SlideShare uma empresa Scribd logo
TEXTO DO DIA
"Portanto, irmãos, procurai, com
zelo, profetizar e não proibais falar
línguas."
(1 Co 14.39)
SÍNTESE
Os dons espirituais são
presentes dados por Deus à sua
Igreja para edificação do Corpo
de Cristo.
TEXTO BÍBLICO
1 Coríntios 12.1-11
1 Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.
2 Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis
guiados.
3 Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de
Deus diz: Jesus é anátema! E ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo
Espírito Santo.
4 Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.
5 E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.
6 E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.
7 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil.
8 Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo
Espírito, a palavra da ciência;
9 e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de
curar;
10 e a outro, a operação de maravilhas; e a outro, a profecia; e a outro, o dom de
discernir os espíritos; e a outro, a variedade de línguas; e a outro, a interpretação
das línguas.
11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo
particularmente a cada um como quer.
INTRODUÇÃO
INTRODUÇÃO
• O assunto desta lição é os dons espirituais.
• Esse assunto tem sido alvo de debates nos últimos 100
anos, por ocasião do surgimento do Movimento
Pentecostal.
• O que a Bíblia diz a respeito dos dons?
• Será que são válidos para os nossos dias?
I - DEFININDO O QUE
SÃO DONS ESPIRITUAIS
1. O que são os dons espirituais
• Dons espirituais são poderes ou capacitações
sobrenaturais, dadas pelo Espírito Santo, à pessoas em
sua Igreja.
• Não são talentos naturais, aprendidos ou aperfeiçoados
pelo uso de técnicas humanas.
• Essas dotações são divididas entre o povo de Deus pela
escolha do Espírito Santo, que age "repartindo
particularmente a cada um como quer" (1 Co 12.11).
2. Não são um sinal de superioridade espiritual.
• Como os dons espirituais são presentes de Deus, não
podem ser um designativo de superioridade ou de
santidade pessoal.
• Os dons dados por Deus não se baseiam em um grau de
santidade adquirido por um crente.
• O fato de ter dom ou a quantidade de dom não
representa superioridade espiritual de quem o(s)
recebeu.
AP – Você tem se considerado superior em função do dom
recebido?
3. Devem ser utilizados para edificar a Igreja
• Paulo deixa claro que os dons são dados por Deus para
que a igreja seja edificada, fortalecida.
• O dom é para o serviço no reino de Deus e o benefício da
coletividade.
• Portanto, não é para promoção pessoal, e sim o Reino e a
glória de Deus!
AP – Como você tem utilizado os dons recebidos?
Tem se promovido ou promovido o Reino de Deus?
PENSE
Os dons espirituais são
dotações que Deus dá para sua
igreja, com propósito de
edificação do povo de Deus.
PONTO IMPORTANTE
Os dons espirituais são para os
nossos dias, e não possuem o
caráter distintivo de santidade
na vida de um cristão
II - A DIVERSIDADE
DOS DONS
1. Dons de saber
• A Palavra da Sabedoria, segundo a Bíblia de Estudo
Pentecostal, "trata de uma mensagem vocal sábia,
enunciada mediante a operação sobrenatural do Espírito
Santo".
• A Palavra da Ciência manifesta ao que a recebe o saber
acima do normal em determinada situação ou
circunstância.
• O dom de Discernimento de espíritos serve para
identificação de falsas manifestações espirituais.
2. Dons de elocução
• Os dons de elocução são os dons manifestos por
palavras, a saber, o de profecia, a variedade de línguas e
a interpretação das línguas.
• Com relação ao dom de profeta, o crente precisa ter
muito cuidado. Tem muitos que se dizem profetas e não
o são.
• Importante conhecer a Bíblia, pois muitas profecias
podem ser descartadas imediatamente devido às
divergências com a interpretação bíblica.
3. Dons de poder
• Os dons de poder são os de Fé, Curas e Manifestações de
Maravilhas, também, chamado de Operação de Milagres.
