SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Deixis pessoal, temporal, espacial Fala-se de deixise de elementos deícticos para referir elementos linguísticos que “ mostram”  verbalmente ( quer no registo oral ou escrito) as condições ou informações contextuais em que determinado enunciado ou texto é produzido.
Como ponto de partida, toma-se o sujeito que fala ( o “eu” que normalmente se dirige a um “ tu”), assumindo-o como coordenada ou marco de referência, a par do tempo ( presente  - agora) e do espaço(aqui) de fala. A partir destes, constroem-se outros marcos ou coordenadas, complementares ou alternativos e que permitem referenciar outras pessoas (segunda), outros tempos ( passado, futuro) e outros locais ( aí, ali,…).
DeixisPessoal Marca o papel dos participantes numa situação de enunciação, tendo o enunciador como marco de referência ( o”eu”) Marcas linguísticas + frequentes: Pronomes pessoais; Determinantes/ pronomes possessivos; Vocativo e formas de tratamento(deixis social); Marcas de flexão verbal ( pessoa).
Marcas linguísticas + frequentes: Advérbios de lugar ( aqui, ali, lá, além, aí); Verbos de movimento ( com significado de orientação); Determinantes/ pronomes demonstrativos ( proximidade/ afastamento face ao emissor e/ou receptor). Deixis Espacial Marca a localização espacial construída a partir da situação local de enunciação ( o “aqui”)
Marcas linguísticas + frequentes: Advérbios de tempo (  agora, amanhã, depois, ontem…); Advérbios de designação/ apresentativo (“eis”); Marcas de flexão verbal ( tempo presente – simultaneidade; tempo pretérito perfeito –anterioridade; tempo futuro – posterioridade) Deixistemporal Marca a localização temporal construída a partir do momento de enunciação ( o agora)
A diferenciação dos três tipos de deixis considerados  não invalida o reconhecimento de que  a deixis pessoal está presente em todas as restantes, por ser a partir  dos participantes no acto enunciativo que se constrói a referência dos restantes elementos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gramática 11º ano
Gramática 11º anoGramática 11º ano
Gramática 11º anoLuis Antonio
 
Sebastianismo - Frei Luís de Sousa
Sebastianismo - Frei Luís de SousaSebastianismo - Frei Luís de Sousa
Sebastianismo - Frei Luís de SousaAntónio Aragão
 
Gil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereiraGil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereiraDavid Caçador
 
Processos irregulares de formação de palavras
Processos irregulares de formação de palavrasProcessos irregulares de formação de palavras
Processos irregulares de formação de palavrasLina Claro
 
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquemaPaulo Portelada
 
Poesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoPoesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoGijasilvelitz 2
 
Deíticos - correção
Deíticos - correçãoDeíticos - correção
Deíticos - correçãoBiblioAlba
 
Resumos de Português: Cesário verde
Resumos de Português: Cesário verdeResumos de Português: Cesário verde
Resumos de Português: Cesário verdeRaffaella Ergün
 
Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"gracacruz
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Lurdes Augusto
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textualgracacruz
 

Mais procurados (20)

Gramática 11º ano
Gramática 11º anoGramática 11º ano
Gramática 11º ano
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Sebastianismo - Frei Luís de Sousa
Sebastianismo - Frei Luís de SousaSebastianismo - Frei Luís de Sousa
Sebastianismo - Frei Luís de Sousa
 
Ficha de gramática12º
Ficha de gramática12ºFicha de gramática12º
Ficha de gramática12º
 
Gil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereiraGil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereira
 
Funções sintáticas
Funções sintáticasFunções sintáticas
Funções sintáticas
 
Processos irregulares de formação de palavras
Processos irregulares de formação de palavrasProcessos irregulares de formação de palavras
Processos irregulares de formação de palavras
 
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquema
 
Poesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoPoesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - Resumo
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
 
