SlideShare uma empresa Scribd logo
Grupo Espírita João Cabete 
Santos/SP 
CONQUISTA DA PAZ DE 
ESPÍRITO 
“Fé inabalável só o é a que pode 
encarar frente a frente a razão, em 
todas as épocas da Humanidade.” 
Allan Kardec
O que não é ou, não leva à “paz de 
espírito”: 
•Entrega ao comodismo, à preguiça; 
•Indiferença; 
•Descanso excessivo; 
•Diversão excessiva; 
•Ignorância dos fatos, da realidade; 
•Isolamento; 
•Apatia.
O que conduz à “paz de espírito”: 
•Estado de serenidade, impertur-bável; 
•Consciência certa, tranquila, do 
dever sendo, constantemente, 
cumprido; 
•Fé inabalável na onipotência, 
onisciência, justiça e amor Divinos; 
•Autoconhecimento.
Como iniciar o processo de 
conquista da “paz de espírito”, 
considerando o atual nível evolutivo 
em que nos encontramos? 
Vamos encontrar as respostas no 
Cristianismo, através dos sublimes 
ensinamentos de Emmanuel, pela 
psicografia abençoada de nosso 
querido Chico Xavier.
Diz o mundo: 
destrua teus opositores. 
Pede o Cristo: 
ama os teus inimigos. 
Solidariedade / Altruísmo
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
Diz o mundo: 
se acomode como puder. 
Pede o Cristo: 
levanta-te e anda. 
Bom ânimo / Disposição
Você estará no caminho para 
alcançar a Paz de Espírito: 
•Não retendo excessos de recursos 
econômicos sem utilidade… 
•Não fugindo às obrigações com as 
quais se comprometeu… 
•Não cultivando rebeldia, 
menosprezando o trabalho que te 
sustenta…
Você poderá alcançar a Paz de 
Espírito: 
•Não mergulhando os próprios 
sentimentos em paixões 
desenfreadas…
Você poderá alcançar a Paz de 
Espírito: 
•Não! com a indiferença pelas 
necessidades e provações dos 
companheiros da caminhada 
humana aos quais a própria vida te 
pede considerar e auxiliar…
A paz virá ao teu encontro, e residirá 
contigo, sempre que te mantenhas 
na consciência tranquila, sobre os 
alicerces do teu próprio dever 
retamente cumprido.
Diz o mundo: 
renegue os que te incomodem. 
Pede o Cristo: 
ao que te exija mil passos, caminha 
com ele dois mil. 
Compaixão / Serenidade
Onde você estiver, abençoa. 
Naquilo que pense, mentaliza o 
melhor. 
No que diga, harmoniza os outros 
quanto possa. 
No que faça, construa sempre para 
o bem geral.
Nunca nos esqueçamos de que o 
Príncipe da Paz, na Terra: 
•nasceu em clima de dissensões; 
•viveu através de hostilidades 
permanentes; 
•serviu entre adversários gratuitos e, 
•selou o próprio trabalho sob a 
vitória aparente dos perseguidores;
mas, supostamente vencido, o 
Cristo de Deus, de século a século, 
cada vez mais intensamente, é: 
o fiador da concórdia entre as 
nações; 
erguendo-se por doador de paz 
genuína ao mundo inteiro.
Diz o mundo: 
faça o que desejar. 
Pede o Cristo: 
não peques mais. 
Boa Vontade / Disciplina
Todos ouvem as palavras do Cristo, 
as quais insistem para que a mente 
inquieta e o coração atormentado 
lhe procurem o regaço refrigerante... 
Contudo, se é fácil ouvir e repetir o 
"vinde a mim" do Senhor, quão difícil 
é "ir para Ele"!
•Aqui, as palavras do Mestre se 
derramam por vitalizante bálsamo, 
entretanto, os laços da conveniência 
imediatista são demasiado fortes; 
•Além, assinala-se o convite Divino, 
entre promessas de renovação para 
a jornada redentora, todavia, o 
cárcere do desânimo isola o espírito, 
através de grades resistentes;
•Acolá, o chamamento do Alto 
ameniza as penas da alma 
desiludida, mas 
é quase implacável a libertação dos 
impedimentos constituídos por: 
pessoas e coisas, 
situações e interesses individuais, 
aparentemente inadiáveis.
Jesus, o nosso Salvador, estende a 
