SlideShare uma empresa Scribd logo
Histórias
dos
deuses
Júpiter
Júpiter/ Zeus
Deus do céu e senhor dos deuses, Júpiter fazia com que reinasse na
terra a ordem e a justiça.
Considerava-se o rei dos deuses e dos homens e o seu símbolo era
o raio, que podia lançar contra os seus inimigos.
Reidosdeuses
Júpiter
Júpiter/ Zeus
Júpiter teve uma infância difícil, pois o seu pai, Saturno, tinha
tanto medo de ser destronado por um filho que quando algum
nascia devorava-o.
Mas Júpiter teve muita sorte porque a sua mãe enganou
Saturno(Cronos) e deu-lhe uma pedra envolta em fraldas
dizendo que era o seu filho.
Reidosdeuses
Júpiter
Júpiter/ Zeus
Saturno comeu a pedra sem se aperceber e Rea conseguiu
deixar o menino ao cuidado de umas ninfas.
Quando Júpiter cresceu, lutou contra o pai numa terrível
batalha da qual saiu vencedor e assim pôde libertar os outros
irmãos.
Reidosdeuses
Juno
Juno/ Hera
Juno, irmã e esposa de Júpiter, era rainha dos deuses e dos
homens, protetora da família e das mulheres casadas.
Juno foi sempre uma esposa exemplar e fiel ao seu marido
(embora não possamos dizer que ele fizesse o mesmo). Ela ficava
muito zangada com as constantes traições de Júpiter.
EsposadeJúpiter
Neptuno
Neptuno/ Poseidon
Neptuno era irmão de Júpiter, o que governava com o seu tridente
as águas do mar e costumava percorrer os seus domínios num carro
faustoso rodeado de golfinhos que davam saltos para agradar ao
deus.
Deusdosmares
Neptuno
Neptuno/ Poseidon
Apesar da beleza que o rodeava, Neptuno não era um deus
muito belo: tinha umas barbas e uns cabelos que o faziam parecer
mais velho e a sua pele fazia lembrar a dos peixes pela cor e pela
viscosidade.
Neptuno teve sempre filhos estranhos como o ciclope com um só
olho chamado Polifemo ou o famoso cavalo com asas chamado
Pégaso.
Deusdosmares
Minerva
Minerva/ Atena
Minerva era filha de Júpiter. Era a deusa mais benéfica para os
homens, pois inventou a escrita, a pintura e a arte do bordado, para
além de intervir nas guerras sempre com a justiça e prudência.
Embora fosse uma deusa guerreira, no seu coração puro não
havia lugar nem para a raiva nem para o ódio. Pelo contrário,
Minerva era uma deusa sábia, justa e muito inteligente.
Deusadasabedoria
Marte
Marte/ Ares
Marte era filho de Júpiter e Juno. A este deus foi atribuída a
utilização das armas, o que nesse tempo foi uma revolução para o
exército.
Marte nunca gozou, de simpatias nem entre os deuses nem entre
os homens porque era o deus da guerra e tinha prazer com o sangue
e com a destruição.
Deusdaguerra
Vulcano
Vulcano/ Hefesto
Vulcano era filho de Júpiter e de Juno, mas ao nascer aperceberam-
se de que ele tinha uma deformidade nas pernas, muito débeis e
torcidas.
Zangados, os pais atiraram-no para fora do Olimpo e Vulcano caiu
na ilha de Lemnos, onde cresceu.
Deusdofogoedaforja
Vulcano
Vulcano/ Hefesto
É verdade que as suas pernas eram frágeis e feias, mas os seus
braços eram muito fortes porque este deus passava os dias a trabalhar
numa forja, onde, ajudado pelo fogo, dobrava o ferro ou qualquer
outro metal e o transformava numa obra de arte.
Deusdofogoedaforja
Vénus
Vénus/ Afrodite
Vénus era a deusa mais bela, protetora dos apaixonados e
responsável por muitas infidelidades, pois do que ela mais gostava era
de fazer cair nas redes do amor os deuses e os homens.
Vénus era esposa de Vulcano, o deus coxo do fogo, mas admirava a
valentia e a musculatura de Marte, o cruel deus da guerra. Amava-o
tanto que às escondidas e em segredo namorava com ele.
eusadabelezaedoamor
Vénus
Vénus/ Afrodite
O esposo de Vénus , Vulcano, era muito inteligente e descobriu
os namorados. Assim, teceu uma rede mágica que caiu sobre o
casal deixando-os presos. Todos os deuses do Olimpo se
aproximaram para se rirem deles, que tiveram de suportar a pior
das vergonhas como castigo.
eusadabelezaedoamor
Apolo
Apolo/Febo
Apolo era o deus mais luminoso, o que personificava a luz do sol.
Era um jovem atlético e formoso, para além de ter grande capacidade
artística, pois tocava lira e era também um grande poeta.
Contudo, os seus encantos não fizeram apaixonar a ninfa Dafne,
