SlideShare uma empresa Scribd logo
Curso de Extensão




             Disciplina
             Design e Projetos em
             Educação a Distância


              Profas. Dênia Falcão de Bittencourt
                            e Maria Isabel Orofino



DFB/2010
Conteúdo programático
Unidades
• A etapa do design na EaD
• O design educacional
• Estratégia e tomada de decisão no Design
• O design instrucional e os estudos de mídia
• Especificação da mídia: formas, gêneros e
  linguagem
• As métricas, o projeto e o design na EaD




    DFB/2010
Objetivo da disciplina:
• Promover subsídios para que os profissionais: saibam
  lidar com a dinâmica que envolve a realização da etapa
  do Design em projetos de EaD;
• sejam capazes de desenvolver estratégias e tomar
  decisões durante as etapas do Design e o
  gerenciamento da melhoria contínua.




   DFB/2010
Importância do Design

• A elaboração do design para o programa
  em EAD é fundamental, visto este
  abranger uma série de especificidades e
  necessitar de um bom planejamento prévio
  para produzir a aprendizagem.
A etapa do Design

• O design de um programa de EaD deve dar
  acesso e atender ao tipo de equipamento e
  recursos que os alunos tem disponível para
  acompanhar o programa,
• quanto mais interativo for os recursos e
  ferramentas pedagógicas, mais facilmente os
  aprendizes irão entender o conteúdo do
  programa.
A etapa do Design

• É importante incorporar procedimentos
  educativos que auxiliem os alunos a
  ingressarem na modalidade de EaD,
• como também aspectos motivacionais para
  o período em que o aluno estiver
  realizando atividades a distância.
• A atividade de design envolve atividades como:

    planejar, delinear, desenhar, esboçar, projetar,
    esquematizar, criar, inventar e executar (...) é
    um produto do intelecto e do meio usado para
    expressar e materializar essa idéia.

                           • Valente e Canhette (1993)
A etapa do Design

• Somente com uma boa definição de design é
  que se pode atingir os objetivos propostos
  para a EaD.
• Como por exemplo:
  o a aprendizagem dos alunos,
  o um maior ganho de escala,
  o menor custo,
  o maior qualidade e
  o ganho de tempo, ao evitar o re-trabalho.
Metodologia para a EaD
          Perfil do usuário;
          Regulamentos          PLANEJAMENTO
          da Instituição
          Certificadora
                                 Elenco de
                                 conteúdos;
                                 Mix de mídias;
                                 Organização
                                 básica.
Princípios Pedagógicos;
FundamentosTecnológicos,
acadêmicos e administrativos;     DESIGN
Recursos disponíveis.

                                   Estratégias
                                  pedagógicas;
                                   Estratégias
                                  tecnológicas;
                                    Normas e
                                   organização.
Conteúdos;
Recursos        PRODUÇÃO
materiais e
equipamentos.

                  Programa
                 formatado;
                Sistema de
                organização.




                SERVIÇOS       Recomendações de
Indicadores
                                     ajustes;
de desempenho
                                 Auto-avaliação
                                  institucional
                  Serviço
                educacional
Planejamento é fundamental!



               2+2=4h
Planejamento


• Precisa ser baseado em princípios;
  objetivando a elaboração de produtos
  funcionais e atraentes;
• também é preciso planejar
  procedimentos de solução de
  problemas para auxiliar decisões;
• nesta fase é necessário genialidade e
  criatividade do designer.
Planejamento


 • O planejamento objetiva
a interação entre os
interlocutores, cliente/
estudantes e a equipe de
produção do programa.
A EaD precisa ser
planejada para atender às
necessidades de conteúdo como
também às possibilidades técnicas de cada
usuário, considerando
inclusive,
o cenário
sociocultural e
o repertório dos
alunos.
Planejamento

     Diagnóstico            Problemática

     Levantamento
          de                  Público
     necessidades


                             Contexto



  Demanda          Oferta
Planejamento pressupõe análise
Exemplos de:
• Análise das necessidades:
• lista de objetivos atuais (o quê o
  cliente/instituição precisam, avaliar o que tem
  presente na empresa , descobrir as
  deficiências para poder fazer uma escolha
  melhor);
• Análise de ambiente :
• Número e configuração dos computadores dos
  receptores (desenvolver o produto para o
  receptor mais simples);
• Análise de audiência: diferenças e similaridade
   entre os alunos;
 • Análise do projeto(do programa): lista dos
   objetivos a serem alcançados;
 • Análise do procedimento de informações:
   converter os objetivos em questão (na
   avaliação do aluno, para saber se chegou aos
   objetivos ou não);
 • observar como a atividade é realizada-
(procure se possível a melhor pessoa na área)
4
Criatividade é preciso!