cada um de nós, os braços 
amoráveis e compassivos. 
Com ele, a vida se enriquece de 
valores imperecíveis e, à sombra 
dos seus ensinamentos celestes 
seguiremos, pelo trabalho 
santificante, na direção da Pátria 
Universal...
Todos os crentes registram-lhe o 
apelo consolador, mas 
raros se revelam suficientemente 
valorosos na fé para lhe buscarem a 
companhia... 
Em suma, é muito doce escutar o 
"vinde a mim"... 
Entretanto, para falar com verdade, 
já consegues ir?
Quem tem: 
•a capacidade da renúncia; 
•somada à certeza da fé; 
•reforçadas pela boa vontade; 
•e pelo amor, 
para atender o chamado do Mestre: 
"vinde a mim"? 
Quem? 
Por enquanto, aqui na Terra, quase 
ninguém!
Diz o mundo: 
se apegue à posse. 
Pede o Cristo: 
ao que te rogue a túnica cede 
também a capa. 
Desapego / Mamon a serviço de Deus
Se te encontras diante de um caso 
de agressão, não respondas com 
outra agressão, a fim de que a 
intemperança mental não te 
precipite na vala da delinquência. 
Pacifica a própria sensibilidade, para 
que a razão te oriente os impulsos.
Se conservas o hábito de orar, 
recorre à prece nos instantes 
difíceis, mas 
se não possuis essa bênção, medita 
suficientemente antes de falar ou de 
agir.
Os impactos emocionais, em 
qualquer parte, surgem na estrada 
de todos; 
guarda, por isso, a fé em Deus e em 
ti mesmo, 
de maneira a que não te afastes da 
paz interior, 
a fim de que nas horas sombrias da 
existência possa, a tua paz, 
converter-se em abençoada luz.
Diz o mundo: 
fira a quem te ferir. 
Pede o Cristo: 
perdoa sempre. 
Indulgência / Condescendência
Quais são as faculdades (patrimônios) 
do Espírito humano? 
Para a efetivação da nossa reforma 
íntima, da nossa evolução (Sabedoria e 
Amor), Deus, em sua infinita sabedoria e 
bondade, nos garante a 
liberdade de pensamento e,
dotou cada um de nós de: 
•Inteligência; 
•Razão (discernimento); 
•Livre arbítrio (poder de deliberar); 
•Consciência, e; 
•Vontade (força de vontade, boa vontade). 
Depende, portanto, da resolução a ser 
tomada por cada um de nós...
Sentimentos 
Pensamentos 
Propósitos 
Palavras 
Atitudes 
Destino 
Caráter 
Hábitos
Diz o mundo: 
censure como quiser. 
Pede o Cristo: 
não condenes. 
Diz o mundo: 
aborreça os que te aborrecerem. 
Pede o Cristo: 
ora pelos que te perseguem e 
caluniam.
Sabendo que a Divina Providência 
nos fornece todos os recursos para 
a edificação do bem, 
no campo de nossas vidas, 
se quisermos a paz é necessário: 
nos empenhemos a construí-la.
Livro da esperança (Chico/Emmanuel): 
Toda vez que dividimos a própria 
felicidade com os outros, 
a felicidade dos outros, devidamente 
aumentada, 
retorna dos outros ao nosso 
coração, 
multiplicando a felicidade verdadeira 
dentro de nós.
Obras Básicas da DE (Allan Kardec): 
• O Livro dos Espíritos; 
• O Evangelho Segundo o Espiritismo; 
• O Livro dos Médiuns; 
• O Céu e o Inferno; 
• A Gênese. 
• O Que é Espiritismo; 
• Obras Póstumas.
Autores Espíritas fiéis à Doutrina: 
•Chico Xavier; 
•Divaldo Pereira Franco; 
•Raul Teixeira; 
•Yvonne Do Amaral Pereira; 
•Leon Denis; 
•Herculano Pires; 
•Hermínio Miranda; 
•João Nunes Maia; 
•etc.
Principais Espíritos responsáveis 
pelo Movimento Espírita: 
•Emmanuel; 
•André Luiz; 
•Humberto de Campos (Irmão X); 
•Meimei; 
•Neio Lúcio; 
•Bezerra de Menezes;
Principais Espíritos responsáveis 
pelo Movimento Espírita: 
•Hilário Silva; 
•Albino Teixeira; 
•Joanna de Angelis; 
•Amélia Rodrigues; 
•Manoel Philomeno de Miranda; 
•etc.
Que Nosso 
Mestre, 
Nosso 
Senhor 
Jesus 
Cristo, 
nos abençoe
Criação/responsabilidade: 
Renato Árabe Saraiva 
(13) 98113-6990

