SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
26/10/2021 16:08 :: 310020755417 - eproc - ::
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=minuta_imprimir&acao_origem=acessar_documento&hash=44abf6ff6a0edb7127206461f0… 1/4
Av. Santos Dumont, S/N - Bairro: Milanese - CEP: 88804500 - Fone: (48) 3403-5396 - Email:
criciuma.fazenda2@tjsc.jus.br
AÇÃO CIVIL PÚBLICA CÍVEL Nº 5022553-18.2021.8.24.0020/SC
AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA
AUTOR: ROSANIA MARIA SILVANO BITTENCOURT
RÉU: MUNICÍPIO DE CRICIÚMA/SC
RÉU: CLESIO SALVARO
DESPACHO/DECISÃO
Vistos etc.
I - Do recebimento da inicial e da reunião dos processos:
Recebo a inicial.
Da análise dos autos, constata-se que a pretensão deduzida na presente
demanda guarda consonância em relação àquela constante no processo n. 5022523-
80.2021.8.24.0020, consubstanciando conexão entre as ações ajuizadas.
Por derradeiro, incidindo o disposto no art. 55, caput, do CPC, "serão
reunidos para julgamento conjunto os processos que possam gerar risco de prolação
de decisões conflitantes ou contraditórias caso decididos separadamente, mesmo
sem conexão entre eles", nos termos previstos no art. 55, § 3º, do CPC.
Nesse sentido:
"É sempre necessário que se verifique, no caso concreto, o risco de decisões conflitantes ou
contraditórias caso ocorra o julgamento em separado (CPC/2015, art. 55, § 3º). É tão
relevante o risco de contradição entre os julgamentos separados que, para evitá-lo, a lei
obriga a reunião dos processos e o julgamento conjunto até mesmo quando não se achar
configurada a conexão entre as ações, como, por exemplo, se passa com as hipóteses
limitadas à prova comum (art. 55, § 3º, in fine). Portanto, para o Código a conexão nem
sempre impõe a prorrogação de competência, mas o risco de contradição a faz sempre
obrigatória, haja ou não conexidade entre as causas." (THEODORO JÚNIOR, Humberto.
Curso de Direito Processual Civil. 62. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2021, p. 246).
Ainda:
REEXAME NECESSÁRIO. AÇÃO POPULAR.  EXTINÇÃO SEM RESOLUÇÃO DE
MÉRITO.  CONTINÊNCIA COM AÇÃO CIVIL PÚBLICA.  NULIDADE DA
SENTENÇA. Configurada a continência entre ação popular e ação civil pública, por serem
espécies do gênero ação coletiva, a reunião de ambas é a medida judicial prevista no
ordenamento jurídico em vigor. (TJMS,  Remessa Necessária Cível n.  0800558-
94.2014.8.12.0047, de Terenos, rel. Des. Vilson Bertelli, j. 12-04-2016).
5022553-18.2021.8.24.0020 310020755417
.V25
Poder Judiciário
JUSTIÇA ESTADUAL
Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina
2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Criciúma
26/10/2021 16:08 :: 310020755417 - eproc - ::
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=minuta_imprimir&acao_origem=acessar_documento&hash=44abf6ff6a0edb7127206461f0… 2/4
DIANTE DO EXPOSTO, reúno os processos para processamento e
julgamento conjunto,  mediante apensamento no sistema eletrônico,  devendo os
atos de instrução e julgamento se darem de forma conjunta nestes autos.
Junte-se cópia desta decisão naqueles autos.
Procedam-se às anotações necessárias no sistema eletrônico.
Intimem-se.
II - Do pedido de tutela de urgência antecipada:
Tratam-se de pedidos de tutela de urgência formulados pelo Ministério
Público do Estado de Santa Catarina e Rosania Maria Silvano Bittencourt contra o
Município de Criciúma e Clesio Salvaro, por meio dos quais postulam, em síntese, a
imediata suspensão dos efeitos do Decreto Municipal n. 1.532/2021.
Vieram os autos conclusos. Decido.
De acordo com o art. 300 do CPC, "a tutela de urgência será concedida
quando houver elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo de
dano ou o risco ao resultado útil do processo", o que nos permite afirmar que, para a
concessão da medida liminar, é necessária a presença de material comprobatório que
consubstancie a possibilidade concreta de que assiste razão à pretensão inicial, além
do risco de prejuízo à parte ou ao resultado da tutela jurisdicional.
E, aqui, a resposta é afirmativa.
Isso porque, a teor do art. 3º-A, caput, da Lei Federal n. 13.979/2020,
"é  obrigatório manter boca e nariz cobertos por máscara de proteção individual,
conforme  a legislação sanitária e na forma de regulamentação estabelecida pelo
Poder Executivo federal, para circulação em espaços públicos e privados acessíveis
ao público, em vias públicas e em transportes públicos coletivos".
Por sua vez, o Decreto Estadual n. 1.371/2021 dispõe que:
Art. 2º Enquanto perdurar o estado de calamidade pública, tornam-se obrigatórias as
