SlideShare uma empresa Scribd logo
Idade Média
Conflitos de Visões
Visão Humanista e Iluminista: Idade Média como Idade das
Trevas, com pouco conhecimento, atraso devido as pressões
da Igreja
Romantismo: os românticos achavam que foi na Idade Média
que se formou a maioria das nações européias (idéia da cor
local
Começo
Expansão do Cristianismo
• Edito de Milão: feito por Constantino, permitia o cristianismo
• Edito de Tessalonica: feito por Teodósio, tornava o
cristianismo a religião oficial do Império
Falência do Império Romano
Alta Idade Média (476 -1000) e Baixa Idade Média (séc XI
até o XV)
• Igreja com o Poder Temporal (administrativa) e Espiritual
Teocentrismo
• Surgimento do Islamismo na Terra Santa
Grande Cisma do Oriente (1054 d.c)
Surgimento da Igreja Ortodoxa
• Foi originada, quando o alto clero de Constantinopla, questionou a autoridada
papal
Monofisismo: Jesus como apenas, pertencente a Natureza Divina
• Iconoclastas: criticavam o uso de imagens
• Cesaroparismo: Igreja, sendo controlada pelo Estado
CRUZADAS
Muçulmanos, tentam tomar Constantinopla
Bizantinos se rivalizam contra os Muçulmanos
• Turcos seljucidas (sunitas), impedem a entrada de Cristãos
em Jerusalém
• Muitos Europeus marcharam pra Terra Santa em busca de
terras e pagar pelos seus pecados, destacam se os
Templários na proteção cristã
• Muçulmanos, atravessam o Estreito de Gibraltar no ano de
711
A Primeira Cruzada: Cristãos tomam Jerusalém (1095)
• Transposição do Feudalismo pro Oriente
Distribuição dos Feudos aos Cavaleiros
• Segunda Cruzada (1144): Turcos querem recuperar
Edessa, logo perdem, logo depois recuperam com Saladino,
Cristãos tentam recuperar mas não conseguem
Foi na Segunda Cruzada que os cristãos recuperam Lisboa
Nas guerras de Reconquista na Península Iberica foram
formados os Reinos de Aragão Castela, Navarra, Leão e
também o Condado Portucalense
Terceira Cruzada: Cristãos liderados pelo papa Gregório VIII
e por Ricardo Coração de Leão, não conseguem, mas selam
um acordo de Paz com Saladino permitindo a peregrinação
cristã em Jerusalém
Quarta Cruzada: Imperador Bizantino Isaac Angelo era
deposto pelo seu irmão Aleixo III, o filho de Isaac que é
Aleixo IV promete fortunas aos Cruzados se eles o ajudasse
Venezianos invadem Zara (região da Croácia) importante
ponto comercial, por isso Cruzada Comercial
Papa Inocêncio III aprova a tomada de Constantinopla, pra
reaproximar as Igrejas
O mesmo papa adota uma cruzada contra os Cátaros em
lanquedoc (sul da França)
Cátaros: acreditavam na existência de um Deus do bem e
outro do Mal
Cruzada das Crianças: Crianças lutando na terra santa
Houve mais cruzadas, mas os Cristãos nunca conseguiram
dominar de fato Jerusalém
Consequencias: contato europeu com a cultura Oriental e
além disso mudanças comerciais foram feitas, através de
novas rotas de comércio, criação de excedentes, essa
mudança econômica fez posteriormente cair o poder dos
Senhores Feudais
Templários
Expedições organizadas para proteger os cristãos
Assumiram o papel de banqueiros
Crescimento de poder incomodou Felipe IV (Felipe, O Belo) e
sendo este devia pra Ordem
Felipe O Belo ordenou o confisco de Propriedades, Papa
Clemente V ordena a prisão
Jacques de Molay amaldiçoa Felipe o Belo e o Papa, que
morrem no mesmo ano de Jacques de Molay (1314)
Reino dos Francos (Merovíngios)
• Merovíngia: formada por Meroveu
• Clóvis, se converteu ao cristianismo
Após a morte de Clóvis, devido as disputas políticas o reino
enfraquece e depois os Carolíngios assumem o poder
Carolíngios
Carlos Martel expulsando em 732 os Muçulmanos na Batalha
de Poitiers
Pepino, o Breve filho de Carlos luta contra os lombardos, deixa
o Reino dividido
Carlos Magno e Carlomano assumem o poder, mas o último
morre
Carlos Magno expande o reino franco, cristianizando povos
Carlos Magno
Os Carolingios formaram o Sacro Império Romano
Germânico, Igreja querendo reviver o Império Romano
Ocidental
Missi dominici, funcionários reais responsáveis pela
administração do Reino em instâncias locais
• Carlos Magno morre, assume seu filho Luís, o Piedoso
Tratado de Verdun:divide os reinos francos de Luís
Feudalismo
Foi o sistema político, social e econômico da Idade Média
• Surgimento dos Castelos, pra proteger a população.
• Nobreza com alto poder
• Suserania e Vassalagem, relação onde o vassalo prometia
fidelidade ao suserano e vice versa
Colonato: explorar território e entregar parte da produção pro
dono dela (suserano)
Vilões: servos mais próximos do senhor, tinham menos
obrigações, não tinham simpatia de outros servos
•
Servos: trabalhavam nas terras pra ganhar algo em troca e
pagavam certos impostos, que são:
Corvéia: prestação de serviços gratuitos na terra do senhor
• Talha: entrega da parte da produção do servo ao Senhor
Banalidades por uso de maquinário do senhor
Crise do Feudalismo
Grande crescimento demográfico
Novos métodos de drenagem, irrigação e a entrada de
rotação de culturas
Grandes chuvas entre 1315 e 1317
Peste Negra: aconteceu no século XIV era uma peste
causada por um bacilo, tendo como vetores os ratos,acredita
se que a Peste veio nos navios mercadores italianos
Peste Negra
A peste ficou endêmica até o século XVII
Jacqueries como revoltas camponesas contra a nobreza, que
reagiram violentamente na França
Cultura Medieval
Forte da presença da igreja
Latim como língua oficial
Patrística e a Escolástica
Criação de universidades
Arte Românica (Arquitetura)
Muito parecida com a Arquitetura Românica, muito horizontal
Apresentavam poucas janelas (abaixo Notre Dame)
Arte Românica
Técnicas de afresco, com fortes cores, preenchiam paredes
dos templos religiosos
Na Idade Média pouca gente sabia ler e escrever, por isso a
importância das pinturas
Arte Gótica
Muito frequente na Baixa Idade Média
Arte Gótica era muito financiada pelos burgueses e sendo no
período desta arte marcando a ascensão das cidades
Muito vertical, dando noção de poder da Igreja
Na próxima página temos a Catedral de Milão
INQUISIÇÃO
Surgiu no século XIII pelo Papa Gregorio IX
Era pra combater as Heresias
Os autos de fé eram o processo de julgamento

