SlideShare uma empresa Scribd logo
PROVA DE TREM DE POUSO 001
trinta ago. ultima BÁSICO 31/08/04 Pag 1 de 1
Nome: __________________________________________________ data:________
1. Em uma aeronave com a disposição do trem triciclo durante a
frenagem a tendência da aeronave e? 9.1
a. Ir para direita
b. Baixar o nariz
c. Levantar o nariz
d. Ir para a esquerda
2. O trem principal que possuem mais de duas rodas necessita em
sua estrutura? 9.1
a. Truck ou bugie
b. Amortecedor de ar óleo
c. Sistema de emergência para retração
d. Apoio de proteção na cauda
3. O conjunto estrutural que absorve e dissipa as cargas de choque
no pouso e? 9.2
a. Amortecedor de ar óleo
b. Acumulador pneumático
c. Amortecedor de vibração
d. Apoio de proteção na cauda
4. A estrutura básica que compõem o trem de pouso? 9.2
a. Roda, freio e eixo.
b. Tesoura, freio e roda.
c. Amortecedor, freio e roda.
d. Amortecedor, tesoura e roda.
5. Qual a finalidade do braço de torque (tesoura) no trem de pouso.
9.3
a. Fixar as rodas no eixo
b. Manter o alinhamento das rodas
c. Evitar movimento lateral do trem
d. Fixar o trem na estrutura da aeronave
6. A tesoura ou braço de torção é articulado no centro para permitir
que o pistão possa mover-se? 9.7
a. Lateralmente
b. Longitudinalmente
c. Para cima e para baixo
d. Auxilie durante a curva da aeronave
7. Para que serve o anel raspador instalado na parte inferior do
cilindro? 9.3
a. Evitar vazamento de óleo
b. Remover impureza do óleo
c. Purificar o ar do amortecedor
d. Remover impureza no pistão
8. Qual a finalidade dos ressaltos (cames ) interno, superior e inferior
dentro do amortecedor do nariz?
a. Alinhar as rodas com o amortecedor retraído
b. Alinhar as rodas com o amortecedor estendido
c. Amortecer o trem durante a extensão
d. Absorver os choque de impacto durante o pouso
9. Após a montagem do amortecedor o fluido gasoso nitrogênio
trabalha? 9.5
11. Para facilitar a extensão do trem tem instalado nas linhas de
extensão e retração uma válvula de?
a. Alivio
b. Contorno
c. Retenção
d. Lançadeira
12. No sistema direcional do trem do nariz possui um subsistema
a. Anti skid
b. Ant. shimmy
c. Angular para pouso
d. De alivio de pressão
13. Com a finalidade de evitar a retração do trem de pouso enquan
aeronave estiver no solo devemos instalar?
a. Calcos nas rodas
b. Pinos de segurança
c. Bloqueio da manete
d. Cabos de desbloqueio
14. A pressão para o sistema direcional das rodas do trem de pou
do nariz [e proveniente da?
a. Válvula de contorno
b. Linha do sistema do freio
c. Linha de retração do trem
d. Linha de extensão do trem
15. O trem de pouso triciclo convencional possui em sua
configuração?
a. Patins
b. Esquis
c. Bequilha
d. Rodas do nariz
16. Os freios para aviação, quanto ao funcionamento são classific
em:
a. Elétrico, pneumático e mecânico.
b. Hidráulico, mecânico e pneumático.
c. Hidráulico, elétrico e compressão do disco.
d. Compressão do disco, torque e mecânico.
17. O ajuste automático do freio é feito por:
a. Disco
b. Cabos
c. Molas
d. Pistão
18. Qual a unidade que fornece pressão para os cilindros atuador
freio?
a. Pedais
b. Servo do freio
c. Cilindro mestre
d. Bombas hidráulicas
19. Qual pistão que tem a menor área no sistema do freio?
a. Pistão servo do freio
b. Cilindro mestre do freio
1 de 3
PROVA DE TREM DE POUSO 001
trinta ago. ultima BÁSICO 31/08/04 Pag 2 de 1
a. Na parte inferior
b. Na parte superior
c. Somente no cilindro interno
d. Somente no cilindro externo
10. Qual a válvula será utilizada para fechar a porta do trem após este
ter sido recolhido? 9.9
a. Alivio
b. Controle
c. Restritora
d. Seqüência
1. O sistema anti derrapante do freio tem seu funcionamento
inicializado por:
a. Pistão do freio
b. Força da inércia
c. Válvula de controle
