SlideShare uma empresa Scribd logo
ELEMENTOS
ESTRUTURANTES DA
DANÇA E DANÇA
CONTEMPORÂNEA
PROFESSORAVIVIANTROMBINI
 Dança é a arte de se expressar com o corpo por
meio do movimento ritmado, geralmente
acompanhado por música. Desde a Antiguidade, a
dança era uma forma de expressão corporal e de
comunicação. Com o tempo, as sociedades
desenvolveram sua própria dança, cada qual com
suas motivações e características.
O QUE É DANÇA?
ELEMENTOS ESTRUTURANTES DA
DANÇA –MOVIMENTO CORPORAL
 KINESFERA
 FLUXO
 GIROS
 EIXO
 PESO
 ROLAMENTO
 SALTOS
ELEMENTOS ESTRUTURANTES DA
DANÇA –ESPAÇO
NIVEIS
DESLOCAMENTO
DIREÇÃO
DIMENSÕES
ELEMENTOS ESTRUTURANTES DA
DANÇA –TEMPO
RÁPIDO
MODERADO
LENTO
DANÇA CONTEMPORÂNEA
 Dança contemporânea é um gênero de dança teatral que se
desenvolveu em meados do século XX e, desde então, tornou-se
um dos gêneros mais conhecidos, especialmente no mundo
ocidental.
 Alguns teóricos remetem a origem da dança contemporânea aos
experimentos dos artistas pós-modernos do movimento Judson
Dance Theater, iniciado na década de 1960, nos Estados Unidos.
 Entretanto, valores éticos e estéticos da dança contemporânea
são encontrados desde o início do século XX, no pensamento de
primeiros precursores da dança moderna como Isadora Duncan.
DANÇA CONTEMPORÂNEA
 Tende a combinar diversas qualidades de movimento, uma
vez que não se prende à estéticas pré-estabelecidas.
 Cada projeto coreográfico compreende um projeto técnico,
elaborado durante o processo de composição.
 Quanto à obra coreográfica contemporânea, ela apresenta
formas e conteúdos diferentes e formatos diversificados -
na dimensão, no número de intérpretes, nos lugares de
apresentação - e, nela, o movimento do corpo estabelece
múltiplas relações com os elementos plásticos (objetos,
cenários) e sonoros e com as imagens virtuais.
DANÇA CONTEMPORÂNEA
 O forte e controlado trabalho das pernas do balé com a ênfase
sobre o torso, da dança moderna;
 Técnicas de contract-release (contração e relaxamento);
 Floor work (dança do solo e parede);
 fall-recovery (queda e recuperação)
 Improvisação;
 Imprevisíveis mudanças de ritmo, velocidade e direção também
são usadas;
 Elemementos de danças não ocidentais, tais como os joelhos
semifletidos da dança africana ou Maori.
DANÇA CONTEMPORÂNEA
TÉCNICAS
 A dança contemporânea não se define em técnicas ou
movimentos específicos, pois o intérprete/bailarino ganha
autonomia para construir suas próprias coreografias a partir de
métodos e procedimentos de pesquisa como: improvisação,
improvisação de contato, método Laban, técnica de release, Body
Mind Centering (BMC), Alwin Nikolais.
 Esses métodos trazem instrumentos para que o intérprete crie as
suas composições a partir de temas relacionados com questões
políticas, sociais, culturais, autobiográficas, comportamentais e
cotidianas, como também a fisiologia e a anatomia corpo. Aliado a
isso, viu-se a necessidade de uma pesquisa teórica para
complemento da prática.
DANÇA CONTEMPORÂNEA
 https://www.youtube.com/watch?v=nuN2YLfcb7Y
 https://www.youtube.com/watch?v=JabR-MySIuo
 https://www.youtube.com/watch?v=rjV-9OwN5Hc
 https://www.youtube.com/watch?v=JaYMMC1IQXM
 https://www.youtube.com/watch?v=ybnaOWCQnTY
LINKS DOS VÍDEOS:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dança
DançaDança
Trabalho de artes danças
Trabalho de artes dançasTrabalho de artes danças
Trabalho de artes danças
ingrid limah
 
Dancas Folclóricas
Dancas FolclóricasDancas Folclóricas
Dancas Folclóricas
silsiane
 
O corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e culturalO corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e cultural
aluisiobraga
 
Dança também é atividade física
Dança também é atividade físicaDança também é atividade física
Dança também é atividade física
solangejazz
 
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversosSlide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
Natália Matos
 
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)  TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
Wellinton Augusto
 