  “A criatividade necessita não apenas de
  iluminação e de inspiração;

  ela necessita também de muito trabalho, treino
  prolongado, atitude criativa e padrões
  perfeccionistas”.

                                   (Maslow, 1968)
Como desenvolver um design criativo?
Metodologia para EaD

 •   Estudo Autônomo
 •   Materiais didáticos
 •   Sistema tutorial e comunicação
 •   Encontros presenciais
 •   Sistema de avaliação
Os atores e atividades da EaD
    Design
    Intrucional


                  Professor   Planejamento


                                               Estudante
Especialista
do conteúdo                   As atividades




                   Tutor        Mediação
                               pedagógica

        Coordenador do                        Colegas
            curso
Componentes do projeto

• conteúdo (teorias, cases e aplicação);
• abordagem pedagógica (estratégias de
  instrução, linguagem, avaliação e atividades);
• meio de comunicação (mídias);
• forma (design);
• distribuição (publicação e disseminação).
Design instrucional
Design instrucional deve dar respostas ...
É importante o design ter também
DESIGN
 • Envolve a interação da tecnologia com a
pedagogia para atender aos critérios de
desempenho considerando o atendimento dos
objetivos a serem alcançados, pré–requisitos,
estratégia de aprendizado, desempenho, numa
avaliação permanente de todos os elementos do
processo.
1.Análise




         5.Avaliação                   2.Design       Projeção/cronograma




                                                        Equipe do projeto

            4. Implementação


                                                     Especificações de mídia




                   3.Desenvolvimento                Metodologia Pedagógica



                                                   Controle de configuração e
                                                        ciclos de revisão

“Planejar é o fator mais importante no sucesso do projeto.”
Desenvolvimento de Estratégias

 • que determinem
   “como chegar ao objetivo”
   o Por   exemplo:
      O tempo de dedicação do estudante
       e o período de oferta do projeto de
       EaD, como você vai apresentar o
       material didático para o aluno.
       (vai durar ½ ou 4 h ...);
Estratégias em relação
ao tipos de aprendizagem
• Informação Verbal;
  o Habilidade intelectuais(discriminação,
    conceitos, regras etc.);
  o Estratégias cognitivas (estratégias de
    aprendizado)
  o Atitudes(comportamento);
  o Habilidades psicomotoras (Movimento
    coordenado).
Estratégias do Design
                              Tecnológicas
  Pedagógicas
                                livros
  sentido de pertencimento
  e afetivação               unidades

  divisão de conteúdos e       exer. automáticos.
  prática pedagógica
                               biblioteca              site
  estudo dirigido              professor
                               mural
  estudo auto-controlado
                               orientação
  acompanhamento               administração
  permanente                   suporte técnico
  coordenação                  monitoria
  compartilhada
                               coordenação          virtuais
                               encontros             presenciais
AVALIAÇÃO
• é um dos aspectos de maior relevância, uma
  vez que possibilita a reestruturação da
  proposta que se pretende alcançar.
• Se o objetivo do processo (ensino à distância)
  é fornecer ao cliente o produto que ele deseja,
  é preciso controlar cuidadosamente sua
  qualidade.
• E o controle da qualidade se faz por meio de
  medidas.
AVALIAÇÃO
• A escolha das ferramentas de avaliação e
  indicadores de desempenho devem ser
  realizadas na etapa de planejamento do
  programa, quando na formulação dos
  objetivos.
• A avaliação precisa envolver:
  professor/aluno, materiais, metodologia,
  condução do processo, permitindo assim
  integrar processo e produto.
Importância da avaliação
• É fundamental em cursos na modalidade da
  EaD
• É integrada a todo processo
• Permite corrigir desvios e melhorias
• Estabelece a seriedade e a credibilidade.
Melhoria Contínua da EaD

• Simplesmente oferecer programa a
  distância não é um bom objetivo;
• deve-se ir de encontro com objetivos
  de mudanças educacionais a favor
  das necessidades dos alunos,
• oferecer alta qualidade de materiais e
  serviços deve fazer parte da missão
  da instituição.
Programa EaD & contexto de            Metas da iniciativa &
      aprendizagem                        limitações

 Qual é o contexto que a iniciativa      O que deve o projeto
 necessita?                              realizar?

