SlideShare uma empresa Scribd logo
CIDADES E REGIÕES 
BIKE-FRIENDLY DE 
SEGUNDA GERAÇÃO 
DESAFIOS DO PERÍODO DE 
PROGRAMAÇÃO 2014-2020 
JOSÉ CARLOS MOTA (jcmota@ua.pt) 
COORDENAÇÃO DA PLATAFORMA 
TECNOLÓGICA DA BICICLETA E 
MOBILIDADE SUAVE - UNIVERSIDADE DE 
AVEIRO
1. BICICLETA NA REGIÃO DE AVEIRO 
• É na sub-região Baixo Vouga que mais pessoas andam 
regularmente de bicicleta – um valor oito vezes superior 
à média nacional – 3,9% contra 0,5%; 28% do total 
nacional - 8.640 pessoas (INE, 2011) 
• Murtosa 17% das deslocação são feitas em bicicleta (o 
concelho com maior valor relativo a nível nacional, 
equivalente à média nos países nórdicos); 
• Ílhavo, Aveiro, Estarreja, Ovar e Murtosa, com 2.160, 
1.351, 996, 935 e 893 utilizadores da bicicleta (concelhos 
com o maior valor absoluto a nível nacional; elevado 
peso das deslocações de jovens (casa-escola); Vagos (609 
– 4,7%); Águeda (528 – 1,9%); Anadia (488 – 3, 1%); 
Oliveira do Bairro (352 – 2,7%); 
• Mais de metade da população tem uma bicicleta em 
casa (535 bicicletas por mil habitantes), valor superior à 
taxa de motorização média dos concelhos - 502 
veículos/1.000 habitantes.
2. BICICLETA EM PORTUGAL 
• Em 2012 venderam-se em Portugal mais bicicletas que 
automóveis (113.408 automóveis e 350.000 bicicletas); peso 
crescente das bicicletas de uso diário; 
• 30.000 bicicletas (de uso regular) para 4 milhões de 
automóveis; 
• Indústria portuguesa está no TOP 5 europeu da produção 
de acessórios e componentes de bicicletas e no TOP 7 
europeu da produção de bicicletas; uma parte significativa 
dessa produção industrial está na região de Aveiro; sector 
avaliado em 200 milhões de euros (exportações); 
• Emergente conjunto de actividades comércio e serviços 
(pequenas e micro-empresas e organizações) distribuído 
por todo o país (cujo valor para o PIB se desconhece);
3. BICICLETA– DESAFIOS 2014-2020 
NACIONAL 
• Plano de Promoção da Bicicleta e Outros Modos 
Suaves 2013-2020 concluído recentemente pelo 
IMT 
• A mobilidade sustentável estar identificada no 
Acordo de Parceria 2014-2020 como um dos temas 
estratégicos (promoção da mobilidade ecológica e 
com baixa emissão de carbono); 
• Aposta na economia verde (Coligação para o 
Crescimento Verde) 
REGIÃO DE AVEIRO 
• Região está comprometida com a melhoria das 
ciclovias e incentivar o uso da bicicleta em viagens 
diárias (PIMTRA, 2014); 
• A CIRA coloca a aposta na promoção do Cluster 
da bicicleta e da mobilidade sustentável como 
uma das prioridades para o período 2014-2020;
4. CIDADES E REGIÕES BIKE-FRIENDLY DE 
SEGUNDA GERAÇÃO 
2.º GERAÇÃO 
CIDADES E REGIÕES BIKE-FRIENDLY 
PRODUÇÃO DE 
BICICLETAS 
MICRO-LOGÍSTICA 
CICLÁVEL (CARGO-BIKES) 
TURISMO E LAZER 
CICLÁVEL 
ESPAÇO PÚBLICO 
AMIGO DOS MODOS 
SUAVES 
PRODUÇÃO DE 
ACESSÓRIOS 
NEGÓCIOS URBANOS 
BIKE-FRIENDLY 
ACTIVIDADE FÍSICA 
EM BICICLETA (BTT, 
PISTA) 
MOBILIÁRIO URBANO 
PRODUÇÃO DE 
CONTEÚDOS (TICE E 
ARTES) 
PRODUÇÃO DE 
TECNOLOGIAS PARA 
BICICLETAS 
ELÉCTRICAS 
ALUGUER DE 
BICICLETAS (TURISMO, 
LAZER) 
VIDA URBANA 
(EVENTOS E 
QUOTIDIANA) 
ESTÍMULO À 
INVESTIGAÇÃO 
(EXPLORATÓRIA) – 
BICICLETA, 
MOBILIDADE, 
CIDADES, ECONOMIA 
(VERDE) 
ESTÍMULO À 
GERAÇÃO DE IDEIAS 
COLECTIVAS 
(NEGÓCIOS & 
UTILIDADES COMUNS) 
E AO ENVOLVIMENTO 
CÍVICO 
ESTÍMULO À 
PROMOÇÃO DO 
EMPREENDEDORISMO 
– DESIGN, MATERIAIS, 
ENERGIA, SAÚDE, 
TURISMO, 
CONSTRUÇÃO 
COLECTIVA – ACTORES 
PÚBLICOS, 
EMPRESÁRIOS, 
INVESTIGADORES E 
ORGANIZAÇÕES 
SOCIEDADE CIVIL 
1.º GERAÇÃO 
CIDADES E REGIÕES 
BIKE-FRIENDLY 
INFRA-ESTRUTURAÇÃO 
SINALÉTICA 
VENDA DE BICICLETAS 
SENSIBILIZAÇÃO E 
EDUCAÇÃO 
SISTEMAS 
COLECTIVOS DE 
BICICLETAS 
Da promoção do uso da bicicleta 
através da construção de infra-estruturas 
e de sensibilização de 
utilizadores. 
-> 
Território amigo da I&D, geração de ideias colectivas, da criação 
de novos produtos e serviços ligados à bicicleta e à mobilidade em 
bicicleta baseados no conhecimento; 
As cidades, o espaço público, a vida urbana e os modos suaves 
(bicicleta) como causa colectiva;
5. OS DESAFIOS DAS REGIÃO BIKE-FRIENDLY 
DE SEGUNDA GERAÇÃO NO PERÍODO 2014- 
2020 – A REGIÃO DE AVEIRO 
«Promoção do uso de modos suaves de mobilidade, 
com especialização e complementaridade territorial, 
em particular através do desenvolvimento do 
cluster da bicicleta, articulando o sector produtivo, 
o design, o conhecimento e a tecnologia, e a 
atividade comercial, com impactos na mobilidade 
sustentável, na atividade desportiva e de bem-estar, 
no sector do turismo e, em particular, no da 
mobilidade urbana e interurbana»
5. (…) 
PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA E 
MOBILIDADE SUAVE
5. (…) 
INFRA-ESTRUTURAS/ BICICLETAS COLECTIVAS
BICICLETAS COLECTIVAS DE NOVA GERAÇÃO 
with the contribution of Portuguese BikeEmotion (a 
consorsium of three enterprises from Aveiro - 
Micro I/O, an electronic products & solutions R&D 
company; Ponto C, an IT platform 
developer; Ubiwhere, an R&D software company; 
and the University of Aveiro) 
5. (…)
5. (…) 
ESPAÇO PÚBLICO / MOBILIÁRIO URBANO
5. (…) 
SENSIBILIZAÇÃO
5. (…) 
SENSIBILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO (MAIS NOVOS)
EQUIPAMENTOS/EVENTOS PRÁTICA DESPORTIVA EM 
BICICLETA (CICLISMO EM PISTA/BTT) 
VELÓDROMO / CENTRO DE 
ALTO RENDIMENTO DE 
ANADIA 
5. (…)
5. (…) 
PRODUÇÃO DE BICICLETAS (DE AUTOR/INDUSTRIAL)
5. (…) 
PRODUÇÃO DE COMPONENTES / CERTIFICAÇÃO
5. (…) 
PRODUÇÃO DE ACESSÓRIOS (DE AUTOR)
5. (…) 
MICRO-LOGÍSTICA URBANA EM BICICLETA
5. OS DESAFIOS DAS REGIÃO BIKE-FRIENDLY DE 
SEGUNDA GERAÇÃO NO PERÍODO 2014-2020 – A 
REGIÃO DE AVEIRO 
COMO TIRAR PARTIDO DESTE 
NOTÁVEL CONJUNTO DE 
INGREDIENTES 
NUMA REGIÃO ONDE 
«TUDO GIRA À VOLTA DAS RODAS 
QUE GIRAM»? 
COMO 
MOBILIZAR ACTORES PÚBLICOS, 
EMPRESÁRIOS, INVESTIGADORES 
E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE 
CIVIL EM TORNO DESTA CAUSA?
PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA E MOBILIDADE SUAVE 
«Apoiar a criação de condições 
favoráveis ao uso da bicicleta e à 
promoção dos modos suaves de 
deslocação na região de Aveiro e em 
Portugal como modo de propiciar uma 
melhoria do ambiente e da mobilidade, 
da economia, da qualificação do 
território e da vida das pessoas e 
comunidades» 
http://www.ua.pt/ptbicicleta/ 
https://www.facebook.com/ptbicicleta 
ptbicicleta@ua.pt

