SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Tipos de
folhas
Morfologia da folha
Folha simples
As folhas são órgãos das plantas especializados em captação de luz e trocas gasosas com a atmosfera
para realizar a fotossíntese e respiração.
Bainha: forma-se no pecíolo, protege as gemas vegetativas.
Estípulas: formações geralmente duplas e pontiagudas que ficam junto a base da folha
Classificação das Folhas quanto à Divisão do Limbo
O limbo se divide em:
• folhas simples: quando o limbo é único.
• folhas compostas: quando o limbo está dividido em partes. Cada divisão
designa-se por folíolo.
Folha simples Folha composta
Classificação das Folhas pela disposição
das Nervuras: Nervação
Nas angiospermas observamos duas diferenças: as monocotiledôneas e as
dicotiledôneas.
Folhas paralelinérveas -
São comuns nas
angiospermas
monocotiledôneas. As
nervuras se apresentam
mais ou menos paralelas
entre si.
Folhas reticuladas -
Costumam ocorrer nas
angiospermas
dicotiledôneas. As
nervuras se ramificam,
formando uma
espécie de rede.
Existem, no entanto, algumas exceções a essa regra, por exemplo: a quaresmeira
é uma dicotiledônea com folhas curvinérveas, e o copo-de-leite é uma
monocotiledôneas com folhas peninérveas
Uninérvea
( uma só nervura não
ramificada)
Paralelinérvea
(várias nervuras principais
paralelas )
Peninérvea
( com uma nervura
principal donde partem
várias secundárias)
Palminérvea
( com várias nervuras
principais que saem da base
da folha)
Pela disposição das Nervuras
Classificação das folhas :
6
Classificação quanto a nervação:
Uninérvea - com única nervura (pinheiro).
Paralelinérvea - com nervuras secundárias paralelas a
principal (milho).
Peninérveas - com nervuras secundárias ao longo da
principal (mangueira).
Palminérvea ou digitinérvea - nervuras saem do
mesmo ponto e divergem em várias direções
(mandioqueira).
Folhas Simples Folhas Compostas
Classificação da folha pela forma do limbo
As inúmeras formas da folhas
Classificação Segundo à Insercção
Classificação das Folhas quanto ao
Recorte:
Folhas sem Recorte (inteira)
Folhas com Recorte Superficiais
(serrada, dentada e crenada)
Recortes Profundos (lobadas,
fendidas e partidas)
Folhas inteira e com Recortes Superficiais
Classif

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Folha - Renato
Folha - RenatoFolha - Renato
Folha - Renato
 
Classificação das folhas características e tipos ii
Classificação das folhas   características e tipos iiClassificação das folhas   características e tipos ii
Classificação das folhas características e tipos ii
 
Folhas e flores
Folhas e floresFolhas e flores
Folhas e flores
 
Anatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folhaAnatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folha
 
Flores 2012 aula
Flores 2012 aulaFlores 2012 aula
Flores 2012 aula
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Morfologia floral
Morfologia floralMorfologia floral
Morfologia floral
 
Morfologia vegetal da flor
Morfologia vegetal da florMorfologia vegetal da flor
Morfologia vegetal da flor
 
Folhas 2012 aula
Folhas 2012 aulaFolhas 2012 aula
Folhas 2012 aula
 
Fisiologia dos Estômatos
Fisiologia dos EstômatosFisiologia dos Estômatos
Fisiologia dos Estômatos
 
Aula 7 - RAIZ.pdf
Aula 7 - RAIZ.pdfAula 7 - RAIZ.pdf
Aula 7 - RAIZ.pdf
 
Anatomia do caule
Anatomia do cauleAnatomia do caule
Anatomia do caule
 
A folha
A folhaA folha
A folha
 
B6 bot 06 - angiospermas basais
B6 bot   06 - angiospermas basaisB6 bot   06 - angiospermas basais
B6 bot 06 - angiospermas basais
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Monocotiledôneas e dicotiledôneas
Monocotiledôneas e dicotiledôneasMonocotiledôneas e dicotiledôneas
Monocotiledôneas e dicotiledôneas
 
Caractéristicas da família Annonaceae
Caractéristicas da família AnnonaceaeCaractéristicas da família Annonaceae
Caractéristicas da família Annonaceae
 
Anatomia vegetal
Anatomia vegetalAnatomia vegetal
Anatomia vegetal
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FloresSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
 
