SlideShare uma empresa Scribd logo
Palestrante – Victor Passos
• — Eu sou o pão da vida...
• — Eu sou a porta...
• — Eu sou o caminho...
• — Eu sou o bom pastor...
•
• Somente indo até Ele e deixando-se penetrar pela Sua
Realidade, poderá a Psicologia profunda entendê-lo
sem O definir, estudá-lo sem O limitar.
LITÍGIOS
• Jesus não transitou no mundo sem o sofrer.
A cada passo era desafiado pelos litigantes.
Allan Kardec também os encontrou entre aqueles que se
diziam filiados à Doutrina de que ele se fizera o
codificador.
Todos os homens e mulheres de bem lhes experimentam
a militância, a oposição.
PROVOCAÇÕES
A provocação de
qualquer natureza é
estorvo que gera
contágio e, quando
aceite, transforma-se
em desequilíbrio.
• Quem sintoniza com
a Mente Divina
sempre exterioriza
paz, irradiando uma
incomum alegria de
viver.
AS INCOMPREENSÕES
• Pessoa alguma
consegue vencer a
jornada terrestre sem
enfrentar os obstáculos
necessários ao seu
processo de
iluminação interior.
ENFRENTANDO
TENTAÇÕES
• Perseguido, estive a ponto de também agredir.
Acusado, experimentou o desejo forte de
contestar. Incompreendido, quis reagir com a
mesma expressão. Abandonado, sentiu a mágoa,
que lhe sugeria reparação imediata. Difamado,
viu a oportunidade de investir contra os seus
detratores, desmoralizando-os. Enfermo, foi
quase vencido pelo desânimo
RECLAMAÇÕES
INDEVIDAS
• Ao reencarnares trazes
uma consciência mais
lúcida, rogaste aos
benfeitores as
oportunidades de
crescimento mediante a
redenção pessoal.
• Jesus, que é Perfeito, experimentou entre os homens o
sarcasmo, a desolação, a negativa e a traição, ensinando-nos
que o Amor verdadeiro, é paciente, tolerante, compreensivo,
jamais reclama, pois que Ele sabia que a Terra é ainda escola
de redenção, e os homens que a habitam encontram-se em
processo de aprendizagem e complementação espiritual.
Não reclamemos, pois, nunca
mais!
O concurso da oração, da meditação e as
orientações morais completam o quadro
terapêutico para a preservação da saúde
espiritual.
TRÊS INIMIGOS
Depressão - Ressentimento - Exaltação
• A Depressão - É tóxico que envenena lentamente as
mais belas florações do ser.
• Ressentimento - É como o mofo que faz apodrecer o
suporte onde se apoia, desenvolve-se e, invariavelmente,
alcança domínio destruidor onde se fixa.
• A exaltação - É como a faísca de eletricidade, atinge os
nervos e produz relâmpagos de loucura com trovões
carregados de impropérios e rebeldias, que secam os
ideais da vida e destroçam os que caiem nas suas
malhas.
DIANTE
DA
LUTA
• A luta é um desafio abençoado que a Lei do Progresso
impõe. Há, no entanto, muita luta que se estabelece na
Terra.
Há luta pelos valores transitórios, que perdem o seu
significado com a morte. E a luta pela renovação dos
sentimentos voltados para o bem
ARREPENDIMENTO
E
REPARAÇÃO
O arrependimento é luz
na consciência.
A reparação é a
consciência do dever
em ação.
FÉ E VIDA
• A fé é a alma da vida, sem a qual esta última perderia o
significado evolutivo.
• A fé é elemento enorme do contexto humano, contribui
e fortalece as conquistas da sociedade.
• Fé e vida são, equações evolutivas.
VIDA SOCIAL
•A vida social, está adida no processo
de evolução das criaturas,
encarnadas ou não, já que ninguém
consegue a realização espiritual
seguindo a sós.
LUTA PELA
CONQUISTA
DA PAZ
• Deixa-te penetrar pelas
lições de vida, antes que a
visita da amargura, torne
mais difícil a aceitação da
presença equilibradora.
Conquista a paz,
preservando-a, pagando o
tributo que te seja exigido
pela honra de desfrutá-la.
• O Evangelho é portador da melhor
pedagogia, da melhor técnica para a
conquista da autorrealização.
• Ama - assevera Jesus.
O MÉDICO INTERNO
•O processo de evolução dá-se
através do desgaste como do
aprimoramento, da doença e da
saúde, da queda e do
soerguimento...
• A tua dor é pessoal, intransferível, que ninguém
pode substitui-la.
• Gostarias que amigos e familiares tivessem
dimensão do que te aflige, da profundidade do teu
sofrimento.
• Não é possível! Há experiências que necessitam
ser vividas, para mais bem dimensionadas.
AMORTERAPIA
• O amor não acusa, corrige; não atemoriza, ajuda;
não pune, educa; não odeia, edifica; não destrói,
salva.
• Em toda a Doutrina de Jesus, há um veemente
repúdio ao Mal e um permanente convite aos
maus para que se arrependam, expiem e se
recuperem.
• Cada um encontrará a sua felicidade…
Votos de muita paz
SEJA FELIZPalestrante- Victor Passos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vidaEu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vida
Dr. Walter Cury
 