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

UAUBIKE Smart Cities Tour 2019
UAUBIKE Smart Cities Tour 2019UAUBIKE Smart Cities Tour 2019
UAUBIKE Smart Cities Tour 2019
José Carlos Mota
 
Publico porto 20140707
Publico porto 20140707Publico porto 20140707
Cartilha do ciclista - ministério das Cidades
Cartilha do ciclista - ministério das CidadesCartilha do ciclista - ministério das Cidades
Cartilha do ciclista - ministério das Cidades
Daniella Maria Boh dos Santos
 
Plano Cicloviário de São Paulo - Cobertura do Jornal Bicicleta
Plano Cicloviário de São Paulo - Cobertura do Jornal Bicicleta Plano Cicloviário de São Paulo - Cobertura do Jornal Bicicleta
Plano Cicloviário de São Paulo - Cobertura do Jornal Bicicleta
Rogério Viduedo
 
Apesar de tudo, mais bikes nas ruas
Apesar de tudo, mais bikes nas ruasApesar de tudo, mais bikes nas ruas
Apesar de tudo, mais bikes nas ruas
Rafael Dantas
 
Apresentação da MUBi - Mobilidade Ciclável em Braga - 18 de julho de 2013
Apresentação da MUBi - Mobilidade Ciclável em Braga - 18 de julho de 2013Apresentação da MUBi - Mobilidade Ciclável em Braga - 18 de julho de 2013
Apresentação da MUBi - Mobilidade Ciclável em Braga - 18 de julho de 2013
Ricardo Cruz
 
ConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa VfConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa Vf
Jose Carlos Mota
 
Deputada Marina apóia Manifesto pela Melhoria da Mobilidade 2012
Deputada Marina apóia Manifesto pela Melhoria da Mobilidade 2012Deputada Marina apóia Manifesto pela Melhoria da Mobilidade 2012
Deputada Marina apóia Manifesto pela Melhoria da Mobilidade 2012
deputadamarina
 
ConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa VfConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa Vf
Jose Carlos Mota
 
Mubi julho 2013 - apresentação
Mubi julho 2013 - apresentaçãoMubi julho 2013 - apresentação
Mubi julho 2013 - apresentação
Ricardo Cruz
 
Desafios da bicicleta na cidade do recife
Desafios da bicicleta na cidade do recifeDesafios da bicicleta na cidade do recife
Desafios da bicicleta na cidade do recife
ongciclourbano
 
ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em PortugalConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
Jose Carlos Mota
 
12.3.13 #2 januário cunha
12.3.13 #2 januário cunha12.3.13 #2 januário cunha
Ciclomobilidade e o PDDU de Salvador
Ciclomobilidade e o PDDU de SalvadorCiclomobilidade e o PDDU de Salvador
Ciclomobilidade e o PDDU de Salvador
Pablo Florentino
 
Sistemas de bike sharing finalv2011 02_12
Sistemas de bike sharing finalv2011 02_12Sistemas de bike sharing finalv2011 02_12
Sistemas de bike sharing finalv2011 02_12
Amigos d'Avenida
 