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Idade Média 2ª parte
Idade Média 2ª parteIdade Média 2ª parte
Idade Média 2ª parte
Fábio José Oliveira
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
alinemaiahistoria
 
Revisão do conteúdo do 7º ano.
Revisão do conteúdo do 7º ano.Revisão do conteúdo do 7º ano.
Revisão do conteúdo do 7º ano.
secretaria estadual de educação
 
O IMPÉRIO BIZANTINO
O IMPÉRIO BIZANTINOO IMPÉRIO BIZANTINO
O IMPÉRIO BIZANTINO
andersonsenar
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
A cristandade ocidental face ao islão  parte 1A cristandade ocidental face ao islão  parte 1
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
Carla Teixeira
 
Feudalismo 2013
Feudalismo 2013Feudalismo 2013
Feudalismo 2013
Fabio Salvari
 
O império bizantino
O império bizantinoO império bizantino
O império bizantino
Nelia Salles Nantes
 
Império Bizantino e Carolingeo
Império Bizantino e CarolingeoImpério Bizantino e Carolingeo
Império Bizantino e Carolingeo
Lú Carvalho
 
A cultura do mosteiro
A cultura do mosteiroA cultura do mosteiro
A cultura do mosteiro
Carla Teixeira
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
Tiago R. Silva
 
Império bizantino filé
Império bizantino filéImpério bizantino filé
Império bizantino filé
mundica broda
 