 Iniciativas estratégicas
                                            Objetivos Institucionais
 Atitudes em direção a aprendizagem
                                         Audiência
 Estrutura organizacional
                                         Objetivos de
 Link com as metas institucionais        Aprendizagem

                                         Metas e índices
Design educacional        Definição do              Implantação
                           programa               desenvolvimento
  Como estruturar o           Como o desenvolvimento   Como podemos assegurar
  roteiro de aprendizagem     do processo deve ser     o sucesso (inicial e
  e experiências para cumprir estruturado?             manutenção)?
  as metas?

                                                       Integração
     Aprendizagem            Área e Organização
      assíncrono
                                                       Marketing
                                Participantes
     Aprendizagem                envolvidos            Tecnologia
      colaborativa
                           Equipe multidisciplinar     Manutenção
   Cenários síncronos             e papéis
  Apoio ao desempenho           Orçamento e
                                cronograma
   Outros métodos de
        entrega
Bons
estudos!
 Obrigada pela
   atenção
   E até o EVA

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Projeto de aprendizagem blog (1)
Projeto de aprendizagem blog (1)Projeto de aprendizagem blog (1)
Projeto de aprendizagem blog (1)
Cláudia Junqueira Rezende Rodrigues
 
Atividades dos alunos do pae
Atividades dos alunos do paeAtividades dos alunos do pae
Atividades dos alunos do pae
ESCOLA.M.ARMANDO CAMPOS BELO - Dourados/MS
 
Atividades na sala de tecnologia pae
Atividades na sala de tecnologia   paeAtividades na sala de tecnologia   pae
Atividades na sala de tecnologia pae
ESCOLA.M.ARMANDO CAMPOS BELO - Dourados/MS
 
Programa de acompanhamento escolar pae
Programa de acompanhamento escolar   paePrograma de acompanhamento escolar   pae
Programa de acompanhamento escolar pae
ESCOLA.M.ARMANDO CAMPOS BELO - Dourados/MS
 
Nossa árvore dos sonhos 2ª parte
Nossa árvore dos sonhos   2ª parteNossa árvore dos sonhos   2ª parte
Nossa árvore dos sonhos 2ª parte
ESCOLA.M.ARMANDO CAMPOS BELO - Dourados/MS
 
Primeira turma do pae 2 o11
Primeira turma do pae   2 o11Primeira turma do pae   2 o11
Primeira turma do pae 2 o11
ESCOLA.M.ARMANDO CAMPOS BELO - Dourados/MS
 
Pae 2011 - atividades dos alunos
Pae   2011 - atividades dos alunosPae   2011 - atividades dos alunos
Pae 2011 - atividades dos alunos
ESCOLA.M.ARMANDO CAMPOS BELO - Dourados/MS
 
Hábitos de Uso e Comportamento dos Internautas Brasileiros nas Redes Sociais ...
Hábitos de Uso e Comportamento dos Internautas Brasileiros nas Redes Sociais ...Hábitos de Uso e Comportamento dos Internautas Brasileiros nas Redes Sociais ...
Hábitos de Uso e Comportamento dos Internautas Brasileiros nas Redes Sociais ...
Elife Brasil
 
Alfabetizar reciclando
Alfabetizar reciclandoAlfabetizar reciclando
A rua de a a z
A rua de a a zA rua de a a z
A árvore que não queria morrer!
A árvore que não queria morrer!A árvore que não queria morrer!
A árvore que não queria morrer!
ESCOLA.M.ARMANDO CAMPOS BELO - Dourados/MS
 
Jogos pedagógicos com reciclagem - PROFESSORA VALDETE CANTU
Jogos pedagógicos com reciclagem - PROFESSORA VALDETE CANTUJogos pedagógicos com reciclagem - PROFESSORA VALDETE CANTU
Jogos pedagógicos com reciclagem - PROFESSORA VALDETE CANTU
ESCOLA.M.ARMANDO CAMPOS BELO - Dourados/MS
 
Games na Educação
Games na EducaçãoGames na Educação
Games na Educação
Debora Sebriam
 
O Diário de Juliana
O Diário de JulianaO Diário de Juliana
O Diário de Juliana
Cybele Meyer
 

Destaque (14)

Projeto de aprendizagem blog (1)
Projeto de aprendizagem blog (1)Projeto de aprendizagem blog (1)
Projeto de aprendizagem blog (1)
 
Atividades dos alunos do pae
Atividades dos alunos do paeAtividades dos alunos do pae
Atividades dos alunos do pae
 
Atividades na sala de tecnologia pae
Atividades na sala de tecnologia   paeAtividades na sala de tecnologia   pae
Atividades na sala de tecnologia pae
 
Programa de acompanhamento escolar pae
Programa de acompanhamento escolar   paePrograma de acompanhamento escolar   pae
Programa de acompanhamento escolar pae
 
Nossa árvore dos sonhos 2ª parte
Nossa árvore dos sonhos   2ª parteNossa árvore dos sonhos   2ª parte
Nossa árvore dos sonhos 2ª parte
 
Primeira turma do pae 2 o11
Primeira turma do pae   2 o11Primeira turma do pae   2 o11
Primeira turma do pae 2 o11
 
Pae 2011 - atividades dos alunos
Pae   2011 - atividades dos alunosPae   2011 - atividades dos alunos
Pae 2011 - atividades dos alunos
 
Hábitos de Uso e Comportamento dos Internautas Brasileiros nas Redes Sociais ...
Hábitos de Uso e Comportamento dos Internautas Brasileiros nas Redes Sociais ...Hábitos de Uso e Comportamento dos Internautas Brasileiros nas Redes Sociais ...
Hábitos de Uso e Comportamento dos Internautas Brasileiros nas Redes Sociais ...
 
Alfabetizar reciclando
Alfabetizar reciclandoAlfabetizar reciclando
Alfabetizar reciclando
 
A rua de a a z
A rua de a a zA rua de a a z
A rua de a a z
 
A árvore que não queria morrer!
A árvore que não queria morrer!A árvore que não queria morrer!
A árvore que não queria morrer!
 
Jogos pedagógicos com reciclagem - PROFESSORA VALDETE CANTU
Jogos pedagógicos com reciclagem - PROFESSORA VALDETE CANTUJogos pedagógicos com reciclagem - PROFESSORA VALDETE CANTU
Jogos pedagógicos com reciclagem - PROFESSORA VALDETE CANTU
 
Games na Educação
Games na EducaçãoGames na Educação
Games na Educação
 
O Diário de Juliana
O Diário de JulianaO Diário de Juliana
O Diário de Juliana
 

Semelhante a Design e projetos_uv

Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On LineAspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Luciana Grof
 
Fundamentos do design instrucional para ead
Fundamentos do design instrucional para eadFundamentos do design instrucional para ead
Fundamentos do design instrucional para ead
EAD Amazon
 
slides_da_videoconferencia_do_tcc.pdf
slides_da_videoconferencia_do_tcc.pdfslides_da_videoconferencia_do_tcc.pdf
slides_da_videoconferencia_do_tcc.pdf
EtecProfessoraNairLu
 
Gestão de cursos_a_distância_02_a_pvou114_ravel_gimenes
Gestão de cursos_a_distância_02_a_pvou114_ravel_gimenes Gestão de cursos_a_distância_02_a_pvou114_ravel_gimenes
Gestão de cursos_a_distância_02_a_pvou114_ravel_gimenes
Ravel Gimenes
 
Palestra oficina de design instrucional di
Palestra oficina de design instrucional diPalestra oficina de design instrucional di
Palestra oficina de design instrucional di
Flavia Pereira de Morais
 
Design Instrucional para EAD.
Design Instrucional para EAD.Design Instrucional para EAD.
Design Instrucional para EAD.
Vani Kenski
 