d. Deflexão dos pedais
2. Qual o produto utilizado para remover óleo ou graxa do conjunto
de freio?
a. Álcool
b. Metil
c. Gasolina
d. Tetracloreto de carbono
1. Qual a parte do pneu que se apoia sobre o solo?
a. Coroa
b. Costado
c. Unha do talão
d. Calcanhar do talão
2. Qual a finalidade do sistema anti derrapante no sistema do freio?
a. Liberar as rodas
b. Freio mais lento
c. Freio mais rápido
d. Evitar travamento das rodas
3. Qual a finalidade do defletor localizado no pneu do trem do nariz?
a. Evitar água nos motores
b. Eliminar vibração das rodas
c. Alinhar as rodas para pouso
d. Auxiliar o sistema anti derrapante
4. Para reaproveitamento do pneu depende do bom estado do(a).
a. Friso
b. Talão
c. Carcaça
d. Costado
5. A indicação que confirma que o trem esta na configuração segura
para pouso e:
a. Luz verde
b. Luz amarela
c. Luz vermelha
d. Luzes verde e vermelha.
c. Cilindro atuador do freio
d. Cilindro do conjunto de freio
20. Qual o ultimo recurso utilizado para frear as rodas?
a. Pressão do reservatório
b. Pressão do acumulador
c. Bomba hidráulica principal
d. Bomba hidráulica de emergência
9. se o pneu apresenta um desgaste excessivo na banda de roda
isto é uma indicação de:
a. alta pressão
b. baixa pressão
c. pneu sem frisos
d. pneu desbalanceado
10. Se um pneu apresenta um desgaste excessivo no ombro isto é
indicação de:
a. Alta pressão
b. baixa pressão
c. pneu sem frisos
d. pneu desbalanceado
11. a pressão dos pneus na aeronave deve ser verificada :
a. diariamente
b. anualmente
c. semanalmente
d. Somente se pouso duro
12. Um método de localizar defeito no trem de pouso após o pous
a. Inspeção com raio X
b. executar um cheque retração
c. Desmontagem do amortecedor
d. Aplicação de partículas magnética
13. Para uma perfeita operação das partes moveis do trem de pou
será necessário uma boa:
a. Inspeção
b. lubrificação
c. Estocagem
d. Regulagem
14. Os pneus durante a estocagem devem ser em suportes para m
los na:
a. vertical
b. Horizontal
c. Leve inclinação
d. Empilhados no máximo de cinco pneus
15. Qual o material utilizado na construção dos pneus?
a. Nylon
b. Couro
c. Lona algodão
d. Limalha de bronze
16. Nas rodas bipartidas utiliza-se durante a montagem entre as d
2 de 3
PROVA DE TREM DE POUSO 001
trinta ago. ultima BÁSICO 31/08/04 Pag 3 de 1
6. A movimentação da aeronave que vai ser deslocada pela
manutenção para fora do hangar necessita de:
a. Garfo de reboque
b. Deflectores nos pneus
c. Suportes calços nas rodas
d. Lanternas para sinalização durante a noite
7. Serve para controlar a vibração no trem de pouso do nariz durante
o taxi, pouso ou decolagem:
a. Atuadores de vibração
b. Amortecedor de vibração
c. Borrachas amortecedoras
d. Amortecedor hidráulico do sistema
8. Os pneus suportam o peso da aeronave, oferecem tração para freio
e ajudam no (a):
a. Curva da aeronave
b. Amortecimento no Pouso
c. Auxilio durante o reboque
d. Decolagem durante a retração
metade um (a):
a. Rolamento
b. Válvula de ajuste
c. Junta de vedação
d. Flange magnético
17. Os métodos de sangria do sistema de freio nas aeronaves:
a. Liquido e gasoso
b. Estático e dinâmico
c. Gravidade e pressão
d. Forçado e expandido
18. Quando será aumentada gradativamente a passagem do fluido
dentro do amortecedor?
a. Na retração do amortecedor
b. Na extensão do amortecedor
c. Com o nitrogênio pressurizado
d. Com a válvula de abastecimento aberta
3 de 3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoManual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 lubrific
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 lubrificManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 lubrific
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 lubrific
Thiago Huari
 