medidas previstas neste Decreto.
Art. 9º Fica estabelecida a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção individual em
todo o território estadual, em espaços públicos e privados, pelo período previsto no art. 1º
deste Decreto, com exceção dos espaços domiciliares.
Art. 19. Os Municípios do Estado, por meio dos respectivos Prefeitos, poderão estabelecer
medidas específicas de enfrentamento mais restritivas do que as previstas neste Decreto ou
em Portarias do Secretário de Estado da Saúde, observadas as informações técnicas do
COES e de acordo com a necessidade apresentada.
5022553-18.2021.8.24.0020 310020755417
.V25
Poder Judiciário
JUSTIÇA ESTADUAL
Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina
2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Criciúma
26/10/2021 16:08 :: 310020755417 - eproc - ::
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=minuta_imprimir&acao_origem=acessar_documento&hash=44abf6ff6a0edb7127206461f0… 3/4
Desse modo, ao menos por ora, vislumbro elementos que evidenciam a
probabilidade do direito postulado, uma vez que o Decreto Municipal n. 1.532/2021,
ao desobrigar o uso de máscara de proteção individual em ambientes externos, ainda
que para aqueles com o esquema vacinal completo, afronta diretamente o disposto
na Lei Federal n. 13.979/2020 e no Decreto Estadual n. 1.371/2021.
No ponto, registro que o Supremo Tribunal Federal estabeleceu que "o
Município, por óbvio, não faz parte da competência concorrente, em que as normas
gerais da legislação serão da União e as normas complementares dos Estados, mas o
art. 30, II, permite que o Município possa suplementar para fazer bem aplicar a
legislação no seu âmbito. Sem contrariar, mas suplementando" (STF, ADI n. 6341
MC-REF, rel. Min. Marco Aurélio, Tribunal Pleno, j. 15-04-2020).
Por outro lado, o perigo de dano e o risco ao resultado útil do processo
decorrem do estado de calamidade pública referente à pandemia da COVID-19 e do
risco de contaminação que o coronavírus oferece à população, estes que impõem a
observância de protocolos rígidos e a adoção de medidas sanitárias restritivas para
prevenção e contenção da sua disseminação, à exemplo do uso de máscara facial.
No mais, conforme bem ressaltado pelo Ministério Público, "é notório,
diante da transmissão comunitária registrada em território catarinense e já em várias
outras unidades da Federação, que a eficácia das medidas de contenção, como é o
caso da utilização de máscara de proteção individual, depende de sua observância
absoluta de forma imediata" (evento 1, petição 1, pág. 20).
DIANTE DO EXPOSTO, com fundamento no art. 300,  caput, do
CPC, defiro o pedido de tutela de urgência e determino a imediata suspensão dos
efeitos do Decreto Municipal n. 1.532/2021, impondo ao Município de Criciúma,
ainda, a ampla divulgação desta decisão em veículo de comunicação impresso ou
eletrônico, de circulação municipal, no sítio eletrônico e nas redes sociais e
institucionais da Prefeitura  de Criciúma (stories e feed do Instagram),  alertando
à sociedade sobre os fins pedagógicos e dissuasórios que a situação de emergência
de saúde pública exige e o cumprimento das medidas previstas no Decreto Estadual
n. 1.371/2021.
Fixo multa diária no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), até o limite
de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), para o caso de descumprimento, podendo ser
ampliada e estendida pessoalmente ao agente público responsável.
Deixo de designar audiência de conciliação, já que, muito embora haja
a possibilidade de composição do litígio, a prática forense demonstra que a Fazenda
Pública tem invariavelmente manifestado desinteresse pela conciliação, de modo
5022553-18.2021.8.24.0020 310020755417
.V25
Poder Judiciário
JUSTIÇA ESTADUAL
Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina
2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Criciúma
26/10/2021 16:08 :: 310020755417 - eproc - ::
https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=minuta_imprimir&acao_origem=acessar_documento&hash=44abf6ff6a0edb7127206461f0… 4/4
que a designação de audiência para tal finalidade tem se mostrado infrutífera e
inexitosa, contrariando o próprio fim de economia e celeridade processuais.
Sem incidência de custas neste momento processual (art. 10 da Lei n.
4.717/1965 c/c art. 18 da Lei n. 7.347/1985).
Intimem-se, com urgência.
Citem-se, com as advertências legais.
Das contestações e documentos, intimem-se os autores para réplica.
Após, tornem os autos conclusos.