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As Penas Futuras Segundo o Espiritismo
As Penas Futuras Segundo o EspiritismoAs Penas Futuras Segundo o Espiritismo
As Penas Futuras Segundo o Espiritismo
Antonino Silva
 
Temor da Morte
Temor da MorteTemor da Morte
Temor da Morte
igmateus
 
Indulgencia
IndulgenciaIndulgencia
A fé remove montanhas
A fé remove montanhasA fé remove montanhas
A fé remove montanhas
grupodepaisceb
 
A fe transporta montanhas cap 19 ese
A fe transporta montanhas cap 19 eseA fe transporta montanhas cap 19 ese
A fe transporta montanhas cap 19 ese
ctollin
 
QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?
QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?
QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?
Jorge Luiz dos Santos
 
Ano novo, vida nova!
Ano novo, vida nova!Ano novo, vida nova!
Ano novo, vida nova!
Leonardo Pereira
 
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITASMISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
Jorge Luiz dos Santos
 
O valor do tempo
O valor do tempoO valor do tempo
O valor do tempo
grupodepaisceb
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
igmateus
 
A paciência
A paciênciaA paciência
A paciência
home
 
Fé pela ótica espírita
Fé pela ótica espíritaFé pela ótica espírita
Fé pela ótica espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21
Leonardo Pereira
 
Amigos espirituais slides
Amigos espirituais   slidesAmigos espirituais   slides
Amigos espirituais slides
bonattinho
 
Palestra mágoa
Palestra mágoaPalestra mágoa
Palestra mágoa
Leonardo Pereira
 
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VIIBem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
NatyMadeira
 
Palestra Espírita - Sede perfeitos
Palestra Espírita - Sede perfeitosPalestra Espírita - Sede perfeitos
Palestra Espírita - Sede perfeitos
Divulgador do Espiritismo
 
Renovação
RenovaçãoRenovação
Renovação
Alfredo Lopes
 
Observai os Pássaros
Observai os PássarosObservai os Pássaros
Observai os Pássaros
igmateus
 
O pensamento saneia ou vicia o ambiente
O pensamento saneia ou vicia o ambienteO pensamento saneia ou vicia o ambiente
O pensamento saneia ou vicia o ambiente
Graça Maciel
 

Mais procurados (20)

As Penas Futuras Segundo o Espiritismo
As Penas Futuras Segundo o EspiritismoAs Penas Futuras Segundo o Espiritismo
As Penas Futuras Segundo o Espiritismo
 
Temor da Morte
Temor da MorteTemor da Morte
Temor da Morte
 
Indulgencia
IndulgenciaIndulgencia
Indulgencia
 
A fé remove montanhas
A fé remove montanhasA fé remove montanhas
A fé remove montanhas
 
A fe transporta montanhas cap 19 ese
A fe transporta montanhas cap 19 eseA fe transporta montanhas cap 19 ese
A fe transporta montanhas cap 19 ese
 
QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?
QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?
QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?
 
Ano novo, vida nova!
Ano novo, vida nova!Ano novo, vida nova!
Ano novo, vida nova!
 
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITASMISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
 
O valor do tempo
O valor do tempoO valor do tempo
O valor do tempo
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
 
A paciência
A paciênciaA paciência
A paciência
 
Fé pela ótica espírita
Fé pela ótica espíritaFé pela ótica espírita
Fé pela ótica espírita
 
Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21
 
Amigos espirituais slides
Amigos espirituais   slidesAmigos espirituais   slides
Amigos espirituais slides
 
Palestra mágoa
Palestra mágoaPalestra mágoa
Palestra mágoa
 
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VIIBem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
 
Palestra Espírita - Sede perfeitos
Palestra Espírita - Sede perfeitosPalestra Espírita - Sede perfeitos
Palestra Espírita - Sede perfeitos
 
