Interface Homem Computador - Aula01 Apresentação da disciplia

592 visualizações

Publicada em

1 semestre 2016 - CEULJI ULBRA
Prof. Maigon Pontuschka

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
592
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
229
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Interface Homem Computador - Aula01 Apresentação da disciplia

  1. 1. Interface Homem-Computador Aula 01 – Apresentação da disciplina PROF. MAIGON NACIB PONTUSCHKA maigonp@gmail.com 1° Semestre 2016
  2. 2. Objetivo Formar profissionais que conheçam em profundidade os conceitos interação homem-computador, seus aspectos cognitivos e as metodologias de usabilidade para projetar interfaces eficientes, ergonômicas e amigáveis.
  3. 3. Ementa Estudo dos conceitos de interface e interação homem- computador (IHC), aspectos cognitivos, fatores humanos em Interface Homem Computador, metodologias da comunicação homem-computador, avaliação de usabilidade das interfaces, projeto de interfaces web e novas perspectivas das interfaces homem-computador.
  4. 4. Competências • Habilitar o aluno a analisar problemas ergonômicos; • Elaborar projetos de interfaces com maior usabilidade; • Validar as abordagens ergonômicas de sistemas computacionais interativos.
  5. 5. Habilidades • Citar os conceitos que envolvem os aspectos da interação humano- computador; • Aplicar uma metodologia de projeto de interfaces em um ambiente real; • Compor roteiros para avaliação de usabilidade de interfaces; • Construir e analisar interfaces baseadas nos conceitos de usabilidade; • Implementar interfaces que envolvam os aspectos ergonômicos.
  6. 6. Habilidades ligadas ao currículo do MEC c) Identificar oportunidades de mudanças e projetar soluções usando tecnologias da informação nas organizações; f) Modelar e implementar soluções deTecnologia de Informação em variados domínios de aplicação; m) Aprimorar experiência das partes interessadas na interação com a organização incluindo aspectos de humano-computador;
  7. 7. Conteúdo Básico • Apresentação do curso.O que é interação/interface humano- computador e design de interação: introdução • Metas do design de interação. Princípios de usabilidade e design. Teoria de cores, Gestalt. • Compreendendo e conceitualizando a interação: modelos conceituais, metáforas de interface, paradigmas de interação. Dos modelos conceituais ao design físico • Entendendo os usuários: frameworks conceituais – modelos mentais, processamento da informação e cognição externa • Aspectos sociais em IHC: Projetando colaboração e comunicação:
  8. 8. Conteúdo Básico • Compreendendo como as interfaces afetam os usuários: aspectos afetivos • O processo do Design de interação: atividades básicas, características- chave, questões práticas e ciclos de vida • Identificando necessidades e estabelecendo requisitos: coleta de dados, interpretação, descrição de tarefas e análise de tarefas • Design, Prototipação e Construção: protótipos de baixa e alta fidelidade, design conceitual dos requisitos ao primeiro design, design físico • Abordagens centradas no usuário para o design de interação: graus de envolvimento, etnografia em design, design participativo • Atividades semipresenciais.Trabalho Individual
  9. 9. Conteúdo Básico • Introdução à avaliação de interfaces: conceitos e termos centrais, estudo de caso “HutchWorld” • Um framework para a avaliação: paradigmas de avaliação e técnicas. O framework D.E.C.I.D.E. • Observando os usuários: metas, questões e paradigmas, como observar, coletar dados. Observação indireta. Análise, interpretação e apresentação de dados. • Fazendo entrevistas, análise heurística e fazendo walkthroughs • Testando e modelando usuários
  10. 10. Metodologia • Aulas expositivas com auxílio de recursos hipermídia; • Incentivo à pesquisa através da proposição de artigos científicos; • Realização de trabalhos práticos individuais e/ou em grupo desenvolvidos em aula ou laboratório utilizando exemplos reais; • Avaliação formal escrita e individual.
  11. 11. Frequência • O estudante deverá ter, para poder ser aprovado na disciplina, no mínimo 75% de frequência em suas atividades. • Estudantes que não cumprirem a frequência mínima exigida estarão reprovados, independentemente de nota.
  12. 12. Avaliação Tanto no G1 como no G2, serão utilizados os seguintes instrumentos para realizar a avaliação do processo de ensino e aprendizagem: • Participação em atividades em aula; • Resolução de exercícios complementares; • Trabalhos práticos individuais e/ou em grupo desenvolvidos em sala de aula; • Trabalhos práticos individuais e/ou em grupo desenvolvidos fora da sala de aula, utilizando-se os recursos de EAD (NetAula); • Avaliação formal escrita e individual.
  13. 13. Avaliação de G1 • 20% da nota: trabalhos individuais; • 30% da nota: trabalho em grupo • 50%: Prova escrita individual.
  14. 14. Avaliação de G2 • 20% da nota: trabalhos individuais; • 30% da nota: trabalho em grupo • 50%: Prova escrita individual.
  15. 15. Avaliação • Substituição de Grau – Prova Escrita com peso 10,0 abordando os conteúdos do semestre; • MEDIA FINAL = ((G1) + (2xG2))/3.
  16. 16. Bibliografia básica • PREECE, J.; ROGERS,Y.; SHARP, H. Design de Interação: além da interação homem-computador, PortoAlegre: Bookman, 2005. • NIELSEN, J. ProjetandoWeb Sites. Rio de Janeiro: Campus, 2000. • NIELSEN, J.;TAHIR, M. Homepage usabilidade: 50 websites desconstruídos. Rio de Janeiro: Campus, 2002.
  17. 17. Bibliografia complementar • SIEGEL, D. Criando sites arrasadores naWeb: a arte da terceira geração em design de sites. São Paulo: Quark, 1996. • HECKEL, P. Software amigável: técnicas de projeto de software para uma melhor interface com o usuário. Rio de Janeiro: Campus, 1993.
  18. 18. Bibliografia sugerida • BENYON, David. Interação Humano Computador. Pearson, 2012. • ORTH, A. Inácio. Interface Homem-Máquina. PortoAlegre: Editora AIO, 2005. • ROCHA, H.V.; BARANAUSKAS, M. C. C. Design e avaliação de interfaces humano-computador.Campinas: NIED/UNICAMP, 2003.

×