SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
“Assim como um artesão modela a argila, forças e fenômenos modelam a terra”
DANIELWIEDGMANN/SHUTTERSTOCK
Grand Kanyon, Arizona,
Estados Unidos da América
DINÂMICA
AGENTES INTERNOS E AGENTES
EXTERNOS
REVISÃO RELÂMPAGO
Ação dos Agentes da Dinámica
Agentes Internos
ou Endógenos
Tectonismo
Vulcanismo
Epirogênese
Orogênese
planícies costeiras
planícies interiores
chapadas
montanhas dobradas
montanhas maciças
Intrusões
Erupções
motanhas em domo
cones vulcânicos
derrames basálticos
Agentes Externos
ou Exógenos
Rios
Gelos
Ventos
Mares
Erosão
vales, terraços, morros,
testemunhas
vales em U em “cirrus”
rochas e montanhas
falésia
Acumulação
planícies aluviais e deltas
morenas e lagos
dunas e loess
restinga e praias
(UFMT) A partir de 2012, acredita-se que, nos próximos
cinco anos, o estado do Pará poderá se tornar o maior
exportador de minérios do País, ultrapassando Minas
Gerais. As exportações de minérios do Pará
representaram cerca de 44% do saldo comercial obtido
pelo Brasil em 2011. O mapa mostra o destino de um
dos minérios exportados pelo estado do Pará.
Questão 1
A respeito das exportações do Pará, é correto afirmar que
a) a demanda da hematita de baixa qualidade e menor preço explica as exportações
para os maiores países siderúrgicos mundiais.
b) superaram as do estado de Minas Gerais, principalmente com o aumento das
exportações de bauxita para os países asiáticos.
c) o Canadá é o maior importador do manganês da Serra dos Carajás.
d) o aumento da exploração de ouro no Vale do Trombetas, em Oriximiná, explica o
destaque do Pará.
e) a exportação do minério de ferro, da Serra dos Carajás, tem a China como principal
destino.
Assinale a ÚNICA alternativa que completa esta
proposição: As planícies correspondem a áreas de
relevo muito suave, de altitude inferior a dos terrenos
vizinhos, apresentando, por essa razão, processo de
deposição de sedimentos superior ao erosivo, e podem
ser:
a) eólicas e aluviais;
b) costeiras e basálticas;
c) aluviais e cristalinas;
d) cristalinas e basálticas;
e) basálticas e lacustres.
Questão 2
Questão 3
As partes sombreadas
no mapa representam:
A) zonas sujeitas a grandes
enchentes e elevados
índices pluviométricos;
B) áreas com ocorrência de movimentos separatistas por
intolerância étnico-religiosa;
C) principais cadeias montanhosas do planeta;
D) áreas cujas populações são nômades;
E) zonas com índice de desenvolvimento humano (IDH) baixos.
As rochas, antes de serem trabalhadas pela erosão,
são “preparadas” por um conjunto de reações
químicas ou fenômenos físicos, para a ação de
desgaste. A essa fase que precede a erosão
denominamos de:
Questão 4
A) abrasão
B) intemperismo
C) orogênese
D) evapotranspiração
E) estratificação
Os processos de erosão são responsáveis pelo
desgaste da superfície terrestre. Assinale
a alternativa que contém apenas agentes de
erosão:
Questão 5
A) Oceanos e mares, vulcanismo, sismos e tectonismo
(B) Antropismo, tectonismo, glaciares e ventos
(C) Chuvas, rios, geleiras e ventos
(D) Erosão eólica, , vulcanismo e geleiras
O relevo terrestre é resultante da atuação de dois
conjuntos de forças denominadas agentes do relevo,
que compreendem os agentes interno ou criadores do
relevo e os agentes externos ou modificadores do
relevo.
Questão 6
a)Tectonismo e intemperismo.
b)Águas correntes e seres vivos.
c)Vento e vulcanismo.
d) Abalos sísmicos e vulcanismo.
Podemos considerar como agentes internos e
externos, respectivamente:
Qual desses abaixo, não é um agente interno:
Questão 7
a) terremoto
b)chuva
c) vulcanismo
d)movimentos orogenéticos
Fenômenos de ação lenta, mas de grande importância
na transformação do relevo, dá-se o nome:
Questão 8
a) agentes esculturais
b) agentes internos
c) agentes culturais
d) agentes físicos
A ação dos agentes físicos, químicos e biológicos,
separando e decompondo as rochas, dá-se o nome de:
Questão 9
a) Metamorfismo
b) Intemperismo
c) Erosão eólica
d) Sedimentação
São as forças que atuam do interior para o exterior da
Terra, provocando modificações na superfície terrestre.
Questão 10
O texto está dando a definição de:
a) Agentes internos do relevo
b)Erosão eólica do relevo
c) Erosão pluvial do relevo
d)Agentes externos do relevo
Parabéns

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Brasil territorio e fronteiras   7º anoBrasil territorio e fronteiras   7º ano
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Professor
 
Geografia Do Brasil RegiõEs
Geografia Do Brasil   RegiõEsGeografia Do Brasil   RegiõEs
Geografia Do Brasil RegiõEs
Mateus Silva
 
Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
Bruno Djvan Ramos Barbosa
 

Mais procurados (20)

Floresta amazônica
Floresta amazônicaFloresta amazônica
Floresta amazônica
 
Os continentes
Os continentesOs continentes
Os continentes
 
A cultura do nordeste
A cultura do nordesteA cultura do nordeste
A cultura do nordeste
 
Região centro oeste
Região centro oesteRegião centro oeste
Região centro oeste
 
Pecuaria
PecuariaPecuaria
Pecuaria
 
Tópicos 6 geografia redes e circulaçao
Tópicos 6 geografia redes e circulaçaoTópicos 6 geografia redes e circulaçao
Tópicos 6 geografia redes e circulaçao
 
Região Nordeste
Região NordesteRegião Nordeste
Região Nordeste
 
Aguas Subterraneas
Aguas SubterraneasAguas Subterraneas
Aguas Subterraneas
 
América Latina
América LatinaAmérica Latina
América Latina
 
Nordeste
NordesteNordeste
Nordeste
 
Africa quadro humano
Africa   quadro humanoAfrica   quadro humano
Africa quadro humano
 
Distribuição da População Mundial
Distribuição da População MundialDistribuição da População Mundial
Distribuição da População Mundial
 
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
Brasil territorio e fronteiras   7º anoBrasil territorio e fronteiras   7º ano
Brasil territorio e fronteiras 7º ano
 
Geografia Do Brasil RegiõEs
Geografia Do Brasil   RegiõEsGeografia Do Brasil   RegiõEs
Geografia Do Brasil RegiõEs
 
Localização geográfica do brasil
Localização geográfica do brasilLocalização geográfica do brasil
Localização geográfica do brasil
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
 
As Bacias Hidrográficas - 6º Ano (2017)
As Bacias Hidrográficas - 6º Ano (2017)As Bacias Hidrográficas - 6º Ano (2017)
As Bacias Hidrográficas - 6º Ano (2017)
 
Região sudeste parte 1
Região sudeste parte 1Região sudeste parte 1
Região sudeste parte 1
 
Material completo - Região norte brasileira
Material completo - Região norte brasileiraMaterial completo - Região norte brasileira
Material completo - Região norte brasileira
 

Semelhante a Aula 1_Teste em grupo sobre relevo e estrutura geológica

6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
Joao Paulo
 
6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
Joao Paulo
 
6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
Joao Paulo
 
Cap. 5 os agentes modeladores do relevo
Cap. 5   os agentes modeladores do relevoCap. 5   os agentes modeladores do relevo
Cap. 5 os agentes modeladores do relevo
profacacio
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
Professor
 
10th estrutura do relevo
10th   estrutura do relevo10th   estrutura do relevo
10th estrutura do relevo
rodrigo_miranda
 
Estrutura geológica, relevo e riquezas minerais da Amazônia
Estrutura geológica, relevo e riquezas minerais da AmazôniaEstrutura geológica, relevo e riquezas minerais da Amazônia
Estrutura geológica, relevo e riquezas minerais da Amazônia
Portal do Vestibulando
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
Professor
 

Semelhante a Aula 1_Teste em grupo sobre relevo e estrutura geológica (20)

Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.
Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.
Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.
 
6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
 
6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
 
6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
 
Planeta terra Turmas (11 e 12)
Planeta terra Turmas (11 e 12)Planeta terra Turmas (11 e 12)
Planeta terra Turmas (11 e 12)
 
Cap. 5 os agentes modeladores do relevo
Cap. 5   os agentes modeladores do relevoCap. 5   os agentes modeladores do relevo
Cap. 5 os agentes modeladores do relevo
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
 
Formação e Transformação do Relevo Terrestre
Formação e Transformação do Relevo TerrestreFormação e Transformação do Relevo Terrestre
Formação e Transformação do Relevo Terrestre
 
Lista revisão I_unidade_2020_frente_2
Lista revisão I_unidade_2020_frente_2Lista revisão I_unidade_2020_frente_2
Lista revisão I_unidade_2020_frente_2
 
Estrutura geológica e formas de relevo terrestre - atualizado
Estrutura geológica e formas de relevo terrestre - atualizadoEstrutura geológica e formas de relevo terrestre - atualizado
Estrutura geológica e formas de relevo terrestre - atualizado
 
As marcas do tempo geológico: Estrutura geológica e formas do relevo terrestre.
As marcas do tempo geológico: Estrutura geológica e formas do relevo terrestre.As marcas do tempo geológico: Estrutura geológica e formas do relevo terrestre.
As marcas do tempo geológico: Estrutura geológica e formas do relevo terrestre.
 
A Geografia pré e pós-Diluvio
A Geografia pré e pós-DiluvioA Geografia pré e pós-Diluvio
A Geografia pré e pós-Diluvio
 
A geografia pré e pós-Dilúvio
A geografia pré e pós-DilúvioA geografia pré e pós-Dilúvio
A geografia pré e pós-Dilúvio
 
Aula 2 geo
Aula 2 geoAula 2 geo
Aula 2 geo
 
geomorfologia[902].pptx
geomorfologia[902].pptxgeomorfologia[902].pptx
geomorfologia[902].pptx
 
10th estrutura do relevo
10th   estrutura do relevo10th   estrutura do relevo
10th estrutura do relevo
 
Geo – geomorfologia do brasil 01 – 2013
Geo – geomorfologia do brasil 01 – 2013Geo – geomorfologia do brasil 01 – 2013
Geo – geomorfologia do brasil 01 – 2013
 
Cap9,10,11
Cap9,10,11Cap9,10,11
Cap9,10,11
 
Estrutura geológica, relevo e riquezas minerais da Amazônia
Estrutura geológica, relevo e riquezas minerais da AmazôniaEstrutura geológica, relevo e riquezas minerais da Amazônia
Estrutura geológica, relevo e riquezas minerais da Amazônia
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
 

Mais de Geisa Andrade

Mais de Geisa Andrade (20)

Ensino de Geografia com uso da ferramenta de Realidade Aumentada Sandbox
Ensino de Geografia com uso da ferramenta de Realidade Aumentada SandboxEnsino de Geografia com uso da ferramenta de Realidade Aumentada Sandbox
Ensino de Geografia com uso da ferramenta de Realidade Aumentada Sandbox
 
Estudo de Gestalt nas artes
Estudo de Gestalt nas artes Estudo de Gestalt nas artes
Estudo de Gestalt nas artes
 
“CAÇA AO TESOURO”: UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR PARA O ENSINO DE FÍSICA E GE...
“CAÇA AO TESOURO”: UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR PARA O ENSINO DE FÍSICA E GE...“CAÇA AO TESOURO”: UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR PARA O ENSINO DE FÍSICA E GE...
“CAÇA AO TESOURO”: UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR PARA O ENSINO DE FÍSICA E GE...
 
Atividade hidreletrica plano de aula
Atividade hidreletrica plano de aula Atividade hidreletrica plano de aula
Atividade hidreletrica plano de aula
 
Instrumento de pesquisa: Energias e hidrelétricas
Instrumento de pesquisa: Energias e hidrelétricasInstrumento de pesquisa: Energias e hidrelétricas
Instrumento de pesquisa: Energias e hidrelétricas
 
Estudo dirigido: POR QUE EM ALGUNS LUGARES TEM MAIS CALOR E OUTROS É MAIS FRIO?
Estudo dirigido: POR QUE EM ALGUNS LUGARES TEM MAIS CALOR E OUTROS É MAIS FRIO? Estudo dirigido: POR QUE EM ALGUNS LUGARES TEM MAIS CALOR E OUTROS É MAIS FRIO?
Estudo dirigido: POR QUE EM ALGUNS LUGARES TEM MAIS CALOR E OUTROS É MAIS FRIO?
 
Plano de aula: Elementos climáticos
Plano de aula: Elementos climáticos Plano de aula: Elementos climáticos
Plano de aula: Elementos climáticos
 
Resenha: Espaço e Capital: o meio técnico-científico
Resenha: Espaço e Capital: o meio técnico-científico Resenha: Espaço e Capital: o meio técnico-científico
Resenha: Espaço e Capital: o meio técnico-científico
 
Análise de livro didático de Geografia
Análise de livro didático de Geografia Análise de livro didático de Geografia
Análise de livro didático de Geografia
 
A DINÂMICA ECONÔMICA E A INSERÇÃO DE UBERLÂNDIA-MG NO PROCESSO PRODUTIVO POR...
A DINÂMICA ECONÔMICA E A INSERÇÃO  DE UBERLÂNDIA-MG NO PROCESSO PRODUTIVO POR...A DINÂMICA ECONÔMICA E A INSERÇÃO  DE UBERLÂNDIA-MG NO PROCESSO PRODUTIVO POR...
A DINÂMICA ECONÔMICA E A INSERÇÃO DE UBERLÂNDIA-MG NO PROCESSO PRODUTIVO POR...
 
A Geopolítica da África
A Geopolítica da África A Geopolítica da África
A Geopolítica da África
 
Estudo Dirigido: Bacias hidrográficas de Salvador-BA com imagem Google Earth
Estudo Dirigido: Bacias hidrográficas de Salvador-BA com imagem Google Earth Estudo Dirigido: Bacias hidrográficas de Salvador-BA com imagem Google Earth
Estudo Dirigido: Bacias hidrográficas de Salvador-BA com imagem Google Earth
 
Estruturas geológicas no mundo e Brasil
 Estruturas geológicas no mundo e Brasil Estruturas geológicas no mundo e Brasil
Estruturas geológicas no mundo e Brasil
 
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras  Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
Aula 4: Bacias Hidrográficas Brasileiras
 
Aula 2 Classificações do Relevo Brasileiro
Aula 2 Classificações do Relevo Brasileiro Aula 2 Classificações do Relevo Brasileiro
Aula 2 Classificações do Relevo Brasileiro
 
Aula 3_ Atividade encostas 27_09
Aula 3_ Atividade encostas 27_09Aula 3_ Atividade encostas 27_09
Aula 3_ Atividade encostas 27_09
 
Aula 3 relevo_e _sociedade
Aula 3 relevo_e _sociedadeAula 3 relevo_e _sociedade
Aula 3 relevo_e _sociedade
 
Relevo e sociedade: movimentos de massa
Relevo e sociedade: movimentos de massa Relevo e sociedade: movimentos de massa
Relevo e sociedade: movimentos de massa
 
TABELA COM O SIGNIFICADO DOS NOMES DOS EÓNS E PERÍODOS DA ESCALA GEOLÓGICA
 TABELA COM O SIGNIFICADO DOS NOMES DOS EÓNS E  PERÍODOS  DA ESCALA GEOLÓGICA   TABELA COM O SIGNIFICADO DOS NOMES DOS EÓNS E  PERÍODOS  DA ESCALA GEOLÓGICA
TABELA COM O SIGNIFICADO DOS NOMES DOS EÓNS E PERÍODOS DA ESCALA GEOLÓGICA
 
O ENSINO DAS TEMÁTICAS FÍSICO- NATURAIS NA GEOGRAFIA ESCOLAR: UMA REFLEXÃO A ...
O ENSINO DAS TEMÁTICAS FÍSICO- NATURAIS NA GEOGRAFIA ESCOLAR: UMA REFLEXÃO A ...O ENSINO DAS TEMÁTICAS FÍSICO- NATURAIS NA GEOGRAFIA ESCOLAR: UMA REFLEXÃO A ...
O ENSINO DAS TEMÁTICAS FÍSICO- NATURAIS NA GEOGRAFIA ESCOLAR: UMA REFLEXÃO A ...
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 

Último (20)

MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 

Aula 1_Teste em grupo sobre relevo e estrutura geológica

  • 1. “Assim como um artesão modela a argila, forças e fenômenos modelam a terra” DANIELWIEDGMANN/SHUTTERSTOCK Grand Kanyon, Arizona, Estados Unidos da América
  • 2. DINÂMICA AGENTES INTERNOS E AGENTES EXTERNOS
  • 3. REVISÃO RELÂMPAGO Ação dos Agentes da Dinámica Agentes Internos ou Endógenos Tectonismo Vulcanismo Epirogênese Orogênese planícies costeiras planícies interiores chapadas montanhas dobradas montanhas maciças Intrusões Erupções motanhas em domo cones vulcânicos derrames basálticos Agentes Externos ou Exógenos Rios Gelos Ventos Mares Erosão vales, terraços, morros, testemunhas vales em U em “cirrus” rochas e montanhas falésia Acumulação planícies aluviais e deltas morenas e lagos dunas e loess restinga e praias
  • 4. (UFMT) A partir de 2012, acredita-se que, nos próximos cinco anos, o estado do Pará poderá se tornar o maior exportador de minérios do País, ultrapassando Minas Gerais. As exportações de minérios do Pará representaram cerca de 44% do saldo comercial obtido pelo Brasil em 2011. O mapa mostra o destino de um dos minérios exportados pelo estado do Pará. Questão 1
  • 5. A respeito das exportações do Pará, é correto afirmar que a) a demanda da hematita de baixa qualidade e menor preço explica as exportações para os maiores países siderúrgicos mundiais. b) superaram as do estado de Minas Gerais, principalmente com o aumento das exportações de bauxita para os países asiáticos. c) o Canadá é o maior importador do manganês da Serra dos Carajás. d) o aumento da exploração de ouro no Vale do Trombetas, em Oriximiná, explica o destaque do Pará. e) a exportação do minério de ferro, da Serra dos Carajás, tem a China como principal destino.
  • 6. Assinale a ÚNICA alternativa que completa esta proposição: As planícies correspondem a áreas de relevo muito suave, de altitude inferior a dos terrenos vizinhos, apresentando, por essa razão, processo de deposição de sedimentos superior ao erosivo, e podem ser: a) eólicas e aluviais; b) costeiras e basálticas; c) aluviais e cristalinas; d) cristalinas e basálticas; e) basálticas e lacustres. Questão 2
  • 7. Questão 3 As partes sombreadas no mapa representam: A) zonas sujeitas a grandes enchentes e elevados índices pluviométricos; B) áreas com ocorrência de movimentos separatistas por intolerância étnico-religiosa; C) principais cadeias montanhosas do planeta; D) áreas cujas populações são nômades; E) zonas com índice de desenvolvimento humano (IDH) baixos.
  • 8. As rochas, antes de serem trabalhadas pela erosão, são “preparadas” por um conjunto de reações químicas ou fenômenos físicos, para a ação de desgaste. A essa fase que precede a erosão denominamos de: Questão 4 A) abrasão B) intemperismo C) orogênese D) evapotranspiração E) estratificação
  • 9. Os processos de erosão são responsáveis pelo desgaste da superfície terrestre. Assinale a alternativa que contém apenas agentes de erosão: Questão 5 A) Oceanos e mares, vulcanismo, sismos e tectonismo (B) Antropismo, tectonismo, glaciares e ventos (C) Chuvas, rios, geleiras e ventos (D) Erosão eólica, , vulcanismo e geleiras
  • 10. O relevo terrestre é resultante da atuação de dois conjuntos de forças denominadas agentes do relevo, que compreendem os agentes interno ou criadores do relevo e os agentes externos ou modificadores do relevo. Questão 6 a)Tectonismo e intemperismo. b)Águas correntes e seres vivos. c)Vento e vulcanismo. d) Abalos sísmicos e vulcanismo. Podemos considerar como agentes internos e externos, respectivamente:
  • 11. Qual desses abaixo, não é um agente interno: Questão 7 a) terremoto b)chuva c) vulcanismo d)movimentos orogenéticos
  • 12. Fenômenos de ação lenta, mas de grande importância na transformação do relevo, dá-se o nome: Questão 8 a) agentes esculturais b) agentes internos c) agentes culturais d) agentes físicos
  • 13. A ação dos agentes físicos, químicos e biológicos, separando e decompondo as rochas, dá-se o nome de: Questão 9 a) Metamorfismo b) Intemperismo c) Erosão eólica d) Sedimentação
  • 14. São as forças que atuam do interior para o exterior da Terra, provocando modificações na superfície terrestre. Questão 10 O texto está dando a definição de: a) Agentes internos do relevo b)Erosão eólica do relevo c) Erosão pluvial do relevo d)Agentes externos do relevo