Mobicidade - Apresentação Set/2013
Mobicidade - Apresentação Set/2013Mobicidade - Apresentação Set/2013
Mobicidade - Apresentação Set/2013
Pablo Florentino
 
MobilicidadeSustentavel-Toledo
MobilicidadeSustentavel-ToledoMobilicidadeSustentavel-Toledo
MobilicidadeSustentavel-Toledo
too pedalando
 
Bike sp
Bike spBike sp

Mais procurados (18)

UAUBIKE Smart Cities Tour 2019
UAUBIKE Smart Cities Tour 2019UAUBIKE Smart Cities Tour 2019
UAUBIKE Smart Cities Tour 2019
 
Publico porto 20140707
Publico porto 20140707Publico porto 20140707
Publico porto 20140707
 
Cartilha do ciclista - ministério das Cidades
Cartilha do ciclista - ministério das CidadesCartilha do ciclista - ministério das Cidades
Cartilha do ciclista - ministério das Cidades
 
Plano Cicloviário de São Paulo - Cobertura do Jornal Bicicleta
Plano Cicloviário de São Paulo - Cobertura do Jornal Bicicleta Plano Cicloviário de São Paulo - Cobertura do Jornal Bicicleta
Plano Cicloviário de São Paulo - Cobertura do Jornal Bicicleta
 
Apesar de tudo, mais bikes nas ruas
Apesar de tudo, mais bikes nas ruasApesar de tudo, mais bikes nas ruas
Apesar de tudo, mais bikes nas ruas
 
Apresentação da MUBi - Mobilidade Ciclável em Braga - 18 de julho de 2013
Apresentação da MUBi - Mobilidade Ciclável em Braga - 18 de julho de 2013Apresentação da MUBi - Mobilidade Ciclável em Braga - 18 de julho de 2013
Apresentação da MUBi - Mobilidade Ciclável em Braga - 18 de julho de 2013
 
ConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa VfConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa Vf
 
Deputada Marina apóia Manifesto pela Melhoria da Mobilidade 2012
Deputada Marina apóia Manifesto pela Melhoria da Mobilidade 2012Deputada Marina apóia Manifesto pela Melhoria da Mobilidade 2012
Deputada Marina apóia Manifesto pela Melhoria da Mobilidade 2012
 
ConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa VfConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa Vf
 
Mubi julho 2013 - apresentação
Mubi julho 2013 - apresentaçãoMubi julho 2013 - apresentação
Mubi julho 2013 - apresentação
 
Desafios da bicicleta na cidade do recife
Desafios da bicicleta na cidade do recifeDesafios da bicicleta na cidade do recife
Desafios da bicicleta na cidade do recife
 
ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em PortugalConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
 
12.3.13 #2 januário cunha
12.3.13 #2 januário cunha12.3.13 #2 januário cunha
12.3.13 #2 januário cunha
 
Ciclomobilidade e o PDDU de Salvador
Ciclomobilidade e o PDDU de SalvadorCiclomobilidade e o PDDU de Salvador
Ciclomobilidade e o PDDU de Salvador
 
Sistemas de bike sharing finalv2011 02_12
Sistemas de bike sharing finalv2011 02_12Sistemas de bike sharing finalv2011 02_12
Sistemas de bike sharing finalv2011 02_12
 
Mobicidade - Apresentação Set/2013
Mobicidade - Apresentação Set/2013Mobicidade - Apresentação Set/2013
Mobicidade - Apresentação Set/2013
 
MobilicidadeSustentavel-Toledo
MobilicidadeSustentavel-ToledoMobilicidadeSustentavel-Toledo
MobilicidadeSustentavel-Toledo
 
Bike sp
Bike spBike sp
Bike sp
 

Destaque

Aveiro Salt Cluster
Aveiro Salt ClusterAveiro Salt Cluster
Aveiro Salt Cluster
SaldeAveiro
 
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vfCidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
José Carlos Mota
 
Tr 130 valorização da bicicleta
Tr 130 valorização da bicicletaTr 130 valorização da bicicleta
Tr 130 valorização da bicicleta
José Carlos Mota
 
Do we really need participation in planning?
Do we really need participation in planning?Do we really need participation in planning?
Do we really need participation in planning?
José Carlos Mota
 
Ciclismo Paraolímpico
Ciclismo ParaolímpicoCiclismo Paraolímpico
Ciclismo Paraolímpico
OfiCorsi
 
Iran at the fifa world cup
Iran at the fifa world cupIran at the fifa world cup
Iran at the fifa world cup
mohammadehteram
 
Giro do chimarrão em pauta
Giro do chimarrão em pautaGiro do chimarrão em pauta
Giro do chimarrão em pauta
Ninki da Sac
 
Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos
Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicosInvestimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos
Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos
labpoliticaspublicasparticipativas
 
Deportes Olimpicos Diapositivas
Deportes Olimpicos DiapositivasDeportes Olimpicos Diapositivas
Deportes Olimpicos Diapositivas
dcantoso
 
Laws of the game
Laws of the game Laws of the game
Laws of the game
Paul Kelsall
 
Cycling ergonomics
Cycling ergonomicsCycling ergonomics
Cycling ergonomics
Ricardo Linhares
 
Lições aprendidas com a transformação Digital no Tour de France
Lições aprendidas com a transformação Digital no Tour de FranceLições aprendidas com a transformação Digital no Tour de France
Lições aprendidas com a transformação Digital no Tour de France
Dimension Data Brasil
 
Esportes dos jogos parapanamericanos
Esportes dos jogos parapanamericanosEsportes dos jogos parapanamericanos
Esportes dos jogos parapanamericanos
redhina
 
Property Face2Face 2012 one year on
Property Face2Face 2012 one year onProperty Face2Face 2012 one year on
Property Face2Face 2012 one year on
PCM creative
 
Ciclismo
CiclismoCiclismo
Presentacion de ciclismo
Presentacion de ciclismoPresentacion de ciclismo
Presentacion de ciclismo
Nils Chambilla
 
Ciclismo
CiclismoCiclismo
Ciclismo
HYDE MATSU
 
Supercard - Patrocínio Esportivo
Supercard - Patrocínio EsportivoSupercard - Patrocínio Esportivo
Supercard - Patrocínio Esportivo
Rafael Fiuza
 
Ciclismo
CiclismoCiclismo
Corrida integração campinas 30.01
Corrida integração campinas 30.01Corrida integração campinas 30.01
Corrida integração campinas 30.01
Meio & Mensagem
 

Destaque (20)

Aveiro Salt Cluster
Aveiro Salt ClusterAveiro Salt Cluster
Aveiro Salt Cluster
 
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vfCidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
Cidades participação e futuro noites na pólis mangualde 20 setembro_vf
 
Tr 130 valorização da bicicleta
Tr 130 valorização da bicicletaTr 130 valorização da bicicleta
Tr 130 valorização da bicicleta
 
Do we really need participation in planning?
Do we really need participation in planning?Do we really need participation in planning?
Do we really need participation in planning?
 
