SlideShare uma empresa Scribd logo
KARL MARX
Karl Heinrich Marx (1818 – 1883)
Karl Marx nasceu na Alemanha em 1818.
Formou – sem em Direito e doutorou – se em
Filosofia, trabalhando como jornalista, exilou – se
na França, depois fixou – se em Londres, onde
morreu em 1883. Dentre suas obras, destacam –
se: O Manifesto do Partido Comunista e a
Ideologia Alemã. Em parceria com Engels: O 18 de
Brumário de Luís Bonaparte, A Miséria da
Filosofia, Contribuição à Crítica da Economia
Política e a obra símbolo O Capital.
1. A Sociologia de Marx
o O pensamento marxista foi capaz de explicar as
transformações ocorridas na vida europeia.
o Tornou – se o principal crítico do capitalismo suas
contradições.
o Instrumento de ação política, tornou – se opção
para um novo modelo de sociedade.
2. Contexto
o Iluminismo, Revolução Francesa, Revolução
Industrial, Revolução de 1830.
o Acompanhou a unificação alemã e o Imperialismo
de Napoleão III.
o Conheceu a dialética de Hegel: tese – antítese – tese.
o Percebeu que o próprio homem evolui de acordo
com as contradições da própria sociedade.
Revolução Industrial – contradições:
o A expansão da produção beneficiava a burguesia.
o A classe operária era explorada: longas jornadas
de trabalho, baixos salários e sem direitos.
o O contexto era marcado por tensões sociais:
greves, atentados, assassinatos.
o Marx pensava as tensões e da revolução apontava
para a evolução.
O Manifesto Comunista – 1848:
o Pensadores burgueses conservadores defendiam a
ordem, o progresso e o “status quo”.
o Levantes populares reivindicavam melhores
condições de vida e participação política para o povo.
o O Manifesto Comunista indicava a revolução
proletária, reflexo da ação política popular, para
um salto qualitativo na vida social.
3. Materialismo marxista
Crítico de Hegel:
o Hegel defendia a evolução através do espírito.
o Marx defendia a evolução através dos homens,
em concretas/materiais condições de existência.
o Era fundamental a vida coletiva, em sociedade.
o Marx visualizou as classes sociais e suas
contradições.
Materialismo e revolução proletária:
o A classe operária era explorada nas condições
concretas do Capitalismo.
o O Estado burguês havia criado estruturas para
beneficiar a burguesia, explorando os operários.
o A propriedade privada era a essência da exploração.
o Nesse ambiente concreto a revolução seria o meio
de evolução social.
Mais valia:
o Significa parte do valor da força de trabalho
dispendida por um determinado trabalhador na
produção e que não é remunerado pelo patrão.
o A remuneração do produto é muito superior à
remuneração das horas trabalhadas.
o Também pode ser classificada como o excesso de
receita em relação à despesas.
Materialismo histórico e dialético:
o Para Marx as condições materiais de existência
constroem a realidade da vida humana.
o As estruturas políticas, sociais e culturais são
resultado das estruturas materiais/econômicas.
o As transformações sociais são consequência das
contradições presentes nos modos de produção e
reprodução da vida coletiva.
Infraestrutura, superestrutura, ideologia:
o Infraestrutura: condições concretas e materiais da
vida, base econômica, relaciona – se com a produção
dos bens essenciais à sobrevivência.
o Superestrutura: Estado, poderes, leis que preservam,
justificam e mantém a ordem social.
o Ideologia: discursos, versões, posições criados para
mascarar, distorcer e justificar a exploração.
Karl marx
Materialismo histórico e luta de classes:
o Luta de classes: conflito entre os que possuem e
os que não possuem os meios de produção.
o A oposição entre opressores e oprimidos gera
relação de tensão entre as classes.
o A história da humanidade seria a história da luta
de classes, tida como o motor da história.
o A revolução proletária poria fim à exploração burguesa.
“O que caracteriza o
comunismo não é
abolição da propriedade,
mas da propriedade
burguesa. A propriedade
atual é a perfeita
expressão de apropriação
baseada na luta de
classes, na exploração de
uns pelos outros. Os
comunistas podem
resumir sua teoria nessa
fórmula: abolição da
propriedade privada.”
Materialismo, relações sociais e teleologia:
o A produção possibilita, além da sobrevivência, a
construção de vínculos sociais.
o As relações sociais determinam a transformação da
natureza – produção, transformando a sociedade.
o O marxismo comprovou as revoluções burguesas,
apontou para um sentido da história e propôs a
revolução proletária – teleologia.
4. Práxis: teoria e prática (ação)
o A reflexão encontra e move a ação.
o Conhecer e compreender possibilitam a construção
de uma sociedade evoluída/igualitária.
o A consciência de classe levaria os explorados à ação
contra seus exploradores.
o Um partido operário e sua ação política levariam o
povo ao Estado Proletário.
Estado Comunista:
o O fim das classes sociais levaria ao fim da divisão e
exploração de uma classe por outra.
o A ditadura do proletariado seria a transição para o
Estado Socialista: sem classes, sem propriedade
privada, com o Estado Proletário.
o O fim da propriedade privada, das classes sociais e
do Estado criariam o Estado Comunista.
Karl marx
Karl marx

