SlideShare uma empresa Scribd logo
Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus
4º Trimestre
Ano 2019
A Importância da
defesa da fé diante
dos desafios da
sociedade atual
Lição 1 – Preparados para Responder sobre a Fé Cristã
Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de
Deus
Lição 3 - Único Deus Transcendente e Eterno
Lição 4 - Deus é o Criador e se Relaciona
Lição 5 - Evidências Externas da Veracidade da Bíblia
Lição 6 - Evidências Internas da Autenticidade da Bíblia
Lição 7 - A Bíblia e a Testemunha da Ciência
Lição 8 - Evidências da Realidade Histórica de
Jesus Cristo
Lição 9 - A Singularidade de Jesus Cristo
Lição 10 - Bíblia: Infalível Revelação de Deus
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 12 - O Testemunho dos Evangelhos sobre
a Existência de Jesus
Lição 13 - A Relevância da Experiência Cristã
Aprender sobre a Importância da
Revelação na Fé Cristã.
Conhecer os Fundamentos do Fé Cristã;
Compreender a Necessidade do uso
da Razão;
(Romanos 1.20)
“Porque as suas coisas
invisíveis, desde a criação do
mundo, tanto o seu eterno
poder como a sua divindade,
se entendem e claramente se
veem pelas coisas que estão
criadas, para que eles fiquem
inescusáveis.”
A Natureza é uma
testemunha da existência
de Deus e Seu poder,
porém não é o próprio
Deus, pois Ele é o Criador.
1 – Os céus manifestam a Glória de Deus, e o
firmamento anuncia a obra das suas mãos.
2 – Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite
mostra sabedoria a outra noite.
3 – Sem linguagem, sem fala, ouvem-se as suas vozes
4 – Em toda extensão da terra, e as suas palavras, até
o fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol,
5 – Que é qual noivo que sai do seu tálamo e se alegra
como um herói a correr o seu caminho.
6 – A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e
o seu curso, até a outra extremidade deles; e nada se
furta ao seu calor.
Salmo 19.1-6
Ore pelo sistema
educacional do Brasil
1 – Base Fundamentais da Fé Cristã
2 – A Necessidade de Uso da Razão
1.1 – Razão
1.2 – Revelação Divina
1.3 – Razão versus Revelação
2.1 – O Homem é um Ser Racional
2.2 – A Fé é Construída em nós por meio do
Conhecimento
2.3 – A Natureza da Fé
3 – O Valor da Revelação para a Fé Cristã
3.1 – Revelação na Natureza
3.2 – Revelação Escrita
3.3 – Experiência Pessoal
É muito importante que cada discípulo de Cristo se
lembre que tanto a fé como a razão são dádivas de
Deus para o ser humano.
Tanto a capacidade de crer como pensar.
A fé bíblica não é cega.
Razão
1 – Base Fundamentais da Fé Cristã
A religião cristã é baseada na fé, e essa por sua vez
baseia-se no conhecimento, e não em superstições,
especulações ou algo irreal ou ainda invenções
humanas.
Não é possível
dispor-se a crer em
algo que não
convença a ser a
verdade.
Assim a razão nos
leva a atestar a
revelação divina.
1.1 – Razão
Razão é a capacidade da mente humana que emite
chegar a conclusões a partir de suposições ou
premissas.
As evidências do
cristianismo
apelam para a
razão
O cristianismo
submete suas
credenciais ao
escrutínio
(exame minucioso)
da razão.
1.1 – Razão
Exige Deus que o homem faça uso da razão, a fim