Aula1
Aula1Aula1
Aula1
annanas
 
Fases do projeto ead
Fases do projeto eadFases do projeto ead
Fases do projeto ead
lpereirapoa
 
Fases do projeto ead
Fases do projeto eadFases do projeto ead
Fases do projeto ead
lpereirapoa
 
Formação em DI e cursos livres
Formação em DI e cursos livresFormação em DI e cursos livres
Formação em DI e cursos livres
regist
 
Programação e Robótica: Novas linhas de investigação educacional
Programação e Robótica: Novas linhas de investigação educacionalProgramação e Robótica: Novas linhas de investigação educacional
Programação e Robótica: Novas linhas de investigação educacional
João Piedade
 
Sandra apresentação sime
Sandra apresentação simeSandra apresentação sime
Sandra apresentação sime
Luis Pedro
 
Designer instrucional na prática
Designer instrucional na práticaDesigner instrucional na prática
Designer instrucional na prática
Laís Silva
 
O papel do design instrucional
O papel do design instrucionalO papel do design instrucional
O papel do design instrucional
Cristiane Coimbra
 
GESTÃO DA EAD: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO NO TCE-CE
GESTÃO DA EAD: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO NO TCE-CEGESTÃO DA EAD: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO NO TCE-CE
GESTÃO DA EAD: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO NO TCE-CE
Enilton Ferreira Rocha
 
Fases projecto elearning
Fases projecto elearningFases projecto elearning
Fases projecto elearning
Carina Rodrigues
 
Programa disciplina Comunicação Gráfica e Audiovisual
Programa disciplina Comunicação Gráfica e AudiovisualPrograma disciplina Comunicação Gráfica e Audiovisual
Programa disciplina Comunicação Gráfica e Audiovisual
Carina Lopes
 
Design Instrucional e producao de material
Design Instrucional e producao de materialDesign Instrucional e producao de material
Design Instrucional e producao de material
Andreza Lopes
 
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide shareApresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Vania Bastos Nacaxe
 
Iniciativa De Design Instrucional Em Uma Instituição De Ensino Superior
Iniciativa De Design Instrucional Em Uma  Instituição De Ensino SuperiorIniciativa De Design Instrucional Em Uma  Instituição De Ensino Superior
Iniciativa De Design Instrucional Em Uma Instituição De Ensino Superior
Interaction Design Association Chapter São Paulo
 

Semelhante a Design e projetos_uv (20)

Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On LineAspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
 
Fundamentos do design instrucional para ead
Fundamentos do design instrucional para eadFundamentos do design instrucional para ead
Fundamentos do design instrucional para ead
 
slides_da_videoconferencia_do_tcc.pdf
slides_da_videoconferencia_do_tcc.pdfslides_da_videoconferencia_do_tcc.pdf
slides_da_videoconferencia_do_tcc.pdf
 
Gestão de cursos_a_distância_02_a_pvou114_ravel_gimenes
Gestão de cursos_a_distância_02_a_pvou114_ravel_gimenes Gestão de cursos_a_distância_02_a_pvou114_ravel_gimenes
Gestão de cursos_a_distância_02_a_pvou114_ravel_gimenes
 
Palestra oficina de design instrucional di
Palestra oficina de design instrucional diPalestra oficina de design instrucional di
Palestra oficina de design instrucional di
 
Design Instrucional para EAD.
Design Instrucional para EAD.Design Instrucional para EAD.
Design Instrucional para EAD.
 
Aula1
Aula1Aula1
Aula1
 
Fases do projeto ead
Fases do projeto eadFases do projeto ead
Fases do projeto ead
 
Fases do projeto ead
Fases do projeto eadFases do projeto ead
Fases do projeto ead
 
Formação em DI e cursos livres
Formação em DI e cursos livresFormação em DI e cursos livres
Formação em DI e cursos livres
 
Programação e Robótica: Novas linhas de investigação educacional
Programação e Robótica: Novas linhas de investigação educacionalProgramação e Robótica: Novas linhas de investigação educacional
Programação e Robótica: Novas linhas de investigação educacional
 
Sandra apresentação sime
Sandra apresentação simeSandra apresentação sime
Sandra apresentação sime
 
