SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Profª Anabela Ramos
Falhas e
dobras
Escola Secundária du
Bocage
Deformações descontínuas
em que se verifica a fratura
das rochas acompanhada de
deslocamento dos blocos
fraturados um em relação ao
outro.
Ocorrem quando é
ultrapassado o limite de
plasticidade dos materiais
rochosos.
Falhas
Os elementos que caracterizam uma falha são:
– superfície de fractura.
– os dois blocos
deslocados.
– bloco situado acima do plano de
falha.
– bloco situado abaixo do plano de
falha.
– é a menor distância entre dois
pontos que estavam juntos antes da
fractura e do respectivo deslocamento.
– é o ângulo formado por uma
linha horizontal do plano de falha com a
linha N-S geográfica.
– é o ângulo formado pelo
plano de falha com um plano horizontal
que intercepta o plano de falha.
As falhas classificam-se segundo a inclinação do plano de falha e o movimento
dos lábios da falha.
TIPOS DE FALHAS CARACTERÍSTICAS
O teto desce relativamente ao
muro. Forma-se, geralmente,
em regime de deformação
distensivo, em zonas de
separação de placas tectónicas,
continentais ou oceânicas.
FALHA NORMAL OU DISTENSIVA
TIPOS DE FALHAS CARACTERÍSTICAS
O teto sobe relativamente ao
muro. Forma-se, geralmente, em
regime de deformação
compressivo, em zonas de
colisão de placas tectónicas.
FALHA INVERSA OU
COMPRESSIVA
TIPOS DE FALHAS CARACTERÍSTICAS
Os movimentos dos blocos
são essencialmente
horizontais e paralelos à
direção do plano de falha.
Forma-se, geralmente, em
regime de deformação de
cisalhamento.
FALHA DE
DESLIGAMENTO
Exercício 1
Falha Normal
Exercício 2
Falha Inversa
Exercício 4
Falha Normal
Exercício 5
Falha de
desligamento
Em Portugal, são numerosos
os exemplos de falhas:
Os são blocos rebaixados, geralmente com comprimento
maior que a largura.
Os são blocos também de forma linear, que exibem com
frequência uma altitude maior do que as áreas contíguas, que são
muitas vezes constituídas por grabens.
Dobras
Elementos que caracterizam uma dobra
A. Charneira
B. Flanco
C. Plano axial
D. Eixo
• Charneira
linha que une os pontos de máxima curvatura numa dobra
• Flanco
partes laterais da charneira
• Plano axial
plano de simetria da dobra que a divide em dois flancos
aproximada/ iguais
• Eixo
linha de separação dos flancos da dobra, que resulta da
interseção longitudinal do plano com a crista da dobra
Classificação geométrica de uma dobra –
segundo orientação no espaço
Antiforma Sinforma
Dobra neutra
Classificação das dobras quanto à idade das camadas
Anticlinal Sinclinal
Determinação da
atitude
Falhas e dobras
Falhas e dobras
Falhas e dobras
Falhas e dobras
Falhas e dobras
Falhas e dobras

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Princípios Estratigráficos
Princípios EstratigráficosPrincípios Estratigráficos
Princípios Estratigráficos
Gabriela Bruno
 
6 dobras e falhas
6   dobras e falhas6   dobras e falhas
6 dobras e falhas
margaridabt
 
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da TerraRochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Ana Castro
 
Deformação das rochas
Deformação das rochasDeformação das rochas
Deformação das rochas
Isabel Lopes
 
3 b classificaçãorochassedimentares
3 b   classificaçãorochassedimentares3 b   classificaçãorochassedimentares
3 b classificaçãorochassedimentares
margaridabt
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
Tânia Reis
 
6 métodos estudo interior da terra
6   métodos estudo interior da terra6   métodos estudo interior da terra
6 métodos estudo interior da terra
margaridabt
 

Mais procurados (20)

X - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARESX - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARES
 
Os minerais e as suas características
Os minerais e as suas característicasOs minerais e as suas características
Os minerais e as suas características
 
Princípios Estratigráficos
Princípios EstratigráficosPrincípios Estratigráficos
Princípios Estratigráficos
 
6 dobras e falhas
6   dobras e falhas6   dobras e falhas
6 dobras e falhas
 
2 as rochas
2   as rochas2   as rochas
2 as rochas
 
Dobras e falhas
Dobras e falhasDobras e falhas
Dobras e falhas
 
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da TerraRochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
 
Fósseis
FósseisFósseis
Fósseis
 
XI - ROCHAS METAMÓRFICAS
XI - ROCHAS METAMÓRFICASXI - ROCHAS METAMÓRFICAS
XI - ROCHAS METAMÓRFICAS
 
Geologia estrutural Falhas
Geologia estrutural   FalhasGeologia estrutural   Falhas
Geologia estrutural Falhas
 
V - VULCANISMO
V - VULCANISMOV - VULCANISMO
V - VULCANISMO
 
Deformação das rochas
Deformação das rochasDeformação das rochas
Deformação das rochas
 
Fósseis de Fácies
Fósseis de FáciesFósseis de Fácies
Fósseis de Fácies
 
Geologia 10º ano
Geologia 10º anoGeologia 10º ano
Geologia 10º ano
 
9 vulcanologia
9   vulcanologia9   vulcanologia
9 vulcanologia
 
3 b classificaçãorochassedimentares
3 b   classificaçãorochassedimentares3 b   classificaçãorochassedimentares
3 b classificaçãorochassedimentares
 
Vulcões e tectónica de placas
Vulcões e tectónica de placasVulcões e tectónica de placas
Vulcões e tectónica de placas
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
6 métodos estudo interior da terra
6   métodos estudo interior da terra6   métodos estudo interior da terra
6 métodos estudo interior da terra
 

Destaque (9)

Mecanica dos solos descontinuidade
Mecanica dos solos descontinuidadeMecanica dos solos descontinuidade
Mecanica dos solos descontinuidade
 
7 métodos estudo interior da terra
7   métodos estudo interior da terra7   métodos estudo interior da terra
7 métodos estudo interior da terra
 
Geologia 11 recursos geológicos - exploração sustentada
Geologia 11   recursos geológicos - exploração sustentadaGeologia 11   recursos geológicos - exploração sustentada
Geologia 11 recursos geológicos - exploração sustentada
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
 
Geologia 11 recursos geológicos - recursos minerais
Geologia 11   recursos geológicos - recursos mineraisGeologia 11   recursos geológicos - recursos minerais
Geologia 11 recursos geológicos - recursos minerais
 
As rochas (Ciências 6º ano)
As rochas (Ciências 6º ano)As rochas (Ciências 6º ano)
As rochas (Ciências 6º ano)
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
 
Vulcanismo
Vulcanismo Vulcanismo
Vulcanismo
 
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
Geologia 11   rochas sedimentares  - detríticasGeologia 11   rochas sedimentares  - detríticas
Geologia 11 rochas sedimentares - detríticas
 

Semelhante a Falhas e dobras (14)

Fraturas e falhas
Fraturas e falhasFraturas e falhas
Fraturas e falhas
 
Falhas atitude-dobras
Falhas atitude-dobrasFalhas atitude-dobras
Falhas atitude-dobras
 
Falhas atitude-dobras
Falhas atitude-dobrasFalhas atitude-dobras
Falhas atitude-dobras
 
Dinamica interna 2
Dinamica interna 2Dinamica interna 2
Dinamica interna 2
 
Dobras e falhas
Dobras e falhasDobras e falhas
Dobras e falhas
 
DeformaçõEs Falhas E Dobras [Modo De Compatibilidade]
DeformaçõEs Falhas E Dobras [Modo De Compatibilidade]DeformaçõEs Falhas E Dobras [Modo De Compatibilidade]
DeformaçõEs Falhas E Dobras [Modo De Compatibilidade]
 
Geologia estrutural dobras
Geologia estrutural   dobrasGeologia estrutural   dobras
Geologia estrutural dobras
 
Mapas topográficos e geológicos
Mapas topográficos e geológicosMapas topográficos e geológicos
Mapas topográficos e geológicos
 
582866 macro estruturas-revisao1a
582866 macro estruturas-revisao1a582866 macro estruturas-revisao1a
582866 macro estruturas-revisao1a
 
Geologia estrutural zonas de cisalhamento dúctil
Geologia estrutural   zonas de cisalhamento dúctilGeologia estrutural   zonas de cisalhamento dúctil
Geologia estrutural zonas de cisalhamento dúctil
 
Estudo das Falhas 1
Estudo das Falhas 1Estudo das Falhas 1
Estudo das Falhas 1
 
11 cartografia geologica
11 cartografia geologica11 cartografia geologica
11 cartografia geologica
 
1 estrutural-escudos falhas
1 estrutural-escudos falhas1 estrutural-escudos falhas
1 estrutural-escudos falhas
 
Resumo 11º ano - rochas metamórficas
Resumo   11º ano - rochas metamórficasResumo   11º ano - rochas metamórficas
Resumo 11º ano - rochas metamórficas
 

Mais de anabela (20)

Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Vulcanologia7
Vulcanologia7Vulcanologia7
Vulcanologia7
 
1 ppt deriva dos continentes
1 ppt deriva dos continentes1 ppt deriva dos continentes
1 ppt deriva dos continentes
 
Metamorficas
MetamorficasMetamorficas
Metamorficas
 
Deformações das rochas
Deformações das rochasDeformações das rochas
Deformações das rochas
 
Lua
LuaLua
Lua
 
Explicações científicas
Explicações científicasExplicações científicas
Explicações científicas
 
Imunidade ativa, passiva e desequilíbrios
Imunidade ativa, passiva e desequilíbriosImunidade ativa, passiva e desequilíbrios
Imunidade ativa, passiva e desequilíbrios
 
Sistema imunitário ppt
Sistema imunitário pptSistema imunitário ppt
Sistema imunitário ppt
 
Biotecnologia objetivos
Biotecnologia  objetivosBiotecnologia  objetivos
Biotecnologia objetivos
 
Imunidade parte 1
Imunidade   parte 1Imunidade   parte 1
Imunidade parte 1
 
Sistemas digestivos
Sistemas digestivosSistemas digestivos
Sistemas digestivos
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologia
 
Agentes mutagénicos
Agentes mutagénicosAgentes mutagénicos
Agentes mutagénicos
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologia
 
Dúvidas existenciais
Dúvidas existenciaisDúvidas existenciais
Dúvidas existenciais
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 
Tempo geologico
Tempo geologicoTempo geologico
Tempo geologico
 
Meteorização química
Meteorização químicaMeteorização química
Meteorização química
 
Fósseis 2
Fósseis 2Fósseis 2
Fósseis 2
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 

Falhas e dobras

  • 1. Profª Anabela Ramos Falhas e dobras Escola Secundária du Bocage
  • 2. Deformações descontínuas em que se verifica a fratura das rochas acompanhada de deslocamento dos blocos fraturados um em relação ao outro. Ocorrem quando é ultrapassado o limite de plasticidade dos materiais rochosos. Falhas
  • 3. Os elementos que caracterizam uma falha são: – superfície de fractura. – os dois blocos deslocados. – bloco situado acima do plano de falha. – bloco situado abaixo do plano de falha. – é a menor distância entre dois pontos que estavam juntos antes da fractura e do respectivo deslocamento. – é o ângulo formado por uma linha horizontal do plano de falha com a linha N-S geográfica. – é o ângulo formado pelo plano de falha com um plano horizontal que intercepta o plano de falha.
  • 4. As falhas classificam-se segundo a inclinação do plano de falha e o movimento dos lábios da falha. TIPOS DE FALHAS CARACTERÍSTICAS O teto desce relativamente ao muro. Forma-se, geralmente, em regime de deformação distensivo, em zonas de separação de placas tectónicas, continentais ou oceânicas. FALHA NORMAL OU DISTENSIVA
  • 5. TIPOS DE FALHAS CARACTERÍSTICAS O teto sobe relativamente ao muro. Forma-se, geralmente, em regime de deformação compressivo, em zonas de colisão de placas tectónicas. FALHA INVERSA OU COMPRESSIVA
  • 6. TIPOS DE FALHAS CARACTERÍSTICAS Os movimentos dos blocos são essencialmente horizontais e paralelos à direção do plano de falha. Forma-se, geralmente, em regime de deformação de cisalhamento. FALHA DE DESLIGAMENTO
  • 11. Em Portugal, são numerosos os exemplos de falhas:
  • 12. Os são blocos rebaixados, geralmente com comprimento maior que a largura. Os são blocos também de forma linear, que exibem com frequência uma altitude maior do que as áreas contíguas, que são muitas vezes constituídas por grabens.
  • 14.
  • 15.
  • 16. Elementos que caracterizam uma dobra A. Charneira B. Flanco C. Plano axial D. Eixo
  • 17. • Charneira linha que une os pontos de máxima curvatura numa dobra • Flanco partes laterais da charneira • Plano axial plano de simetria da dobra que a divide em dois flancos aproximada/ iguais • Eixo linha de separação dos flancos da dobra, que resulta da interseção longitudinal do plano com a crista da dobra
  • 18. Classificação geométrica de uma dobra – segundo orientação no espaço Antiforma Sinforma Dobra neutra
  • 19. Classificação das dobras quanto à idade das camadas Anticlinal Sinclinal

Notas do Editor

  1. To view this presentation, first, turn up your volume and second, launch the self-running slide show.