Dança de salão.
Dança de salão.Dança de salão.
Dança de salão.
Ajudar Pessoas
 
A História da Música
A História da MúsicaA História da Música
A História da Música
Meire Falco
 
A dança através dos tempos
A dança através dos temposA dança através dos tempos
A dança através dos tempos
José Marques
 
História da música 1
História da música 1História da música 1
História da música 1
Deborah Oliver
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da arte
dpport
 
Danças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptxDanças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptx
Simone0224
 
Arte na escola
Arte na escolaArte na escola
Arte na escola
Magda Marques
 
Apostila ensino médio danca
Apostila ensino médio dancaApostila ensino médio danca
Apostila ensino médio danca
Reginaldo Pazinatto
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!
Mary Lopes
 
Linguagem do Corpo
Linguagem do CorpoLinguagem do Corpo
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Música
MúsicaMúsica
Música
Sandraferraz
 
Corpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimentoCorpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimento
Silvia Arrelaro
 

Mais procurados (20)

Dança
DançaDança
Dança
 
Trabalho de artes danças
Trabalho de artes dançasTrabalho de artes danças
Trabalho de artes danças
 
Dancas Folclóricas
Dancas FolclóricasDancas Folclóricas
Dancas Folclóricas
 
O corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e culturalO corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e cultural
 
Dança também é atividade física
Dança também é atividade físicaDança também é atividade física
Dança também é atividade física
 
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversosSlide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
 
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)  TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
 
Dança de salão.
Dança de salão.Dança de salão.
Dança de salão.
 
A História da Música
A História da MúsicaA História da Música
A História da Música
 
A dança através dos tempos
A dança através dos temposA dança através dos tempos
A dança através dos tempos
 
História da música 1
História da música 1História da música 1
História da música 1
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da arte
 
Danças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptxDanças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptx
 
Arte na escola
Arte na escolaArte na escola
Arte na escola
 
Apostila ensino médio danca
Apostila ensino médio dancaApostila ensino médio danca
Apostila ensino médio danca
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!
 
Linguagem do Corpo
Linguagem do CorpoLinguagem do Corpo
Linguagem do Corpo
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
Música
MúsicaMúsica
Música
 
Corpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimentoCorpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimento
 

Semelhante a DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA

Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptxApresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
thomazamorim1
 
Corpo-devir: improvisação na preparação corporal do artista cênico
Corpo-devir: improvisação na preparação corporal do artista cênicoCorpo-devir: improvisação na preparação corporal do artista cênico
Corpo-devir: improvisação na preparação corporal do artista cênico
Corpodevir
 
Arte_6ano_Elementos básicos da Dança_Aula N4.pptx
Arte_6ano_Elementos básicos da Dança_Aula N4.pptxArte_6ano_Elementos básicos da Dança_Aula N4.pptx
Arte_6ano_Elementos básicos da Dança_Aula N4.pptx
EltonBatista8
 
dancaeseuselementos-200713231110.pdf
dancaeseuselementos-200713231110.pdfdancaeseuselementos-200713231110.pdf
dancaeseuselementos-200713231110.pdf
WeslleyDias8
 
RITMO DANÇA.pdf
RITMO DANÇA.pdfRITMO DANÇA.pdf
RITMO DANÇA.pdf
ReginaldoAntonioJoaq
 
Danças Sociais
Danças SociaisDanças Sociais
Danças Sociais
Diogo Silva
 
Novas Direções - Dança
Novas Direções - DançaNovas Direções - Dança
Novas Direções - Dança
G30 Gestão de Marcas
 
Complexo de dança Guarulhos
Complexo de dança GuarulhosComplexo de dança Guarulhos
Complexo de dança Guarulhos
Nathéssia Marques
 
A dança 4ª etp.docx
A dança 4ª etp.docxA dança 4ª etp.docx
A dança 4ª etp.docx
FabricioAugustoBasto
 
Dança no campo artistíco
Dança no campo artistícoDança no campo artistíco
Dança no campo artistíco
KrioAlexandredaSilva
 
1° BIMESTRE - BLOCO 2 - 19.04.2021 A 07.05.2021 - 9° ANO A.pdf
1° BIMESTRE - BLOCO 2 - 19.04.2021 A 07.05.2021 - 9° ANO A.pdf1° BIMESTRE - BLOCO 2 - 19.04.2021 A 07.05.2021 - 9° ANO A.pdf
1° BIMESTRE - BLOCO 2 - 19.04.2021 A 07.05.2021 - 9° ANO A.pdf
DOMINICKWERNECKDEPRA
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
coletivoddois
 