• Tais dons interferem na área física, trazendo curas e
agindo de forma sobrenatural em situações em que só o
poder de Deus poderia intervir.
PENSE
Paulo delimitou esses dons
com o objetivo de dizer que
eles deixariam de existir a
partir de que momento?
PONTO IMPORTANTE
A título de estudos,
classificamos os dons
espirituais em dons de saber,
de poder e de elocução.
III - A
CONTEMPORANEIDADE
DOS DONS
1. Os dons são para os nossos dias
• Os dons espirituais, para alguns grupos cristãos, não são
para os nossos dias.
• Eles consideram que o Livro de Atos não tem caráter
prescritivo, e sim descritivo. Entendem que com a morte
do último apóstolo, os dons espirituais cessaram.
• As manifestação de dons se dá por meio de experiências
espirituais.
• Se as pessoas tem convicção de que determinas
manifestações são realmente divinas, como contestar
essas pessoas. No entanto, para quem não tem, fica o
critério da dúvida.
2. E quanto às revelações?
• Quem crê em Deus não tem como negar que ele tem
poder para se revelar ou dialogar com sua criatura.
• No entanto, conforme já comentado, muitos abusam e
falam em nome de Deus, quando Deus não falou.
• Essas pessoas, geralmente, usam da coerção (ameaça)
para impor sua autoridade.
• O crente não deve ficar “correndo” atrás de profetas e
revelações. A Palavra de Deus deve ser a nossa principal
orientadora.
Fonte: Adaptado do livro Guia do Cristão de Leitura Bíblica, CPAD, p. 456.
3. O que dizer da igreja de Corinto
• Uma igreja com manifestações de vários dons, mas os
membros não os utilizavam de maneira correta.
• Paulo precisa orientá-los quanto a organização no culto e
o bom senso na utilização dos dons.
• A tendência do ser humano é utilizar os dons para sua
promoção pessoal ou para alcançar objetivos pessoais,
em detrimento do coletivo.
PENSE
Os dons espirituais
acrescentam alguma revelação
nova à revelação inspirada
manifesta nas Escrituras?
PONTO IMPORTANTE
Para se distinguir na Igreja de
Cristo uma manifestação de
um dom, Deus nos tem dado o
dom de discernimento de
espíritos, para que não
sejamos confundidos.
CONSIDERAÇÕES
FINAIS
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Nesta lição nos aprendemos que:
1. Os dons espirituais continuam a ser ministrados pelo
Espírito Santo à sua Igreja em nossos dias.
2. Seu uso correto traz edificação, glorifica a Deus e faz
com que a igreja seja edificada.
3. Mesmo sendo vários dons, são ministrados pelo mesmo
Espírito, e não podem trazer confusão para a igreja.
REFERÊNCIAS
BERGSTÉN, Eurico. Teologia Sistemática. Rio de Janeiro: CPAD, 1999.
COELHO, Alexandre. A igreja de Jesus Cristo. Rio de Janeiro: CPAD,
2016.
COLSON, Charles & PEARCEY, Nancy. E Agora Como Viveremos? Rio de
Janeiro: CPAD, 2000.
DEVER, M. A Mensagem do Antigo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD,
2008.
DICIONÁRIO BÍBLICO WYCLIFFE. Rio de Janeiro: CPAD, 2006.
DICIONÁRIO VINE. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2002
GARLOW, James L. Deus e o seu Povo: A História da Igreja como Reino
de Deus.Rio de Janeiro: CPAD, 2007
REFERÊNCIAS
HORTON, Stanley M. A Doutrina do Espírito Santo no Antigo e Novo
Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2012.
LIÇÕES BÍBLICAS JOVENS. A igreja de Jesus Cristo: sua origem, destino,
ordenança e destino eterno. 1º Trim, Edição Professor, Rio de Janeiro,
2017.
NEVES, Natalino das. Justiça e Graça: um estudo da doutrina da
salvação na Epístola aos Romanos. Rio de Janeiro: CPAD, 2015.
PALMER, Michael D. (Ed.). Panorama do Pensamento Cristão. Rio de
Janeiro: CPAD, 2001.
RICHARDS, Lawrence. Comentário Histórico-Cultural do Novo
Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2007.
TENNEY, Merrill C. Tempos do Novo Testamento. RJ: CPAD, 2010.
Pr. Natalino das Neves
www.natalinodasneves.blogspot.com.br
Facebook: www.facebook.com/natalino.neves
Contatos:
natalino6612@gmail.com
(41) 8409 8094 (TIM)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
Pr Pedro
 
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo IILição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
Éder Tomé
 
Artigo O Exercício dos Dons na Igreja
Artigo   O Exercício dos Dons na IgrejaArtigo   O Exercício dos Dons na Igreja
Artigo O Exercício dos Dons na Igreja
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Estudo biblico 23 dons espirituais - part1
Estudo biblico 23  dons espirituais - part1Estudo biblico 23  dons espirituais - part1
Estudo biblico 23 dons espirituais - part1
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Apostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituaisApostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituais
Rubens Bastos
 
Lição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Lição 2 - Uma Salvação GrandiosaLição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Lição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Éder Tomé
 
Domingo da Palavra de Deus 2021
Domingo da Palavra de Deus 2021Domingo da Palavra de Deus 2021
Domingo da Palavra de Deus 2021
Jc Bento
 
5 dons ministeriais
5 dons ministeriais5 dons ministeriais
5 dons ministeriais
Luiza Dayana
 
Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Qual é a nossa função no corpo da igreja?Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Leandro Sales
 
LBJ Lição 10 - A missão social da igreja
LBJ Lição 10 - A missão social da igrejaLBJ Lição 10 - A missão social da igreja
LBJ Lição 10 - A missão social da igreja
Natalino das Neves Neves
 
Lição 4 - Ele Sim !
Lição 4 - Ele Sim !Lição 4 - Ele Sim !
Lição 4 - Ele Sim !
Éder Tomé
 
2014 2 TRI LIÇÃO 2 - O propósito dos dons espirituais
2014 2 TRI LIÇÃO 2 - O propósito dos dons espirituais2014 2 TRI LIÇÃO 2 - O propósito dos dons espirituais
2014 2 TRI LIÇÃO 2 - O propósito dos dons espirituais
Natalino das Neves Neves
 
Lição 01- A Origem e Desenvolvimento da Igreja
Lição 01- A Origem e Desenvolvimento da IgrejaLição 01- A Origem e Desenvolvimento da Igreja
Lição 01- A Origem e Desenvolvimento da Igreja
Maxsuel Aquino
 
Lbj lição 5 Ordenanças da igreja
Lbj lição 5   Ordenanças da igrejaLbj lição 5   Ordenanças da igreja
Lbj lição 5 Ordenanças da igreja
boasnovassena
 
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - IA PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Meus esboços 1
Meus esboços 1Meus esboços 1
Meus esboços 1
Carlos Allvarenga
 
2014 2 TRI LIÇÃO 1 - E deu dons aos seres humanos
2014 2 TRI LIÇÃO 1 - E deu dons aos seres humanos2014 2 TRI LIÇÃO 1 - E deu dons aos seres humanos
2014 2 TRI LIÇÃO 1 - E deu dons aos seres humanos
Natalino das Neves Neves
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Éder Tomé
 
Lição 5 Os Dons Espirituais
Lição 5   Os Dons EspirituaisLição 5   Os Dons Espirituais
Lição 5 Os Dons Espirituais
Wander Sousa
 
Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus
Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de DeusLição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus
Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus
Éder Tomé
 

Mais procurados (20)

Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
 
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo IILição 12 - O processo de formação do discípulo II
Lição 12 - O processo de formação do discípulo II
 
Artigo O Exercício dos Dons na Igreja
Artigo   O Exercício dos Dons na IgrejaArtigo   O Exercício dos Dons na Igreja
Artigo O Exercício dos Dons na Igreja
 
Estudo biblico 23 dons espirituais - part1
Estudo biblico 23  dons espirituais - part1Estudo biblico 23  dons espirituais - part1
Estudo biblico 23 dons espirituais - part1
 
Apostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituaisApostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituais
 
Lição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Lição 2 - Uma Salvação GrandiosaLição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Lição 2 - Uma Salvação Grandiosa
 
Domingo da Palavra de Deus 2021
Domingo da Palavra de Deus 2021Domingo da Palavra de Deus 2021
Domingo da Palavra de Deus 2021
 
5 dons ministeriais
5 dons ministeriais5 dons ministeriais
5 dons ministeriais
 
Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Qual é a nossa função no corpo da igreja?Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Qual é a nossa função no corpo da igreja?
 
LBJ Lição 10 - A missão social da igreja
LBJ Lição 10 - A missão social da igrejaLBJ Lição 10 - A missão social da igreja
LBJ Lição 10 - A missão social da igreja
 
Lição 4 - Ele Sim !
Lição 4 - Ele Sim !Lição 4 - Ele Sim !
Lição 4 - Ele Sim !
 
2014 2 TRI LIÇÃO 2 - O propósito dos dons espirituais
2014 2 TRI LIÇÃO 2 - O propósito dos dons espirituais2014 2 TRI LIÇÃO 2 - O propósito dos dons espirituais
2014 2 TRI LIÇÃO 2 - O propósito dos dons espirituais
 
Lição 01- A Origem e Desenvolvimento da Igreja
Lição 01- A Origem e Desenvolvimento da IgrejaLição 01- A Origem e Desenvolvimento da Igreja
Lição 01- A Origem e Desenvolvimento da Igreja
 
Lbj lição 5 Ordenanças da igreja
Lbj lição 5   Ordenanças da igrejaLbj lição 5   Ordenanças da igreja
Lbj lição 5 Ordenanças da igreja
 
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - IA PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
 
Meus esboços 1
Meus esboços 1Meus esboços 1
Meus esboços 1
 
2014 2 TRI LIÇÃO 1 - E deu dons aos seres humanos
2014 2 TRI LIÇÃO 1 - E deu dons aos seres humanos2014 2 TRI LIÇÃO 1 - E deu dons aos seres humanos
2014 2 TRI LIÇÃO 1 - E deu dons aos seres humanos
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
 
Lição 5 Os Dons Espirituais
Lição 5   Os Dons EspirituaisLição 5   Os Dons Espirituais
Lição 5 Os Dons Espirituais
 
Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus
Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de DeusLição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus
Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus
 

Destaque

Lição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAIS
Lição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAISLição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAIS
Lição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAIS
Erberson Pinheiro
 
LBJ Lição 7 - A igreja na reforma protestante
LBJ Lição 7 - A igreja na reforma protestanteLBJ Lição 7 - A igreja na reforma protestante
LBJ Lição 7 - A igreja na reforma protestante
Natalino das Neves Neves
 
LBJ Lição 12 - A igreja e a salvação dos perdidos
LBJ Lição 12 - A igreja e a salvação dos perdidosLBJ Lição 12 - A igreja e a salvação dos perdidos
LBJ Lição 12 - A igreja e a salvação dos perdidos
Natalino das Neves Neves
 
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaLBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
Natalino das Neves Neves
 
LBJ Lição 9 - A missão ensinadora da igreja
LBJ Lição 9 -  A missão ensinadora da igrejaLBJ Lição 9 -  A missão ensinadora da igreja
LBJ Lição 9 - A missão ensinadora da igreja
Natalino das Neves Neves
 
LBJ Lição 11 - A igreja e a política
LBJ Lição 11 - A igreja e a políticaLBJ Lição 11 - A igreja e a política
LBJ Lição 11 - A igreja e a política
Natalino das Neves Neves
 
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igrejaLBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
Natalino das Neves Neves
 
LBA Lição 8 - A bondade que confere vida
LBA Lição 8 - A bondade que confere vidaLBA Lição 8 - A bondade que confere vida
LBA Lição 8 - A bondade que confere vida
Natalino das Neves Neves
 
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejasLBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
Natalino das Neves Neves
 
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderdaLBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
Natalino das Neves Neves
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Prof. Robson Santos
 
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADALIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
Lição 6 - O SUSTENTO DA IGREJA
Lição 6 - O SUSTENTO DA IGREJALição 6 - O SUSTENTO DA IGREJA
Lição 6 - O SUSTENTO DA IGREJA
Erberson Pinheiro
 
Lbj lição 3 a organização da igreja
Lbj lição 3   a organização da igrejaLbj lição 3   a organização da igreja
Lbj lição 3 a organização da igreja
boasnovassena
 
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfiasLBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
Natalino das Neves Neves
 
Interpretação teológica de israel a partir do exílio_Completo
Interpretação teológica de israel a partir do exílio_CompletoInterpretação teológica de israel a partir do exílio_Completo
Interpretação teológica de israel a partir do exílio_Completo
Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉ
LIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉLIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉ
LIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉ
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfiasLição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Ailton da Silva
 
LBA Lição 13 - Uma vida de frutificação
LBA Lição 13 - Uma vida de frutificaçãoLBA Lição 13 - Uma vida de frutificação
LBA Lição 13 - Uma vida de frutificação
Natalino das Neves Neves
 
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da IgrejaLBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
boasnovassena
 

