SlideShare uma empresa Scribd logo
Instituto Federal de       3 – Existem dois ciclos      6 – As principais células
Educação , Ciência e       epidemiológicos da           infectadas no nosso
Tecnologia de              doença são eles:             organismo são:
Pernambuco – IFPE
                           a) Febre amarela urbana e    a) As adiposas;
Febre Amarela              Febre amarela tropical;
                                                        b) As hepáticas;
Grupo 9: Apresentação 3    b) Febre amarela silvestre
                           e Febre amarela rural;       c) Os osteócitos;
Ana caroline
                           c) Febre amarela silvestre   d) Os macrófagos;
Ially D’arc da Costa       e Febre amarela litorânea;   e) Os leucócitos.
Geydson Galindo            d) Febre amarela urbana e    7 – Qual é o mosquito
Nayala Anatália            Febre amarela cearense;      transmissor da Febre
                           e) Febre amarela urbana e    Amarela Urbana:
QUESTÕES:
                           Febre amarela silvestre.     a) Fêmea Aedes Aegypti
1 – Como é transmitida a                                infectada;
Febre Amarela:             4 – A febre amarela
                           silvestre no Brasil          b) Macho Aedes Aegypti
a) Pessoa a pessoa         apresenta uma ocorrência     infectado;
infectada;                 endêmica prioritariamente
                           na:                          c) Fêmea haemagogus
b) Picada do mosquito                                   infectada;
infectado;                 a) região sergipana;
                                                        d) Haemagogus e
c) Pela água infectada;    b) região do agreste         Sabethes infectados;
                           pernambucano;
d) Pelo ar infectado;                                   e) Macho sabethes
                           c) região alagoana;          infectado.
e) Por fezes de pessoas
infectadas.                d) região cearense;          8 – Qual o período de
                                                        incubação do paciente:
2 – quais são os           e) região Amazônica.
indivíduos mais                                         a) 1 dia após a picada do
acometidos por essa        5 – A febre amarela é
                           causada por um arbovírus     mosquito infectado;
doença:
                           da Família Flaviviridade,    b) 2 a 3 dias após a picada
a) Idosos, do sexo         é um Vírus RNA do
                                                        do mosquito infectado;
masculino;                 gênero Flavivirus,
                           denominado vírus:            c) 3 a 6 dias após a picada
b) Crianças, menores que                                do mosquito infectado;
5 anos;                    a) Amarílico;
                                                        d) 10 dias após a picada
c) Jovens, do sexo         b) Amerílico;                do mosquito infectado;
masculino;
                           c) Amarelão;                 e) 11 a 12 dias após a
d) Adultos, com mais de                                 picada do mosquito
40 anos;                   d) RNA amerílico;
                                                        infectado.
e) Jovens, do sexo         e) Haemagogus.
feminino.
9 – Quanto tempo a            a) PE                        Gabarito:
imunidade conferida pela
vacina contra febre           b) AM                           1) B
amarela persiste:                                             2) C
                              c) SP
                                                              3) E
a) 5 anos;                    d) RS                           4) E
b) 6 meses;                                                   5) A
                              e) RN
                                                              6) D
c) 12 anos;                   13 – Marque o efeito            7) A
d) 20 anos;                   adverso da vacina:              8) C
                                                              9) E
e) 10 anos.                   a) dor nos pés;
                                                              10) D
                              b) vermelhidão                  11) D
10 – Como são
caracterizados os aspectos                                    12) B
                              c) cefaléia                     13) C
clínicos da doença:
                              d) sudorese                     14) A
a) Insuficiência cardíaca;                                    15) A
                              e) cianose
b) Insuficiência cardíaca e
pulmonar;

c) Insuficiência hepática e   14 – A partir de quanto
pulmonar;                     tempo de vida é
                              necessário se vacinar
d) Insuficiência hepática e
                              contra febre amarela para
renal;                        poder viajar:
e) Insuficiência renal e      a) 9 meses
pulmonar.
                              b) 1 ano
11 – Após as
manifestações clínicas em     c) 2 anos
quanto tempo
provavelmente o paciente      d) 5 anos
pode evoluir o quadro
                              e) 10 anos
para óbito:
                              15 – Qual estado alguns
a) 5 dias;
                              de seus municípios podem
b) 6 dias;                    registrar casos da doença:

c) 12 dias;                   a) SP

d) 7 dias;                    b) AL

e) 10 dias.                   c) RN

12 – Quais dos estados        d) PE
abaixo é áreas de risco de
                              e) SE
transmissão:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Febre amarela e hanseníase - Epidemiologia
Febre amarela e hanseníase - EpidemiologiaFebre amarela e hanseníase - Epidemiologia
Febre amarela e hanseníase - Epidemiologia
Danilo Alves
 