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
ClariceLuizaGomesDeF
 
Redescobrindo a dança
Redescobrindo a dançaRedescobrindo a dança
Redescobrindo a dança
Michellevsilva
 
Dança - Anos Finais
Dança - Anos FinaisDança - Anos Finais
Dança - Anos Finais
Lismara de Oliveira
 
O espaço em que dançamos
O espaço em que dançamosO espaço em que dançamos
O espaço em que dançamos
TATE9
 
Dança Do Ventre
Dança Do VentreDança Do Ventre
Dança Do Ventre
ana pinho
 
Word 9 b_12
Word 9 b_12Word 9 b_12
Word 9 b_12
pedrofranciscotic
 
Dança Erudita
Dança EruditaDança Erudita
Dança Erudita
Eduarda Alves
 
CAP 6 - O espaço em que dançamos.pptx
CAP 6 - O espaço em que dançamos.pptxCAP 6 - O espaço em que dançamos.pptx
CAP 6 - O espaço em que dançamos.pptx
TATE9
 

Semelhante a DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA (20)

Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptxApresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
Apresentação de seminário DANÇA CONTEMPORÂNEA-2.pptx
 
Corpo-devir: improvisação na preparação corporal do artista cênico
Corpo-devir: improvisação na preparação corporal do artista cênicoCorpo-devir: improvisação na preparação corporal do artista cênico
Corpo-devir: improvisação na preparação corporal do artista cênico
 
Arte_6ano_Elementos básicos da Dança_Aula N4.pptx
Arte_6ano_Elementos básicos da Dança_Aula N4.pptxArte_6ano_Elementos básicos da Dança_Aula N4.pptx
Arte_6ano_Elementos básicos da Dança_Aula N4.pptx
 
dancaeseuselementos-200713231110.pdf
dancaeseuselementos-200713231110.pdfdancaeseuselementos-200713231110.pdf
dancaeseuselementos-200713231110.pdf
 
RITMO DANÇA.pdf
RITMO DANÇA.pdfRITMO DANÇA.pdf
RITMO DANÇA.pdf
 
Danças Sociais
Danças SociaisDanças Sociais
Danças Sociais
 
Novas Direções - Dança
Novas Direções - DançaNovas Direções - Dança
Novas Direções - Dança
 
Complexo de dança Guarulhos
Complexo de dança GuarulhosComplexo de dança Guarulhos
Complexo de dança Guarulhos
 
A dança 4ª etp.docx
A dança 4ª etp.docxA dança 4ª etp.docx
A dança 4ª etp.docx
 
Dança no campo artistíco
Dança no campo artistícoDança no campo artistíco
Dança no campo artistíco
 
1° BIMESTRE - BLOCO 2 - 19.04.2021 A 07.05.2021 - 9° ANO A.pdf
1° BIMESTRE - BLOCO 2 - 19.04.2021 A 07.05.2021 - 9° ANO A.pdf1° BIMESTRE - BLOCO 2 - 19.04.2021 A 07.05.2021 - 9° ANO A.pdf
1° BIMESTRE - BLOCO 2 - 19.04.2021 A 07.05.2021 - 9° ANO A.pdf
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
Origem e Natureza da dança no Brasil - Coleção Praticar a Arte - Professor...
 
Redescobrindo a dança
Redescobrindo a dançaRedescobrindo a dança
Redescobrindo a dança
 
Dança - Anos Finais
Dança - Anos FinaisDança - Anos Finais
Dança - Anos Finais
 
O espaço em que dançamos
O espaço em que dançamosO espaço em que dançamos
O espaço em que dançamos
 
Dança Do Ventre
Dança Do VentreDança Do Ventre
Dança Do Ventre
 
Word 9 b_12
Word 9 b_12Word 9 b_12
Word 9 b_12
 
Dança Erudita
Dança EruditaDança Erudita
Dança Erudita
 
CAP 6 - O espaço em que dançamos.pptx
CAP 6 - O espaço em que dançamos.pptxCAP 6 - O espaço em que dançamos.pptx
CAP 6 - O espaço em que dançamos.pptx
 

Mais de VIVIAN TROMBINI

PAS UEM - 1º ANO
PAS UEM - 1º ANOPAS UEM - 1º ANO
PAS UEM - 1º ANO
VIVIAN TROMBINI
 
CARTAS - UEM - PAS 2
CARTAS - UEM - PAS 2CARTAS - UEM - PAS 2
CARTAS - UEM - PAS 2
VIVIAN TROMBINI
 
CARTAS - UEM - PAS
CARTAS - UEM  - PASCARTAS - UEM  - PAS
CARTAS - UEM - PAS
VIVIAN TROMBINI
 
Teatro brasileiro
Teatro brasileiroTeatro brasileiro
Teatro brasileiro
VIVIAN TROMBINI
 