Ciclismo Paraolímpico
Ciclismo ParaolímpicoCiclismo Paraolímpico
Ciclismo Paraolímpico
 
Iran at the fifa world cup
Iran at the fifa world cupIran at the fifa world cup
Iran at the fifa world cup
 
Giro do chimarrão em pauta
Giro do chimarrão em pautaGiro do chimarrão em pauta
Giro do chimarrão em pauta
 
Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos
Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicosInvestimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos
Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos
 
Deportes Olimpicos Diapositivas
Deportes Olimpicos DiapositivasDeportes Olimpicos Diapositivas
Deportes Olimpicos Diapositivas
 
Laws of the game
Laws of the game Laws of the game
Laws of the game
 
Cycling ergonomics
Cycling ergonomicsCycling ergonomics
Cycling ergonomics
 
Lições aprendidas com a transformação Digital no Tour de France
Lições aprendidas com a transformação Digital no Tour de FranceLições aprendidas com a transformação Digital no Tour de France
Lições aprendidas com a transformação Digital no Tour de France
 
Esportes dos jogos parapanamericanos
Esportes dos jogos parapanamericanosEsportes dos jogos parapanamericanos
Esportes dos jogos parapanamericanos
 
Property Face2Face 2012 one year on
Property Face2Face 2012 one year onProperty Face2Face 2012 one year on
Property Face2Face 2012 one year on
 
Ciclismo
CiclismoCiclismo
Ciclismo
 
Presentacion de ciclismo
Presentacion de ciclismoPresentacion de ciclismo
Presentacion de ciclismo
 
Ciclismo
CiclismoCiclismo
Ciclismo
 
Supercard - Patrocínio Esportivo
Supercard - Patrocínio EsportivoSupercard - Patrocínio Esportivo
Supercard - Patrocínio Esportivo
 
Ciclismo
CiclismoCiclismo
Ciclismo
 
Corrida integração campinas 30.01
Corrida integração campinas 30.01Corrida integração campinas 30.01
Corrida integração campinas 30.01
 

Semelhante a Cidades e regiões bike friendly apresentação-vf

PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA 31 julho 2015
PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA 31 julho 2015PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA 31 julho 2015
PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA 31 julho 2015
Plataforma Tecnológica da Bicicleta e Mobilidade Suave
 
A BUGA NUMA CIDADE BIKE-FRIENDLY
A BUGA NUMA CIDADE BIKE-FRIENDLY A BUGA NUMA CIDADE BIKE-FRIENDLY
A BUGA NUMA CIDADE BIKE-FRIENDLY
José Carlos Mota
 
UA CAMPUS CIDADE BIKE-FRIENDLY
UA CAMPUS CIDADE BIKE-FRIENDLYUA CAMPUS CIDADE BIKE-FRIENDLY
1.3. Objectivos Da ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
1.3. Objectivos Da ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal1.3. Objectivos Da ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
1.3. Objectivos Da ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
mobiciclavel
 
SíNtese Das ConclusõEs
SíNtese Das ConclusõEsSíNtese Das ConclusõEs
SíNtese Das ConclusõEs
Projecto CicloRia
 
1.4.SíNtese Das ConclusõEs ConferêNcia Turismo CicláVel
1.4.SíNtese Das ConclusõEs ConferêNcia Turismo CicláVel1.4.SíNtese Das ConclusõEs ConferêNcia Turismo CicláVel
1.4.SíNtese Das ConclusõEs ConferêNcia Turismo CicláVel
mobiciclavel
 
0.Dossier Visita ComunicaçãO Social
0.Dossier Visita ComunicaçãO Social0.Dossier Visita ComunicaçãO Social
0.Dossier Visita ComunicaçãO Social
mobiciclavel
 
Dossier de Visita
Dossier de VisitaDossier de Visita
Dossier de Visita
Projecto CicloRia
 
ConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa VfConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa Vf
guestd478da
 
Sebrae - Rodrigo Hisgail - Panorama da cadeia do ciclismo no Brasil e oportun...
Sebrae - Rodrigo Hisgail - Panorama da cadeia do ciclismo no Brasil e oportun...Sebrae - Rodrigo Hisgail - Panorama da cadeia do ciclismo no Brasil e oportun...
Sebrae - Rodrigo Hisgail - Panorama da cadeia do ciclismo no Brasil e oportun...
Rodrigo Hisgail de Almeida Nogueira
 
MUBi - Projetos e Políticas de Mobilidade em Bicicleta
MUBi - Projetos e Políticas de Mobilidade em BicicletaMUBi - Projetos e Políticas de Mobilidade em Bicicleta
MUBi - Projetos e Políticas de Mobilidade em Bicicleta
MUBi - Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta
 
Novas ideas e negócios ligados à mobilidade em bicicleta
Novas ideas e negócios ligados à mobilidade em bicicletaNovas ideas e negócios ligados à mobilidade em bicicleta
Novas ideas e negócios ligados à mobilidade em bicicleta
José Carlos Mota
 
Rainhas Bike Sharing + Turnin Green | Jorge Rocha
Rainhas Bike Sharing + Turnin Green | Jorge RochaRainhas Bike Sharing + Turnin Green | Jorge Rocha
Rainhas Bike Sharing + Turnin Green | Jorge Rocha
Sportup
 
20151218 balanço cpip
20151218 balanço cpip20151218 balanço cpip
20151218 balanço cpip
PlanningwithCommunities
 