que fugia desesperada do deus enquanto este a perseguia, louco de
amor.
Deusdosoledasartes
Apolo
Apolo/Febo
Um dia, quando Apolo estava quase a alcançá-la, Dafne pediu
ajuda aos deuses. Com pena, os deuses transformaram-na num
loureiro e Apolo, desconsolado, arrancou algumas folhas da que tinha
sido a sua amada e com elas fez uma coroa.
Os romanos, passaram então a por essa coroa de loureiro na
cabeça dos seus imperadores para lhes dar tanto brilho como o deus
solar.
Deusdosoledasartes
Diana
Diana/ Ártemis
Diana era a deusa da lua e da caça, muito poderosa e forte. Ao
contrário de seu irmão Apolo, deus solar, Diana preferia a luz suave
da lua e a solidão dos bosques.
Desde muito jovem esta deusa decidiu proteger as criaturas do
bosque e os caçadores percorrendo os caminhos armada com um
arco e flechas.
Deusadacaça
Mercúrio
Mercúrio/ Hermes
Por ser tão rápido, Júpiter nomeou-o mensageiro dos deuses e
ofereceu-lhe umas sandálias com asas para fazer com rapidez todas as
coisas de que se encarregava.
Desde muito pequeno demonstrou ter um caráter brincalhão,
travesso e ardiloso, roubando a espada a Marte, o tridente a Neptuno
e o ceptro ao próprio Júpiter... Era o verdadeiro deus dos ladrões.
Mensageirodosdeuses
Mercúrio
Mercúrio/ Hermes
Mercúrio tinha tantas capacidades que passou também a ser o deus
dos atletas, o deus dos oradores e o do comércio, pois inventou as
medidas e os pesos.
Mensageirodosdeuses
Ceres
Ceres/Deméter
Ceres é sempre representada com uma coroa de espigas e com uma
papoila na mão, pois é a protetora das colheitas de cereais e ensinou aos
homens a cultura do trigo.
Ceres só tinha uma filha, chamada Perséfone, por quem tinha um
grande carinho, mas um dia, Hades, o rei dos infernos, viu a rapariga e
ficou de tal modo apaixonado por ela que abriu a terra e levou-a consigo.
Deusadaagricultura
Ceres
Ceres/Deméter
Ceres, desesperada procurou a sua filha durante muitos dias e
noites e quando descobriu onde ela estava, desceu aos infernos
descuidando os seus deveres de deusa, e por isso, a terra ficou seca
e estéril, sem flores nem frutos.
Deusadaagricultura
Ceres
Ceres/Deméter
Júpiter viu que os homens precisavam de colheitas e pediu a Hades
que devolvesse a filha de Ceres. A partir desse momento, a rapariga
passa oito meses do ano com a mãe e a terra floresce com a sua alegria,
mas tem de estar quatro meses com Hades, seu marido, e nessa altura a
terra fica deserta e sem vida, momento a que os mortais chamam
inverno.
Deusadaagricultura
Vesta
Vesta/ Héstia
O caracter desta deusa, defensora do fogo do lar, era muito
tranquilo e o seu mundo estava entre as quatro paredes das casas,
protegendo os seus habitantes e fazendo com que reinasse a
harmonia no lar.
Vesta é a personificação da Mãe Terra, que, com o seu calor,
mantém a vida e dá origem aos frutos.
Deusadolar
Baco
Baco/ Dioniso
Júpiter apaixonou-se por outra mulher e desta relação nasceu um
filho. Este pequeno deus era Baco e foi criado pelos faunos.
O deus Baco era alegre e boémio, deus da vegetação, da videira e
do vinho, e gostava de dançar e das festas.
Deusdovinho
Plutão
Plutão/ Hades
Plutão era o irmão mais novo de Júpiter , por isso, quando o
mundo foi dividido, calhou-lhe a parte mais escura e triste: o mundo
subterrâneo dos infernos, lugar escuro e funesto habitado por
sombras.
Este deus tinha um carácter cruel e feroz, e tinha como vigilante
das portas do inferno um cão de três cabeças e cauda de dragão
chamado Cérbero, que impedia os vivos de entrar e não deixava sair
os mortos.
Deusdosinfernos
CUPIDO
Cupido/ Eros
Cupido era filho de Vénus e era visto como um jovem
apaixonado.
Cupido andava armado com um arco e algumas flechas mágicas
de ouro e todo aquele que fosse ferido por elas ficava
profundamente apaixonado, mas também possuía flechas de
chumbo, que eram portadoras do ódio.
DEUSdoamor
CUPIDO
Cupido/ Eros
Cúpido entretinha-se a disparar as suas flechas contra os deuses ou
contra os mortais, fazendo-os sofrer do mal de amores em muitas
ocasiões embora também simbolizasse o amor verdadeiro e a
felicidade.
DEUSdoamor