O Império Romano do Oriente (Império Bizantino) (2017) - 7º Ano
O Império Romano do Oriente (Império Bizantino) (2017) - 7º AnoO Império Romano do Oriente (Império Bizantino) (2017) - 7º Ano
O Império Romano do Oriente (Império Bizantino) (2017) - 7º Ano
Nefer19
 
A igreja-na-idade-média-e-as-cruzadas
A igreja-na-idade-média-e-as-cruzadasA igreja-na-idade-média-e-as-cruzadas
A igreja-na-idade-média-e-as-cruzadas
Felipe de Souza
 
Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
Guilherme Drumond
 
Ficha 1 cultura do mosteiro
Ficha 1  cultura do mosteiroFicha 1  cultura do mosteiro
Ficha 1 cultura do mosteiro
Carla Teixeira
 
1º ano rafael - roma antiga e império bizantino 2015
1º ano    rafael - roma antiga e império bizantino 20151º ano    rafael - roma antiga e império bizantino 2015
1º ano rafael - roma antiga e império bizantino 2015
Rafael Noronha
 
O Império Bizantino - Prof. Medeiros
O Império Bizantino - Prof. MedeirosO Império Bizantino - Prof. Medeiros
O Império Bizantino - Prof. Medeiros
João Medeiros
 
O império em crise parte 1
O império em crise  parte 1O império em crise  parte 1
O império em crise parte 1
Carla Teixeira
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
Izaac Erder
 
Igreja medieval
Igreja medievalIgreja medieval
Igreja medieval
PROFºWILTONREIS
 

Mais procurados (20)

Idade Média 2ª parte
Idade Média 2ª parteIdade Média 2ª parte
Idade Média 2ª parte
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
 
Revisão do conteúdo do 7º ano.
Revisão do conteúdo do 7º ano.Revisão do conteúdo do 7º ano.
Revisão do conteúdo do 7º ano.
 
O IMPÉRIO BIZANTINO
O IMPÉRIO BIZANTINOO IMPÉRIO BIZANTINO
O IMPÉRIO BIZANTINO
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
A cristandade ocidental face ao islão  parte 1A cristandade ocidental face ao islão  parte 1
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
 
Feudalismo 2013
Feudalismo 2013Feudalismo 2013
Feudalismo 2013
 
O império bizantino
O império bizantinoO império bizantino
O império bizantino
 
Império Bizantino e Carolingeo
Império Bizantino e CarolingeoImpério Bizantino e Carolingeo
Império Bizantino e Carolingeo
 
A cultura do mosteiro
A cultura do mosteiroA cultura do mosteiro
A cultura do mosteiro
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
 
Império bizantino filé
Império bizantino filéImpério bizantino filé
Império bizantino filé
 
O Império Romano do Oriente (Império Bizantino) (2017) - 7º Ano
O Império Romano do Oriente (Império Bizantino) (2017) - 7º AnoO Império Romano do Oriente (Império Bizantino) (2017) - 7º Ano
O Império Romano do Oriente (Império Bizantino) (2017) - 7º Ano
 
A igreja-na-idade-média-e-as-cruzadas
A igreja-na-idade-média-e-as-cruzadasA igreja-na-idade-média-e-as-cruzadas
A igreja-na-idade-média-e-as-cruzadas
 
Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
 
Ficha 1 cultura do mosteiro
Ficha 1  cultura do mosteiroFicha 1  cultura do mosteiro
Ficha 1 cultura do mosteiro
 
1º ano rafael - roma antiga e império bizantino 2015
1º ano    rafael - roma antiga e império bizantino 20151º ano    rafael - roma antiga e império bizantino 2015
1º ano rafael - roma antiga e império bizantino 2015
 
O Império Bizantino - Prof. Medeiros
O Império Bizantino - Prof. MedeirosO Império Bizantino - Prof. Medeiros
O Império Bizantino - Prof. Medeiros
 
O império em crise parte 1
O império em crise  parte 1O império em crise  parte 1
O império em crise parte 1
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
 
Igreja medieval
Igreja medievalIgreja medieval
Igreja medieval
 

Semelhante a Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)