Renovação
RenovaçãoRenovação
Renovação
 
Observai os Pássaros
Observai os PássarosObservai os Pássaros
Observai os Pássaros
 
O pensamento saneia ou vicia o ambiente
O pensamento saneia ou vicia o ambienteO pensamento saneia ou vicia o ambiente
O pensamento saneia ou vicia o ambiente
 

Semelhante a Conquista da Paz de Espirito

A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
Marcos Accioly
 
Paz cristo 1
Paz cristo 1Paz cristo 1
Paz cristo 1
Sandra Teixeira
 
Cultura x fe (encontro 3 de 8)
Cultura x fe (encontro 3 de 8)Cultura x fe (encontro 3 de 8)
Cultura x fe (encontro 3 de 8)
Pedro Siena
 
A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
Marcos Accioly
 
Caridade um reflexo de amor
Caridade um reflexo de amorCaridade um reflexo de amor
Caridade um reflexo de amor
Helio Cruz
 
Boletim 85
Boletim 85Boletim 85
Boletim 85
CEJG
 
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp018 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Boletim o pae dezembro 2019
Boletim o pae   dezembro 2019 Boletim o pae   dezembro 2019
Boletim o pae dezembro 2019
O PAE PAE
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
Eduardo Manoel Araujo
 
O sermão profético
O sermão proféticoO sermão profético
O sermão profético
Afonso Chagas Corrêa Corrêa
 
Palavras de chico_xavier_-_emmanuel
Palavras de chico_xavier_-_emmanuelPalavras de chico_xavier_-_emmanuel
Palavras de chico_xavier_-_emmanuel
Serginho Lopes Ator
 
Palavras de chico xavier
Palavras de chico xavierPalavras de chico xavier
Palavras de chico xavier
Elvecio Junior
 
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do MonteAs Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
Mensageiros De Luz
 
Fonte de paz (psicografia chico xavier espíritos diversos)
Fonte de paz (psicografia chico xavier   espíritos diversos)Fonte de paz (psicografia chico xavier   espíritos diversos)
Fonte de paz (psicografia chico xavier espíritos diversos)
Ricardo Akerman
 
Aprender com perguntas - Paulo e Estevão 09
Aprender com perguntas - Paulo e Estevão 09Aprender com perguntas - Paulo e Estevão 09
Aprender com perguntas - Paulo e Estevão 09
Candice Gunther
 
Construindo paz
Construindo  pazConstruindo  paz
Construindo paz
Maivo falcão
 
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Antonio Braga
 
Nossolar
NossolarNossolar
Nossolar
Renato Cardoso
 
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 RenovaçãoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Jose Luiz Maio
 

Semelhante a Conquista da Paz de Espirito (20)

A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
 
Paz cristo 1
Paz cristo 1Paz cristo 1
Paz cristo 1
 
Cultura x fe (encontro 3 de 8)
Cultura x fe (encontro 3 de 8)Cultura x fe (encontro 3 de 8)
Cultura x fe (encontro 3 de 8)
 
A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
 
Caridade um reflexo de amor
Caridade um reflexo de amorCaridade um reflexo de amor
Caridade um reflexo de amor
 
Boletim 85
Boletim 85Boletim 85
Boletim 85
 
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp018 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
 
Boletim o pae dezembro 2019
Boletim o pae   dezembro 2019 Boletim o pae   dezembro 2019
Boletim o pae dezembro 2019
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
 
O sermão profético
O sermão proféticoO sermão profético
O sermão profético
 
Palavras de chico_xavier_-_emmanuel
Palavras de chico_xavier_-_emmanuelPalavras de chico_xavier_-_emmanuel
Palavras de chico_xavier_-_emmanuel
 
Palavras de chico xavier
Palavras de chico xavierPalavras de chico xavier
Palavras de chico xavier
 
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do MonteAs Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
 
Fonte de paz (psicografia chico xavier espíritos diversos)
Fonte de paz (psicografia chico xavier   espíritos diversos)Fonte de paz (psicografia chico xavier   espíritos diversos)
Fonte de paz (psicografia chico xavier espíritos diversos)
 
Aprender com perguntas - Paulo e Estevão 09
Aprender com perguntas - Paulo e Estevão 09Aprender com perguntas - Paulo e Estevão 09
Aprender com perguntas - Paulo e Estevão 09
 
Construindo paz
Construindo  pazConstruindo  paz
Construindo paz
 
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
Anjos Guardioes Protetores - Livro dos Espiritos - Questoes 489-521 / O Evang...
 
