SlideShare uma empresa Scribd logo
biologiA 2 – volume 4

Gabarito – Volume 4

gAbArito

reSpirAtório

01. Resposta B.
No processo inspiratório ocorre contração do diafragma, com aumento do volume torácico e diminuição da pressão interna.
02. Resposta A.
Na ilustração 1 observamos a respiração cutânea, sem
vascularização dos tecidos, o que torna o processo típico de alguns grupos de invertebrados apenas.
A hematose ocorre nos alvéolos pulmonares (8), e
não nos brônquios (6).
04. Resposta C.

•
•
•
•

A presença excessiva de sais, no sangue, acarreta
a desidratação dos tecidos e aumento do volume
(água) do sangue.

Durante a expiração, o volume torácico diminui
e a pressão interna se torna maior que a pressão
atmosférica.

eXcretor

01. Resposta B.
cápsula renal ou de Bowman.
túbulo proximal.
alça renal ou de Henle.
túbulo distal.
ducto coletor.

1

04. Resposta D.

•

A região I corresponde ao glomérulo renal ou de
Malpighi.
A região II corresponde à capsula renal ou de
Bowman.
A região III corresponde ao início do túbulo proximal.

05. Resposta A.
A sequência correta é: cápsula de Bowman – túbulo
proximal – alça de Henle – túbulo distal, até desembocar no ducto coletor.

AulA 18 – SiStemA

nervoSo

01. Resposta D.

05. Resposta D.

1=
2=
3=
4=
5=

03. Resposta E.

•

A anêmona-do-mar (celenterado) apresenta
respiração por difusão.
O ouriço-do-mar (esquinodermo) apresenta respiração branquial.
O siri (artrópode/crustáceo) apresenta respiração branquial.
As gaivotas (aves) apresentam respiração pulmonar.
As baratas (artrópodes/insetos) apresentam respiração traqueal.

AulA 17 – SiStemA

Quando a volemia (volume de água no sangue)
aumenta, a liberação de ADH (pela neuro-hipófise)
diminui, o que reduz a reabsorção de água nos túbulos renais (néfron).

•

03. Resposta D.

•

02. Resposta A.

•

•

No interior da coluna vertebral está a medula
espinhal ou raquidiana, cuja lesão pode levar à
paralisia;
O colar cervical evita lesões no SNC e no SNP
.

02. Resposta C.
•
•
•
•

O cérebro é responsável pelo controle das
emoções, percepção sensorial e controle motor;
O bulbo controla a respiração, digestão e batimentos cardíacos;
O cerebelo controla o equilíbrio e o tônus
muscular;
A ponte liga os hemisférios cerebrais ao
cerebelo.

biologia 2

AulA 16 – SiStemA
Gabarito – Volume 4
03.	 Resposta B.
	

1 é o neurônio sensitivo (aferente), 2 é a sinapse e 3
é o neurônio motor (eferente).

•	 Os hormônios gonadotróficos são produzidos
pela hipófise anterior.
04.	 Resposta E.

04.	 Resposta D.
	

São as partes de um neurônio: I é o corpo celular
(pericário), II é o axônio (cilindro-eixo do neurônio)
e III corresponde aos dendritos.

05.	 Resposta C.
	

•	 A menstruação ocorre quando os níveis de estrógeno e progesterona caem;
•	 A ovulação ocorre no dia de maior concentração de LH.

A ilustração mostra a região onde ocorre a sinapse,
com a liberação dos neuromediadores químicos.

Aula 19 – Sistema

05.	 Resposta B.
	

endócrino

Aula 21 – Índice de
Desenvolvimento Humano
(IDH) e Aspectos

01.	 Resposta A.
	

A insulina é um hormônio produzido no lado endócrino do pâncreas, e que diminui os níveis de glicose
no sangue (hipoglicemiante).

02.	 Resposta E.

2

	

O paratormônio é um hormônio que aumenta os
níveis de cálcio sanguíneo (hipercalcemiante), e é
liberado quando o cálcio no sangue está baixo.

biologia 2

	

biológicos da pobreza
01.	 Resposta D.
	

03.	 Resposta A.
As reações descritas no texto são compatíveis com a
ação da adrenalina no nosso corpo.

04.	 Resposta A.
	

A glândula 1 é a hipófise, a 2 é a tireoide, a 3 é o
pâncreas e a 4 é a suprarrenal.

	

De acordo com o gráfico, o IDH do Brasil relativo à
saúde (um pouco acima de 0,75), é maior do que o
IDH saúde do mundo (0,7), e é menor do que o IDH
saúde da América Latina (quase 0,8) e dos países
ricos (0,9).

02.	 Resposta A.
	

05.	 Resposta B.

A vasectomia não interfere na produção hormonal, pois é um método físico, ou seja, impedindo a
passagem dos espermatozoides dos testículos até
o pênis.

A testosterona é responsável pelo surgimento dos
caracteres sexuais secundários do homem.

Observando o gráfico, por volta do ano de 2030,
in­ ependente do IDH, a principal causa de mortali­
d
dade corresponde às enfermidades cardiovasculares.

03.	 Resposta E.

Aula 20 – Sistema

reprodutor

	

01.	 Resposta B.
	

O caminho percorrido por um espermatozoide até o
momento da fecundação é: testículo – epidídimo –
duto deferente – duto ejaculatório – uretra – vagina
– útero – trompa de Falópio (tuba uterina).

02.	 Resposta C.

04.	 Resposta B.
	

•	 Cada espermatócito I origina 4 espermatozoides
(80 × 4 = 320);
•	 Cada espermátide origina 1 espermatozoide.
03.	 Resposta A.
•	 Os espermatozoides são produzidos nos túbulos
seminíferos e armazenados no epidídimo;
•	 A testosterona é produzida pelas células intersticiais dos testículos;

Podemos observar no gráfico correspondente a países de IDH médio e baixo, que entre 2004 e 2030,
houve um declínio nas mortes por enfermidades de
natureza infecciosa, provavelmente devido às melhorias nos serviços de saúde e nas condições sanitárias da população.

Pelo gráfico, na faixa etária entre 15 e 29 anos, pelo
menos 50% das mortes ocorrem por agressões (M1
= 45%) e por causas externas de intenção indeterminada (M3 = 5%).

05.	 Resposta B.
	

As doenças infectoparasitárias, no período considerado (1930 a 2002), caíram de 45,6% para 4,6%
como causas de morte, devido a um melhor saneamento básico, uso de vacinas e de antibióticos.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Sistema Tegumentar - HPV
Sistema Tegumentar - HPVSistema Tegumentar - HPV
Sistema Tegumentar - HPV
Fabiano Da Ventura
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentar
Gracieli Henicka
 
Prova sme 8º ano - 4º bim - 2010
Prova sme 8º ano - 4º bim - 2010Prova sme 8º ano - 4º bim - 2010
Prova sme 8º ano - 4º bim - 2010
Leonardo Kaplan
 
Exercicios Sistema Respiratório - 8º ano
Exercicios Sistema Respiratório - 8º anoExercicios Sistema Respiratório - 8º ano
Exercicios Sistema Respiratório - 8º ano
Patrícia Costa Grigório
 
Sistema Tegumentar tati senac-ma
Sistema Tegumentar tati senac-ma Sistema Tegumentar tati senac-ma
Sistema Tegumentar tati senac-ma
Anne Ribeiro
 
Pele e anexos
Pele e anexosPele e anexos
Pele e anexos
kassiel
 
Aula: Pele, Glândulas, Pelos e Unhas
Aula: Pele, Glândulas, Pelos e UnhasAula: Pele, Glândulas, Pelos e Unhas
Aula: Pele, Glândulas, Pelos e Unhas
Herbert Cristian de Souza
 
A Pele (2010)
A Pele (2010)A Pele (2010)
A Pele (2010)
markpt
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentar
Nathanael Amparo
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
Isa ...
 
Ficha de revisões sist respiratório
Ficha de revisões sist  respiratórioFicha de revisões sist  respiratório
Ficha de revisões sist respiratório
Cristina Jesus
 
Sistema Tegumentar
Sistema TegumentarSistema Tegumentar
Sistema Tegumentar
psicologiaisecensa
 
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Julia Berardo
 
Aula 03 anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - pele e anexos
Aula 03   anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - pele e anexosAula 03   anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - pele e anexos
Aula 03 anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - pele e anexos
Hamilton Nobrega
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentar
Marcos Anicio
 
Monitoria – Lâminas Histológicas 03
Monitoria – Lâminas Histológicas 03Monitoria – Lâminas Histológicas 03
Monitoria – Lâminas Histológicas 03
Luciano
 
8700358 ficha-de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6-ano-sistema-respirato...
8700358 ficha-de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6-ano-sistema-respirato...8700358 ficha-de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6-ano-sistema-respirato...
8700358 ficha-de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6-ano-sistema-respirato...
Alda Lima
 
O sistema digestivo do homem
O sistema digestivo do homemO sistema digestivo do homem
O sistema digestivo do homem
Agrupamento de Escolas de Mortágua
 
Ficha orientacao de estudo sistema digestivo humano
Ficha orientacao de estudo sistema digestivo humanoFicha orientacao de estudo sistema digestivo humano
Ficha orientacao de estudo sistema digestivo humano
OI Tavares
 
GuíA Sistema Respiratorio
GuíA Sistema RespiratorioGuíA Sistema Respiratorio
GuíA Sistema Respiratorio
guest9a7c73a7
 

Destaque (20)

Sistema Tegumentar - HPV
Sistema Tegumentar - HPVSistema Tegumentar - HPV
Sistema Tegumentar - HPV
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentar
 
Prova sme 8º ano - 4º bim - 2010
Prova sme 8º ano - 4º bim - 2010Prova sme 8º ano - 4º bim - 2010
Prova sme 8º ano - 4º bim - 2010
 
Exercicios Sistema Respiratório - 8º ano
Exercicios Sistema Respiratório - 8º anoExercicios Sistema Respiratório - 8º ano
Exercicios Sistema Respiratório - 8º ano
 
Sistema Tegumentar tati senac-ma
Sistema Tegumentar tati senac-ma Sistema Tegumentar tati senac-ma
Sistema Tegumentar tati senac-ma
 
Pele e anexos
Pele e anexosPele e anexos
Pele e anexos
 
Aula: Pele, Glândulas, Pelos e Unhas
Aula: Pele, Glândulas, Pelos e UnhasAula: Pele, Glândulas, Pelos e Unhas
Aula: Pele, Glândulas, Pelos e Unhas
 
A Pele (2010)
A Pele (2010)A Pele (2010)
A Pele (2010)
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentar
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
 
Ficha de revisões sist respiratório
Ficha de revisões sist  respiratórioFicha de revisões sist  respiratório
Ficha de revisões sist respiratório
 
Sistema Tegumentar
Sistema TegumentarSistema Tegumentar
Sistema Tegumentar
 
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
 
Aula 03 anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - pele e anexos
Aula 03   anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - pele e anexosAula 03   anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - pele e anexos
Aula 03 anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - pele e anexos
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentar
 
Monitoria – Lâminas Histológicas 03
Monitoria – Lâminas Histológicas 03Monitoria – Lâminas Histológicas 03
Monitoria – Lâminas Histológicas 03
 
8700358 ficha-de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6-ano-sistema-respirato...
8700358 ficha-de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6-ano-sistema-respirato...8700358 ficha-de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6-ano-sistema-respirato...
8700358 ficha-de-avaliacao-de-ciencias-da-natureza-do-6-ano-sistema-respirato...
 
O sistema digestivo do homem
O sistema digestivo do homemO sistema digestivo do homem
O sistema digestivo do homem
 
Ficha orientacao de estudo sistema digestivo humano
Ficha orientacao de estudo sistema digestivo humanoFicha orientacao de estudo sistema digestivo humano
Ficha orientacao de estudo sistema digestivo humano
 
GuíA Sistema Respiratorio
GuíA Sistema RespiratorioGuíA Sistema Respiratorio
GuíA Sistema Respiratorio
 

Semelhante a biol 2

Gabarito caderno 4 - Curso manhã
Gabarito caderno 4 - Curso manhãGabarito caderno 4 - Curso manhã
Gabarito caderno 4 - Curso manhã
James Martins
 
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadasLista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
James Martins
 
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
AmaroAlmeidaChimbala
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Filomena Tome
 
TesteBio12_Reprod_2022.pdf
TesteBio12_Reprod_2022.pdfTesteBio12_Reprod_2022.pdf
TesteBio12_Reprod_2022.pdf
InesFragateiro1
 
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martinsLista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
James Martins
 
QUIZ DE ANATOMIA_092413.pdf
QUIZ DE ANATOMIA_092413.pdfQUIZ DE ANATOMIA_092413.pdf
QUIZ DE ANATOMIA_092413.pdf
GabiSena4
 
Sistema Endócrino
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
Sistema Endócrino
Pâmela Aguiar
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Arlindo Sousa
 
C nat 9ano-diversos-fichas
C nat 9ano-diversos-fichasC nat 9ano-diversos-fichas
C nat 9ano-diversos-fichas
Sandra Gonçalves
 
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
James Martins
 
Treinamento gametogênese
Treinamento gametogêneseTreinamento gametogênese
Treinamento gametogênese
emanuel
 
Deficiência do crescer infantil juvenil por comprometimento de hormônios hipo...
Deficiência do crescer infantil juvenil por comprometimento de hormônios hipo...Deficiência do crescer infantil juvenil por comprometimento de hormônios hipo...
Deficiência do crescer infantil juvenil por comprometimento de hormônios hipo...
Van Der Häägen Brazil
 
Ques. farmacologia fármacos que atuam no sistema respiratório
Ques. farmacologia   fármacos que atuam no sistema respiratórioQues. farmacologia   fármacos que atuam no sistema respiratório
Ques. farmacologia fármacos que atuam no sistema respiratório
Cleo Lima
 
DEFICIÊNCIA DO CRESCER POR COMPROMETIMENTO DE HORMÔNIOS HIPOFISÁRIOS ASSOCIADOS
DEFICIÊNCIA DO CRESCER POR COMPROMETIMENTO DE HORMÔNIOS HIPOFISÁRIOS ASSOCIADOSDEFICIÊNCIA DO CRESCER POR COMPROMETIMENTO DE HORMÔNIOS HIPOFISÁRIOS ASSOCIADOS
DEFICIÊNCIA DO CRESCER POR COMPROMETIMENTO DE HORMÔNIOS HIPOFISÁRIOS ASSOCIADOS
Van Der Häägen Brazil
 
8ºano respiratório e sensorial
8ºano respiratório e sensorial8ºano respiratório e sensorial
8ºano respiratório e sensorial
Secretaria Municipal da Educação RJ
 
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
James Martins
 
Gerenciar o crescer linear para resultados melhores em criança, adolescente
Gerenciar o crescer linear para resultados melhores em criança, adolescenteGerenciar o crescer linear para resultados melhores em criança, adolescente
Gerenciar o crescer linear para resultados melhores em criança, adolescente
Van Der Häägen Brazil
 
Uni teste 8º ano pronto
Uni teste 8º ano prontoUni teste 8º ano pronto
Uni teste 8º ano pronto
Dayse Raquel
 
Sistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptxSistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptx
RodrigoShayd1
 

Semelhante a biol 2 (20)

Gabarito caderno 4 - Curso manhã
Gabarito caderno 4 - Curso manhãGabarito caderno 4 - Curso manhã
Gabarito caderno 4 - Curso manhã
 
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadasLista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
Lista de exercícios - 3º bim - 3º ano - prof james - com respostas esperadas
 
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
 
TesteBio12_Reprod_2022.pdf
TesteBio12_Reprod_2022.pdfTesteBio12_Reprod_2022.pdf
TesteBio12_Reprod_2022.pdf
 
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martinsLista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
Lista bio 2 ano 4 bim 2017 com gabarito - prof james martins
 
QUIZ DE ANATOMIA_092413.pdf
QUIZ DE ANATOMIA_092413.pdfQUIZ DE ANATOMIA_092413.pdf
QUIZ DE ANATOMIA_092413.pdf
 
Sistema Endócrino
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
Sistema Endócrino
 
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
Fichas de-trabalho-diversas-9-cap1112
 
C nat 9ano-diversos-fichas
C nat 9ano-diversos-fichasC nat 9ano-diversos-fichas
C nat 9ano-diversos-fichas
 
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-bio 2º ano -4º-bim-2017
 
Treinamento gametogênese
Treinamento gametogêneseTreinamento gametogênese
Treinamento gametogênese
 
Deficiência do crescer infantil juvenil por comprometimento de hormônios hipo...
Deficiência do crescer infantil juvenil por comprometimento de hormônios hipo...Deficiência do crescer infantil juvenil por comprometimento de hormônios hipo...
Deficiência do crescer infantil juvenil por comprometimento de hormônios hipo...
 
Ques. farmacologia fármacos que atuam no sistema respiratório
Ques. farmacologia   fármacos que atuam no sistema respiratórioQues. farmacologia   fármacos que atuam no sistema respiratório
Ques. farmacologia fármacos que atuam no sistema respiratório
 
DEFICIÊNCIA DO CRESCER POR COMPROMETIMENTO DE HORMÔNIOS HIPOFISÁRIOS ASSOCIADOS
DEFICIÊNCIA DO CRESCER POR COMPROMETIMENTO DE HORMÔNIOS HIPOFISÁRIOS ASSOCIADOSDEFICIÊNCIA DO CRESCER POR COMPROMETIMENTO DE HORMÔNIOS HIPOFISÁRIOS ASSOCIADOS
DEFICIÊNCIA DO CRESCER POR COMPROMETIMENTO DE HORMÔNIOS HIPOFISÁRIOS ASSOCIADOS
 
8ºano respiratório e sensorial
8ºano respiratório e sensorial8ºano respiratório e sensorial
8ºano respiratório e sensorial
 
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios- 2º ano - bio-4º-bim-2016
 
Gerenciar o crescer linear para resultados melhores em criança, adolescente
Gerenciar o crescer linear para resultados melhores em criança, adolescenteGerenciar o crescer linear para resultados melhores em criança, adolescente
Gerenciar o crescer linear para resultados melhores em criança, adolescente
 
Uni teste 8º ano pronto
Uni teste 8º ano prontoUni teste 8º ano pronto
Uni teste 8º ano pronto
 
Sistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptxSistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptx
 

Mais de Denisplay

quim 2
quim 2quim 2
quim 2
Denisplay
 
quim 1
quim 1quim 1
quim 1
Denisplay
 
port 2
port 2port 2
port 2
Denisplay
 
mate 4
mate 4mate 4
mate 4
Denisplay
 
mate 3
mate 3mate 3
mate 3
Denisplay
 
mate 2
mate 2 mate 2
mate 2
Denisplay
 
mate 1
mate 1mate 1
mate 1
Denisplay
 
literatura
literaturaliteratura
literatura
Denisplay
 
inglês
inglêsinglês
inglês
Denisplay
 
hist 3
hist 3hist 3
hist 3
Denisplay
 
hist 2
hist 2hist 2
hist 2
Denisplay
 
hist 1
hist 1hist 1
hist 1
Denisplay
 
geog 2
 geog 2  geog 2
geog 2
Denisplay
 
geog 1
geog 1geog 1
geog 1
Denisplay
 
fisi 4
fisi 4 fisi 4
fisi 4
Denisplay
 
fisi 3
fisi 3 fisi 3
fisi 3
Denisplay
 
fisi 2
 fisi 2 fisi 2
fisi 2
Denisplay
 
fisi 1
fisi 1 fisi 1
fisi 1
Denisplay
 
espanhol
espanhol espanhol
espanhol
Denisplay
 
bio 4
bio 4 bio 4
bio 4
Denisplay
 

Mais de Denisplay (20)

quim 2
quim 2quim 2
quim 2
 
quim 1
quim 1quim 1
quim 1
 
port 2
port 2port 2
port 2
 
mate 4
mate 4mate 4
mate 4
 
mate 3
mate 3mate 3
mate 3
 
mate 2
mate 2 mate 2
mate 2
 
mate 1
mate 1mate 1
mate 1
 
literatura
literaturaliteratura
literatura
 
inglês
inglêsinglês
inglês
 
hist 3
hist 3hist 3
hist 3
 
hist 2
hist 2hist 2
hist 2
 
hist 1
hist 1hist 1
hist 1
 
geog 2
 geog 2  geog 2
geog 2
 
geog 1
geog 1geog 1
geog 1
 
fisi 4
fisi 4 fisi 4
fisi 4
 
fisi 3
fisi 3 fisi 3
fisi 3
 
fisi 2
 fisi 2 fisi 2
fisi 2
 
fisi 1
fisi 1 fisi 1
fisi 1
 
espanhol
espanhol espanhol
espanhol
 
bio 4
bio 4 bio 4
bio 4
 

biol 2

  • 1. biologiA 2 – volume 4 Gabarito – Volume 4 gAbArito reSpirAtório 01. Resposta B. No processo inspiratório ocorre contração do diafragma, com aumento do volume torácico e diminuição da pressão interna. 02. Resposta A. Na ilustração 1 observamos a respiração cutânea, sem vascularização dos tecidos, o que torna o processo típico de alguns grupos de invertebrados apenas. A hematose ocorre nos alvéolos pulmonares (8), e não nos brônquios (6). 04. Resposta C. • • • • A presença excessiva de sais, no sangue, acarreta a desidratação dos tecidos e aumento do volume (água) do sangue. Durante a expiração, o volume torácico diminui e a pressão interna se torna maior que a pressão atmosférica. eXcretor 01. Resposta B. cápsula renal ou de Bowman. túbulo proximal. alça renal ou de Henle. túbulo distal. ducto coletor. 1 04. Resposta D. • A região I corresponde ao glomérulo renal ou de Malpighi. A região II corresponde à capsula renal ou de Bowman. A região III corresponde ao início do túbulo proximal. 05. Resposta A. A sequência correta é: cápsula de Bowman – túbulo proximal – alça de Henle – túbulo distal, até desembocar no ducto coletor. AulA 18 – SiStemA nervoSo 01. Resposta D. 05. Resposta D. 1= 2= 3= 4= 5= 03. Resposta E. • A anêmona-do-mar (celenterado) apresenta respiração por difusão. O ouriço-do-mar (esquinodermo) apresenta respiração branquial. O siri (artrópode/crustáceo) apresenta respiração branquial. As gaivotas (aves) apresentam respiração pulmonar. As baratas (artrópodes/insetos) apresentam respiração traqueal. AulA 17 – SiStemA Quando a volemia (volume de água no sangue) aumenta, a liberação de ADH (pela neuro-hipófise) diminui, o que reduz a reabsorção de água nos túbulos renais (néfron). • 03. Resposta D. • 02. Resposta A. • • No interior da coluna vertebral está a medula espinhal ou raquidiana, cuja lesão pode levar à paralisia; O colar cervical evita lesões no SNC e no SNP . 02. Resposta C. • • • • O cérebro é responsável pelo controle das emoções, percepção sensorial e controle motor; O bulbo controla a respiração, digestão e batimentos cardíacos; O cerebelo controla o equilíbrio e o tônus muscular; A ponte liga os hemisférios cerebrais ao cerebelo. biologia 2 AulA 16 – SiStemA
  • 2. Gabarito – Volume 4 03. Resposta B. 1 é o neurônio sensitivo (aferente), 2 é a sinapse e 3 é o neurônio motor (eferente). • Os hormônios gonadotróficos são produzidos pela hipófise anterior. 04. Resposta E. 04. Resposta D. São as partes de um neurônio: I é o corpo celular (pericário), II é o axônio (cilindro-eixo do neurônio) e III corresponde aos dendritos. 05. Resposta C. • A menstruação ocorre quando os níveis de estrógeno e progesterona caem; • A ovulação ocorre no dia de maior concentração de LH. A ilustração mostra a região onde ocorre a sinapse, com a liberação dos neuromediadores químicos. Aula 19 – Sistema 05. Resposta B. endócrino Aula 21 – Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e Aspectos 01. Resposta A. A insulina é um hormônio produzido no lado endócrino do pâncreas, e que diminui os níveis de glicose no sangue (hipoglicemiante). 02. Resposta E. 2 O paratormônio é um hormônio que aumenta os níveis de cálcio sanguíneo (hipercalcemiante), e é liberado quando o cálcio no sangue está baixo. biologia 2 biológicos da pobreza 01. Resposta D. 03. Resposta A. As reações descritas no texto são compatíveis com a ação da adrenalina no nosso corpo. 04. Resposta A. A glândula 1 é a hipófise, a 2 é a tireoide, a 3 é o pâncreas e a 4 é a suprarrenal. De acordo com o gráfico, o IDH do Brasil relativo à saúde (um pouco acima de 0,75), é maior do que o IDH saúde do mundo (0,7), e é menor do que o IDH saúde da América Latina (quase 0,8) e dos países ricos (0,9). 02. Resposta A. 05. Resposta B. A vasectomia não interfere na produção hormonal, pois é um método físico, ou seja, impedindo a passagem dos espermatozoides dos testículos até o pênis. A testosterona é responsável pelo surgimento dos caracteres sexuais secundários do homem. Observando o gráfico, por volta do ano de 2030, in­ ependente do IDH, a principal causa de mortali­ d dade corresponde às enfermidades cardiovasculares. 03. Resposta E. Aula 20 – Sistema reprodutor 01. Resposta B. O caminho percorrido por um espermatozoide até o momento da fecundação é: testículo – epidídimo – duto deferente – duto ejaculatório – uretra – vagina – útero – trompa de Falópio (tuba uterina). 02. Resposta C. 04. Resposta B. • Cada espermatócito I origina 4 espermatozoides (80 × 4 = 320); • Cada espermátide origina 1 espermatozoide. 03. Resposta A. • Os espermatozoides são produzidos nos túbulos seminíferos e armazenados no epidídimo; • A testosterona é produzida pelas células intersticiais dos testículos; Podemos observar no gráfico correspondente a países de IDH médio e baixo, que entre 2004 e 2030, houve um declínio nas mortes por enfermidades de natureza infecciosa, provavelmente devido às melhorias nos serviços de saúde e nas condições sanitárias da população. Pelo gráfico, na faixa etária entre 15 e 29 anos, pelo menos 50% das mortes ocorrem por agressões (M1 = 45%) e por causas externas de intenção indeterminada (M3 = 5%). 05. Resposta B. As doenças infectoparasitárias, no período considerado (1930 a 2002), caíram de 45,6% para 4,6% como causas de morte, devido a um melhor saneamento básico, uso de vacinas e de antibióticos.