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Deuses OlíMpicos[1]Ana Claudia
Deuses OlíMpicos[1]Ana ClaudiaDeuses OlíMpicos[1]Ana Claudia
Deuses OlíMpicos[1]Ana Claudia
guestbb49639
 
Mitologia grega 1ª série
Mitologia grega   1ª sérieMitologia grega   1ª série
Mitologia grega 1ª série
Elainyy23
 
A mitologia n'os lusíadas
A mitologia n'os lusíadasA mitologia n'os lusíadas
A mitologia n'os lusíadas
becresforte
 
Ulisses
UlissesUlisses
Mitologia Grega
Mitologia GregaMitologia Grega
Mitologia Grega
ariirodriguees
 
Deuses gregos
Deuses gregosDeuses gregos
Deuses gregos
Raffa Adassa
 
Mitologia greco romana
Mitologia greco   romanaMitologia greco   romana
Mitologia greco romana
Vanessa Anzolin
 
Ares era o deus grego das guerras
Ares era o deus grego das guerrasAres era o deus grego das guerras
Ares era o deus grego das guerras
Paulo Paiva
 
Mitologia
MitologiaMitologia
Mitologia
MGQ
 
Ares - Carlos Teixeira Turma 8º4
Ares - Carlos Teixeira  Turma 8º4Ares - Carlos Teixeira  Turma 8º4
Ares - Carlos Teixeira Turma 8º4
Carlos Teixeira
 
Eder mitologia grega
Eder mitologia gregaEder mitologia grega
Eder mitologia grega
Éder Oliveira
 
Hefesto, Apolo e Ares
Hefesto, Apolo e AresHefesto, Apolo e Ares
Hefesto, Apolo e Ares
Casa
 
Deuses Gregos
Deuses Gregos Deuses Gregos
Deuses Gregos
Mariinazorzi
 
Teogonia - Orígem dos deuses
Teogonia - Orígem dos deusesTeogonia - Orígem dos deuses
Teogonia - Orígem dos deuses
Mário Júnior Silva
 
Deuses e heróis na Grécia
Deuses e heróis na GréciaDeuses e heróis na Grécia
Deuses e heróis na Grécia
Profª Bruna Morrana
 
Deuses
DeusesDeuses
Deuses
vaniasousajf
 
12 deuses do olimpo na mitologia grega
12 deuses do olimpo na mitologia grega12 deuses do olimpo na mitologia grega
12 deuses do olimpo na mitologia grega
João Medeiros
 
Mitologia Grega
Mitologia GregaMitologia Grega
Mitologia Grega
Sílvia Mendonça
 
Mitologia grega
Mitologia gregaMitologia grega
Mitologia grega
Gleicy Haner
 

Mais procurados (19)

Deuses OlíMpicos[1]Ana Claudia
Deuses OlíMpicos[1]Ana ClaudiaDeuses OlíMpicos[1]Ana Claudia
Deuses OlíMpicos[1]Ana Claudia
 
Mitologia grega 1ª série
Mitologia grega   1ª sérieMitologia grega   1ª série
Mitologia grega 1ª série
 
A mitologia n'os lusíadas
A mitologia n'os lusíadasA mitologia n'os lusíadas
A mitologia n'os lusíadas
 
Ulisses
UlissesUlisses
Ulisses
 
Mitologia Grega
Mitologia GregaMitologia Grega
Mitologia Grega
 
Deuses gregos
Deuses gregosDeuses gregos
Deuses gregos
 
Mitologia greco romana
Mitologia greco   romanaMitologia greco   romana
Mitologia greco romana
 
Ares era o deus grego das guerras
Ares era o deus grego das guerrasAres era o deus grego das guerras
Ares era o deus grego das guerras
 