Nossolar
NossolarNossolar
Nossolar
 
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
120979601 cirurgia-moral-joao-nunes-maia-espirito-de-lancellin
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 RenovaçãoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
 

Último

10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 

Último (14)

10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 

Conquista da Paz de Espirito

  • 1. Grupo Espírita João Cabete Santos/SP CONQUISTA DA PAZ DE ESPÍRITO “Fé inabalável só o é a que pode encarar frente a frente a razão, em todas as épocas da Humanidade.” Allan Kardec
  • 2. O que não é ou, não leva à “paz de espírito”: •Entrega ao comodismo, à preguiça; •Indiferença; •Descanso excessivo; •Diversão excessiva; •Ignorância dos fatos, da realidade; •Isolamento; •Apatia.
  • 3. O que conduz à “paz de espírito”: •Estado de serenidade, impertur-bável; •Consciência certa, tranquila, do dever sendo, constantemente, cumprido; •Fé inabalável na onipotência, onisciência, justiça e amor Divinos; •Autoconhecimento.
  • 4. Como iniciar o processo de conquista da “paz de espírito”, considerando o atual nível evolutivo em que nos encontramos? Vamos encontrar as respostas no Cristianismo, através dos sublimes ensinamentos de Emmanuel, pela psicografia abençoada de nosso querido Chico Xavier.
  • 5. Diz o mundo: destrua teus opositores. Pede o Cristo: ama os teus inimigos. Solidariedade / Altruísmo
  • 15. Diz o mundo: se acomode como puder. Pede o Cristo: levanta-te e anda. Bom ânimo / Disposição
  • 16. Você estará no caminho para alcançar a Paz de Espírito: •Não retendo excessos de recursos econômicos sem utilidade… •Não fugindo às obrigações com as quais se comprometeu… •Não cultivando rebeldia, menosprezando o trabalho que te sustenta…
  • 17. Você poderá alcançar a Paz de Espírito: •Não mergulhando os próprios sentimentos em paixões desenfreadas…
  • 18. Você poderá alcançar a Paz de Espírito: •Não! com a indiferença pelas necessidades e provações dos companheiros da caminhada humana aos quais a própria vida te pede considerar e auxiliar…
  • 19. A paz virá ao teu encontro, e residirá contigo, sempre que te mantenhas na consciência tranquila, sobre os alicerces do teu próprio dever retamente cumprido.
  • 20. Diz o mundo: renegue os que te incomodem. Pede o Cristo: ao que te exija mil passos, caminha com ele dois mil. Compaixão / Serenidade
  • 21. Onde você estiver, abençoa. Naquilo que pense, mentaliza o melhor. No que diga, harmoniza os outros quanto possa. No que faça, construa sempre para o bem geral.
  • 22. Nunca nos esqueçamos de que o Príncipe da Paz, na Terra: •nasceu em clima de dissensões; •viveu através de hostilidades permanentes; •serviu entre adversários gratuitos e, •selou o próprio trabalho sob a vitória aparente dos perseguidores;
  • 23. mas, supostamente vencido, o Cristo de Deus, de século a século, cada vez mais intensamente, é: o fiador da concórdia entre as nações; erguendo-se por doador de paz genuína ao mundo inteiro.
  • 24. Diz o mundo: faça o que desejar. Pede o Cristo: não peques mais. Boa Vontade / Disciplina
  • 25. Todos ouvem as palavras do Cristo, as quais insistem para que a mente inquieta e o coração atormentado lhe procurem o regaço refrigerante... Contudo, se é fácil ouvir e repetir o "vinde a mim" do Senhor, quão difícil é "ir para Ele"!
  • 26. •Aqui, as palavras do Mestre se derramam por vitalizante bálsamo, entretanto, os laços da conveniência imediatista são demasiado fortes; •Além, assinala-se o convite Divino, entre promessas de renovação para a jornada redentora, todavia, o cárcere do desânimo isola o espírito, através de grades resistentes;