Febre amarela e Rubéola
Febre amarela e RubéolaFebre amarela e Rubéola
Febre amarela e Rubéola
Natália Maciel
 
Febre Amarela
Febre AmarelaFebre Amarela
Febre Amarela
satielicunha
 
Febre Amarela - Saúde Coletiva II
Febre Amarela - Saúde Coletiva IIFebre Amarela - Saúde Coletiva II
Febre Amarela - Saúde Coletiva II
Enfº Ícaro Araújo
 
Febre Amarela
Febre AmarelaFebre Amarela
Febre Amarela
Raquel Hemanuelly
 
Covid19 e o risco em pequenos animais
Covid19 e o risco em pequenos animaisCovid19 e o risco em pequenos animais
Covid19 e o risco em pequenos animais
Marília Gomes
 
Semninário Febre Amarela
Semninário Febre AmarelaSemninário Febre Amarela
Semninário Febre Amarela
Nathy Oliveira
 
13 aulamedicinadenguechikzika
13 aulamedicinadenguechikzika13 aulamedicinadenguechikzika
13 aulamedicinadenguechikzika
Roberto de Paula Souza
 
13 aulamedicinadenguechikzika (1)
13 aulamedicinadenguechikzika (1)13 aulamedicinadenguechikzika (1)
13 aulamedicinadenguechikzika (1)
andrime tapajós tapajós
 
CiêNcias+[1]..
CiêNcias+[1]..CiêNcias+[1]..
CiêNcias+[1]..
guestb8d893a
 
Doenças de chagas
Doenças de chagasDoenças de chagas
Doenças de chagas
Bianca Borges
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
2bupvv
 
O vírus do momento e a relação com os animais
O vírus do momento e a relação com os animaisO vírus do momento e a relação com os animais
O vírus do momento e a relação com os animais
Marília Gomes
 
Aula DoençA De Chagas
 Aula DoençA De Chagas Aula DoençA De Chagas
Aula DoençA De Chagas
fnanda
 
Arbovírus e arboviruses prof. Clovis Gurski - Biólogo
Arbovírus e arboviruses   prof. Clovis Gurski - BiólogoArbovírus e arboviruses   prof. Clovis Gurski - Biólogo
Arbovírus e arboviruses prof. Clovis Gurski - Biólogo
Clovis Gurski
 
Doença de chagas
Doença de chagas Doença de chagas
Doença de chagas
certificado1
 
Perguntas Malária
Perguntas MaláriaPerguntas Malária
Perguntas Malária
Nathy Oliveira
 
Doenças de chagas marcio
Doenças de  chagas marcioDoenças de  chagas marcio
Doenças de chagas marcio
Claudia Ramos
 
Doenlas Infecciosas
Doenlas InfecciosasDoenlas Infecciosas
Doenlas Infecciosas
unesp
 
Arboviroses
ArbovirosesArboviroses
Arboviroses
Hugo Costa
 

Mais procurados (20)

Febre amarela e hanseníase - Epidemiologia
Febre amarela e hanseníase - EpidemiologiaFebre amarela e hanseníase - Epidemiologia
Febre amarela e hanseníase - Epidemiologia
 
Febre amarela e Rubéola
Febre amarela e RubéolaFebre amarela e Rubéola
Febre amarela e Rubéola
 
Febre Amarela
Febre AmarelaFebre Amarela
Febre Amarela
 
Febre Amarela - Saúde Coletiva II
Febre Amarela - Saúde Coletiva IIFebre Amarela - Saúde Coletiva II
Febre Amarela - Saúde Coletiva II
 
Febre Amarela
Febre AmarelaFebre Amarela
Febre Amarela
 
Covid19 e o risco em pequenos animais
Covid19 e o risco em pequenos animaisCovid19 e o risco em pequenos animais
Covid19 e o risco em pequenos animais
 
Semninário Febre Amarela
Semninário Febre AmarelaSemninário Febre Amarela
Semninário Febre Amarela
 
13 aulamedicinadenguechikzika
13 aulamedicinadenguechikzika13 aulamedicinadenguechikzika
13 aulamedicinadenguechikzika
 
13 aulamedicinadenguechikzika (1)
13 aulamedicinadenguechikzika (1)13 aulamedicinadenguechikzika (1)
13 aulamedicinadenguechikzika (1)
 
CiêNcias+[1]..
CiêNcias+[1]..CiêNcias+[1]..
CiêNcias+[1]..
 