Ficha formativa Cultura do Mosteiro
Ficha formativa Cultura do MosteiroFicha formativa Cultura do Mosteiro
Ficha formativa Cultura do Mosteiro
Ana Barreiros
 
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da históriaA verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
Fernando Alcoforado
 
A formação do império feudal 7º anos
A formação do império feudal   7º anosA formação do império feudal   7º anos
A formação do império feudal 7º anos
Íris Ferreira
 
Um a historia da maconaria
Um a historia da maconariaUm a historia da maconaria
Um a historia da maconaria
Jose Renato Dos Santos
 
A idade media francisco
A idade media   franciscoA idade media   francisco
A idade media francisco
IsabelPereira2010
 
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
Marcus Vinicius Barbosa Silva
 
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
Andre Nascimento
 
Idade
IdadeIdade
Aula 03 alta idade média
Aula 03   alta idade médiaAula 03   alta idade média
Aula 03 alta idade média
Jonatas Carlos
 
Crise do Papado
Crise do PapadoCrise do Papado
Crise do Papado
Valéria Shoujofan
 
O período medieval europeu
O período medieval europeuO período medieval europeu
O período medieval europeu
Vagner Roberto
 
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
Módulo 3   bizantinos e carolíngiosMódulo 3   bizantinos e carolíngios
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
Lú Carvalho
 
Aula de historia
Aula de historiaAula de historia
Aula de historia
Rose chaves
 
Romanos
RomanosRomanos
Romanos
Rosa Silva
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
Clara Mendes
 
História da Igreja II: Aula 6: Reformas Católicas
História da Igreja II: Aula 6: Reformas CatólicasHistória da Igreja II: Aula 6: Reformas Católicas
História da Igreja II: Aula 6: Reformas Católicas
Andre Nascimento
 
3˚ano 6 a 8 a alta idade média
3˚ano 6 a 8 a alta idade média3˚ano 6 a 8 a alta idade média
3˚ano 6 a 8 a alta idade média
Kerol Brombal
 
3˚ano 6 a 8 a alta idade média
3˚ano 6 a 8 a alta idade média3˚ano 6 a 8 a alta idade média
3˚ano 6 a 8 a alta idade média
Kerol Brombal
 
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. MedeirosOs Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
João Medeiros
 
O poder da igreja católica no mundo feudal
O poder da igreja católica no mundo feudalO poder da igreja católica no mundo feudal
O poder da igreja católica no mundo feudal
Pablo Silveira
 

Semelhante a Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política) (20)

Ficha formativa Cultura do Mosteiro
Ficha formativa Cultura do MosteiroFicha formativa Cultura do Mosteiro
Ficha formativa Cultura do Mosteiro
 
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da históriaA verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
 
A formação do império feudal 7º anos
A formação do império feudal   7º anosA formação do império feudal   7º anos
A formação do império feudal 7º anos
 
Um a historia da maconaria
Um a historia da maconariaUm a historia da maconaria
Um a historia da maconaria
 
A idade media francisco
A idade media   franciscoA idade media   francisco
A idade media francisco
 
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
 
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
 
Idade
IdadeIdade
Idade
 
Aula 03 alta idade média
Aula 03   alta idade médiaAula 03   alta idade média
Aula 03 alta idade média
 
Crise do Papado
Crise do PapadoCrise do Papado
Crise do Papado
 
O período medieval europeu
O período medieval europeuO período medieval europeu
O período medieval europeu
 
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
Módulo 3   bizantinos e carolíngiosMódulo 3   bizantinos e carolíngios
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
 
Aula de historia
Aula de historiaAula de historia
Aula de historia
 
Romanos
RomanosRomanos
Romanos
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
História da Igreja II: Aula 6: Reformas Católicas
História da Igreja II: Aula 6: Reformas CatólicasHistória da Igreja II: Aula 6: Reformas Católicas
História da Igreja II: Aula 6: Reformas Católicas
 
3˚ano 6 a 8 a alta idade média
3˚ano 6 a 8 a alta idade média3˚ano 6 a 8 a alta idade média
3˚ano 6 a 8 a alta idade média
 
3˚ano 6 a 8 a alta idade média
3˚ano 6 a 8 a alta idade média3˚ano 6 a 8 a alta idade média
3˚ano 6 a 8 a alta idade média
 