  • 27. •Acolá, o chamamento do Alto ameniza as penas da alma desiludida, mas é quase implacável a libertação dos impedimentos constituídos por: pessoas e coisas, situações e interesses individuais, aparentemente inadiáveis.
  • 28. Jesus, o nosso Salvador, estende a cada um de nós, os braços amoráveis e compassivos. Com ele, a vida se enriquece de valores imperecíveis e, à sombra dos seus ensinamentos celestes seguiremos, pelo trabalho santificante, na direção da Pátria Universal...
  • 29. Todos os crentes registram-lhe o apelo consolador, mas raros se revelam suficientemente valorosos na fé para lhe buscarem a companhia... Em suma, é muito doce escutar o "vinde a mim"... Entretanto, para falar com verdade, já consegues ir?
  • 30. Quem tem: •a capacidade da renúncia; •somada à certeza da fé; •reforçadas pela boa vontade; •e pelo amor, para atender o chamado do Mestre: "vinde a mim"? Quem? Por enquanto, aqui na Terra, quase ninguém!
  • 31. Diz o mundo: se apegue à posse. Pede o Cristo: ao que te rogue a túnica cede também a capa. Desapego / Mamon a serviço de Deus
  • 32. Se te encontras diante de um caso de agressão, não respondas com outra agressão, a fim de que a intemperança mental não te precipite na vala da delinquência. Pacifica a própria sensibilidade, para que a razão te oriente os impulsos.
  • 33. Se conservas o hábito de orar, recorre à prece nos instantes difíceis, mas se não possuis essa bênção, medita suficientemente antes de falar ou de agir.
  • 34. Os impactos emocionais, em qualquer parte, surgem na estrada de todos; guarda, por isso, a fé em Deus e em ti mesmo, de maneira a que não te afastes da paz interior, a fim de que nas horas sombrias da existência possa, a tua paz, converter-se em abençoada luz.
  • 35. Diz o mundo: fira a quem te ferir. Pede o Cristo: perdoa sempre. Indulgência / Condescendência
  • 36. Quais são as faculdades (patrimônios) do Espírito humano? Para a efetivação da nossa reforma íntima, da nossa evolução (Sabedoria e Amor), Deus, em sua infinita sabedoria e bondade, nos garante a liberdade de pensamento e,
  • 37. dotou cada um de nós de: •Inteligência; •Razão (discernimento); •Livre arbítrio (poder de deliberar); •Consciência, e; •Vontade (força de vontade, boa vontade). Depende, portanto, da resolução a ser tomada por cada um de nós...
  • 38. Sentimentos Pensamentos Propósitos Palavras Atitudes Destino Caráter Hábitos
  • 39. Diz o mundo: censure como quiser. Pede o Cristo: não condenes. Diz o mundo: aborreça os que te aborrecerem. Pede o Cristo: ora pelos que te perseguem e caluniam.
  • 40. Sabendo que a Divina Providência nos fornece todos os recursos para a edificação do bem, no campo de nossas vidas, se quisermos a paz é necessário: nos empenhemos a construí-la.
  • 41. Livro da esperança (Chico/Emmanuel): Toda vez que dividimos a própria felicidade com os outros, a felicidade dos outros, devidamente aumentada, retorna dos outros ao nosso coração, multiplicando a felicidade verdadeira dentro de nós.
  • 42. Obras Básicas da DE (Allan Kardec): • O Livro dos Espíritos; • O Evangelho Segundo o Espiritismo; • O Livro dos Médiuns; • O Céu e o Inferno; • A Gênese. • O Que é Espiritismo; • Obras Póstumas.
  • 43. Autores Espíritas fiéis à Doutrina: •Chico Xavier; •Divaldo Pereira Franco; •Raul Teixeira; •Yvonne Do Amaral Pereira; •Leon Denis; •Herculano Pires; •Hermínio Miranda; •João Nunes Maia; •etc.
  • 44. Principais Espíritos responsáveis pelo Movimento Espírita: •Emmanuel; •André Luiz; •Humberto de Campos (Irmão X); •Meimei; •Neio Lúcio; •Bezerra de Menezes;
  • 45. Principais Espíritos responsáveis pelo Movimento Espírita: •Hilário Silva; •Albino Teixeira; •Joanna de Angelis; •Amélia Rodrigues; •Manoel Philomeno de Miranda; •etc.
  • 46. Que Nosso Mestre, Nosso Senhor Jesus Cristo, nos abençoe
  • 47. Criação/responsabilidade: Renato Árabe Saraiva (13) 98113-6990