SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 29
Baixar para ler offline
Reino Vegetal
Tema: Folha
Trabalhos de Biologia
Introdução
Em botânica, as folhas são órgãos das plantas especializados na captação de
luz e trocas gasosas com a atmosfera para realizar a fotossíntese e a respiração.
Salvo raras exceções, associadas a plantas de climas áridos, as folhas tendem a
maximizar a superfície em relação ao volume, de modo a aumentar tanto a
área da planta exposta à luz, quanto a área da planta onde as trocas gasosas
são possíveis por estar exposta à atmosfera.
Espécies diferentes de plantas têm folhas diferentes, e existem vários tipos
especializados de folhas, com fins diferentes dos das folhas comuns, como por
exemplo as pétalas das flores.
As folhas normalmente possuem aspecto laminar, que evolutivamente é uma
especialização para aumentar a superfície de captação luminosa e, assim,
possibilitar a realização de suas principais funções: Fotossíntese, transpiração
e respiração vegetal.
Folha
expansão lateral e laminar do caule, de
simetria bilateral e crescimento
limitado, constituindo-se um órgão
perfeitamente adaptado ao exercício
das funções metabólicas das plantas.
Originam
Originam-se a partir da gêmula do
embrião. Nascem nas proximidades da
superfícies do meristema apical, como
agrupamentos localizados, chamados de
primórdios foliares, sua origem é
exógena.
Principais Funções
A folha desempenha basicamente duas funções
importantíssimas para a vida das plantas: fotossíntese
e transpiração, porém pode também realizar funções
como suporte, proteção e atrair animais e insetos para
polinização ou até sua própria nutrição.
PARTES CONSTITUINTES
Composição de uma folha
Limbo→ Área de expansão laminar da folha, podendo ser simples
(limoeiro) ou subdividida em folíolos, no caso das folhas compostas
(sibipiruna).
Pecíolo →Haste de sustentação foliar típico das dicotiledôneas,
interliga o limbo ao ponto de fixação no ramo caulinar.
Bainha → Invaginações das folhas em monocotiledôneas, que
envolvem o caule dando suporte às folhas.
Estípulas →Pares de pequenas projeções filamentosas, quando
presentes, estão associadas ao ponto de inserção do pecíolo.
Folha incompleta é a denominação dada a folha em que
faltam um ou mais dos elementos foliares.
Peciolada: folha sem bainha, o pecíolo
insere-se diretamente no caule. Ex. folha de
abóbora
Séssil:folha sem pecíolo e bainha, o limbo
insere-se diretamente no caule. Ex. folha de
tabaco.
Filódio:folha sem limbo, neste caso o
pecíolo se achata fazendo as funções do
limbo.
É o caso em que em um vegetal existem
diversos tipos de folhas, surgindo cada tipo
em um ambiente diferente. Um exemplo
importante é o caso da Sagitária, em que
existem três tipos de folhas: as submersas
(que são alongadas),as flutuantes (que são
arredondadas) e as aéreas (que têm forma de
ponta de flexa).
Heterofilia
Folhas coletoras: nas plantas epífitas é comum a presença
de estruturas semelhantes a ninhos ou bolsas , formada pelas
folhas, com função de acumular água para a planta. Ex:
bromélias epífitas
Folhas suculentas: folhas com parênquima aquífero bem
desenvolvido. Ex: babosa
Função nutritiva
Reprodução vegetativa: as folhas de certas plantas
podem funcionar como elementos de reprodução
vegetativa . Ex: begônia
Soros: estruturas reprodutoras encontradas nas
pteridófitos e que representam um conjunto de
esporângios onde são formados os esporos.
Antófilos: certos elementos florais( estames e carpelos)
representam folhas modificadas adaptadas para a
reprodução.
Função de reprodução
Características foliares:
As folhas são consideradas simples , quando o limbo é
indiviso.
Quando o limbo apresenta uma reentrância
pronunciada, chegando quase a formar duas partes é
chamado geminado. Ex.: pata-de-vaca
As folhas são compostas quando o limbo é formado por
várias partes denominadas folíolos, cada um com uma
gema na base.
A fotossíntese produz matéria orgânica e a
respiração a degrada, portanto, são fenômenos
opostos, porém, complementares.
A Respiração
Classificação
Separando a folha em grandes grupos.
Classificação
Separando a folha em grandes grupos.
Classificação
Separando a folha em grandes grupos.
Classificação
Separando a folha em grandes grupos.
Classificação
Separando a folha em grandes grupos.
Classificação
Separando a folha em grandes grupos.
Classificação
Separando a folha em grandes grupos.
Classificação
Separando a folha em grandes grupos.
Morfologia vegetal
Biografia;
-FONTES:
http://www.coladaweb.com/biologia/botanica/es
tudo-das-folhas
http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/biologia/fo
lha.htm
https://blogdoenem.com.br/tudo-sobre-folhas-
biologia-enem/
http://biologianet.uol.com.br/botanica/classificac
ao-das-folhas.htm
http://www.infoescola.com/plantas/folhas/
- Vídeo Utilizado:
https://www.youtube.com/watch?v=TWbipmPO8
Jk