Skatario - Sistema de Compartilhamento de Skates, #1 do Mundo!
Skatario - Sistema de Compartilhamento de Skates, #1 do Mundo!Skatario - Sistema de Compartilhamento de Skates, #1 do Mundo!
Skatario - Sistema de Compartilhamento de Skates, #1 do Mundo!
Tiago Machado, MBA
 
QuestõEs De ReflexãO Conf Vf
QuestõEs De ReflexãO Conf VfQuestõEs De ReflexãO Conf Vf
QuestõEs De ReflexãO Conf Vf
Jose Carlos Mota
 
Ciclo Urbano - Ações e Pesquisas sobre bicicletas em Aracaju
Ciclo Urbano - Ações e Pesquisas sobre bicicletas em Aracaju Ciclo Urbano - Ações e Pesquisas sobre bicicletas em Aracaju
Ciclo Urbano - Ações e Pesquisas sobre bicicletas em Aracaju
ongciclourbano
 
Portugal Bike Value: Road Map
Portugal Bike Value: Road MapPortugal Bike Value: Road Map
2. Cicloria Arp Jc J Mota
2. Cicloria Arp Jc J Mota2. Cicloria Arp Jc J Mota
2. Cicloria Arp Jc J Mota
Projecto CicloRia
 
Balanço ecc2015 algarve
Balanço ecc2015 algarveBalanço ecc2015 algarve
Balanço ecc2015 algarve
Jorge G Coelho
 

Semelhante a Cidades e regiões bike friendly apresentação-vf (20)

PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA 31 julho 2015
PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA 31 julho 2015PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA 31 julho 2015
PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA 31 julho 2015
 
A BUGA NUMA CIDADE BIKE-FRIENDLY
A BUGA NUMA CIDADE BIKE-FRIENDLY A BUGA NUMA CIDADE BIKE-FRIENDLY
A BUGA NUMA CIDADE BIKE-FRIENDLY
 
UA CAMPUS CIDADE BIKE-FRIENDLY
UA CAMPUS CIDADE BIKE-FRIENDLYUA CAMPUS CIDADE BIKE-FRIENDLY
UA CAMPUS CIDADE BIKE-FRIENDLY
 
1.3. Objectivos Da ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
1.3. Objectivos Da ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal1.3. Objectivos Da ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
1.3. Objectivos Da ConferêNcia Planear O Lazer E O Turismo CicláVel Em Portugal
 
SíNtese Das ConclusõEs
SíNtese Das ConclusõEsSíNtese Das ConclusõEs
SíNtese Das ConclusõEs
 
1.4.SíNtese Das ConclusõEs ConferêNcia Turismo CicláVel
1.4.SíNtese Das ConclusõEs ConferêNcia Turismo CicláVel1.4.SíNtese Das ConclusõEs ConferêNcia Turismo CicláVel
1.4.SíNtese Das ConclusõEs ConferêNcia Turismo CicláVel
 
0.Dossier Visita ComunicaçãO Social
0.Dossier Visita ComunicaçãO Social0.Dossier Visita ComunicaçãO Social
0.Dossier Visita ComunicaçãO Social
 
Dossier de Visita
Dossier de VisitaDossier de Visita
Dossier de Visita
 
ConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa VfConferêNcia Programa Vf
ConferêNcia Programa Vf
 
Sebrae - Rodrigo Hisgail - Panorama da cadeia do ciclismo no Brasil e oportun...
Sebrae - Rodrigo Hisgail - Panorama da cadeia do ciclismo no Brasil e oportun...Sebrae - Rodrigo Hisgail - Panorama da cadeia do ciclismo no Brasil e oportun...
Sebrae - Rodrigo Hisgail - Panorama da cadeia do ciclismo no Brasil e oportun...
 
MUBi - Projetos e Políticas de Mobilidade em Bicicleta
MUBi - Projetos e Políticas de Mobilidade em BicicletaMUBi - Projetos e Políticas de Mobilidade em Bicicleta
MUBi - Projetos e Políticas de Mobilidade em Bicicleta
 
Novas ideas e negócios ligados à mobilidade em bicicleta
Novas ideas e negócios ligados à mobilidade em bicicletaNovas ideas e negócios ligados à mobilidade em bicicleta
Novas ideas e negócios ligados à mobilidade em bicicleta
 
Rainhas Bike Sharing + Turnin Green | Jorge Rocha
Rainhas Bike Sharing + Turnin Green | Jorge RochaRainhas Bike Sharing + Turnin Green | Jorge Rocha
Rainhas Bike Sharing + Turnin Green | Jorge Rocha
 
20151218 balanço cpip
20151218 balanço cpip20151218 balanço cpip
20151218 balanço cpip
 
Skatario - Sistema de Compartilhamento de Skates, #1 do Mundo!
Skatario - Sistema de Compartilhamento de Skates, #1 do Mundo!Skatario - Sistema de Compartilhamento de Skates, #1 do Mundo!
Skatario - Sistema de Compartilhamento de Skates, #1 do Mundo!
 
QuestõEs De ReflexãO Conf Vf
QuestõEs De ReflexãO Conf VfQuestõEs De ReflexãO Conf Vf
QuestõEs De ReflexãO Conf Vf
 
Ciclo Urbano - Ações e Pesquisas sobre bicicletas em Aracaju
Ciclo Urbano - Ações e Pesquisas sobre bicicletas em Aracaju Ciclo Urbano - Ações e Pesquisas sobre bicicletas em Aracaju
Ciclo Urbano - Ações e Pesquisas sobre bicicletas em Aracaju
 
Portugal Bike Value: Road Map
Portugal Bike Value: Road MapPortugal Bike Value: Road Map
Portugal Bike Value: Road Map
 
2. Cicloria Arp Jc J Mota
2. Cicloria Arp Jc J Mota2. Cicloria Arp Jc J Mota
2. Cicloria Arp Jc J Mota
 
Balanço ecc2015 algarve
Balanço ecc2015 algarveBalanço ecc2015 algarve
Balanço ecc2015 algarve
 

Mais de José Carlos Mota

E se o futuro for um regresso ao passado?
E se o futuro for um regresso ao passado?E se o futuro for um regresso ao passado?
E se o futuro for um regresso ao passado?
José Carlos Mota
 