Mitologia
MitologiaMitologia
Mitologia
 
Ares - Carlos Teixeira Turma 8º4
Ares - Carlos Teixeira  Turma 8º4Ares - Carlos Teixeira  Turma 8º4
Ares - Carlos Teixeira Turma 8º4
 
Eder mitologia grega
Eder mitologia gregaEder mitologia grega
Eder mitologia grega
 
Hefesto, Apolo e Ares
Hefesto, Apolo e AresHefesto, Apolo e Ares
Hefesto, Apolo e Ares
 
Deuses Gregos
Deuses Gregos Deuses Gregos
Deuses Gregos
 
Teogonia - Orígem dos deuses
Teogonia - Orígem dos deusesTeogonia - Orígem dos deuses
Teogonia - Orígem dos deuses
 
Deuses e heróis na Grécia
Deuses e heróis na GréciaDeuses e heróis na Grécia
Deuses e heróis na Grécia
 
Deuses
DeusesDeuses
Deuses
 
12 deuses do olimpo na mitologia grega
12 deuses do olimpo na mitologia grega12 deuses do olimpo na mitologia grega
12 deuses do olimpo na mitologia grega
 
Mitologia Grega
Mitologia GregaMitologia Grega
Mitologia Grega
 
Mitologia grega
Mitologia gregaMitologia grega
Mitologia grega
 

Destaque

Regresso à escola Pré-Escolar e 1º ciclo
Regresso à escola Pré-Escolar e 1º cicloRegresso à escola Pré-Escolar e 1º ciclo
Regresso à escola Pré-Escolar e 1º ciclo
Rosa Gomes
 
Projecto a ler+ 2011 final
Projecto a ler+ 2011 finalProjecto a ler+ 2011 final
Projecto a ler+ 2011 final
reginacampos
 
Deus
DeusDeus
DEUS, O PAI
DEUS, O PAIDEUS, O PAI
Posições_natureza_existência_Deus
Posições_natureza_existência_DeusPosições_natureza_existência_Deus
Posições_natureza_existência_Deus
Isabel Moura
 
Gramática aula4-tipos-de-sujeito-acesso-marta
Gramática aula4-tipos-de-sujeito-acesso-martaGramática aula4-tipos-de-sujeito-acesso-marta
Gramática aula4-tipos-de-sujeito-acesso-marta
Flávio Ferreira
 
Jov Aula15
Jov Aula15Jov Aula15
Crisma de 27 04-13
Crisma de 27 04-13Crisma de 27 04-13
Crisma de 27 04-13
Catequese Panatis
 
Argumento a favor da existência de deus
Argumento a favor da existência de deusArgumento a favor da existência de deus
Argumento a favor da existência de deus
Isabel Moura
 
1 capa deus pai
1 capa deus pai1 capa deus pai
1 capa deus pai
Adailton Costa
 
Conhecer e fazer a vontade de deus
Conhecer e fazer a vontade de deusConhecer e fazer a vontade de deus
Conhecer e fazer a vontade de deus
Sidinei Kauer
 
LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO
LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO
LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO
Lourinaldo Serafim
 
Romanos 7 (parte -2)
Romanos   7 (parte -2)Romanos   7 (parte -2)
Romanos 7 (parte -2)
Joel Silva
 
Rene descartes
Rene descartesRene descartes
Rene descartes
Lu_ Lu
 
E.b.d jovens 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d   jovens 4ºtrimestre 2016 lição 10E.b.d   jovens 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d jovens 4ºtrimestre 2016 lição 10
Joel Silva
 
No tempo de deus.pubpptx
No tempo de deus.pubpptxNo tempo de deus.pubpptx
No tempo de deus.pubpptx
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Revista Duda 997 gnosticismo residuos de ua secta
Revista Duda 997 gnosticismo residuos de ua sectaRevista Duda 997 gnosticismo residuos de ua secta
Revista Duda 997 gnosticismo residuos de ua secta
Abraham Perez
 
Vontade de deus
Vontade de deusVontade de deus
Verdades Bíblicas - Valores Eternos
Verdades Bíblicas - Valores EternosVerdades Bíblicas - Valores Eternos
Verdades Bíblicas - Valores Eternos
Conectadoscomjesusiasd
 

Destaque (20)

Regresso à escola Pré-Escolar e 1º ciclo
Regresso à escola Pré-Escolar e 1º cicloRegresso à escola Pré-Escolar e 1º ciclo
Regresso à escola Pré-Escolar e 1º ciclo
 
Projecto a ler+ 2011 final
Projecto a ler+ 2011 finalProjecto a ler+ 2011 final
Projecto a ler+ 2011 final
 