O perdão
O perdãoO perdão
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
paikachambi
 
Conhece te a ti mesmo
Conhece te a ti mesmoConhece te a ti mesmo
Conhece te a ti mesmo
Lisete B.
 
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrerPalestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Divulgador do Espiritismo
 
Gentileza
GentilezaGentileza
Palestra o bem e o mal
Palestra o bem e o malPalestra o bem e o mal
Palestra o bem e o mal
Fernando Oliveira
 
Coragem para mudar 2019
Coragem para mudar 2019Coragem para mudar 2019
Coragem para mudar 2019
Ailton Guimaraes
 
Reforma Íntima sem Martírio
Reforma Íntima sem MartírioReforma Íntima sem Martírio
Reforma Íntima sem Martírio
Eduardo Henrique Marçal
 
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
R Gómez
 
Slide 1
Slide 1Slide 1
Slide 1
VisualBee.com
 
A IMPORTANCIA DA DOR
A  IMPORTANCIA DA DORA  IMPORTANCIA DA DOR
A IMPORTANCIA DA DOR
Fatima Carvalho
 
Bem e mal sofrer
Bem e mal sofrerBem e mal sofrer
Bem e mal sofrer
Helio Cruz
 
Na grande romagem
Na grande romagemNa grande romagem
Na grande romagem
Izabel Cristina Fonseca
 
Caminho a Seguir
Caminho a SeguirCaminho a Seguir
O Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - EspiritismoO Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - Espiritismo
Valéria Domingues
 
O porque da dor!!!
O porque da dor!!!O porque da dor!!!
O porque da dor!!!
Izabel Cristina Fonseca
 
Gratidao
Gratidao  Gratidao
Gratidao
Lisete B.
 
Para que serve a dor
Para que serve a dorPara que serve a dor
Para que serve a dor
Lisete B.
 
Dinâmicas do Sofrimento 1 de 8
Dinâmicas do Sofrimento 1 de 8Dinâmicas do Sofrimento 1 de 8
Dinâmicas do Sofrimento 1 de 8
Pedro Siena
 

Mais procurados (20)

Eu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vidaEu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vida
 
O perdão
O perdãoO perdão
O perdão
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
 
Conhece te a ti mesmo
Conhece te a ti mesmoConhece te a ti mesmo
Conhece te a ti mesmo
 
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrerPalestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
 
Gentileza
GentilezaGentileza
Gentileza
 
Palestra o bem e o mal
Palestra o bem e o malPalestra o bem e o mal
Palestra o bem e o mal
 
Coragem para mudar 2019
Coragem para mudar 2019Coragem para mudar 2019
Coragem para mudar 2019
 
Reforma Íntima sem Martírio
Reforma Íntima sem MartírioReforma Íntima sem Martírio
Reforma Íntima sem Martírio
 