Em busca de uma solução para o Rossio – 5 temas de reflexão
Em busca de uma solução para o Rossio –  5 temas de reflexãoEm busca de uma solução para o Rossio –  5 temas de reflexão
Em busca de uma solução para o Rossio – 5 temas de reflexão
José Carlos Mota
 
MENOR EM ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO
MENOR EM ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO MENOR EM ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO
MENOR EM ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO
José Carlos Mota
 
Laboratórios Cívicos Urbanos - documento de trabalho
Laboratórios Cívicos Urbanos - documento de trabalhoLaboratórios Cívicos Urbanos - documento de trabalho
Laboratórios Cívicos Urbanos - documento de trabalho
José Carlos Mota
 
Em Aveiro (tudo) é possível!
Em Aveiro (tudo) é possível!Em Aveiro (tudo) é possível!
Em Aveiro (tudo) é possível!
José Carlos Mota
 
Vivó bairro 21 novembro 2016 conferência internacional urbanismo tatico
Vivó bairro 21 novembro 2016 conferência internacional urbanismo taticoVivó bairro 21 novembro 2016 conferência internacional urbanismo tatico
Vivó bairro 21 novembro 2016 conferência internacional urbanismo tatico
José Carlos Mota
 
TURISMO E MOBILIDADE SUAVE Invtur call-for-sessions
TURISMO E MOBILIDADE SUAVE Invtur call-for-sessionsTURISMO E MOBILIDADE SUAVE Invtur call-for-sessions
TURISMO E MOBILIDADE SUAVE Invtur call-for-sessions
José Carlos Mota
 
Os novos líderes urbanos
Os novos líderes urbanosOs novos líderes urbanos
Os novos líderes urbanos
José Carlos Mota
 
Sete mitos mais um sobre a participação
Sete mitos mais um sobre a participaçãoSete mitos mais um sobre a participação
Sete mitos mais um sobre a participação
José Carlos Mota
 
As redes sociais e a participação no planeamento das cidades
As redes sociais e a participação no planeamento das cidadesAs redes sociais e a participação no planeamento das cidades
As redes sociais e a participação no planeamento das cidades
José Carlos Mota
 
THE RELATIONSHIP BETWEEN UNIVERSITY, LOCAL AUTHORITIES, ADVOCAY AND BICYCLE I...
THE RELATIONSHIP BETWEEN UNIVERSITY, LOCAL AUTHORITIES, ADVOCAY AND BICYCLE I...THE RELATIONSHIP BETWEEN UNIVERSITY, LOCAL AUTHORITIES, ADVOCAY AND BICYCLE I...
THE RELATIONSHIP BETWEEN UNIVERSITY, LOCAL AUTHORITIES, ADVOCAY AND BICYCLE I...
José Carlos Mota
 
A cidade que temos! a cidade que queremos!
A cidade que temos! a cidade que queremos!A cidade que temos! a cidade que queremos!
A cidade que temos! a cidade que queremos!
José Carlos Mota
 
Dia Mundial do Urbanismo
Dia Mundial do UrbanismoDia Mundial do Urbanismo
Dia Mundial do Urbanismo
José Carlos Mota
 
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIESIMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
José Carlos Mota
 
PLANEAR CIDADES SAUDÁVEIS
PLANEAR CIDADES SAUDÁVEISPLANEAR CIDADES SAUDÁVEIS
PLANEAR CIDADES SAUDÁVEIS
José Carlos Mota
 
Planeamento do território: metodologias actores e participação - resumo de di...
Planeamento do território: metodologias actores e participação - resumo de di...Planeamento do território: metodologias actores e participação - resumo de di...
Planeamento do território: metodologias actores e participação - resumo de di...
José Carlos Mota
 
A PARTICIPAÇÃO DOS ACTORES NO INSTRUMENTO 'PARCERIAS PARA A REGENERAÇÃO URBA...
 A PARTICIPAÇÃO DOS ACTORES NO INSTRUMENTO 'PARCERIAS PARA A REGENERAÇÃO URBA... A PARTICIPAÇÃO DOS ACTORES NO INSTRUMENTO 'PARCERIAS PARA A REGENERAÇÃO URBA...
A PARTICIPAÇÃO DOS ACTORES NO INSTRUMENTO 'PARCERIAS PARA A REGENERAÇÃO URBA...
José Carlos Mota
 
Aveiro Salt Cluster
Aveiro Salt Cluster Aveiro Salt Cluster
Aveiro Salt Cluster
José Carlos Mota
 
O poder do poder local
O poder do poder local O poder do poder local
O poder do poder local
José Carlos Mota
 
CITY CIVIC MOVEMENTS IN AVEIRO – PROMOTE SMARTER DECISIONS FOR THE FUTURE OF ...
CITY CIVIC MOVEMENTS IN AVEIRO – PROMOTE SMARTER DECISIONS FOR THE FUTURE OF ...CITY CIVIC MOVEMENTS IN AVEIRO – PROMOTE SMARTER DECISIONS FOR THE FUTURE OF ...
CITY CIVIC MOVEMENTS IN AVEIRO – PROMOTE SMARTER DECISIONS FOR THE FUTURE OF ...
José Carlos Mota
 

Mais de José Carlos Mota (20)

E se o futuro for um regresso ao passado?
E se o futuro for um regresso ao passado?E se o futuro for um regresso ao passado?
E se o futuro for um regresso ao passado?
 
Em busca de uma solução para o Rossio – 5 temas de reflexão
Em busca de uma solução para o Rossio –  5 temas de reflexãoEm busca de uma solução para o Rossio –  5 temas de reflexão
Em busca de uma solução para o Rossio – 5 temas de reflexão
 
MENOR EM ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO
MENOR EM ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO MENOR EM ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO
MENOR EM ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO
 
Laboratórios Cívicos Urbanos - documento de trabalho
Laboratórios Cívicos Urbanos - documento de trabalhoLaboratórios Cívicos Urbanos - documento de trabalho
Laboratórios Cívicos Urbanos - documento de trabalho
 
Em Aveiro (tudo) é possível!
Em Aveiro (tudo) é possível!Em Aveiro (tudo) é possível!
Em Aveiro (tudo) é possível!
 