Deus
DeusDeus
Deus
 
DEUS, O PAI
DEUS, O PAIDEUS, O PAI
DEUS, O PAI
 
Posições_natureza_existência_Deus
Posições_natureza_existência_DeusPosições_natureza_existência_Deus
Posições_natureza_existência_Deus
 
Gramática aula4-tipos-de-sujeito-acesso-marta
Gramática aula4-tipos-de-sujeito-acesso-martaGramática aula4-tipos-de-sujeito-acesso-marta
Gramática aula4-tipos-de-sujeito-acesso-marta
 
Jov Aula15
Jov Aula15Jov Aula15
Jov Aula15
 
Crisma de 27 04-13
Crisma de 27 04-13Crisma de 27 04-13
Crisma de 27 04-13
 
Doc1_ID[1]
Doc1_ID[1]Doc1_ID[1]
Doc1_ID[1]
 
Argumento a favor da existência de deus
Argumento a favor da existência de deusArgumento a favor da existência de deus
Argumento a favor da existência de deus
 
1 capa deus pai
1 capa deus pai1 capa deus pai
1 capa deus pai
 
Conhecer e fazer a vontade de deus
Conhecer e fazer a vontade de deusConhecer e fazer a vontade de deus
Conhecer e fazer a vontade de deus
 
LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO
LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO
LIÇÃO 09 - A NOVA VIDA EM CRISTO
 
Romanos 7 (parte -2)
Romanos   7 (parte -2)Romanos   7 (parte -2)
Romanos 7 (parte -2)
 
Rene descartes
Rene descartesRene descartes
Rene descartes
 
E.b.d jovens 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d   jovens 4ºtrimestre 2016 lição 10E.b.d   jovens 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d jovens 4ºtrimestre 2016 lição 10
 
No tempo de deus.pubpptx
No tempo de deus.pubpptxNo tempo de deus.pubpptx
No tempo de deus.pubpptx
 
Revista Duda 997 gnosticismo residuos de ua secta
Revista Duda 997 gnosticismo residuos de ua sectaRevista Duda 997 gnosticismo residuos de ua secta
Revista Duda 997 gnosticismo residuos de ua secta
 
Vontade de deus
Vontade de deusVontade de deus
Vontade de deus
 
Verdades Bíblicas - Valores Eternos
Verdades Bíblicas - Valores EternosVerdades Bíblicas - Valores Eternos
Verdades Bíblicas - Valores Eternos
 

Semelhante a Histórias dos deuses

Deuses Lusitanos Pedro Miguel
Deuses Lusitanos Pedro MiguelDeuses Lusitanos Pedro Miguel
Deuses Lusitanos Pedro Miguel
guestbb49639
 
Trabalho Sobre Deuses[1] Armindo
Trabalho Sobre Deuses[1] ArmindoTrabalho Sobre Deuses[1] Armindo
Trabalho Sobre Deuses[1] Armindo
guestbb49639
 
Mitologia grega
Mitologia gregaMitologia grega
Mitologia grega
Fabiana Tonsis
 
Trabalho de tic (1)
Trabalho de tic (1)Trabalho de tic (1)
Trabalho de tic (1)
Helena Oliveira
 
ApresentaçãO1 Joana Baptista
ApresentaçãO1 Joana BaptistaApresentaçãO1 Joana Baptista
ApresentaçãO1 Joana Baptista
guestbb49639
 
Trabalho de tic
Trabalho de ticTrabalho de tic
Trabalho de tic
JoanaCarreira93
 
Deuses
DeusesDeuses
Deuses
vaniasousajf
 
Religião/Mitologia Grega
Religião/Mitologia GregaReligião/Mitologia Grega
Religião/Mitologia Grega
MauroJardim3
 
Mitologia grega
Mitologia gregaMitologia grega
Hefesto, Apolo e Ares
Hefesto, Apolo e AresHefesto, Apolo e Ares
Hefesto, Apolo e Ares
Casa
 
Mitologia Grega - Deuses e Seres Mitológicos
Mitologia Grega - Deuses e Seres MitológicosMitologia Grega - Deuses e Seres Mitológicos
Mitologia Grega - Deuses e Seres Mitológicos
Rita Rocha
 
Panteão Egípcio.pdf
Panteão Egípcio.pdfPanteão Egípcio.pdf
Panteão Egípcio.pdf
VIEIRA RESENDE
 
ROMANA GREGA E EGÍPCIA - MITOLOGIA
ROMANA GREGA E EGÍPCIA - MITOLOGIAROMANA GREGA E EGÍPCIA - MITOLOGIA
ROMANA GREGA E EGÍPCIA - MITOLOGIA
Marco Antonio Romboli
 