Manual de serviço cr125 99 chassi
Manual de serviço cr125 99 chassiManual de serviço cr125 99 chassi
Manual de serviço cr125 99 chassi
Thiago Huari
 
Manual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohidManual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohid
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 freio
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 freioManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 freio
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 freio
Thiago Huari
 
Manual de serviço cr125 00 manutenc
Manual de serviço cr125 00 manutencManual de serviço cr125 00 manutenc
Manual de serviço cr125 00 manutenc
Thiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreageManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Thiago Huari
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manutenc
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manutencManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manutenc
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manutenc
Thiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cili...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cili...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cili...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cili...
Thiago Huari
 
Manual de serviço nx200 xr freiohid2
Manual de serviço nx200 xr freiohid2Manual de serviço nx200 xr freiohid2
Manual de serviço nx200 xr freiohid2
Thiago Huari
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindroManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet manivelas
Manual de serviço cb600 f hornet manivelasManual de serviço cb600 f hornet manivelas
Manual de serviço cb600 f hornet manivelas
Thiago Huari
 
1502 prova 527
1502 prova 5271502 prova 527
1502 prova 527
ALEXANDRE QUEIROZ
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 roda...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 roda...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 roda...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 roda...
Thiago Huari
 
Manual de serviço cr125 99 manivela
Manual de serviço cr125 99 manivelaManual de serviço cr125 99 manivela
Manual de serviço cr125 99 manivela
Thiago Huari
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cabecote
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cabecoteManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cabecote
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cabecote
Thiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacaoManaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Thiago Huari
 
Manual de serviço cr250 99 chassi
Manual de serviço cr250 99 chassiManual de serviço cr250 99 chassi
Manual de serviço cr250 99 chassi
Thiago Huari
 
Manual de serviço cr125 00 rodadiant
Manual de serviço cr125 00 rodadiantManual de serviço cr125 00 rodadiant
Manual de serviço cr125 00 rodadiant
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacaoManual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Thiago Huari
 

Mais procurados (20)

Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoManual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
 
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 lubrific
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 lubrificManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 lubrific
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 lubrific
 
Manual de serviço cr125 99 chassi
Manual de serviço cr125 99 chassiManual de serviço cr125 99 chassi
Manual de serviço cr125 99 chassi
 
Manual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohidManual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohid
 
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 freio
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 freioManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 freio
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 freio
 
Manual de serviço cr125 00 manutenc
Manual de serviço cr125 00 manutencManual de serviço cr125 00 manutenc
Manual de serviço cr125 00 manutenc
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreageManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 embreage
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manutenc
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manutencManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manutenc
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manutenc
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cili...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cili...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cili...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 cili...
 
Manual de serviço nx200 xr freiohid2
Manual de serviço nx200 xr freiohid2Manual de serviço nx200 xr freiohid2
Manual de serviço nx200 xr freiohid2
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindroManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cilindro
 
Manual de serviço cb600 f hornet manivelas
Manual de serviço cb600 f hornet manivelasManual de serviço cb600 f hornet manivelas
Manual de serviço cb600 f hornet manivelas
 
1502 prova 527
1502 prova 5271502 prova 527
1502 prova 527
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 roda...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 roda...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 roda...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 roda...
 
Manual de serviço cr125 99 manivela
Manual de serviço cr125 99 manivelaManual de serviço cr125 99 manivela
Manual de serviço cr125 99 manivela
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cabecote
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cabecoteManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cabecote
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 cabecote
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacaoManaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
 
Manual de serviço cr250 99 chassi
Manual de serviço cr250 99 chassiManual de serviço cr250 99 chassi
Manual de serviço cr250 99 chassi
 
Manual de serviço cr125 00 rodadiant
Manual de serviço cr125 00 rodadiantManual de serviço cr125 00 rodadiant
Manual de serviço cr125 00 rodadiant
 
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacaoManual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
 

Destaque

Power poin
Power poinPower poin
Power poin
anyely-brayan
 
Solamon renewable energy
Solamon renewable energySolamon renewable energy
Solamon renewable energy
camillewency
 
Smarcos ATC 2011_artemis_magazine
Smarcos ATC 2011_artemis_magazineSmarcos ATC 2011_artemis_magazine
Smarcos ATC 2011_artemis_magazine
Smarcos Eu
 
Introduction to Online Learning
Introduction to Online LearningIntroduction to Online Learning
Introduction to Online Learning
Genco University
 
Tabela de conversão de unidades
Tabela de conversão de unidadesTabela de conversão de unidades
Tabela de conversão de unidades
Evanildo Leal
 
Básico helicoptero
Básico helicopteroBásico helicoptero
Básico helicoptero
Evanildo Leal
 
02 instrumentos de voo
02 instrumentos de voo02 instrumentos de voo
02 instrumentos de voo
Evanildo Leal
 
Noções de eletricidade
Noções de eletricidadeNoções de eletricidade
Noções de eletricidade
Evanildo Leal
 
Contexto estruturas aprofundado.doc
Contexto estruturas aprofundado.docContexto estruturas aprofundado.doc
Contexto estruturas aprofundado.doc
Evanildo Leal
 
35 oxygen
35 oxygen35 oxygen
35 oxygen
Evanildo Leal
 
Sistema de oxigênio2
Sistema  de oxigênio2Sistema  de oxigênio2
Sistema de oxigênio2
Evanildo Leal
 
Eletricidade 40 questoes
Eletricidade   40 questoesEletricidade   40 questoes
Eletricidade 40 questoes
Evanildo Leal
 
Eletricidade básica & motores e geradores gab
Eletricidade básica & motores e geradores   gabEletricidade básica & motores e geradores   gab
Eletricidade básica & motores e geradores gab
Evanildo Leal
 
Negócios digitais na Copa do Mundo de 2014
Negócios digitais na Copa do Mundo de 2014Negócios digitais na Copa do Mundo de 2014
Negócios digitais na Copa do Mundo de 2014
Marcelo Minutti
 
Eletricidade 02 gabarito
Eletricidade 02 gabaritoEletricidade 02 gabarito
Eletricidade 02 gabarito
Evanildo Leal
 
Final Draft
Final DraftFinal Draft
Final Draft
Brittany Clawson
 

Destaque (18)

Mechanical specs 8004 h-m9 dec 5-08
Mechanical specs 8004 h-m9 dec 5-08Mechanical specs 8004 h-m9 dec 5-08
Mechanical specs 8004 h-m9 dec 5-08
 
Street lighting
Street lighting Street lighting
Street lighting
 
Power poin
Power poinPower poin
Power poin
 
Solamon renewable energy
Solamon renewable energySolamon renewable energy
Solamon renewable energy
 
Smarcos ATC 2011_artemis_magazine
Smarcos ATC 2011_artemis_magazineSmarcos ATC 2011_artemis_magazine
Smarcos ATC 2011_artemis_magazine
 
Introduction to Online Learning
Introduction to Online LearningIntroduction to Online Learning
Introduction to Online Learning
 
Tabela de conversão de unidades
Tabela de conversão de unidadesTabela de conversão de unidades
Tabela de conversão de unidades
 
Básico helicoptero
Básico helicopteroBásico helicoptero
Básico helicoptero
 
02 instrumentos de voo
02 instrumentos de voo02 instrumentos de voo
02 instrumentos de voo
 
Noções de eletricidade
Noções de eletricidadeNoções de eletricidade
Noções de eletricidade
 
Contexto estruturas aprofundado.doc
Contexto estruturas aprofundado.docContexto estruturas aprofundado.doc
Contexto estruturas aprofundado.doc
 
35 oxygen
35 oxygen35 oxygen
35 oxygen
 
Sistema de oxigênio2
Sistema  de oxigênio2Sistema  de oxigênio2
Sistema de oxigênio2
 
Eletricidade 40 questoes
Eletricidade   40 questoesEletricidade   40 questoes
Eletricidade 40 questoes
 
Eletricidade básica & motores e geradores gab
Eletricidade básica & motores e geradores   gabEletricidade básica & motores e geradores   gab
Eletricidade básica & motores e geradores gab
 
Negócios digitais na Copa do Mundo de 2014
Negócios digitais na Copa do Mundo de 2014Negócios digitais na Copa do Mundo de 2014
Negócios digitais na Copa do Mundo de 2014
 
Eletricidade 02 gabarito
Eletricidade 02 gabaritoEletricidade 02 gabarito
Eletricidade 02 gabarito
 
Final Draft
Final DraftFinal Draft
Final Draft
 

Semelhante a Hc ttremdepouso lg30ago04.doc

Prova simulada mec
Prova simulada mecProva simulada mec
Prova simulada mec
Cicero Lacerda
 
220543054 prova-de-operador-de-empilhadeiras
220543054 prova-de-operador-de-empilhadeiras220543054 prova-de-operador-de-empilhadeiras
220543054 prova-de-operador-de-empilhadeiras
TIAGO SAMPOGNA DE MORAES
 
Trabalho PP-A
Trabalho PP-ATrabalho PP-A
Trabalho PP-A
Drimithi
 
1502 prova 527
1502 prova 5271502 prova 527
1502 prova 527
ALEXANDRE QUEIROZ
 
Direção defensiva i
Direção defensiva   iDireção defensiva   i
Direção defensiva i
Reinaldo Luiz
 
Materia tambor de freio
Materia tambor de freioMateria tambor de freio
Materia tambor de freio
Cristiano Moreti
 
Mecanica
MecanicaMecanica
Mecanica
Marcelo Vieira
 
Direçao defensiva iii
Direçao defensiva   iiiDireçao defensiva   iii
Direçao defensiva iii
Reinaldo Luiz
 
Manunteçao de maquinas_agricolas
Manunteçao de maquinas_agricolasManunteçao de maquinas_agricolas
Manunteçao de maquinas_agricolas
Ediney Dias
 
Simulado 11
Simulado 11Simulado 11
Simulado 11
Neliane Cachoeira
 
Simulado pratico conduapp pronto (1)
Simulado pratico conduapp   pronto (1)Simulado pratico conduapp   pronto (1)
Simulado pratico conduapp pronto (1)
Solange Ferreira
 
Reparo sistema 2
Reparo sistema 2Reparo sistema 2
Reparo sistema 2
luiz carlos silva silva
 
Rtac000196
Rtac000196Rtac000196
Manual instalação direção hidraulica
Manual instalação direção hidraulicaManual instalação direção hidraulica
Manual instalação direção hidraulica
Anderson Oliveira de Souza
 
Procedimentopara descarga de combustivel
Procedimentopara descarga de combustivelProcedimentopara descarga de combustivel
Procedimentopara descarga de combustivel
KATIA ARAUJO
 
Ficha tecnica-caminhao-2423k
Ficha tecnica-caminhao-2423kFicha tecnica-caminhao-2423k
Ficha tecnica-caminhao-2423k
DanielFiuza8
 
01072009 093713 mecanica_de_aeronaves
01072009 093713 mecanica_de_aeronaves01072009 093713 mecanica_de_aeronaves
01072009 093713 mecanica_de_aeronaves
Tarcisio Lopes
 
Manual de serviço cb400 (1980) ms.001 05-80 freio
Manual de serviço cb400 (1980)   ms.001 05-80 freioManual de serviço cb400 (1980)   ms.001 05-80 freio
Manual de serviço cb400 (1980) ms.001 05-80 freio
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb400 freio
Manual de serviço cb400 freioManual de serviço cb400 freio
Manual de serviço cb400 freio
Thiago Huari
 
Nbr 14040 06--_1998_-_freios
Nbr 14040 06--_1998_-_freiosNbr 14040 06--_1998_-_freios
Nbr 14040 06--_1998_-_freios
Anderson Ribeiro
 

Semelhante a Hc ttremdepouso lg30ago04.doc (20)

Prova simulada mec
Prova simulada mecProva simulada mec
Prova simulada mec
 
220543054 prova-de-operador-de-empilhadeiras
220543054 prova-de-operador-de-empilhadeiras220543054 prova-de-operador-de-empilhadeiras
220543054 prova-de-operador-de-empilhadeiras
 
Trabalho PP-A
Trabalho PP-ATrabalho PP-A
Trabalho PP-A
 
1502 prova 527
1502 prova 5271502 prova 527
1502 prova 527
 
Direção defensiva i
Direção defensiva   iDireção defensiva   i
Direção defensiva i
 
Materia tambor de freio
Materia tambor de freioMateria tambor de freio
Materia tambor de freio
 
Mecanica
MecanicaMecanica
Mecanica
 
Direçao defensiva iii
Direçao defensiva   iiiDireçao defensiva   iii
Direçao defensiva iii
 
Manunteçao de maquinas_agricolas
Manunteçao de maquinas_agricolasManunteçao de maquinas_agricolas
Manunteçao de maquinas_agricolas
 
Simulado 11
Simulado 11Simulado 11
Simulado 11
 
Simulado pratico conduapp pronto (1)
Simulado pratico conduapp   pronto (1)Simulado pratico conduapp   pronto (1)
Simulado pratico conduapp pronto (1)
 
Reparo sistema 2
Reparo sistema 2Reparo sistema 2
Reparo sistema 2
 
Rtac000196
Rtac000196Rtac000196
Rtac000196
 
Manual instalação direção hidraulica
Manual instalação direção hidraulicaManual instalação direção hidraulica
Manual instalação direção hidraulica
 
Procedimentopara descarga de combustivel
Procedimentopara descarga de combustivelProcedimentopara descarga de combustivel
Procedimentopara descarga de combustivel
 
Ficha tecnica-caminhao-2423k
Ficha tecnica-caminhao-2423kFicha tecnica-caminhao-2423k
Ficha tecnica-caminhao-2423k
 
01072009 093713 mecanica_de_aeronaves
01072009 093713 mecanica_de_aeronaves01072009 093713 mecanica_de_aeronaves
01072009 093713 mecanica_de_aeronaves
 
Manual de serviço cb400 (1980) ms.001 05-80 freio
Manual de serviço cb400 (1980)   ms.001 05-80 freioManual de serviço cb400 (1980)   ms.001 05-80 freio
Manual de serviço cb400 (1980) ms.001 05-80 freio
 
Manual de serviço cb400 freio
Manual de serviço cb400 freioManual de serviço cb400 freio
Manual de serviço cb400 freio
 