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. MedeirosOs Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
 
O poder da igreja católica no mundo feudal
O poder da igreja católica no mundo feudalO poder da igreja católica no mundo feudal
O poder da igreja católica no mundo feudal
 

Mais de Marcos Mamute

Propaganda Nazista, Fascista
Propaganda Nazista, FascistaPropaganda Nazista, Fascista
Propaganda Nazista, Fascista
Marcos Mamute
 
Semana de Arte Moderna ( (História e Cultura)
Semana de Arte Moderna ( (História  e Cultura)Semana de Arte Moderna ( (História  e Cultura)
Semana de Arte Moderna ( (História e Cultura)
Marcos Mamute
 
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
Marcos Mamute
 
Escravos Negros nas Minas de Ouro
Escravos Negros nas Minas de Ouro Escravos Negros nas Minas de Ouro
Escravos Negros nas Minas de Ouro
Marcos Mamute
 
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
Marcos Mamute
 
Ditadura Venezuela
Ditadura VenezuelaDitadura Venezuela
Ditadura Venezuela
Marcos Mamute
 
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer VermelhoDitadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
Marcos Mamute
 
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
Marcos Mamute
 
O que esperar de um Governo Bolsonaro?
O que esperar de um Governo Bolsonaro?O que esperar de um Governo Bolsonaro?
O que esperar de um Governo Bolsonaro?
Marcos Mamute
 
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
Marcos Mamute
 
Positivismo no Brasil e no Mundo
Positivismo no Brasil e no MundoPositivismo no Brasil e no Mundo
Positivismo no Brasil e no Mundo
Marcos Mamute
 
Racismo no Brasil e no Mundo
Racismo no Brasil e no MundoRacismo no Brasil e no Mundo
Racismo no Brasil e no Mundo
Marcos Mamute
 
Xenofobia no Brasil e no Mundo
Xenofobia no Brasil e no MundoXenofobia no Brasil e no Mundo
Xenofobia no Brasil e no Mundo
Marcos Mamute
 
Mundo pós Guerra Fria até Trump
Mundo pós Guerra Fria até TrumpMundo pós Guerra Fria até Trump
Mundo pós Guerra Fria até Trump
Marcos Mamute
 
História do Apartheid
História do ApartheidHistória do Apartheid
História do Apartheid
Marcos Mamute
 
Índia de Gandhi até a Índia atual
Índia de Gandhi até a Índia atualÍndia de Gandhi até a Índia atual
Índia de Gandhi até a Índia atual
Marcos Mamute
 
Tigres Asiáticos
Tigres AsiáticosTigres Asiáticos
Tigres Asiáticos
Marcos Mamute
 
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
Marcos Mamute
 
A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
 A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes) A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
Marcos Mamute
 
Escola de Salamanca
Escola de Salamanca Escola de Salamanca
Escola de Salamanca
Marcos Mamute
 

Mais de Marcos Mamute (20)

Propaganda Nazista, Fascista
Propaganda Nazista, FascistaPropaganda Nazista, Fascista
Propaganda Nazista, Fascista
 
Semana de Arte Moderna ( (História e Cultura)
Semana de Arte Moderna ( (História  e Cultura)Semana de Arte Moderna ( (História  e Cultura)
Semana de Arte Moderna ( (História e Cultura)
 
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
A História do Barroco ( Barroco no Brasil)
 
Escravos Negros nas Minas de Ouro
Escravos Negros nas Minas de Ouro Escravos Negros nas Minas de Ouro
Escravos Negros nas Minas de Ouro
 
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
As Grandes Navegações (Descobrimento da América e do Brasil)
 
Ditadura Venezuela
Ditadura VenezuelaDitadura Venezuela
Ditadura Venezuela
 
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer VermelhoDitadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
Ditadura no Camboja e o Genocídio do Khmer Vermelho
 
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
Ditadura Somoza e conflitos na Nicarágua em 2018
 
O que esperar de um Governo Bolsonaro?
O que esperar de um Governo Bolsonaro?O que esperar de um Governo Bolsonaro?
O que esperar de um Governo Bolsonaro?
 