Doenças de chagas
Doenças de chagasDoenças de chagas
Doenças de chagas
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
O vírus do momento e a relação com os animais
O vírus do momento e a relação com os animaisO vírus do momento e a relação com os animais
O vírus do momento e a relação com os animais
 
Aula DoençA De Chagas
 Aula DoençA De Chagas Aula DoençA De Chagas
Aula DoençA De Chagas
 
Arbovírus e arboviruses prof. Clovis Gurski - Biólogo
Arbovírus e arboviruses   prof. Clovis Gurski - BiólogoArbovírus e arboviruses   prof. Clovis Gurski - Biólogo
Arbovírus e arboviruses prof. Clovis Gurski - Biólogo
 
Doença de chagas
Doença de chagas Doença de chagas
Doença de chagas
 
Perguntas Malária
Perguntas MaláriaPerguntas Malária
Perguntas Malária
 
Doenças de chagas marcio
Doenças de  chagas marcioDoenças de  chagas marcio
Doenças de chagas marcio
 
Doenlas Infecciosas
Doenlas InfecciosasDoenlas Infecciosas
Doenlas Infecciosas
 
Arboviroses
ArbovirosesArboviroses
Arboviroses
 

Destaque

Febre amarela no Brasil
Febre amarela no BrasilFebre amarela no Brasil
Febre amarela no Brasil
Patrícia Oliver
 
Gabarito e caderno de prova
Gabarito e caderno de provaGabarito e caderno de prova
Gabarito e caderno de prova
TecnologiaPMC
 
Fisio urinario-zago
Fisio urinario-zagoFisio urinario-zago
Fisio urinario-zago
Nathy Oliveira
 
DENGUE x MATEMATICA - Interdisciplinarizando as atividades
DENGUE x MATEMATICA - Interdisciplinarizando as atividadesDENGUE x MATEMATICA - Interdisciplinarizando as atividades
DENGUE x MATEMATICA - Interdisciplinarizando as atividades
Walter Cordova
 
Questões sobre AIDS na Infância
Questões sobre AIDS na InfânciaQuestões sobre AIDS na Infância
Questões sobre AIDS na Infância
Professor Robson
 
Coletânea de provas Agente de Endemias
Coletânea de provas Agente de EndemiasColetânea de provas Agente de Endemias
Coletânea de provas Agente de Endemias
contatoprovas
 
Carlos henrique
Carlos henriqueCarlos henrique
Carlos henrique
Nathy Oliveira
 
Novo resumo
Novo resumoNovo resumo
Novo resumo
Nathy Oliveira
 
Iallycosta
IallycostaIallycosta
Iallycosta
Nathy Oliveira
 
Antinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressoresAntinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressores
Nathy Oliveira
 
Hanseníase resumo
Hanseníase resumoHanseníase resumo
Hanseníase resumo
Nathy Oliveira
 
Resumo e Perguntas sobre Patogenia das Doenças Infecciosas
Resumo e Perguntas sobre Patogenia das Doenças InfecciosasResumo e Perguntas sobre Patogenia das Doenças Infecciosas
Resumo e Perguntas sobre Patogenia das Doenças Infecciosas
Nathy Oliveira
 
Questionário Hospedeiro e Parasita
Questionário Hospedeiro e ParasitaQuestionário Hospedeiro e Parasita
Questionário Hospedeiro e Parasita
Nathy Oliveira
 
Hepatites questoes
Hepatites questoesHepatites questoes
Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014
Ismael Costa
 
Questionário substâncias antinflamatórias e imunossupressoras
Questionário substâncias antinflamatórias e imunossupressorasQuestionário substâncias antinflamatórias e imunossupressoras
Questionário substâncias antinflamatórias e imunossupressoras
Nathy Oliveira
 
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasil
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasilPreparacao resposta virus_chikungunya_brasil
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasil
Ismael Costa
 