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
 
Morfologia e anatomia de caule e raíz
Morfologia e anatomia de caule e raízMorfologia e anatomia de caule e raíz
Morfologia e anatomia de caule e raíz
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Estudo das Folhas- Biologia
Estudo das Folhas- BiologiaEstudo das Folhas- Biologia
Estudo das Folhas- Biologia
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
Folhas
FolhasFolhas
Folhas
 
Morfologia e anatomia vegetal Caule
Morfologia e anatomia vegetal CauleMorfologia e anatomia vegetal Caule
Morfologia e anatomia vegetal Caule
 
7 anatomia vegetal
7 anatomia vegetal7 anatomia vegetal
7 anatomia vegetal
 
Folhas adaptacoes
Folhas adaptacoesFolhas adaptacoes
Folhas adaptacoes
 
Aula 6 - Caule
Aula 6 - CauleAula 6 - Caule
Aula 6 - Caule
 
As Folhas - Classificação
As Folhas - ClassificaçãoAs Folhas - Classificação
As Folhas - Classificação
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
Caule 2012 aula
Caule 2012 aulaCaule 2012 aula
Caule 2012 aula
 
Folhas
FolhasFolhas
Folhas
 
Raiz 1 anatomia
Raiz 1 anatomiaRaiz 1 anatomia
Raiz 1 anatomia
 
Morfologia dos órgãos vegetativos folha
Morfologia dos órgãos vegetativos  folhaMorfologia dos órgãos vegetativos  folha
Morfologia dos órgãos vegetativos folha
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folhaMorfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folha
 
1234887054 caule[1]
1234887054 caule[1]1234887054 caule[1]
1234887054 caule[1]
 
Estrutura secundaria da raiz
Estrutura secundaria da raizEstrutura secundaria da raiz
Estrutura secundaria da raiz
 

Semelhante a Reino Vegetal Tema:Folha

Semelhante a Reino Vegetal Tema:Folha (20)

Folhas e flores
Folhas e floresFolhas e flores
Folhas e flores
 
Folha agronomia
Folha  agronomiaFolha  agronomia
Folha agronomia
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptxMorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
 
Folhas
FolhasFolhas
Folhas
 
Gabriele alana folhas botanicas
Gabriele alana folhas botanicasGabriele alana folhas botanicas
Gabriele alana folhas botanicas
 
3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas
 
3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas
 
Plano 6
Plano 6Plano 6
Plano 6
 
Plano 6
Plano 6Plano 6
Plano 6
 
A folha
A folhaA folha
A folha
 
Plano 7
Plano 7Plano 7
Plano 7
 
Folha Órgão Vegetativo - Ciências EIA - 2016 (8º ano)
Folha Órgão Vegetativo - Ciências   EIA - 2016 (8º ano)Folha Órgão Vegetativo - Ciências   EIA - 2016 (8º ano)
Folha Órgão Vegetativo - Ciências EIA - 2016 (8º ano)
 
gimnospermas 1.pptx
gimnospermas 1.pptxgimnospermas 1.pptx
gimnospermas 1.pptx
 
dendrologia Folha.pptx
dendrologia Folha.pptxdendrologia Folha.pptx
dendrologia Folha.pptx
 
Diversidade nas plantas
Diversidade nas plantasDiversidade nas plantas
Diversidade nas plantas
 
Diversidade nas plantas
Diversidade nas plantasDiversidade nas plantas
Diversidade nas plantas
 

Último

Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 

Último (20)

Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 

Reino Vegetal Tema:Folha

  • 2. Introdução Em botânica, as folhas são órgãos das plantas especializados na captação de luz e trocas gasosas com a atmosfera para realizar a fotossíntese e a respiração. Salvo raras exceções, associadas a plantas de climas áridos, as folhas tendem a maximizar a superfície em relação ao volume, de modo a aumentar tanto a área da planta exposta à luz, quanto a área da planta onde as trocas gasosas são possíveis por estar exposta à atmosfera. Espécies diferentes de plantas têm folhas diferentes, e existem vários tipos especializados de folhas, com fins diferentes dos das folhas comuns, como por exemplo as pétalas das flores. As folhas normalmente possuem aspecto laminar, que evolutivamente é uma especialização para aumentar a superfície de captação luminosa e, assim, possibilitar a realização de suas principais funções: Fotossíntese, transpiração e respiração vegetal.
  • 3. Folha expansão lateral e laminar do caule, de simetria bilateral e crescimento limitado, constituindo-se um órgão perfeitamente adaptado ao exercício das funções metabólicas das plantas.
  • 4. Originam Originam-se a partir da gêmula do embrião. Nascem nas proximidades da superfícies do meristema apical, como agrupamentos localizados, chamados de primórdios foliares, sua origem é exógena.
  • 5. Principais Funções A folha desempenha basicamente duas funções importantíssimas para a vida das plantas: fotossíntese e transpiração, porém pode também realizar funções como suporte, proteção e atrair animais e insetos para polinização ou até sua própria nutrição.
  • 7. Composição de uma folha Limbo→ Área de expansão laminar da folha, podendo ser simples (limoeiro) ou subdividida em folíolos, no caso das folhas compostas (sibipiruna). Pecíolo →Haste de sustentação foliar típico das dicotiledôneas, interliga o limbo ao ponto de fixação no ramo caulinar. Bainha → Invaginações das folhas em monocotiledôneas, que envolvem o caule dando suporte às folhas. Estípulas →Pares de pequenas projeções filamentosas, quando presentes, estão associadas ao ponto de inserção do pecíolo.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Folha incompleta é a denominação dada a folha em que faltam um ou mais dos elementos foliares. Peciolada: folha sem bainha, o pecíolo insere-se diretamente no caule. Ex. folha de abóbora Séssil:folha sem pecíolo e bainha, o limbo insere-se diretamente no caule. Ex. folha de tabaco. Filódio:folha sem limbo, neste caso o pecíolo se achata fazendo as funções do limbo.
  • 12. É o caso em que em um vegetal existem diversos tipos de folhas, surgindo cada tipo em um ambiente diferente. Um exemplo importante é o caso da Sagitária, em que existem três tipos de folhas: as submersas (que são alongadas),as flutuantes (que são arredondadas) e as aéreas (que têm forma de ponta de flexa). Heterofilia
  • 13.
  • 14. Folhas coletoras: nas plantas epífitas é comum a presença de estruturas semelhantes a ninhos ou bolsas , formada pelas folhas, com função de acumular água para a planta. Ex: bromélias epífitas Folhas suculentas: folhas com parênquima aquífero bem desenvolvido. Ex: babosa Função nutritiva
  • 15. Reprodução vegetativa: as folhas de certas plantas podem funcionar como elementos de reprodução vegetativa . Ex: begônia Soros: estruturas reprodutoras encontradas nas pteridófitos e que representam um conjunto de esporângios onde são formados os esporos. Antófilos: certos elementos florais( estames e carpelos) representam folhas modificadas adaptadas para a reprodução. Função de reprodução
  • 16. Características foliares: As folhas são consideradas simples , quando o limbo é indiviso. Quando o limbo apresenta uma reentrância pronunciada, chegando quase a formar duas partes é chamado geminado. Ex.: pata-de-vaca As folhas são compostas quando o limbo é formado por várias partes denominadas folíolos, cada um com uma gema na base.
  • 17. A fotossíntese produz matéria orgânica e a respiração a degrada, portanto, são fenômenos opostos, porém, complementares. A Respiração
  • 18. Classificação Separando a folha em grandes grupos.
  • 19. Classificação Separando a folha em grandes grupos.
  • 20. Classificação Separando a folha em grandes grupos.
  • 21. Classificação Separando a folha em grandes grupos.
  • 22. Classificação Separando a folha em grandes grupos.
  • 23. Classificação Separando a folha em grandes grupos.
  • 24. Classificação Separando a folha em grandes grupos.
  • 25. Classificação Separando a folha em grandes grupos.
  • 26.
  • 27.