SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 72
Estudos do Evangelho
O Evangelho Segundo o Espiritismo
por ALLAN KARDEC – tradução de José Herculano Pires
Leonardo Pereira
“Capitulo 11 – Amar o próximo como a ti
mesmo- Instruções dos Espíritos ll”
O Egoísmo
ll – O Egoísmo
• EMMANUEL - Paris, 1861
Egoísmo (ego + ísmo) é o hábito ou a
atitude de uma pessoa colocar seus
interesses, opiniões, desejos,
necessidades em primeiro lugar, em
detrimento (ou não) do ambiente e das
demais pessoas com que se relaciona.
Neste sentido, é o antônimo
de altruísmo.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
11 – O egoísmo, esta chaga
da humanidade, deve
desaparecer da Terra,
porque impede o seu
progresso moral. É ao
Espiritismo que cabe a
tarefa de fazê-la elevar-se
na hierarquia dos mundos.
Entre os vícios, qual o que
podemos considerar radical?
Em . LE. 913.
— Já o dissemos muitas vezes:
o egoísmo. Dele se deriva todo o
mal. Estudai todos os vícios e vereis
que no fundo de todos existe o
egoísmo. Por mais que luteis contra
eles, não chegareis a extirpá-los
enquanto não os atacardes pela raiz,
enquanto não lhes houverdes
destruído a causa.
Que todos os vossos esforços tendam
para esse fim, porque nele se encontra
a verdadeira chaga da sociedade.
Quem nesta vida quiser se aproximar
da perfeição moral deve extirpar do
seu coração todo sentimento de
egoísmo, porque o egoísmo é
incompatível com a justiça, o amor e a
caridade: ele neutraliza todas as outras
qualidades.
O egoísmo é portanto o alvo para o
qual todos os verdadeiros crentes
devem dirigir suas armas, suas
forças e sua coragem. Digo
coragem, porque esta é a
qualidade mais necessária para
vencer-se a si mesmo do que para
vencer aos outros..
Estando o egoísmo fundado
no interesse pessoal, parece
difícil extirpá-lo inteiramente
do coração do homem.
Chegaremos a isso? Em . LE. 914.
— À medida que os homens se
esclarecem sobre as coisas
espirituais, dão menos valor às
materiais; em seguida, é necessário
reformar as instituições humanas, que
o entretém e excitam. Isso depende da
educação.
Que cada qual, portanto, dedique
toda a sua atenção em combatê-lo
em si próprio, pois esse monstro
devorador de todas as
inteligências, esse filho do orgulho,
é a fonte de todas as misérias
terrenas. Ele é a negação da
caridade, e por isso mesmo, o
maior obstáculo à felicidade dos
homens.
Jesus vos deu o exemplo da
caridade, e Pôncio Pilatos o do
egoísmo. Porque, enquanto o Justo
vai percorrer as santas estações do
seu martírio,
Pilatos lava as mãos, dizendo: Que
me importa! Disse mesmo aos
judeus: Esse homem é justo, por
que quereis crucificá-lo? E, no
entanto, deixa que o levem ao
suplício.
Qual é o meio de se destruir
o egoísmo?
Em . LE. 917.
— De todas as imperfeições humanas,
a mais difícil de desenraizar é
o egoísmo, porque se liga à influência
da matéria, da qual o homem, ainda
muito próximo da sua origem, não
pôde libertar-se. Tudo concorre
para entreter essa influencia: suas leis,
sua organização social, sua educação.
O egoísmo se enfraquecerá com a
predominância da vida moral sobre a
vida material, e sobretudo com a
compreensão que o Espiritismo vos dá
quanto ao vosso estado futuro real e
não desfigurado pelas ficções
alegóricas.
O Espiritismo bem
compreendido, quando estiver
identificado com os costumes e
as crenças, transformará os
hábitos, as usanças e as
relações sociais.
O egoísmo se funda na
importância da
personalidade; ora, o Espiritismo
bem compreendido, repito-o, faz ver as
coisas de tão alto que o
sentimento
da personalidade
desaparece de alguma forma
perante a imensidade.
Ao destruir essa importância, ou pelo
menos ao fazer ver a
personalidade naquilo
que de fato ela é, combate
necessariamente o egoísmo.
É a esse antagonismo da
caridade e do egoísmo à
invasão dessa lepra do coração
humano, que o Cristianismo
deve não ter ainda cumprido
toda a sua missão.
E é a vós, novos apóstolos da fé,
que os Espíritos superiores
esclarecem, que cabem a tarefa
e o dever de extirpar esse mal,
para dar ao Cristianismo toda a
sua força e limpar o caminho
dos obstáculos que lhe
entravam a marcha.
Expulsai o egoísmo da Terra,
para que ela possa elevar-se na
escala dos mundos, pois já é
tempo da humanidade vestir a
sua toga viril, e para isso é
necessário primeiro expulsá-lo
de vosso coração.
ll – O Egoísmo
• PASCAL - Sens, 1862
12 – Se os homens se amassem
reciprocamente, a caridade
seria mais bem praticada. Mas,
para isso, seria necessário que
vos esforçásseis no sentido de
livrar o vosso coração dessa
couraça que o envolve, a fim de
torná-lo mais sensível ao
sofrimento do próximo.
O Cristo nunca se esquivava:
aqueles que o procuravam,
fossem quem fossem, não eram
repelidos. A mulher adúltera, o
criminoso, eram socorridos por
ele, que jamais temeu
prejudicar a sua própria
reputação.
Quando, pois o
tomareis por modelo
de todas as vossas
ações?
Se a caridade reinasse na Terra, o
mal não dominaria, mas se
apagaria envergonhado; ele se
esconderia, porque em toda parte
se sentiria deslocado. Seria
então que o mal
desapareceria; compenetrai-
vos bem disso.
-Acaba com o egoísmo;
-Aniquila o orgulho;