Manual hipertensão 2013
Manual hipertensão 2013Manual hipertensão 2013
Manual hipertensão 2013
Ismael Costa
 
Fisiologia renal
Fisiologia renalFisiologia renal
Fisiologia renal
Nathy Oliveira
 
Questionário Dengue
Questionário DengueQuestionário Dengue
Questionário Dengue
Nathy Oliveira
 

Destaque (20)

Febre amarela no Brasil
Febre amarela no BrasilFebre amarela no Brasil
Febre amarela no Brasil
 
Gabarito e caderno de prova
Gabarito e caderno de provaGabarito e caderno de prova
Gabarito e caderno de prova
 
Fisio urinario-zago
Fisio urinario-zagoFisio urinario-zago
Fisio urinario-zago
 
DENGUE x MATEMATICA - Interdisciplinarizando as atividades
DENGUE x MATEMATICA - Interdisciplinarizando as atividadesDENGUE x MATEMATICA - Interdisciplinarizando as atividades
DENGUE x MATEMATICA - Interdisciplinarizando as atividades
 
Questões sobre AIDS na Infância
Questões sobre AIDS na InfânciaQuestões sobre AIDS na Infância
Questões sobre AIDS na Infância
 
Coletânea de provas Agente de Endemias
Coletânea de provas Agente de EndemiasColetânea de provas Agente de Endemias
Coletânea de provas Agente de Endemias
 
Carlos henrique
Carlos henriqueCarlos henrique
Carlos henrique
 
Novo resumo
Novo resumoNovo resumo
Novo resumo
 
Iallycosta
IallycostaIallycosta
Iallycosta
 
Antinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressoresAntinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressores
 
Hanseníase resumo
Hanseníase resumoHanseníase resumo
Hanseníase resumo
 
Resumo e Perguntas sobre Patogenia das Doenças Infecciosas
Resumo e Perguntas sobre Patogenia das Doenças InfecciosasResumo e Perguntas sobre Patogenia das Doenças Infecciosas
Resumo e Perguntas sobre Patogenia das Doenças Infecciosas
 
Questionário Hospedeiro e Parasita
Questionário Hospedeiro e ParasitaQuestionário Hospedeiro e Parasita
Questionário Hospedeiro e Parasita
 
Hepatites questoes
Hepatites questoesHepatites questoes
Hepatites questoes
 
Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014
 
Questionário substâncias antinflamatórias e imunossupressoras
Questionário substâncias antinflamatórias e imunossupressorasQuestionário substâncias antinflamatórias e imunossupressoras
Questionário substâncias antinflamatórias e imunossupressoras
 
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasil
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasilPreparacao resposta virus_chikungunya_brasil
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasil
 
Manual hipertensão 2013
Manual hipertensão 2013Manual hipertensão 2013
Manual hipertensão 2013
 
Fisiologia renal
Fisiologia renalFisiologia renal
Fisiologia renal
 
Questionário Dengue
Questionário DengueQuestionário Dengue
Questionário Dengue
 

Semelhante a Questionário Febre Amarela

Questionário da Dengue
Questionário da DengueQuestionário da Dengue
Questionário da Dengue
Mylla Marques
 
Questões objetivas ciências 7º ano - reinos monera, fungi e protistas
Questões objetivas   ciências 7º ano - reinos monera, fungi e protistasQuestões objetivas   ciências 7º ano - reinos monera, fungi e protistas
Questões objetivas ciências 7º ano - reinos monera, fungi e protistas
James Martins
 
Patogenia das doenças infecciosas questionário
Patogenia das doenças infecciosas   questionárioPatogenia das doenças infecciosas   questionário
Patogenia das doenças infecciosas questionário
Iasmyn Florencio
 
questoes-sobre-protozoarios
questoes-sobre-protozoariosquestoes-sobre-protozoarios
questoes-sobre-protozoarios
Biologia Do Garra
 
Questões doenças exantemáticas professor robson
Questões doenças exantemáticas   professor robsonQuestões doenças exantemáticas   professor robson
Questões doenças exantemáticas professor robson
Professor Robson
 
Questões infecções do sistema nervoso central
Questões infecções do sistema nervoso centralQuestões infecções do sistema nervoso central
Questões infecções do sistema nervoso central
Professor Robson
 
Questões diagnóstico diferencial das adenomegalias
Questões diagnóstico diferencial das adenomegaliasQuestões diagnóstico diferencial das adenomegalias
Questões diagnóstico diferencial das adenomegalias
Professor Robson
 
Questões Coqueluche professor robson
Questões Coqueluche   professor robsonQuestões Coqueluche   professor robson
Questões Coqueluche professor robson
Professor Robson
 
exercícios_vírus_Carlos
exercícios_vírus_Carlosexercícios_vírus_Carlos
exercícios_vírus_Carlos
ADÃO Graciano
 
Questionário Tuberculose
Questionário TuberculoseQuestionário Tuberculose
Questionário Tuberculose
Inês Santos
 
T.d vírus
T.d vírusT.d vírus
Aula sobre arboviroses curso de nutrição 2018
Aula sobre arboviroses curso de nutrição 2018Aula sobre arboviroses curso de nutrição 2018
Aula sobre arboviroses curso de nutrição 2018
AdrielyFonteles
 
ativida educativa e elucidadetiva sobre a dengue.pdf
ativida educativa e elucidadetiva sobre a dengue.pdfativida educativa e elucidadetiva sobre a dengue.pdf
ativida educativa e elucidadetiva sobre a dengue.pdf
Diego268048
 
Bio específica lista 7.pdf
Bio específica lista 7.pdfBio específica lista 7.pdf
Bio específica lista 7.pdf
José Ricardo Pereira
 
Lista de exercícios 1 PreVestibular ENEM
Lista de exercícios 1 PreVestibular ENEM Lista de exercícios 1 PreVestibular ENEM
Lista de exercícios 1 PreVestibular ENEM
Carlos Priante
 

Semelhante a Questionário Febre Amarela (15)

Questionário da Dengue
Questionário da DengueQuestionário da Dengue
Questionário da Dengue
 
Questões objetivas ciências 7º ano - reinos monera, fungi e protistas
Questões objetivas   ciências 7º ano - reinos monera, fungi e protistasQuestões objetivas   ciências 7º ano - reinos monera, fungi e protistas
Questões objetivas ciências 7º ano - reinos monera, fungi e protistas
 
Patogenia das doenças infecciosas questionário
Patogenia das doenças infecciosas   questionárioPatogenia das doenças infecciosas   questionário
Patogenia das doenças infecciosas questionário
 
questoes-sobre-protozoarios
questoes-sobre-protozoariosquestoes-sobre-protozoarios
questoes-sobre-protozoarios
 
Questões doenças exantemáticas professor robson
Questões doenças exantemáticas   professor robsonQuestões doenças exantemáticas   professor robson
Questões doenças exantemáticas professor robson
 
Questões infecções do sistema nervoso central
Questões infecções do sistema nervoso centralQuestões infecções do sistema nervoso central
Questões infecções do sistema nervoso central
 
Questões diagnóstico diferencial das adenomegalias
Questões diagnóstico diferencial das adenomegaliasQuestões diagnóstico diferencial das adenomegalias
Questões diagnóstico diferencial das adenomegalias
 
Questões Coqueluche professor robson
Questões Coqueluche   professor robsonQuestões Coqueluche   professor robson
Questões Coqueluche professor robson
 
exercícios_vírus_Carlos
exercícios_vírus_Carlosexercícios_vírus_Carlos
exercícios_vírus_Carlos
 
Questionário Tuberculose
Questionário TuberculoseQuestionário Tuberculose
Questionário Tuberculose
 
T.d vírus
T.d vírusT.d vírus
T.d vírus
 
Aula sobre arboviroses curso de nutrição 2018
Aula sobre arboviroses curso de nutrição 2018Aula sobre arboviroses curso de nutrição 2018
Aula sobre arboviroses curso de nutrição 2018
 
ativida educativa e elucidadetiva sobre a dengue.pdf
ativida educativa e elucidadetiva sobre a dengue.pdfativida educativa e elucidadetiva sobre a dengue.pdf
ativida educativa e elucidadetiva sobre a dengue.pdf
 
Bio específica lista 7.pdf
Bio específica lista 7.pdfBio específica lista 7.pdf
Bio específica lista 7.pdf
 
Lista de exercícios 1 PreVestibular ENEM
Lista de exercícios 1 PreVestibular ENEM Lista de exercícios 1 PreVestibular ENEM
Lista de exercícios 1 PreVestibular ENEM
 

Mais de Nathy Oliveira

Fisiologia humana v sistema excretor modo de compatibilidade
Fisiologia humana v  sistema excretor modo de compatibilidadeFisiologia humana v  sistema excretor modo de compatibilidade
Fisiologia humana v sistema excretor modo de compatibilidade
Nathy Oliveira
 
Antinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressoresAntinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressores
Nathy Oliveira
 
Antinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressoresAntinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressores
Nathy Oliveira
 
Leo Cristóvão na IEBP
Leo Cristóvão na IEBPLeo Cristóvão na IEBP
Leo Cristóvão na IEBP
Nathy Oliveira
 
Cópia de apresentação1
Cópia de apresentação1Cópia de apresentação1
Cópia de apresentação1
Nathy Oliveira
 
Resumo Hospedeiro e Parasita
Resumo Hospedeiro e ParasitaResumo Hospedeiro e Parasita
Resumo Hospedeiro e Parasita
Nathy Oliveira
 
Seminário Hospedeiro e Parasita
Seminário Hospedeiro e ParasitaSeminário Hospedeiro e Parasita
Seminário Hospedeiro e Parasita
Nathy Oliveira
 
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
Nathy Oliveira
 
Seminario saneamento básico Lei 11.445/2007
Seminario saneamento básico Lei 11.445/2007Seminario saneamento básico Lei 11.445/2007
Seminario saneamento básico Lei 11.445/2007
Nathy Oliveira
 
Questionário
QuestionárioQuestionário
Questionário
Nathy Oliveira
 
Hanseníase Questionário
Hanseníase QuestionárioHanseníase Questionário
Hanseníase Questionário
Nathy Oliveira
 
Leptospirose
LeptospiroseLeptospirose
Leptospirose
Nathy Oliveira
 
Curso de bacharelado em enfermagem
Curso de bacharelado em enfermagemCurso de bacharelado em enfermagem
Curso de bacharelado em enfermagem
Nathy Oliveira
 
Leptospirose
LeptospiroseLeptospirose
Leptospirose
Nathy Oliveira
 
Questões de animais peçonhentos
Questões de animais peçonhentosQuestões de animais peçonhentos
Questões de animais peçonhentos
Nathy Oliveira
 
Resumo de animais peçonhentos
Resumo de animais peçonhentosResumo de animais peçonhentos
Resumo de animais peçonhentos
Nathy Oliveira
 
Acidentes por animais peçonhentos
Acidentes por animais peçonhentosAcidentes por animais peçonhentos
Acidentes por animais peçonhentos
Nathy Oliveira
 

Mais de Nathy Oliveira (18)

Fisiologia humana v sistema excretor modo de compatibilidade
Fisiologia humana v  sistema excretor modo de compatibilidadeFisiologia humana v  sistema excretor modo de compatibilidade
Fisiologia humana v sistema excretor modo de compatibilidade
 
Antinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressoresAntinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressores
 
Antinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressoresAntinflamatórios e imunossupressores
Antinflamatórios e imunossupressores
 
Leo Cristóvão na IEBP
Leo Cristóvão na IEBPLeo Cristóvão na IEBP
Leo Cristóvão na IEBP
 
Cópia de apresentação1
Cópia de apresentação1Cópia de apresentação1
Cópia de apresentação1
 
Resumo Hospedeiro e Parasita
Resumo Hospedeiro e ParasitaResumo Hospedeiro e Parasita
Resumo Hospedeiro e Parasita
 
Seminário Hospedeiro e Parasita
Seminário Hospedeiro e ParasitaSeminário Hospedeiro e Parasita
Seminário Hospedeiro e Parasita
 
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
PATOGENIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS
 
Parte slide
Parte slideParte slide
Parte slide
 
Seminario saneamento básico Lei 11.445/2007
Seminario saneamento básico Lei 11.445/2007Seminario saneamento básico Lei 11.445/2007
Seminario saneamento básico Lei 11.445/2007
 
Questionário
QuestionárioQuestionário
Questionário
 
Hanseníase Questionário
Hanseníase QuestionárioHanseníase Questionário
Hanseníase Questionário
 
Leptospirose
LeptospiroseLeptospirose
Leptospirose
 
Curso de bacharelado em enfermagem
Curso de bacharelado em enfermagemCurso de bacharelado em enfermagem
Curso de bacharelado em enfermagem
 