Completo maria.4 bbbbbbbbb
Completo maria.4 bbbbbbbbbCompleto maria.4 bbbbbbbbb
Completo maria.4 bbbbbbbbb
marii chii
 
Mitologia n' "Os Lusíadas"
Mitologia n' "Os Lusíadas"Mitologia n' "Os Lusíadas"
Mitologia n' "Os Lusíadas"
pauloprofport
 
Trabalho escolar mitologia
Trabalho escolar   mitologiaTrabalho escolar   mitologia
Trabalho escolar mitologia
Niedja Oliveira
 
Mitologia Egípcia
Mitologia EgípciaMitologia Egípcia
Mitologia Egípcia
Sônia Marques
 
Zeus júpiter
Zeus   júpiterZeus   júpiter
Zeus júpiter
soradinda_59
 
Deuses Gregos
Deuses GregosDeuses Gregos
Deuses Gregos
Sílvia Mendonça
 
Zeus carina
Zeus carinaZeus carina
Zeus carina
Sérgio Neto
 

Semelhante a Histórias dos deuses (20)

Deuses Lusitanos Pedro Miguel
Deuses Lusitanos Pedro MiguelDeuses Lusitanos Pedro Miguel
Deuses Lusitanos Pedro Miguel
 
Trabalho Sobre Deuses[1] Armindo
Trabalho Sobre Deuses[1] ArmindoTrabalho Sobre Deuses[1] Armindo
Trabalho Sobre Deuses[1] Armindo
 
Mitologia grega
Mitologia gregaMitologia grega
Mitologia grega
 
Trabalho de tic (1)
Trabalho de tic (1)Trabalho de tic (1)
Trabalho de tic (1)
 
ApresentaçãO1 Joana Baptista
ApresentaçãO1 Joana BaptistaApresentaçãO1 Joana Baptista
ApresentaçãO1 Joana Baptista
 
Trabalho de tic
Trabalho de ticTrabalho de tic
Trabalho de tic
 
Deuses
DeusesDeuses
Deuses
 
Religião/Mitologia Grega
Religião/Mitologia GregaReligião/Mitologia Grega
Religião/Mitologia Grega
 
Mitologia grega
Mitologia gregaMitologia grega
Mitologia grega
 
Hefesto, Apolo e Ares
Hefesto, Apolo e AresHefesto, Apolo e Ares
Hefesto, Apolo e Ares
 
Mitologia Grega - Deuses e Seres Mitológicos
Mitologia Grega - Deuses e Seres MitológicosMitologia Grega - Deuses e Seres Mitológicos
Mitologia Grega - Deuses e Seres Mitológicos
 
Panteão Egípcio.pdf
Panteão Egípcio.pdfPanteão Egípcio.pdf
Panteão Egípcio.pdf
 
ROMANA GREGA E EGÍPCIA - MITOLOGIA
ROMANA GREGA E EGÍPCIA - MITOLOGIAROMANA GREGA E EGÍPCIA - MITOLOGIA
ROMANA GREGA E EGÍPCIA - MITOLOGIA
 
Completo maria.4 bbbbbbbbb
Completo maria.4 bbbbbbbbbCompleto maria.4 bbbbbbbbb
Completo maria.4 bbbbbbbbb
 
Mitologia n' "Os Lusíadas"
Mitologia n' "Os Lusíadas"Mitologia n' "Os Lusíadas"
Mitologia n' "Os Lusíadas"
 
Trabalho escolar mitologia
Trabalho escolar   mitologiaTrabalho escolar   mitologia
Trabalho escolar mitologia
 
Mitologia Egípcia
Mitologia EgípciaMitologia Egípcia
Mitologia Egípcia
 
Zeus júpiter
Zeus   júpiterZeus   júpiter
Zeus júpiter
 
Deuses Gregos
Deuses GregosDeuses Gregos
Deuses Gregos
 
Zeus carina
Zeus carinaZeus carina
Zeus carina
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 