Documento eletrônico assinado por EVANDRO VOLMAR RIZZO, Juiz de Direito, na forma do artigo 1º,
inciso III, da Lei 11.419, de 19 de dezembro de 2006. A conferência da autenticidade do documento está
disponível no endereço eletrônico https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/externo_controlador.php?
acao=consulta_autenticidade_documentos, mediante o preenchimento do código verificador
310020755417v25 e do código CRC bd173a99.



Informações adicionais da assinatura:

Signatário (a): EVANDRO VOLMAR RIZZO

Data e Hora: 26/10/2021, às 15:48:14

 
 
5022553-18.2021.8.24.0020 310020755417
.V25
Poder Judiciário
JUSTIÇA ESTADUAL
Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina
2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Criciúma

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Decisão do TRF contra Josué Mendes
Decisão do TRF contra Josué MendesDecisão do TRF contra Josué Mendes
Decisão do TRF contra Josué MendesAdriano Monteiro
 
Sentença amazonas
Sentença amazonasSentença amazonas
Sentença amazonasFabio Motta
 
Justiça de Mauá barra acordo entre Prefeitura e Fundação ABC
Justiça de Mauá barra acordo entre Prefeitura e Fundação ABCJustiça de Mauá barra acordo entre Prefeitura e Fundação ABC
Justiça de Mauá barra acordo entre Prefeitura e Fundação ABCLuís Carlos Nunes
 
Fator previdenciário procedente
Fator previdenciário procedenteFator previdenciário procedente
Fator previdenciário procedenteFabio Motta
 
Mosquini é punido por diferença em registros contábeis na ordem de mais de R$...
Mosquini é punido por diferença em registros contábeis na ordem de mais de R$...Mosquini é punido por diferença em registros contábeis na ordem de mais de R$...
Mosquini é punido por diferença em registros contábeis na ordem de mais de R$...Rondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
Plano verão banco do brasil sentença - interrupção do prazo
Plano verão banco do brasil   sentença - interrupção do prazoPlano verão banco do brasil   sentença - interrupção do prazo
Plano verão banco do brasil sentença - interrupção do prazoFabio Motta
 
Aposentadoria Professor sem Fator Previdenciário - Sentença com Antecipação d...
Aposentadoria Professor sem Fator Previdenciário - Sentença com Antecipação d...Aposentadoria Professor sem Fator Previdenciário - Sentença com Antecipação d...
Aposentadoria Professor sem Fator Previdenciário - Sentença com Antecipação d...Fabio Motta
 
527b8bcbea03372144cbcbfafe9e4882
527b8bcbea03372144cbcbfafe9e4882527b8bcbea03372144cbcbfafe9e4882
527b8bcbea03372144cbcbfafe9e4882Fabio Motta
 
Dominó – Justiça de Rondônia manda ex-deputado para cumprir pena em regime ab...
Dominó – Justiça de Rondônia manda ex-deputado para cumprir pena em regime ab...Dominó – Justiça de Rondônia manda ex-deputado para cumprir pena em regime ab...
Dominó – Justiça de Rondônia manda ex-deputado para cumprir pena em regime ab...Rondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
Senador Ivo Cassol oferece carros de luxo e consegue liberar parte de bens bl...
Senador Ivo Cassol oferece carros de luxo e consegue liberar parte de bens bl...Senador Ivo Cassol oferece carros de luxo e consegue liberar parte de bens bl...
Senador Ivo Cassol oferece carros de luxo e consegue liberar parte de bens bl...Rondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
38df2560889c703d8f71f861cc5ef37c (1)
38df2560889c703d8f71f861cc5ef37c (1)38df2560889c703d8f71f861cc5ef37c (1)
38df2560889c703d8f71f861cc5ef37c (1)Fabio Motta
 
Afastamento do Prefeito de Catende
Afastamento do Prefeito de CatendeAfastamento do Prefeito de Catende
Afastamento do Prefeito de CatendeEscadaNews
 
Desaposentação Acórdão TRF1
Desaposentação  Acórdão TRF1Desaposentação  Acórdão TRF1
Desaposentação Acórdão TRF1Fabio Motta
 
STJ - Não incidência do Fator previdenciário em aposentadoria para professor.
STJ - Não incidência do Fator previdenciário em aposentadoria para professor.STJ - Não incidência do Fator previdenciário em aposentadoria para professor.
STJ - Não incidência do Fator previdenciário em aposentadoria para professor.Fabio Motta
 
Senten+âºa f prev_jef_floripa_-_paggiarin[1]
Senten+âºa f prev_jef_floripa_-_paggiarin[1]Senten+âºa f prev_jef_floripa_-_paggiarin[1]
Senten+âºa f prev_jef_floripa_-_paggiarin[1]Fabio Motta
 