Destaque (20)

Lição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAIS
Lição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAISLição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAIS
Lição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAIS
 
LBJ Lição 7 - A igreja na reforma protestante
LBJ Lição 7 - A igreja na reforma protestanteLBJ Lição 7 - A igreja na reforma protestante
LBJ Lição 7 - A igreja na reforma protestante
 
LBJ Lição 12 - A igreja e a salvação dos perdidos
LBJ Lição 12 - A igreja e a salvação dos perdidosLBJ Lição 12 - A igreja e a salvação dos perdidos
LBJ Lição 12 - A igreja e a salvação dos perdidos
 
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaLBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
 
LBJ Lição 9 - A missão ensinadora da igreja
LBJ Lição 9 -  A missão ensinadora da igrejaLBJ Lição 9 -  A missão ensinadora da igreja
LBJ Lição 9 - A missão ensinadora da igreja
 
LBJ Lição 11 - A igreja e a política
LBJ Lição 11 - A igreja e a políticaLBJ Lição 11 - A igreja e a política
LBJ Lição 11 - A igreja e a política
 
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igrejaLBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
 
LBA Lição 8 - A bondade que confere vida
LBA Lição 8 - A bondade que confere vidaLBA Lição 8 - A bondade que confere vida
LBA Lição 8 - A bondade que confere vida
 
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejasLBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
 
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderdaLBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
LBA Lição 11 - Vivendo de forma moderda
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
 
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADALIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
 
Lição 6 - O SUSTENTO DA IGREJA
Lição 6 - O SUSTENTO DA IGREJALição 6 - O SUSTENTO DA IGREJA
Lição 6 - O SUSTENTO DA IGREJA
 
Lbj lição 3 a organização da igreja
Lbj lição 3   a organização da igrejaLbj lição 3   a organização da igreja
Lbj lição 3 a organização da igreja
 
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfiasLBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
 
Interpretação teológica de israel a partir do exílio_Completo
Interpretação teológica de israel a partir do exílio_CompletoInterpretação teológica de israel a partir do exílio_Completo
Interpretação teológica de israel a partir do exílio_Completo
 
LIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉ
LIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉLIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉ
LIÇÃO 09 - FIDELIDADE, FIRMES NA FÉ
 
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfiasLição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
 
LBA Lição 13 - Uma vida de frutificação
LBA Lição 13 - Uma vida de frutificaçãoLBA Lição 13 - Uma vida de frutificação
LBA Lição 13 - Uma vida de frutificação
 
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da IgrejaLBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
 

Semelhante a LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais

Dons e ministerios
Dons e ministeriosDons e ministerios
Dons e ministerios
Wellington Pires
 
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptxLicao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
DassayevSilva
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
TH
 
Os 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito SantoOs 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito Santo
Roberto Trindade
 
Conheçam os Dons do Espírito Santo.pptx
Conheçam  os Dons do Espírito Santo.pptxConheçam  os Dons do Espírito Santo.pptx
Conheçam os Dons do Espírito Santo.pptx
Claudio Rivelle
 
2014 2 tri lição 13 - A Multiforme Sabedoria de Deus-
2014 2 tri lição 13 - A Multiforme Sabedoria de Deus-2014 2 tri lição 13 - A Multiforme Sabedoria de Deus-
2014 2 tri lição 13 - A Multiforme Sabedoria de Deus-
Natalino das Neves Neves
 
A IMPORTÂNCIA DOS DONS ESPIRITUAIS
A IMPORTÂNCIA DOS DONS ESPIRITUAISA IMPORTÂNCIA DOS DONS ESPIRITUAIS
A IMPORTÂNCIA DOS DONS ESPIRITUAIS
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
 
2021 2º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2021 2º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2021 2º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2021 2º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
Joel Silva
 
Dons do espírito santo
Dons do espírito santo Dons do espírito santo
Dons do espírito santo
CarlosMoraes261646
 
Donsespirituais pg
Donsespirituais pgDonsespirituais pg
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
Estudo biblico 24  dons espirituais - part2Estudo biblico 24  dons espirituais - part2
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Dons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoDons do Espírito Santo
Dons do Espírito Santo
Rogério Nunes
 
E Deu Dons aos Homens
E Deu Dons aos HomensE Deu Dons aos Homens
E Deu Dons aos Homens
pralucianaevangelista
 