Vivó bairro 21 novembro 2016 conferência internacional urbanismo tatico
Vivó bairro 21 novembro 2016 conferência internacional urbanismo taticoVivó bairro 21 novembro 2016 conferência internacional urbanismo tatico
Vivó bairro 21 novembro 2016 conferência internacional urbanismo tatico
 
TURISMO E MOBILIDADE SUAVE Invtur call-for-sessions
TURISMO E MOBILIDADE SUAVE Invtur call-for-sessionsTURISMO E MOBILIDADE SUAVE Invtur call-for-sessions
TURISMO E MOBILIDADE SUAVE Invtur call-for-sessions
 
Os novos líderes urbanos
Os novos líderes urbanosOs novos líderes urbanos
Os novos líderes urbanos
 
Sete mitos mais um sobre a participação
Sete mitos mais um sobre a participaçãoSete mitos mais um sobre a participação
Sete mitos mais um sobre a participação
 
As redes sociais e a participação no planeamento das cidades
As redes sociais e a participação no planeamento das cidadesAs redes sociais e a participação no planeamento das cidades
As redes sociais e a participação no planeamento das cidades
 
THE RELATIONSHIP BETWEEN UNIVERSITY, LOCAL AUTHORITIES, ADVOCAY AND BICYCLE I...
THE RELATIONSHIP BETWEEN UNIVERSITY, LOCAL AUTHORITIES, ADVOCAY AND BICYCLE I...THE RELATIONSHIP BETWEEN UNIVERSITY, LOCAL AUTHORITIES, ADVOCAY AND BICYCLE I...
THE RELATIONSHIP BETWEEN UNIVERSITY, LOCAL AUTHORITIES, ADVOCAY AND BICYCLE I...
 
A cidade que temos! a cidade que queremos!
A cidade que temos! a cidade que queremos!A cidade que temos! a cidade que queremos!
A cidade que temos! a cidade que queremos!
 
Dia Mundial do Urbanismo
Dia Mundial do UrbanismoDia Mundial do Urbanismo
Dia Mundial do Urbanismo
 
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIESIMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
IMPROVING COLLECTIVE INTELLIGENCE TO PROMOTE BETTER CITIES
 
PLANEAR CIDADES SAUDÁVEIS
PLANEAR CIDADES SAUDÁVEISPLANEAR CIDADES SAUDÁVEIS
PLANEAR CIDADES SAUDÁVEIS
 
Planeamento do território: metodologias actores e participação - resumo de di...
Planeamento do território: metodologias actores e participação - resumo de di...Planeamento do território: metodologias actores e participação - resumo de di...
Planeamento do território: metodologias actores e participação - resumo de di...
 
A PARTICIPAÇÃO DOS ACTORES NO INSTRUMENTO 'PARCERIAS PARA A REGENERAÇÃO URBA...
 A PARTICIPAÇÃO DOS ACTORES NO INSTRUMENTO 'PARCERIAS PARA A REGENERAÇÃO URBA... A PARTICIPAÇÃO DOS ACTORES NO INSTRUMENTO 'PARCERIAS PARA A REGENERAÇÃO URBA...
A PARTICIPAÇÃO DOS ACTORES NO INSTRUMENTO 'PARCERIAS PARA A REGENERAÇÃO URBA...
 
Aveiro Salt Cluster
Aveiro Salt Cluster Aveiro Salt Cluster
Aveiro Salt Cluster
 
O poder do poder local
O poder do poder local O poder do poder local
O poder do poder local
 
CITY CIVIC MOVEMENTS IN AVEIRO – PROMOTE SMARTER DECISIONS FOR THE FUTURE OF ...
CITY CIVIC MOVEMENTS IN AVEIRO – PROMOTE SMARTER DECISIONS FOR THE FUTURE OF ...CITY CIVIC MOVEMENTS IN AVEIRO – PROMOTE SMARTER DECISIONS FOR THE FUTURE OF ...
CITY CIVIC MOVEMENTS IN AVEIRO – PROMOTE SMARTER DECISIONS FOR THE FUTURE OF ...
 