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides Sistemas Econômicos - Comunismo
Slides Sistemas Econômicos - ComunismoSlides Sistemas Econômicos - Comunismo
Slides Sistemas Econômicos - Comunismo
Prefeitura Municipal de São Paulo
 
As idéias socialistas
As idéias socialistasAs idéias socialistas
As idéias socialistas
Professor
 
As teorias liberais e socialistas na idade moderna
As teorias liberais e socialistas na idade modernaAs teorias liberais e socialistas na idade moderna
As teorias liberais e socialistas na idade moderna
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
Isadora Oliveira
 
O PAPEL DO PARTIDO COMO AGENTE DE EDUCAÇÃO
O PAPEL DO PARTIDO COMO AGENTE DE EDUCAÇÃOO PAPEL DO PARTIDO COMO AGENTE DE EDUCAÇÃO
O PAPEL DO PARTIDO COMO AGENTE DE EDUCAÇÃO
ujcpe
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
Camila Oliveira
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
Leonardo Costa
 
Teorias dos Estados Anarquista e Marxista - Felipe Corrêa
Teorias dos Estados Anarquista e Marxista - Felipe CorrêaTeorias dos Estados Anarquista e Marxista - Felipe Corrêa
Teorias dos Estados Anarquista e Marxista - Felipe Corrêa
BlackBlocRJ
 
Socialismo e Comunismo
Socialismo e ComunismoSocialismo e Comunismo
Socialismo e Comunismo
Leo Pipolo
 
História do Socialismo Utópico e Científico
História do Socialismo Utópico e CientíficoHistória do Socialismo Utópico e Científico
História do Socialismo Utópico e Científico
Marcos Mamute
 
Aula sobre Socialismo
Aula sobre SocialismoAula sobre Socialismo
Aula sobre Socialismo
clauverlevy
 
A filosofia de karl marx
A filosofia de karl marxA filosofia de karl marx
A filosofia de karl marx
Victor Said
 
Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Da Periferia para o Centro - Felipe Corrêa
Da Periferia para o Centro - Felipe CorrêaDa Periferia para o Centro - Felipe Corrêa
Da Periferia para o Centro - Felipe Corrêa
BlackBlocRJ
 
Aula 9 e 10 karl marx
Aula 9 e 10   karl marxAula 9 e 10   karl marx
Aula 9 e 10 karl marx
professorleo1989
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
Eduaardo Mendes
 
Sociologia - Karl Marx - Vida e Obra
Sociologia - Karl Marx  - Vida e ObraSociologia - Karl Marx  - Vida e Obra
Sociologia - Karl Marx - Vida e Obra
Carson Souza
 
Uma breve historia da AIT ou apenas Internacional
Uma breve historia da AIT ou apenas InternacionalUma breve historia da AIT ou apenas Internacional
Uma breve historia da AIT ou apenas Internacional
Carlo Romani
 
Comunismo.
Comunismo.Comunismo.
As bases ideológicas do socialismo
As bases ideológicas do socialismoAs bases ideológicas do socialismo
As bases ideológicas do socialismo
Victor Said
 