TJ bate o martelo e diz que a Justiça não irá obrigar o Estado de Rondônia a ...
TJ bate o martelo e diz que a Justiça não irá obrigar o Estado de Rondônia a ...TJ bate o martelo e diz que a Justiça não irá obrigar o Estado de Rondônia a ...
TJ bate o martelo e diz que a Justiça não irá obrigar o Estado de Rondônia a ...Rondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
Julgamento acórdão idec x nossa caixa bb
Julgamento acórdão idec x nossa caixa  bbJulgamento acórdão idec x nossa caixa  bb
Julgamento acórdão idec x nossa caixa bbFabio Motta
 

Mais procurados (20)

Decisão do TRF contra Josué Mendes
Decisão do TRF contra Josué MendesDecisão do TRF contra Josué Mendes
Decisão do TRF contra Josué Mendes
 
Sentença amazonas
Sentença amazonasSentença amazonas
Sentença amazonas
 
Justiça de Mauá barra acordo entre Prefeitura e Fundação ABC
Justiça de Mauá barra acordo entre Prefeitura e Fundação ABCJustiça de Mauá barra acordo entre Prefeitura e Fundação ABC
Justiça de Mauá barra acordo entre Prefeitura e Fundação ABC
 
Fator previdenciário procedente
Fator previdenciário procedenteFator previdenciário procedente
Fator previdenciário procedente
 
Mosquini é punido por diferença em registros contábeis na ordem de mais de R$...
Mosquini é punido por diferença em registros contábeis na ordem de mais de R$...Mosquini é punido por diferença em registros contábeis na ordem de mais de R$...
Mosquini é punido por diferença em registros contábeis na ordem de mais de R$...
 
Plano verão banco do brasil sentença - interrupção do prazo
Plano verão banco do brasil   sentença - interrupção do prazoPlano verão banco do brasil   sentença - interrupção do prazo
Plano verão banco do brasil sentença - interrupção do prazo
 
Aposentadoria Professor sem Fator Previdenciário - Sentença com Antecipação d...
Aposentadoria Professor sem Fator Previdenciário - Sentença com Antecipação d...Aposentadoria Professor sem Fator Previdenciário - Sentença com Antecipação d...
Aposentadoria Professor sem Fator Previdenciário - Sentença com Antecipação d...
 
527b8bcbea03372144cbcbfafe9e4882
527b8bcbea03372144cbcbfafe9e4882527b8bcbea03372144cbcbfafe9e4882
527b8bcbea03372144cbcbfafe9e4882
 
Requerimento de luiza erundina
Requerimento de luiza erundinaRequerimento de luiza erundina
Requerimento de luiza erundina
 
Dominó – Justiça de Rondônia manda ex-deputado para cumprir pena em regime ab...
Dominó – Justiça de Rondônia manda ex-deputado para cumprir pena em regime ab...Dominó – Justiça de Rondônia manda ex-deputado para cumprir pena em regime ab...
Dominó – Justiça de Rondônia manda ex-deputado para cumprir pena em regime ab...
 
Roberto sobrinho
Roberto sobrinhoRoberto sobrinho
Roberto sobrinho
 
Senador Ivo Cassol oferece carros de luxo e consegue liberar parte de bens bl...
Senador Ivo Cassol oferece carros de luxo e consegue liberar parte de bens bl...Senador Ivo Cassol oferece carros de luxo e consegue liberar parte de bens bl...
Senador Ivo Cassol oferece carros de luxo e consegue liberar parte de bens bl...
 
38df2560889c703d8f71f861cc5ef37c (1)
38df2560889c703d8f71f861cc5ef37c (1)38df2560889c703d8f71f861cc5ef37c (1)
38df2560889c703d8f71f861cc5ef37c (1)
 
Afastamento do Prefeito de Catende
Afastamento do Prefeito de CatendeAfastamento do Prefeito de Catende
Afastamento do Prefeito de Catende
 
Desaposentação Acórdão TRF1
Desaposentação  Acórdão TRF1Desaposentação  Acórdão TRF1
Desaposentação Acórdão TRF1
 
STJ - Não incidência do Fator previdenciário em aposentadoria para professor.
STJ - Não incidência do Fator previdenciário em aposentadoria para professor.STJ - Não incidência do Fator previdenciário em aposentadoria para professor.
STJ - Não incidência do Fator previdenciário em aposentadoria para professor.
 
Acp 0900057 31.2016.8.24.0020
Acp 0900057 31.2016.8.24.0020Acp 0900057 31.2016.8.24.0020
Acp 0900057 31.2016.8.24.0020
 
Senten+âºa f prev_jef_floripa_-_paggiarin[1]
Senten+âºa f prev_jef_floripa_-_paggiarin[1]Senten+âºa f prev_jef_floripa_-_paggiarin[1]
Senten+âºa f prev_jef_floripa_-_paggiarin[1]
 
TJ bate o martelo e diz que a Justiça não irá obrigar o Estado de Rondônia a ...
TJ bate o martelo e diz que a Justiça não irá obrigar o Estado de Rondônia a ...TJ bate o martelo e diz que a Justiça não irá obrigar o Estado de Rondônia a ...
TJ bate o martelo e diz que a Justiça não irá obrigar o Estado de Rondônia a ...
 