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
Governo Temer (Impeachment, Reformas, Lula Preso e vitória de Bolsonaro)
 
Positivismo no Brasil e no Mundo
Positivismo no Brasil e no MundoPositivismo no Brasil e no Mundo
Positivismo no Brasil e no Mundo
 
Racismo no Brasil e no Mundo
Racismo no Brasil e no MundoRacismo no Brasil e no Mundo
Racismo no Brasil e no Mundo
 
Xenofobia no Brasil e no Mundo
Xenofobia no Brasil e no MundoXenofobia no Brasil e no Mundo
Xenofobia no Brasil e no Mundo
 
Mundo pós Guerra Fria até Trump
Mundo pós Guerra Fria até TrumpMundo pós Guerra Fria até Trump
Mundo pós Guerra Fria até Trump
 
História do Apartheid
História do ApartheidHistória do Apartheid
História do Apartheid
 
Índia de Gandhi até a Índia atual
Índia de Gandhi até a Índia atualÍndia de Gandhi até a Índia atual
Índia de Gandhi até a Índia atual
 
Tigres Asiáticos
Tigres AsiáticosTigres Asiáticos
Tigres Asiáticos
 
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
Revolução Chinesa e China atual (Hong Kong, Macau, Taiwan e Tibete)
 
A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
 A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes) A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
A Greve dos Caminhoneiros (crise, transportes)
 
Escola de Salamanca
Escola de Salamanca Escola de Salamanca
Escola de Salamanca
 

Último

Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 

Último (20)

Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 

Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)