Mais procurados (20)

Slides Sistemas Econômicos - Comunismo
Slides Sistemas Econômicos - ComunismoSlides Sistemas Econômicos - Comunismo
Slides Sistemas Econômicos - Comunismo
 
As idéias socialistas
As idéias socialistasAs idéias socialistas
As idéias socialistas
 
As teorias liberais e socialistas na idade moderna
As teorias liberais e socialistas na idade modernaAs teorias liberais e socialistas na idade moderna
As teorias liberais e socialistas na idade moderna
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
 
O PAPEL DO PARTIDO COMO AGENTE DE EDUCAÇÃO
O PAPEL DO PARTIDO COMO AGENTE DE EDUCAÇÃOO PAPEL DO PARTIDO COMO AGENTE DE EDUCAÇÃO
O PAPEL DO PARTIDO COMO AGENTE DE EDUCAÇÃO
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
 
Teorias dos Estados Anarquista e Marxista - Felipe Corrêa
Teorias dos Estados Anarquista e Marxista - Felipe CorrêaTeorias dos Estados Anarquista e Marxista - Felipe Corrêa
Teorias dos Estados Anarquista e Marxista - Felipe Corrêa
 
Socialismo e Comunismo
Socialismo e ComunismoSocialismo e Comunismo
Socialismo e Comunismo
 
História do Socialismo Utópico e Científico
História do Socialismo Utópico e CientíficoHistória do Socialismo Utópico e Científico
História do Socialismo Utópico e Científico
 
Aula sobre Socialismo
Aula sobre SocialismoAula sobre Socialismo
Aula sobre Socialismo
 
A filosofia de karl marx
A filosofia de karl marxA filosofia de karl marx
A filosofia de karl marx
 
Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)
 
Da Periferia para o Centro - Felipe Corrêa
Da Periferia para o Centro - Felipe CorrêaDa Periferia para o Centro - Felipe Corrêa
Da Periferia para o Centro - Felipe Corrêa
 
Aula 9 e 10 karl marx
Aula 9 e 10   karl marxAula 9 e 10   karl marx
Aula 9 e 10 karl marx
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
 
Sociologia - Karl Marx - Vida e Obra
Sociologia - Karl Marx  - Vida e ObraSociologia - Karl Marx  - Vida e Obra
Sociologia - Karl Marx - Vida e Obra
 
Uma breve historia da AIT ou apenas Internacional
Uma breve historia da AIT ou apenas InternacionalUma breve historia da AIT ou apenas Internacional
Uma breve historia da AIT ou apenas Internacional
 
Comunismo.
Comunismo.Comunismo.
Comunismo.
 
As bases ideológicas do socialismo
As bases ideológicas do socialismoAs bases ideológicas do socialismo
As bases ideológicas do socialismo
 

Semelhante a Karl marx

Filosofia
FilosofiaFilosofia
1º Bloco IntroduçãO Nereide
1º Bloco   IntroduçãO Nereide1º Bloco   IntroduçãO Nereide
1º Bloco IntroduçãO Nereide
Wladimir Crippa
 
1º Bloco IntroduçãO Nereide
1º Bloco   IntroduçãO Nereide1º Bloco   IntroduçãO Nereide
1º Bloco IntroduçãO Nereide
Wladimir Crippa
 
Socialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismoSocialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismo
ProfessoresColeguium
 
Socialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismoSocialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismo
ProfessoresColeguium
 
Karl max e as teorias socialistas
Karl max e as teorias socialistasKarl max e as teorias socialistas
Karl max e as teorias socialistas
espacoaberto
 
Cultura e ação apresentação
Cultura e ação   apresentaçãoCultura e ação   apresentação
Cultura e ação apresentação
Ana
 
A construção de sociedadesAs desigualdades sociais ao longo da história..pptx
A construção de sociedadesAs desigualdades sociais ao longo da história..pptxA construção de sociedadesAs desigualdades sociais ao longo da história..pptx
A construção de sociedadesAs desigualdades sociais ao longo da história..pptx
TomasSousa7
 
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARXA CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
HisrelBlog
 