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituaisLição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
Pr. Andre Luiz
 
2021 1º Trimestre Adulto Lição 04.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 04.pptx2021 1º Trimestre Adulto Lição 04.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 04.pptx
Joel Silva
 
Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2
UEPB
 
carta aos corintios vol 2 Lição_01.pptx
carta aos corintios vol 2 Lição_01.pptxcarta aos corintios vol 2 Lição_01.pptx
carta aos corintios vol 2 Lição_01.pptx
MagnoeTalita Souza
 
vdocuments.com.br_introducao-a-teologia-55c3b7b07dc6d.ppt
vdocuments.com.br_introducao-a-teologia-55c3b7b07dc6d.pptvdocuments.com.br_introducao-a-teologia-55c3b7b07dc6d.ppt
vdocuments.com.br_introducao-a-teologia-55c3b7b07dc6d.ppt
Sergio Reis
 
Lições bíblicas do 2° 2014 lição de 1 à 4 estudo da ebd caruaru
Lições bíblicas do 2° 2014 lição de 1 à 4 estudo da ebd caruaruLições bíblicas do 2° 2014 lição de 1 à 4 estudo da ebd caruaru
Lições bíblicas do 2° 2014 lição de 1 à 4 estudo da ebd caruaru
Arthur Luna
 

Semelhante a LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais (20)

Dons e ministerios
Dons e ministeriosDons e ministerios
Dons e ministerios
 
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptxLicao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
 
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
 
Os 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito SantoOs 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito Santo
 
Conheçam os Dons do Espírito Santo.pptx
Conheçam  os Dons do Espírito Santo.pptxConheçam  os Dons do Espírito Santo.pptx
Conheçam os Dons do Espírito Santo.pptx
 
2014 2 tri lição 13 - A Multiforme Sabedoria de Deus-
2014 2 tri lição 13 - A Multiforme Sabedoria de Deus-2014 2 tri lição 13 - A Multiforme Sabedoria de Deus-
2014 2 tri lição 13 - A Multiforme Sabedoria de Deus-
 
A IMPORTÂNCIA DOS DONS ESPIRITUAIS
A IMPORTÂNCIA DOS DONS ESPIRITUAISA IMPORTÂNCIA DOS DONS ESPIRITUAIS
A IMPORTÂNCIA DOS DONS ESPIRITUAIS
 
2021 2º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2021 2º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2021 2º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2021 2º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
 
Dons do espírito santo
Dons do espírito santo Dons do espírito santo
Dons do espírito santo
 
Donsespirituais pg
Donsespirituais pgDonsespirituais pg
Donsespirituais pg
 
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
Estudo biblico 24  dons espirituais - part2Estudo biblico 24  dons espirituais - part2
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
 
Dons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoDons do Espírito Santo
Dons do Espírito Santo
 
E Deu Dons aos Homens
E Deu Dons aos HomensE Deu Dons aos Homens
E Deu Dons aos Homens
 
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituaisLição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
 
2021 1º Trimestre Adulto Lição 04.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 04.pptx2021 1º Trimestre Adulto Lição 04.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 04.pptx
 
Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2
 
carta aos corintios vol 2 Lição_01.pptx
carta aos corintios vol 2 Lição_01.pptxcarta aos corintios vol 2 Lição_01.pptx
carta aos corintios vol 2 Lição_01.pptx
 
vdocuments.com.br_introducao-a-teologia-55c3b7b07dc6d.ppt
vdocuments.com.br_introducao-a-teologia-55c3b7b07dc6d.pptvdocuments.com.br_introducao-a-teologia-55c3b7b07dc6d.ppt
vdocuments.com.br_introducao-a-teologia-55c3b7b07dc6d.ppt
 
Lições bíblicas do 2° 2014 lição de 1 à 4 estudo da ebd caruaru
Lições bíblicas do 2° 2014 lição de 1 à 4 estudo da ebd caruaruLições bíblicas do 2° 2014 lição de 1 à 4 estudo da ebd caruaru
Lições bíblicas do 2° 2014 lição de 1 à 4 estudo da ebd caruaru
 

Mais de Natalino das Neves Neves

LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOLIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOSLIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
Natalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
Natalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
Natalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
Natalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
Natalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSPRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
Natalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSPROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
Natalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULOPROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
Natalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULOPRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
Natalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINAPROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
Natalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINAPRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
Natalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na IgrejaPROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
Natalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na IgrejaPRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
Natalino das Neves Neves
 