Julgamento acórdão idec x nossa caixa bb
Julgamento acórdão idec x nossa caixa  bbJulgamento acórdão idec x nossa caixa  bb
Julgamento acórdão idec x nossa caixa bb
 

Semelhante a Decisao mascaras em Criciuma

Orientacao 13 2020 - covid 19 - servicos publicos municipais - prefeituras
Orientacao 13 2020 - covid 19 - servicos publicos municipais - prefeiturasOrientacao 13 2020 - covid 19 - servicos publicos municipais - prefeituras
Orientacao 13 2020 - covid 19 - servicos publicos municipais - prefeiturasMinistério Público de Santa Catarina
 
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...Ministério Público de Santa Catarina
 
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...Ministério Público de Santa Catarina
 
Juiz de Brasília proíbe abertura de igrejas
Juiz de Brasília proíbe abertura de igrejasJuiz de Brasília proíbe abertura de igrejas
Juiz de Brasília proíbe abertura de igrejasMarcelo Auler
 
Justiça determina suspensão da greve dos agentes penitenciários
Justiça determina suspensão da greve dos agentes penitenciáriosJustiça determina suspensão da greve dos agentes penitenciários
Justiça determina suspensão da greve dos agentes penitenciáriosRondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
Decisão liminar do Ministério Público
Decisão liminar do Ministério PúblicoDecisão liminar do Ministério Público
Decisão liminar do Ministério PúblicoSomMaior
 
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...Ministério Público de Santa Catarina
 
Justiça manda suspender o rompimento de convênio com creches comunitárias
Justiça manda suspender o rompimento de convênio com creches comunitáriasJustiça manda suspender o rompimento de convênio com creches comunitárias
Justiça manda suspender o rompimento de convênio com creches comunitáriasSofia Cavedon
 
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...Ministério Público de Santa Catarina
 
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...Ministério Público de Santa Catarina
 
COOP também ganha na justiça ação contra o chamado 'abuso de poder' de Atila ...
COOP também ganha na justiça ação contra o chamado 'abuso de poder' de Atila ...COOP também ganha na justiça ação contra o chamado 'abuso de poder' de Atila ...
COOP também ganha na justiça ação contra o chamado 'abuso de poder' de Atila ...Luís Carlos Nunes
 

Semelhante a Decisao mascaras em Criciuma (20)

310002902539 - eproc - __
   310002902539 - eproc - __   310002902539 - eproc - __
310002902539 - eproc - __
 
Decisao estado sinpol
Decisao estado sinpolDecisao estado sinpol
Decisao estado sinpol
 
Liminar acp
Liminar acpLiminar acp
Liminar acp
 
a decisão
a decisãoa decisão
a decisão
 
Ação Civil Pública contra Blumenau
Ação Civil Pública contra BlumenauAção Civil Pública contra Blumenau
Ação Civil Pública contra Blumenau
 
Orientacao 13 2020 - covid 19 - servicos publicos municipais - prefeituras
Orientacao 13 2020 - covid 19 - servicos publicos municipais - prefeiturasOrientacao 13 2020 - covid 19 - servicos publicos municipais - prefeituras
Orientacao 13 2020 - covid 19 - servicos publicos municipais - prefeituras
 
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
Anitápolis: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e desco...
 
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
Rancho Queimado: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e ...
 
Despacho liminar (1)
Despacho   liminar (1)Despacho   liminar (1)
Despacho liminar (1)
 
Juiz de Brasília proíbe abertura de igrejas
Juiz de Brasília proíbe abertura de igrejasJuiz de Brasília proíbe abertura de igrejas
Juiz de Brasília proíbe abertura de igrejas
 
Suspenso concurso público presencial em Bom Jardim da Serra
Suspenso concurso público presencial em Bom Jardim da SerraSuspenso concurso público presencial em Bom Jardim da Serra
Suspenso concurso público presencial em Bom Jardim da Serra
 
Justiça determina suspensão da greve dos agentes penitenciários
Justiça determina suspensão da greve dos agentes penitenciáriosJustiça determina suspensão da greve dos agentes penitenciários
Justiça determina suspensão da greve dos agentes penitenciários
 
Decisão liminar do Ministério Público
Decisão liminar do Ministério PúblicoDecisão liminar do Ministério Público
Decisão liminar do Ministério Público
 
Decisao liminar
Decisao liminarDecisao liminar
Decisao liminar
 
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
São Bonifácio: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e de...
 