Designer instrucional na prática
Designer instrucional na práticaDesigner instrucional na prática
Designer instrucional na prática
 
O papel do design instrucional
O papel do design instrucionalO papel do design instrucional
O papel do design instrucional
 
GESTÃO DA EAD: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO NO TCE-CE
GESTÃO DA EAD: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO NO TCE-CEGESTÃO DA EAD: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO NO TCE-CE
GESTÃO DA EAD: SUSTENTABILIDADE E INOVAÇÃO NO TCE-CE
 
Fases projecto elearning
Fases projecto elearningFases projecto elearning
Fases projecto elearning
 
Programa disciplina Comunicação Gráfica e Audiovisual
Programa disciplina Comunicação Gráfica e AudiovisualPrograma disciplina Comunicação Gráfica e Audiovisual
Programa disciplina Comunicação Gráfica e Audiovisual
 
Design Instrucional e producao de material
Design Instrucional e producao de materialDesign Instrucional e producao de material
Design Instrucional e producao de material
 
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide shareApresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
 
Iniciativa De Design Instrucional Em Uma Instituição De Ensino Superior
Iniciativa De Design Instrucional Em Uma  Instituição De Ensino SuperiorIniciativa De Design Instrucional Em Uma  Instituição De Ensino Superior
Iniciativa De Design Instrucional Em Uma Instituição De Ensino Superior
 

Mais de Dênia Falcão de Bittencourt

SELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATION
SELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATIONSELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATION
SELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATION
Dênia Falcão de Bittencourt
 
Dênia Falcão - GUIDE - Aracaju, SE
Dênia Falcão - GUIDE - Aracaju, SEDênia Falcão - GUIDE - Aracaju, SE
Dênia Falcão - GUIDE - Aracaju, SE
Dênia Falcão de Bittencourt
 
TEXTO 3: O PROFESSOR NA PRÁTICA DA DISCIPLINA NO MOODLE
TEXTO 3: O PROFESSOR NA  PRÁTICA DA DISCIPLINA NO MOODLE TEXTO 3: O PROFESSOR NA  PRÁTICA DA DISCIPLINA NO MOODLE
TEXTO 3: O PROFESSOR NA PRÁTICA DA DISCIPLINA NO MOODLE
Dênia Falcão de Bittencourt
 
TEXTO 1: A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO
TEXTO 1: A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTOTEXTO 1: A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO
TEXTO 1: A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO
Dênia Falcão de Bittencourt
 
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learningFundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Dênia Falcão de Bittencourt
 
Ceart introdu (1)
Ceart introdu (1)Ceart introdu (1)

Mais de Dênia Falcão de Bittencourt (6)

SELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATION
SELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATIONSELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATION
SELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATION
 
Dênia Falcão - GUIDE - Aracaju, SE
Dênia Falcão - GUIDE - Aracaju, SEDênia Falcão - GUIDE - Aracaju, SE
Dênia Falcão - GUIDE - Aracaju, SE
 
TEXTO 3: O PROFESSOR NA PRÁTICA DA DISCIPLINA NO MOODLE
TEXTO 3: O PROFESSOR NA  PRÁTICA DA DISCIPLINA NO MOODLE TEXTO 3: O PROFESSOR NA  PRÁTICA DA DISCIPLINA NO MOODLE
TEXTO 3: O PROFESSOR NA PRÁTICA DA DISCIPLINA NO MOODLE
 
TEXTO 1: A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO
TEXTO 1: A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTOTEXTO 1: A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO
TEXTO 1: A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO
 
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learningFundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
 
Ceart introdu (1)
Ceart introdu (1)Ceart introdu (1)
Ceart introdu (1)
 

Último

D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 

Último (20)