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoPreleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Natalino das Neves Neves
 
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoProjeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Natalino das Neves Neves
 
2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao
2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao
2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao
Natalino das Neves Neves
 

Mais de Natalino das Neves Neves (20)

LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
 
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
 
LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOLIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
 
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOSLIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSPRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSPROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULOPROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
 
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULOPRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINAPROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
 
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINAPRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na IgrejaPROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
 
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na IgrejaPRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
 
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoPreleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
 
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoProjeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
 
2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao
2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao
2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao
 

Último

Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 

Último (20)

Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 

LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais

  • 1.
  • 2.
  • 3. TEXTO DO DIA "Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar e não proibais falar línguas." (1 Co 14.39)
  • 4. SÍNTESE Os dons espirituais são presentes dados por Deus à sua Igreja para edificação do Corpo de Cristo.
  • 6. 1 Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. 2 Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados. 3 Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema! E ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo. 4 Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. 5 E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. 6 E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. 7 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil. 8 Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; 9 e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; 10 e a outro, a operação de maravilhas; e a outro, a profecia; e a outro, o dom de discernir os espíritos; e a outro, a variedade de línguas; e a outro, a interpretação das línguas. 11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.
  • 8. INTRODUÇÃO • O assunto desta lição é os dons espirituais. • Esse assunto tem sido alvo de debates nos últimos 100 anos, por ocasião do surgimento do Movimento Pentecostal. • O que a Bíblia diz a respeito dos dons? • Será que são válidos para os nossos dias?
  • 9. I - DEFININDO O QUE SÃO DONS ESPIRITUAIS
  • 10. 1. O que são os dons espirituais • Dons espirituais são poderes ou capacitações sobrenaturais, dadas pelo Espírito Santo, à pessoas em sua Igreja. • Não são talentos naturais, aprendidos ou aperfeiçoados pelo uso de técnicas humanas. • Essas dotações são divididas entre o povo de Deus pela escolha do Espírito Santo, que age "repartindo particularmente a cada um como quer" (1 Co 12.11).
  • 11. 2. Não são um sinal de superioridade espiritual. • Como os dons espirituais são presentes de Deus, não podem ser um designativo de superioridade ou de santidade pessoal. • Os dons dados por Deus não se baseiam em um grau de santidade adquirido por um crente. • O fato de ter dom ou a quantidade de dom não representa superioridade espiritual de quem o(s) recebeu. AP – Você tem se considerado superior em função do dom recebido?
  • 12. 3. Devem ser utilizados para edificar a Igreja • Paulo deixa claro que os dons são dados por Deus para que a igreja seja edificada, fortalecida. • O dom é para o serviço no reino de Deus e o benefício da coletividade. • Portanto, não é para promoção pessoal, e sim o Reino e a glória de Deus! AP – Como você tem utilizado os dons recebidos? Tem se promovido ou promovido o Reino de Deus?
  • 13. PENSE Os dons espirituais são dotações que Deus dá para sua igreja, com propósito de edificação do povo de Deus.
  • 14. PONTO IMPORTANTE Os dons espirituais são para os nossos dias, e não possuem o caráter distintivo de santidade na vida de um cristão