Revisão de literatura - UEM - 2017
Revisão de literatura - UEM - 2017Revisão de literatura - UEM - 2017
Revisão de literatura - UEM - 2017
VIVIAN TROMBINI
 
VANGUARDAS EUROPEIAS
VANGUARDAS EUROPEIASVANGUARDAS EUROPEIAS
VANGUARDAS EUROPEIAS
VIVIAN TROMBINI
 
GÊNEROS LITERÁRIOS
GÊNEROS LITERÁRIOSGÊNEROS LITERÁRIOS
GÊNEROS LITERÁRIOS
VIVIAN TROMBINI
 
Resumo
ResumoResumo
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAISARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
VIVIAN TROMBINI
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
VIVIAN TROMBINI
 
Redação - UEM - 2016 - inverno
Redação - UEM - 2016 - invernoRedação - UEM - 2016 - inverno
Redação - UEM - 2016 - inverno
VIVIAN TROMBINI
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
VIVIAN TROMBINI
 
Musica brasileira
Musica brasileiraMusica brasileira
Musica brasileira
VIVIAN TROMBINI
 
Revisão de literatura - UEM
Revisão de literatura - UEMRevisão de literatura - UEM
Revisão de literatura - UEM
VIVIAN TROMBINI
 
Teatro brasileiro
Teatro brasileiroTeatro brasileiro
Teatro brasileiro
VIVIAN TROMBINI
 
Memórias postumas de brás cubas
Memórias postumas de brás cubasMemórias postumas de brás cubas
Memórias postumas de brás cubas
VIVIAN TROMBINI
 
AULA 5 - ARTE - 1º E.M
AULA 5 - ARTE - 1º E.MAULA 5 - ARTE - 1º E.M
AULA 5 - ARTE - 1º E.M
VIVIAN TROMBINI
 
AULA 4 - ARTE - 1º E.M
AULA 4 - ARTE - 1º E.MAULA 4 - ARTE - 1º E.M
AULA 4 - ARTE - 1º E.M
VIVIAN TROMBINI
 
AULA 3 - ARTE - 1º E.M
AULA 3 - ARTE - 1º E.MAULA 3 - ARTE - 1º E.M
AULA 3 - ARTE - 1º E.M
VIVIAN TROMBINI
 
AULA 2 - ARTE - 1º E.M
AULA 2 - ARTE - 1º E.MAULA 2 - ARTE - 1º E.M
AULA 2 - ARTE - 1º E.M
VIVIAN TROMBINI
 

Mais de VIVIAN TROMBINI (20)

PAS UEM - 1º ANO
PAS UEM - 1º ANOPAS UEM - 1º ANO
PAS UEM - 1º ANO
 
CARTAS - UEM - PAS 2
CARTAS - UEM - PAS 2CARTAS - UEM - PAS 2
CARTAS - UEM - PAS 2
 
CARTAS - UEM - PAS
CARTAS - UEM  - PASCARTAS - UEM  - PAS
CARTAS - UEM - PAS
 
Teatro brasileiro
Teatro brasileiroTeatro brasileiro
Teatro brasileiro
 
Revisão de literatura - UEM - 2017
Revisão de literatura - UEM - 2017Revisão de literatura - UEM - 2017
Revisão de literatura - UEM - 2017
 
VANGUARDAS EUROPEIAS
VANGUARDAS EUROPEIASVANGUARDAS EUROPEIAS
VANGUARDAS EUROPEIAS
 
GÊNEROS LITERÁRIOS
GÊNEROS LITERÁRIOSGÊNEROS LITERÁRIOS
GÊNEROS LITERÁRIOS
 
Resumo
ResumoResumo
Resumo
 
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAISARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
ARTE - UEM - CONHECIMENTOS GERAIS
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
 
Redação - UEM - 2016 - inverno
Redação - UEM - 2016 - invernoRedação - UEM - 2016 - inverno
Redação - UEM - 2016 - inverno
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Musica brasileira
Musica brasileiraMusica brasileira
Musica brasileira
 
Revisão de literatura - UEM
Revisão de literatura - UEMRevisão de literatura - UEM
Revisão de literatura - UEM
 
Teatro brasileiro
Teatro brasileiroTeatro brasileiro
Teatro brasileiro
 
Memórias postumas de brás cubas
Memórias postumas de brás cubasMemórias postumas de brás cubas
Memórias postumas de brás cubas
 