-Estabelece a justiça e a
caridade;
-Transforma o “EU” em
“Nós”.
Começai por dar o exemplo vós
mesmos. Sede caridosos para com
todos, indistintamente. Esforçai-
vos para não atentar nos que vos
olham com desdém. Deixai a Deus
cuidar de toda a justiça, pois
cada dia, no seu Reino, Ele
separa o joio do trigo.
O egoísmo é a negação
da caridade. Ora, sem
caridade não há tranquilidade
na vida social, e digo mais, não
há segurança.
Com o egoísmo e o orgulho, que
andam de mãos dadas, essa
vida será sempre uma corrida
favorável ao mais esperto, uma
luta de interesses, em que as
mais santas afeições são
calcadas aos pés, em que nem
mesmo os sagrados laços de
família são respeitados.
Todos querem a
Felicidade, não é?
...Quando compreender bem que
o egoísmo é uma dessas causas,
aquela que engendra o orgulho, a
ambição, a cupidez, a inveja, o
ódio, o ciúme, dos quais a todo
momento ele é vítima, que leva a
perturbação a todas as relações
sociais, provoca as dissensões,
...destrói a confiança, obrigando-o
a se manter constantemente
numa atitude de defesa em face
do seu vizinho, e que, enfim, do
amigo faz um inimigo, então ele
compreenderá também que esse
vício é incompatível com a sua
própria felicidade.
... O egoísmo é a fonte de todos
os vícios, como a caridade é a
fonte de todas as virtudes.
Destruir um e desenvolver a outra
deve ser o alvo de todos os
esforços do homem, se ele deseja
assegurar a sua felicidade neste
mundo, tanto quanto no futuro.
38
As principais reações e
características do tipo
predominantemente
orgulhoso/egoísta são:
Amor-próprio muito
acentuado; contraria-se
por pequenos motivos
Reage explosivamente a
quaisquer observações
ou criticas de outrem em
relação ao seu
comportamento;
Necessita ser o centro de
atenções e fazer
prevalecer sempre as
suas próprias ideias;
Não aceita a
possibilidade de seus
erros, mantendo-se num
estado de consciência
fechado ao dialogo
construtivo;
Menospreza as ideias
do próximo;
Ao ser elogiado por
quaisquer motivos, enche-se
de uma satisfação
presunçosa, como que se
reafirmando na sua
importância pessoal;
Preocupa-se muito com a
sua aparência exterior, seus
gestos são estudados, dá
demasia importância à sua
posição social e ao
prestigio pessoal;
Acha que todos os seus
circundantes (familiares e
amigos) devem girar em
torno de si;
Não admite se humilhar
diante de ninguém,
achando essa atitude um
traço de fraqueza e falta de
personalidade;
Usa da ironia e do deboche
para com o próximo nas
ocasiões de contendas.
Percebeu alguma dessas
Atitudes em você?
Redação do Momento Espírita com base na mensagem Três
atitudes, do livro Seara dos médiuns, pelo Espírito Emmanuel,
psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. Feb.
Disponível no livro Momento Espírita v. 2, ed. Fep.
Em 08.11.2010. 51
Três atitudes
Você se considera uma
pessoa egoísta, orgulhosa
ou é alguém que sempre
busca praticar o bem?
52
Talvez a resposta para essa
pergunta não seja tão fácil
assim, por isso vamos fazer
uma análise dessas três
atitudes considerando
alguns quadros e
circunstâncias da vida
diária: 53
Na sociedade:
54
O egoísmo faz o que quer.
O orgulho faz como quer.
O bem faz o que pode, acima
das próprias obrigações.
No trabalho:
55
O egoísmo explora o que
acha.
O orgulho oprime o que vê.
O bem produz
incessantemente.
Na equipe:
56
O egoísmo atrai para si.
O orgulho pensa em si.
O bem serve a todos.
Na amizade:
57
O egoísmo utiliza as situações.
O orgulho clama por
privilégios.
O bem renuncia ao próprio
bem.
Na fé:
58
O egoísmo aparenta.
O orgulho reclama.
O bem ouve.
Na responsabilidade:
59
O egoísmo foge.
O orgulho tiraniza.
O bem colabora.
Na dor alheia:
60
O egoísmo esquece.
O orgulho condena.
O bem ampara.
No estudo:
61
O egoísmo finge que sabe.
O orgulho não busca saber.
O bem aprende sempre, para
realizar o melhor.
Considerando essas três
atitudes, você poderá avaliar
qual é a que mais se destaca
nas suas ações diárias.
62
Fazendo essa análise você
poderá responder se é uma
pessoa egoísta, orgulhosa ou
que age de acordo com o bem.
63
Com a avaliação em mãos,
considere o seguinte:
64
O egoísmo e o orgulho são
dois corredores sombrios que
conduzem ao vício, à
delinquência, à desgraça.
65
O bem é ampla e iluminada
avenida que nos leva à
conquista das virtudes
sublimes e à felicidade
suprema que tanto
desejamos.
66
Mas para isso não basta
apenas admirar o bem ou
divulgá-lo. É preciso, acima
de tudo, praticá-lo com
todas as forças da alma.
67
E a decisão entre uma
atitude e outra, cabe
exclusivamente a cada um
de nós.
68
Não esqueça de que o bem
que se faz é o único
trabalho que faz bem. E
esse serviço em favor dos
outros é a caridade única
em favor de nós mesmos.
69
O bem é a alavanca capaz de
libertar o homem dos vícios e
elevá-lo aos altos planos da
harmonia consigo mesmo e
com o mundo que o rodeia.
70
Assim, a prática do bem
é e sempre será nossa
melhor atitude.
71
Uma linda noite e uma Feliz Semana!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosPalestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosDivulgador do Espiritismo
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Fernando Pinto
 
Conduta Espírita na Prática da Caridade
Conduta Espírita na Prática da CaridadeConduta Espírita na Prática da Caridade
Conduta Espírita na Prática da Caridadeigmateus
 
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucuraO processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucurajcevadro
 
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor JulianoCarvalho29
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosAlmir Silva
 
Observai os Pássaros
Observai os PássarosObservai os Pássaros
Observai os Pássarosigmateus
 
Felicidade E Infelicidade Relativa
Felicidade E  Infelicidade  RelativaFelicidade E  Infelicidade  Relativa
Felicidade E Infelicidade RelativaSergio Menezes
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráLisete B.
 
A paciência
A paciênciaA paciência
A paciênciahome
 

Mais procurados (20)

Casamento na ótica espirita
Casamento na ótica espiritaCasamento na ótica espirita
Casamento na ótica espirita
 
Egoismo
EgoismoEgoismo
Egoismo
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosPalestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
 
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMOREFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
 
Conduta Espírita na Prática da Caridade
Conduta Espírita na Prática da CaridadeConduta Espírita na Prática da Caridade
Conduta Espírita na Prática da Caridade
 
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucuraO processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
O processo obsessivo - obsessor e obsidiado - obsessão e loucura
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
Evangeliza - O dever
Evangeliza - O deverEvangeliza - O dever
Evangeliza - O dever
 
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
 
Avareza
AvarezaAvareza
Avareza
 
Observai os Pássaros
Observai os PássarosObservai os Pássaros
Observai os Pássaros
 
ÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão EspíritaÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão Espírita
 
O óbulo da viúva
O óbulo da viúvaO óbulo da viúva
O óbulo da viúva
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
 
Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado
 
Felicidade E Infelicidade Relativa
Felicidade E  Infelicidade  RelativaFelicidade E  Infelicidade  Relativa
Felicidade E Infelicidade Relativa
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
A paciência
A paciênciaA paciência
A paciência
 

Destaque

E G OÍ S M O N A V I SÃ O E S PÍ R I T A
E G OÍ S M O  N A  V I SÃ O  E S PÍ R I T AE G OÍ S M O  N A  V I SÃ O  E S PÍ R I T A
E G OÍ S M O N A V I SÃ O E S PÍ R I T ASergio Menezes
 
O Egoísmo das Nossas Vidas
O Egoísmo das Nossas VidasO Egoísmo das Nossas Vidas
O Egoísmo das Nossas Vidas-
 
Egosmo na visão esprita
Egosmo na visão espritaEgosmo na visão esprita
Egosmo na visão espritaVictor Passos
 
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...Danilo Galvão
 
O egoísmo na sociedade
O egoísmo na sociedadeO egoísmo na sociedade
O egoísmo na sociedadeDouglas Leite
 
Lei de amor e caridade
Lei de amor e caridadeLei de amor e caridade
Lei de amor e caridadegrupodepaisceb
 
Amai os vossos inimigos
Amai  os  vossos  inimigosAmai  os  vossos  inimigos
Amai os vossos inimigosGraça Maciel
 
2013-02-13-Perfeicao Moral e o Bem e o Mal - Rosana De Rosa
2013-02-13-Perfeicao Moral e o Bem e o Mal - Rosana De Rosa 2013-02-13-Perfeicao Moral e o Bem e o Mal - Rosana De Rosa
2013-02-13-Perfeicao Moral e o Bem e o Mal - Rosana De Rosa Rosana De Rosa
 
Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".Leonardo Pereira
 
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMOAMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMOAngela Ewerling
 
Os três batismos - n.13
Os três batismos - n.13Os três batismos - n.13
Os três batismos - n.13Graça Maciel
 
Fluidoterapia, baseada em Allan Kardec
Fluidoterapia, baseada em Allan KardecFluidoterapia, baseada em Allan Kardec
Fluidoterapia, baseada em Allan KardecAlan Diniz Souza
 
Os seguidores de Jesus - n.14
Os seguidores de Jesus - n.14Os seguidores de Jesus - n.14
Os seguidores de Jesus - n.14Graça Maciel
 
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12Graça Maciel
 
Jesus e as sinagogas - n.17
Jesus e as sinagogas - n.17Jesus e as sinagogas - n.17
Jesus e as sinagogas - n.17Graça Maciel
 
O templo e as sinagogas - n 10
O templo e as sinagogas - n 10O templo e as sinagogas - n 10
O templo e as sinagogas - n 10Graça Maciel
 
A multidão e Jesus - n.15
A multidão e Jesus - n.15A multidão e Jesus - n.15
A multidão e Jesus - n.15Graça Maciel
 

Destaque (20)

E G OÍ S M O N A V I SÃ O E S PÍ R I T A
E G OÍ S M O  N A  V I SÃ O  E S PÍ R I T AE G OÍ S M O  N A  V I SÃ O  E S PÍ R I T A
E G OÍ S M O N A V I SÃ O E S PÍ R I T A
 
O Egoísmo das Nossas Vidas
O Egoísmo das Nossas VidasO Egoísmo das Nossas Vidas
O Egoísmo das Nossas Vidas
 
Egosmo na visão esprita
Egosmo na visão espritaEgosmo na visão esprita
Egosmo na visão esprita
 
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
Egoísmo- Um deserto no coração humano, palestra e poesia sobra Madre Teresa d...
 
O egoísmo na sociedade
O egoísmo na sociedadeO egoísmo na sociedade
O egoísmo na sociedade
 
# Amália silveira - o egoísmo - [ espiritismo]
#   Amália silveira - o egoísmo - [ espiritismo]#   Amália silveira - o egoísmo - [ espiritismo]
# Amália silveira - o egoísmo - [ espiritismo]
 
O egoismo e
O egoismo eO egoismo e
O egoismo e
 
Lei de amor e caridade
Lei de amor e caridadeLei de amor e caridade
Lei de amor e caridade
 
Amai os vossos inimigos
Amai  os  vossos  inimigosAmai  os  vossos  inimigos
Amai os vossos inimigos
 
2013-02-13-Perfeicao Moral e o Bem e o Mal - Rosana De Rosa
2013-02-13-Perfeicao Moral e o Bem e o Mal - Rosana De Rosa 2013-02-13-Perfeicao Moral e o Bem e o Mal - Rosana De Rosa
2013-02-13-Perfeicao Moral e o Bem e o Mal - Rosana De Rosa
 
Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".
 
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMOAMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
 
Os três batismos - n.13
Os três batismos - n.13Os três batismos - n.13
Os três batismos - n.13
 
Fluidoterapia, baseada em Allan Kardec
Fluidoterapia, baseada em Allan KardecFluidoterapia, baseada em Allan Kardec
Fluidoterapia, baseada em Allan Kardec
 
Os seguidores de Jesus - n.14
Os seguidores de Jesus - n.14Os seguidores de Jesus - n.14
Os seguidores de Jesus - n.14
 
Reformador 2007-04
Reformador 2007-04Reformador 2007-04
Reformador 2007-04
 
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
 
Jesus e as sinagogas - n.17
Jesus e as sinagogas - n.17Jesus e as sinagogas - n.17
Jesus e as sinagogas - n.17
 
O templo e as sinagogas - n 10
O templo e as sinagogas - n 10O templo e as sinagogas - n 10
O templo e as sinagogas - n 10
 
A multidão e Jesus - n.15
A multidão e Jesus - n.15A multidão e Jesus - n.15
A multidão e Jesus - n.15
 

Semelhante a Estudos do evangelho "O egoísmo"

Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição MoralCeile Bernardo
 
Visão espírita da nossa crise social
Visão espírita da nossa crise socialVisão espírita da nossa crise social
Visão espírita da nossa crise socialMarcus Vinicius Lins
 
LE Q.913 ESE cap13_item15
LE Q.913 ESE cap13_item15LE Q.913 ESE cap13_item15
LE Q.913 ESE cap13_item15Patricia Farias
 
(Raio De Luz) Egoísmo E Altruísmo
(Raio De Luz) Egoísmo E Altruísmo(Raio De Luz) Egoísmo E Altruísmo
(Raio De Luz) Egoísmo E AltruísmoCorolário .
 
Segundo Módulo - Aula 13 - Perfição moral as virtudes e os vicios
Segundo Módulo - Aula 13 - Perfição moral as virtudes e os viciosSegundo Módulo - Aula 13 - Perfição moral as virtudes e os vicios
Segundo Módulo - Aula 13 - Perfição moral as virtudes e os viciosCeiClarencio
 
Missão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terraMissão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terraEduardo Ottonelli Pithan
 
Olimpadas De Pequim 2008 2
Olimpadas De Pequim   2008 2Olimpadas De Pequim   2008 2
Olimpadas De Pequim 2008 2jmeirelles
 
Estudos do evangelho "O ódio e o duelo" ( Leonardo Pereira).
Estudos do evangelho "O ódio e o duelo" ( Leonardo Pereira). Estudos do evangelho "O ódio e o duelo" ( Leonardo Pereira).
Estudos do evangelho "O ódio e o duelo" ( Leonardo Pereira). Leonardo Pereira
 
Arrogância.pptx
Arrogância.pptxArrogância.pptx
Arrogância.pptxM.R.L
 
aautoestima_Anderson.pdf
aautoestima_Anderson.pdfaautoestima_Anderson.pdf
aautoestima_Anderson.pdfTelma Lima
 
Estudo do livro Roteiro lição 38
Estudo do livro Roteiro lição 38Estudo do livro Roteiro lição 38
Estudo do livro Roteiro lição 38Candice Gunther
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Leonardo Pereira
 

Semelhante a Estudos do evangelho "O egoísmo" (20)

Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição Moral
 
Visão espírita da nossa crise social
Visão espírita da nossa crise socialVisão espírita da nossa crise social
Visão espírita da nossa crise social
 
Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11
 
LE Q.913 ESE cap13_item15
LE Q.913 ESE cap13_item15LE Q.913 ESE cap13_item15
LE Q.913 ESE cap13_item15
 
VAIDADE - PEDRA DO SOL
VAIDADE - PEDRA DO SOLVAIDADE - PEDRA DO SOL
VAIDADE - PEDRA DO SOL
 
(Raio De Luz) Egoísmo E Altruísmo
(Raio De Luz) Egoísmo E Altruísmo(Raio De Luz) Egoísmo E Altruísmo
(Raio De Luz) Egoísmo E Altruísmo
 
Segundo Módulo - Aula 13 - Perfição moral as virtudes e os vicios
Segundo Módulo - Aula 13 - Perfição moral as virtudes e os viciosSegundo Módulo - Aula 13 - Perfição moral as virtudes e os vicios
Segundo Módulo - Aula 13 - Perfição moral as virtudes e os vicios
 
Desmascarando a VAIDADE
Desmascarando a VAIDADEDesmascarando a VAIDADE
Desmascarando a VAIDADE
 
Missão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terraMissão do ser humano inteligente na terra
Missão do ser humano inteligente na terra
 
Olimpadas De Pequim 2008 2
Olimpadas De Pequim   2008 2Olimpadas De Pequim   2008 2
Olimpadas De Pequim 2008 2
 
Estudos do evangelho "O ódio e o duelo" ( Leonardo Pereira).
Estudos do evangelho "O ódio e o duelo" ( Leonardo Pereira). Estudos do evangelho "O ódio e o duelo" ( Leonardo Pereira).
Estudos do evangelho "O ódio e o duelo" ( Leonardo Pereira).
 
Amor, Única Solução
Amor, Única SoluçãoAmor, Única Solução
Amor, Única Solução
 
A autoestima
A autoestimaA autoestima
A autoestima
 
Arrogância.pptx
Arrogância.pptxArrogância.pptx
Arrogância.pptx
 
aautoestima_Anderson.pdf
aautoestima_Anderson.pdfaautoestima_Anderson.pdf
aautoestima_Anderson.pdf
 
A MALEDICÊNCIA
A MALEDICÊNCIAA MALEDICÊNCIA
A MALEDICÊNCIA
 
Estudo do livro Roteiro lição 38
Estudo do livro Roteiro lição 38Estudo do livro Roteiro lição 38
Estudo do livro Roteiro lição 38
 
Caridade na ótica espirita
Caridade na ótica espiritaCaridade na ótica espirita
Caridade na ótica espirita
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06
 
O Homem Integral - Capítulo 3
O Homem Integral - Capítulo 3O Homem Integral - Capítulo 3
O Homem Integral - Capítulo 3
 

Mais de Leonardo Pereira

Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência" Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência" Leonardo Pereira
 
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"Leonardo Pereira
 
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 1
Escutando sentimentos  cap 1Escutando sentimentos  cap 1
Escutando sentimentos cap 1Leonardo Pereira
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalLeonardo Pereira
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução Leonardo Pereira
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosLeonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Leonardo Pereira
 

Mais de Leonardo Pereira (20)

Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência" Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência"
 
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"
 
E a morte o fim da vida
E a morte o fim da vidaE a morte o fim da vida
E a morte o fim da vida
 
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12
 
Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10
 
Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02
 
Escutando sentimentos cap 1
Escutando sentimentos  cap 1Escutando sentimentos  cap 1
Escutando sentimentos cap 1
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
 
Prisões mentais
Prisões mentaisPrisões mentais
Prisões mentais
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediados
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 

Último

Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Nilson Almeida
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxManoel Candido Pires Junior
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfDaddizinhaRodrigues
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfFrancisco Baptista
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Fraternitas Movimento
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 

Último (7)

Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 

Estudos do evangelho "O egoísmo"