de rejeitar as revelações espúrias, estabelecer a fé
verdadeira e interpretar corretamente a revelação.
“Porventura não te escrevi excelentes coisas,
acerca de todo conselho e conhecimento,
para fazer-te saber a certeza das palavras da
verdade, e assim possas responder palavras de
verdade aos que te consultarem?”
Provérbios 22:20,21
1.2 – Revelação Divina
Revelação, conforme
consta no Dicionário
da Língua Portuguesa,
é o ato de revelar,
fazer conhecer,
descobrir.
Revelação Divina é o ato de Deus se tornar
conhecido ao ser humano.
1.2 – Revelação Divina
“Esta revelação é o fundamento de todas as
afirmações e pronunciamentos teológicos (...)
As questões da fé centralizam-se no fato de
que Deus fez-se conhecido aos seres
humanos. O cristianismo é a religião baseada
na revelação que Deus fez de si mesmo”
John R. Higgins
Escritor e Teólogo
1.3 – Razão versus Revelação
Se a razão tivesse tal poder, há muito tempo já
teriam os homens encontrado a Deus mediante a
investigação, e, sem qualquer revelação, chegado a
conhecê-Lo.
2 – A Necessidade de Uso da Razão
É normal seres racionais se recusarem a crer na
Bíblia sem evidências.
Não significa com isso que
inexiste espaço para a fé.
Mas Deus quer que
demos um passo de
fé à luz das evidências,
não no escuro, assim
constitui nosso dever a
utilização da
Apologética Cristã.
2.1 – O Homem é um Ser Racional
Há um apelo de Deus para o Seu povo usar a razão,
para discernir o que é verdadeiro ou falso
“Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus
ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve.
Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o
espírito do erro.” (1 João 4.6)
Para discernir o certo ou errado
“Mas o mantimento sólido é para os perfeitos,
os quais, em razão do costume, têm os sentidos
exercitados para discernir tanto o bem
como o mal.” (Hebreus 5.14)
2.1 – O Homem é um Ser Racional
Um princípio fundamental da razão é que ela deve
ter evidências suficientes para a fé.
2.2 – A Fé é Construída em nós
por meio do Conhecimento
Ouvir traz conhecimento, conhecimento
produz convicção, convicção gera fé.
Quanto mais conhecemos a Deus, ao ouvir Sua
Palavra, mais confiamos nEle sem reservas.
A fé repousa,
portanto, no
conhecimento.
O "tamanho" da nossa fé é proporcional ao
conhecimento que temos de Deus e Sua Palavra.
2.2 – A Fé é Construída em nós
por meio do Conhecimento
Abraão é um grande exemplo:
à medida que conhecia a Deus, mais depositava
nEle sua fé, ao ponto de aceitar oferecer seu filho
Isaque em sacrifício a Deus (Gn 22.1-2).
2.2 – A Fé é Construída em nós
por meio do Conhecimento
2.3 – A Natureza da Fé
A Bíblia dá provas racionais mais que suficientes
para que o homem tenha fé absoluta em Deus.
Há registros na
história secular, nas
descobertas
arqueológicas e
científicas, que
ratificam os feitos
de Deus conforme a
Bíblia.
A fé não está desvinculada da razão.
Temos uma fé explícita, ou seja, aquela que convida
ao estudo e à investigação das Sagradas Escrituras.
2.3 – A Natureza da Fé
Não se deve aceitar qualquer ensino ou afirmação
sobre a Bíblia que não possa ser provado pelo
estudo cuidadoso das Escrituras.
2.3 – A Natureza da Fé
Cada pessoa necessita ler a Bíblia por si mesmo,
e obedecer aos princípios hermenêuticos para
chegar a uma correta interpretação.
2.3 – A Natureza da Fé
Evidentemente,
com a
imprescindível
ação do
Espírito Santo
(ICo 2.9-16).
3 – O Valor da Revelação
para a Fé Cristã
Há manifestações
divinas irrefutáveis
para
qualquer pessoa
reconhecer a
existência de Deus,
crer e se relacionar
com Ele.
Deus tem cercado o homem com diversas
revelações que provam a Sua existência e
Suas ações no mundo.
3.1 – Revelação na Natureza
Chamada por alguns apologistas de
Revelação Geral, com base em alguns textos das
Escrituras (Rm 1.19-20; 2.12-15 etc),
Declara que a revelação de Deus na natureza é tão
clara que todos os seres humanos, por mais
pecadores que sejam, são indesculpáveis diante dEle.
A Revelação Geral, só revela ao
homem a existência de Deus
3.2 – Revelação Escrita
O que fazer para ser salvo?
Como posso me aproximar
deste Deus?
Como devo proceder para conviver
em comunhão com este Deus?
(A Revelação Escrita ou Revelação Especial)
Vem de encontro as necessidades de orientações
especificas, pois traz respostas para perguntas tais como:
3.2 – Revelação Escrita
Cada um dos escritores em
seu tempo, estilo e
formação cultural, Deus
capacitou-os
para que a verdade sobre
Si mesmo fosse registrada
na forma escrita.
(A Revelação Escrita ou Revelação Especial)
foi dada oralmente, e, posteriormente, foi escrita
por ordem divina (Êx 17.14; 34.27).
No entanto, as
experiências
pessoais não
devem ser o
balizador de
nenhuma
doutrina bíblica.
A convicção de cada pessoa, adquirida por
experiência própria, no que diz respeito à sua
fé em Deus, deve ser levada em consideração.
3.3 – Experiência Pessoal
Convicção esta
que recebemos
através do
conhecimento
de Deus e Sua
Palavra.
Vale ressaltar que não há argumentos, por mais
lógicos que pareçam ser, que consigam arrancar
a convicção da nossa alma,
3.3 – Experiência Pessoal
Jesus Cristo sempre estimulava os Seus ouvintes a
usar a razão.
Usava fatos do
cotidiano e a
vida diária das
pessoas para
ilustrar uma
verdade
espiritual; um
exemplo disto
são as
parábolas.
Não queria que seu público tivesse
uma fé cega, mas uma
“fé inteligente”, que tem
fundamento e conteúdo.
O que nos leva a atestar a revelação divina?
A razão
Razão
O que é Razão ?
Razão é a capacidade da mente humana que
permite chegar a conclusões a partir de suposições
ou premissas
O que é Revelação Geral ?
É a revelação de Deus na natureza
Quais são as outras passagens bíblicas que
demonstram que Deus pode ser conhecido pela
Revelação Geral ?
Salmo 19 e Atos 14.15-17; 17.24-29
Como é conhecida a revelação escrita,
a Bíblia Sagrada ?
Como revelação especial (Êx 17.14; 34.27).
Lição 3 – Único Deus Transcendente e Eterno
Deus Abençoe !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revista adulto de professor 3ºtrimestre 2017
Revista adulto de professor 3ºtrimestre 2017Revista adulto de professor 3ºtrimestre 2017
Revista adulto de professor 3ºtrimestre 2017
Andrew Guimarães
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Éder Tomé
 
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivosLição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Éder Tomé
 
Lição 1 - Preparados para Responder sobre a Fé Cristã
 Lição 1 - Preparados para Responder sobre a Fé Cristã Lição 1 - Preparados para Responder sobre a Fé Cristã
Lição 1 - Preparados para Responder sobre a Fé Cristã
Éder Tomé
 
Lição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Lição 2 - Uma Salvação GrandiosaLição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Lição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Éder Tomé
 
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Éder Tomé
 
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser ResistidoLição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Éder Tomé
 
Meus esboços 1
Meus esboços 1Meus esboços 1
Meus esboços 1
Carlos Allvarenga
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Éder Tomé
 
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasLição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Éder Tomé
 
Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.
Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.
Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.
Éder Tomé
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Éder Tomé
 
###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos  ###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Lição 8 - O Dever de Orar Sempre
Lição 8 - O Dever de Orar SempreLição 8 - O Dever de Orar Sempre
Lição 8 - O Dever de Orar Sempre
Éder Tomé
 
Lição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e Sangue
Lição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e SangueLição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e Sangue
Lição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e Sangue
Éder Tomé
 
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
Marina de Morais
 
Doutrinas Bíblicas Estudos da Bíblia
Doutrinas Bíblicas Estudos da BíbliaDoutrinas Bíblicas Estudos da Bíblia
Doutrinas Bíblicas Estudos da Bíblia
Albérico Henrique
 
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - IA PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Aula 5: Um inimigo que precisa ser resistido
Aula 5: Um inimigo que precisa ser resistidoAula 5: Um inimigo que precisa ser resistido
Aula 5: Um inimigo que precisa ser resistido
Marina de Morais
 
Lição 10 - Vivendo neste Presente Século
Lição 10 - Vivendo neste Presente SéculoLição 10 - Vivendo neste Presente Século
Lição 10 - Vivendo neste Presente Século
Éder Tomé
 

Mais procurados (20)

Revista adulto de professor 3ºtrimestre 2017
Revista adulto de professor 3ºtrimestre 2017Revista adulto de professor 3ºtrimestre 2017
Revista adulto de professor 3ºtrimestre 2017
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
 
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivosLição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
 
Lição 1 - Preparados para Responder sobre a Fé Cristã
 Lição 1 - Preparados para Responder sobre a Fé Cristã Lição 1 - Preparados para Responder sobre a Fé Cristã
Lição 1 - Preparados para Responder sobre a Fé Cristã
 
Lição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Lição 2 - Uma Salvação GrandiosaLição 2 - Uma Salvação Grandiosa
Lição 2 - Uma Salvação Grandiosa
 
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
 
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser ResistidoLição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
 
Meus esboços 1
Meus esboços 1Meus esboços 1
Meus esboços 1
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
 
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasLição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
 
Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.
Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.
Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
 
###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos  ###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos
 
Lição 8 - O Dever de Orar Sempre
Lição 8 - O Dever de Orar SempreLição 8 - O Dever de Orar Sempre
Lição 8 - O Dever de Orar Sempre
 
Lição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e Sangue
Lição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e SangueLição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e Sangue
Lição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e Sangue
 
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
2019 - 1° trim. - Aula 1 - BATALHA ESPIRITUAL - PowerPoint
 
Doutrinas Bíblicas Estudos da Bíblia
Doutrinas Bíblicas Estudos da BíbliaDoutrinas Bíblicas Estudos da Bíblia
Doutrinas Bíblicas Estudos da Bíblia
 
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - IA PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NO ANTIGO TESTAMENTO - I
 
Aula 5: Um inimigo que precisa ser resistido
Aula 5: Um inimigo que precisa ser resistidoAula 5: Um inimigo que precisa ser resistido
Aula 5: Um inimigo que precisa ser resistido
 
Lição 10 - Vivendo neste Presente Século
Lição 10 - Vivendo neste Presente SéculoLição 10 - Vivendo neste Presente Século
Lição 10 - Vivendo neste Presente Século
 

Semelhante a Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus

O que é crer
O que é crer O que é crer
O que é crer
Erberson Pinheiro
 
A fé
A féA fé
Slide Licao 4 - 4T - 2023 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 4 - 4T - 2023 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 4 - 4T - 2023 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 4 - 4T - 2023 - CPAD JOVENS.pptx
JOSELAURINDODASILVA
 
Disciple sermon 10 what are the basics of discipleship
Disciple sermon 10   what are the basics of discipleshipDisciple sermon 10   what are the basics of discipleship
Disciple sermon 10 what are the basics of discipleship
Carlos Oliveira
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Éder Tomé
 
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10
E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10
Joel Silva
 
24. como estudar a biblía i
24. como estudar a biblía i24. como estudar a biblía i
24. como estudar a biblía i
pohlos
 
Perseverança – Garimpando ouro...
Perseverança – Garimpando ouro...Perseverança – Garimpando ouro...
Perseverança – Garimpando ouro...
Pastor Paulo Francisco
 
APOSTILA A DOUTRINA DE DEUS - TEOLOGIA(1).docx
APOSTILA A DOUTRINA DE DEUS - TEOLOGIA(1).docxAPOSTILA A DOUTRINA DE DEUS - TEOLOGIA(1).docx
APOSTILA A DOUTRINA DE DEUS - TEOLOGIA(1).docx
DivinoHenriqueSantan
 
Teologia
Teologia Teologia
Teologia
Pensamentos
 
2014 2 tri lição 3 - Dons de Revelação
2014 2 tri lição 3 - Dons de Revelação2014 2 tri lição 3 - Dons de Revelação
2014 2 tri lição 3 - Dons de Revelação
Natalino das Neves Neves
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Éder Tomé
 
Curso de crisma
Curso de crismaCurso de crisma
Curso de crisma
Suely SS
 
A atualidade dos_dons_espirituais_-_desconhecido
A atualidade dos_dons_espirituais_-_desconhecidoA atualidade dos_dons_espirituais_-_desconhecido
A atualidade dos_dons_espirituais_-_desconhecido
INOVAR CLUB
 
Porquê acreditar em algo?
Porquê acreditar em algo?Porquê acreditar em algo?
Porquê acreditar em algo?
Apologética em Português
 
Os traços característicos da igreja fiel
Os traços característicos da igreja fielOs traços característicos da igreja fiel
Os traços característicos da igreja fiel
Sebastião Luiz Chagas
 
A importância do Estudo Bíblico
A importância do Estudo BíblicoA importância do Estudo Bíblico
A importância do Estudo Bíblico
Eder L. Souza
 
Lição 3 dons de revelacao - CPAD 2 trimestre de 2014 - Dons Espirituais e Min...
Lição 3 dons de revelacao - CPAD 2 trimestre de 2014 - Dons Espirituais e Min...Lição 3 dons de revelacao - CPAD 2 trimestre de 2014 - Dons Espirituais e Min...
Lição 3 dons de revelacao - CPAD 2 trimestre de 2014 - Dons Espirituais e Min...
pralucianaevangelista
 
Porquê Apologética?
Porquê Apologética?Porquê Apologética?
Porquê Apologética?
Apologética em Português
 
Ano da fé
Ano da féAno da fé
Ano da fé
JP Sanita
 

Semelhante a Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus (20)

O que é crer
O que é crer O que é crer
O que é crer
 
A fé
A féA fé
A fé
 
Slide Licao 4 - 4T - 2023 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 4 - 4T - 2023 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 4 - 4T - 2023 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 4 - 4T - 2023 - CPAD JOVENS.pptx
 
Disciple sermon 10 what are the basics of discipleship
Disciple sermon 10   what are the basics of discipleshipDisciple sermon 10   what are the basics of discipleship
Disciple sermon 10 what are the basics of discipleship
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
 
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10
E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 10
 
24. como estudar a biblía i
24. como estudar a biblía i24. como estudar a biblía i
24. como estudar a biblía i
 
Perseverança – Garimpando ouro...
Perseverança – Garimpando ouro...Perseverança – Garimpando ouro...
Perseverança – Garimpando ouro...
 
APOSTILA A DOUTRINA DE DEUS - TEOLOGIA(1).docx
APOSTILA A DOUTRINA DE DEUS - TEOLOGIA(1).docxAPOSTILA A DOUTRINA DE DEUS - TEOLOGIA(1).docx
APOSTILA A DOUTRINA DE DEUS - TEOLOGIA(1).docx
 
Teologia
Teologia Teologia
Teologia
 
2014 2 tri lição 3 - Dons de Revelação
2014 2 tri lição 3 - Dons de Revelação2014 2 tri lição 3 - Dons de Revelação
2014 2 tri lição 3 - Dons de Revelação
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
 
Curso de crisma
Curso de crismaCurso de crisma
Curso de crisma
 
A atualidade dos_dons_espirituais_-_desconhecido
A atualidade dos_dons_espirituais_-_desconhecidoA atualidade dos_dons_espirituais_-_desconhecido
A atualidade dos_dons_espirituais_-_desconhecido
 
Porquê acreditar em algo?
Porquê acreditar em algo?Porquê acreditar em algo?
Porquê acreditar em algo?
 