Leptospirose
LeptospiroseLeptospirose
Leptospirose
 
Questões de animais peçonhentos
Questões de animais peçonhentosQuestões de animais peçonhentos
Questões de animais peçonhentos
 
Resumo de animais peçonhentos
Resumo de animais peçonhentosResumo de animais peçonhentos
Resumo de animais peçonhentos
 
Acidentes por animais peçonhentos
Acidentes por animais peçonhentosAcidentes por animais peçonhentos
Acidentes por animais peçonhentos
 

Questionário Febre Amarela

  • 1. Instituto Federal de 3 – Existem dois ciclos 6 – As principais células Educação , Ciência e epidemiológicos da infectadas no nosso Tecnologia de doença são eles: organismo são: Pernambuco – IFPE a) Febre amarela urbana e a) As adiposas; Febre Amarela Febre amarela tropical; b) As hepáticas; Grupo 9: Apresentação 3 b) Febre amarela silvestre e Febre amarela rural; c) Os osteócitos; Ana caroline c) Febre amarela silvestre d) Os macrófagos; Ially D’arc da Costa e Febre amarela litorânea; e) Os leucócitos. Geydson Galindo d) Febre amarela urbana e 7 – Qual é o mosquito Nayala Anatália Febre amarela cearense; transmissor da Febre e) Febre amarela urbana e Amarela Urbana: QUESTÕES: Febre amarela silvestre. a) Fêmea Aedes Aegypti 1 – Como é transmitida a infectada; Febre Amarela: 4 – A febre amarela silvestre no Brasil b) Macho Aedes Aegypti a) Pessoa a pessoa apresenta uma ocorrência infectado; infectada; endêmica prioritariamente na: c) Fêmea haemagogus b) Picada do mosquito infectada; infectado; a) região sergipana; d) Haemagogus e c) Pela água infectada; b) região do agreste Sabethes infectados; pernambucano; d) Pelo ar infectado; e) Macho sabethes c) região alagoana; infectado. e) Por fezes de pessoas infectadas. d) região cearense; 8 – Qual o período de incubação do paciente: 2 – quais são os e) região Amazônica. indivíduos mais a) 1 dia após a picada do acometidos por essa 5 – A febre amarela é causada por um arbovírus mosquito infectado; doença: da Família Flaviviridade, b) 2 a 3 dias após a picada a) Idosos, do sexo é um Vírus RNA do do mosquito infectado; masculino; gênero Flavivirus, denominado vírus: c) 3 a 6 dias após a picada b) Crianças, menores que do mosquito infectado; 5 anos; a) Amarílico; d) 10 dias após a picada c) Jovens, do sexo b) Amerílico; do mosquito infectado; masculino; c) Amarelão; e) 11 a 12 dias após a d) Adultos, com mais de picada do mosquito 40 anos; d) RNA amerílico; infectado. e) Jovens, do sexo e) Haemagogus. feminino.
  • 2. 9 – Quanto tempo a a) PE Gabarito: imunidade conferida pela vacina contra febre b) AM 1) B amarela persiste: 2) C c) SP 3) E a) 5 anos; d) RS 4) E b) 6 meses; 5) A e) RN 6) D c) 12 anos; 13 – Marque o efeito 7) A d) 20 anos; adverso da vacina: 8) C 9) E e) 10 anos. a) dor nos pés; 10) D b) vermelhidão 11) D 10 – Como são caracterizados os aspectos 12) B c) cefaléia 13) C clínicos da doença: d) sudorese 14) A a) Insuficiência cardíaca; 15) A e) cianose b) Insuficiência cardíaca e pulmonar; c) Insuficiência hepática e 14 – A partir de quanto pulmonar; tempo de vida é necessário se vacinar d) Insuficiência hepática e contra febre amarela para renal; poder viajar: e) Insuficiência renal e a) 9 meses pulmonar. b) 1 ano 11 – Após as manifestações clínicas em c) 2 anos quanto tempo provavelmente o paciente d) 5 anos pode evoluir o quadro e) 10 anos para óbito: 15 – Qual estado alguns a) 5 dias; de seus municípios podem b) 6 dias; registrar casos da doença: c) 12 dias; a) SP d) 7 dias; b) AL e) 10 dias. c) RN 12 – Quais dos estados d) PE abaixo é áreas de risco de e) SE transmissão: