SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
SISTEMA TEGUMENTÁRIO
                                           (Pele e seus anexos)
I – INTRODUÇÃO:
      1. Generalidades:
     É o maior órgão do corpo humano e um importante meio de defesa do organismo. No adulto, chega a medir
         2
     2m .
     2. Conceito:
     É um conjunto de órgãos que revestem e protegem a superfíci e do corpo.
     3. Constituição:
          3.1 – Pele:
          3.2 – Anexos da pele:
                 3.2.1   – Pêlos.
                 3.2.2   – Unhas.
                 3.2.3   – Glândulas sebáceas.
                 3.2.4   – Glândulas sudoríparas.
                 3.2.5   – Glândulas mamárias (mamas).




II – ESTUDO DA PELE:
      1. Conceito:
     É o órgão que reveste o co rpo externamente.
     2. Estrutura:
          2.1 – Epiderme:
           É a camada externa da pele, formada por um epitélio constituído por camadas ou estratos.
           2.2 – Derme:
           É a camada interna da pele, formada por tecido conjuntivo rico em fibras, onde se concentram os
           vasos sanguíneos e as terminações nervosas responsáveis pela sensação de tato, pressão, dor e
           temperatura.
     3. Hipoderme (tela subcutânea):
     É a camada de tecido conjuntivo frouxo (fibras e gordura) onde a pele se apóia.
     4. Espessura:
          4.1 – Pele fina:
           Está presente nas regiões ventrais do corpo e nas áreas flexoras das articulações.
           4.2 – Pele grossa:
           Está presente geralmente nas regiões dorsais, nas áreas extensoras das articulações e nas regiões
           onde ocorre atrito .
5. Elasticidade:
A elasticidade da pele é diferente nas diversas regiões do corpo. Geralmente ela é mais elástica nas regiões
de pele fina e nos jovens.




6. Extensão:
De acordo com as proporções corpóreas, as crianças apresentam maior quantidade de pele que os adultos.

7. Coloração:
A coloração da pele está relacionada com a pigmentação (melanina e caroteno) ou vascularização
sangüínea.




8. Particularidades da superfície:
     8.1 – Linhas de força.
     8.2 – Sulcos papilares.
     8.3 – Cristas papilares.
     8.4 – Linhas papilares (impressões dig itais).
8.5 – Sulcos de movimentos:
         8.5.1 – Por articulações.
         8.5.2 – Por músculos.




    8.6 – Sulcos de estrutura.




9. Funções:
     9.1 – Proteção.
     9.2 – Perspiração.
     9.3 – Termorregulação.
     9.4 – Sensibilidades gerai s.
     9.5 – Produção de Vitamina D.
     9.6 – Excreção.
III – ESTUDO DOS ANEXOS DA PELE:
       1. Pêlos:
            1.1 – Conceito:
        Os pêlos são modificações da epiderme, em forma de haste, distribuídos pela superfície do corpo   .
        1.2 – Lanugem:
        São os primeiros pêlos encontrados na superfície do corpo dos recém-nascidos.
        1.3 – Partes do pêlo:
              1.3.1 – Raiz: é a parte do pêlo que fica mergulhada dentro da pele.
              1.3.2 – Haste: é a parte livre do pêlo encontrada na superfície.




        1.4- Distribuição no corpo:
              1.4.1 – Áreas glabas: são áreas isentas de pêlo.
              1.4.2 – Vórtices pilosos: áreas concêntricas, distribuídas na superfície da pele, que orientam o
              crescimento dos pêlos.
        1.5 - Denominações especiais:
              1.5.1 – Hircos (pêlo das axilas).
              1.5.2 – Vibrissas (pêlo das narinas).
              1.5.3 – Púbios (pêlos da região pubiana).
              1.5.4 – Trágios (pêlos do meato acústico externo – orelha).
              1.5.5 – Barba (pêlos da face).
              1.5.6 – Bigode (pêlos do lábio superior).
              1.5.7 – Cílios (pêlos das bordas livres das pálpebras).
              1.5.8 – Sobrancelhas (pêlos dos supercílios).
              1.5.9 – Cabelos (pêlos da cabeça).
1.6 – Músculos eretores dos pêlos:
   Músculo liso que movimenta a raiz dos pêlos, tornando -os eretos.




2. GLÂNDULAS SUDORÍPARAS:
     2.1 – Conceito:
   São glândulas produtoras de suor. Importantes nas funções de excreção e controle da temperatura
   da pele. Possuem um ducto próprio para excreção.
   2.2 – Distribuição no corpo:
   Estão espalhadas em todo corpo, porém são mais numerosas nas palmas das mãos e plantas dos
   pés.
   2.3 – Glândulas sudoríparas modificadas:
         2.3.1 – Glândulas ceruminosas.
         2.3.2 – Glândulas mamárias.
3. Glândulas sebáceas:
     3.1 – Conceito:
     São glândulas que produzem uma secreção oleosa, importante na proteção da pele contra
     ressecamentos e ação de agent es físicos, químicos e biológicos. Geralmente estão junto aos folículos
     pilosos. Não possuem ducto próprio para excreção.
     3.2 – Distribuição no corpo:
     Estão espalhadas pelo corpo, porém ausentes na palma das mãos e planta dos pés.
     3.3 – Glândulas sebáceas modificadas:
           3.3.1 – Glândulas tarsais.
           3.3.2 – Glândulas areolares.




4. UNHAS:
     4.1 – Conceito:
     São modificações da epiderme constituídas por queratina dura.
     4.2 – Localização:
     Localizadas dorsalmente, nas extremidades livres dos dedos .
     4.3 – Partes:
           4.3.1 – Raiz.
           4.3.2 – Corpo:
                  a. Lúnula.
                  b. Eponíquio.
                  c. Hiponíquio.
           4.3.3 – Leito ungueal.
V – GLÂNDULAS MAMÁRIAS (MAMAS):
     1. Conceito:
   São glândulas sudoríparas modificadas para produção de leite .
   2. Localização:
   Localizadas na região torácica, na altura dos músculos peitorais, obedecendo às linhas mamárias.
   3. Seio mamário: espaço entre as mamas.
   4. Sulco inframamário : reserva de pele inferior a mama.
   5. Estrutura da glândula mamária:
         5.1 – Ácinos mamários.
         5.2 – Seios galactíferos.
         5.3 – Ductos galactíferos.
   6. Aréola mamária: área avermelhada no ápice da mama.
   7. Mamilo: projeção de forma cônica no centro da aréola.
   8. Ligamentos suspensores da mama.
VI – HIPODERME OU TELA SUBCUTÂNEA:
     1. Camada areolar.
     2. Camada lamelar.


VII – APLICAÇÕES PRÁTICAS:
    1. Doenças de pele.
    2. Injeções intradérmicas e sub cutâneas.
    3. Cicatrizes.
    4. Quelóides.
    5. Escaras.
    6. Conhecimento do comportamento das linhas de força da pele.
    7. Alterações de coloração.
    8. Queimaduras:
           8.1 – 1° grau: Quando se restringe apenas a epiderme.
           8.2 – 2° grau: Quando atinge a epiderme e derme.
           8.3 – 3° grau: Quando atinge a epiderme, derme e hipoderme.

    9. Regra dos nove para queimaduras:
          9.1 – Membros superiores:                         l8% (9% cada).
          9.2 – Membros inferiores:                         36% (l8% cada).
          9.3 – Tronco:                                     36%.
          9.4 – Cabeça e pescoço:                           9%.
          9.5 – Períneo:                                    1%.
                                                     Total: 100,0%.
VI – EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO:
    1. Como se constitui o sistema tegumentar?
    2. Como se apresenta estruturalmente a pele ?
    3. Cite as principais funções da pele.
    4. Cite alguns elementos que podem alterar a coloração da pele.
    5. O que é lanugem?
    6. Cite as partes do pêlo.
    7. Quais as denominações especiais dos pêlos ?
    8. Conceitue glândulas sudoríparas e dê suas funções .
    9. Conceitue glândulas sebáceas e dê suas funções.
    10. Cite as glândulas sudoríparas modificadas, suas localizações e funções.
    11. Cite as glândulas sebáceas modificadas, suas localizações e funções.
    12. Cite as partes da unha.
    13. Conceitue glândula mamária.
    14. Onde se localizam as mamas na mulher ?
    15. Conceitue seio mamário.
    16. Cite as estruturas que compõem a glândula mamária.
    17. Cite as camadas da tela subcutânea.
    18. Comente sobre a regra dos n ove.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pele e anexos
Pele e anexosPele e anexos
Pele e anexoskassiel
 
Aula 12 sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
Aula 12   sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologiaAula 12   sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
Aula 12 sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologiaHamilton Nobrega
 
Sistema Tegumentar tati senac-ma
Sistema Tegumentar tati senac-ma Sistema Tegumentar tati senac-ma
Sistema Tegumentar tati senac-ma Anne Ribeiro
 
Aula 05 sistema muscular esquelético
Aula 05   sistema muscular esqueléticoAula 05   sistema muscular esquelético
Aula 05 sistema muscular esqueléticoHamilton Nobrega
 
Anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - Estácio.ppt
Anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - Estácio.pptAnatomia e fisiologia do sistema tegumentar - Estácio.ppt
Anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - Estácio.pptFranciscoAudisio2
 
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologiaAula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologiaHamilton Nobrega
 
Lesões Fundamentais da Pele
Lesões Fundamentais da PeleLesões Fundamentais da Pele
Lesões Fundamentais da Pelepauloalambert
 
Anatomia e Fisiologia do Sistema Tegumentar.pptx
Anatomia e Fisiologia do Sistema Tegumentar.pptxAnatomia e Fisiologia do Sistema Tegumentar.pptx
Anatomia e Fisiologia do Sistema Tegumentar.pptxlarissamorais90
 
1ª sistema muscular
1ª sistema muscular1ª sistema muscular
1ª sistema muscularFilipe Matos
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentarMalu Correia
 

Mais procurados (20)

A pele e seus anexos
A pele e seus anexosA pele e seus anexos
A pele e seus anexos
 
Patologias dermatologicas
Patologias dermatologicasPatologias dermatologicas
Patologias dermatologicas
 
Pele e anexos
Pele e anexosPele e anexos
Pele e anexos
 
Aula 12 sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
Aula 12   sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologiaAula 12   sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
Aula 12 sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
 
Sistema Tegumentar tati senac-ma
Sistema Tegumentar tati senac-ma Sistema Tegumentar tati senac-ma
Sistema Tegumentar tati senac-ma
 
Aula 05 sistema muscular esquelético
Aula 05   sistema muscular esqueléticoAula 05   sistema muscular esquelético
Aula 05 sistema muscular esquelético
 
Anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - Estácio.ppt
Anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - Estácio.pptAnatomia e fisiologia do sistema tegumentar - Estácio.ppt
Anatomia e fisiologia do sistema tegumentar - Estácio.ppt
 
A Pele
A PeleA Pele
A Pele
 
Sistema Muscular
Sistema MuscularSistema Muscular
Sistema Muscular
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentar
 
3.tecido adiposo
3.tecido adiposo3.tecido adiposo
3.tecido adiposo
 
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologiaAula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
 
Lesões Fundamentais da Pele
Lesões Fundamentais da PeleLesões Fundamentais da Pele
Lesões Fundamentais da Pele
 
Anatomia e Fisiologia do Sistema Tegumentar.pptx
Anatomia e Fisiologia do Sistema Tegumentar.pptxAnatomia e Fisiologia do Sistema Tegumentar.pptx
Anatomia e Fisiologia do Sistema Tegumentar.pptx
 
Sistema Tegumentar
Sistema TegumentarSistema Tegumentar
Sistema Tegumentar
 
1ª sistema muscular
1ª sistema muscular1ª sistema muscular
1ª sistema muscular
 
Anatomia - sistema tegumentar
Anatomia -  sistema tegumentarAnatomia -  sistema tegumentar
Anatomia - sistema tegumentar
 
Tecido Muscular
Tecido MuscularTecido Muscular
Tecido Muscular
 
Lesoes elementares
Lesoes elementaresLesoes elementares
Lesoes elementares
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentar
 

Destaque

Biologia – 12º Ano (FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO)
Biologia – 12º Ano (FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO)Biologia – 12º Ano (FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO)
Biologia – 12º Ano (FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO)Nuno Correia
 
12.FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO
12.FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO12.FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO
12.FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãOLeonor Vaz Pereira
 
(2) património genético
(2) património genético(2) património genético
(2) património genéticoHugo Martins
 
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidadeHugo Martins
 
Fecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e partoFecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e partoCatir
 

Destaque (7)

1
11
1
 
Biologia – 12º Ano (FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO)
Biologia – 12º Ano (FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO)Biologia – 12º Ano (FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO)
Biologia – 12º Ano (FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO)
 
12.FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO
12.FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO12.FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO
12.FecundaçãO, Desenvolvimento EmbrionáRio E GestaçãO
 
(2) património genético
(2) património genético(2) património genético
(2) património genético
 
Desenvolvimento embrionario
Desenvolvimento embrionarioDesenvolvimento embrionario
Desenvolvimento embrionario
 
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
 
Fecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e partoFecundação, desenvolvimento embrionário e parto
Fecundação, desenvolvimento embrionário e parto
 

Semelhante a Sistema tegumentar: estrutura e funções da pele e seus anexos

Epilação e depilação
Epilação e depilaçãoEpilação e depilação
Epilação e depilaçãoTeresa Castilho
 
Capítulo 5 sistema tegumentar
Capítulo 5   sistema tegumentarCapítulo 5   sistema tegumentar
Capítulo 5 sistema tegumentarLigia Maria Moura
 
Apostila tricologia
Apostila tricologiaApostila tricologia
Apostila tricologiaNorocha
 
Aula lesões elementares e_tumores_cutâneos_-
Aula lesões elementares e_tumores_cutâneos_-Aula lesões elementares e_tumores_cutâneos_-
Aula lesões elementares e_tumores_cutâneos_-Jauru Freitas
 
1. Anatomia e Fisiologia da Pele.pdf
1. Anatomia e Fisiologia da Pele.pdf1. Anatomia e Fisiologia da Pele.pdf
1. Anatomia e Fisiologia da Pele.pdfAndressaLeite22
 
AULA 1.1 e 1.2_Sistema tegumentar.pdf
AULA 1.1 e 1.2_Sistema tegumentar.pdfAULA 1.1 e 1.2_Sistema tegumentar.pdf
AULA 1.1 e 1.2_Sistema tegumentar.pdffernanda881672
 
AULA 03 - SISTEMA TEGUMENTAR.pptx
AULA 03 - SISTEMA TEGUMENTAR.pptxAULA 03 - SISTEMA TEGUMENTAR.pptx
AULA 03 - SISTEMA TEGUMENTAR.pptxKarineRibeiro57
 
Aula 02.1 fisiologia da nutrição - sistema tegumentar - pele e anexos
Aula 02.1   fisiologia da nutrição - sistema tegumentar - pele e anexosAula 02.1   fisiologia da nutrição - sistema tegumentar - pele e anexos
Aula 02.1 fisiologia da nutrição - sistema tegumentar - pele e anexosHamilton Nobrega
 
Aula 1 Pele.pdf
Aula 1 Pele.pdfAula 1 Pele.pdf
Aula 1 Pele.pdfAnaRollo
 
Pele - Dermatologia Geral -Lesões-Estética
Pele - Dermatologia Geral -Lesões-EstéticaPele - Dermatologia Geral -Lesões-Estética
Pele - Dermatologia Geral -Lesões-EstéticaBrunno Rosique
 
Apostila curso limpeza de pele e tratamento de acne - edduc
Apostila curso limpeza de pele e tratamento de acne - edducApostila curso limpeza de pele e tratamento de acne - edduc
Apostila curso limpeza de pele e tratamento de acne - edducedduc
 
Sistema tegumentar 2015
Sistema tegumentar 2015Sistema tegumentar 2015
Sistema tegumentar 2015ReginaReiniger
 
Pele
PelePele
Peleaasf
 
Telecurso 2000 aula 38 por que o sol queima a nossa pele
Telecurso 2000 aula 38   por que o sol queima a nossa peleTelecurso 2000 aula 38   por que o sol queima a nossa pele
Telecurso 2000 aula 38 por que o sol queima a nossa pelenetoalvirubro
 
Apostila Peeling de Verão - Edduc
Apostila Peeling de Verão - EdducApostila Peeling de Verão - Edduc
Apostila Peeling de Verão - Edducedduc
 
UFCD-pele e a sua integridade - ensino profissional.pdf
UFCD-pele e a sua integridade -  ensino profissional.pdfUFCD-pele e a sua integridade -  ensino profissional.pdf
UFCD-pele e a sua integridade - ensino profissional.pdfIsaura Mourão
 

Semelhante a Sistema tegumentar: estrutura e funções da pele e seus anexos (20)

aula 2 AFH SO.pdf
aula 2 AFH  SO.pdfaula 2 AFH  SO.pdf
aula 2 AFH SO.pdf
 
Epilação e depilação
Epilação e depilaçãoEpilação e depilação
Epilação e depilação
 
Capítulo 5 sistema tegumentar
Capítulo 5   sistema tegumentarCapítulo 5   sistema tegumentar
Capítulo 5 sistema tegumentar
 
Apostila tricologia
Apostila tricologiaApostila tricologia
Apostila tricologia
 
Aula lesões elementares e_tumores_cutâneos_-
Aula lesões elementares e_tumores_cutâneos_-Aula lesões elementares e_tumores_cutâneos_-
Aula lesões elementares e_tumores_cutâneos_-
 
Siste teg
Siste tegSiste teg
Siste teg
 
1. Anatomia e Fisiologia da Pele.pdf
1. Anatomia e Fisiologia da Pele.pdf1. Anatomia e Fisiologia da Pele.pdf
1. Anatomia e Fisiologia da Pele.pdf
 
AULA 1.1 e 1.2_Sistema tegumentar.pdf
AULA 1.1 e 1.2_Sistema tegumentar.pdfAULA 1.1 e 1.2_Sistema tegumentar.pdf
AULA 1.1 e 1.2_Sistema tegumentar.pdf
 
AULA 03 - SISTEMA TEGUMENTAR.pptx
AULA 03 - SISTEMA TEGUMENTAR.pptxAULA 03 - SISTEMA TEGUMENTAR.pptx
AULA 03 - SISTEMA TEGUMENTAR.pptx
 
Sistema Tegumentar
Sistema TegumentarSistema Tegumentar
Sistema Tegumentar
 
Aula 02.1 fisiologia da nutrição - sistema tegumentar - pele e anexos
Aula 02.1   fisiologia da nutrição - sistema tegumentar - pele e anexosAula 02.1   fisiologia da nutrição - sistema tegumentar - pele e anexos
Aula 02.1 fisiologia da nutrição - sistema tegumentar - pele e anexos
 
Aula 1 Pele.pdf
Aula 1 Pele.pdfAula 1 Pele.pdf
Aula 1 Pele.pdf
 
Pele - Dermatologia Geral -Lesões-Estética
Pele - Dermatologia Geral -Lesões-EstéticaPele - Dermatologia Geral -Lesões-Estética
Pele - Dermatologia Geral -Lesões-Estética
 
Apostila curso limpeza de pele e tratamento de acne - edduc
Apostila curso limpeza de pele e tratamento de acne - edducApostila curso limpeza de pele e tratamento de acne - edduc
Apostila curso limpeza de pele e tratamento de acne - edduc
 
Resumo histologia
Resumo   histologiaResumo   histologia
Resumo histologia
 
Sistema tegumentar 2015
Sistema tegumentar 2015Sistema tegumentar 2015
Sistema tegumentar 2015
 
Pele
PelePele
Pele
 
Telecurso 2000 aula 38 por que o sol queima a nossa pele
Telecurso 2000 aula 38   por que o sol queima a nossa peleTelecurso 2000 aula 38   por que o sol queima a nossa pele
Telecurso 2000 aula 38 por que o sol queima a nossa pele
 
Apostila Peeling de Verão - Edduc
Apostila Peeling de Verão - EdducApostila Peeling de Verão - Edduc
Apostila Peeling de Verão - Edduc
 
UFCD-pele e a sua integridade - ensino profissional.pdf
UFCD-pele e a sua integridade -  ensino profissional.pdfUFCD-pele e a sua integridade -  ensino profissional.pdf
UFCD-pele e a sua integridade - ensino profissional.pdf
 

Mais de Natha Fisioterapia (20)

Semiologia ortopedica 0
Semiologia ortopedica 0Semiologia ortopedica 0
Semiologia ortopedica 0
 
Semiologia ortopedica exame
Semiologia ortopedica   exameSemiologia ortopedica   exame
Semiologia ortopedica exame
 
Paralisia cerebral
Paralisia cerebralParalisia cerebral
Paralisia cerebral
 
Manuseios
ManuseiosManuseios
Manuseios
 
Fisio pediatria enfermidades-infano_juvenis
Fisio pediatria   enfermidades-infano_juvenisFisio pediatria   enfermidades-infano_juvenis
Fisio pediatria enfermidades-infano_juvenis
 
Dnpm
DnpmDnpm
Dnpm
 
Avaliaçao neo
Avaliaçao neoAvaliaçao neo
Avaliaçao neo
 
Avaliacao fisica completa do neonato
Avaliacao fisica completa do neonatoAvaliacao fisica completa do neonato
Avaliacao fisica completa do neonato
 
Aprendizado motor
Aprendizado motorAprendizado motor
Aprendizado motor
 
Shantala
ShantalaShantala
Shantala
 
Quebra de padroes
Quebra de padroesQuebra de padroes
Quebra de padroes
 
Internação
InternaçãoInternação
Internação
 
Exercicios de fortalecimento em idosos
Exercicios de fortalecimento em idososExercicios de fortalecimento em idosos
Exercicios de fortalecimento em idosos
 
Estatudo do idoso
Estatudo do idosoEstatudo do idoso
Estatudo do idoso
 
Dor no idoso
Dor no idosoDor no idoso
Dor no idoso
 
Atendimento domiciliar do idoso
Atendimento domiciliar do idosoAtendimento domiciliar do idoso
Atendimento domiciliar do idoso
 
Atendimento domiciliar ao idoso problema ou solucao
Atendimento domiciliar ao idoso  problema ou solucaoAtendimento domiciliar ao idoso  problema ou solucao
Atendimento domiciliar ao idoso problema ou solucao
 
A familia e seu ciclo vital
A familia e seu ciclo vitalA familia e seu ciclo vital
A familia e seu ciclo vital
 