Flor – Morfologia E Anatomia
Flor – Morfologia E AnatomiaFlor – Morfologia E Anatomia
Flor – Morfologia E Anatomia
 

Semelhante a Classif

Semelhante a Classif (20)

Classif
ClassifClassif
Classif
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptxMorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
 
Reino Vegetal Tema:Folha
Reino Vegetal Tema:FolhaReino Vegetal Tema:Folha
Reino Vegetal Tema:Folha
 
Estudo das Folhas- Biologia
Estudo das Folhas- BiologiaEstudo das Folhas- Biologia
Estudo das Folhas- Biologia
 
Trabalho biologia folha 3a darielen, joice, jussara, caroline
Trabalho biologia folha 3a darielen, joice, jussara, carolineTrabalho biologia folha 3a darielen, joice, jussara, caroline
Trabalho biologia folha 3a darielen, joice, jussara, caroline
 
Folhas
FolhasFolhas
Folhas
 
Folha agronomia
Folha  agronomiaFolha  agronomia
Folha agronomia
 
dendrologia Folha.pptx
dendrologia Folha.pptxdendrologia Folha.pptx
dendrologia Folha.pptx
 
As folhas - Ana Perna
As folhas - Ana PernaAs folhas - Ana Perna
As folhas - Ana Perna
 
2 caule e folhas
2 caule e folhas2 caule e folhas
2 caule e folhas
 
Morfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.mMorfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.m
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
As folhas
As folhasAs folhas
As folhas
 
MorfologiaVegetal.ppt
MorfologiaVegetal.pptMorfologiaVegetal.ppt
MorfologiaVegetal.ppt
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
 
3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas
 
3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas
 
Folha Órgão Vegetativo - Ciências EIA - 2016 (8º ano)
Folha Órgão Vegetativo - Ciências   EIA - 2016 (8º ano)Folha Órgão Vegetativo - Ciências   EIA - 2016 (8º ano)
Folha Órgão Vegetativo - Ciências EIA - 2016 (8º ano)
 

Mais de Alfredo Cossa

Propriedades do Solo
Propriedades do SoloPropriedades do Solo
Propriedades do SoloAlfredo Cossa
 
Sistema reprodutor masculino
Sistema reprodutor masculinoSistema reprodutor masculino
Sistema reprodutor masculinoAlfredo Cossa
 
Importância das hormonas
Importância das hormonasImportância das hormonas
Importância das hormonasAlfredo Cossa
 
Importância das hormonas
Importância das hormonasImportância das hormonas
Importância das hormonasAlfredo Cossa
 
Adaptações das raízes
Adaptações das raízesAdaptações das raízes
Adaptações das raízesAlfredo Cossa
 
Classificação de raizes
Classificação de raizesClassificação de raizes
Classificação de raizesAlfredo Cossa
 
Importancia das folhas
Importancia das folhasImportancia das folhas
Importancia das folhasAlfredo Cossa
 
Estrutura e função da flor
Estrutura e função da florEstrutura e função da flor
Estrutura e função da florAlfredo Cossa
 
Estrutura primária do caule
Estrutura primária do cauleEstrutura primária do caule
Estrutura primária do cauleAlfredo Cossa
 
Estrutura secundaria da raiz
Estrutura secundaria da raizEstrutura secundaria da raiz
Estrutura secundaria da raizAlfredo Cossa
 
Estrutura secundária do caule
Estrutura secundária do cauleEstrutura secundária do caule
Estrutura secundária do cauleAlfredo Cossa
 
Etrutura primaria da raiz
Etrutura primaria da raizEtrutura primaria da raiz
Etrutura primaria da raizAlfredo Cossa
 
Partes que constituem as folhas e suas funcoes
Partes que constituem as folhas e suas funcoesPartes que constituem as folhas e suas funcoes
Partes que constituem as folhas e suas funcoesAlfredo Cossa
 
Partes que constituem o caule
Partes que constituem o caulePartes que constituem o caule
Partes que constituem o cauleAlfredo Cossa
 

Mais de Alfredo Cossa (20)

Fertilidade do solo
Fertilidade do soloFertilidade do solo
Fertilidade do solo
 
Solo
SoloSolo
Solo
 
Propriedades do Solo
Propriedades do SoloPropriedades do Solo
Propriedades do Solo
 
Solo
SoloSolo
Solo
 
Sistema reprodutor masculino
Sistema reprodutor masculinoSistema reprodutor masculino
Sistema reprodutor masculino
 
Importância das hormonas
Importância das hormonasImportância das hormonas
Importância das hormonas
 
Importância das hormonas
Importância das hormonasImportância das hormonas
Importância das hormonas
 
Figura caule
Figura cauleFigura caule
Figura caule
 
Funcoes da folha
Funcoes da folhaFuncoes da folha
Funcoes da folha
 
Adaptações das raízes
Adaptações das raízesAdaptações das raízes
Adaptações das raízes
 
Classificação de raizes
Classificação de raizesClassificação de raizes
Classificação de raizes
 
Importancia das folhas
Importancia das folhasImportancia das folhas
Importancia das folhas
 
Estrutura e função da flor
Estrutura e função da florEstrutura e função da flor
Estrutura e função da flor
 
Estrutura primária do caule
Estrutura primária do cauleEstrutura primária do caule
Estrutura primária do caule
 
Estrutura secundaria da raiz
Estrutura secundaria da raizEstrutura secundaria da raiz
Estrutura secundaria da raiz
 
Estrutura secundária do caule
Estrutura secundária do cauleEstrutura secundária do caule
Estrutura secundária do caule
 
Etrutura primaria da raiz
Etrutura primaria da raizEtrutura primaria da raiz
Etrutura primaria da raiz
 
Folhas adaptacoes
Folhas adaptacoesFolhas adaptacoes
Folhas adaptacoes
 
Partes que constituem as folhas e suas funcoes
Partes que constituem as folhas e suas funcoesPartes que constituem as folhas e suas funcoes
Partes que constituem as folhas e suas funcoes
 
Partes que constituem o caule
Partes que constituem o caulePartes que constituem o caule
Partes que constituem o caule
 

Último

13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...azulassessoria9
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaANNAPAULAAIRESDESOUZ
 
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfAutonoma
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxAntonioVieira539017
 
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfAutonoma
 
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...azulassessoria9
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do séculoSistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do séculoBiblioteca UCS
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Centro Jacques Delors
 
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptxOrações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptxKtiaOliveira68
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptxM0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptxJustinoTeixeira1
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 

Último (20)

13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
 
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do séculoSistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do século
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptxOrações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptxM0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 

Classif

  • 2. Morfologia da folha Folha simples As folhas são órgãos das plantas especializados em captação de luz e trocas gasosas com a atmosfera para realizar a fotossíntese e respiração. Bainha: forma-se no pecíolo, protege as gemas vegetativas. Estípulas: formações geralmente duplas e pontiagudas que ficam junto a base da folha
  • 3. Classificação das Folhas quanto à Divisão do Limbo O limbo se divide em: • folhas simples: quando o limbo é único. • folhas compostas: quando o limbo está dividido em partes. Cada divisão designa-se por folíolo. Folha simples Folha composta
  • 4. Classificação das Folhas pela disposição das Nervuras: Nervação Nas angiospermas observamos duas diferenças: as monocotiledôneas e as dicotiledôneas. Folhas paralelinérveas - São comuns nas angiospermas monocotiledôneas. As nervuras se apresentam mais ou menos paralelas entre si. Folhas reticuladas - Costumam ocorrer nas angiospermas dicotiledôneas. As nervuras se ramificam, formando uma espécie de rede.
  • 5. Existem, no entanto, algumas exceções a essa regra, por exemplo: a quaresmeira é uma dicotiledônea com folhas curvinérveas, e o copo-de-leite é uma monocotiledôneas com folhas peninérveas
  • 6. Uninérvea ( uma só nervura não ramificada) Paralelinérvea (várias nervuras principais paralelas ) Peninérvea ( com uma nervura principal donde partem várias secundárias) Palminérvea ( com várias nervuras principais que saem da base da folha) Pela disposição das Nervuras Classificação das folhas : 6
  • 7. Classificação quanto a nervação: Uninérvea - com única nervura (pinheiro). Paralelinérvea - com nervuras secundárias paralelas a principal (milho). Peninérveas - com nervuras secundárias ao longo da principal (mangueira). Palminérvea ou digitinérvea - nervuras saem do mesmo ponto e divergem em várias direções (mandioqueira).
  • 8. Folhas Simples Folhas Compostas Classificação da folha pela forma do limbo
  • 11. Classificação das Folhas quanto ao Recorte: Folhas sem Recorte (inteira) Folhas com Recorte Superficiais (serrada, dentada e crenada) Recortes Profundos (lobadas, fendidas e partidas)
  • 12. Folhas inteira e com Recortes Superficiais