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
 
Slide 1
Slide 1Slide 1
Slide 1
 
A IMPORTANCIA DA DOR
A  IMPORTANCIA DA DORA  IMPORTANCIA DA DOR
A IMPORTANCIA DA DOR
 
Bem e mal sofrer
Bem e mal sofrerBem e mal sofrer
Bem e mal sofrer
 
Na grande romagem
Na grande romagemNa grande romagem
Na grande romagem
 
Caminho a Seguir
Caminho a SeguirCaminho a Seguir
Caminho a Seguir
 
O Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - EspiritismoO Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - Espiritismo
 
O porque da dor!!!
O porque da dor!!!O porque da dor!!!
O porque da dor!!!
 
Gratidao
Gratidao  Gratidao
Gratidao
 
Para que serve a dor
Para que serve a dorPara que serve a dor
Para que serve a dor
 
Dinâmicas do Sofrimento 1 de 8
Dinâmicas do Sofrimento 1 de 8Dinâmicas do Sofrimento 1 de 8
Dinâmicas do Sofrimento 1 de 8
 

Semelhante a Desperte e seja feliz final

Boletim 85
Boletim 85Boletim 85
Boletim 85
CEJG
 
O médico Jesus
O médico JesusO médico Jesus
O médico Jesus
Irene Muttoni Rabaiolli
 
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIAA DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
JPS Junior
 
Momentos de meditação (psicografia divaldo pereira franco espírito joanna d...
Momentos de meditação (psicografia divaldo pereira franco   espírito joanna d...Momentos de meditação (psicografia divaldo pereira franco   espírito joanna d...
Momentos de meditação (psicografia divaldo pereira franco espírito joanna d...
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
Fatoze
 
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de EspiritoConquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Renato Arabe Saraiva
 
Harmonia final - Estratégia para o bem-estar integral
Harmonia final - Estratégia para o bem-estar integralHarmonia final - Estratégia para o bem-estar integral
Harmonia final - Estratégia para o bem-estar integral
Ponte de Luz ASEC
 
Livro vida feliz
Livro vida felizLivro vida feliz
Livro vida feliz
Daniel Machado
 
Conheça o Espiritismo
Conheça o EspiritismoConheça o Espiritismo
Conheça o Espiritismo
Helio Cruz
 
O Dever e a virtude
O Dever e a virtudeO Dever e a virtude
O Dever e a virtude
Izabel Cristina Fonseca
 
O retorno
O retornoO retorno
O retorno
Paz Mel
 
O retorno de Chico Xavier à Espiritualidade
O retorno de Chico Xavier à EspiritualidadeO retorno de Chico Xavier à Espiritualidade
A cura de uma mulher encurvada
A cura de uma mulher encurvadaA cura de uma mulher encurvada
A cura de uma mulher encurvada
Eduardo Henrique Marçal
 
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
Artomy Jado
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
Fatima Carvalho
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 08 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 08 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 08 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 08 doc
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Universalismo crstico apostila - 014 - 2011 - lar
Universalismo crstico   apostila - 014 - 2011 - larUniversalismo crstico   apostila - 014 - 2011 - lar
Universalismo crstico apostila - 014 - 2011 - lar
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 42 - Sempre Vivos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 42 - Sempre VivosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 42 - Sempre Vivos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 42 - Sempre Vivos
Ricardo Azevedo
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 04 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 04 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 04 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 04 doc
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 

Semelhante a Desperte e seja feliz final (20)

Boletim 85
Boletim 85Boletim 85
Boletim 85
 
O médico Jesus
O médico JesusO médico Jesus
O médico Jesus
 
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIAA DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
 
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
 
Momentos de meditação (psicografia divaldo pereira franco espírito joanna d...
Momentos de meditação (psicografia divaldo pereira franco   espírito joanna d...Momentos de meditação (psicografia divaldo pereira franco   espírito joanna d...
Momentos de meditação (psicografia divaldo pereira franco espírito joanna d...
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
 
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de EspiritoConquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
 
Harmonia final - Estratégia para o bem-estar integral
Harmonia final - Estratégia para o bem-estar integralHarmonia final - Estratégia para o bem-estar integral
Harmonia final - Estratégia para o bem-estar integral
 