  • 15. II - A DIVERSIDADE DOS DONS
  • 16. 1. Dons de saber • A Palavra da Sabedoria, segundo a Bíblia de Estudo Pentecostal, "trata de uma mensagem vocal sábia, enunciada mediante a operação sobrenatural do Espírito Santo". • A Palavra da Ciência manifesta ao que a recebe o saber acima do normal em determinada situação ou circunstância. • O dom de Discernimento de espíritos serve para identificação de falsas manifestações espirituais.
  • 17. 2. Dons de elocução • Os dons de elocução são os dons manifestos por palavras, a saber, o de profecia, a variedade de línguas e a interpretação das línguas. • Com relação ao dom de profeta, o crente precisa ter muito cuidado. Tem muitos que se dizem profetas e não o são. • Importante conhecer a Bíblia, pois muitas profecias podem ser descartadas imediatamente devido às divergências com a interpretação bíblica.
  • 18. 3. Dons de poder • Os dons de poder são os de Fé, Curas e Manifestações de Maravilhas, também, chamado de Operação de Milagres. • Tais dons interferem na área física, trazendo curas e agindo de forma sobrenatural em situações em que só o poder de Deus poderia intervir.
  • 19. PENSE Paulo delimitou esses dons com o objetivo de dizer que eles deixariam de existir a partir de que momento?
  • 20. PONTO IMPORTANTE A título de estudos, classificamos os dons espirituais em dons de saber, de poder e de elocução.
  • 22. 1. Os dons são para os nossos dias • Os dons espirituais, para alguns grupos cristãos, não são para os nossos dias. • Eles consideram que o Livro de Atos não tem caráter prescritivo, e sim descritivo. Entendem que com a morte do último apóstolo, os dons espirituais cessaram. • As manifestação de dons se dá por meio de experiências espirituais. • Se as pessoas tem convicção de que determinas manifestações são realmente divinas, como contestar essas pessoas. No entanto, para quem não tem, fica o critério da dúvida.
  • 23. 2. E quanto às revelações? • Quem crê em Deus não tem como negar que ele tem poder para se revelar ou dialogar com sua criatura. • No entanto, conforme já comentado, muitos abusam e falam em nome de Deus, quando Deus não falou. • Essas pessoas, geralmente, usam da coerção (ameaça) para impor sua autoridade. • O crente não deve ficar “correndo” atrás de profetas e revelações. A Palavra de Deus deve ser a nossa principal orientadora.
  • 24. Fonte: Adaptado do livro Guia do Cristão de Leitura Bíblica, CPAD, p. 456.
  • 25. 3. O que dizer da igreja de Corinto • Uma igreja com manifestações de vários dons, mas os membros não os utilizavam de maneira correta. • Paulo precisa orientá-los quanto a organização no culto e o bom senso na utilização dos dons. • A tendência do ser humano é utilizar os dons para sua promoção pessoal ou para alcançar objetivos pessoais, em detrimento do coletivo.
  • 26. PENSE Os dons espirituais acrescentam alguma revelação nova à revelação inspirada manifesta nas Escrituras?
  • 27. PONTO IMPORTANTE Para se distinguir na Igreja de Cristo uma manifestação de um dom, Deus nos tem dado o dom de discernimento de espíritos, para que não sejamos confundidos.
  • 29. CONSIDERAÇÕES FINAIS Nesta lição nos aprendemos que: 1. Os dons espirituais continuam a ser ministrados pelo Espírito Santo à sua Igreja em nossos dias. 2. Seu uso correto traz edificação, glorifica a Deus e faz com que a igreja seja edificada. 3. Mesmo sendo vários dons, são ministrados pelo mesmo Espírito, e não podem trazer confusão para a igreja.
  • 30. REFERÊNCIAS BERGSTÉN, Eurico. Teologia Sistemática. Rio de Janeiro: CPAD, 1999. COELHO, Alexandre. A igreja de Jesus Cristo. Rio de Janeiro: CPAD, 2016. COLSON, Charles & PEARCEY, Nancy. E Agora Como Viveremos? Rio de Janeiro: CPAD, 2000. DEVER, M. A Mensagem do Antigo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2008. DICIONÁRIO BÍBLICO WYCLIFFE. Rio de Janeiro: CPAD, 2006. DICIONÁRIO VINE. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2002 GARLOW, James L. Deus e o seu Povo: A História da Igreja como Reino de Deus.Rio de Janeiro: CPAD, 2007
  • 31. REFERÊNCIAS HORTON, Stanley M. A Doutrina do Espírito Santo no Antigo e Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2012. LIÇÕES BÍBLICAS JOVENS. A igreja de Jesus Cristo: sua origem, destino, ordenança e destino eterno. 1º Trim, Edição Professor, Rio de Janeiro, 2017. NEVES, Natalino das. Justiça e Graça: um estudo da doutrina da salvação na Epístola aos Romanos. Rio de Janeiro: CPAD, 2015. PALMER, Michael D. (Ed.). Panorama do Pensamento Cristão. Rio de Janeiro: CPAD, 2001. RICHARDS, Lawrence. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2007. TENNEY, Merrill C. Tempos do Novo Testamento. RJ: CPAD, 2010.
  • 32. Pr. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br Facebook: www.facebook.com/natalino.neves Contatos: natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 (TIM)