Justiça manda suspender o rompimento de convênio com creches comunitárias
Justiça manda suspender o rompimento de convênio com creches comunitáriasJustiça manda suspender o rompimento de convênio com creches comunitárias
Justiça manda suspender o rompimento de convênio com creches comunitárias
 
Decisao uti lages(1)
Decisao uti lages(1)Decisao uti lages(1)
Decisao uti lages(1)
 
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
Angelina: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e descons...
 
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
Águas Mornas: liminar suspende decreto que inverteu ordem de prioridade e des...
 
COOP também ganha na justiça ação contra o chamado 'abuso de poder' de Atila ...
COOP também ganha na justiça ação contra o chamado 'abuso de poder' de Atila ...COOP também ganha na justiça ação contra o chamado 'abuso de poder' de Atila ...
COOP também ganha na justiça ação contra o chamado 'abuso de poder' de Atila ...
 

Mais de MarcianoBortolin

Representacao Ministerio Publico Alunos Medicina
Representacao Ministerio Publico Alunos MedicinaRepresentacao Ministerio Publico Alunos Medicina
Representacao Ministerio Publico Alunos MedicinaMarcianoBortolin
 
Pedido Ministerio Publico - Eleicao Cermoful
Pedido Ministerio Publico - Eleicao CermofulPedido Ministerio Publico - Eleicao Cermoful
Pedido Ministerio Publico - Eleicao CermofulMarcianoBortolin
 
Boletim sivep 23mar21_covid-19
Boletim sivep 23mar21_covid-19Boletim sivep 23mar21_covid-19
Boletim sivep 23mar21_covid-19MarcianoBortolin
 
1 inic1 mp_pedido de suspensao eleicao_
1 inic1 mp_pedido de suspensao eleicao_1 inic1 mp_pedido de suspensao eleicao_
1 inic1 mp_pedido de suspensao eleicao_MarcianoBortolin
 
Comunicado hospital de urussanga
Comunicado hospital de urussangaComunicado hospital de urussanga
Comunicado hospital de urussangaMarcianoBortolin
 
Decisao liminar vereadores
Decisao liminar vereadoresDecisao liminar vereadores
Decisao liminar vereadoresMarcianoBortolin
 
Representação Santa Catarina
Representação Santa CatarinaRepresentação Santa Catarina
Representação Santa CatarinaMarcianoBortolin
 
Representação Santa Catarina
Representação Santa CatarinaRepresentação Santa Catarina
Representação Santa CatarinaMarcianoBortolin
 
Representação Santa Catarina
Representação Santa CatarinaRepresentação Santa Catarina
Representação Santa CatarinaMarcianoBortolin
 

Mais de MarcianoBortolin (12)

Representacao Ministerio Publico Alunos Medicina
Representacao Ministerio Publico Alunos MedicinaRepresentacao Ministerio Publico Alunos Medicina
Representacao Ministerio Publico Alunos Medicina
 
Pedido Ministerio Publico - Eleicao Cermoful
Pedido Ministerio Publico - Eleicao CermofulPedido Ministerio Publico - Eleicao Cermoful
Pedido Ministerio Publico - Eleicao Cermoful
 
Defesa Marcio Burigo
Defesa Marcio BurigoDefesa Marcio Burigo
Defesa Marcio Burigo
 
Boletim sivep 23mar21_covid-19
Boletim sivep 23mar21_covid-19Boletim sivep 23mar21_covid-19
Boletim sivep 23mar21_covid-19
 
1 inic1 mp_pedido de suspensao eleicao_
1 inic1 mp_pedido de suspensao eleicao_1 inic1 mp_pedido de suspensao eleicao_
1 inic1 mp_pedido de suspensao eleicao_
 
Comunicado hospital de urussanga
Comunicado hospital de urussangaComunicado hospital de urussanga
Comunicado hospital de urussanga
 
Decisao liminar vereadores
Decisao liminar vereadoresDecisao liminar vereadores
Decisao liminar vereadores
 
Liminar Procon
Liminar ProconLiminar Procon
Liminar Procon
 
Decisão
DecisãoDecisão
Decisão
 
Representação Santa Catarina
Representação Santa CatarinaRepresentação Santa Catarina
Representação Santa Catarina
 
Representação Santa Catarina
Representação Santa CatarinaRepresentação Santa Catarina
Representação Santa Catarina
 
Representação Santa Catarina
Representação Santa CatarinaRepresentação Santa Catarina
Representação Santa Catarina
 