Capitalismo, Comunismo, Socialismo, Marxismo, Anarquismo e Liberismo
Capitalismo, Comunismo, Socialismo, Marxismo, Anarquismo e LiberismoCapitalismo, Comunismo, Socialismo, Marxismo, Anarquismo e Liberismo
Capitalismo, Comunismo, Socialismo, Marxismo, Anarquismo e Liberismo
Inês Oliveira
 
Tema 00 introdução - partes i a iii( nereide e olívia)
Tema 00   introdução - partes i a iii( nereide e olívia)Tema 00   introdução - partes i a iii( nereide e olívia)
Tema 00 introdução - partes i a iii( nereide e olívia)
altairfreitas
 
Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Karl Marx
Wagner Stefani
 
aula-25-Karl-Marx-e-seu-contexto-historico.pptx
aula-25-Karl-Marx-e-seu-contexto-historico.pptxaula-25-Karl-Marx-e-seu-contexto-historico.pptx
aula-25-Karl-Marx-e-seu-contexto-historico.pptx
mylenaalecrim1
 
Cultura e ação apresentação
Cultura e ação   apresentaçãoCultura e ação   apresentação
Cultura e ação apresentação
amorimanamaria
 
Política marxista
Política marxistaPolítica marxista
Política marxista
Victor Said
 
5º Bloco 1 Bloco Socialismo Felipe Maia
5º Bloco   1   Bloco Socialismo   Felipe Maia5º Bloco   1   Bloco Socialismo   Felipe Maia
5º Bloco 1 Bloco Socialismo Felipe Maia
Wladimir Crippa
 
5º Bloco 1 Bloco Socialismo Felipe Maia
5º Bloco   1   Bloco Socialismo   Felipe Maia5º Bloco   1   Bloco Socialismo   Felipe Maia
5º Bloco 1 Bloco Socialismo Felipe Maia
Wladimir Crippa
 
Escola socialista
Escola socialistaEscola socialista
Escola socialista
Nadson Morais
 
As três fontes _Lenin
As três fontes _LeninAs três fontes _Lenin
As três fontes _Lenin
ujcpe
 
Vida e obra Karl Marx Sociologia ensino médio
Vida e obra Karl Marx Sociologia ensino médioVida e obra Karl Marx Sociologia ensino médio
Vida e obra Karl Marx Sociologia ensino médio
StefanieSaccomam2
 

Semelhante a Karl marx (20)

Filosofia
FilosofiaFilosofia
Filosofia
 
1º Bloco IntroduçãO Nereide
1º Bloco   IntroduçãO Nereide1º Bloco   IntroduçãO Nereide
1º Bloco IntroduçãO Nereide
 
1º Bloco IntroduçãO Nereide
1º Bloco   IntroduçãO Nereide1º Bloco   IntroduçãO Nereide
1º Bloco IntroduçãO Nereide
 
Socialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismoSocialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismo
 
Socialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismoSocialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismo
 
Karl max e as teorias socialistas
Karl max e as teorias socialistasKarl max e as teorias socialistas
Karl max e as teorias socialistas
 
Cultura e ação apresentação
Cultura e ação   apresentaçãoCultura e ação   apresentação
Cultura e ação apresentação
 
A construção de sociedadesAs desigualdades sociais ao longo da história..pptx
A construção de sociedadesAs desigualdades sociais ao longo da história..pptxA construção de sociedadesAs desigualdades sociais ao longo da história..pptx
A construção de sociedadesAs desigualdades sociais ao longo da história..pptx
 
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARXA CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
A CONCEPÇÃO FILO/SOCIOLÓGICA DE KARL MARX
 
Capitalismo, Comunismo, Socialismo, Marxismo, Anarquismo e Liberismo
Capitalismo, Comunismo, Socialismo, Marxismo, Anarquismo e LiberismoCapitalismo, Comunismo, Socialismo, Marxismo, Anarquismo e Liberismo
Capitalismo, Comunismo, Socialismo, Marxismo, Anarquismo e Liberismo
 
Tema 00 introdução - partes i a iii( nereide e olívia)
Tema 00   introdução - partes i a iii( nereide e olívia)Tema 00   introdução - partes i a iii( nereide e olívia)
Tema 00 introdução - partes i a iii( nereide e olívia)
 
Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Karl Marx
 
aula-25-Karl-Marx-e-seu-contexto-historico.pptx
aula-25-Karl-Marx-e-seu-contexto-historico.pptxaula-25-Karl-Marx-e-seu-contexto-historico.pptx
aula-25-Karl-Marx-e-seu-contexto-historico.pptx
 
Cultura e ação apresentação
Cultura e ação   apresentaçãoCultura e ação   apresentação
Cultura e ação apresentação
 
Política marxista
Política marxistaPolítica marxista
Política marxista
 
5º Bloco 1 Bloco Socialismo Felipe Maia
5º Bloco   1   Bloco Socialismo   Felipe Maia5º Bloco   1   Bloco Socialismo   Felipe Maia
5º Bloco 1 Bloco Socialismo Felipe Maia
 
5º Bloco 1 Bloco Socialismo Felipe Maia
5º Bloco   1   Bloco Socialismo   Felipe Maia5º Bloco   1   Bloco Socialismo   Felipe Maia
5º Bloco 1 Bloco Socialismo Felipe Maia
 
Escola socialista
Escola socialistaEscola socialista
Escola socialista
 
As três fontes _Lenin
As três fontes _LeninAs três fontes _Lenin
As três fontes _Lenin
 
Vida e obra Karl Marx Sociologia ensino médio
Vida e obra Karl Marx Sociologia ensino médioVida e obra Karl Marx Sociologia ensino médio
Vida e obra Karl Marx Sociologia ensino médio
 

Mais de firminomaissociologiafilosofia2019

Ética e Moral
Ética e MoralÉtica e Moral
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
firminomaissociologiafilosofia2019
 
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃOINSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Neoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociaisNeoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociais
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Sociologia brasileira
Sociologia brasileiraSociologia brasileira
Sociologia brasileira
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Instituições sociais família
Instituições sociais famíliaInstituições sociais família
Instituições sociais família
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
firminomaissociologiafilosofia2019
 
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Cultura 2021
Cultura 2021Cultura 2021
Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Capitalismo e trabalho 2020
Capitalismo e trabalho   2020Capitalismo e trabalho   2020
Capitalismo e trabalho 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Ética e moral 2020
Ética e moral 2020Ética e moral 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 

Mais de firminomaissociologiafilosofia2019 (20)

Ética e Moral
Ética e MoralÉtica e Moral
Ética e Moral
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃOINSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
 
Neoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociaisNeoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociais
 
Sociologia brasileira
Sociologia brasileiraSociologia brasileira
Sociologia brasileira
 
Instituições sociais família
Instituições sociais famíliaInstituições sociais família
Instituições sociais família
 
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
 
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
 
Cultura 2021
Cultura 2021Cultura 2021
Cultura 2021
 
Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.
 
Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021
 
Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021
 
Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020
 
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
 
Capitalismo e trabalho 2020
Capitalismo e trabalho   2020Capitalismo e trabalho   2020
Capitalismo e trabalho 2020
 
Ética e moral 2020
Ética e moral 2020Ética e moral 2020
Ética e moral 2020
 
Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
 
Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020
 
Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020
 
Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020
 

Último

Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 

Último (20)

Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 

Karl marx

  • 2. Karl Heinrich Marx (1818 – 1883)
  • 3. Karl Marx nasceu na Alemanha em 1818. Formou – sem em Direito e doutorou – se em Filosofia, trabalhando como jornalista, exilou – se na França, depois fixou – se em Londres, onde morreu em 1883. Dentre suas obras, destacam – se: O Manifesto do Partido Comunista e a Ideologia Alemã. Em parceria com Engels: O 18 de Brumário de Luís Bonaparte, A Miséria da Filosofia, Contribuição à Crítica da Economia Política e a obra símbolo O Capital.
  • 4. 1. A Sociologia de Marx o O pensamento marxista foi capaz de explicar as transformações ocorridas na vida europeia. o Tornou – se o principal crítico do capitalismo suas contradições. o Instrumento de ação política, tornou – se opção para um novo modelo de sociedade.
  • 5. 2. Contexto o Iluminismo, Revolução Francesa, Revolução Industrial, Revolução de 1830. o Acompanhou a unificação alemã e o Imperialismo de Napoleão III. o Conheceu a dialética de Hegel: tese – antítese – tese. o Percebeu que o próprio homem evolui de acordo com as contradições da própria sociedade.
  • 6. Revolução Industrial – contradições: o A expansão da produção beneficiava a burguesia. o A classe operária era explorada: longas jornadas de trabalho, baixos salários e sem direitos. o O contexto era marcado por tensões sociais: greves, atentados, assassinatos. o Marx pensava as tensões e da revolução apontava para a evolução.
  • 7. O Manifesto Comunista – 1848: o Pensadores burgueses conservadores defendiam a ordem, o progresso e o “status quo”. o Levantes populares reivindicavam melhores condições de vida e participação política para o povo. o O Manifesto Comunista indicava a revolução proletária, reflexo da ação política popular, para um salto qualitativo na vida social.
  • 8. 3. Materialismo marxista Crítico de Hegel: o Hegel defendia a evolução através do espírito. o Marx defendia a evolução através dos homens, em concretas/materiais condições de existência. o Era fundamental a vida coletiva, em sociedade. o Marx visualizou as classes sociais e suas contradições.
  • 9. Materialismo e revolução proletária: o A classe operária era explorada nas condições concretas do Capitalismo. o O Estado burguês havia criado estruturas para beneficiar a burguesia, explorando os operários. o A propriedade privada era a essência da exploração. o Nesse ambiente concreto a revolução seria o meio de evolução social.
  • 10. Mais valia: o Significa parte do valor da força de trabalho dispendida por um determinado trabalhador na produção e que não é remunerado pelo patrão. o A remuneração do produto é muito superior à remuneração das horas trabalhadas. o Também pode ser classificada como o excesso de receita em relação à despesas.
  • 11. Materialismo histórico e dialético: o Para Marx as condições materiais de existência constroem a realidade da vida humana. o As estruturas políticas, sociais e culturais são resultado das estruturas materiais/econômicas. o As transformações sociais são consequência das contradições presentes nos modos de produção e reprodução da vida coletiva.
  • 12. Infraestrutura, superestrutura, ideologia: o Infraestrutura: condições concretas e materiais da vida, base econômica, relaciona – se com a produção dos bens essenciais à sobrevivência. o Superestrutura: Estado, poderes, leis que preservam, justificam e mantém a ordem social. o Ideologia: discursos, versões, posições criados para mascarar, distorcer e justificar a exploração.
  • 14. Materialismo histórico e luta de classes: o Luta de classes: conflito entre os que possuem e os que não possuem os meios de produção. o A oposição entre opressores e oprimidos gera relação de tensão entre as classes. o A história da humanidade seria a história da luta de classes, tida como o motor da história. o A revolução proletária poria fim à exploração burguesa.
  • 15. “O que caracteriza o comunismo não é abolição da propriedade, mas da propriedade burguesa. A propriedade atual é a perfeita expressão de apropriação baseada na luta de classes, na exploração de uns pelos outros. Os comunistas podem resumir sua teoria nessa fórmula: abolição da propriedade privada.”
  • 16. Materialismo, relações sociais e teleologia: o A produção possibilita, além da sobrevivência, a construção de vínculos sociais. o As relações sociais determinam a transformação da natureza – produção, transformando a sociedade. o O marxismo comprovou as revoluções burguesas, apontou para um sentido da história e propôs a revolução proletária – teleologia.
  • 17. 4. Práxis: teoria e prática (ação) o A reflexão encontra e move a ação. o Conhecer e compreender possibilitam a construção de uma sociedade evoluída/igualitária. o A consciência de classe levaria os explorados à ação contra seus exploradores. o Um partido operário e sua ação política levariam o povo ao Estado Proletário.
  • 18. Estado Comunista: o O fim das classes sociais levaria ao fim da divisão e exploração de uma classe por outra. o A ditadura do proletariado seria a transição para o Estado Socialista: sem classes, sem propriedade privada, com o Estado Proletário. o O fim da propriedade privada, das classes sociais e do Estado criariam o Estado Comunista.