Os traços característicos da igreja fiel
Os traços característicos da igreja fielOs traços característicos da igreja fiel
Os traços característicos da igreja fiel
 
A importância do Estudo Bíblico
A importância do Estudo BíblicoA importância do Estudo Bíblico
A importância do Estudo Bíblico
 
Lição 3 dons de revelacao - CPAD 2 trimestre de 2014 - Dons Espirituais e Min...
Lição 3 dons de revelacao - CPAD 2 trimestre de 2014 - Dons Espirituais e Min...Lição 3 dons de revelacao - CPAD 2 trimestre de 2014 - Dons Espirituais e Min...
Lição 3 dons de revelacao - CPAD 2 trimestre de 2014 - Dons Espirituais e Min...
 
Porquê Apologética?
Porquê Apologética?Porquê Apologética?
Porquê Apologética?
 
Ano da fé
Ano da féAno da fé
Ano da fé
 

Mais de Éder Tomé

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Éder Tomé
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Éder Tomé
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização
Lição 11 - Compromissados com a EvangelizaçãoLição 11 - Compromissados com a Evangelização
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização
Éder Tomé
 
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje (Windscreen)
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje (Windscreen)Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje (Windscreen)
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje (Windscreen)
Éder Tomé
 

Mais de Éder Tomé (20)

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização
Lição 11 - Compromissados com a EvangelizaçãoLição 11 - Compromissados com a Evangelização
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização
 
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje (Windscreen)
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje (Windscreen)Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje (Windscreen)
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje (Windscreen)
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 