Cantigas de amigo
Cantigas de amigoCantigas de amigo
Cantigas de amigo
 
Atos de fala
Atos de falaAtos de fala
Atos de fala
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
 
Frei luís de sousa
Frei luís de sousaFrei luís de sousa
Frei luís de sousa
 
Deíticos - correção
Deíticos - correçãoDeíticos - correção
Deíticos - correção
 
Resumos de Português: Cesário verde
Resumos de Português: Cesário verdeResumos de Português: Cesário verde
Resumos de Português: Cesário verde
 
Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textual
 

Semelhante a Deixis pessoal temporal_espacial

Semelhante a Deixis pessoal temporal_espacial (10)

Deixis e anafora_10o
Deixis e anafora_10oDeixis e anafora_10o
Deixis e anafora_10o
 
Deixis Profª Conceição Martins
Deixis  Profª Conceição MartinsDeixis  Profª Conceição Martins
Deixis Profª Conceição Martins
 
Intensivo Aula 4 morfologia
Intensivo  Aula 4   morfologiaIntensivo  Aula 4   morfologia
Intensivo Aula 4 morfologia
 
Pronomes.pptx
Pronomes.pptxPronomes.pptx
Pronomes.pptx
 
Deixis
DeixisDeixis
Deixis
 
Deixis
DeixisDeixis
Deixis
 
Pronomesdemonstrativos 120529095119-phpapp02
Pronomesdemonstrativos 120529095119-phpapp02Pronomesdemonstrativos 120529095119-phpapp02
Pronomesdemonstrativos 120529095119-phpapp02
 
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
 
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
 
Pronouns
PronounsPronouns
Pronouns
 

Mais de EconomicSintese

Portugal dific. cresc. económico
Portugal   dific. cresc. económicoPortugal   dific. cresc. económico
Portugal dific. cresc. económicoEconomicSintese
 
Política econ. pombalina
Política econ. pombalinaPolítica econ. pombalina
Política econ. pombalinaEconomicSintese
 
Londres centro da economia mundo
Londres   centro da economia mundoLondres   centro da economia mundo
Londres centro da economia mundoEconomicSintese
 
Hegemonia da holanda séc.xvii ok
Hegemonia da holanda   séc.xvii okHegemonia da holanda   séc.xvii ok
Hegemonia da holanda séc.xvii okEconomicSintese
 
Amesterdão factores da hegemonia ok
Amesterdão   factores da hegemonia okAmesterdão   factores da hegemonia ok
Amesterdão factores da hegemonia okEconomicSintese
 
O dinamismo dos centros urbanos
O dinamismo dos centros urbanosO dinamismo dos centros urbanos
O dinamismo dos centros urbanosEconomicSintese
 
Classificação das necessidades
Classificação das necessidadesClassificação das necessidades
Classificação das necessidadesEconomicSintese
 
Bens – noção e classificação
Bens – noção e classificaçãoBens – noção e classificação
Bens – noção e classificaçãoEconomicSintese
 
A defesa dos consumidores
A defesa dos consumidoresA defesa dos consumidores
A defesa dos consumidoresEconomicSintese
 
Realidade social e ciências sociais
Realidade social e ciências sociaisRealidade social e ciências sociais
Realidade social e ciências sociaisEconomicSintese
 
Necessidades caracterização
Necessidades caracterizaçãoNecessidades caracterização
Necessidades caracterizaçãoEconomicSintese
 

Mais de EconomicSintese (20)

Retrato
RetratoRetrato
Retrato
 
Portugal dific. cresc. económico
Portugal   dific. cresc. económicoPortugal   dific. cresc. económico
Portugal dific. cresc. económico
 
Política econ. pombalina
Política econ. pombalinaPolítica econ. pombalina
Política econ. pombalina
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Londres centro da economia mundo
Londres   centro da economia mundoLondres   centro da economia mundo
Londres centro da economia mundo
 