Cidades e regiões bike friendly apresentação-vf

  • 1. CIDADES E REGIÕES BIKE-FRIENDLY DE SEGUNDA GERAÇÃO DESAFIOS DO PERÍODO DE PROGRAMAÇÃO 2014-2020 JOSÉ CARLOS MOTA (jcmota@ua.pt) COORDENAÇÃO DA PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA E MOBILIDADE SUAVE - UNIVERSIDADE DE AVEIRO
  • 2. 1. BICICLETA NA REGIÃO DE AVEIRO • É na sub-região Baixo Vouga que mais pessoas andam regularmente de bicicleta – um valor oito vezes superior à média nacional – 3,9% contra 0,5%; 28% do total nacional - 8.640 pessoas (INE, 2011) • Murtosa 17% das deslocação são feitas em bicicleta (o concelho com maior valor relativo a nível nacional, equivalente à média nos países nórdicos); • Ílhavo, Aveiro, Estarreja, Ovar e Murtosa, com 2.160, 1.351, 996, 935 e 893 utilizadores da bicicleta (concelhos com o maior valor absoluto a nível nacional; elevado peso das deslocações de jovens (casa-escola); Vagos (609 – 4,7%); Águeda (528 – 1,9%); Anadia (488 – 3, 1%); Oliveira do Bairro (352 – 2,7%); • Mais de metade da população tem uma bicicleta em casa (535 bicicletas por mil habitantes), valor superior à taxa de motorização média dos concelhos - 502 veículos/1.000 habitantes.
  • 3. 2. BICICLETA EM PORTUGAL • Em 2012 venderam-se em Portugal mais bicicletas que automóveis (113.408 automóveis e 350.000 bicicletas); peso crescente das bicicletas de uso diário; • 30.000 bicicletas (de uso regular) para 4 milhões de automóveis; • Indústria portuguesa está no TOP 5 europeu da produção de acessórios e componentes de bicicletas e no TOP 7 europeu da produção de bicicletas; uma parte significativa dessa produção industrial está na região de Aveiro; sector avaliado em 200 milhões de euros (exportações); • Emergente conjunto de actividades comércio e serviços (pequenas e micro-empresas e organizações) distribuído por todo o país (cujo valor para o PIB se desconhece);
  • 4. 3. BICICLETA– DESAFIOS 2014-2020 NACIONAL • Plano de Promoção da Bicicleta e Outros Modos Suaves 2013-2020 concluído recentemente pelo IMT • A mobilidade sustentável estar identificada no Acordo de Parceria 2014-2020 como um dos temas estratégicos (promoção da mobilidade ecológica e com baixa emissão de carbono); • Aposta na economia verde (Coligação para o Crescimento Verde) REGIÃO DE AVEIRO • Região está comprometida com a melhoria das ciclovias e incentivar o uso da bicicleta em viagens diárias (PIMTRA, 2014); • A CIRA coloca a aposta na promoção do Cluster da bicicleta e da mobilidade sustentável como uma das prioridades para o período 2014-2020;
  • 5. 4. CIDADES E REGIÕES BIKE-FRIENDLY DE SEGUNDA GERAÇÃO 2.º GERAÇÃO CIDADES E REGIÕES BIKE-FRIENDLY PRODUÇÃO DE BICICLETAS MICRO-LOGÍSTICA CICLÁVEL (CARGO-BIKES) TURISMO E LAZER CICLÁVEL ESPAÇO PÚBLICO AMIGO DOS MODOS SUAVES PRODUÇÃO DE ACESSÓRIOS NEGÓCIOS URBANOS BIKE-FRIENDLY ACTIVIDADE FÍSICA EM BICICLETA (BTT, PISTA) MOBILIÁRIO URBANO PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS (TICE E ARTES) PRODUÇÃO DE TECNOLOGIAS PARA BICICLETAS ELÉCTRICAS ALUGUER DE BICICLETAS (TURISMO, LAZER) VIDA URBANA (EVENTOS E QUOTIDIANA) ESTÍMULO À INVESTIGAÇÃO (EXPLORATÓRIA) – BICICLETA, MOBILIDADE, CIDADES, ECONOMIA (VERDE) ESTÍMULO À GERAÇÃO DE IDEIAS COLECTIVAS (NEGÓCIOS & UTILIDADES COMUNS) E AO ENVOLVIMENTO CÍVICO ESTÍMULO À PROMOÇÃO DO EMPREENDEDORISMO – DESIGN, MATERIAIS, ENERGIA, SAÚDE, TURISMO, CONSTRUÇÃO COLECTIVA – ACTORES PÚBLICOS, EMPRESÁRIOS, INVESTIGADORES E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE CIVIL 1.º GERAÇÃO CIDADES E REGIÕES BIKE-FRIENDLY INFRA-ESTRUTURAÇÃO SINALÉTICA VENDA DE BICICLETAS SENSIBILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO SISTEMAS COLECTIVOS DE BICICLETAS Da promoção do uso da bicicleta através da construção de infra-estruturas e de sensibilização de utilizadores. -> Território amigo da I&D, geração de ideias colectivas, da criação de novos produtos e serviços ligados à bicicleta e à mobilidade em bicicleta baseados no conhecimento; As cidades, o espaço público, a vida urbana e os modos suaves (bicicleta) como causa colectiva;
  • 6. 5. OS DESAFIOS DAS REGIÃO BIKE-FRIENDLY DE SEGUNDA GERAÇÃO NO PERÍODO 2014- 2020 – A REGIÃO DE AVEIRO «Promoção do uso de modos suaves de mobilidade, com especialização e complementaridade territorial, em particular através do desenvolvimento do cluster da bicicleta, articulando o sector produtivo, o design, o conhecimento e a tecnologia, e a atividade comercial, com impactos na mobilidade sustentável, na atividade desportiva e de bem-estar, no sector do turismo e, em particular, no da mobilidade urbana e interurbana»
  • 7. 5. (…) PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA E MOBILIDADE SUAVE
  • 8. 5. (…) INFRA-ESTRUTURAS/ BICICLETAS COLECTIVAS
  • 9. BICICLETAS COLECTIVAS DE NOVA GERAÇÃO with the contribution of Portuguese BikeEmotion (a consorsium of three enterprises from Aveiro - Micro I/O, an electronic products & solutions R&D company; Ponto C, an IT platform developer; Ubiwhere, an R&D software company; and the University of Aveiro) 5. (…)
  • 10. 5. (…) ESPAÇO PÚBLICO / MOBILIÁRIO URBANO
  • 12. 5. (…) SENSIBILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO (MAIS NOVOS)
  • 13. EQUIPAMENTOS/EVENTOS PRÁTICA DESPORTIVA EM BICICLETA (CICLISMO EM PISTA/BTT) VELÓDROMO / CENTRO DE ALTO RENDIMENTO DE ANADIA 5. (…)
  • 14. 5. (…) PRODUÇÃO DE BICICLETAS (DE AUTOR/INDUSTRIAL)
  • 15. 5. (…) PRODUÇÃO DE COMPONENTES / CERTIFICAÇÃO
  • 16. 5. (…) PRODUÇÃO DE ACESSÓRIOS (DE AUTOR)
  • 17. 5. (…) MICRO-LOGÍSTICA URBANA EM BICICLETA
  • 18. 5. OS DESAFIOS DAS REGIÃO BIKE-FRIENDLY DE SEGUNDA GERAÇÃO NO PERÍODO 2014-2020 – A REGIÃO DE AVEIRO COMO TIRAR PARTIDO DESTE NOTÁVEL CONJUNTO DE INGREDIENTES NUMA REGIÃO ONDE «TUDO GIRA À VOLTA DAS RODAS QUE GIRAM»? COMO MOBILIZAR ACTORES PÚBLICOS, EMPRESÁRIOS, INVESTIGADORES E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE CIVIL EM TORNO DESTA CAUSA?
  • 19. PLATAFORMA TECNOLÓGICA DA BICICLETA E MOBILIDADE SUAVE «Apoiar a criação de condições favoráveis ao uso da bicicleta e à promoção dos modos suaves de deslocação na região de Aveiro e em Portugal como modo de propiciar uma melhoria do ambiente e da mobilidade, da economia, da qualificação do território e da vida das pessoas e comunidades» http://www.ua.pt/ptbicicleta/ https://www.facebook.com/ptbicicleta ptbicicleta@ua.pt