SlideShare uma empresa Scribd logo
GENÉTICA DA COR DOS OLHOS
      BIOLOGIA – 12º ANO
                                Autor: Nuno Correia
2010/2011 Património Genético   Adaptado: João Nogal
Origem das diferentes cores dos olhos

   A cor da íris varia do
    cinza ao quase negro.
   Não há pigmentos azuis
    ou verdes na íris.
   As diferentes cores são
    produzidas pela presença
    de diferentes
    quantidades de melanina
    e/ou lipocromo.
Olhos escuros
   Olho escuro, resulta da
    acumulação de células
    pigmentadas (ricas em
    melanina), na camada de
    tecido da porção anterior
    da íris.
   Estas células absorvem
    maior parte da luz
    reflectindo uma certa
    quantidade de luz
    castanho-amarelada
Olhos claros
   A quantidade de melanócitos é
    menor.
   Apenas parte da luz é
    reflectida como luz
    acastanhada (amarela).
   A maior parte da luz atravessa
    a camada despigmentada e
    reflecte os comprimentos de
    onda mais curtos (azul).
   Uma íris sem melanina, reflecte
    azul.
Olhos Verdes
   A camada intermédia
    tem uma quantidade
    intermédia de melanina.
   A combinação da cor
    amarela com a azul,
    resulta no verde.
   Ausência da componente
    azul - cinzento
Genes envolvidos na determinação da
cor dos olhos
Dois genes actuam na produção de melanina




  EYCL1 – GEY             EYCL3 – BEY
Gene GEY
   GEY, apresenta dois alelos
    (podem existir mais…), um
    dominante – GV condiciona a
    cor verde, um outro, recessivo,
    GA que condiciona a cor azul.

GEY = Green Eye color gene
Gene BEY
BM – dominante, condiciona a cor
  castanha.
BA - recessivo. Condiciona a cor azul.

BM – dominante sobre o gene GEY.
Presente pelo menos um alelo BM, a
  pessoa tem olhos castanhos.

BEY = Brown Eye color gene
   Azuis  homozigótico recessivo, quanto aos dois genes

   Verdes  homozigóticos recessivos quanto ao gene BEY e pelo
    menos um alelo para o gene GEY
Notícias
   Já foi identificado um
    terceiro gene, EYCL2
    ou BEY1, no
    cromossoma 15, que
    contribui para a cor
    castanha.
   Podem existir outros
    genes.
Heterocromia
   Uma pessoa apresenta olhos de
    cores diferentes.
   Podem existir diversas causas
    (expressividade variável), mas em
    geral resulta de um
    desenvolvimento anormal dos
    melanócitos.
   Os melanócitos necessitam de
    impulsos nervosos, e se por alguma
    razão o estímulo for interrompido,
    a cor é outra.
Albinismo
   Quantidade muito
    reduzida ou nula de
    melanina e/ou
    lipocromo, pelo que os
    vasos sanguíneos
    penetram na íris.

   Sob certas condições de
    iluminação os olhos
    aparecem vermelhos.
Sites
   http://www.athro.com/evo/inherit.html



   http://www.lif.kyoto-u.ac.jp/genomemap/



   http://www.ncbi.nlm.nih.gov/gene

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Genética - Daltonismo | Biologia 12º Ano
Genética - Daltonismo | Biologia 12º AnoGenética - Daltonismo | Biologia 12º Ano
Genética - Daltonismo | Biologia 12º Ano
Instituto Superior Técnico, UTL
 
Genética Humana
Genética HumanaGenética Humana
Genética Humana
Vitor Manuel de Carvalho
 
(2) património genético
(2) património genético(2) património genético
(2) património genético
Hugo Martins
 
Mutações - Biologia 12º
Mutações - Biologia 12º Mutações - Biologia 12º
Mutações - Biologia 12º
Daniela Filipa Sousa
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedade
Tânia Reis
 
Bio 12 dominância incompleta
Bio 12   dominância incompletaBio 12   dominância incompleta
Bio 12 dominância incompleta
Nuno Correia
 
Albinismo
AlbinismoAlbinismo
Albinismo
tiafer96
 
Biologia 11 reprodução assexuada
Biologia 11   reprodução assexuadaBiologia 11   reprodução assexuada
Biologia 11 reprodução assexuada
Nuno Correia
 
Reprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animaisReprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animais
Ivaristo Americo
 
07 Hereditariedade humana
07 Hereditariedade humana07 Hereditariedade humana
07 Hereditariedade humana
Teresa Monteiro
 
Mutações
MutaçõesMutações
Ficha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedadeFicha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedade
joseeira
 
Resolução exercícios genética
Resolução exercícios genéticaResolução exercícios genética
Resolução exercícios genética
Professora Raquel
 
Resumo Genética | Biologia 12º Ano
Resumo Genética | Biologia 12º AnoResumo Genética | Biologia 12º Ano
Resumo Genética | Biologia 12º Ano
Instituto Superior Técnico, UTL
 
Albinismo
AlbinismoAlbinismo
Albinismo
Rodrigo Luis
 
Património Genético´- Trabalhos de Mendel
Património Genético´- Trabalhos de MendelPatrimónio Genético´- Trabalhos de Mendel
Património Genético´- Trabalhos de Mendel
Isabel Lopes
 
A herança autossômica monogênica
A herança autossômica monogênica A herança autossômica monogênica
A herança autossômica monogênica
SEMED de Santarém/PA
 
Património genético - resumo
Património genético - resumoPatrimónio genético - resumo
Património genético - resumo
Isabel Lopes
 
Bio 12 genética - epistasia
Bio 12   genética - epistasiaBio 12   genética - epistasia
Bio 12 genética - epistasia
Nuno Correia
 
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
Nuno Correia
 

Mais procurados (20)

Genética - Daltonismo | Biologia 12º Ano
Genética - Daltonismo | Biologia 12º AnoGenética - Daltonismo | Biologia 12º Ano
Genética - Daltonismo | Biologia 12º Ano
 
Genética Humana
Genética HumanaGenética Humana
Genética Humana
 
(2) património genético
(2) património genético(2) património genético
(2) património genético
 
Mutações - Biologia 12º
Mutações - Biologia 12º Mutações - Biologia 12º
Mutações - Biologia 12º
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedade
 
Bio 12 dominância incompleta
Bio 12   dominância incompletaBio 12   dominância incompleta
Bio 12 dominância incompleta
 
Albinismo
AlbinismoAlbinismo
Albinismo
 
Biologia 11 reprodução assexuada
Biologia 11   reprodução assexuadaBiologia 11   reprodução assexuada
Biologia 11 reprodução assexuada
 
Reprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animaisReprodução e desenvolvimento dos animais
Reprodução e desenvolvimento dos animais
 
07 Hereditariedade humana
07 Hereditariedade humana07 Hereditariedade humana
07 Hereditariedade humana
 
Mutações
MutaçõesMutações
Mutações
 
Ficha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedadeFicha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedade
 
Resolução exercícios genética
Resolução exercícios genéticaResolução exercícios genética
Resolução exercícios genética
 
Resumo Genética | Biologia 12º Ano
Resumo Genética | Biologia 12º AnoResumo Genética | Biologia 12º Ano
Resumo Genética | Biologia 12º Ano
 
Albinismo
AlbinismoAlbinismo
Albinismo
 
Património Genético´- Trabalhos de Mendel
Património Genético´- Trabalhos de MendelPatrimónio Genético´- Trabalhos de Mendel
Património Genético´- Trabalhos de Mendel
 
A herança autossômica monogênica
A herança autossômica monogênica A herança autossômica monogênica
A herança autossômica monogênica
 
Património genético - resumo
Património genético - resumoPatrimónio genético - resumo
Património genético - resumo
 
Bio 12 genética - epistasia
Bio 12   genética - epistasiaBio 12   genética - epistasia
Bio 12 genética - epistasia
 
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
 

Semelhante a Genética - Cor dos Olhos

Albinismo 2
Albinismo 2Albinismo 2
Albinismo 2
tiafer96
 
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
Nuno Correia
 
Quimica-o olho e a visão
Quimica-o olho e a visãoQuimica-o olho e a visão
Quimica-o olho e a visão
Arita155
 
Daltonismo
DaltonismoDaltonismo
Daltonismo
samiaborges
 
GenéTica Da Cor Dos Olhos
GenéTica Da Cor Dos OlhosGenéTica Da Cor Dos Olhos
GenéTica Da Cor Dos Olhos
Nuno Correia
 
Daltonismo
DaltonismoDaltonismo
Interaçao genica
Interaçao genica Interaçao genica
Interaçao genica
UERGS
 
Interaçao genica 2010-2
Interaçao genica 2010-2Interaçao genica 2010-2
Interaçao genica 2010-2
UERGS
 

Semelhante a Genética - Cor dos Olhos (8)

Albinismo 2
Albinismo 2Albinismo 2
Albinismo 2
 
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
GenéTica Da Cor Dos Olhos 1
 
Quimica-o olho e a visão
Quimica-o olho e a visãoQuimica-o olho e a visão
Quimica-o olho e a visão
 
Daltonismo
DaltonismoDaltonismo
Daltonismo
 
GenéTica Da Cor Dos Olhos
GenéTica Da Cor Dos OlhosGenéTica Da Cor Dos Olhos
GenéTica Da Cor Dos Olhos
 
Daltonismo
DaltonismoDaltonismo
Daltonismo
 
Interaçao genica
Interaçao genica Interaçao genica
Interaçao genica
 
Interaçao genica 2010-2
Interaçao genica 2010-2Interaçao genica 2010-2
Interaçao genica 2010-2
 

Mais de Nuno Correia

Sismologia parte 1
Sismologia   parte 1Sismologia   parte 1
Sismologia parte 1
Nuno Correia
 
Geologia - Variações Climáticas
Geologia   - Variações ClimáticasGeologia   - Variações Climáticas
Geologia - Variações Climáticas
Nuno Correia
 
Biologia 12 imunidade celular
Biologia 12   imunidade celularBiologia 12   imunidade celular
Biologia 12 imunidade celular
Nuno Correia
 
Biologia 12 imunidade humoral
Biologia 12   imunidade humoralBiologia 12   imunidade humoral
Biologia 12 imunidade humoral
Nuno Correia
 
Geologia 12 estratotipo
Geologia 12   estratotipoGeologia 12   estratotipo
Geologia 12 estratotipo
Nuno Correia
 
Geologia 12 biozonas
Geologia 12   biozonasGeologia 12   biozonas
Geologia 12 biozonas
Nuno Correia
 
Geologia 12 movimentos horizontais
Geologia 12   movimentos horizontaisGeologia 12   movimentos horizontais
Geologia 12 movimentos horizontais
Nuno Correia
 
Geologia 12 isostasia
Geologia 12   isostasiaGeologia 12   isostasia
Geologia 12 isostasia
Nuno Correia
 
Geologia 12 paleomagnetismo
Geologia 12   paleomagnetismoGeologia 12   paleomagnetismo
Geologia 12 paleomagnetismo
Nuno Correia
 
Geologia 12 deriva dos continentes
Geologia 12   deriva dos continentesGeologia 12   deriva dos continentes
Geologia 12 deriva dos continentes
Nuno Correia
 
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12   biologia e os desafios da atualidadeBiologia 12   biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
Nuno Correia
 
Geologia 12 paleoclimas
Geologia 12   paleoclimasGeologia 12   paleoclimas
Geologia 12 paleoclimas
Nuno Correia
 
Geologia 12 arcos insulares
Geologia 12   arcos insularesGeologia 12   arcos insulares
Geologia 12 arcos insulares
Nuno Correia
 
Deriva dos continentes
Deriva dos continentesDeriva dos continentes
Deriva dos continentes
Nuno Correia
 
Zonas costeiras
Zonas costeirasZonas costeiras
Zonas costeiras
Nuno Correia
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
Nuno Correia
 
Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)
Nuno Correia
 
Genética (monobridismo exercícios)
Genética (monobridismo   exercícios)Genética (monobridismo   exercícios)
Genética (monobridismo exercícios)
Nuno Correia
 
Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)
Nuno Correia
 
Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)
Nuno Correia
 

Mais de Nuno Correia (20)

Sismologia parte 1
Sismologia   parte 1Sismologia   parte 1
Sismologia parte 1
 
Geologia - Variações Climáticas
Geologia   - Variações ClimáticasGeologia   - Variações Climáticas
Geologia - Variações Climáticas
 
Biologia 12 imunidade celular
Biologia 12   imunidade celularBiologia 12   imunidade celular
Biologia 12 imunidade celular
 
Biologia 12 imunidade humoral
Biologia 12   imunidade humoralBiologia 12   imunidade humoral
Biologia 12 imunidade humoral
 
Geologia 12 estratotipo
Geologia 12   estratotipoGeologia 12   estratotipo
Geologia 12 estratotipo
 
Geologia 12 biozonas
Geologia 12   biozonasGeologia 12   biozonas
Geologia 12 biozonas
 