Saude do idoso
Saude do idosoSaude do idoso
Saude do idoso
 
Sarcopenia
SarcopeniaSarcopenia
Sarcopenia
 

Sistema tegumentar: estrutura e funções da pele e seus anexos

  • 1. SISTEMA TEGUMENTÁRIO (Pele e seus anexos) I – INTRODUÇÃO: 1. Generalidades: É o maior órgão do corpo humano e um importante meio de defesa do organismo. No adulto, chega a medir 2 2m . 2. Conceito: É um conjunto de órgãos que revestem e protegem a superfíci e do corpo. 3. Constituição: 3.1 – Pele: 3.2 – Anexos da pele: 3.2.1 – Pêlos. 3.2.2 – Unhas. 3.2.3 – Glândulas sebáceas. 3.2.4 – Glândulas sudoríparas. 3.2.5 – Glândulas mamárias (mamas). II – ESTUDO DA PELE: 1. Conceito: É o órgão que reveste o co rpo externamente. 2. Estrutura: 2.1 – Epiderme: É a camada externa da pele, formada por um epitélio constituído por camadas ou estratos. 2.2 – Derme: É a camada interna da pele, formada por tecido conjuntivo rico em fibras, onde se concentram os vasos sanguíneos e as terminações nervosas responsáveis pela sensação de tato, pressão, dor e temperatura. 3. Hipoderme (tela subcutânea): É a camada de tecido conjuntivo frouxo (fibras e gordura) onde a pele se apóia. 4. Espessura: 4.1 – Pele fina: Está presente nas regiões ventrais do corpo e nas áreas flexoras das articulações. 4.2 – Pele grossa: Está presente geralmente nas regiões dorsais, nas áreas extensoras das articulações e nas regiões onde ocorre atrito .
  • 2. 5. Elasticidade: A elasticidade da pele é diferente nas diversas regiões do corpo. Geralmente ela é mais elástica nas regiões de pele fina e nos jovens. 6. Extensão: De acordo com as proporções corpóreas, as crianças apresentam maior quantidade de pele que os adultos. 7. Coloração: A coloração da pele está relacionada com a pigmentação (melanina e caroteno) ou vascularização sangüínea. 8. Particularidades da superfície: 8.1 – Linhas de força. 8.2 – Sulcos papilares. 8.3 – Cristas papilares. 8.4 – Linhas papilares (impressões dig itais).
  • 3. 8.5 – Sulcos de movimentos: 8.5.1 – Por articulações. 8.5.2 – Por músculos. 8.6 – Sulcos de estrutura. 9. Funções: 9.1 – Proteção. 9.2 – Perspiração. 9.3 – Termorregulação. 9.4 – Sensibilidades gerai s. 9.5 – Produção de Vitamina D. 9.6 – Excreção.
  • 4. III – ESTUDO DOS ANEXOS DA PELE: 1. Pêlos: 1.1 – Conceito: Os pêlos são modificações da epiderme, em forma de haste, distribuídos pela superfície do corpo . 1.2 – Lanugem: São os primeiros pêlos encontrados na superfície do corpo dos recém-nascidos. 1.3 – Partes do pêlo: 1.3.1 – Raiz: é a parte do pêlo que fica mergulhada dentro da pele. 1.3.2 – Haste: é a parte livre do pêlo encontrada na superfície. 1.4- Distribuição no corpo: 1.4.1 – Áreas glabas: são áreas isentas de pêlo. 1.4.2 – Vórtices pilosos: áreas concêntricas, distribuídas na superfície da pele, que orientam o crescimento dos pêlos. 1.5 - Denominações especiais: 1.5.1 – Hircos (pêlo das axilas). 1.5.2 – Vibrissas (pêlo das narinas). 1.5.3 – Púbios (pêlos da região pubiana). 1.5.4 – Trágios (pêlos do meato acústico externo – orelha). 1.5.5 – Barba (pêlos da face). 1.5.6 – Bigode (pêlos do lábio superior). 1.5.7 – Cílios (pêlos das bordas livres das pálpebras). 1.5.8 – Sobrancelhas (pêlos dos supercílios). 1.5.9 – Cabelos (pêlos da cabeça).
  • 5. 1.6 – Músculos eretores dos pêlos: Músculo liso que movimenta a raiz dos pêlos, tornando -os eretos. 2. GLÂNDULAS SUDORÍPARAS: 2.1 – Conceito: São glândulas produtoras de suor. Importantes nas funções de excreção e controle da temperatura da pele. Possuem um ducto próprio para excreção. 2.2 – Distribuição no corpo: Estão espalhadas em todo corpo, porém são mais numerosas nas palmas das mãos e plantas dos pés. 2.3 – Glândulas sudoríparas modificadas: 2.3.1 – Glândulas ceruminosas. 2.3.2 – Glândulas mamárias.
  • 6. 3. Glândulas sebáceas: 3.1 – Conceito: São glândulas que produzem uma secreção oleosa, importante na proteção da pele contra ressecamentos e ação de agent es físicos, químicos e biológicos. Geralmente estão junto aos folículos pilosos. Não possuem ducto próprio para excreção. 3.2 – Distribuição no corpo: Estão espalhadas pelo corpo, porém ausentes na palma das mãos e planta dos pés. 3.3 – Glândulas sebáceas modificadas: 3.3.1 – Glândulas tarsais. 3.3.2 – Glândulas areolares. 4. UNHAS: 4.1 – Conceito: São modificações da epiderme constituídas por queratina dura. 4.2 – Localização: Localizadas dorsalmente, nas extremidades livres dos dedos . 4.3 – Partes: 4.3.1 – Raiz. 4.3.2 – Corpo: a. Lúnula. b. Eponíquio. c. Hiponíquio. 4.3.3 – Leito ungueal.
  • 7. V – GLÂNDULAS MAMÁRIAS (MAMAS): 1. Conceito: São glândulas sudoríparas modificadas para produção de leite . 2. Localização: Localizadas na região torácica, na altura dos músculos peitorais, obedecendo às linhas mamárias. 3. Seio mamário: espaço entre as mamas. 4. Sulco inframamário : reserva de pele inferior a mama. 5. Estrutura da glândula mamária: 5.1 – Ácinos mamários. 5.2 – Seios galactíferos. 5.3 – Ductos galactíferos. 6. Aréola mamária: área avermelhada no ápice da mama. 7. Mamilo: projeção de forma cônica no centro da aréola. 8. Ligamentos suspensores da mama.
  • 8. VI – HIPODERME OU TELA SUBCUTÂNEA: 1. Camada areolar. 2. Camada lamelar. VII – APLICAÇÕES PRÁTICAS: 1. Doenças de pele. 2. Injeções intradérmicas e sub cutâneas. 3. Cicatrizes. 4. Quelóides. 5. Escaras. 6. Conhecimento do comportamento das linhas de força da pele. 7. Alterações de coloração. 8. Queimaduras: 8.1 – 1° grau: Quando se restringe apenas a epiderme. 8.2 – 2° grau: Quando atinge a epiderme e derme. 8.3 – 3° grau: Quando atinge a epiderme, derme e hipoderme. 9. Regra dos nove para queimaduras: 9.1 – Membros superiores: l8% (9% cada). 9.2 – Membros inferiores: 36% (l8% cada). 9.3 – Tronco: 36%. 9.4 – Cabeça e pescoço: 9%. 9.5 – Períneo: 1%. Total: 100,0%.
  • 9. VI – EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO: 1. Como se constitui o sistema tegumentar? 2. Como se apresenta estruturalmente a pele ? 3. Cite as principais funções da pele. 4. Cite alguns elementos que podem alterar a coloração da pele. 5. O que é lanugem? 6. Cite as partes do pêlo. 7. Quais as denominações especiais dos pêlos ? 8. Conceitue glândulas sudoríparas e dê suas funções . 9. Conceitue glândulas sebáceas e dê suas funções. 10. Cite as glândulas sudoríparas modificadas, suas localizações e funções. 11. Cite as glândulas sebáceas modificadas, suas localizações e funções. 12. Cite as partes da unha. 13. Conceitue glândula mamária. 14. Onde se localizam as mamas na mulher ? 15. Conceitue seio mamário. 16. Cite as estruturas que compõem a glândula mamária. 17. Cite as camadas da tela subcutânea. 18. Comente sobre a regra dos n ove.