  • 1. Estudos do Evangelho O Evangelho Segundo o Espiritismo por ALLAN KARDEC – tradução de José Herculano Pires Leonardo Pereira
  • 2.
  • 3. “Capitulo 11 – Amar o próximo como a ti mesmo- Instruções dos Espíritos ll” O Egoísmo
  • 4. ll – O Egoísmo • EMMANUEL - Paris, 1861
  • 5. Egoísmo (ego + ísmo) é o hábito ou a atitude de uma pessoa colocar seus interesses, opiniões, desejos, necessidades em primeiro lugar, em detrimento (ou não) do ambiente e das demais pessoas com que se relaciona. Neste sentido, é o antônimo de altruísmo. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
  • 6. 11 – O egoísmo, esta chaga da humanidade, deve desaparecer da Terra, porque impede o seu progresso moral. É ao Espiritismo que cabe a tarefa de fazê-la elevar-se na hierarquia dos mundos.
  • 7. Entre os vícios, qual o que podemos considerar radical? Em . LE. 913.
  • 8. — Já o dissemos muitas vezes: o egoísmo. Dele se deriva todo o mal. Estudai todos os vícios e vereis que no fundo de todos existe o egoísmo. Por mais que luteis contra eles, não chegareis a extirpá-los enquanto não os atacardes pela raiz, enquanto não lhes houverdes destruído a causa.
  • 9. Que todos os vossos esforços tendam para esse fim, porque nele se encontra a verdadeira chaga da sociedade. Quem nesta vida quiser se aproximar da perfeição moral deve extirpar do seu coração todo sentimento de egoísmo, porque o egoísmo é incompatível com a justiça, o amor e a caridade: ele neutraliza todas as outras qualidades.
  • 10. O egoísmo é portanto o alvo para o qual todos os verdadeiros crentes devem dirigir suas armas, suas forças e sua coragem. Digo coragem, porque esta é a qualidade mais necessária para vencer-se a si mesmo do que para vencer aos outros..
  • 11. Estando o egoísmo fundado no interesse pessoal, parece difícil extirpá-lo inteiramente do coração do homem. Chegaremos a isso? Em . LE. 914.
  • 12. — À medida que os homens se esclarecem sobre as coisas espirituais, dão menos valor às materiais; em seguida, é necessário reformar as instituições humanas, que o entretém e excitam. Isso depende da educação.
  • 13. Que cada qual, portanto, dedique toda a sua atenção em combatê-lo em si próprio, pois esse monstro devorador de todas as inteligências, esse filho do orgulho, é a fonte de todas as misérias terrenas. Ele é a negação da caridade, e por isso mesmo, o maior obstáculo à felicidade dos homens.
  • 14. Jesus vos deu o exemplo da caridade, e Pôncio Pilatos o do egoísmo. Porque, enquanto o Justo vai percorrer as santas estações do seu martírio,
  • 15. Pilatos lava as mãos, dizendo: Que me importa! Disse mesmo aos judeus: Esse homem é justo, por que quereis crucificá-lo? E, no entanto, deixa que o levem ao suplício.
  • 16. Qual é o meio de se destruir o egoísmo? Em . LE. 917.
  • 17. — De todas as imperfeições humanas, a mais difícil de desenraizar é o egoísmo, porque se liga à influência da matéria, da qual o homem, ainda muito próximo da sua origem, não pôde libertar-se. Tudo concorre para entreter essa influencia: suas leis, sua organização social, sua educação.
  • 18. O egoísmo se enfraquecerá com a predominância da vida moral sobre a vida material, e sobretudo com a compreensão que o Espiritismo vos dá quanto ao vosso estado futuro real e não desfigurado pelas ficções alegóricas.
  • 19. O Espiritismo bem compreendido, quando estiver identificado com os costumes e as crenças, transformará os hábitos, as usanças e as relações sociais.
  • 20. O egoísmo se funda na importância da personalidade; ora, o Espiritismo bem compreendido, repito-o, faz ver as coisas de tão alto que o sentimento da personalidade desaparece de alguma forma perante a imensidade.
  • 21. Ao destruir essa importância, ou pelo menos ao fazer ver a personalidade naquilo que de fato ela é, combate necessariamente o egoísmo.
  • 22. É a esse antagonismo da caridade e do egoísmo à invasão dessa lepra do coração humano, que o Cristianismo deve não ter ainda cumprido toda a sua missão.
  • 23. E é a vós, novos apóstolos da fé, que os Espíritos superiores esclarecem, que cabem a tarefa e o dever de extirpar esse mal, para dar ao Cristianismo toda a sua força e limpar o caminho dos obstáculos que lhe entravam a marcha.
  • 24. Expulsai o egoísmo da Terra, para que ela possa elevar-se na escala dos mundos, pois já é tempo da humanidade vestir a sua toga viril, e para isso é necessário primeiro expulsá-lo de vosso coração.
  • 25. ll – O Egoísmo • PASCAL - Sens, 1862
  • 26. 12 – Se os homens se amassem reciprocamente, a caridade seria mais bem praticada. Mas, para isso, seria necessário que vos esforçásseis no sentido de livrar o vosso coração dessa couraça que o envolve, a fim de torná-lo mais sensível ao sofrimento do próximo.
  • 27. O Cristo nunca se esquivava: aqueles que o procuravam, fossem quem fossem, não eram repelidos. A mulher adúltera, o criminoso, eram socorridos por ele, que jamais temeu prejudicar a sua própria reputação.
  • 28. Quando, pois o tomareis por modelo de todas as vossas ações?
  • 29. Se a caridade reinasse na Terra, o mal não dominaria, mas se apagaria envergonhado; ele se esconderia, porque em toda parte se sentiria deslocado. Seria então que o mal desapareceria; compenetrai- vos bem disso.