Histórias dos deuses

  • 2. Júpiter Júpiter/ Zeus Deus do céu e senhor dos deuses, Júpiter fazia com que reinasse na terra a ordem e a justiça. Considerava-se o rei dos deuses e dos homens e o seu símbolo era o raio, que podia lançar contra os seus inimigos. Reidosdeuses
  • 3. Júpiter Júpiter/ Zeus Júpiter teve uma infância difícil, pois o seu pai, Saturno, tinha tanto medo de ser destronado por um filho que quando algum nascia devorava-o. Mas Júpiter teve muita sorte porque a sua mãe enganou Saturno(Cronos) e deu-lhe uma pedra envolta em fraldas dizendo que era o seu filho. Reidosdeuses
  • 4. Júpiter Júpiter/ Zeus Saturno comeu a pedra sem se aperceber e Rea conseguiu deixar o menino ao cuidado de umas ninfas. Quando Júpiter cresceu, lutou contra o pai numa terrível batalha da qual saiu vencedor e assim pôde libertar os outros irmãos. Reidosdeuses
  • 5. Juno Juno/ Hera Juno, irmã e esposa de Júpiter, era rainha dos deuses e dos homens, protetora da família e das mulheres casadas. Juno foi sempre uma esposa exemplar e fiel ao seu marido (embora não possamos dizer que ele fizesse o mesmo). Ela ficava muito zangada com as constantes traições de Júpiter. EsposadeJúpiter
  • 6. Neptuno Neptuno/ Poseidon Neptuno era irmão de Júpiter, o que governava com o seu tridente as águas do mar e costumava percorrer os seus domínios num carro faustoso rodeado de golfinhos que davam saltos para agradar ao deus. Deusdosmares
  • 7. Neptuno Neptuno/ Poseidon Apesar da beleza que o rodeava, Neptuno não era um deus muito belo: tinha umas barbas e uns cabelos que o faziam parecer mais velho e a sua pele fazia lembrar a dos peixes pela cor e pela viscosidade. Neptuno teve sempre filhos estranhos como o ciclope com um só olho chamado Polifemo ou o famoso cavalo com asas chamado Pégaso. Deusdosmares
  • 8. Minerva Minerva/ Atena Minerva era filha de Júpiter. Era a deusa mais benéfica para os homens, pois inventou a escrita, a pintura e a arte do bordado, para além de intervir nas guerras sempre com a justiça e prudência. Embora fosse uma deusa guerreira, no seu coração puro não havia lugar nem para a raiva nem para o ódio. Pelo contrário, Minerva era uma deusa sábia, justa e muito inteligente. Deusadasabedoria
  • 9. Marte Marte/ Ares Marte era filho de Júpiter e Juno. A este deus foi atribuída a utilização das armas, o que nesse tempo foi uma revolução para o exército. Marte nunca gozou, de simpatias nem entre os deuses nem entre os homens porque era o deus da guerra e tinha prazer com o sangue e com a destruição. Deusdaguerra
  • 10. Vulcano Vulcano/ Hefesto Vulcano era filho de Júpiter e de Juno, mas ao nascer aperceberam- se de que ele tinha uma deformidade nas pernas, muito débeis e torcidas. Zangados, os pais atiraram-no para fora do Olimpo e Vulcano caiu na ilha de Lemnos, onde cresceu. Deusdofogoedaforja
  • 11. Vulcano Vulcano/ Hefesto É verdade que as suas pernas eram frágeis e feias, mas os seus braços eram muito fortes porque este deus passava os dias a trabalhar numa forja, onde, ajudado pelo fogo, dobrava o ferro ou qualquer outro metal e o transformava numa obra de arte. Deusdofogoedaforja
  • 12. Vénus Vénus/ Afrodite Vénus era a deusa mais bela, protetora dos apaixonados e responsável por muitas infidelidades, pois do que ela mais gostava era de fazer cair nas redes do amor os deuses e os homens. Vénus era esposa de Vulcano, o deus coxo do fogo, mas admirava a valentia e a musculatura de Marte, o cruel deus da guerra. Amava-o tanto que às escondidas e em segredo namorava com ele. eusadabelezaedoamor
  • 13. Vénus Vénus/ Afrodite O esposo de Vénus , Vulcano, era muito inteligente e descobriu os namorados. Assim, teceu uma rede mágica que caiu sobre o casal deixando-os presos. Todos os deuses do Olimpo se aproximaram para se rirem deles, que tiveram de suportar a pior das vergonhas como castigo. eusadabelezaedoamor
  • 14. Apolo Apolo/Febo Apolo era o deus mais luminoso, o que personificava a luz do sol. Era um jovem atlético e formoso, para além de ter grande capacidade artística, pois tocava lira e era também um grande poeta. Contudo, os seus encantos não fizeram apaixonar a ninfa Dafne, que fugia desesperada do deus enquanto este a perseguia, louco de amor. Deusdosoledasartes