  • 2. Conflitos de Visões Visão Humanista e Iluminista: Idade Média como Idade das Trevas, com pouco conhecimento, atraso devido as pressões da Igreja Romantismo: os românticos achavam que foi na Idade Média que se formou a maioria das nações européias (idéia da cor local
  • 3. Começo Expansão do Cristianismo • Edito de Milão: feito por Constantino, permitia o cristianismo • Edito de Tessalonica: feito por Teodósio, tornava o cristianismo a religião oficial do Império Falência do Império Romano
  • 4. Alta Idade Média (476 -1000) e Baixa Idade Média (séc XI até o XV) • Igreja com o Poder Temporal (administrativa) e Espiritual Teocentrismo • Surgimento do Islamismo na Terra Santa
  • 5. Grande Cisma do Oriente (1054 d.c) Surgimento da Igreja Ortodoxa • Foi originada, quando o alto clero de Constantinopla, questionou a autoridada papal Monofisismo: Jesus como apenas, pertencente a Natureza Divina • Iconoclastas: criticavam o uso de imagens • Cesaroparismo: Igreja, sendo controlada pelo Estado
  • 6. CRUZADAS Muçulmanos, tentam tomar Constantinopla Bizantinos se rivalizam contra os Muçulmanos • Turcos seljucidas (sunitas), impedem a entrada de Cristãos em Jerusalém • Muitos Europeus marcharam pra Terra Santa em busca de terras e pagar pelos seus pecados, destacam se os Templários na proteção cristã • Muçulmanos, atravessam o Estreito de Gibraltar no ano de 711
  • 7. A Primeira Cruzada: Cristãos tomam Jerusalém (1095) • Transposição do Feudalismo pro Oriente Distribuição dos Feudos aos Cavaleiros • Segunda Cruzada (1144): Turcos querem recuperar Edessa, logo perdem, logo depois recuperam com Saladino, Cristãos tentam recuperar mas não conseguem Foi na Segunda Cruzada que os cristãos recuperam Lisboa
  • 8. Nas guerras de Reconquista na Península Iberica foram formados os Reinos de Aragão Castela, Navarra, Leão e também o Condado Portucalense Terceira Cruzada: Cristãos liderados pelo papa Gregório VIII e por Ricardo Coração de Leão, não conseguem, mas selam um acordo de Paz com Saladino permitindo a peregrinação cristã em Jerusalém Quarta Cruzada: Imperador Bizantino Isaac Angelo era deposto pelo seu irmão Aleixo III, o filho de Isaac que é Aleixo IV promete fortunas aos Cruzados se eles o ajudasse
  • 9. Venezianos invadem Zara (região da Croácia) importante ponto comercial, por isso Cruzada Comercial Papa Inocêncio III aprova a tomada de Constantinopla, pra reaproximar as Igrejas O mesmo papa adota uma cruzada contra os Cátaros em lanquedoc (sul da França) Cátaros: acreditavam na existência de um Deus do bem e outro do Mal Cruzada das Crianças: Crianças lutando na terra santa
  • 10. Houve mais cruzadas, mas os Cristãos nunca conseguiram dominar de fato Jerusalém Consequencias: contato europeu com a cultura Oriental e além disso mudanças comerciais foram feitas, através de novas rotas de comércio, criação de excedentes, essa mudança econômica fez posteriormente cair o poder dos Senhores Feudais
  • 11. Templários Expedições organizadas para proteger os cristãos Assumiram o papel de banqueiros Crescimento de poder incomodou Felipe IV (Felipe, O Belo) e sendo este devia pra Ordem Felipe O Belo ordenou o confisco de Propriedades, Papa Clemente V ordena a prisão
  • 12. Jacques de Molay amaldiçoa Felipe o Belo e o Papa, que morrem no mesmo ano de Jacques de Molay (1314)
  • 13. Reino dos Francos (Merovíngios) • Merovíngia: formada por Meroveu • Clóvis, se converteu ao cristianismo Após a morte de Clóvis, devido as disputas políticas o reino enfraquece e depois os Carolíngios assumem o poder
  • 14. Carolíngios Carlos Martel expulsando em 732 os Muçulmanos na Batalha de Poitiers Pepino, o Breve filho de Carlos luta contra os lombardos, deixa o Reino dividido Carlos Magno e Carlomano assumem o poder, mas o último morre Carlos Magno expande o reino franco, cristianizando povos
  • 16.
  • 17. Os Carolingios formaram o Sacro Império Romano Germânico, Igreja querendo reviver o Império Romano Ocidental Missi dominici, funcionários reais responsáveis pela administração do Reino em instâncias locais • Carlos Magno morre, assume seu filho Luís, o Piedoso Tratado de Verdun:divide os reinos francos de Luís
  • 18.
  • 19. Feudalismo Foi o sistema político, social e econômico da Idade Média • Surgimento dos Castelos, pra proteger a população. • Nobreza com alto poder • Suserania e Vassalagem, relação onde o vassalo prometia fidelidade ao suserano e vice versa
  • 20. Colonato: explorar território e entregar parte da produção pro dono dela (suserano) Vilões: servos mais próximos do senhor, tinham menos obrigações, não tinham simpatia de outros servos • Servos: trabalhavam nas terras pra ganhar algo em troca e pagavam certos impostos, que são: Corvéia: prestação de serviços gratuitos na terra do senhor • Talha: entrega da parte da produção do servo ao Senhor Banalidades por uso de maquinário do senhor
  • 21. Crise do Feudalismo Grande crescimento demográfico Novos métodos de drenagem, irrigação e a entrada de rotação de culturas Grandes chuvas entre 1315 e 1317 Peste Negra: aconteceu no século XIV era uma peste causada por um bacilo, tendo como vetores os ratos,acredita se que a Peste veio nos navios mercadores italianos
  • 23. A peste ficou endêmica até o século XVII Jacqueries como revoltas camponesas contra a nobreza, que reagiram violentamente na França
  • 24. Cultura Medieval Forte da presença da igreja Latim como língua oficial Patrística e a Escolástica Criação de universidades
  • 25. Arte Românica (Arquitetura) Muito parecida com a Arquitetura Românica, muito horizontal Apresentavam poucas janelas (abaixo Notre Dame)
  • 26. Arte Românica Técnicas de afresco, com fortes cores, preenchiam paredes dos templos religiosos Na Idade Média pouca gente sabia ler e escrever, por isso a importância das pinturas
  • 27.
  • 28. Arte Gótica Muito frequente na Baixa Idade Média Arte Gótica era muito financiada pelos burgueses e sendo no período desta arte marcando a ascensão das cidades Muito vertical, dando noção de poder da Igreja Na próxima página temos a Catedral de Milão
  • 29.
  • 30. INQUISIÇÃO Surgiu no século XIII pelo Papa Gregorio IX Era pra combater as Heresias Os autos de fé eram o processo de julgamento