Decisao mascaras em Criciuma

  • 1. 26/10/2021 16:08 :: 310020755417 - eproc - :: https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=minuta_imprimir&acao_origem=acessar_documento&hash=44abf6ff6a0edb7127206461f0… 1/4 Av. Santos Dumont, S/N - Bairro: Milanese - CEP: 88804500 - Fone: (48) 3403-5396 - Email: criciuma.fazenda2@tjsc.jus.br AÇÃO CIVIL PÚBLICA CÍVEL Nº 5022553-18.2021.8.24.0020/SC AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA AUTOR: ROSANIA MARIA SILVANO BITTENCOURT RÉU: MUNICÍPIO DE CRICIÚMA/SC RÉU: CLESIO SALVARO DESPACHO/DECISÃO Vistos etc. I - Do recebimento da inicial e da reunião dos processos: Recebo a inicial. Da análise dos autos, constata-se que a pretensão deduzida na presente demanda guarda consonância em relação àquela constante no processo n. 5022523- 80.2021.8.24.0020, consubstanciando conexão entre as ações ajuizadas. Por derradeiro, incidindo o disposto no art. 55, caput, do CPC, "serão reunidos para julgamento conjunto os processos que possam gerar risco de prolação de decisões conflitantes ou contraditórias caso decididos separadamente, mesmo sem conexão entre eles", nos termos previstos no art. 55, § 3º, do CPC. Nesse sentido: "É sempre necessário que se verifique, no caso concreto, o risco de decisões conflitantes ou contraditórias caso ocorra o julgamento em separado (CPC/2015, art. 55, § 3º). É tão relevante o risco de contradição entre os julgamentos separados que, para evitá-lo, a lei obriga a reunião dos processos e o julgamento conjunto até mesmo quando não se achar configurada a conexão entre as ações, como, por exemplo, se passa com as hipóteses limitadas à prova comum (art. 55, § 3º, in fine). Portanto, para o Código a conexão nem sempre impõe a prorrogação de competência, mas o risco de contradição a faz sempre obrigatória, haja ou não conexidade entre as causas." (THEODORO JÚNIOR, Humberto. Curso de Direito Processual Civil. 62. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2021, p. 246). Ainda: REEXAME NECESSÁRIO. AÇÃO POPULAR.  EXTINÇÃO SEM RESOLUÇÃO DE MÉRITO.  CONTINÊNCIA COM AÇÃO CIVIL PÚBLICA.  NULIDADE DA SENTENÇA. Configurada a continência entre ação popular e ação civil pública, por serem espécies do gênero ação coletiva, a reunião de ambas é a medida judicial prevista no ordenamento jurídico em vigor. (TJMS,  Remessa Necessária Cível n.  0800558- 94.2014.8.12.0047, de Terenos, rel. Des. Vilson Bertelli, j. 12-04-2016). 5022553-18.2021.8.24.0020 310020755417 .V25 Poder Judiciário JUSTIÇA ESTADUAL Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Criciúma
  • 2. 26/10/2021 16:08 :: 310020755417 - eproc - :: https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=minuta_imprimir&acao_origem=acessar_documento&hash=44abf6ff6a0edb7127206461f0… 2/4 DIANTE DO EXPOSTO, reúno os processos para processamento e julgamento conjunto,  mediante apensamento no sistema eletrônico,  devendo os atos de instrução e julgamento se darem de forma conjunta nestes autos. Junte-se cópia desta decisão naqueles autos. Procedam-se às anotações necessárias no sistema eletrônico. Intimem-se. II - Do pedido de tutela de urgência antecipada: Tratam-se de pedidos de tutela de urgência formulados pelo Ministério Público do Estado de Santa Catarina e Rosania Maria Silvano Bittencourt contra o Município de Criciúma e Clesio Salvaro, por meio dos quais postulam, em síntese, a imediata suspensão dos efeitos do Decreto Municipal n. 1.532/2021. Vieram os autos conclusos. Decido. De acordo com o art. 300 do CPC, "a tutela de urgência será concedida quando houver elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo", o que nos permite afirmar que, para a concessão da medida liminar, é necessária a presença de material comprobatório que consubstancie a possibilidade concreta de que assiste razão à pretensão inicial, além do risco de prejuízo à parte ou ao resultado da tutela jurisdicional. E, aqui, a resposta é afirmativa. Isso porque, a teor do art. 3º-A, caput, da Lei Federal n. 13.979/2020, "é  obrigatório manter boca e nariz cobertos por máscara de proteção individual, conforme  a legislação sanitária e na forma de regulamentação estabelecida pelo Poder Executivo federal, para circulação em espaços públicos e privados acessíveis ao público, em vias públicas e em transportes públicos coletivos". Por sua vez, o Decreto Estadual n. 1.371/2021 dispõe que: Art. 2º Enquanto perdurar o estado de calamidade pública, tornam-se obrigatórias as medidas previstas neste Decreto. Art. 9º Fica estabelecida a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção individual em todo o território estadual, em espaços públicos e privados, pelo período previsto no art. 1º deste Decreto, com exceção dos espaços domiciliares. Art. 19. Os Municípios do Estado, por meio dos respectivos Prefeitos, poderão estabelecer medidas específicas de enfrentamento mais restritivas do que as previstas neste Decreto ou em Portarias do Secretário de Estado da Saúde, observadas as informações técnicas do COES e de acordo com a necessidade apresentada. 5022553-18.2021.8.24.0020 310020755417 .V25 Poder Judiciário JUSTIÇA ESTADUAL Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Criciúma