  • 15. Apolo Apolo/Febo Um dia, quando Apolo estava quase a alcançá-la, Dafne pediu ajuda aos deuses. Com pena, os deuses transformaram-na num loureiro e Apolo, desconsolado, arrancou algumas folhas da que tinha sido a sua amada e com elas fez uma coroa. Os romanos, passaram então a por essa coroa de loureiro na cabeça dos seus imperadores para lhes dar tanto brilho como o deus solar. Deusdosoledasartes
  • 16. Diana Diana/ Ártemis Diana era a deusa da lua e da caça, muito poderosa e forte. Ao contrário de seu irmão Apolo, deus solar, Diana preferia a luz suave da lua e a solidão dos bosques. Desde muito jovem esta deusa decidiu proteger as criaturas do bosque e os caçadores percorrendo os caminhos armada com um arco e flechas. Deusadacaça
  • 17. Mercúrio Mercúrio/ Hermes Por ser tão rápido, Júpiter nomeou-o mensageiro dos deuses e ofereceu-lhe umas sandálias com asas para fazer com rapidez todas as coisas de que se encarregava. Desde muito pequeno demonstrou ter um caráter brincalhão, travesso e ardiloso, roubando a espada a Marte, o tridente a Neptuno e o ceptro ao próprio Júpiter... Era o verdadeiro deus dos ladrões. Mensageirodosdeuses
  • 18. Mercúrio Mercúrio/ Hermes Mercúrio tinha tantas capacidades que passou também a ser o deus dos atletas, o deus dos oradores e o do comércio, pois inventou as medidas e os pesos. Mensageirodosdeuses
  • 19. Ceres Ceres/Deméter Ceres é sempre representada com uma coroa de espigas e com uma papoila na mão, pois é a protetora das colheitas de cereais e ensinou aos homens a cultura do trigo. Ceres só tinha uma filha, chamada Perséfone, por quem tinha um grande carinho, mas um dia, Hades, o rei dos infernos, viu a rapariga e ficou de tal modo apaixonado por ela que abriu a terra e levou-a consigo. Deusadaagricultura
  • 20. Ceres Ceres/Deméter Ceres, desesperada procurou a sua filha durante muitos dias e noites e quando descobriu onde ela estava, desceu aos infernos descuidando os seus deveres de deusa, e por isso, a terra ficou seca e estéril, sem flores nem frutos. Deusadaagricultura
  • 21. Ceres Ceres/Deméter Júpiter viu que os homens precisavam de colheitas e pediu a Hades que devolvesse a filha de Ceres. A partir desse momento, a rapariga passa oito meses do ano com a mãe e a terra floresce com a sua alegria, mas tem de estar quatro meses com Hades, seu marido, e nessa altura a terra fica deserta e sem vida, momento a que os mortais chamam inverno. Deusadaagricultura
  • 22. Vesta Vesta/ Héstia O caracter desta deusa, defensora do fogo do lar, era muito tranquilo e o seu mundo estava entre as quatro paredes das casas, protegendo os seus habitantes e fazendo com que reinasse a harmonia no lar. Vesta é a personificação da Mãe Terra, que, com o seu calor, mantém a vida e dá origem aos frutos. Deusadolar
  • 23. Baco Baco/ Dioniso Júpiter apaixonou-se por outra mulher e desta relação nasceu um filho. Este pequeno deus era Baco e foi criado pelos faunos. O deus Baco era alegre e boémio, deus da vegetação, da videira e do vinho, e gostava de dançar e das festas. Deusdovinho
  • 24. Plutão Plutão/ Hades Plutão era o irmão mais novo de Júpiter , por isso, quando o mundo foi dividido, calhou-lhe a parte mais escura e triste: o mundo subterrâneo dos infernos, lugar escuro e funesto habitado por sombras. Este deus tinha um carácter cruel e feroz, e tinha como vigilante das portas do inferno um cão de três cabeças e cauda de dragão chamado Cérbero, que impedia os vivos de entrar e não deixava sair os mortos. Deusdosinfernos
  • 25. CUPIDO Cupido/ Eros Cupido era filho de Vénus e era visto como um jovem apaixonado. Cupido andava armado com um arco e algumas flechas mágicas de ouro e todo aquele que fosse ferido por elas ficava profundamente apaixonado, mas também possuía flechas de chumbo, que eram portadoras do ódio. DEUSdoamor
  • 26. CUPIDO Cupido/ Eros Cúpido entretinha-se a disparar as suas flechas contra os deuses ou contra os mortais, fazendo-os sofrer do mal de amores em muitas ocasiões embora também simbolizasse o amor verdadeiro e a felicidade. DEUSdoamor