Hegemonia da holanda séc.xvii ok
Hegemonia da holanda   séc.xvii okHegemonia da holanda   séc.xvii ok
Hegemonia da holanda séc.xvii ok
 
Format. 2.ª 1.º 10
Format. 2.ª 1.º 10Format. 2.ª 1.º 10
Format. 2.ª 1.º 10
 
Amesterdão factores da hegemonia ok
Amesterdão   factores da hegemonia okAmesterdão   factores da hegemonia ok
Amesterdão factores da hegemonia ok
 
O tempo
O tempoO tempo
O tempo
 
O dinamismo dos centros urbanos
O dinamismo dos centros urbanosO dinamismo dos centros urbanos
O dinamismo dos centros urbanos
 
Tipos de consumo
Tipos de consumoTipos de consumo
Tipos de consumo
 
Padrões de consumo
Padrões de consumoPadrões de consumo
Padrões de consumo
 
Consumo acto social
Consumo acto socialConsumo acto social
Consumo acto social
 
Classificação das necessidades
Classificação das necessidadesClassificação das necessidades
Classificação das necessidades
 
Bens – noção e classificação
Bens – noção e classificaçãoBens – noção e classificação
Bens – noção e classificação
 
A sociedade de consumo
A sociedade de consumoA sociedade de consumo
A sociedade de consumo
 
A defesa dos consumidores
A defesa dos consumidoresA defesa dos consumidores
A defesa dos consumidores
 
Realidade social e ciências sociais
Realidade social e ciências sociaisRealidade social e ciências sociais
Realidade social e ciências sociais
 
Problema económico
Problema económicoProblema económico
Problema económico
 
Necessidades caracterização
Necessidades caracterizaçãoNecessidades caracterização
Necessidades caracterização
 

Último

Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 

Último (8)

Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 

Deixis pessoal temporal_espacial

  • 1. Deixis pessoal, temporal, espacial Fala-se de deixise de elementos deícticos para referir elementos linguísticos que “ mostram” verbalmente ( quer no registo oral ou escrito) as condições ou informações contextuais em que determinado enunciado ou texto é produzido.
  • 2. Como ponto de partida, toma-se o sujeito que fala ( o “eu” que normalmente se dirige a um “ tu”), assumindo-o como coordenada ou marco de referência, a par do tempo ( presente - agora) e do espaço(aqui) de fala. A partir destes, constroem-se outros marcos ou coordenadas, complementares ou alternativos e que permitem referenciar outras pessoas (segunda), outros tempos ( passado, futuro) e outros locais ( aí, ali,…).
  • 3. DeixisPessoal Marca o papel dos participantes numa situação de enunciação, tendo o enunciador como marco de referência ( o”eu”) Marcas linguísticas + frequentes: Pronomes pessoais; Determinantes/ pronomes possessivos; Vocativo e formas de tratamento(deixis social); Marcas de flexão verbal ( pessoa).
  • 4. Marcas linguísticas + frequentes: Advérbios de lugar ( aqui, ali, lá, além, aí); Verbos de movimento ( com significado de orientação); Determinantes/ pronomes demonstrativos ( proximidade/ afastamento face ao emissor e/ou receptor). Deixis Espacial Marca a localização espacial construída a partir da situação local de enunciação ( o “aqui”)
  • 5. Marcas linguísticas + frequentes: Advérbios de tempo ( agora, amanhã, depois, ontem…); Advérbios de designação/ apresentativo (“eis”); Marcas de flexão verbal ( tempo presente – simultaneidade; tempo pretérito perfeito –anterioridade; tempo futuro – posterioridade) Deixistemporal Marca a localização temporal construída a partir do momento de enunciação ( o agora)
  • 6. A diferenciação dos três tipos de deixis considerados não invalida o reconhecimento de que a deixis pessoal está presente em todas as restantes, por ser a partir dos participantes no acto enunciativo que se constrói a referência dos restantes elementos.