Livro vida feliz
Livro vida felizLivro vida feliz
Livro vida feliz
 
Conheça o Espiritismo
Conheça o EspiritismoConheça o Espiritismo
Conheça o Espiritismo
 
O Dever e a virtude
O Dever e a virtudeO Dever e a virtude
O Dever e a virtude
 
O retorno
O retornoO retorno
O retorno
 
O retorno de Chico Xavier à Espiritualidade
O retorno de Chico Xavier à EspiritualidadeO retorno de Chico Xavier à Espiritualidade
O retorno de Chico Xavier à Espiritualidade
 
A cura de uma mulher encurvada
A cura de uma mulher encurvadaA cura de uma mulher encurvada
A cura de uma mulher encurvada
 
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 08 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 08 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 08 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 08 doc
 
Universalismo crstico apostila - 014 - 2011 - lar
Universalismo crstico   apostila - 014 - 2011 - larUniversalismo crstico   apostila - 014 - 2011 - lar
Universalismo crstico apostila - 014 - 2011 - lar
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 42 - Sempre Vivos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 42 - Sempre VivosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 42 - Sempre Vivos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 42 - Sempre Vivos
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 04 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 04 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 04 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 04 doc
 

Mais de Victor Passos

Exercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webExercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas web
Victor Passos
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
Victor Passos
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
Victor Passos
 
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoriaTarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Victor Passos
 
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
Victor Passos
 
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Modulo 2 -  exercicio obrigatorioModulo 2 -  exercicio obrigatorio
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Victor Passos
 
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefaCurso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
Victor Passos
 
Modulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa webModulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa web
Victor Passos
 
Espiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoçõesEspiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoções
Victor Passos
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
Victor Passos
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiares
Victor Passos
 
Orgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os viciosOrgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os vicios
Victor Passos
 
Obreiros de ultima hora
Obreiros de ultima horaObreiros de ultima hora
Obreiros de ultima hora
Victor Passos
 
A prece
A preceA prece
A prece
Victor Passos
 
Mediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisicoMediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisico
Victor Passos
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Maledicência
Victor Passos
 
Reencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidadeReencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidade
Victor Passos
 
Doença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocuraDoença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocura
Victor Passos
 
Obsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaObsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e cura
Victor Passos
 
O arrependimentoe o perdao
O arrependimentoe o perdaoO arrependimentoe o perdao
O arrependimentoe o perdao
Victor Passos
 

Mais de Victor Passos (20)

Exercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webExercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas web
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
 
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoriaTarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
 
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
 
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Modulo 2 -  exercicio obrigatorioModulo 2 -  exercicio obrigatorio
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
 
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefaCurso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
 
Modulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa webModulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa web
 
Espiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoçõesEspiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoções
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiares
 
Orgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os viciosOrgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os vicios
 
Obreiros de ultima hora
Obreiros de ultima horaObreiros de ultima hora
Obreiros de ultima hora
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
Mediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisicoMediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisico
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Maledicência
 
Reencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidadeReencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidade
 
Doença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocuraDoença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocura
 
Obsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaObsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e cura
 
O arrependimentoe o perdao
O arrependimentoe o perdaoO arrependimentoe o perdao
O arrependimentoe o perdao
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 

Último (18)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 

Desperte e seja feliz final

  • 2. • — Eu sou o pão da vida... • — Eu sou a porta... • — Eu sou o caminho... • — Eu sou o bom pastor... • • Somente indo até Ele e deixando-se penetrar pela Sua Realidade, poderá a Psicologia profunda entendê-lo sem O definir, estudá-lo sem O limitar.
  • 4. • Jesus não transitou no mundo sem o sofrer. A cada passo era desafiado pelos litigantes. Allan Kardec também os encontrou entre aqueles que se diziam filiados à Doutrina de que ele se fizera o codificador. Todos os homens e mulheres de bem lhes experimentam a militância, a oposição.
  • 5. PROVOCAÇÕES A provocação de qualquer natureza é estorvo que gera contágio e, quando aceite, transforma-se em desequilíbrio.
  • 6. • Quem sintoniza com a Mente Divina sempre exterioriza paz, irradiando uma incomum alegria de viver.
  • 8. • Pessoa alguma consegue vencer a jornada terrestre sem enfrentar os obstáculos necessários ao seu processo de iluminação interior.
  • 10. • Perseguido, estive a ponto de também agredir. Acusado, experimentou o desejo forte de contestar. Incompreendido, quis reagir com a mesma expressão. Abandonado, sentiu a mágoa, que lhe sugeria reparação imediata. Difamado, viu a oportunidade de investir contra os seus detratores, desmoralizando-os. Enfermo, foi quase vencido pelo desânimo
  • 12. • Ao reencarnares trazes uma consciência mais lúcida, rogaste aos benfeitores as oportunidades de crescimento mediante a redenção pessoal.
  • 13. • Jesus, que é Perfeito, experimentou entre os homens o sarcasmo, a desolação, a negativa e a traição, ensinando-nos que o Amor verdadeiro, é paciente, tolerante, compreensivo, jamais reclama, pois que Ele sabia que a Terra é ainda escola de redenção, e os homens que a habitam encontram-se em processo de aprendizagem e complementação espiritual.
  • 14. Não reclamemos, pois, nunca mais! O concurso da oração, da meditação e as orientações morais completam o quadro terapêutico para a preservação da saúde espiritual.
  • 15. TRÊS INIMIGOS Depressão - Ressentimento - Exaltação
  • 16. • A Depressão - É tóxico que envenena lentamente as mais belas florações do ser. • Ressentimento - É como o mofo que faz apodrecer o suporte onde se apoia, desenvolve-se e, invariavelmente, alcança domínio destruidor onde se fixa. • A exaltação - É como a faísca de eletricidade, atinge os nervos e produz relâmpagos de loucura com trovões carregados de impropérios e rebeldias, que secam os ideais da vida e destroçam os que caiem nas suas malhas.
  • 18. • A luta é um desafio abençoado que a Lei do Progresso impõe. Há, no entanto, muita luta que se estabelece na Terra. Há luta pelos valores transitórios, que perdem o seu significado com a morte. E a luta pela renovação dos sentimentos voltados para o bem
  • 20. O arrependimento é luz na consciência. A reparação é a consciência do dever em ação.
  • 22. • A fé é a alma da vida, sem a qual esta última perderia o significado evolutivo. • A fé é elemento enorme do contexto humano, contribui e fortalece as conquistas da sociedade. • Fé e vida são, equações evolutivas.
  • 24. •A vida social, está adida no processo de evolução das criaturas, encarnadas ou não, já que ninguém consegue a realização espiritual seguindo a sós.
  • 26. • Deixa-te penetrar pelas lições de vida, antes que a visita da amargura, torne mais difícil a aceitação da presença equilibradora. Conquista a paz, preservando-a, pagando o tributo que te seja exigido pela honra de desfrutá-la.
  • 27. • O Evangelho é portador da melhor pedagogia, da melhor técnica para a conquista da autorrealização. • Ama - assevera Jesus.
  • 29. •O processo de evolução dá-se através do desgaste como do aprimoramento, da doença e da saúde, da queda e do soerguimento...
  • 30.
  • 31. • A tua dor é pessoal, intransferível, que ninguém pode substitui-la. • Gostarias que amigos e familiares tivessem dimensão do que te aflige, da profundidade do teu sofrimento. • Não é possível! Há experiências que necessitam ser vividas, para mais bem dimensionadas.
  • 33. • O amor não acusa, corrige; não atemoriza, ajuda; não pune, educa; não odeia, edifica; não destrói, salva. • Em toda a Doutrina de Jesus, há um veemente repúdio ao Mal e um permanente convite aos maus para que se arrependam, expiem e se recuperem. • Cada um encontrará a sua felicidade…
  • 34. Votos de muita paz SEJA FELIZPalestrante- Victor Passos