  • 30. -Acaba com o egoísmo; -Aniquila o orgulho; -Estabelece a justiça e a caridade; -Transforma o “EU” em “Nós”.
  • 31. Começai por dar o exemplo vós mesmos. Sede caridosos para com todos, indistintamente. Esforçai- vos para não atentar nos que vos olham com desdém. Deixai a Deus cuidar de toda a justiça, pois cada dia, no seu Reino, Ele separa o joio do trigo.
  • 32. O egoísmo é a negação da caridade. Ora, sem caridade não há tranquilidade na vida social, e digo mais, não há segurança.
  • 33. Com o egoísmo e o orgulho, que andam de mãos dadas, essa vida será sempre uma corrida favorável ao mais esperto, uma luta de interesses, em que as mais santas afeições são calcadas aos pés, em que nem mesmo os sagrados laços de família são respeitados.
  • 35. ...Quando compreender bem que o egoísmo é uma dessas causas, aquela que engendra o orgulho, a ambição, a cupidez, a inveja, o ódio, o ciúme, dos quais a todo momento ele é vítima, que leva a perturbação a todas as relações sociais, provoca as dissensões,
  • 36. ...destrói a confiança, obrigando-o a se manter constantemente numa atitude de defesa em face do seu vizinho, e que, enfim, do amigo faz um inimigo, então ele compreenderá também que esse vício é incompatível com a sua própria felicidade.
  • 37. ... O egoísmo é a fonte de todos os vícios, como a caridade é a fonte de todas as virtudes. Destruir um e desenvolver a outra deve ser o alvo de todos os esforços do homem, se ele deseja assegurar a sua felicidade neste mundo, tanto quanto no futuro.
  • 38. 38
  • 39. As principais reações e características do tipo predominantemente orgulhoso/egoísta são:
  • 41. Reage explosivamente a quaisquer observações ou criticas de outrem em relação ao seu comportamento;
  • 42. Necessita ser o centro de atenções e fazer prevalecer sempre as suas próprias ideias;
  • 43. Não aceita a possibilidade de seus erros, mantendo-se num estado de consciência fechado ao dialogo construtivo;
  • 45. Ao ser elogiado por quaisquer motivos, enche-se de uma satisfação presunçosa, como que se reafirmando na sua importância pessoal;
  • 46. Preocupa-se muito com a sua aparência exterior, seus gestos são estudados, dá demasia importância à sua posição social e ao prestigio pessoal;
  • 47. Acha que todos os seus circundantes (familiares e amigos) devem girar em torno de si;
  • 48. Não admite se humilhar diante de ninguém, achando essa atitude um traço de fraqueza e falta de personalidade;
  • 49. Usa da ironia e do deboche para com o próximo nas ocasiões de contendas.
  • 51. Redação do Momento Espírita com base na mensagem Três atitudes, do livro Seara dos médiuns, pelo Espírito Emmanuel, psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. Feb. Disponível no livro Momento Espírita v. 2, ed. Fep. Em 08.11.2010. 51 Três atitudes
  • 52. Você se considera uma pessoa egoísta, orgulhosa ou é alguém que sempre busca praticar o bem? 52
  • 53. Talvez a resposta para essa pergunta não seja tão fácil assim, por isso vamos fazer uma análise dessas três atitudes considerando alguns quadros e circunstâncias da vida diária: 53
  • 54. Na sociedade: 54 O egoísmo faz o que quer. O orgulho faz como quer. O bem faz o que pode, acima das próprias obrigações.
  • 55. No trabalho: 55 O egoísmo explora o que acha. O orgulho oprime o que vê. O bem produz incessantemente.
  • 56. Na equipe: 56 O egoísmo atrai para si. O orgulho pensa em si. O bem serve a todos.
  • 57. Na amizade: 57 O egoísmo utiliza as situações. O orgulho clama por privilégios. O bem renuncia ao próprio bem.
  • 58. Na fé: 58 O egoísmo aparenta. O orgulho reclama. O bem ouve.
  • 59. Na responsabilidade: 59 O egoísmo foge. O orgulho tiraniza. O bem colabora.
  • 60. Na dor alheia: 60 O egoísmo esquece. O orgulho condena. O bem ampara.
  • 61. No estudo: 61 O egoísmo finge que sabe. O orgulho não busca saber. O bem aprende sempre, para realizar o melhor.
  • 62. Considerando essas três atitudes, você poderá avaliar qual é a que mais se destaca nas suas ações diárias. 62
  • 63. Fazendo essa análise você poderá responder se é uma pessoa egoísta, orgulhosa ou que age de acordo com o bem. 63
  • 64. Com a avaliação em mãos, considere o seguinte: 64
  • 65. O egoísmo e o orgulho são dois corredores sombrios que conduzem ao vício, à delinquência, à desgraça. 65
  • 66. O bem é ampla e iluminada avenida que nos leva à conquista das virtudes sublimes e à felicidade suprema que tanto desejamos. 66
  • 67. Mas para isso não basta apenas admirar o bem ou divulgá-lo. É preciso, acima de tudo, praticá-lo com todas as forças da alma. 67
  • 68. E a decisão entre uma atitude e outra, cabe exclusivamente a cada um de nós. 68
  • 69. Não esqueça de que o bem que se faz é o único trabalho que faz bem. E esse serviço em favor dos outros é a caridade única em favor de nós mesmos. 69
  • 70. O bem é a alavanca capaz de libertar o homem dos vícios e elevá-lo aos altos planos da harmonia consigo mesmo e com o mundo que o rodeia. 70
  • 71. Assim, a prática do bem é e sempre será nossa melhor atitude. 71
  • 72. Uma linda noite e uma Feliz Semana!