Nbr 14040 06--_1998_-_freios
Nbr 14040 06--_1998_-_freiosNbr 14040 06--_1998_-_freios
Nbr 14040 06--_1998_-_freios
 

Mais de Evanildo Leal

Sistema de oxigênio
Sistema de oxigênioSistema de oxigênio
Sistema de oxigênio
Evanildo Leal
 
Atividade de eletricidade básica
Atividade de eletricidade básicaAtividade de eletricidade básica
Atividade de eletricidade básica
Evanildo Leal
 
Eletricidade básica & motores e geradores
Eletricidade básica & motores e geradoresEletricidade básica & motores e geradores
Eletricidade básica & motores e geradores
Evanildo Leal
 
07 sist de partida e ignicao
07 sist de partida e ignicao07 sist de partida e ignicao
07 sist de partida e ignicao
Evanildo Leal
 
06 materiais eletricos
06 materiais eletricos06 materiais eletricos
06 materiais eletricos
Evanildo Leal
 
05 instrumentos diversos
05 instrumentos diversos05 instrumentos diversos
05 instrumentos diversos
Evanildo Leal
 
04 instrumentos do motor
04 instrumentos do motor04 instrumentos do motor
04 instrumentos do motor
Evanildo Leal
 
03 instrumentos de navegacao
03 instrumentos de navegacao03 instrumentos de navegacao
03 instrumentos de navegacao
Evanildo Leal
 
01 generalidades sobre instrumentos
01 generalidades sobre instrumentos01 generalidades sobre instrumentos
01 generalidades sobre instrumentos
Evanildo Leal
 
00 conteudo
00 conteudo00 conteudo
00 conteudo
Evanildo Leal
 
08 sistemas de protecao
08 sistemas de protecao08 sistemas de protecao
08 sistemas de protecao
Evanildo Leal
 
Instrumentos (7)
Instrumentos  (7)Instrumentos  (7)
Instrumentos (7)
Evanildo Leal
 
Instrumentos (6)
Instrumentos  (6)Instrumentos  (6)
Instrumentos (6)
Evanildo Leal
 
Instrumentos (5)
Instrumentos  (5)Instrumentos  (5)
Instrumentos (5)
Evanildo Leal
 
Instrumentos (4)
Instrumentos  (4)Instrumentos  (4)
Instrumentos (4)
Evanildo Leal
 
Instrumentos (3)
Instrumentos  (3)Instrumentos  (3)
Instrumentos (3)
Evanildo Leal
 
Instrumentos (2)
Instrumentos  (2)Instrumentos  (2)
Instrumentos (2)
Evanildo Leal
 
Instrumentos (1)
Instrumentos  (1)Instrumentos  (1)
Instrumentos (1)
Evanildo Leal
 
Instrumentos (8)
Instrumentos  (8)Instrumentos  (8)
Instrumentos (8)
Evanildo Leal
 
Sistemas eletricos protecao_contra_efeitos_chuva_gelo_fogo.docx
Sistemas eletricos protecao_contra_efeitos_chuva_gelo_fogo.docxSistemas eletricos protecao_contra_efeitos_chuva_gelo_fogo.docx
Sistemas eletricos protecao_contra_efeitos_chuva_gelo_fogo.docx
Evanildo Leal
 

Mais de Evanildo Leal (20)

Sistema de oxigênio
Sistema de oxigênioSistema de oxigênio
Sistema de oxigênio
 
Atividade de eletricidade básica
Atividade de eletricidade básicaAtividade de eletricidade básica
Atividade de eletricidade básica
 
Eletricidade básica & motores e geradores
Eletricidade básica & motores e geradoresEletricidade básica & motores e geradores
Eletricidade básica & motores e geradores
 
07 sist de partida e ignicao
07 sist de partida e ignicao07 sist de partida e ignicao
07 sist de partida e ignicao
 
06 materiais eletricos
06 materiais eletricos06 materiais eletricos
06 materiais eletricos
 
05 instrumentos diversos
05 instrumentos diversos05 instrumentos diversos
05 instrumentos diversos
 
04 instrumentos do motor
04 instrumentos do motor04 instrumentos do motor
04 instrumentos do motor
 
03 instrumentos de navegacao
03 instrumentos de navegacao03 instrumentos de navegacao
03 instrumentos de navegacao
 
01 generalidades sobre instrumentos
01 generalidades sobre instrumentos01 generalidades sobre instrumentos
01 generalidades sobre instrumentos
 
00 conteudo
00 conteudo00 conteudo
00 conteudo
 
08 sistemas de protecao
08 sistemas de protecao08 sistemas de protecao
08 sistemas de protecao
 
Instrumentos (7)
Instrumentos  (7)Instrumentos  (7)
Instrumentos (7)
 