Geologia 12 movimentos horizontais
Geologia 12   movimentos horizontaisGeologia 12   movimentos horizontais
Geologia 12 movimentos horizontais
 
Geologia 12 isostasia
Geologia 12   isostasiaGeologia 12   isostasia
Geologia 12 isostasia
 
Geologia 12 paleomagnetismo
Geologia 12   paleomagnetismoGeologia 12   paleomagnetismo
Geologia 12 paleomagnetismo
 
Geologia 12 deriva dos continentes
Geologia 12   deriva dos continentesGeologia 12   deriva dos continentes
Geologia 12 deriva dos continentes
 
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12   biologia e os desafios da atualidadeBiologia 12   biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
 
Geologia 12 paleoclimas
Geologia 12   paleoclimasGeologia 12   paleoclimas
Geologia 12 paleoclimas
 
Geologia 12 arcos insulares
Geologia 12   arcos insularesGeologia 12   arcos insulares
Geologia 12 arcos insulares
 
Deriva dos continentes
Deriva dos continentesDeriva dos continentes
Deriva dos continentes
 
Zonas costeiras
Zonas costeirasZonas costeiras
Zonas costeiras
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)
 
Genética (monobridismo exercícios)
Genética (monobridismo   exercícios)Genética (monobridismo   exercícios)
Genética (monobridismo exercícios)
 
Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)
 
Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)
 

Último

karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 

Último (20)

karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 

Genética - Cor dos Olhos

  • 1. GENÉTICA DA COR DOS OLHOS BIOLOGIA – 12º ANO Autor: Nuno Correia 2010/2011 Património Genético Adaptado: João Nogal
  • 2. Origem das diferentes cores dos olhos  A cor da íris varia do cinza ao quase negro.  Não há pigmentos azuis ou verdes na íris.  As diferentes cores são produzidas pela presença de diferentes quantidades de melanina e/ou lipocromo.
  • 3. Olhos escuros  Olho escuro, resulta da acumulação de células pigmentadas (ricas em melanina), na camada de tecido da porção anterior da íris.  Estas células absorvem maior parte da luz reflectindo uma certa quantidade de luz castanho-amarelada
  • 4. Olhos claros  A quantidade de melanócitos é menor.  Apenas parte da luz é reflectida como luz acastanhada (amarela).  A maior parte da luz atravessa a camada despigmentada e reflecte os comprimentos de onda mais curtos (azul).  Uma íris sem melanina, reflecte azul.
  • 5. Olhos Verdes  A camada intermédia tem uma quantidade intermédia de melanina.  A combinação da cor amarela com a azul, resulta no verde.  Ausência da componente azul - cinzento
  • 6. Genes envolvidos na determinação da cor dos olhos Dois genes actuam na produção de melanina EYCL1 – GEY EYCL3 – BEY
  • 7. Gene GEY  GEY, apresenta dois alelos (podem existir mais…), um dominante – GV condiciona a cor verde, um outro, recessivo, GA que condiciona a cor azul. GEY = Green Eye color gene
  • 8. Gene BEY BM – dominante, condiciona a cor castanha. BA - recessivo. Condiciona a cor azul. BM – dominante sobre o gene GEY. Presente pelo menos um alelo BM, a pessoa tem olhos castanhos. BEY = Brown Eye color gene
  • 9. Azuis  homozigótico recessivo, quanto aos dois genes  Verdes  homozigóticos recessivos quanto ao gene BEY e pelo menos um alelo para o gene GEY
  • 10. Notícias  Já foi identificado um terceiro gene, EYCL2 ou BEY1, no cromossoma 15, que contribui para a cor castanha.  Podem existir outros genes.
  • 11. Heterocromia  Uma pessoa apresenta olhos de cores diferentes.  Podem existir diversas causas (expressividade variável), mas em geral resulta de um desenvolvimento anormal dos melanócitos.  Os melanócitos necessitam de impulsos nervosos, e se por alguma razão o estímulo for interrompido, a cor é outra.
  • 12. Albinismo  Quantidade muito reduzida ou nula de melanina e/ou lipocromo, pelo que os vasos sanguíneos penetram na íris.  Sob certas condições de iluminação os olhos aparecem vermelhos.
  • 13. Sites  http://www.athro.com/evo/inherit.html  http://www.lif.kyoto-u.ac.jp/genomemap/  http://www.ncbi.nlm.nih.gov/gene