D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 

Design e projetos_uv

  • 1. Curso de Extensão Disciplina Design e Projetos em Educação a Distância Profas. Dênia Falcão de Bittencourt e Maria Isabel Orofino DFB/2010
  • 2. Conteúdo programático Unidades • A etapa do design na EaD • O design educacional • Estratégia e tomada de decisão no Design • O design instrucional e os estudos de mídia • Especificação da mídia: formas, gêneros e linguagem • As métricas, o projeto e o design na EaD DFB/2010
  • 3. Objetivo da disciplina: • Promover subsídios para que os profissionais: saibam lidar com a dinâmica que envolve a realização da etapa do Design em projetos de EaD; • sejam capazes de desenvolver estratégias e tomar decisões durante as etapas do Design e o gerenciamento da melhoria contínua. DFB/2010
  • 4. Importância do Design • A elaboração do design para o programa em EAD é fundamental, visto este abranger uma série de especificidades e necessitar de um bom planejamento prévio para produzir a aprendizagem.
  • 5. A etapa do Design • O design de um programa de EaD deve dar acesso e atender ao tipo de equipamento e recursos que os alunos tem disponível para acompanhar o programa, • quanto mais interativo for os recursos e ferramentas pedagógicas, mais facilmente os aprendizes irão entender o conteúdo do programa.
  • 6. A etapa do Design • É importante incorporar procedimentos educativos que auxiliem os alunos a ingressarem na modalidade de EaD, • como também aspectos motivacionais para o período em que o aluno estiver realizando atividades a distância.
  • 7. • A atividade de design envolve atividades como: planejar, delinear, desenhar, esboçar, projetar, esquematizar, criar, inventar e executar (...) é um produto do intelecto e do meio usado para expressar e materializar essa idéia. • Valente e Canhette (1993)
  • 8. A etapa do Design • Somente com uma boa definição de design é que se pode atingir os objetivos propostos para a EaD. • Como por exemplo: o a aprendizagem dos alunos, o um maior ganho de escala, o menor custo, o maior qualidade e o ganho de tempo, ao evitar o re-trabalho.
  • 9. Metodologia para a EaD Perfil do usuário; Regulamentos PLANEJAMENTO da Instituição Certificadora Elenco de conteúdos; Mix de mídias; Organização básica. Princípios Pedagógicos; FundamentosTecnológicos, acadêmicos e administrativos; DESIGN Recursos disponíveis. Estratégias pedagógicas; Estratégias tecnológicas; Normas e organização.
  • 10. Conteúdos; Recursos PRODUÇÃO materiais e equipamentos. Programa formatado; Sistema de organização. SERVIÇOS Recomendações de Indicadores ajustes; de desempenho Auto-avaliação institucional Serviço educacional
  • 12. Planejamento • Precisa ser baseado em princípios; objetivando a elaboração de produtos funcionais e atraentes; • também é preciso planejar procedimentos de solução de problemas para auxiliar decisões; • nesta fase é necessário genialidade e criatividade do designer.
  • 13. Planejamento • O planejamento objetiva a interação entre os interlocutores, cliente/ estudantes e a equipe de produção do programa.
  • 14. A EaD precisa ser planejada para atender às necessidades de conteúdo como também às possibilidades técnicas de cada usuário, considerando inclusive, o cenário sociocultural e o repertório dos alunos.
  • 15. Planejamento Diagnóstico Problemática Levantamento de Público necessidades Contexto Demanda Oferta
  • 17. Exemplos de: • Análise das necessidades: • lista de objetivos atuais (o quê o cliente/instituição precisam, avaliar o que tem presente na empresa , descobrir as deficiências para poder fazer uma escolha melhor); • Análise de ambiente : • Número e configuração dos computadores dos receptores (desenvolver o produto para o receptor mais simples);
  • 18. • Análise de audiência: diferenças e similaridade entre os alunos; • Análise do projeto(do programa): lista dos objetivos a serem alcançados; • Análise do procedimento de informações: converter os objetivos em questão (na avaliação do aluno, para saber se chegou aos objetivos ou não); • observar como a atividade é realizada- (procure se possível a melhor pessoa na área)
  • 19. 4
  • 20. Criatividade é preciso! “A criatividade necessita não apenas de iluminação e de inspiração; ela necessita também de muito trabalho, treino prolongado, atitude criativa e padrões perfeccionistas”. (Maslow, 1968)