  • 3. 26/10/2021 16:08 :: 310020755417 - eproc - :: https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=minuta_imprimir&acao_origem=acessar_documento&hash=44abf6ff6a0edb7127206461f0… 3/4 Desse modo, ao menos por ora, vislumbro elementos que evidenciam a probabilidade do direito postulado, uma vez que o Decreto Municipal n. 1.532/2021, ao desobrigar o uso de máscara de proteção individual em ambientes externos, ainda que para aqueles com o esquema vacinal completo, afronta diretamente o disposto na Lei Federal n. 13.979/2020 e no Decreto Estadual n. 1.371/2021. No ponto, registro que o Supremo Tribunal Federal estabeleceu que "o Município, por óbvio, não faz parte da competência concorrente, em que as normas gerais da legislação serão da União e as normas complementares dos Estados, mas o art. 30, II, permite que o Município possa suplementar para fazer bem aplicar a legislação no seu âmbito. Sem contrariar, mas suplementando" (STF, ADI n. 6341 MC-REF, rel. Min. Marco Aurélio, Tribunal Pleno, j. 15-04-2020). Por outro lado, o perigo de dano e o risco ao resultado útil do processo decorrem do estado de calamidade pública referente à pandemia da COVID-19 e do risco de contaminação que o coronavírus oferece à população, estes que impõem a observância de protocolos rígidos e a adoção de medidas sanitárias restritivas para prevenção e contenção da sua disseminação, à exemplo do uso de máscara facial. No mais, conforme bem ressaltado pelo Ministério Público, "é notório, diante da transmissão comunitária registrada em território catarinense e já em várias outras unidades da Federação, que a eficácia das medidas de contenção, como é o caso da utilização de máscara de proteção individual, depende de sua observância absoluta de forma imediata" (evento 1, petição 1, pág. 20). DIANTE DO EXPOSTO, com fundamento no art. 300,  caput, do CPC, defiro o pedido de tutela de urgência e determino a imediata suspensão dos efeitos do Decreto Municipal n. 1.532/2021, impondo ao Município de Criciúma, ainda, a ampla divulgação desta decisão em veículo de comunicação impresso ou eletrônico, de circulação municipal, no sítio eletrônico e nas redes sociais e institucionais da Prefeitura  de Criciúma (stories e feed do Instagram),  alertando à sociedade sobre os fins pedagógicos e dissuasórios que a situação de emergência de saúde pública exige e o cumprimento das medidas previstas no Decreto Estadual n. 1.371/2021. Fixo multa diária no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), até o limite de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), para o caso de descumprimento, podendo ser ampliada e estendida pessoalmente ao agente público responsável. Deixo de designar audiência de conciliação, já que, muito embora haja a possibilidade de composição do litígio, a prática forense demonstra que a Fazenda Pública tem invariavelmente manifestado desinteresse pela conciliação, de modo 5022553-18.2021.8.24.0020 310020755417 .V25 Poder Judiciário JUSTIÇA ESTADUAL Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Criciúma
  • 4. 26/10/2021 16:08 :: 310020755417 - eproc - :: https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/controlador.php?acao=minuta_imprimir&acao_origem=acessar_documento&hash=44abf6ff6a0edb7127206461f0… 4/4 que a designação de audiência para tal finalidade tem se mostrado infrutífera e inexitosa, contrariando o próprio fim de economia e celeridade processuais. Sem incidência de custas neste momento processual (art. 10 da Lei n. 4.717/1965 c/c art. 18 da Lei n. 7.347/1985). Intimem-se, com urgência. Citem-se, com as advertências legais. Das contestações e documentos, intimem-se os autores para réplica. Após, tornem os autos conclusos. Documento eletrônico assinado por EVANDRO VOLMAR RIZZO, Juiz de Direito, na forma do artigo 1º, inciso III, da Lei 11.419, de 19 de dezembro de 2006. A conferência da autenticidade do documento está disponível no endereço eletrônico https://eproc1g.tjsc.jus.br/eproc/externo_controlador.php? acao=consulta_autenticidade_documentos, mediante o preenchimento do código verificador 310020755417v25 e do código CRC bd173a99. Informações adicionais da assinatura: Signatário (a): EVANDRO VOLMAR RIZZO Data e Hora: 26/10/2021, às 15:48:14     5022553-18.2021.8.24.0020 310020755417 .V25 Poder Judiciário JUSTIÇA ESTADUAL Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Criciúma