Instrumentos (6)
Instrumentos  (6)Instrumentos  (6)
Instrumentos (6)
 
Instrumentos (5)
Instrumentos  (5)Instrumentos  (5)
Instrumentos (5)
 
Instrumentos (4)
Instrumentos  (4)Instrumentos  (4)
Instrumentos (4)
 
Instrumentos (3)
Instrumentos  (3)Instrumentos  (3)
Instrumentos (3)
 
Instrumentos (2)
Instrumentos  (2)Instrumentos  (2)
Instrumentos (2)
 
Instrumentos (1)
Instrumentos  (1)Instrumentos  (1)
Instrumentos (1)
 
Instrumentos (8)
Instrumentos  (8)Instrumentos  (8)
Instrumentos (8)
 
Sistemas eletricos protecao_contra_efeitos_chuva_gelo_fogo.docx
Sistemas eletricos protecao_contra_efeitos_chuva_gelo_fogo.docxSistemas eletricos protecao_contra_efeitos_chuva_gelo_fogo.docx
Sistemas eletricos protecao_contra_efeitos_chuva_gelo_fogo.docx
 

Último

Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 

Hc ttremdepouso lg30ago04.doc

  • 1. PROVA DE TREM DE POUSO 001 trinta ago. ultima BÁSICO 31/08/04 Pag 1 de 1 Nome: __________________________________________________ data:________ 1. Em uma aeronave com a disposição do trem triciclo durante a frenagem a tendência da aeronave e? 9.1 a. Ir para direita b. Baixar o nariz c. Levantar o nariz d. Ir para a esquerda 2. O trem principal que possuem mais de duas rodas necessita em sua estrutura? 9.1 a. Truck ou bugie b. Amortecedor de ar óleo c. Sistema de emergência para retração d. Apoio de proteção na cauda 3. O conjunto estrutural que absorve e dissipa as cargas de choque no pouso e? 9.2 a. Amortecedor de ar óleo b. Acumulador pneumático c. Amortecedor de vibração d. Apoio de proteção na cauda 4. A estrutura básica que compõem o trem de pouso? 9.2 a. Roda, freio e eixo. b. Tesoura, freio e roda. c. Amortecedor, freio e roda. d. Amortecedor, tesoura e roda. 5. Qual a finalidade do braço de torque (tesoura) no trem de pouso. 9.3 a. Fixar as rodas no eixo b. Manter o alinhamento das rodas c. Evitar movimento lateral do trem d. Fixar o trem na estrutura da aeronave 6. A tesoura ou braço de torção é articulado no centro para permitir que o pistão possa mover-se? 9.7 a. Lateralmente b. Longitudinalmente c. Para cima e para baixo d. Auxilie durante a curva da aeronave 7. Para que serve o anel raspador instalado na parte inferior do cilindro? 9.3 a. Evitar vazamento de óleo b. Remover impureza do óleo c. Purificar o ar do amortecedor d. Remover impureza no pistão 8. Qual a finalidade dos ressaltos (cames ) interno, superior e inferior dentro do amortecedor do nariz? a. Alinhar as rodas com o amortecedor retraído b. Alinhar as rodas com o amortecedor estendido c. Amortecer o trem durante a extensão d. Absorver os choque de impacto durante o pouso 9. Após a montagem do amortecedor o fluido gasoso nitrogênio trabalha? 9.5 11. Para facilitar a extensão do trem tem instalado nas linhas de extensão e retração uma válvula de? a. Alivio b. Contorno c. Retenção d. Lançadeira 12. No sistema direcional do trem do nariz possui um subsistema a. Anti skid b. Ant. shimmy c. Angular para pouso d. De alivio de pressão 13. Com a finalidade de evitar a retração do trem de pouso enquan aeronave estiver no solo devemos instalar? a. Calcos nas rodas b. Pinos de segurança c. Bloqueio da manete d. Cabos de desbloqueio 14. A pressão para o sistema direcional das rodas do trem de pou do nariz [e proveniente da? a. Válvula de contorno b. Linha do sistema do freio c. Linha de retração do trem d. Linha de extensão do trem 15. O trem de pouso triciclo convencional possui em sua configuração? a. Patins b. Esquis c. Bequilha d. Rodas do nariz 16. Os freios para aviação, quanto ao funcionamento são classific em: a. Elétrico, pneumático e mecânico. b. Hidráulico, mecânico e pneumático. c. Hidráulico, elétrico e compressão do disco. d. Compressão do disco, torque e mecânico. 17. O ajuste automático do freio é feito por: a. Disco b. Cabos c. Molas d. Pistão 18. Qual a unidade que fornece pressão para os cilindros atuador freio? a. Pedais b. Servo do freio c. Cilindro mestre d. Bombas hidráulicas 19. Qual pistão que tem a menor área no sistema do freio? a. Pistão servo do freio b. Cilindro mestre do freio 1 de 3