  • 21. Como desenvolver um design criativo?
  • 22. Metodologia para EaD • Estudo Autônomo • Materiais didáticos • Sistema tutorial e comunicação • Encontros presenciais • Sistema de avaliação
  • 23. Os atores e atividades da EaD Design Intrucional Professor Planejamento Estudante Especialista do conteúdo As atividades Tutor Mediação pedagógica Coordenador do Colegas curso
  • 24. Componentes do projeto • conteúdo (teorias, cases e aplicação); • abordagem pedagógica (estratégias de instrução, linguagem, avaliação e atividades); • meio de comunicação (mídias); • forma (design); • distribuição (publicação e disseminação).
  • 26. Design instrucional deve dar respostas ...
  • 27. É importante o design ter também
  • 28. DESIGN • Envolve a interação da tecnologia com a pedagogia para atender aos critérios de desempenho considerando o atendimento dos objetivos a serem alcançados, pré–requisitos, estratégia de aprendizado, desempenho, numa avaliação permanente de todos os elementos do processo.
  • 29. 1.Análise 5.Avaliação 2.Design Projeção/cronograma Equipe do projeto 4. Implementação Especificações de mídia 3.Desenvolvimento Metodologia Pedagógica Controle de configuração e ciclos de revisão “Planejar é o fator mais importante no sucesso do projeto.”
  • 30. Desenvolvimento de Estratégias • que determinem “como chegar ao objetivo” o Por exemplo:  O tempo de dedicação do estudante e o período de oferta do projeto de EaD, como você vai apresentar o material didático para o aluno. (vai durar ½ ou 4 h ...);
  • 31. Estratégias em relação ao tipos de aprendizagem • Informação Verbal; o Habilidade intelectuais(discriminação, conceitos, regras etc.); o Estratégias cognitivas (estratégias de aprendizado) o Atitudes(comportamento); o Habilidades psicomotoras (Movimento coordenado).
  • 32. Estratégias do Design Tecnológicas Pedagógicas livros sentido de pertencimento e afetivação unidades divisão de conteúdos e exer. automáticos. prática pedagógica biblioteca site estudo dirigido professor mural estudo auto-controlado orientação acompanhamento administração permanente suporte técnico coordenação monitoria compartilhada coordenação virtuais encontros presenciais
  • 33.
  • 34. AVALIAÇÃO • é um dos aspectos de maior relevância, uma vez que possibilita a reestruturação da proposta que se pretende alcançar. • Se o objetivo do processo (ensino à distância) é fornecer ao cliente o produto que ele deseja, é preciso controlar cuidadosamente sua qualidade. • E o controle da qualidade se faz por meio de medidas.
  • 35. AVALIAÇÃO • A escolha das ferramentas de avaliação e indicadores de desempenho devem ser realizadas na etapa de planejamento do programa, quando na formulação dos objetivos. • A avaliação precisa envolver: professor/aluno, materiais, metodologia, condução do processo, permitindo assim integrar processo e produto.
  • 36. Importância da avaliação • É fundamental em cursos na modalidade da EaD • É integrada a todo processo • Permite corrigir desvios e melhorias • Estabelece a seriedade e a credibilidade.
  • 37. Melhoria Contínua da EaD • Simplesmente oferecer programa a distância não é um bom objetivo; • deve-se ir de encontro com objetivos de mudanças educacionais a favor das necessidades dos alunos, • oferecer alta qualidade de materiais e serviços deve fazer parte da missão da instituição.
  • 38. Programa EaD & contexto de Metas da iniciativa & aprendizagem limitações Qual é o contexto que a iniciativa O que deve o projeto necessita? realizar? Iniciativas estratégicas Objetivos Institucionais Atitudes em direção a aprendizagem Audiência Estrutura organizacional Objetivos de Link com as metas institucionais Aprendizagem Metas e índices
  • 39. Design educacional Definição do Implantação programa desenvolvimento Como estruturar o Como o desenvolvimento Como podemos assegurar roteiro de aprendizagem do processo deve ser o sucesso (inicial e e experiências para cumprir estruturado? manutenção)? as metas? Integração Aprendizagem Área e Organização assíncrono Marketing Participantes Aprendizagem envolvidos Tecnologia colaborativa Equipe multidisciplinar Manutenção Cenários síncronos e papéis Apoio ao desempenho Orçamento e cronograma Outros métodos de entrega
  • 40. Bons estudos! Obrigada pela atenção E até o EVA