. (Tiago 2:8-10) - Todavia, se cumprirdes, conforme a Escritura, a lei real: Amarás a teu próximo como a ti mesmo, bem fazeis. Mas, se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, e sois redargüidos pela lei como transgressores. Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos.
  • 9.  TEM FÉ? PROVE! O CRENTE MADURO NÃO FICA SÓ NAS PALAVRAS, ELE AGE! ORAÇÃO = ORAR + AÇÃO. Tiago 2: 14 a 19 Os demônios crêem : fé intelectual E tremem : fé emocional. Porém essa fé não os salva ( FÉ SALVÍFICA). A fé que salva é madura, perfeita e frutífera. A fé salvífica se baseia no ATO de Cristo e não somente em sua palavra. O que nos salva é o Sacrifício que Ele fez...seus ensinamentos nos guiam à Deus, mas só a Fé Salvífica é a chave que abre a porta da Sala do trono. AS OBRAS DEVEM ACOMPANHAR A FÉ, E A FÉ DEVE SER CONFIRMADA PELAS OBRAS. ESTA É A VERDADEIRA RELIGIÃO ( LER TIAGO 1:27) A IMPORTÂNCIA DA CARIDADE – UMA IGREJA COM PROPÓSITOS.
  • 10. PRESBÍTERO JUNIOR CESAR SANTIAGO E-MAIL: juniorcsantiago@gmail.com Linkedin : https://br.linkedin.com/pub/junior-cesar-santiago Facebook : facebook.com/caminhodosabio