  • 2. PROVA DE TREM DE POUSO 001 trinta ago. ultima BÁSICO 31/08/04 Pag 2 de 1 a. Na parte inferior b. Na parte superior c. Somente no cilindro interno d. Somente no cilindro externo 10. Qual a válvula será utilizada para fechar a porta do trem após este ter sido recolhido? 9.9 a. Alivio b. Controle c. Restritora d. Seqüência 1. O sistema anti derrapante do freio tem seu funcionamento inicializado por: a. Pistão do freio b. Força da inércia c. Válvula de controle d. Deflexão dos pedais 2. Qual o produto utilizado para remover óleo ou graxa do conjunto de freio? a. Álcool b. Metil c. Gasolina d. Tetracloreto de carbono 1. Qual a parte do pneu que se apoia sobre o solo? a. Coroa b. Costado c. Unha do talão d. Calcanhar do talão 2. Qual a finalidade do sistema anti derrapante no sistema do freio? a. Liberar as rodas b. Freio mais lento c. Freio mais rápido d. Evitar travamento das rodas 3. Qual a finalidade do defletor localizado no pneu do trem do nariz? a. Evitar água nos motores b. Eliminar vibração das rodas c. Alinhar as rodas para pouso d. Auxiliar o sistema anti derrapante 4. Para reaproveitamento do pneu depende do bom estado do(a). a. Friso b. Talão c. Carcaça d. Costado 5. A indicação que confirma que o trem esta na configuração segura para pouso e: a. Luz verde b. Luz amarela c. Luz vermelha d. Luzes verde e vermelha. c. Cilindro atuador do freio d. Cilindro do conjunto de freio 20. Qual o ultimo recurso utilizado para frear as rodas? a. Pressão do reservatório b. Pressão do acumulador c. Bomba hidráulica principal d. Bomba hidráulica de emergência 9. se o pneu apresenta um desgaste excessivo na banda de roda isto é uma indicação de: a. alta pressão b. baixa pressão c. pneu sem frisos d. pneu desbalanceado 10. Se um pneu apresenta um desgaste excessivo no ombro isto é indicação de: a. Alta pressão b. baixa pressão c. pneu sem frisos d. pneu desbalanceado 11. a pressão dos pneus na aeronave deve ser verificada : a. diariamente b. anualmente c. semanalmente d. Somente se pouso duro 12. Um método de localizar defeito no trem de pouso após o pous a. Inspeção com raio X b. executar um cheque retração c. Desmontagem do amortecedor d. Aplicação de partículas magnética 13. Para uma perfeita operação das partes moveis do trem de pou será necessário uma boa: a. Inspeção b. lubrificação c. Estocagem d. Regulagem 14. Os pneus durante a estocagem devem ser em suportes para m los na: a. vertical b. Horizontal c. Leve inclinação d. Empilhados no máximo de cinco pneus 15. Qual o material utilizado na construção dos pneus? a. Nylon b. Couro c. Lona algodão d. Limalha de bronze 16. Nas rodas bipartidas utiliza-se durante a montagem entre as d 2 de 3
  • 3. PROVA DE TREM DE POUSO 001 trinta ago. ultima BÁSICO 31/08/04 Pag 3 de 1 6. A movimentação da aeronave que vai ser deslocada pela manutenção para fora do hangar necessita de: a. Garfo de reboque b. Deflectores nos pneus c. Suportes calços nas rodas d. Lanternas para sinalização durante a noite 7. Serve para controlar a vibração no trem de pouso do nariz durante o taxi, pouso ou decolagem: a. Atuadores de vibração b. Amortecedor de vibração c. Borrachas amortecedoras d. Amortecedor hidráulico do sistema 8. Os pneus suportam o peso da aeronave, oferecem tração para freio e ajudam no (a): a. Curva da aeronave b. Amortecimento no Pouso c. Auxilio durante o reboque d. Decolagem durante a retração metade um (a): a. Rolamento b. Válvula de ajuste c. Junta de vedação d. Flange magnético 17. Os métodos de sangria do sistema de freio nas aeronaves: a. Liquido e gasoso b. Estático e dinâmico c. Gravidade e pressão d. Forçado e expandido 18. Quando será aumentada gradativamente a passagem do fluido dentro do amortecedor? a. Na retração do amortecedor b. Na extensão do amortecedor c. Com o nitrogênio pressurizado d. Com a válvula de abastecimento aberta 3 de 3