Último (12)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 

Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus

  • 1. Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus
  • 2. 4º Trimestre Ano 2019 A Importância da defesa da fé diante dos desafios da sociedade atual
  • 3.
  • 4. Lição 1 – Preparados para Responder sobre a Fé Cristã Lição 2 - Revelação Divina e a Razão são Dádivas de Deus Lição 3 - Único Deus Transcendente e Eterno Lição 4 - Deus é o Criador e se Relaciona Lição 5 - Evidências Externas da Veracidade da Bíblia Lição 6 - Evidências Internas da Autenticidade da Bíblia Lição 7 - A Bíblia e a Testemunha da Ciência Lição 8 - Evidências da Realidade Histórica de Jesus Cristo Lição 9 - A Singularidade de Jesus Cristo Lição 10 - Bíblia: Infalível Revelação de Deus Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo Lição 12 - O Testemunho dos Evangelhos sobre a Existência de Jesus Lição 13 - A Relevância da Experiência Cristã
  • 5. Aprender sobre a Importância da Revelação na Fé Cristã. Conhecer os Fundamentos do Fé Cristã; Compreender a Necessidade do uso da Razão;
  • 6. (Romanos 1.20) “Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder como a sua divindade, se entendem e claramente se veem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis.”
  • 7. A Natureza é uma testemunha da existência de Deus e Seu poder, porém não é o próprio Deus, pois Ele é o Criador.
  • 8. 1 – Os céus manifestam a Glória de Deus, e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. 2 – Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite. 3 – Sem linguagem, sem fala, ouvem-se as suas vozes 4 – Em toda extensão da terra, e as suas palavras, até o fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol, 5 – Que é qual noivo que sai do seu tálamo e se alegra como um herói a correr o seu caminho. 6 – A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso, até a outra extremidade deles; e nada se furta ao seu calor. Salmo 19.1-6
  • 10. 1 – Base Fundamentais da Fé Cristã 2 – A Necessidade de Uso da Razão 1.1 – Razão 1.2 – Revelação Divina 1.3 – Razão versus Revelação 2.1 – O Homem é um Ser Racional 2.2 – A Fé é Construída em nós por meio do Conhecimento 2.3 – A Natureza da Fé 3 – O Valor da Revelação para a Fé Cristã 3.1 – Revelação na Natureza 3.2 – Revelação Escrita 3.3 – Experiência Pessoal
  • 11. É muito importante que cada discípulo de Cristo se lembre que tanto a fé como a razão são dádivas de Deus para o ser humano. Tanto a capacidade de crer como pensar. A fé bíblica não é cega. Razão
  • 12. 1 – Base Fundamentais da Fé Cristã A religião cristã é baseada na fé, e essa por sua vez baseia-se no conhecimento, e não em superstições, especulações ou algo irreal ou ainda invenções humanas. Não é possível dispor-se a crer em algo que não convença a ser a verdade. Assim a razão nos leva a atestar a revelação divina.
  • 13. 1.1 – Razão Razão é a capacidade da mente humana que emite chegar a conclusões a partir de suposições ou premissas. As evidências do cristianismo apelam para a razão O cristianismo submete suas credenciais ao escrutínio (exame minucioso) da razão.
  • 14. 1.1 – Razão Exige Deus que o homem faça uso da razão, a fim de rejeitar as revelações espúrias, estabelecer a fé verdadeira e interpretar corretamente a revelação. “Porventura não te escrevi excelentes coisas, acerca de todo conselho e conhecimento, para fazer-te saber a certeza das palavras da verdade, e assim possas responder palavras de verdade aos que te consultarem?” Provérbios 22:20,21
  • 15. 1.2 – Revelação Divina Revelação, conforme consta no Dicionário da Língua Portuguesa, é o ato de revelar, fazer conhecer, descobrir. Revelação Divina é o ato de Deus se tornar conhecido ao ser humano.
  • 16. 1.2 – Revelação Divina “Esta revelação é o fundamento de todas as afirmações e pronunciamentos teológicos (...) As questões da fé centralizam-se no fato de que Deus fez-se conhecido aos seres humanos. O cristianismo é a religião baseada na revelação que Deus fez de si mesmo” John R. Higgins Escritor e Teólogo
  • 17. 1.3 – Razão versus Revelação Se a razão tivesse tal poder, há muito tempo já teriam os homens encontrado a Deus mediante a investigação, e, sem qualquer revelação, chegado a conhecê-Lo.
  • 18. 2 – A Necessidade de Uso da Razão É normal seres racionais se recusarem a crer na Bíblia sem evidências. Não significa com isso que inexiste espaço para a fé. Mas Deus quer que demos um passo de fé à luz das evidências, não no escuro, assim constitui nosso dever a utilização da Apologética Cristã.
  • 19. 2.1 – O Homem é um Ser Racional Há um apelo de Deus para o Seu povo usar a razão, para discernir o que é verdadeiro ou falso “Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o espírito do erro.” (1 João 4.6) Para discernir o certo ou errado “Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.” (Hebreus 5.14)
  • 20. 2.1 – O Homem é um Ser Racional Um princípio fundamental da razão é que ela deve ter evidências suficientes para a fé.
  • 21. 2.2 – A Fé é Construída em nós por meio do Conhecimento Ouvir traz conhecimento, conhecimento produz convicção, convicção gera fé.
  • 22. Quanto mais conhecemos a Deus, ao ouvir Sua Palavra, mais confiamos nEle sem reservas. A fé repousa, portanto, no conhecimento. O "tamanho" da nossa fé é proporcional ao conhecimento que temos de Deus e Sua Palavra. 2.2 – A Fé é Construída em nós por meio do Conhecimento
  • 23. Abraão é um grande exemplo: à medida que conhecia a Deus, mais depositava nEle sua fé, ao ponto de aceitar oferecer seu filho Isaque em sacrifício a Deus (Gn 22.1-2). 2.2 – A Fé é Construída em nós por meio do Conhecimento
  • 24. 2.3 – A Natureza da Fé A Bíblia dá provas racionais mais que suficientes para que o homem tenha fé absoluta em Deus. Há registros na história secular, nas descobertas arqueológicas e científicas, que ratificam os feitos de Deus conforme a Bíblia. A fé não está desvinculada da razão.
  • 25. Temos uma fé explícita, ou seja, aquela que convida ao estudo e à investigação das Sagradas Escrituras. 2.3 – A Natureza da Fé
  • 26. Não se deve aceitar qualquer ensino ou afirmação sobre a Bíblia que não possa ser provado pelo estudo cuidadoso das Escrituras. 2.3 – A Natureza da Fé
  • 27. Cada pessoa necessita ler a Bíblia por si mesmo, e obedecer aos princípios hermenêuticos para chegar a uma correta interpretação. 2.3 – A Natureza da Fé Evidentemente, com a imprescindível ação do Espírito Santo (ICo 2.9-16).
  • 28. 3 – O Valor da Revelação para a Fé Cristã Há manifestações divinas irrefutáveis para qualquer pessoa reconhecer a existência de Deus, crer e se relacionar com Ele. Deus tem cercado o homem com diversas revelações que provam a Sua existência e Suas ações no mundo.
  • 29. 3.1 – Revelação na Natureza Chamada por alguns apologistas de Revelação Geral, com base em alguns textos das Escrituras (Rm 1.19-20; 2.12-15 etc), Declara que a revelação de Deus na natureza é tão clara que todos os seres humanos, por mais pecadores que sejam, são indesculpáveis diante dEle.
  • 30. A Revelação Geral, só revela ao homem a existência de Deus 3.2 – Revelação Escrita O que fazer para ser salvo? Como posso me aproximar deste Deus? Como devo proceder para conviver em comunhão com este Deus? (A Revelação Escrita ou Revelação Especial) Vem de encontro as necessidades de orientações especificas, pois traz respostas para perguntas tais como:
  • 31. 3.2 – Revelação Escrita Cada um dos escritores em seu tempo, estilo e formação cultural, Deus capacitou-os para que a verdade sobre Si mesmo fosse registrada na forma escrita. (A Revelação Escrita ou Revelação Especial) foi dada oralmente, e, posteriormente, foi escrita por ordem divina (Êx 17.14; 34.27).
  • 32. No entanto, as experiências pessoais não devem ser o balizador de nenhuma doutrina bíblica. A convicção de cada pessoa, adquirida por experiência própria, no que diz respeito à sua fé em Deus, deve ser levada em consideração. 3.3 – Experiência Pessoal
  • 33. Convicção esta que recebemos através do conhecimento de Deus e Sua Palavra. Vale ressaltar que não há argumentos, por mais lógicos que pareçam ser, que consigam arrancar a convicção da nossa alma, 3.3 – Experiência Pessoal
  • 34. Jesus Cristo sempre estimulava os Seus ouvintes a usar a razão. Usava fatos do cotidiano e a vida diária das pessoas para ilustrar uma verdade espiritual; um exemplo disto são as parábolas. Não queria que seu público tivesse uma fé cega, mas uma “fé inteligente”, que tem fundamento e conteúdo.
  • 35. O que nos leva a atestar a revelação divina? A razão Razão
  • 36. O que é Razão ? Razão é a capacidade da mente humana que permite chegar a conclusões a partir de suposições ou premissas
  • 37. O que é Revelação Geral ? É a revelação de Deus na natureza
  • 38. Quais são as outras passagens bíblicas que demonstram que Deus pode ser conhecido pela Revelação Geral ? Salmo 19 e Atos 14.15-17; 17.24-29
  • 39. Como é conhecida a revelação escrita, a Bíblia Sagrada ? Como revelação especial (Êx 17.14; 34.27).
  • 40. Lição 3 – Único Deus Transcendente e Eterno
  • 41.