AULA 5 - ARTE - 1º E.M
AULA 5 - ARTE - 1º E.MAULA 5 - ARTE - 1º E.M
AULA 5 - ARTE - 1º E.M
 
AULA 4 - ARTE - 1º E.M
AULA 4 - ARTE - 1º E.MAULA 4 - ARTE - 1º E.M
AULA 4 - ARTE - 1º E.M
 
AULA 3 - ARTE - 1º E.M
AULA 3 - ARTE - 1º E.MAULA 3 - ARTE - 1º E.M
AULA 3 - ARTE - 1º E.M
 
AULA 2 - ARTE - 1º E.M
AULA 2 - ARTE - 1º E.MAULA 2 - ARTE - 1º E.M
AULA 2 - ARTE - 1º E.M
 

Último

slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 

Último (20)

slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 

DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA

  • 1. ELEMENTOS ESTRUTURANTES DA DANÇA E DANÇA CONTEMPORÂNEA PROFESSORAVIVIANTROMBINI
  • 2.  Dança é a arte de se expressar com o corpo por meio do movimento ritmado, geralmente acompanhado por música. Desde a Antiguidade, a dança era uma forma de expressão corporal e de comunicação. Com o tempo, as sociedades desenvolveram sua própria dança, cada qual com suas motivações e características. O QUE É DANÇA?
  • 3. ELEMENTOS ESTRUTURANTES DA DANÇA –MOVIMENTO CORPORAL  KINESFERA  FLUXO  GIROS  EIXO  PESO  ROLAMENTO  SALTOS
  • 4. ELEMENTOS ESTRUTURANTES DA DANÇA –ESPAÇO NIVEIS DESLOCAMENTO DIREÇÃO DIMENSÕES
  • 5. ELEMENTOS ESTRUTURANTES DA DANÇA –TEMPO RÁPIDO MODERADO LENTO
  • 7.  Dança contemporânea é um gênero de dança teatral que se desenvolveu em meados do século XX e, desde então, tornou-se um dos gêneros mais conhecidos, especialmente no mundo ocidental.  Alguns teóricos remetem a origem da dança contemporânea aos experimentos dos artistas pós-modernos do movimento Judson Dance Theater, iniciado na década de 1960, nos Estados Unidos.  Entretanto, valores éticos e estéticos da dança contemporânea são encontrados desde o início do século XX, no pensamento de primeiros precursores da dança moderna como Isadora Duncan. DANÇA CONTEMPORÂNEA
  • 8.
  • 9.  Tende a combinar diversas qualidades de movimento, uma vez que não se prende à estéticas pré-estabelecidas.  Cada projeto coreográfico compreende um projeto técnico, elaborado durante o processo de composição.  Quanto à obra coreográfica contemporânea, ela apresenta formas e conteúdos diferentes e formatos diversificados - na dimensão, no número de intérpretes, nos lugares de apresentação - e, nela, o movimento do corpo estabelece múltiplas relações com os elementos plásticos (objetos, cenários) e sonoros e com as imagens virtuais. DANÇA CONTEMPORÂNEA
  • 10.  O forte e controlado trabalho das pernas do balé com a ênfase sobre o torso, da dança moderna;  Técnicas de contract-release (contração e relaxamento);  Floor work (dança do solo e parede);  fall-recovery (queda e recuperação)  Improvisação;  Imprevisíveis mudanças de ritmo, velocidade e direção também são usadas;  Elemementos de danças não ocidentais, tais como os joelhos semifletidos da dança africana ou Maori. DANÇA CONTEMPORÂNEA TÉCNICAS
  • 11.  A dança contemporânea não se define em técnicas ou movimentos específicos, pois o intérprete/bailarino ganha autonomia para construir suas próprias coreografias a partir de métodos e procedimentos de pesquisa como: improvisação, improvisação de contato, método Laban, técnica de release, Body Mind Centering (BMC), Alwin Nikolais.  Esses métodos trazem instrumentos para que o intérprete crie as suas composições a partir de temas relacionados com questões políticas, sociais, culturais, autobiográficas, comportamentais e cotidianas, como também a fisiologia e a anatomia corpo. Aliado a isso, viu-se a necessidade de uma pesquisa teórica para complemento da prática. DANÇA CONTEMPORÂNEA
  • 12.  https://www.youtube.com/watch?v=nuN2YLfcb7Y  https://www.youtube.com/watch?v=JabR-MySIuo  https://www.youtube.com/watch?v=rjV-9OwN5Hc  https://www.youtube.com/watch?v=JaYMMC1IQXM  https://www.youtube.com/watch?v=ybnaOWCQnTY LINKS DOS VÍDEOS: